Jericoacoara

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Jericoacoara: quando ir

A melhor época para ir a Jericoacoara é o segundo semestre: de julho a dezembro, praticamente não chove.

A alta temporada começa em julho, com as férias brasileiras (e o início do verão cearense) e atravessa todo o segundo semestre, graças aos ventos constantes, que trazem os kitesurfistas e windsurfistas gringos para Jeri entre agosto e dezembro.

Onde ficar | Onde comer | Como chegar | O que fazer

Em janeiro os preços continuam altos por causa das férias brasileiras (e também porque ainda é o finzinho da temporada dos ventos), que persistem até o Carnaval. Mas o tempo firme já não é tão garantido em Jericoacoara: começam a aparecer os dias nublados, e é possível chover.

Historicamente, os meses mais chuvosos são março e abril, quando a precipitação costuma atingir 300mm. Maio também pode ser chuvoso, mas um pouco menos: a precipitação média é de 200mm.

O mês com a melhor relação custo x benefício para ir a Jericoacoara (isto é, caso você não seja windsurfista ou kitesurfista) é junho, quando o sol já predomina, mas os ventos (e os preços mais altos) ainda não chegaram.

Para pegar as lagoas de Jijoca mais cheias, vá entre junho e outubro. Nos anos de pouca chuva, as lagoas podem secar no meio do segundo semestre.

Ao longo do ano, Jeri tem mínimas sempre acima de 22ºC e máximas entre os 30ºC e 35ºC. Ao ar livre, o vento sempre aplaca o calor; mas para dormir, você vai precisar de ar condicionado.

Jericoacoara: quando dá praia?

Leia mais:

23 comentários

FERNANDA DEL GIUDICE

Acabei de voltar de Jericoacoara agora em março e não me arrependi de ter ido na baixa temporada. Preços mais em conta para hospedagem, atrações turísticas menos lotadas e nada de fila de espera nos restaurantes. Para não correr o risco ficanos 8 dias e pegamos apenas um dia que chegou a chover por 15 minutos no máximo. Recomendo e iria novamente na mesma época mas é preciso estar ciente da probabilidade de chuva.

Pericles oliveira

jeriquacara é algo diferente o qual deve ser vivido no minimo uma vez na vida.

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Fui em Fevereiro qdo os danos da camada de ozônio não eram tão grandes e amei as lagoas e dias lindos. Pos contato com o blog fui em Novembro há quase 9 anos e as lagoas estavam vazias, foi frustrante.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cristina! Em anos de seca brava as lagoas podem secar. Acontece de tempos em tempos.

Laisa Nogueira Rezende

Boa tarde!!
Tenho férias em abril e gostaria de conhecer Jerioacoara... Porem vi que é um período chuvoso. Alguem que ja foi em abril poderia me ajudar? A chuva inviabiliza a viagem ou da para aproveitar? Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Laísa! Se você procurar com vontade, vai achar quem já foi em abril a Jericoacoara e pegou tempo ótimo. Mas saiba que a maior possibilidade é de você pegar tempo ruim e estragar o seu investimento. Não gaste seu dinheiro e seu valioso tempo investindo em viagens na época desaconselhada. Não é esperto.

Tamires
TamiresPermalinkResponder

Vou tirar ferias em setembro, queria saber se as lagoas vao estar cheias nesse periodo?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tamires! Entre junho e setembro você vai encontrar as lagoas com o nível mais alto do ano. O nível varia de ano para ano, conforme o volume de chuvas no primeiro semestre.

Gabriele B. Jardim

Estou pensando em ir para Jericoacoara agora no mês de março, mas estou com receio das chuvas. Alguém sabe informar se realmente este mês não é aconselhável ir?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gabriele! Quando a gente já comprou a passagem e daí descobre que está indo no mês mais chuvoso, a gente reza pra São Pedro pegar leve. Quando a gente ainda não comprou passagem, faz pesquisa, descobre que é o mês mais chuvoso e ainda assim insiste em viajar, é porque a gente não se importa de pegar praia com chuva.

