Tiradentes

Confidências mineiras
Mariana Amaral
por Mariana Amaral
Veja neste guia prático de viagem a Tiradentes:

O pequeno centro histórico de Tiradentes, de calçamento de pedra e casas térreas branquinhas, conta muito da história do Brasil.

O ciclo do ouro explica o surgimento da vila, com o nome de Arraial Velho de Santo Antônio (posteriormente, São José do Rio das Mortes e São José del-Rei). Os Inconfidentes se reuniram aqui. Mas a cidade só foi rebatizada em homenagem ao maior deles em 1889, depois de proclamada a República.

No início do século passado, recebeu visita dos Modernistas, que excursionavam buscando o que havia de mais essencialmente brasileiro por trás das nossas cidades coloniais. Em 1938, o conjunto arquitetônico e o traçado urbano de Tiradentes foram tombados pelo patrimônio histórico. A partir da década de 70, foram chegando os primeiros pousadeiros, marcando o início de um novo ciclo: o ciclo do turismo.

Entre os anos 80 e 90 deu-se a reinvenção de Tiradentes. A cidade se tornou um pólo gastronômico com luz própria, e seus restaurantes passaram a ser tão importantes quanto seu casario. Enquanto isso, o distrito de Bichinho se transformava num originalíssimo centro de artesanato, no entorno da usina de criatividade chamada Oficina de Agosto.

Hoje, Tiradentes é comida boa, calmaria e vista bonita da serra de São José. Pode ser visitada como uma cidade histórica ou curtida como um destino de serra. Dá uma bela viagem de fim de semana prolongado -- mas também é o desfecho ideal de um roteiro pelas cidades históricas de Minas (onde pode ser incluído Inhotim).

Tiradentes: quando ir

tiradentes centro historico

Centro histórico de Tiradentes

Prefira os fins de semana

É tão importante escolher os dias da semana certos quanto o mês certo para visitar Tiradentes.

Planeje a sua viagem para um fim de semana. A não ser em feriados, não vale a pena ir a Tiradentes numa segunda ou terça, quando muitos restaurantes e lojas fecham, e há pouco movimento à noite. Dormir sexta e sábado na cidade é o ideal.

Aproveite os festivais

Tiradentes tem um calendário cultural movimentado. Consulte as datas aqui para participar ou para driblar os eventos, caso prefira aproveitar na cidade uns dias de mais sossego.

Entre os festivais que mais levam público a Tiradentes estão o encontro de motos Bike Fest (em 2019, de 26 a 30 de junho) e o Festival Cultura e Gastronomia (em 2019, de 23 de agosto a 1º de setembro). Tiradentes também recebe eventos de fotografia, cinema e jazz.

Entre as datas religiosas, a Páscoa é a mais festejada. Do Domingo de Ramos ao Domingo de Páscoa há procissões, vigília e encenação da Via Sacra. Em 2019, esta semana vai do 14 de abril (Domingo de Ramos) a 21 de abril (Domingo de Páscoa). Em 2020, vai de 5 de abril (Domingo de Ramos) a 12 de abril (Domingo de Páscoa).

No Carnaval, é bom saber: muitas atrações não funcionam.

Época chuvosa: primavera e verão

A primavera e o verão são as estações de mais chuva em Tiradentes. Dezembro e janeiro encabeçam o ranking, com 280 mm de precipitação cada. Novembro, fevereiro e março têm 170 mm de chuva. Outubro até que tem pouca chuva: 100 mm.

Historicamente, entre novembro e março as temperaturas variam entre 17ºC e 25ºC -- com alguns picos de 30ºC no auge do verão (janeiro e fevereiro).

Época seca: outono e inverno

O outono e o inverno são as estações mais secas em Tiradentes. Em junho, junho e agosto você tem as melhores chances de fazer uma viagem sem chuva: historicamente, chove menos do que 20 mm nesses meses. Maio tem 40 mm de chuva. Abril e setembro, 60 mm. Nada que estrague sua viagem.

Em termos de temperatura, as máximas ficam entre 20º e 24ºC, mas à noite faz frio: entre 11ºC (em julho e agosto) e 15ºC.

Voltar: Topo

Tiradentes: como chegar

bichinho museu do automovel da estrada real

Carro ou ônibus?

Se estiver em dúvida entre ir de carro ou ir de ônibus a Tiradentes -- vá de carro. Embora no centrinho você vá visitar tudo a pé, o carro facilita bastante a chegada à cidade, e também dá mais liberdade para o passeio a Bichinho.

Chegando de ônibus, você necessariamente vai precisar fazer baldeação em São João del Rei. Para passear por Bichinho, vai precisar contratar um táxi.

Chegando de carro a Tiradentes

Saindo de São Paulo

São 480 km. Saia pela BR 381 (em São Paulo conhecida como Fernão Dias). No km 688, pegue a BR 265, com direção a Lavras. Você vai contornar São João del Rei e entrar logo em seguida para Tiradentes.

Saindo do Rio de Janeiro

São 330 km. Saia pela BR 040 (Rio-Petrópolis). Você vai passar por fora de Juiz de Fora e, ao contornar Barbacena, vai sair pela BR 265, com direção a São João del Rei e Lavras. A saída para Tiradentes vai aparecer antes de chegar a São João del Rei.

Saindo de Belo Horizonte

Há vários caminhos. O mais curto tem 192 km. Saia pela BR 040, em direção ao Rio de Janeiro. Depois de passar Congonhas (que tal desviar e parar para ver os profetas do Aleijadinho?), fique atento e saia pela direita na BR 383. Você vai passar pela periferia de São João del Rei antes de chegar a Tiradentes.

Saindo de Brumadinho (Inhotim)

São 208 km. Saia pela estrada Ademir Ribeiro Neves em direção à BR 381. Entre à esquerda, na direção de São Paulo. No km 688, pegue a BR 265, com direção a Lavras. Você vai contornar São João del Rei e entrar logo em seguida para Tiradentes.

Saindo de Ouro Preto

São 160 km. Saia pela MG 129 em direção à BR 040. Ali você vira à esquerda, na direção Rio de Janeiro, e fica esperto para sair pela direita na BR 383. Você vai passar pela periferia de São João del Rei antes de chegar a Tiradentes.

O trajeto turisticamente mais interessante, porém, inclui um desvio de 7 km para ver os profetas de Aleijadinho em Congonhas. Nesse caso, ao chegar à BR 040 vire à direita até Congonhas. Reserve 90 minutos para a parada.

Chegando de ônibus a Tiradentes

rodoviaria sao joao del rei

Rodoviária de São João del Rei

Não existem rotas diretas de ônibus a Tiradentes saindo do Rio de Janeiro, São Paulo, ou até mesmo de Belo Horizonte. Em qualquer um dos casos, é preciso passar antes por São João del Rei, e de lá seguir viagem a Tiradentes.

De Belo Horizonte a São João del Rei, quem faz a viagem é a viação Sandra. O trajeto leva 3 horas e meia.

Do Rio de Janeiro a São João del Rei, quem faz a viagem é a viação Paraibuna. O trajeto leva 5 horas e meia.

De São Paulo a São João del Rei, quem faz a viagem é a viação Util. O trajeto leva pouco mais de 8 horas.

De São João del Rei a Tiradentes

Para seguir da rodoviária de São João del Rei à sua pousada em Tiradentes, a forma mais cômoda é pegar um táxi. Há um ponto na rodoviária. O valor é combinado na hora, e os motoristas cobram entre R$ 50 e R$ 70 (agosto/2018).

Você também pode pegar um ônibus da viação Presidente, que faz o trajeto entre as rodoviárias de São João del Rei e de Tiradentes em mais ou menos meia hora. O bilhete custa R$ 4,05 (abril/2019).

A rodoviária de Tiradentes fica bem perto do Largo das Forras. Se o seu hotel for bem central, e a sua mala estiver leve, você vai conseguir ir até lá caminhando sem muitos problemas. Só não se esqueça que o calçamento é de pedra...

Ouro Preto-Tiradentes de ônibus

Num mundo ideal haveria uma linha de ônibus Ouro Preto-Tiradentes para atender aos turistas sem carro. Infelizmente, tal rota non egziste.

Para fazer dobradinha Ouro Preto-Tiradentes de ônibus, você vai precisar:

  • Ir de ônibus de Ouro Preto a Belo Horizonte (viação Pássaro Verde)
  • Pegar outro ônibus de Belo Horizonte a São João del Rei viação Sandra
  • Seguir de ônibus ou táxi de São João del Rei a Tiradentes

Voltar: Topo

22 comentários

Murilo Barbosa Salles

Vou tirar dez dias de férias no final de janeiro e início de fevereiro e gostaria de aproveitar cinco dias para viajar naquele esquema custo-benefício. Pensei em conhecer as cidades históricas de Minas: Inhotim, Ouro Preto, Congonhas, Tiradentes e São João del Rei, mas fique à vontade em me indicar algo que julgar melhor. Somos em dois (casal com 8 anos de casados).

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Murilo! Você pode fazer um percurso circular Ouro Preto (duas noites), Congonhas (a caminho de Tiradentes), Tiradentes (duas noites) e Brumadinho (uma noite), pegando e devolvendo o carro em Belo Horizonte. Não há tempo para fazer BH nesses 5 dias.

Sem alugar carro, fique 3 dias em BH, faça bate-voltas a Brumadinho e Ouro Preto, depois vá e volte de ônibus a Tiradentes, ficando duas noites por lá. Congonhas ficaria de fora.

Taise
TaisePermalinkResponder

Boa tarde
Estou indo para MG em janeiro e pretendo ficar um dia em BH (já conheço) e 3 noites em Tiradentes, que ainda não conheci.
Gostamos de uma pousada chamada "Trem do Imperador", que pelas indicações do site fica a uns 10 minutos do Centro Histórico.
Qual a melhor forma de transporte? Vocês indicariam hospedagem no centro ou em algum lugar mais afastado e tranquilo?
Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Taise! Temos indicação de pousadas centrais neste post:

https://www.viajenaviagem.com/2014/11/bh-inhotim-ouro-preto-tiradentes-roteiro

Filipe dos Reis Moreira Pena

Muito bacana a matéria! Sou de Tiradentes e pelos detalhes digo que foi bem proveitosa a visita! Gostaria de deixar uma dica se me permite: Um passeio de quadriciclo com o pessoal da empresa Dakar Loc que fica logo na entrada da cidade, ao lado do museu da moto, vale a pena, um passeio muito bonito e com muita aventura. Se retornar não deixe de fazer. Vou deixar o site caso tenham intenção de conhecer: www.dakarloc.com.br Grande abraço.

sivia
siviaPermalinkResponder

OI Ricardo! Queria saber se é bom ir em BH no começo de novembro. Gostaria de ficar localizada no melhor ponto da cidade pra ter acesso a todos pontos interessantes. Quantos dias precisaria pra fazer esse tour?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sivia! Quem responde é A Bóia. Não há época ruim para ir a BH.

Leia o nosso guia:
https://www.viajenaviagem.com/2014/11/bh-inhotim-ouro-preto-tiradentes-roteiro/

Eduardo
EduardoPermalinkResponder

Boa tarde Ricardo. É a primeira vez que falo aqui, mas minha esposa que organiza as viagens em conjunto já é fã antiga do site. Vou fazer uma viagem com a minha mãe para BH e Ouro Preto... vai sobrar um dia para Tiradentes/São J Del Rei. Sei que é pouco, mas é a dinâmica da viagem que vai se estender para outros locais. A dúvida é a seguinte, acho que minha mãe iria gostar de fazer o passeio de Maria Fumaça, então o que seria melhor: Ficar em Tiradentes e fazer o passeio e dar uma espiada rápida em SJD Rei (tipo, chegar de Fumaça, dar uma olhada e retornar), ou vice e versa ? obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Eduardo! Quem responde é A Bóia. É mais legal ficar em Tiradentes.

Thais Rosa
Thais RosaPermalinkResponder

É um destino que funciona com bebê de colo? Penso na questão das ladeiras e ruas de pedra... se funcionaria para andar com carrinho de bebê

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Thais! Tiradentes é bem menos íngreme que Ouro Preto, há algumas ladeirinhas mas são encaráveis.

Luciana Rodrigues

Cidade ótima para descanso. Hoteis e pousadas aconchegantes. Fomos em Julho. Maravilhoso caminhar pelas ruas de pedras. Gastronomia diversificada. A noite restaurantes com musica ao vivo. Cidade fina e romântica. Amamos com certeza iriamos pra la novamente. Ideal ficar de 2 a 3 dias no máximo. Amantes dos doces e lembrancinhas pra presentear ou artigos pra casa tem muita coisa bacana pra levar dessa cidade linda.

Simone
SimonePermalinkResponder

Adoro Tiradentes! No inverno é perfeito. Esqueceram de comentar sobre o festival de cerveja artesanal, muito rock, bandas de todo Brasil e muita cerveja diferenciada. Tiradentes me aguarde em Maio, não perco este festiva.Cidade luz!

Antonio Rodrigues de Paula Neto

O ônibus da viação Paraibana que sai do Rio de Janeiro em direção à São João de Rei às 07h entra em Tiradentes antes de chegar ao destino final. Convém, por precaução, avisar o motorista que descer em Tiradentes.

Claudia Monti
Claudia MontiPermalinkResponder

Olá, Boia!
Pretendo ir de carro de São Paulo até Tiradentes no mês de julho 2019, mas acho 6 horas muito tempo para ficar no carro. Você indica alguma cidade, pousada ou hotel na metade do caminho?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Claudia! Os lugares interessantes no meio do caminho normalmente requerem um desvio da Fernão Dias e aumentam o percurso. As cidades das águas, como Lambari e Caxambu, estão mais ou menos no meio do percurso e podem valer um pernoite.

Karlinne
KarlinnePermalinkResponder

Olá. Eu e meu marido estamos indo em julho pra MG e pretendemos conhecer BH, Congonhas, Ouroro-Preto, Tiradentes e São João Del Rei em 7 dias. Vocês tem alguma sugestão de roteiro? Pensamos em ir direto de Confins, alugando um carro, pra Tiradentes e passar 2 noites. Vocês acham que dá pra fazer bate-volta em São João Del Rei ou a cidade requer 1 dia/noite lá? Queria ir de Maria Fumaça. Nos ajudem!

Melina Guimarães Nadale de Souza

Olá Boia!
Tiradentes entre natal e reveillon. Recomenda? ou sabe de alguma recomendação especial?
Abraços!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Melina! Deve ser ótimo, inclusive. Pergunte se sua pousada vai fazer ceia; se não fizer, peça indicações e reserve com antecedência.

Cláudia Merçon Affonso

Bom dia.
Estou pensando em passar o Natal em Tiradentes. Chove muito em dezembro?
Eu sei que a Paraibuna não tem ônibus para São João no domingo pela manhã, Haveria outra maneira de chegar a Tiradentes de ônibus no domingo neste horário?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cláudia! Pode chover no verão em Minas. Não há ônibus domingo de manhã. A gente precisa lidar com as variáveis para se preparar para a viagem.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar