Fernando de Noronha

#Noronhe-se
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Veja neste guia prático de viagem a Fernando de Noronha:

Noronha snorkel

Se Bruna Marquezine hashtagueou, tá hashtagueado. #Noronhe-se é um achado: sintetiza uma aspiração nacional. (OK, a inveja é um meme.)

Para aproveitar o paraíso, porém, não basta se informar pelo Instagram. Os melhores momentos do ano para curtir Fernando de Noronha costumam ser escassos de celebridades (veja quando ir a Noronha). Além das pousadas onde ficam os famosos, existem outras -- que, com algum sacrifício, podem caber em bolsos plebeus (veja onde ficar em Noronha).

E por baixo do verniz de point badalado, Fernando de Noronha continua um destino de natureza por excelência: praias selvagens, corais preservados, vida marinha diversa e abundante (veja o que fazer em Fernando de Noronha).

A ilha recebe apenas 1.000 forasteiros por dia. Quando você for, aproveite o privilégio pelo máximo de noites que puder.

Quando ir

Noronha quando ir: sem swell

Praia do Sancho sem swell (foto tirada em agosto)

Noronha quando ir: com swell

Praia do Sancho com muito swell (foto tirada em janeiro)

Fernando de Noronha tem duas estações. A estação seca vai de agosto a fevereiro. A estação das chuvas dura de março a julho (os meses mais chuvosos são abril, maio e junho).

Além disso, é preciso levar em conta as condições do mar. A época de ondas (swell, no jargão dos surfistas e barqueiros) vai de meados de outubro a março. A época de mar calmo (flat) costuma ir de abril a setembro.

Veja mais abaixo como é o clima mês a mês em Fernando de Noronha. Mas antes, fique com um resumo das melhores épocas.

Noronha: as melhores épocas

Noronha Praia da Conceição

Para mergulhar: bom o ano inteiro, mas melhor em agosto e setembro.

Para curtir praia: agosto e setembro, quando não chove e o mar é piscininha.

Para surfar: dezembro a março, quando entra o maior swell. O melhor mês costuma ser fevereiro.

Para agitar: Réveillon e primeira quinzena de janeiro, com a ilha lotada de gente festeira.

Para gastar menos: abril a junho (os preços menos elevados) ou entre outubro e 15 de dezembro (exceto feriadões).

Réveillon e janeiro

Tempo firme (chuvas abaixo de 100 mm). Altas ondas (em praias como Cacimba do Padre, Bode, Boldró, Conceição e Cachorro). O snorkel continua bom, mas é preciso se afastar mais da beira nas praias do Sancho, Baía dos Porcos e Porto, porque a faixa da beirada estará mexida. O mergulho também é bom, mas a navegação até o ponto de mergulho pode enfrentar mar batido.

O swell não afeta as praias do Mar de Fora (Leão, Sueste, Atalaia), mas o Sueste fica com água pouco cristalina pelo acúmulo de sedimentos (aproveite para nadar com tartarugas, que são mais numerosas nessa época). É a época mais cara da ilha, e também com o maior agito (que se estende do Réveillon à primeira quizena).

Fevereiro

Em comparação com janeiro, fevereiro tem um tiquinho a mais de chuva (em torno de 100 mm, o que é bem pouco num lugar tropical) e ondas ainda mais altas -- é o mês mais procurado por surfistas. As condições de snorkel e mergulho são as mesmas de janeiro. Os preços e o agito diminuem um pouco.

Março

Começa a temporada das chuvas -- a média de precipitação passa dos 250 mm. Mas as ondas continuam altas. Os preços diminuem -- já são de baixa temporada. Para quem surfa, é a época com o melhor custo x benefício.

As condições de snorkel, mergulho e banho de mar permanecem as mesmas de janeiro (mas com menos luminosidade para os mergulhos).

Abril, maio e junho

Vale a pena ir a Noronha na época das chuvas? Em abril e maio, chove perto de 300 mm. Em junho, a precipitação baixa para 200 mm. A época tem três vantagens: preços menos elevados, ilha mais vazia e mar calmo.

Chove o tempo todo? Chove só um pouquinho no começo da manhã ou no fim da tarde? Ou chove e abre o sol, chove e abre o sol, chove e abre o sol o dia inteiro? Não dá para prever. Dá para acontecer qualquer uma das situações -- assim como é possível que não chova nada. O ideal nesta época é programar estadias mais longas, para garantir mais aberturas de sol.

Com a redução da espuma na rebentação, o snorkel volta a poder ser feito mais perto da beira. O mergulho pode ter menos luminosidade, mas terá boa visibilidade, e a navegação até os pontos de mergulho será mais tranqüila. A Praia do Cachorro, que ganha pedras na época do swell, volta a ter areia -- e Noronha recupera a sua 'praia urbana'. Mas não conte com agito: nesses meses, a ilha meio que hiberna.

Julho

Mês de transição entre as chuvas e o tempo seco, julho costuma ter precipitação abaixo de 150 mm -- é provável todos os dias sejam aproveitáveis, pelo menos em parte. O mar está flat, bom para curtir praia, fazer snorkel e mergulho. Os preços e a lotação sobem, por causa das férias.

Agosto e setembro

Para quem curte praia, snorkel e mergulho, ou quer ir a Noronha com crianças, agosto e setembro são os meses mais especiais. O tempo estará firmíssimo (precipitação abaixo de 50 mm) e o mar, ahn, pisciníssimo. Aquelas fotos da Baía do Porcos, do Sancho e do Porto com mar azul-bebê e verde-água transparentes são feitas nesta época.

Os preços são quase de alta temporada -- e agosto registra a visita de muitos europeus (é mês de férias na Europa). O evento Love Noronha, voltado ao público LGBT, costuma acontecer em agosto (em 2018 não houve, mas deve voltar em 2019). Se você quer encontrar e curtir a Noronha dos cartões-postais, programe-se para ir nesses dois meses.

Outubro, novembro e dezembro

Os três últimos meses são os mais secos do ano: praticamente não chove. O início de outubro normalmente mantém o mar calmo de agosto e setembro. A tradicional regata Recife-Fernando de Noronha (Refeno) costuma acontecer no início de outubro -- e enfeita o Porto de veleiros e iates. Aos poucos, porém, o swell vai entrando, e o mar fica mais agitado, criando vez por outra condições para o surf. Sancho, Baía dos Porcos e Porto começam a ter espuma na beira, o que torna o snorkel trabalhoso.

A Praia do Cachorro desaparece: o swell traz pedras grandes para o lugar da areia (fica bom, porém, para surfar). O mergulho tem ótima luminosidade e visibilidade, mas a navegação para os pontos de mergulho fica menos sossegada. As diárias de pousadas (fora de feriados, e até 15 de dezembro) baixam um pouco, e a ocupação da ilha, também -- muita gente economizando para ir no Réveillon e janeiro, quando preços e lotação chegam ao máximo.

O outro lado do paraíso

Não há pobreza extrema em Fernando de Noronha. Durante a sua estada, você não será importunado por nenhum pedinte. (Nem sequer por flanelinha).

Graças à pequena população e ao controle (mais ou menos) estrito de quem pode morar na ilha, a segurança é total. Não há violência. Eventualmente um celular pode sumir da sua mesa (mas dentro da mochila estará seguro). O maior perigo que você corre é o seu cartão de crédito não passar na maquininha.

Mas Noronha também tem problemas. Alguns deles, bastante visíveis: a condição das estradinhas fora da BR, a precariedade de muitas casas, a urbanização desajeitada. Abastecimento de água, energia e coleta de lixo são outras dores de cabeça para quem mora na ilha.

Mas o lado mais escondido do paraíso está na desigualdade de condições de vida de turistas e moradores. A 'classe média' de Noronha -- todo mundo que mexe com turismo, por exemplo -- mora pior do que moraria no continente, e vê seu salário desaparecer sob um custo de vida surreal.

Por isso, não tenha inveja de quem mora no paraíso. Visitar costuma ser melhor.

Quantos dias em Fernando de Noronha?

Noronha: Praia do Cachorro

Praia do Cachorro

Em outros destinos de praia você pode até compor uma lista de lugares para ver e coisas para experimentar, e então fazer a conta de quantos dias precisa para ticar toda a programação. Em Noronha, isso não basta. Você vai querer ver, experimentar -- e repetir.

Se eu fosse você, não iria a Noronha para ficar menos do que 5 dias. Digo mais: a partir de 7 dias, sua viagem fica mais relaxada -- e por isso, ainda mais proveitosa.

Por que Noronha é tão caro?

Noronha preço da gasolina

Primeiro, porque levar qualquer coisa pra ilha -- de gasolina a material de construção a alimentos e bebidas -- custa uma fábula.

Tudo chega em barcos de pequeno porte. Noronha não tem um porto para receber grandes navios de carga nem tem população residente ou flutuante em número suficiente para que existisse um grande porto. Uma das palavras mais usadas pelos moradores da ilha é 'cubagem', que vem a ser o espaço em metros cúbicos ocupado pelas compras e encomendas que vêm do continente, a 500 km dali.

OK, isso explica a hospedagem e a comida mais caras. Mas: e as passagens? Por que nunca tem promoção para Noronha?

Não tem promoção por dois motivos: primeiro, porque a freqüência de voos é dimensionada pra nunca provocar uma super ocupação da ilha. E o segundo motivo é que tem uma lei que determina que os moradores pagam uma tarifa de morador, que é fixa. Ou seja: aquela quantidade de assentos que em rotas normais acabariam sendo vendidas a preços promocionais (ao menos nas épocas de baixa procura), nas rotas pra Noronha acabam virando a cota de assentos dos moradores.

Mas vale a pena ir a uma ilha tão inflacionada? Sim, vale. E muito. Saiba que essa combinação de beleza + preservação + baixíssima densidade demográfica + livre acesso, oferecida por Noronha, é raríssima em qualquer parte do mundo. Um lugar como Noronha poderia estar tomado pelo turismo de massa, como San Andrés na Colômbia ou Phi Phi na Tailândia, ou proibido para não-hóspedes, como em praias e ilhas do Caribe.

Encare Noronha como um destino de luxo, sim -- mas onde o luxo é a natureza.

Como chegar

Noronha: como ir do aeroporto à pousada

Fernando de Noronha é ligado ao continente por 2 a 5 vôos diretos diários de Recife, operados por Gol (jatos) e Azul (jatos e turboélice ATR), e 2 vôos diretos por semana de Natal, pela Azul (em turboélices ATR). Quem não mora em Recife ou Natal vai necessariamente passar por uma dessas cidades chegar a Noronha.

Os vôos de Recife são ligados às malhas aéreas da Gol e da Azul, e saem/chegam em horários convenientes para conexões à maioria das capitais. São também boas opções para quem quer combinar Fernando de Noronha com outros destinos de Pernambuco (como Recife, Porto de Galinhas e Praia dos Carneiros) ou com outros destinos da Azul operados a partir do Recife (como Jericoacoara).

Já os vôos de Natal servem a quem quiser combinar Noronha com Natal, Pipa, Gostoso ou Galinhos.

Taxas de visitação em Noronha

Noronha: a chegada

Chegando em Noronha

Taxa de preservação ambiental

Todo visitante deve pagar a TPA, ou taxa de preservação ambiental. O valor é cobrado por dia de permanência e deve ser pago na chegada a Fernando de Noronha (ou antes, baixando o boleto bancário).

Na tabela de 2019, a taxa começa em R$ 73,52 por dia. Numa viagem de 5 dias, você vai pagar R$ 361,71 de TPA.

Do 6º ao 10º dia a taxa diária baixa um tiquinho. Ficar 7 dias em Noronha gera uma TPA de R$ 467,59.

A partir do 11º dia, porém, a taxa aumenta progressivamente. Quem quiser ficar 30 dias corridos em Noronha vai desembolsar a bagatela de R$ 5.183,78 só de taxa.

A página oficial de Noronha informa os valores da TPA por número de dias de permanência.

TPA: dicas & pegadinhas

  • Crianças até 4 anos estão isentas da taxa. Mas não há isenção nem desconto para estudantes ou idosos
  • O pré-pagamento só pode ser feito por boleto bancário. Preencha o formulário e pague com pelo menos 3 dias úteis de antecedência, para que o seu pagamento seja registrado pelo sistema
  • O pagamento na chegada pode ser feito em dinheiro vivo, cartão de crédito ou cartão de débito
  • No desembarque, há duas filas: uma para quem já pagou a taxa pela internet e outra para quem vai pagar na hora
Guarde o recibo da TPA!

Noronha: controle de saída
O recibo da taxa de preservação vai ser pedido no check-in do seu vôo de volta.

Se você tiver ficado na ilha mais dias do que tinha previsto (e pago) na entrada, vai pagar uma multa e a diferença da taxa.

Ingresso para o Parque Nacional

Noronha: o ingresso ao parque

O cartão-ingresso do parque nacional

Desde 2012 é preciso comprar um ingresso para visitar as áreas do parque nacional marinho de Fernando de Noronha, por terra ou mar. É 'a outra taxa'.

A cobrança passou a ser feita depois que a visitação ao parque foi entregue a uma concessionária, por licitação. Ao contrário da TPA, que a gente não vê para onde vai (dada a precariedade da infra-estrutura da ilha), a receita dos ingressos têm revertido em melhorias. O acesso ao parque está muito mais organizado. Passarelas (de 'madeira ecológica' feita de PETs reciclados), banheiros, armários, chuveiros (e lojinhas...) foram instalados nos pontos de visitação.

O ingresso tem outras duas diferenças fundamentais em relação à TPA:

  • Teoricamente, não é obrigatório. Você pode visitar a ilha sem comprar o ingresso. Mas vai ficar impedido de entrar na área do parque (praias do Sancho, Leão, Sueste e Atalaia; mirantes do Sancho, da Baía dos Porcos e dos Golfinhos; passeios de barco e trilhas).
  • O ingresso não é vendido no aeroporto. É preciso passar no Centro de Visitantes ou num Posto de Informação e Controle (PIC).

Mesmo que você compre o ingresso antecipadamente, pela internet, vai precisar comparecer a um posto de atendimento para retirar o cartão de acesso. O ingresso vale por 10 dias corridos a partir da retirada do cartão.

Ingresso para o Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha
  • Preço:
    • brasileiros: R$ 106
    • estrangeiros: R$ 212
    • até 11 anos e 60+: grátis (mas é preciso retirar o cartão de acesso)
  • Validade: 10 dias a partir da retirada do cartão de acesso
  • Bilheteria online: aqui
  • Bilheterias na ilha (para venda e retirada de cartões de acesso):
    • Centro de Visitantes do ICMBio Boldró: 8h-22h
    • Posto de Informação e Controle (PIC) Sancho: 8h-18h30
    • PIC Sueste: 9h-16h30
    • PIC Leão: 8h-18h30
  • Telefone: (81) 99453-2674
  • Site do Parque Nacional Marinho
Noronha sem ingresso para o parque nacional: vale a pena?

Noronha: Praia da Conceição

Praia da Conceição: fora dos limites do parque

Como expliquei mais acima, é possível entrar e permanecer em Fernando de Noronha sem comprar o ingresso para o parque nacional. Você não precisa do ingresso para visitar vários atrativos da ilha:

O filé da ilha, porém, fica fora de alcance para quem não tem ingresso: o mirante e a praia do Sancho, o Mirante dos Golfinhoso aquário natural e a trilha da Atalaia, o mergulho com tartarugas na praia do Sueste, os passeios de barco e as atividades de mergulho de cilindro em áreas do parque nacional marinho.

Como sair do aeroporto

Pôr do sol no Bar do Meio

Bar do Meio: seu primeiro pôr do sol em Noronha?

A maioria das pousadas de Fernando de Noronha oferece trânsfer grátis. Se a sua pousada oferecer, pergunte se o trânsfer é privativo ou compartilhado. Se for compartilhado, pense duas vezes antes de aceitar.

O trânsfer compartilhado é ofertado, na verdade, pelas operadoras locais, que aproveitam o percurso para vender passeios. Até aí, tudo bem -- ninguém é obrigado a comprar, e muita gente prefere comprar tours a passear por conta própria.

O problema é quando essa sessão de venda de passeios é disfarçada de 'palestra de introdução a Noronha', e você acaba perdendo a sua primeira tarde (ou o seu primeiro pôr do sol) na ilha numa atividade burocrática.

Vai por mim: táxi, check-in e praia

A gente desembarca em Noronha com um tal nível de ansiedade que não é de Deus retardar o primeiro contato com a beleza da ilha. Minha fórmula para a chegada é pegar um táxi para a pousada, deixar a mala e seguir para a praia -- pode ser a Conceição ou a Praia do Meio, que têm serviço de bordo (a do Cachorro também, mas só tem areia na época de mar flat).

O táxi do aeroporto para qualquer pousada na Vila dos Remédios, Floresta Nova, Floresta Velha ou Vila do Trinta sai R$ 30 (R$ 34 na bandeira 2).

Assim, se você chegar no fim da manhã, ainda vai curtir praia no dia da chegada. E se chegar no meio da tarde, vai dar tempo de celebrar a chegada assistindo ao primeiro pôr do sol da viagem.

Para iniciados: dá para sair de ônibus, também

Há uma parada do ônibus local de Noronha na BR à altura do aeroporto. Se você já conhece a ilha e sua pousada fica perto da BR ou no miolo da Vila dos Remédios, pode ir e voltar ao aeroporto de busão, a R$ 5 por trecho.

Vale a pena alugar bugue?

Noronha: vale a pena alugar bugue

Por R$ 280 a R$ 350 por dia, um bugue vai dar a você autonomia para fazer todos os passeios que quiser, sem depender de ônibus ou táxi.

Agora que você já sabe os prós, veja os contras:

  • É mais fácil você pegar um bugue em mau estado do que um bugue nos trinques
  • Bugues são pesadões para dirigir
  • Bugues são poluentes
  • A gasolina em Noronha é vendida em petrodólares: custa quase R$ 7 o litro (dezembro/2018)
  • Tem Lei Seca em Noronha

Eu já aluguei muito bugue em Fernando de Noronha, mas hoje, prefiro as alternativas: ônibus, táxi e bicicleta elétrica. Veja como se deslocar em Noronha.

Guia de Fernando de Noronha

466 comentários

Leandro
LeandroPermalinkResponder

É possível ir caminhando do aeroporto até a sede do ICMBIO, para ganhar tempo e pegar a carteirinha do Parque/agendar trilhas logo na chegada? Meu voo chega 15:40 e queria aproveitar esse fim de tarde pra deixar tudo organizado para os próximos dias e não perder tempo na fila nos dias seguintes.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Leandro! Você pode ir de ônibus. Tem uma parada no aeroporto e outra no Boldró. A pé dá 2km, andando pela estrada, debaixo do sol.

Leandro
LeandroPermalinkResponder

Obrigado! Pelo google a distância que aparece é de apenas 950m, por isso fiquei na dúvida sobre a viabilidade dessa caminhada.

Rita Maciel
Rita MacielPermalinkResponder

Com o calor de Noronha, os 2km (ou 950m) viram 10km.
Parece do lado, mas não é. Recomendo usar o ônibus ou taxi. Se for alta temporada, tem táxi chegando e saindo a todo momento das praias. Pode chamar na Central ou aguardar uns 10 minutos que logo aparecerá um.

Leandro
LeandroPermalinkResponder

Muito obrigado pela informação! Realmente parecia perto! Mas já vi que não dá pra caminhar! Eheheehe!

Acham que será viável já nessa chegada tentar marcar as trilhas da semana, ou se eu chegar no icmbio em torno de 16hrs vou perder a caminhada (pouca chance de conseguir passeios)?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Leandro! Os primeiros relatos de quem usou o novo sistema não são alentadores. Leitores disseram que só conseguem marcar trilhas para dali a 6 dias, e já tem fila antes da distribuição das senhas.

https://www.viajenaviagem.com/2019/02/noronha-novas-regras-agendamento-trilhas/

Daniel
DanielPermalinkResponder

Que post bacana

Rita Maciel
Rita MacielPermalinkResponder

Noronha vale cada centavo se você gosta de praias sem vuco vuco e não se importa de um ambiente mais rústico e simples.
É tudo realmente caro, mas como explicitado no artigo, há a questão logística.
Ainda, conversamos com um taxista que nos disse que há épocas em que o turismo escassa na ilha e muitas pessoas que vivem disto, ficam sem dinheiro. Creio que seja outro motivo para as coisas custarem caro. Afinal, as pessoas precisam se manter pelo ano inteiro. E como bem dito pelo Viaje na Viagem, há o momento para curtir Noronha... A cor e a temperatura daquela água são inexplicáveis.
Se o sonho é ir a Noronha, faça um plano e economize o que der e faça a viagem. Vai valer cada minuto.

Lucila
LucilaPermalinkResponder

Obrigada Rita!
É realmente desanimador quando vemos quantas taxas temos que pagar, mas você me animou!!!

Filipe Morato Gomes

Acabei de marcar 9 dias em Noronha, depois de ler as sugestões do comandante e de encontrar uma pousadinha com preço aceitável. Espero que não seja demasiado tempo (estou confiante nisso)... smile)

Ana Cruz
Ana CruzPermalinkResponder

Esqueçam a imagem que os globais fazem da ilha - eles frequentam mais no alto verão e raramentearante são vistos caminhando como mortais, ficam entre 3 ou 4 pousadas onde ser hospedam e passeios de barco. Como foi dito tudo na ilha e caro pq chega de barco ou avião (1 hora de Recife). Infelizmente a ilha se "gourmetizou" depois que o Luciano Huck abriu uma pousada la e comecou a carregar os globais - outras investiram nesse público e Bruno Gagliasso já abriu a sua seguindo a cartilha do Huck.
Mas a ilha vai sempre manter seu ar de paraíso perdido e (ainda) preservado.
E tem um detalhe, a ilha "escolhe" seus turistas. Chegue lá com boa energia, respeitando a natureza e de coração aberto a novas amizades e a ilha vai dar um jeito de te levar de volta mais uma vez. Ela ja ta me levando pela 6a vez ?

Ana Cruz
Ana CruzPermalinkResponder

Mas é pela BR e se estiver quente e com malas a coisa complica, melhor pegar o bus

Ana Cruz
Ana CruzPermalinkResponder

9 dias voam, vc vai ver !!!!

Zelinda Rodrigues

Finalmente vou conhecer Fernando de Noronha.
Como é um destino caro sempre ficava adiando esta viagem. Porém, como saiu uma promoção arrasadora de passagens, comprei.
Muito bom o post. Pelo que vi escolhi uma boa data para ir. vamos em agosto!

Guilherme
GuilhermePermalinkResponder

Zelinda,
Agosto é um ótimo mês para ir pra la!
Vc pode dar a dica desta promoção de passagens, para eu dar uma olhada?
Obrigado.

Manuella
ManuellaPermalinkResponder

Tbm comprei por promoção! Vou em agosto!
Da uma olhada em passagens imperdíveis! Tem mta promoção !!!
Sonhando com essa viagem

Vanessa
VanessaPermalinkResponder

Estou indo a Noronha e realizando um sonho de muitos anos : conhecer esse lugar lindo e mágico e estar em comunhao com a natureza. Vou ficar 6 dias, e vou na única época em que posso : início de maio ? rezando pra não chover muito. ??
Queria umas dicas além da ótimas dicas dadas no artigo acima :
1) Quais trilhas são imperdíveis? E devo comprar antes de chegar? Vi um comentário acima sobre só conseguir pra 6 dias depois...e no meu caso estarei indo embora

2) qual melhor sapato pra essa época do ano? Visto que chove e faz sol..com certeza não será minhas havaianas ☹️..tênis? Sapatilhas para predras, tipo que usamos em riachos ?
Agradeço antecipadamente os comentários ??

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Vanessa! Nas trilhas o pessoal do parque recomenda calçado fechado e camisetas de manga comprida, já que não é permitido usar filtro solar para entrar nas piscinas naturais.

A trilha que esgota primeiro é a da praia da Atalaia. As outras são mais fáceis de conseguir. Maio é baixa temporada, você terá maior disponibilidade.

Leia sobre as trilhas e agendamento:
https://www.viajenaviagem.com/destino/fernando-de-noronha/o-que-fazer-fernando-de-noronha/#trilhas

Debora
DeboraPermalinkResponder

Vanessa, as trilhas estão com MUITA lama. E devem ficar assim algum tempo. Se tiver a sapatilha, leve, será muito útil! Se não tiver, leve um tênis velho, que você não tenha nenhum apego...

Andreza Santos

De todos os blogs, dicas, opiniões e etc referente a Noronha esse texto foi o melhor, ou artigo ou mattérias rsrsrsrs
Muito bom mesmo, tem todas as dicas necessárias.
Valeu.

Ronaldo Vilela Wanderley

Sou de Belo Horizonte e comprei a passagem para dia 3`/04/19 a 7/0419 a Gol cancelou o voo de hoje e vai remarcar para 15 dias ja paguei a Taxa de permanencia para este periodo vou poder utilizar esta taxa paga e nao usada para outra data perderei esta taxa favor orientar-me grato Ronaldo

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ronaldo! Acredito que o pagamento possa ser revalidado pelo mesmo número de dias quando você efetivamente viajar. De todo modo, entre em contato com a sua pousada, que deve já ter lidado com casos parecidos e poderá lhe dar uma informação garantida.

Thaís Amado
Thaís AmadoPermalinkResponder

Melhor texto de dicas para quem vai a Noronha.
Também consegui passagem na promoção para agosto.
Vou passar 9 dias e curtir minha lua de mel!

Ansiosa!

Andreia Bueno
Andreia BuenoPermalinkResponder

Excelente explicação!!!

katiuze
katiuzePermalinkResponder

Bom dia!!Adorei as dicas...Estou indo final de outubro e ficarei 7 dias..Alguem pode me passar quais passeios posso fazer sozinha e quais tenho que obrigatoriamente ter guia??Alem disso irei marcar alguns passeios pagos..Quais nao posso perder??

ANA CRISTINA
ANA CRISTINAPermalinkResponder

Também estou indo sozinha para Noronha no final de outubro (de 22 a 28/10). Primeira viagem sozinha. Mega ansiosa smile

Mariana Correa

Boa tarde! Vale a pena alugar carro em Noronha para se deslocar? O que você recomenda? Estou indo em maio. Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mariana! Se você não ler o texto, vai perder um monte de informações importantes e vai pagar mico de fazer perguntas que já estão claramente respondidas.

Veja nesta página mesmo:
https://www.viajenaviagem.com/destino/fernando-de-noronha/#bugue

Veja tabém na página O que fazer:
https://www.viajenaviagem.com/destino/fernando-de-noronha/o-que-fazer-fernando-de-noronha/#deslocamento

Felipe
FelipePermalinkResponder

Vou pra Noronha no final de julho, e este post me ajudou a enter mais a organização da ilha. Obrigado!

Ainda tenho algumas dúvidas:é possível agendar mais de uma trilha na sede do ICMBIO, ou só é permitido agendar uma trilha por vez? Posso agendar pra mim e pra o meu companheiro, ou ele precisa estar junto na sede?

Li em outros sites sobre a trilha longa e a curta do Atalaia. No site do ICMBIO eles apenas falam sobre a trilha curta (~ 30 minutos). A trilha longa deixou de ser oferecida?

E sobre os guias credenciados: existe uma tabela de preço (dependendo da trilha), ou o guia que determina quanto ele irá cobrar?

Obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Felipe! Por favor, não faça as mesmas perguntas em vários lugares diferentes.

Já respondemos à outra pergunta aqui:
https://www.viajenaviagem.com/2019/02/noronha-novas-regras-agendamento-trilhas/comment-page-1/#comment-593424

Tem que ir pessoalmente reservar. O guia determina quanto vai cobrar.

Izaias
IzaiasPermalinkResponder

Este ano conseguirei voltar para esse paraíso. A minha primeira ida foi em Junho, peguei a ilha excelente em todos os sentidos, desta vez, só consegui minhas férias para Outubro, passarei 7 dias. E realmente o Viaje Na Viagem está de parabéns por manter as informações sempre atualizadas sobre a Ilha.

Agora é torcer para o inicio de outubro ainda ter mar calmo para aproveitar vários mergulhos no Paraíso.

Obrigado pelo ótimo post galera!

Natalia
NataliaPermalinkResponder

Olá, gostaria de uma ajuda. Paguei a TPA pelo site por cartão de crédito faz uns 5 dias. O valor foi cobrado pelo cartão, constando no extrato da fatura, mas o pagamento não consta no site. Diz q o pagamento não foi realizado para refazer. Será q tenho q aguardar mais um pouco?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Natalia! Se consta no seu extrato, não ha porque fazer o pagamento novamente. Leve o extrato com você.

Taynara Costa
Taynara CostaPermalinkResponder

Os tubarões não seriam uma preocupação ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Taynara! Não.

Jair Prandi
Jair PrandiPermalinkResponder

Vou conhecer este paraíso em agosto, porém estou indignado com as taxas.

A taxa do parque até justifica. Não é tão cara e se vê onde é aplicada.

Gostaria de saber onde aplicam o dinheiro da taxa TPA.
Imaginando que 300 pessoas entrem na ilha por dia, são mais de 650 mil arrecadados em um mês.
Acho que não precisaria tanto, mas infelizmente estamos sujeito a isso para conhecer este paraíso.

Sonia Almeida
Sonia AlmeidaPermalinkResponder

Vamos para João Pessoa dia 28/05/19, 7 dias, gostaríamos de conhecer Fernando de Noronha, tem como fazer isso? Casal idoso (63 e 72 anos), Só vamos ficar um dia/ somente conhecer mesmo o que devo fazer?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sonia! Um dia não vale a pena.

Elaine Zarbietti

Eu sou paulista e o meu namorado mora no reino Unido, ir passar o dia dos namorados em Noronha?É o nosso sonho conhecer Noronha...Junho é a época certa para ir pela primeira vez??
estou insegura de fechar o pacote de 1 semana por junho ser um mês de chuvoso,me ajudem.por favor

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Eliane! Se você quer tempo 100% firme, programe sua semana dos namorados para o segundo semestre.

luiz claudio moreira santiago

Ola e obrigado pelo excelente trabalho....chego la em 24 de julho até 31 de 2019,,, posso esperar encontrar aquele azul de mar que todos sonham(interrogac)

grato e gde abraco

Patrícia Estaky

Excelente postagem! Ainda não havia lido nada tão simples e esclarecedor, principalmente sobre o transfer. Ficaremos de segunda a domingo na última semana de julho. Quero muito curtir o pôr do sol no primeiro dia, pois chegaremos no fim da tarde e estamos hospedados na Vila dos Remédios, mas estou preocupada com o agendamento das trilhas, já que no dia seguinte é o IlhaTour para uma visão geral do paraíso. Ou seja, a tentativa de agendamento ficaria para o segundo dia cheio, mas voltaremos no domingo. Não sei se vai rolar. O que acha? Muito obrigada! E parabéns!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Patricia! A sugestão do Ricardo Freire é não fazer o ilha tour. Veja:

https://www.viajenaviagem.com/destino/fernando-de-noronha/o-que-fazer-fernando-de-noronha/#roteiro

Tati Maione
Tati MaionePermalinkResponder

Oiiii!!
Tô na Ilha neste momento! Uma dica: não faça o ilha tour. É caro e vc vai com um grupo de 10 pessoas. Faça por conta própria de táxi! Vai gastar menos que a metade do preço! Qdo for na Cacimba do Padre, Baia dos Porcos, no PIC Sancho (desça até a praia), Mirante Dois Irmãos, Museu dos Tubarões (tirar foto com rabo de sereia) ... Vc vai tirar muitas fotos e qdo se está com grupo acaba sendo corrido. E aqui, nada deve ser corrido! Já é a minha 3ª vez neste paraíso! Dessa vez estou com um casal de amigos.
Assim que chegar no aeroporto, preencha a ficha e pague a taxa. Se a sua pousada tiver o transfer, beleza. Se não, pegue um táxi. Táxi aqui é tabelado. A corrida mais cara é 52,00 (Porto/Leão) e a mais barata é 26,00 até às 19h e 28,00 após (não importa se vc vai de uma esquina a outra). Ou vc pode pegar o ônibus que custa 5,00 e é circular indo do Porto ao Sueste.
Chegando na pousada, deixe as malas e vá ver o pôr do sol no Mirante do Boldró ( é o mais famoso), mas aqui vc vai ter por do sol lindos em vários lugares! Bar do Meio, Praia da Conceição, do Cachorro, no Porto (tem as ruínas do Forte que as fotos ficam lindas, Igrejinha....)
Qdo sair do por do sol, passe no ICMBIO para fazer a carteirinha do parque e agendar as trilhas. A Atalaia é a mais concorrida e está agendando com 3 dias pra frente. Pode correr o risco de não conseguir fazê-la! Tem a curta e a longa (essa precisa de guia).

Vá no praça Flamboyant e procure o Luis para agendar seu passeio de barco. Ele tem o melhor preço e não cobra taxa para pagamento no cartão de crédito. Sai fora do Noronha Tour (é o mais caro)! Fiz com o barco Naonda pela manhã, paguei 160,00. Se quiser fazer a pranchinha paga mais 50,00. De manhã vc consegue ver os golfinhos (só se não tiver chovido. Se chover no dia anterior ou pela madrugada, esqueça! Eles não gostam da água doce e não aparecem). Eu vi muitoooooos!!!!

Não deixe de comer o pastel de lagosta no Cacimba Bistrô! Se quiser economizar e se na sua pousada tiver como cozinhar, traga comida! Dessa vez eu trouxe bastante coisa, cerveja (Brahma pq aqui não tem!), Queijo, pão, biscoito... Economize na comida! Traga TD que puder! Vale a pena despachar mala com comida! Isso se vc quiser economizar né? Os passeios são caros! Eu estou na residência Dolce Vita (mais conhecida como Casa da Nêga) que tem cozinha e tudo que eu preciso! Tem tv a cabo e wi-fi (raridade por aqui). Já é a 2ª vez que fico aqui e ficarei todas as outras vezes que eu voltar! Ela é maravilhosa!!!

No dia que eu cheguei estava chovendo, mas foi só esse dia mesmo. O sol reina!! Dias lindos, céu azul, tudo perfeito! Ah! Traga repelente!

Espero ter ajudado! Boa viagem pra vc!

Elaine
ElainePermalinkResponder

Oi Tati!
Você teria um taxista para indicar? O roteiro do passeio é sugerido por ele? Terias alguma sugestão? estou um pouco perdida, tem muita informação e coisas para agendar..heheh
Não sei o que fazer primeiro.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Elaine! Não fique perdida, nossa página O que fazer dá toda a orientação que você precisa.

https://www.viajenaviagem.com/destino/fernando-de-noronha/o-que-fazer-fernando-de-noronha/

Diego
DiegoPermalinkResponder

Bom mencionar que o pagamento da TPA agora também pode ser realizado por cartão de crédito antecipadamente no site.

Brunna
BrunnaPermalinkResponder

È possível pagar a taxa de preservação não só por boleto bancário mas também por cartão de crédito ou débito, o comprovante é emitido na hora. É só imprimir e apresentar no aeroporto.

Simone
SimonePermalinkResponder

Bom Dia! Vou na segunda quinzena de julho, somos 2 famílias com 4 pessoas cada..Para aluguel de buggy e passeios como ilhatour e de barco, preciso reservar com antecedência ou é tranquilo decidir e contratar ao chegar lá? Como somos 8 pensei em verificar os preços de passeios privativos, mas para comprar com antecedência pelos sites, não achei esta opção. Desde já agradeço pela ajuda.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Simone! Converse com sua pousada, é o jeito mais garantido de fazer essas reservas/compras.

rosi
rosiPermalinkResponder

amei, o post, acredito que seria bom um complemento quanto a tábua de maré, isso tbm é importante observar, semanas com marés de até 0.4 são melhores, vamos lá pessoal, noronha não é patrimônio de uma classe social, noronha é da humanidade, é nossa.

Priscilla
PriscillaPermalinkResponder

O artigo de luxo mais valioso de Noronha é a natureza! E o mais grandioso é perceber que também fazemos parte dela. Viva os encantos e cantos da ilha, surpreendendo se com sua fauna e flora. Aprecie sem pressa, sem hora marcada por guias e passeios agendados, vale apena estudar sobre o destino e fazer seu próprio roteiro. A ilha apesar de intensa e pequena e bem sinalizada. alugando o buggy ou moto um dia possível conhecer toda a ilha.Nos outros dias, e curtir os lugares que mais gostou, pode ir taxi, ou de ônibus para as praias do Sueste, Porto e entrada para trilha de Atalaia.

Mônica
MônicaPermalinkResponder

Sabes informar o custo diário para alugar uma moto? Obrigada.

Georgiana
GeorgianaPermalinkResponder

Onde consigo comer em fernando de noronha com um preço mais acessível ? Qual passeio NÃO é recomendado ? Estou chegando na ilha em 17 dias...

Marcelo
MarceloPermalinkResponder

Perfeito. Passei 7 dias ( suficiente) e o seu relato corresponde com o que vivenciamos, principalmente o transfer coletivo.
Fiz o passeio de barco, que foi muito legal e o restante fiz por conta própria a pé ou de ônibus, que vai próximo a todos os pontos turísticos e as praias.

Raquel
RaquelPermalinkResponder

Oi! Gostaria de saber como fica a ilha durante os dias da Refeno. Estou planejando minha ida à Noronha e vi agora que é exatamente na semana da regata. Vocês acham que alguma atividade ou passeio pode ser prejudicado pela regata? A Ilha fica muito cheia?
Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Raquel! A ilha fica bastante animada, e a paisagem dos veleiros é linda.

Raquel
RaquelPermalinkResponder

Imagino que a paisagem fique ainda mais linda! Mas você acha que o aumento de turistas chega a atrapalhar os passeios e restaurantes? Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Raquel! É uma época especial para estar em Noronha. No fim do ano é muito mais cheio.

Priscilla Anne

Voltei de Noronha ontem e aproveitei muito graças a todas as dicas que peguei aqui com vocês! Muito obrigada!
Meu destaque vai para os drinks da bartender Cíntia do restaurante Teju Açu, realmente são os melhores da Ilha! Adorei!
Algumas atualizações: os restaurantes 'Corveta' e 'Du Mar' fecharam. O corveta ficou só com a parte de pousada. A sugestão de prato de vcs para o restaurante o 'O Pico' saiu do cardápio (uma pena)! A captura das tartaturgas nessa epoca do ano deixa de ser na Praia do Sueste e acontece nos mesmos dias (2a e 5a) mas são na praia do Porto e na do Boldró, respectivamente.

Angélica Cavalcanti

Oi,
Estou querendo ir a Noronha agora em setembro!
Tem All inclusive na ilha? Vale a pena como economia pra não ter gastos extras com alimentação? Qual a média de uma refeição na ilha?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Angélica! Não existe all-inclusive em Fernando de Noronha. Procure ler o conteúdo antes de sair perguntando.
Veja:
https://www.viajenaviagem.com/destino/fernando-de-noronha/#caro
https://www.viajenaviagem.com/destino/fernando-de-noronha/onde-comer-fernando-de-noronha/

Eusebio Rodrigues de souza

Eu acho lindo essa ilha gostaria ,de esta ai um dia bj a todos ai .

Andrea Carla
Andrea CarlaPermalinkResponder

Bom dia a todos. Estou indo a Noronha pela primeira vez na segunda semana de setembro com meu marido e minha filha de 7 anos. Chegaremos por volta das 12hs no aeroporto e ja paguei a taxa de permanencia e para visitacao dos Parques, precisando so fazer o cartao. Mas me preocupa a questao do agendamento das trilhas e quantidade de senhas que sao distribuidas. Vms ficar 5 dias. Sera que vale a pena ja ir direto depois de fazer check-in na pousada tentar pegar a senha e fazer o agendamento das trilhas? Sera que da pra conseguir o de Atalaia, considerando que vamos chegar no sabado?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Andrea! Isto está discutido na seção de Roteiro:

https://www.viajenaviagem.com/destino/fernando-de-noronha/o-que-fazer-fernando-de-noronha/#roteiro

Se você acha que vale a pena enterrar a sua tarde de chegada se enfiando no centro de visitantes para pegar lugar na fila, vá em frente. O Ricardo Freire, porém, acha que o custo x sacrifício não vale. (Pense que você pode perder uma tarde à toa, sem conseguir agendar trilha.)

No nosso roteiro, recomendamos tentar agendar trilhas na segunda tarde, depois de já ter chegado em grande estilo, aproveitado praia e pôr do sol no dia da chegada e visitado o Sancho na manhã do segundo dia.

Não superestime as trilhas, sua viagem não vai ser menos proveitosa se você não fizer o passeio da Atalaia. Ainda mais em setembro, quando as praias do Mar de Dentro estão totalmente flat e vai dar ótimo snorkel no Sancho, na Baía dos Porcos, no Porto e, na maré baixa, no Boldró também.

Marcio Cruz
Marcio CruzPermalinkResponder

Sou louco de paixÃO POR NORONHA ..
E SOU LOCO PRA CONHECER O.LUGAR

Eliane de Jesus Valadão

Gostaria de saber onde posso alugar bicicleta elétrica?

veronica
veronicaPermalinkResponder

Olá boa tarde! Pretendo ir com meu marido em fevereiro de 2020. Estamos meio perdidos em relação as taxas e a reserva que tem que ser feita na ilha. Como faço para fazer esta reserva. E sobre pousadas qual o melhor lugar para ficar?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Veronica! O agendamento só é necessário para algumas trilhas. Você conseguirá fazer todos os outros passeios normalmente. Falamos sobre taxas nesta página mesmo, não faz sentido repetir toda a explicação aqui. Leia sobre onde ficar em Noronha na página Onde ficar em Noronha.

Veja:
https://www.viajenaviagem.com/destino/fernando-de-noronha/#taxas
https://www.viajenaviagem.com/destino/fernando-de-noronha/onde-ficar-fernando-de-noronha/
https://www.viajenaviagem.com/destino/fernando-de-noronha/o-que-fazer-fernando-de-noronha/#agendamento

Gilvany
GilvanyPermalinkResponder

Existe um número limite de pessoas para entrar na ilha de Fernando de Noronha?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gilvany! Existe, mas é um número usado para dimensionar a freqüência de vôos e a oferta de acomodação. Se você conseguiu comprar passagem e tem hospedagem reservada, tem entrada garantida na ilha, não importa quantas pessoas estejam lá no momento.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar