Pipa

Banho de charme
  • 0
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Pipa tem a sorte de estar pertinho de Natal. O fato de ter virado destino de passeio para quem está hospedado na capital acabou poupando o vilarejo de um crescimento exagerado. Quem conheceu Pipa há 15 anos, evidentemente, vai achar que a vila está grande demais -- mas acredite: na comparação com outras praias na mesma situação, Pipa está superbem organizadinha. A construção de um anel viário ordenou o trânsito. E, apesar de densamente ocupada, a vila mantém o seu charme.

Existem três Pipas para curtir. A Pipa das praias, em que você aluga uma espreguiçadeira na barraca e passa as férias lendo e pegando um bronze. A Pipa dos passeios, que permite saracotear por falésias, dunas, matas e piscinas naturais ao sul e ao norte da vila. E a Pipa depois do entardecer, que tem a muvuca charmosa do footing entre lojas, restaurantes e sorveterias da avenida Baía dos Golfinhos.

Para curtir a Pipa dos passeios, dá para vir de Natal e passar o dia. Mas para curtir a Pipa das praias e a Pipa depois do entardecer, só mesmo vindo sem pressa.

Pipa: Praia do Centro

Praia do Centro

Se preferir, clique para ir direto ao tópico:

  • Quantos dias em Pipa?

Pipa: as dicas do Viaje na Viagem

Praia do Centro: deck do canto direito

Se você está em Natal e quer saber qual é a de Pipa, sugiro que passe pelo menos uma noite depois do passeio básico pelas falésias e Lagoa Guaraíras. Dias suplementares servirão para fazer passeios ao sul -- um dia a Sibaúma e Barra de Cunhaú, outro dia a Baía Formosa e Sagi, e quantos dias puder para curtir as praias e a gastronomia do pedaço.

Voltar | Menu

  • Quando ir a Pipa

Pipa: Praia do Madeiro

Praia do Madeiro

Primeiro, quando não ir: sim: entre abril e julho você pode pegar chuva e existe uma boa possibilidade de pegar dias inteiramente nublados, em que o vento acaba incomodando.

Prefira ir entre setembro e janeiro, quando chove pouquíssimo, até 50mm mensais. A média de chuva em fevereiro também é baixa: abaixo de 100mm.

Março já marca a transição para a estação das chuvas, com a precipitação chegando próxima dos 200mm.

De abril a junho ocorre o pico das chuvas, entre 250mm e 300mm por mês. Julho já vê o volume cair um pouco, para 200mm quase cravados.

Agosto é o mês de transição para a estação seca, com chuvas ligeiramente acima de 100mm.

A questão dos feriados é um fator importante a levar em consideração. Em qualquer feriadão Pipa fica superlotada, e a muvuca pode atingir níveis de decibéis indesejados -- sobretudo se você der azar de estar numa pousada próxima a alguma casa que tenha sido alugada por garotos que brinquem de pôr som de rave 24 horas.

Para curtir só o lado bom de Pipa, preferia os dias de semana e sobretudo evite os feriadões. (Se vier em feriado, considere hospedar-se fora do centro.)

Pipa: quando dá praia?

Voltar | Menu

  • Precisa carro em Pipa?

Vai ficar só em Pipa? Não precisa carro

Dentro da vila, o carro pode ser um estorvo, devido à dificuldade de estacionamento. Pipa tem táxis (peça para seu hotel chamar, ou pegue na av. Baía dos Golfinhos), que cobram de R$ 10 a R$ 20 as corridas até a Praia do Madeiro ou Praia das Minas.

Pipa: vans

A vila também é bem servida por vans que fazem a linha Pipa-Tibau do Sul-Goianinha com saídas freqüentes; entre Pipa e Tibau a tarifa é R$ 2,80. Pegue a van na av. Baía dos Golfinhos (no orelhão próximo ao hotel Pipa Atlântico -- em frente ao número 599) ou no ponto final, no largo do anel viário logo depois da entrada da Praia do Amor.

As jardineiras de passeios cobrem todas as atrações dos arredores.

Vai também a Natal e outros destinos? Carro vale a pena

Se você está fazendo uma viagem picadinha pelo litoral, estar de carro é muito útil, já que o transporte público é complicado e demorado e os traslados de táxi não são propriamente baratos. Além disso, em Natal e João Pessoa você vai poder fazer os passeios de forma independente, sem estar preso a tours organizados.

Voltar | Menu

  • Como chegar a Pipa

Pelo asfalto, Pipa está a 85 km da zona hoteleira de Natal, a 95 km do aeroporto de Natal e a 135 km do aeroporto de João Pessoa.

(De bugue ou 4x4, cortando caminho pelas areias do praião de Malembar e atravessando a lagoa Guaraíras de balsa, a distância entre Natal e Pipa é de pouco mais de 50 km.)

Saindo do aeroporto de Natal

Pipa: chegando pelo aeroporto de Natal

Aeroporto de Natal

Se você foi a Natal até 2013, não conhece o novo aeroporto, que fica na zona norte da cidade.

De trânsfer

Ao confirmar sua reserva (feita por qualquer meio), sua pousada deve enviar um email oferecendo trânsfer do aeroporto. É um ótimo negócio: custa R$ 180 de dia ou R$ 200 à noite -- preço total para até 4 passageiros (outubro/2016).

De táxi

No corredor entre a retirada de bagagens e o saguão de desembarque você vai encontrar o guichê do táxi oficial. Ali, pode comprar sua corrida a Pipa por R$ 240 (outubro/2016). Aceitam cartão.

De van

Também no corredor entre a retirada de bagagens e o saguão de desembarque ficam os guichês de vans. As saídas são coordenadas com as chegadas dos vôos; a passagem custa R$ 60 por pessoa (outubro/2016). A Pipa Tranfer aceita reservas (tel. 84/994-737-848).

De carro

Os guichês das locadoras ficam no fim do caminho do desembarque, entre o corredor dos táxis e vans e o saguão do aeroporto.

Você pode evitar passar passar por Natal -- mas vai precisar passar pelos centrinhos de São Gonçalo do Amarante e Macaíba, saindo no finzinho da BR 304, que vem de Fortaleza. A rodovia entronca com a BR 101 na entrada de Natal; você sai pela BR 101 na direção sul, enfrenta um pouco de trânsito quando a estrada corta Parnamirim. Você sai da estrada em Goianinha, para os últimos 25 km em estradinha lenta. Ao chegar em Tibau do Sul, você pode escolher entre dois caminhos: dá para ir pelo anel viário, evitando passar pelo centrinho de Tibau, ou dá para entrar em Tibau e ir pela estrada litorânea, que oferece vistas das falésias. Se você não estiver com pressa e essa for a sua primeira viagem, vale a pena chegar pela estrada litorânea.

Espere levar um pouco menos de duas horas no percurso.

(Futuramente, o trajeto será bem mais rápido. Existem duas estradas em licitação que vão facilitar bastante a viagem entre o aeroporto de Natal e Pipa. A primeira estrada é o acesso sul do aeroporto, que vai passar por fora das cidades de São Gonçalo e Macaíba. A segunda estrada é a via expressa entre a BR 101 e Pipa, que não vai passar por Goianinha ou Tibau.)

Saindo da cidade de Natal

De trânsfer

O trânsfer de Natal a Pipa oferecido pelas pousadas fica mais em conta quando você sai de Ponta Negra: R$ 130 de dia e R$ 150 de noite (outubro/2016), preço total do carro para até 4 passageiros.

De ônibus

Pipa: saindo da rodoviária de Natal

Ônibus para Pipa

O Expresso Oceano leva a Pipa em 2 horas, saindo da rodoviária de Natal. Os ônibus não têm ar-condicionado. A passagem custa R$ 14,80 (outubro/2016) e deve ser comprada no guichê Transpasse.

A rodoviária de Natal fica na Av. Capitão Mor Gouveia, 1597, no bairro de Cidade Esperança (tel. 84/3205-2931). Um táxi desde Ponta Negra deve sair R$ 32 na bandeira 1 (outubro/2016). O ônibus 599 (Guarapes) sai da avenida Eng. Roberto Freire e leva à rodoviária sem transbordo, por R$ 2,65 (outubro/2016).

De carro

São 85 km desde Ponta Negra ou Via Costeira. Você sai pela BR 304 na direção do antigo aeroporto e entra na BR 101 na direção sul. O início da 101 tem trânsito, quando a estrada corta Parnamirim. Você sai da estrada depois de 50 km, em Goianinha, para os últimos 25 km em estradinha lenta. Ao chegar em Tibau do Sul, você pode escolher entre dois caminhos: dá para ir pelo anel viário, evitando passar pelo centrinho de Tibau, ou dá para entrar em Tibau e ir pela estrada litorânea, que oferece vistas das falésias. Se você não estiver com pressa e essa for a sua primeira viagem, vale a pena chegar pela estrada litorânea.

Espere levar 1h30 no trajeto.

Aproveitando um tour organizado

Se você está sem carro e com pouca bagagem, um jeito bastante prático e com ótima relação custo x benefício de ir de Natal a Pipa é pegando carona em um tour organizado. Custa a partir de R$ 60 por pessoa. Você é buscado no hotel ou pousada, aproveita as paradas na Lagoa Guaraíras, mirante de Cacimbinhas e praia do Madeiro e chega ao centrinho de Pipa até as duas da tarde, quando o check-in da sua pousadas estará liberado. Aí é só ir a pé ou, se for longe da ruazinha principal, pegar um táxi (R$ 10 a R$ 20, dependendo da localização).

Saindo do aeroporto de João Pessoa

Pipa: chegando por João Pessoa

Aeroporto de João Pessoa

Caso você não tenha interesse em combinar a viagem com Natal e encontre passagens a bom preço para João Pessoa, vale a pena vir pela capital paraibana.

O tempo de trajeto é mais ou menos o mesmo (2 horas), mas o percurso é bem mais tranqüilo: o aeroporto está a apenas 3 km da BR 101, e apenas os 10 primeiros quilômetros (até a saída para Campina Grande) têm trânsito pesado. Depois, é pista duplicada e desimpedida até Goianinha, quando então é preciso pegar a estradinha lenta para os últimos 25 km a Pipa.

De trânsfer

Se você não quer alugar carro, peça para sua pousada arranjar um trânsfer. Deve sair R$ 150 de dia e R$ 180 à noite, preço total para até 4 pessoas (outubro/2016).

De táxi

Caso você chegue a João Pessoa sem trânsfer agendado, pode pegar um táxi na hora. Pela tabela, a corrida custa R$ 300, mas os motoristas são permeáveis à negociação.

De carro

As maiores locadoras têm balcões no aeroporto. Em apenas 3 km você já estará na BR 101; aí é só seguir na direção norte por pouco mais de 100 km em pista duplicada e, em grande parte, desimpedida. Saia da estrada em Goianinha, para os 25 km finais em estrada lenta até Pipa. Ao chegar em Tibau do Sul, você pode escolher entre dois caminhos: dá para ir pelo anel viário, evitando passar pelo centrinho de Tibau, ou dá para entrar em Tibau e ir pela estrada litorânea, que oferece vistas das falésias. Se você não estiver com pressa e essa for a sua primeira viagem, vale a pena chegar pela estrada litorânea. A viagem leva duas horas.

Saindo de João Pessoa, Recife ou Fortaleza

De ônibus

De João Pessoa, a Nordeste pára em Goianinha na rota para Natal. São 2h30 de viagem; custa R$ 35. Em Goianinha você pega a van que vai a Tibau e Pipa; leva mais 1 hora e custa R$ 4 (outubro/2016).

Do Recife, a Progresso pára em Goianinha na rota para Natal. São 3h30 de viagem; custa R$ 67 no ônibus executivo (outubro/2016). Em Goianinha você pega a van que vai a Tibau e Pipa; leva mais 1 hora e custa R$ 4 (outubro/2016).

De Fortaleza, a Nordeste e a Guanabara vão a Natal desde R$ 75 (outubro/2016); a viagem leva 8 horas. De Natal você continua a Pipa pelo Expresso Oceano, que leva duas horas em ônibus sem ar-condicionado e custa R$ 14,80 (outubro/2016). Compre no guichê Transpasse.

De carro

Da zona hoteleira de João Pessoa (a 150 km, 2h30 de viagem) ou de Boa Viagem, no Recife (a 260 km, 4 horas de viagem), basta subir pela BR 101 na direção norte. A estrada é inteiramente duplicada. Quem sai do Recife vai encontrar trânsito bastante lento na saída da cidade e na passagem por Abreu e Lima; quem sai de João Pessoa só pega trânsito no perímetro urbano e entre a saída da cidade e o trevo de Campina Grande. Em Goianininha você sai da auto-estrada e pega os últimos 25 km em estrada lenta até Pipa.

Da zona hoteleira de Fortaleza são 580 km (9 horas de viagem). Você sai pela CE 040 (com quase 100 km em pista dupla) e segue pela BR 304 até Natal, em pista simples. Na entrada de Natal, pega a BR 101 na direção sul, que vai em pista dupla até a saída para Goianinha, quando então são mais 25 km em estrada lenta até Pipa.

Ao chegar em Tibau do Sul, você pode escolher entre dois caminhos: dá para ir pelo anel viário, evitando passar pelo centrinho de Tibau, ou dá para entrar em Tibau e ir pela estrada litorânea, que oferece vistas das falésias. Se você não estiver com pressa e essa for a sua primeira viagem, vale a pena chegar pela estrada litorânea.

Aproveitando um tour organizado

Se você está sem carro, com pouca bagagem e vai sair de João Pessoa, pode pegar carona num tour organizado a Pipa, a partir de R$ 125 por pessoa. Não é um tour que eu recomende fazer como bate-volta, mas como traslado é uma solução com excelente relação custo x benefício. Você é buscado cedo no seu hotel em João Pessoa e faz o passeio normal com o grupo. Na última parada, no centro de Pipa, você desce e vai para a sua pousada, a pé ou de táxi (R$ 10 a R$ 20, dependendo da localização).

Voltar | Menu

  • Onde ficar em Pipa

No Centro ou na praia? Em Pipa, dá para juntar as duas coisas: quem se hospeda no entorno da av. Baía dos Golfinhos pode ir à praia (do centro) e ao footing noturno sem pegar carro. Caso você se anime a caminhar à noite, as pousadas da Praia do Amor também servem aos dois propósitos. Em qualquer outra localização, você vai precisar pegar carro (ou táxi, ou van, ou mototáxi) para ir à praia e/ou sair à noite. Veja os prós e contras de todas as regiões -- e confira hotéis e pousadas selecionados em cada uma delas.

    Centro

Evite a esquina entre a Baía dos Golfinhos e a descida principal para a praia. Por ali, a aglomeração noturna é constante, e o barulho, inevitável. Não faltam opções, porém, a uma distância segura da muvuca.

Os dois hotéis top desta área têm características bem distintas.

Onde ficar em Pipa: Toca da Coruja

Toca da Coruja

A Toca da Coruja fica num terreno enorme que é praticamente um parque. Não tem vista nem saída para a praia -- mas compensa com duas piscinas pra lá de charmosas e com um bar exclusivo na Praia das Minas, para onde leva os hóspedes em traslados gratuitos. Todos os quartos são bangalôs (de 60 ou de 130m²), circundados por mata nativa. As duas piscinas são lindas, e o serviço é espetacular.

Onde ficar em Pipa: Marlin's

Marlin's

Já o Marlin's é um pequeno hotel escondidinho numa das ruelas que descem da avenidinha principal para a praia. A construção vai descendo pela encosta e aproveita todos os espaços com apartamentos compactos mas bastante confortáveis, com um quê de Positano ou Capri. A piscina fica quase pé na areia.

Onde ficar em Pipa: Pipa Atlântico

Pipa Atlâtnico

Se procura algo com preços mais competitivos, mas ainda fora da zona barulhenta, dê uma olhadinha no Pipa Atlântico, que é bastante apropriado para famílias; a nova ala tem bangalôs de até 3 quartos. Boa parte do terreno é ocupada pela piscina, que por sua vez está a passos dos apartamentos (hospedando-se num apartamento térreo, sai direto para a piscina). Atravessando a rua há uma escadinha que desce para a praia.

Quer escadinha para a praia, sem precisar atravessar a rua? A Pousada Marajoara tem quartos bem básicos, mas a vista, o acesso privativo à praia e a mata ao redor são um luxo.

Vizinha da Toca da Coruja, a Pousada Tartaruga não tem luxos, mas é bem montada e bem mantida.

150 metros acima da Baía dos Golfinhos, na rua dos Bem-te-vis, a singela Magia da Terra é uma bela opção para orçamentos apertados.

No alto de uma ladeira (voltando devagarzinho, dá uns 10 minutos a pé), o Flat Flor da Mata tem apartamentos estalando de novos com cozinha equipada (mas não serve café da manhã).

Onde ficar em Pipa: Pousada Barbara

Pousada Barbara

A pequena Pousada Barbara está a passos do melhor trecho (o canto direito) da praia do Centro -- que onde está o lounge Pipa Beach Club. A estrutura é bastante simples, herança da Pipa dos anos 90. Mas é tudo charmosinho. Tem uma pequena piscina e gostoso ambiente praiano. O centrinho da vila está a uma ladeira de distância.

Protegida do mundo no miolinho entre o Centro e a Praia do Amor, a Pousada Mirante de Pipa tem chalés no meio da mata e vistas praticamente aéreas de Pipa. O pôr do sol no Sunset Bar é o mais bonito da cidade; hóspedes têm preferência para reservar mesas.

    Praia do Amor

Quem se hospeda na Praia do Amor precisa caminhar seus 10 minutos à noite para o footing no centro. O acesso principal (e público) à praia é por uma escadaria esculpida no canto esquerdo da falésia.

Onde ficar em Pipa: Hotel Sombra & Água Fresca

Hotel Sombra & Água Fresca

A área é dominada pelo grupo Sombra & Água Fresca, que se originou no Hotel Sombra & Água Fresca e com o tempo abriu mais duas unidades: o Resort Sombra & Água Fresca e o Spa Sombras & Água Fresca, todos com temática vagamente balinesa. Dos três, o único com vista (e que vista!) para o mar é o Hotel.

Onde ficar em Pipa: Hotel da Pipa

Hotel da Pipa

O Hotel da Pipa a localização mais vertiginosa da Praia do Amor: dependurado da falésia. É um hotel transadinho que eu recomendo para quem puder cacifar a fileira de apartamentos da frente, na pontinha do penhasco, com o mar no janelão. Ficando num apartamento fora da primeira fila é possível que você preste mais atenção nas falhas do que nas qualidades do hotel. Tem uma escadaria privativa, de madeira, para descer à Praia do Amor.

Onde ficar em Pipa: Terra dos Goitis

Terra dos Goitis

A über-charmosa Terra dos Goitis tem um conceito todo próprio: são casinhas independentes, com cozinha completa, circundadas pela mata. Toda manhã uma bandeja com os ingredientes do café da manhã é deixada na cozinha por uma portinhola (mas o café em si é o hóspede que prepara). A piscina é tão gostosa que você vai pensar duas vezes antes de andar até a escadaria da falésia que desce para a Praia do Amor. A propósito, a localização é o único inconveniente da pousada: como fica no finzinho da rua do alto da Praia do Amor, você vai acabar levando uns 15 minutos a pé até o centrinho, à noite.

Onde ficar em Pipa: Pousada dos Girassóis

Pousada dos Girassóis

A Pousada dos Girassóis está a exato meio caminho entre o centro e a praia. Na esquina da rua que leva à muvuca do centrinho com a rua que leva à Praia do Amor, o hóspede fica muito bem situado para aproveitar o melhor de Pipa. O terreno é grande e ajardinado, e a falta de vista para o mar é compensada com uma piscina de tamanho generoso. Construída como condomínio de segunda residência de portugueses, tem apartamentos bastante confortáveis, com cozinha americana.

    Do Chapadão a Sibaúma

Ao sul do centrinho, a densidade de construção diminui bastante e os hotéis com vista para o mar terão terrenos mais arejados, com horizonte mais presente. As praias ainda guardam um ar selvagem.

No Chapadão, a falésia achatada que é um dos postais de Pipa, o Paua Hotel Boutique tem chalés confortáveis e uma escadaria para a praia.

Numa ilha de vegetação entre o Chapadão e a Praia das Minas -- e com vista para ambos -- o Spa da Alma une conforto, serviço elogiado e uma proposta zen. Há transporte para o centro em horários determinados. Excelente refúgio durante feriados.

Na praia de Sibaúma, o sofisticado Kilombo Villas & Spa reina sobre a praia deserta. Tem suites (de 35 a 45m²) e villas (de 140 a 250m²) com decoração contemporânea.

    Entre Tibau e Pipa

Ao longo da estradinha costeira entre os centros de Pipa e de Tibau do Sul localizam-se hotéis confortáveis, com acesso direto às praias por escadarias. O deslocamento ao centrinho é fácil e barato, se você aproveitar as vans que fazem a linha entre Pipa, Tibau e Goianinha (a passagem custa R$ 2,80). Um táxi custará entre R$ 15 e R$ 25, dependendo do horário e da localização do hotel.

Onde ficar em Pipa: Madeiro Beach

Madeiro Beach Hotel

A novidade do pedaço é o Madeiro Beach Hotel, versão totalmente repaginada do antigo Village Natureza, que esteve anos desativado. A localização é excepcional: no canto direito (sul) da praia do Madeiro, onde o mar é mais manso. Os bangalôs foram totalmente renovados e o terreno ganhou bem-cuidados jardins. A barraca de praia do hotel é a melhor da praia.

Onde ficar em Pipa: Hotel Ponta do Madeiro

Ponta do Madeiro

Na ponta norte da mesma praia, o Hotel Ponta do Madeiro é ideal para escapar das multidões: tem seu próprio bar de praia, com acesso exclusivo para hóspedes e clientes. É a melhor escolha desta área para quem quer praia e sossego, já que poucos enfrentam os 20 minutos de caminhada desde o canto oposto, onde fica o acesso público. Os apartamentos sao aconchegantes e a piscina tem vista para o mar.

Onde ficar em Pipa: Privilège

Privilège

O Pipa Privilège fica mais perto de Tibau do que de Pipa, e sua praia, a das Cacimbinhas, não é calminha como a Praia do Madeiro. Mas é o mais estiloso da turma. Toda a área à beira da falésia funciona como um lounge de praia, que poderia estar em Punta del Este mas tem uns toques brazucas que fazem a diferença. Os apartamentos são grandes e por isso são chamados lofts. Há uma escada para a praia, mas no seu lugar eu pegaria o carro e iria à Praia do Madeiro, a menos de 5 minutos. Em dezembro de 2016, deve inaugurar uma ala (o Privilège Resort) do outro lado da estradinha.

    Tibau do Sul

Onde ficar em Pipa: Girassóis Lagoa

Girassóis Lagoa

Se você prefere banho de lagoa a banho de mar, considere hospedar-se em Tibau do Sul e aproveitar a prainha da Lagoa Guaraíras. Logo depois do anel viário que leva a Pipa pelo interior, o Pipa Lagoa (antigo Girassóis Lagoa) é sob medida para famílias: os quartos são amplos e acomodam crianças, e a piscina é enorme e com vários nichos; há um kids club com brinquedos e a supervisão de um recreador. O centrinho de Tibau está a 5 minutos de carro; Pipa, a 15 minutos, pelo anel viário.

    Baía Formosa

Onde ficar em Baía Formosa: Pousada La Bonita

Pousada La Bonita

A 60 km (via Goianinha) ou 55 km (via Barra de Cunhaú, com travessia de balsa) de Pipa, Baía Formosa ainda retém o espírito de vilarejo de pescadores que Pipa ou Tibau perderam. A paisagem é parecida, com uma falésia protegendo a praia principal. A melhor pousada da cidade é a La Bonita, de donos portugueses, integrada à vegetação nativa. Escolha um quarto com vista.

    Praia do Sagi

Onde ficar na Praia do Sagi: Pousada Sagi Iti

Pousada Sagi Iti

Localizada pé na areia na última praia potiguar antes da Paraíba, a 68 km de Pipa, a Sagi Iti é uma pousada de autor -- na verdade, de autores: um casal paulista que se apaixonou pelo lugar e se mudou para lá. São apenas cinco apartamentos, com gostosa decoração praiana, móveis e equipamentos de primeira. O luxo aqui não é ostensivo; está nos pequenos detalhes, na qualidade do lençol, na atenção da equipe, no mar à porta. Só o que me incomoda por aqui é o uso da praia como passagem de bugues e jipes, o que vai contra a minha religião.

Voltar | Menu

  • Onde comer em Pipa

Para almoçar

Na avenida Baía dos Golfinhos, a ruazinha principal de Pipa, a maioria dos restaurantes só abre no fim da tarde. O negócio é almoçar com vista para o mar ou aproveitando a volta de passeios.

Onde comer em Pipa: Orishas

Orishas

Onde comer em Pipa: Pipa Beach Club

Pipa Beach Club

Na Praia do Centro, o canto direito tem os dois espaços mais simpáticos para almoçar: o Pipa Beach Club (Deck do canto direito da Praia do Centro, tel. 84/3246-2447), que tem ceviches e woks, e o Orishas Praia Bar (Canto direito da Praia do Centro, tel. 84/991-967-882), com cardápio mais regional. Ambos ficam lotados para o pôr do sol (o Orishas com música ao vivo, o Pipa Beach Club com DJ).

Onde comer em Pipa: Lua Cheia

Lua Cheia

Ainda na vila, o Lua Cheia (r. do Cruzeiro, 502, tel. 84/3246-2138) serve boas moquecas e caldeiradas debruçado no canto esquerdo da Praia do Centro.

Barraca Madeiro Beach

Barraca Madeiro Beach

Na Praia do Madeiro, as melhores opções estão nas extremidades: no canto direito (sul), a estilosa barraca de praia do hotel Madeiro Beach (Praia do Madeiro, canto direito, tel. 84/3246-4200); no cando esquerdo (norte), o restaurante do hotel Ponta do Madeiro (Praia do Madeiro, canto esquerdo - entrada pelo hotel Ponta do Madeiro; tel. 84/3246-4220).

Em Tibau do Sul, quem aproveita o day-use do Ponta do Pirambu (r. Sem Pescoço, 250, Tibau do Sul, tel. 84/3246-4333) certamente almoça por lá (leia mais no tópico 'As praias', mais abaixo).

A Figa Tibau do Sul

A Figa

Se você resolver pegar praia de lagoa, porém, não encontrará melhor opção que o excelente italiano A Figa (Lagoa Guaraíras, próximo à balsa, tel. 84/996-322-850).

Caso faça o passeio para Barra do Cunhaú, ao sul de Pipa, na volta você pode almoçar no Camarão na Fazenda Sibaúma, uma fazenda de camarão com atividades de ecoturismo (Fazenda Sonho Meu, tel. 84/999-079-858), ou no Cruzeiro do Pescador -- um dos restaurantes mais tradicionais de Pipa (excelentes caldeiradas de frutos do mar!), que saiu do centrinho e se refugiou no Chapadão, atendendo apenas medidante reserva (Chapadão, tel. 84/3246-2026).

Para jantar

Escolher o restaurante para jantar é uma das diversões do footing de Pipa. Os restaurantes se espalham ao longo da avenida Baía dos Golfinhos e também de suas transversais -- as ladeiras que sobem na direção do interior e as ruelinhas que descem para a praia.

Onde comer em Pipa: Tapas

Tapas

Na cidade já há 10 anos (parece que foi ontem!), o Tapas ajudou a oxigenar a cena gastronômica de Pipa. O cardápio muda de acordo com a disponibilidade dos ingredientes: os pratos vêm em pequenas porções (mas maiores do que as tapas espanholas que dão nome ao restaurante) e são anunciados no quadro-negro. Chegue cedo -- ou entre na fila. (Baía dos Golfinhos esquina Bem-te-Vis, tel. 84/994-654-468)

Onde comer em Pipa: Aprecíe

Aprecíe

Na mesma pegada 'cozinha do mundo', recomendo o Aprecíe, onde comi um macarrão de arroz com camarão que estava excepcional (Bem-te-Vis, 34, tel. 84/991-949-771).

Onde comer em Pipa: Macoco

Macoco

O Macoco é outro bom restaurante tocado por argentinos; tem massas caseiras, cordeiro e um ótimo peixe encrustado de sementes de coentro (R. do Céu, 90, tel. 84/994-458-677).

Onde comer em Pipa: Dall'Italiano

Dall'Italiano

Para massas italianas autênticas, o lugar é o Dall'Italiano, agora numa casa maior, na avenida principal. (Baía dos Golfinhos, 731, tel. 84/991-528-651)

Onde comer em Pipa: Goldes & Camarão na Fazenda

Golde's / Camarão na Fazenda

O cardápio do Golde's também é superviajado: vai do spaghetti all'amatriciana ao curry tailandês na wok, passando por schnitzel austríaco. O terraço branquinho evoca um restaurante em ilha grega (Baía dos golfinhos, 748, tel. 84/992-034-473).

A fazenda de camarão que faz parte de alguns passeios a Barra do Cunhaú tem um restaurante no alto da rua dos Bem-te-Vis: o Camarão na Fazenda -- e foi o vencedor do último Festival Gastronômico de Pipa (Bem-te-vis, 66, tel. 84/3246-2044)
.

Em termos de ambiente, na rua principal, é difícil bater o terraço do Tranquilo (Baía dos Golfinhos, 584, tel. 84/ 981-060-033), com suas mesas voltadas para apreciar o footing.

O restaurante mais sofisticado do pedaço, porém, é escondidinho: a Oca Toca, que pertence ao hotel Toca da Coruja mas recebe não-hóspedes que tenham reservado previamente (Baía dos Golfinhos, 464, tel. 84/3246-2226).

Remanescente da época mais roots de Pipa, a pizzaria Pipa Brasil fica na esquina da rua principal com a descida para a praia; é o epicentro da muvuca. Seu chão de areia e caipirinhas na cumbuca de coco são marcas registradas (Baía dos Golfinhos, 805, tel. 84/3246-2242).

Onde comer em Pipa: La Chiviteria e Cone's

La Chiviteria / Cone's

No quesito fast food, Pipa ganhou duas novidades: a sanduicheria uruguaia La Chiviteria (Baía dos Golfinhos, tel. 84/996-549-650) e a portinha especializada em frituras -- camarões, lulas, batatas -- Cone's & Co. (Baía dos Golfinhos, tel. 84/981-818-132).

Sorvete em Pipa: Preciosa

Preciosa

Sorvete em Pipa: Real de 14

Real de 14

Footing que é footing tem que ter sorvete -- e testar várias sorveterias é uma missão do forasteiro. As duas mais-mais são a Real de 14 (Baía dos Golfinhos, 617, tel. 84/3246-2083) e a Preciosa (Baía dos Golfinhos, 1074, tel. 84/ 996-214-458). Qual é a sua preferida? (Eu sou mais a Real de 14).

Tibau do Sul oferece a experiência gastronômica mais peculiar da região. O Camamo só recebe casais para um menu-degustação de 5 passos, criado pelo chef Tadeu Lubambo (um dos fundadores do Beijupirá) e hoje executado por sua mulher, Ninha. Não aceita cartão (Povoado Cabeceira, Tibau do Sul, tel. 84/999-259-705).

Onde beber em Tibau do Sul: Marciliu's Bar

Marciliu's Bar

E se estiver no centrinho de Tibau, não deixe de tomar uma saideira no Marcilius Bar, um bar de decoração almodovariana e ótimos drinks (Gov. Aluízio Alves, Centro, Tibau do Sul).

Voltar | Menu

  • O que fazer em Pipa

Pipa é um vilarejo de praia que entrega à perfeição o que se espera de um vilarejo de praia: boa praia de dia, boa mesa à noite. Mas se você não conseguem ficar parados em praia e precisa passear, não vai se decepcionar: há passeios suficientes para tornar sua temporada mais dinâmica.

As praias

Praia do Centro

Pipa: Praia do Centro

Praia do Centro

A praia central de Pipa é diferente a cada maré: na maré baixa, o mar recede e forma piscinas naturais na areia e entre as pedras; na maré alta, o mar volta e a faixa de areia fica diminuta. As barracas mais populares ficam no centro da praia. No canto direito, já no caminho da Praia do Amor, você encontra o Orishas Praia Bar, que é o mais charmosinho pé na areia. (No deck, também dá para pegar sol no descolado Pipa Beach Club.

Praia do Amor

Pipa: Praia do Amor

Praia do Amor

Tradicional praia do surf de Pipa, a Praia do Amor tem dois acessos. Na maré baixa, dá para vir pela areia, desde o canto direito da Praia do Centro -- um caminho de pouco mais de 5 minutos. Na maré alta, porém, o único jeito de chegar e sair é pela escadaria esculpida na falésia, que dá no canto esquerdo da praia. Há 15 anos, as barracas mais transadas do Rio Grande do Norte ficavam aqui; as cadeiras e espreguiçadeiras eram de madeira. Hoje, porém, o plástico impera.

Praia do Madeiro

Praia do Madeiro, Pipa

Praia do Madeiro

A 8 minutos de carro da entrada de Pipa, é a praia mais bem desenhada da região, com belas falésias recobertas de verde. O canto mais calminho da praia é o da direita; o canto esquerdo é mais revolto (e também mais deserto). Há um acesso público à praia no canto direito (no canto esquerdo, é preciso entrar pelo hotel Ponta do Madeiro). Minha barraca favorita é a do hotel Pipa Beach Club, no canto direito. Dá para ir e voltar a Pipa de van ou táxi. A van sai R$ 2,80 por trecho; o táxi, R$ 15 por trecho.

Ponta do Pirambu

Ponta do Pirambu

Ponta do Pirambu

A Ponta do Pirambu é um clube de praia que funciona em sistema de day-use à beira da praia em Tibau do Sul. Tem decks com piscina e espreguiçadeiras, além de restaurante, redário e área para massagens. O lugar é muito bem montado e o atendimento, superprofissional. Custa R$ 80 por adulto (R$ 60 podem ser revertidos em consumação) (r. Sem Pescoço, 250, Tibau do Sul, tel. 84/3246-4333).

Lagoa Guaraíras

Pipa: Lagoa Guaraíras

Lagoa Guaraíras

A prainha na foz da lagoa é perfeita para levar crianças pequenas (e para quem gosta de banho em águas calmas). Barraca ótima para passar o dia: A Figa (próximo à balsa, tel. 84/996-322-850).

Sibaúma

A última praia de Pipa (na verdade, Tibau do Sul), já na divisa com Barra do Cunhaú (na verdade, Canguaretama) tem como grande atração a piscina natural que é represada na maré baixa. Se você der sorte de estar por lá no momento em que a maré começa a encher, vai presenciar o showzinho particular de Sibaúma: uma 'cachoeira' temporária, que se forma quando a água do mar começa passar por cima do recife.

Passeios de jardineira, bugue e quadriciclo

Pipa: Chapadão

Pipa controla com rigor o tráfego de veículos na areia da praia. Por isso, ao contrário do que acontece em Natal, o bugue não é a estrela dos passeios por aqui.

O principal veículo usado para passeios é a jardineira, que pode andar pelos chapadões e percorrer as estradinhas de terra ao sul de Pipa. Há vários operadores na cidade, com roteiros de meio dia e dia inteiro. O roteiro de dia inteiro normalmente cobre a região de ponta a ponta: ao sul, vai ao Chapadão, Praia das Minas, Sibaúma (com piscinas naturais e banho de rio), e em alguns casos até Barra do Cunhaú (com passeio de jangada opcional). Ao norte, a jardineira sobe até Cacimbinhas (com sandboard e parapente opcionais) e pôr do sol na Lagoa Guaraíras. O ponto mais usado para almoço é o Camarão na Fazenda Sibaúma. Os passeios saem entre R$ 70 (meio dia) e R$ 90 (dia inteiro; outubro/2016). Há vários operadores na cidade: Pipa Adventure (que tem o Camaro Amarelo), Pau de Arara, Jardineira Praia da Pipa e Jeep Asa Branca.

Lagoa Guaraíras e dunas de Malembar

Balsa para as dunas de Malembar

Barra do Cunhaú

Balsa a Barra do Cunhaú

Existem também passeios guiados em grupo em quadriciclos. O roteiro mais curto vai até Sibaúma; o intermediário, a Barra do Cunhaú; o mais longo atravessa a Lagoa Guaraíras para andar nas dunas de Malembar. Custa entre R$ 190 e R$ 250 por quadriciclo. O maior operador é a Pipa Adventure.

Dá também para fazer o mesmo circuito ponta-a-ponta das jardineiras em bugue, mas esteja ciente de que não haverá nenhum percurso pela areia em toda a região entre Tibau e Pipa.

Baía Formosa

Baía Formosa

Praia do Sagi

Praia do Sagi

Para andar de bugue na areia ou em dunas, é preciso escolher os roteiros a Barra Formosa e Sagi, ao sul de Pipa, ou à praia de Malembar, atravessando a Lagoa Guaraíras na direção de Natal. Ambos roteiros têm paradas para banho de lagoa. Os passeios de bugue custam entre R$ 300 e R$ 600 para até 4 pessoas, dependendo da duração.

Passeios de barco

De barco você aprecia a beleza das falésias de Pipa e Tibau de outro ângulo, pode dar a sorte de encontrar golfinhos e assiste de camarote ao pôr do sol na Lagoa Guaraíras.

A Aventureiro tem passeios rápidos de lancha ou catamarã de 1h a 1h30 que percorre a orla e faz parada para banho (R$ 40 a R$ 50, outubro/2016), e um passeio de catamarã com saída às 12h30 com almoço, bebidas livres e pôr do sol na lagoa (R$ 185, outubro/2016).

O passeio gastronômico Maria Maria é feito em escuna, sai às 10h, inclui almoço, caipirinhas e sucos, e fica na Lagoa Guaraíras até o pôr do sol (R$ 180, outubro/2016).

Pipa também tem um barco-balada, o DH Boat Party, que zarpa para festas de 4 horas ao entardecer na Lagoa Guaraíras. O ingresso custa R$ 50 (outubro/2016) com direito a um drink de boas-vindas (as outras bebidas são pagas à parte).

Arvorismo & tirolesa

Numa reserva de mata atlântica a Pipa Adventure mantém um circuito de arvorismo de 10 estações; o circuito termina com uma tirolesa de 300 metros, a 30 metros de altura. Custa R$ 60. O circuito pode ser complementado com um passeio guiado de caiaque (total: R$ 80) ou um tour panorâmico de barco de 1h30 pela costa (total: R$ 90). Preços de outubro/2016.

Santuário ecológico

Uma reserva particular de mata atlântica entre o centrinho de Pipa e a Praia do Madeiro. Tem 16 trilhas dentro da mata que levam a belos mirantes. Está aberto das 7h às 17h e cobra R$ 15 de entrada (outubro/2016). As vans que fazem a linha Pipa-Tibau-Goianinha param na porta (R$ 2,80).

Parapente

Parapente em Pipa

Praia de Cacimbinhas

No chapadão da praia de Cacimbinhas, perto de Tibau, é possível fazer vôo duplo de parapente por sobre as falésias mais dramáticas da região. Custa R$ 170 (outubro/2016).

Camarão na Fazenda

Esta fazenda de camarão na divisa de Sibaúma com Barra de Cunhaú é point de muitos passeios de jardineira, bugue e quadriciclo, mas também atende clientes avulsos. Quem vai com tempo pode aproveitar as outras atividades oferecidas no local (algumas, pagas à parte): passeios a cavalo, caiaques, arco e flecha, slackline (Fazenda Sonho Meu, tel. 84/999-079-858).

Pôr do sol na Lagoa Guaraíras

Cavalo Marinho

Cavalo Marinho, Tibau do Sul

Não é preciso fazer passeio de barco ou de jardineira para apreciar o pôr do sol na lagoa em Tibau. Você pode ir de carro ou de van (R$ 2,80) e ocupar seu lugar na praia ou na mureta da estrada. O mirante mais confortável é o restraurante Cavalo de Fogo, que tem um serviço bastante eficiente (Gov. Aluízio Alves, Lagoa Guaraíras, Tibau do Sul, tel. 84/3246-4123).

Voltar | Menu

41 comentários

Renata Sales
Renata SalesPermalinkResponder

Bom dia, gostaria de saber quais passeios e restaurantes vocês indicam em PIPA- NATAL.
Muito obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Renata! Para dicas de Natal, veja em http://www.viajenaviagem.com/destino/natal.

Em Pipa, curta as praias (Madeiro, Amor, Ponta do Pirambu/day use), faça o passeio de barco ao pôr do sol na lagoa Guaraíras e eventualmente faça o passeio de bugue de Baía Formosa ao Sagi.

Como restaurantes o Ricardo Freire indica o Tapas, o Aqui, o Pipa Beach Club e o Dell'Italiano.

Guilherme
GuilhermePermalinkResponder

Boa tarde. Eu e minha noiva queremos fazer uma viagem e estamos com dúvida entre Pipa e Maragogi. Gostamos de curtir praias calmas, sem muita 'muvuca'. Pelo que observei, as praias na região de maragogi são lindas e calmas. As praias de Pipa são semelhantes? Possuem fácil acesso também?
Obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Guilherme! Ambas são praias com agito, especialmente durante a temporada. Maragogi recebe muitos turistas. Para fugir do barulho pense na Rota Ecológica alagoana. Leia:
http://www.viajenaviagem.com/2013/10/guia-praias-alagoas-maragogi-rota-ecologica-sao-miguel-milagres-porto-pedras-japaratinga

Guilherme
GuilhermePermalinkResponder

Esqueci de mencionar, visitamos a Rota no ano passado, nos hospedando 3 diárias por lá. Adoramos!
Mesmo já tendo visitado o local, vale a hospedagem em Maragogi (na camurim ou praiagogi)? São praias semelhantes as da Rota? Ou vale diferenciar, procurando algo na Pipa?
Obrigado, novamente.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Guilherme! As praias ao norte de Maragogi (Barra Grande, Ponta de Mangue, Antunes) não têm muvuca, mas tampouco têm serviço.

As praias de Pipa são bastante movimentadas no verão. A noite da cidade é forte.

Leia sobre Maragogi:
http://www.viajenaviagem.com/2014/01/maragogi-sem-multidoes

Guilherme
GuilhermePermalinkResponder

Ok. Muito obrigado pelas informações!
Você indicaria, então, ao invés de Pipa, dividir a hospedagem entre Maragogi (2 dias) e Porto de Galinhas (3 dias)?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Guilherme! O ideal é ficar pelo menos 1 dia inteiro em Porto de Galinhas e Maragogi, para poder fazer os passeios de piscinas naturais. 3 dias em Porto de Galinhas está ok. Mas se 2 dias em Maragogi significa chegar em um e ir embora no outro, não vale a pena.

Guilherme
GuilhermePermalinkResponder

Gostaríamos de reservar 6 diárias no mês de novembro, em data ainda não definida. Então, seriam 3 diárias em Porto e 2 diárias em Maragogi. Está bom assim será? Só estamos com dúvida com relação ao desembarque, se optamos por Recife ou Maceió, iniciando por Porto ou Maragogi. Ressaltando que queríamos visitar a Praia de Carneiros também.
Mais uma vez, lhe agradeço a ajuda!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Guilherme! Recife costuma ter mais vôos. Para passar o dia em Carneiros, fique 2 dias em Porto de Galinhas e 3 em Maragogi (o primeiro dia vai ser perdido em trânsito).

Guilherme
GuilhermePermalinkResponder

Ok. Obrigado pelas dicas e parabéns pelo site. Abraços!

Aline
AlinePermalinkResponder

Olá,
gostaria de saber a melhor localização para ficar em Pipa?
Que seja perto de bares, restaurantes e de onde saem os passeios.
Obrigadaaaa e beijos!

Aline
AlinePermalinkResponder

Olá,
gostaria de saber a melhor localização para ficar em Pipa?
Que seja perto de bares, restaurantes e de onde saem os passeios.
Obrigadaaaa e beijos!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Aline! Há muitas pousadas nas imediações da Avenida Baía dos Golfinhos, que é a rua principal.

mayara lima
mayara limaPermalinkResponder

Gostaria de indicação de restaurantes que ofereçam ceia na noite do reveillon, vou ficar na praia do madero, mas vou com a família, pessoas idosas que não querem ir nas festas. E também indicação de passeios e restaurantes bons em pipa. Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mayara! Temos apenas uma dica de Réveillon na Praia da Pipa - http://www.viajenaviagem.com/reveillon-2015/

Tatiana
TatianaPermalinkResponder

Olá, gostaria de sugestões de passeios em Pipa e como Estarei no período natalino gostaria tb de indicação de alguma ceia em hoteis ou restaurante.
Obg

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tatiana! Consulte a sua pousada sobre ceia e sobre restaurantes abertos nesta noite. Os passeios são os de qualquer outra época: recomendamos a Praia do Madeiro e a Praia do Amor para tomar sol. Há o passeio de barco com pôr do sol na lagoa Guaraíras e vários circuitos de bugue e jardineira que você escolhe no local.

Juliane
JulianePermalinkResponder

Olá!! Vi que Pipa tem várias opções de passeios...
http://www.pipa.com.br/passeios
Pretendo passar dois dias lá (1 pernoite), ainda não conheço... Na tua opinião, quais seriam os passeios imperdíveis para dois dias??

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Juliane! Na opinião do Ricardo Freire, o imperdível em Pipa é a noite, e curtir as praias do Amor e do Madeiro. Mas se você quiser passar o dia fora passeando, escolha o que mais lhe atrair. Se puder, inclua o pôr do sol na lagoa Guaraíras, em Tibau do Sul.

Dri
DriPermalinkResponder

Oi Bóia,

Você sabe me dizer se está nos planos do Comandante e de vocês um guia mais completo sobre Pipa? No estilo daqueles mini-guias ou mesmo da Rota? Estou com a mesma dúvida acima, escolher entre Pipa e Maragogi/Carneiros e me sinto meio orfã sem os posts destrinchados do Vnv!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Dri! Sim, o Ricardo Freire está com material já pesquisado sobre a maioria dos destinos brasileiros, só falta escrever... Para as duas regiões, pense em ir a partir de setembro.

Dri
DriPermalinkResponder

Obrigada, Bóia. A viagem é para novembro... Eu consulto o praiometro antes de escolher minhas ferias na praia que não sou boba! Devo ficar com Pipa, se por acaso alguém tiver o contato de um transfer de Joao Pessoa pra lá, eu agradeço. O que eu peguei aqui e usei pra Jeri foi ótimo!

João
JoãoPermalinkResponder

Caros,

Pretendemos tirar 2 semanas de férias no final de fevereiro/começo de março.
Estamos pensando na Pipa.
A dúvida é se duas semanas é muito pra ficar na Pipa.
Tem outros destinos legais na região e que podemos combinar na mesma viagem, sem muito descolamento (digamos no máximo 2,5 horas de carro)? Ou a Pipa por si só é tudo de que precisamos?
Pra ajudar vocês a nos ajudarem, segue nosso perfil:
Somos eu, minha mulher e meu filho de 17 anos.
Gostamos de curtir praia limpinha, de águas claras. Não necessariamente piscininha, mas também não pode ser com ondas bravas. Em outras palavras, não somos surfistas eek)
Não vamos pra balada, curtimos um pouco de sossego à noite, mas isolamento total e tédio também não é a nossa praia. Uma estrutura mínima pra comprar produtos básicos e algumas opções de restaurantes com bom custo-benefício sempre cai bem...
Aguardamos suas dicas!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, João! Galinhos tem praia linda, mas a água das pousadas é salobra; o chuveiro usa um galão de água mineral. Vale dois dias ou três dias. São Miguel do Gostoso tem restaurantes charmosos e boa estrutura, mas a praia só presta para windsurf. Vale dois dias. João Pessoa é uma capital interiorana. Se for a JP e a Pipa, deixe Pipa por último.

Ana
AnaPermalinkResponder

Vou (eu e o marido) para Natal de 26/12 a 6/1 sou de Portugal. Tenho estadia em Pipa e em Natal mas não sei como dividir os dias. Adoro praia, quais as praias mais bonitas? Quero fazer o passeio de buggy, qual o melhor?
obigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ana! As praias em Pipa são mais bonitas e o vilarejo é mais amigável para quem está a pé e quer passar o dia na praia. Natal se presta melhor a turismo familiar, de "passeios", por causa de suas atrações (bugue nas dunas, dromedário, piscina natural em Maracajaú ou Perobas, aquário, cajueiro, forró); em Natal você se sentirá melhor na piscina do hotel do que na praia. Há passeio de bugue em Pipa, na direção sul, mas não há dunas como as de Genipabu.

Gabi HP - Devaneios de Biela

Oi, pessoal!
Estive em Pipa no mês de outubro e reuni todas as informações, dicas e muitas fotos no post a seguir. É o paraíso! Boa viagem!

http://www.devaneiosdebiela.com.br/2016/03/praia-da-pipa-dicas-gerais-e-post-indice.html .

Miss Má
Miss MáPermalinkResponder

Estamos em Pipa agora em final de agosto. O clima de está ótimo, nada de chuva, o sol brilha mas o calor não é tão grande por causa do vento. Perfeito. A Toca da Coruja é um hotel sensacional.... Serviço, comida, acomodações.

Quanto às praias. A que menos gostamos foi a Praia do Amor. De cima é lindíssima. Mas quando você chega na areia, ela é um pequeno trecho de areia LOTADA de guarda sóis das barracas. Lembrou aquela muvuca da Praia do Forte na Bahia. Areia escura, suja (muito suja, bitucas de cigarros, etc por todo lado). Preços inflacionados e olha que nem fomos na alta temporada! Além de tudo, não é uma praia calma, para nadar. Recomendo apenas se você pega onda ou quer ir lá para plaquetas os surfistas. Se você quer uma praia linda, com infraestrutura boa mas com mais cara de natureza preservada e com menos gente, vá para o Madeiro. Águas calmas, palmeiras e falésias. E ótima comida com preço mais justo.

Outra praia que gostamos bastante foi a ponta de Sibaúma, cheia de piscinas naturais quando a maré está baixa. É mais movimentada mas você consegue ver a atéia...rs

Miss Má
Miss MáPermalinkResponder

corrigindo o último comentário....vc consegue ver a AREIA

E complementando....

Pegamos apenas um dia de chuva kkkk.

E outro lugar MUITO recomendado é a Baía dos Golfinhos. Mas preste atenção porque o acesso é apenas pela praia do Centro ou Madeiro com a maré baixa. Tem que ir embora no horário certo se não você tem que passar a noite por lá.
Alugue um caiaque ou stand up paddle e brinque ao lado dos Golfinhos!

Praia do centro - bonita mas muito cheia e também com preços BASTANTE inflacionados.

Angélica
AngélicaPermalinkResponder

Oi Bóia, quais as barracas de praia em Pipa, que vcs indicam, com mar tranquilo, comida boa, e preços bons?! Existe?! Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Angélica! O mar é tranqüilo na praia do centro (que tem grande variação de maré, e ganha/perde faixa de areia ao longo do dia) e na Praia do Madeiro. As barracas mais charmosas são a Orishas, no canto direito da praia do centro, já no caminho para a Praia do Amor, e a barraca do hotel Madeiro Beach, no cando direito da praia do Madeiro. Provavelmente não sejam as mais baratas.

Cristina Catarina

Minha nossa, que blog é este? E este lugar que nem parece Brasil, mas poderia estar em qualquer lugar exótico e descolado do mundo! Estou planejando ir à Natal no início de novembro, mas vi tantos passeios, aqui neste blog, que podem ser feitos por lá e agora aqui em Pipa que ficou uma dúvida: 10 dias no Rio Grande do Norte dá para aproveitar estes lugares sem correria? Não sei se abro mão de Natal, pois meus filhos querem o passeio de bugue e o mergulho, por isso fico na dúvida se João Pessoa me entregaria tanto ou mais passeios que Natal, para crianças, para que pudesse dividí-la com Pipa. Parabéns pelos mínimos detalhes das informações. Fica a impressão que o lugar vale mesmo a pena.

Pedro
PedroPermalinkResponder

Que lugar gostoso é a Praia da Pipa! Ainda preciso conhecer mais da costa do Nordeste, principalmente RN, AL, PB...

Carlos Augusto

Cristina, não abra mão de Natal. Não conheço Teresina e São Luiz, mas comparando-se com as demais Natal dá um banho de passeios. Com 10 dias você fará toda a programação sem correria. João Pessoa é um lugar bonito, mas não se compara: depois de uma volta no calçadão e centro antigo, parece não ter mais o que fazer. Além de Natal ser geograficamente mais bela, muito mais linda, você terá passeios sem fim para os seus filhos. A cidade não é apenas calçadão. Fica a impressão que o poder público está sempre se esforçando por ali
Tem uma infraestrutura compatível com as grandes cidades brasileiras. Contei uns 5 shoppings; são muitos bares, restaurantes e lanchonetes; a maior e mais moderna rede de hotelaria do nordeste. Fique pelo menos três dias na Pipa, que é a mais linda e bem estruturada praia do nordeste. A praia do Madeiro é ótima também para crianças. Vá sem medo de ser feliz ao Rio Grande do Norte.

Shandra Rossi Pepe

Vale como dica de hospedagem tb o Oka da Mata.É mais distante um pouco do centro, mas é possivel ir a pé se gostar de caminhar. Eles oferecem transfer gratuito para o centro e para as praias ao redor. Fica perto da da Praia do Madeiro, no alto das falésias. Se pegar quarto com vista mar, tem uma vista incrível de linda. Quartos amplos, muito confortáveis. São poucos quartos, o que possibilita muito sossego.
O dono da pousada é muito atencioso, o restaurante tb é muito bom. Vale muito a pena!!
Uma dica de restaurante é o Pan e Vino.Comida italiana deliciosa preparada pelo chef que é Romano. Otimo atendimento, e otimo custo beneficio.

Larissa
LarissaPermalinkResponder

Olá, vou com uma amiga pra Natal e Pipa em janeiro/17, no total 8 dias, pode me orientar quantos dias em cada local? Tinha pensado em 3 Natal e 5 em Pipa, acha que é uma boa divisão? O que me indicaria de roteiro? Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Larissa! Nesta página você encontra o item "Quantos dias em Pipa?". Na página O que fazer do guia de Natal -- http://www.viajenaviagem.com/destino/natal/o-que-fazer-natal -- você encontra o item "Quantos dias em Natal?". Este foi o jeito que o Ricardo Freire criou de evitar que as pessoas precisem fazer essa pergunta, para a qual não temos uma resposta única, porque depende do perfil de cada pessoa e do uso que quer fazer de cada destino.

Infelizmente, quanto mais a gente escreve, e por mais claros e objetivos que a gente procure ser, mais aparecem perguntas sobre o que a gente já escreveu...

JACKELINE OLIVEIRA

Nooossa!!!!! Sou paraiba, campinense de nascença e pessoense de coração e vou falar a verdade: comandante arrasou viu??? Eu que em 1:30h tô em Pipa, tenho esse lugar como refúgio, durmo aqui e acordo lá, vou confessar que o post ainda me surpreendeu com lugares que eu não conhecia... Showwww de bola!!! Só teria um, ou melhor dois adendos pra fazer com relação a lugares de onde assistir o por do sol:
1 - Mirante Sunset Bar (esse fica na cidade - Pipa);
2 - Deck da Creperia do Hotel Marinas (Lagoa de Guaraíras - Tibau do Sul)
No mais, estão suuuuper bem servidos com as letras e curvas e dunas descortinadas pelo VnV!!!
Beijo enorme, Jackeline Oliveira (@mariabonitapenomundo)

Taisa
TaisaPermalinkResponder

Ricardo quando penso em viajar automaticamente já procuro suas dicas.
Sou sua fã e minhas viagens ficam bem melhores com suas dicas...
Sempre indico você pois vc passa credibilidade e confiança
Muito obrigado pelas dicas e as postagens
????

Marcia Guerra
Marcia GuerraPermalinkResponder

Estava em Pipa (Rio Grande do Norte), fui ao restaurante Tranquilo e tivemos uma grata surpresa, todos os pratos estavam perfeitos, vale a pena recomendar.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar