Orlando: qual foi a sua estratégia de visita?

Islands of Adventure, na Universal

Pessoal, desculpaê a falta de posts dos últimos dias. Orlando não é pra principiantes como eu 🙂

Depois de saracotear pra cima e pra baixo, e de me hospedar em três pontos diferentes da cidade, acho que finalmente entendo um pouquinho do lugar. Claro que não virei um expert instantâneo; qualquer criança riquinha que tenha vindo três vezes à Disney tem mais autoridade do que eu.

O que eu queria — como foi também o objetivo do zig-zag entre Chile e Argentina — era ser capaz de processar a montanha de informações disponíveis por aí e ajudar outros neófitos a entenderem o lugar.

(Fora o monte de insights e iluminações sobre o ato de viajar que estão aparecendo.)

Depois que acabar de fazer a ronda dos parques, vou postar minhas recomendações. Mas antes disso queria ouvir a experiência de vocês.

Em que parte da cidade você ficou? Alugou carro? Tentou ver tudo ou deixou alguma coisa para a próxima? Qual foi a sua estratégia para compras? E sobretudo: o que você faria diferente da próxima vez?

Obrigado!

Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem
Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire


410 comentários

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.