Marcelo
MarceloPermalinkResponder

Boa tarde, gostaria saber se mês agosto ou Julho é recomendado para ir na piscina naturais ou não? por causa do vento etc... obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcelo! Não há piscinas naturais em Jericoacoara. O vento traz kite e windsurfistas. Começa em agosto e vai até dezembro. Junto com o vento vem a certeza de tempo bom.

Lauro Bruno
Lauro BrunoPermalinkResponder

Boa tarde. Qual a melhor forma de chegar em Jericoacoara, saindo do Rio de Janeiro?

Cristianne Gick Machado

Ola,
Gostaria de saber se existe alguma possibilidade de prática de Kite no mês de junho em Jeri. Sei que não é o período de ventos constantes...porém é um período que inviabiliza a prática?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cristianne! A temporada começa em agosto. Não é esperto você investir numa viagem de kite numa época em que não há vento forte o suficiente.

janilson
janilsonPermalinkResponder

Irei a Jeri em Novembro e pretendo ficar 7 dias por lá. É muita coisa ou é o tempo suficiente. Dicas? Com relação ao tempo... vale a pena investir meu valioso dinheiro neste período?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Janilson! O clima está bem explicado nesta página, por favor releia.

Sobre o que fazer em Jericoacoara, consulte a página O que fazer em Jericoacoara:
https://www.viajenaviagem.com/destino/jericoacoara/o-que-fazer-jericoacoara/

Elisabete
ElisabetePermalinkResponder

Bom dia! Vou para Jeri em novembro, gostaria de saber se os rios vão estar cheios nesse período e se compensa alugar carro para passeios e onde alugar? Valores... Obrigada smile

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Elisabete! Não há rios em Jericoacoara, apenas lagoas, que podem, sim, não estarem cheias em novembro. Mas só se pode saber quando novembro chegar. Estude melhor o destino, você verá que não é possível alugar carro, já que todas as locadoras proíbem que se ande na areia.

Douglas Guzoni

Boa noite gente!!! Fui pra Jericoacoara no começo do mês, e consegui dizer agora toda a minha experiência, minhas dicas, minhas experiências sobre aquele lugar espetacular.
Vamos lá: De começo, fui sozinho ok? Os voos como alguns já devem ter percebido, são regulares e não são todos os dias! Sai de GRU - SP, voo direto com a Gol. Tem voos com a Azul também, mais opções, porém a maioria com escala saindo de Viracopos. Tem a opção,de ir por Fortaleza, mas a viajem pode ser mais cansativa. Tem pontos que a estrada é ruim, passa por locais hurbanos e lombadas, mas quando você se depara com aquelas Torres IMENSAS DE energia éolica, chega ser impressionante, mas enfim. Vamos ao que interessa né? Chegando em Jeri, o aeroporto regional e pequeno, simples, mas bem bonitinho. Eu pessoalmente, gostei. Mas estava ansioso mesmo era pra chegar na praia kkkk Logo depois que você pega suas malas, agentes de turismo vem ao seu encontro. Eu, paguei $70 pelo transporte até o Hostel que eu procurei para me hospedar. Esse valor, é no compartilhado, vale muito mais a pena. Fiz amizade com 2 casais e achamos outro rapaz, e fomos em uma SW4, Hillux fechada. Detalhe: 99% dos carros, são só esse modelo. Uma vez ou outra, tem um diferente. Como eu já tinha lido MUITA COISA antes de viajar, o motorista foi contando tudo pra gente no caminho. No meio do caminho, ele parou em um posto para ser pago a taxa de turismo cobrado por lei, pra acessar a praia. $5/dia, vale o valor, só digo isso! Eles vão te explicar certinho, uma via vc entrega na entrada da pousada ou do hotel. PAGUE ANTES, para vc não ter que pegar uma baita fila na entrada da vila e pagar na hora. No final, deixo o site pra vc preencher os dados, e a impressão do boleto pranpagamento da taxa (Pra mim é melhor, adianta muito pagar antes) Aproveite, e compre água, cerveja se preferir, mas compre. Pois vai ser uns 45 minutos de carro ainda ... Taxa paga, água na mão, vocês vão pegar uma estradinha de afasto rápida. Vão acessar um tipo de avenida, uma espécie de paralelepípedos, mas são pedras. Logo após, vocês vão começar a andar sobre a areia, pois não tem asfalto, não tem iluminação, NADA, tudo pra preservar a natureza e eu achei isso magnífico. Vão passar por uma mata fechada, logo após, aonde eu desejava muito passar, pelas dunas, areia e mais areia ❤️ No caminho, vi varios carros simples atolados. Então, não tentem alugar um carro simples e tentar passar pelas dunas, péssima ideia, e ainda vão passar um baita perrengue para desatolar. O cara que te pegar no aeroporto, vai te deixar na pousada, hotel ou Hostel que você decidiu alugar.
Eu comprei tudo a parte. Passagem pensei normal, Hostel eu achei no Booking e a volta usei milhas. Você chegou não saia, o que fazer? Obviamente, vai estar um baita calor, e o que eu fiz, foi passear pela cidade, conhecer, ver o que tem de bom, lojas, pra comer, beber. As opções são IMENSAS! Se você quer beber, tem um valor legal pra gastar e quer curtir um baita sol, Café Jeri! Fica em cima de um hotel na cidade, o Hurricane, e é magnífico! Ver o pôr do sol lá, é lindo demais! Agora, se quer mais tranquilidade, na beira da praia é cheio de restaurantes, bares. Agora o pôr do sol mesmo, é na duna do por do sol! Mas não fique abaixado, pois bate MUITO vendo e a areia da duna e bem fina, você acaba “apanhando” da areia kkk No final, uma grande salva de palmas merecida, pois a paisagem é maravilhosa. Pra passear, você tem as opções de pegar uma D20 ou uma Hilux pick-up (conhecidas como jardineira) pra ir a famosa lagoa do paraíso. Lá, você tem a opção de ir para a rica opção Alchymist, ou a normal digamos assim né. A primeira opção, ela é paga $20 por pessoa, um ingresso que você paga pra acessar. Chegando lá, a sua esquerda, da você pode pagar $100 por pessoa pra ficar em um espaço prive, com um tipo de cama, coberto, cheio de frescuras. Mais à frente, $50 por ser mais simples, mais ainda sim paga de novo kkk Agora chegando lá, a sua direita, você fica com o povo que nao quer pagar mais $100 ou $50 (que eu achei um absurdo), que não paga para sentar, apenas o consumo e pra acessar a lagoa lá no começo logo depois do desembarque na jardineira. Bom, eu fiquei por lá, por causa das fotos e tudo mais kkkk PREÇO ALTÍSSIMO DE CONSUMO, atendimento demorado por conta da quantidade de gente, porém pouco garçom. Pecou muito nisso. Tem a outra opção, que seria a opção de não pagar a entrada, apenas o consumo. Tem cadeiras e mesas cobertas dentro da lagoa, muito mais gostoso, e a lagoa e a mesma. Cheio do mesmo jeito, mas vale a pena o passeio e ficar o almoço lá, até umas 14:30. Às jardineiras voltando, não ficam até tarde lá, por conta da iluminação e tudo mais. Cheguei lá às 11, fui embora umas 14 e curti bastante. E NÃO SE ESQUEÇAM DA FAMOSA FOTO NAS REDES NA LAGOA, elas são bem disputadas para fotos kkk eu mesmo, esperei um tempinho pra tirar as minhas kkk Nos 2 pontos, tem as redes. Então a decisão de pagar ingresso, será de vcs. Chegando em Jeri, tome um banho e vá no centro, na rua principal, até a praia. Tem varias barracas para fazer caipirinhas maravilhosas. Experimentei uma de carambola, ótima! Se quer ficar de boa, com uma musiquinha, vai pra praça, tem um barzinho lá show de bola, chamado Samba Rock Café. Música ao vivo, telão caso tiver passando jogo. No dia, fora de SP, presenciei meu Corinthians perder pro Ceará kkk Mas bebi, curti, valeu muito a pena. Centro e sempre bem movimentadinho, e estava muito mais do feriado do dia 7 até sábado (último dia que eu fiquei por lá) por ser perto de Fortaleza, entre outras cidades próximas. Dia seguinte, pedra furada! Na entrada da vila, ele vai te falar sobre a trilha pra ir pra Pedra, da pra ir com uma charrete $15 se n me engano, ou de a pé. Eu optei em ir de pé, pra aproveitar mais, sentir mais o vento e caminhar, que é uma coisa que eu gosto muito. Lá já vai ter uns caras vendendo coco, fotógrafo e tal. Você paga $20, ele bate umas fotos suas na pedra, você escolhe a mais legal e faz uma espécie de retrato, com uma armação de madeira, escrito Eu ❤️ Jeri e sua fotinha linda ali. Eu fiz, gostei muito. Na volta, voltei pena praia. Você não anda necessariamente na água e na areia, mas você tem que subir uma ladeira há e você vai por cima, tendo aquela visão do mar, da água quebrando nas pedras( cuidado se for voltar pela praia, tem MUITA pedra. Escorregar e se machucar, é fácil fácil) é bem bonito mesmo. Dali, você consegue já ter a visão da Praia Malhada, que estava vazia, linda, gostei muito de lá. Fiquei por lá um tempo. Lindo mesmo, é ver os caras praticando Kitesurf, Windsurf e o surf no meio do mar, é lindo. Para o Kite e o Wind, muito propícios por causa do vento que não para nunca, inclusive você não sente tanto o calor, por causa desse vento e deixa o clima mais frevo, inclusive a noite. Agora pra torrar a pele, o sol lá fica na faixa de 35 a 37º. Voltando da praia malhada, passe no Dumundo que é caminho voltando pra Vila, seguindo a areia, o restaurante fica na beira da praia. Pra tomar uma cervejinha, comer uns petiscos, almoçar ou até jantar, o preço é MARAVILHOSO! Ótimo lugar pra ver o pôr do sol, e comendo. Falando sobre comer, NUNCA deixe de comer o famoso camarão no abacaxi! Em especial, o do restaurante da Dona Amélia, fica não rua do forró, perto da praia é perto do Dumundo, fica mais pra dentro. Eu comi lá também, uma baita lagosta maravilhosa, que eu sempre desejei em comer, AMEI! Arroz, feijão, batata, tudo perfeito. Salada também.

Uma observação sobre os valores em geral: QUASE TUDO QUE SE COME LÁ, E COBRADO OS PRATOS PARA 2 PESSOAS, pelo menos aonde eu comi! Se você está sozinho, tem a opção da cobrança ser feita 60% do prato, Dumundo me cobrou 50% do prato, no individual. Que um sorvete gostoso? GOSTOSO MESMO? Vai no Jeri Mescla, fica na esquina da praça com a rua principal. Se for a tarde a partir das 16 até a noite, preocupe a Eduarda. Nativa, pessoa extremamente atenciosa, educada. Você escolhe o sabor, acompanhamentos. Eles misturam tudo em uma pedra de granito gelada, mói os acompanhamentos e mistura tudo, fica PERFEITO! @jerimescla o Instagram deles, e divino o sorvete, o melhor que a comi. Peguei flocos com castanha e chocolate, ficou explendido. Ah, lá vendem MUITA castanha! Caju lá, é igual água. Em frente o meu Hostel, tem um pé que estava repleto de caju. Colhi um monte kkkk
ATENÇÃO: o caldo da fruta do caju, se vc for comer na mão, cuidado com ele, pois mancha a roupa. Cuidado gente!!!!!!!!

Voltando sobre os passeios: Tem o lado oeste, e o leste. Você consegue comprar antes em muitos perfis no Instagram, de muitos caras que trabalham por lá, e tem como fazer lá mesmo. Os passeios são feitos por buggy. Lá será tudo explicado. Dependendo da época, alta temporada ou não, tem alterações de valores.

Aquele lugar magnífico que a Camila Queiroz se casou, e o famoso Essenza, com piscina em casa quarto e a pro público em baixo. Fica em frente à praia. Mas pagar quase 3k (di que eu pesquisei, estava esse valor) por dia, não é pra qualquer um né? Kefera, Gusttavo Lima, entre varios artistas só ficam lá. Mas pra ser realista, não busco luxo quando viajo não. Apenas um lugar pra tomar banho, e dormir. No meu Hostel, café incluso, muito bem feito, simples. Tem fogão, mercadinho (coisas meio caras) perto do Hostel, então da pra você elaborar o seu café, o seu almoço e sua janta. Tem o Instagram do Hostel, caso você quer conhecer mais a propriedade, e não quer muito luxo, e deseja mais pra descanso e relaxamento. @hostelom o Instagram deles. Toda a equipe é de origem estrangeira. Argentinos, colombianos, etc ... todos educados, legais, simpáticos demais.

Bom, acho que é isso. Fiquei pouco tempo, ano que vem irei de novo e pretendo ir pra Maragogi também em Alagoas, aceito dicas de gastar pouco, praias bonitas, Águas claras, ...

Minha volta, voltei por Fortaleza. Peguei uma Jardineira até Jijoca, aonde tem uma “rodoviária”, aonde sai o ônibus da FRETCAR, $20 por pessoa. Caso você foi por Fortaleza, tem a opção de alugar o carro, e deixar estacionado em Jijoca, pois não vai querer atolar na areia né? Kkk caro o seu carro for 4x4, tente seguir um carro que esteja indo pra vila, e lá dentro, você não pode estar com seu carro pessoal! Lá dentro, só carro altorizado com alvará e os caramba a quatro. Tem um estacionamento na entrada, você deixa lá e pronto. Eu fui sem alugar nada, então não volta entrei no site da Fretcar, comprei a passagem de volta saindo de Jijoca as 16, e chegando em Fortaleza as 22. E perto, mas como disse no começo, estrada ruim, trecho urbano, complica. Não paramos, eu acho kkkkkkk estava dormindo, mas pelo que eu sei eles param. Tem 3 destinos: avenida Beira mar, em frente à um hotel da avenida, Rodoviária de Fortaleza ou aeroporto. No meu caso, fui pro Aero. Dai peguei meu voo pra SP e fim da viajem mais linda da minha vida! Bom gente, e isso! Planejem antes, e se preparem pro lugar mais magnífico de suas vidas! Jeri, é o lugar que você tem que visitar, pelo menos uma vez não sua vida!!!

Ah, se você tiver de blusa, calça, roupas mais pesadas no voo vindo direto pra Jeri, tente levar algo mais leve na mala de mão e se troque antes do pouso.

POSTEM FOTOS COM A HASHTAG #vemprajeri !!! E sigam essa hashtag também, vai ver fotos lindas de gente que publica diariamente ?❤️

Boa viajem viajantes, sigam meu insta @guzonii

Qualquer dúvida, perguntem que eu respondo vocês ?

Douglas Guzoni

Esqueci de um detalhe: tem torre de sinal pra celular. No meu caso, a nextel pegou muito bem, inclusive a rede móvel, internet, ligações, tudo bonitinho! ...

Douglas Guzoni

LINK PAGA PREENCHIMENTO E IMPRESSÃO DA TAXA DE TURISMO DE JERI https://speedgov.com.br/satjij/servlet/gerataxatur

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar