Fachada da Hollywood Rip Ride Rockit

Hollywood Rip Ride Rockit, a montanha russa em que você vira DJ

Fachada da Hollywood Rip Ride Rockit

Fotos| Heloísa Dall’Antonia e Divulgação

Sério que você vai escrever um post inteiro sobre uma montanha-russa? Não se assuste, eu explico: a Hollywood Rip Ride Rockit, do Universal Studios de Orlando merece de fato atenção, por ter algumas características diferentes de outros brinquedos do gênero (comparando com outros parques temáticos para a família toda — Six Flags da vida fora desse papo, ok?). A Rockit, assim como a Rock ‘n’ Roller Coaster do Hollywood Studios da Disney, usa a música como elemento fundamental da jornada. E vamos combinar que ouvir o som de um artista ou banda é bem mais bacana do que só ouvir gritos histéricos.

Na Hollywood Rip Ride Rockit é você quem decide qual música vai tocar enquanto estiver lá, gritando no carrinho que chega a 105km/h. Há uma lista pré-determinada de opções, mas a possibilidade de ouvir uma faixa diferente a cada nova visita transforma a experiência. Assim que o visitante senta e trava o sistema de segurança, uma pequena tela fica disponível. Você seleciona um estilo (Classic Rock/Metal, Rap/Hip-Hop, Club/Electronica, Pop/Disco e Country) e depois escolhe uma das seis opções de canções do gênero.


Orlando: o que fazer - Magic Kingdom
Primeira viagem a Orlando

Tela de escolha de música da Rockit, na Universal

De Classic Rock/Metal estão lá “Born to Be Wild” (Hinder), “Bring Me to Life” (Evanescence), “Gimme All Your Lovin’” (ZZ Top), “Kickstart My Heart” (Motley Crue), “Paralyzer” (Finger Eleven) e “Rollin’” (Limp Bizkit). No grupo de Rap/Hip-Hop estão “Don’t Phunk With My Heart” (Black Eyed Peas), “Insane in the Brain” (Cypress Hill), “Pump It” (Black Eyed Peas), “Rock Star” (N.E.R.D.), “Sabotage” (Beastie Boys) e “Stronger” (Kanye West). Da categoria Club/Electronica fazem parte “Busy Child” (The Crystal Method), “Harder Better Faster Stronger” (Daft Punk), “Intergalactic” (Beastie Boys), “Keep Hope Alive” (The Crystal Method), “Le Disko” (Shiny Toy Guns) e “Pump Up the Volume” (MARRS). Em Pop/Disco estão “Bad Girls” (Donna Summer), “Glamorous” (Fergie), “Hella Good” (No Doubt), “I Will Survive” (Gloria Gaynor), “That’s the Way (I Like It)” (KC and the Sunshine Band) e “U Can’t Touch This” (MC Hammer). Fechando o setlist, em Country, estão “All Night Long” (Montgomery Gentry), “Guitars, Cadillacs” (Dwight Yoakam), “I Can Sleep When I’m Dead” (Jason Michael Carroll), “Living in Fast Forward” (Kenny Chesney), “Midnight Rider” (The Allman Brothers) e “The Devil Went Down to Georgia” (The Charlie Daniels Band).

Três momentos do passeio na Rockit, em Orlando

É necessário escolher a sua trilha sonora particular antes da subida inicial, de 50m em um ângulo de 90º, ou o sistema vai escolher randomicamente uma música para você. Os assentos são individuais e os alto-falantes funcionam de forma que você não terá nem noção do que a pessoa ao lado escolheu (e vice-versa). E é no mínimo engraçado discutir com os amigos sobre qual som é o ideal. Há também um sistema de câmeras que gravam as reações do visitante durante a jornada (criando um vídeo que pode ser editado e comprado ao final da atração).

Dali para frente serão menos de dois minutos percorrendo os 1200m de extensão da atração vivenciando outros dos diferenciais do brinquedo. Entre eles está o primeiro looping que não é invertido do mundo (ou seja, apesar do desenho do trilho, você não fica de cabeça para baixo), o trecho em que o percurso passa por dentro de um vão pela fachada de um dos prédios próximos à atração “Twister” e uma série de outras curvas em que o caminho parece estar torcido, incluindo uma que passa como que “fora” dos limites do parque, mais próximo do teatro do Blue Man Group. Entre esses momentos há algumas áreas em que a velocidade diminui, o carrinho fica em ambiente plano e você pode dar aquela respirada antes de uma nova queda (nesse ponto do texto sei que a Elisa já está me chamando de louca pra baixo).

Carrinho passa no meio dos prédios na Universal

Tive a oportunidade de andar na Rockit à noite, durante a festa de Halloween. Além de o tempo estar mais fresco, a experiência é bem interessante porque o carro e partes do trajeto ficam iluminados. Recomendadíssimo. 🙂 É importante dizer, porém, que apesar de o sistema de segurança ser bastante bom, tive a sensação de que a cabeça balança demais durante o percurso. Nada que me impeça de ir de novo, porém.

Como não é permitido levar nenhum objeto no passeio, há cofres gratuitos disponíveis na entrada da atração. Há também uma sala de espera para quem está com crianças que ainda não têm os 1,30m necessários para frequentar o brinquedo.

Carrinho e vista noturna da Rockit, em Orlando

Easter eggs
A Universal não confirma, é claro, mas há um segredinho na Hollywood Rip Ride Rockit. Consta que se você clicar no logo da atração na telinha em que se escolhe a trilha sonora por uns 10 segundos, um teclado virtual aparece. Ali, dependendo do código que for colocado, uma música “secreta” será tocada. O site Best of Orlando é um dos que traz uma listinha testada de alguns códigos que funcionaram. O detalhe é que não dá pra prever se o sistema vai de fato “entender” o código colocado e, se isso não acontecer, uma música listada qualquer vai tocar. Assim, não é uma boa ideia fazer o teste se essa for sua primeira vez na atração.

Heloísa viajou a convite do Universal Orlando Resort.

Leia mais:

Passagens mais baratas para Orlando no nosso parceiro Kayak

Encontre seu hotel no Booking

Faça seu Seguro Viagem na Allianz Travel

Alugue de carro em Orlando na Rentcars em até 12 vezes e sem IOF

Passeios e excursões em Orlando com a Viator

Compre ingressos para os parques temáticos na RCA

14 comentários

Tentei ir nela nas duas vezes que fui no Universal Studios de Orlando. Na primeira, em janeiro de 2010, ela estava fechada, já há algum tempo, diga-se de passagem. Na segunda vez, em outubro de 2010, depois de 2 horas na fila, a montanha russa quebrou e não voltou a funcionar naquele dia. Até voltei mais uma vez no Universal Studios em 2011, mas a fila estava muito grande e por causa da experiência anterior, nem quis ficar na fila para tentar ir…

Realmente, como disse o Neftali logo acima, esta montanha russa é ótima, juntamente com a do Incrível Hulk (que está desmontada para melhorias e volta a operar em 2016).
Por uma enorme coincidência estava em Orlando ontem e ia justamente ao Universal Studios. Testei o Easter Egg que a Heloíse descreve e funciona sim.
Digitei o número 128 – Vertigo do U2…
Muito legal!

    Oi Marcelo. Essa do Incrível Hulk sendo melhorada eu não sabia…Vou agora em janeiro e dancei, pois parece que ela só fica pronta no verão americano.
    A propósito, meus parabéns, pois você escolheu a melhor época do ano para ir a Orlando.

    Eu fui uma semana antes do carnaval e peguei os parques bem vazios (Universal, Island of Adventures, Busch Gardens e Sea World), tanto que consegui ir várias vezes em brinquedos concorridos. Mas realmente, tudo é feito para estar pronto no verão deles (quando fui ao Busch Gardens a Sheeta estava em montagem). Mesmo assim, ainda prefiro o inverno, até para pegar uma temperatura mais agradável.

Essa montanha russa é excelente, assim como a do Hulk no Islands of Adventure, onde a cabeça não balança. Os parques da Universal, na minha opinião pessoal, são muito melhores que os da Disney.
A única crítica é que essa montanha russa já apresentou algumas falhas, e está constantemente em manutenção. Inclusive mais de uma vez ela empacou, com os turistas tendo que esperar mais de 2 horas para ser resgatados, em posições não muito confortáveis:
http://articles.orlandosentinel.com/2010-10-14/business/os-universal-rip-ride-rockit-20101013_1_universal-orlando-forbidden-journey-roller-coaster
http://www.dailymail.co.uk/news/article-2451668/Universal-Studios-Florida-ride-leaves-12-suspended-150ft.html
http://www.inquisitr.com/1342790/florida-roller-coaster-accident-on-universal-studios-rip-ride-rockit-strands-rider-vertically-video/
Mesmo assim eu recomendo, faz parte da aventura!!!

Amo! Tb fui de dia e de noite. Cada vez com uma música diferente. Numa eu escutei Thats the way I like it e na outra eu nem lembro rsrs. Sem dúvida uma das melhores montanhas-russas de Orlando (e até entra no meu ranking com tampa hehe). Essa subida 90 graus é fantástica e o cinto só no abdômen dá uma tensãozinha boa 🙂
É divertido tb ver o povo amarelando quando chega na esteira e passando direto pra saída.

“I will survive” é ironia do parque, né?

Tem a opção de escolher Ave Maria ou outra oração?!?!?!?

Adoro. Também acho que é a melhor montanha russa da Universal, tem loops e curvas para todos os gostos. Fui 2 vezes e escolhi Daft Punk e M/A/R/R/S como trilha sonora (pensando bem, eles podiam atualizar um pouco as músicas ,né?)

    Tb acho que podia atualizar. Eu fui em 2011 e já eram essas músicas aí do post. rsrs

Melhor montanha russa que eu já fui na Disney. Peguei o parque vazio e consegui ir tres vezes seguidas no primeiro carrinho.

A montanha russa até que é legalzinha, mas na minha humilde opinião não chega aos pés da Rock’n’Roller Coaster…

    Oi, Mariana! É, a do Aerosmith está no topo da minha lista de montanhas-russas mais bonitas que já fui. Adoro os luminosos do cenário interno!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.