Sausalito de carro, com direito ao mirante de Marin Headlands

Marin Headlands, primeiro mirante

Demos sorte. O dia ontem estava perfeito para iniciar nossas andanças de carro pela Califórnia. Era meio dia quando eu levei o meu voucher da Mobility — a locadora oficial desta viagem — à agência da Hertz que ficava literalmente na quadra do meu hotel.

Meu Civic da Mobility

Daí passei numa Best Buy pra comprar um GPS. Escolhi um TomTom de 198 dólares com Bluetooth (os Garmin dessa faixa de preço não tinham) e, apesar de ser a minha primeira vez com o TomTom, me adaptei rapidinho. (É bem mais rápido e amigável do que os Garmin velhuscos que eu tinha alugado anteriormente.)

Golden Gate, San Francisco

Poucos minutos mais tarde de setar a rota até Sausalito a gente cruzava gloriosamente a Golden Gate.

Vista Point

Há um mirante logo à direita da ponte, com aaaaamplo estacionamento grátis.

Sausalito

Sausalito

Sausalito é uma gracinha. Um lugar gostosíssimo para vir almoçar e tomar sorvete num dia de sol curtindo uma linda vista de San Francisco. (Já num dia feio o passeio não deve ter muita graça, não.)

Sausalito

Sausalito

O jeito mais comum de vir a Sausalito é de ferry boat (o embarque é no Ferry Building, no final da Market St.).

Sausalito

Sausalito

Ir de carro, porém, tem suas vantagens.

A primeira, claro, é atravessar a Golden Gate com as suas próprias rodas.

E a segunda é poder chegar ao mirante do parque Marin Headlands, de onde se vê a ponte guardando a entrada da Baía de San Francisco.

Túnel para Marine Headlands

Dica es-pe-ta-cu-lar da Maryanne do Hotel California Weblog.

Mirante de Marin Headlands

Mirante de Marin Headlands

Mirante de Marin Headlands

Por falar na Maryanne, ela vai passear com a gente hoje pelo Vale de Napa. Tô indo pegar o carro nesse instante.

Mirante de Marin Headlands

Fui!

Leia também:

40 hotéis em San Francisco comentados pelos leitores

Uma tarde perfeita no Vale de Napa

Vale de Napa: um jantar cedinho no Bouchon

Berkeley: um jantar no Chez Panisse

#Linkódromo | San Francisco & Napa: os tours personalizados em português da Maryanne

Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem
Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire

73 comentários

Dia lindo, aproveite pois aqui no Rio as monções de outono estão com tudo, e nos raros dias de sol é aquele que parece que pegou hepatite.

    Pois é! Esse outono chuvoso no Sudeste está me deixando totalmente desmoralizado. 😳

    Pois é, este ano janeiro foi metade chuva e metade sol (mais ou menos), talvez próximo de um mês normal de verão aqui, fevereiro foi mais para sol, o melhor mês do verão, enquanto março foi perda total (só chuva, fez jus a fama). Em abril chuva no começo e fim mas o miolo do mês foi bom, com mais dias de sol, e maio está indo por água abaixo (literalmente 🙁 ), resta torcer para que junho traga o sol de volta!

Outra ótima opção para ir de SF até Sausalito é alugar uma bike. Existem algumas lojas em vários pontos de SF que alugar por hora ou por dia. A mais famosa e com mais pontos é a Blazzing Saddles. A diária de uma mountain bike confort (recomendada) é $36, incluindo capacete. Existem vários outros modelos, inclusive elétricas. As bicicletas têm uma cestinha na frente para vc colocar máquina, mapa, água, etc. Vem também com um locker para as paradas e um elático porta-mochila/casaco. Eles também te entregam o ticket de retorno de ferry de Sausalito para SF. Vc só paga (acho que custa $10 ou $12) na volta, se tiver utilizado. O que porvavelmente vai acontecer, a não ser que vc tenha muita energia! A sensação de passar de bike pela ponte é indescritível!
Se não der para ir de bike, não deixe de atravessar pelo menos a pé.

    isso mesmo, anita. esse passeio é incrível!
    consegui me programar (ou foi acidente?) pra voltar justo ao por-do-sol, com a bolona se pondo atrás da golden gate. inesquecível!

    p.s.- gostei do apelido cunhado pelo ricardo freire para a cidade: “SAULITO”.
    coisa de quem já tá bem íntimo da califórnia, né? =P

    Também fiz este passeio de bike e para mim foi o dia mais gostoso da viagem! Foi incrível atravessar a ponte pedalando e o caminho também é bacana, incluindo o mirante e uma super descida até Sausalito. Vale a pena!
    E ei, nossa, as fotos estão lindas mesmo, parabéns!

Riq,

Por falar em mirante, e estando de carro, não deixe de ir também ao mirante de Twin Peaks, que te dá uma visão 360º de San Francisco:
http://goo.gl/maps/Skll

Uma dica para quem estiver com crianças em idade escolar(mas que também serve pra “marmanjo”): não deixe de lava-las ao Exploratorium, um museu de ciências muito legal, próximo ao Presidio Park (http://goo.gl/maps/357n), além da Academia de Ciencas da Califórnia, no Golden Gate Park.

Que delícia esse dia de sol que vocês pegaram! Realmente a paisagem é linda, mas precisa de um céu azul 🙂

Riq, fiz essa viagem ao contrário, em menos dias. De Los Angeles a SF. Parei em Solvang (aproveite para comer avestruz e Smorgasbord??) e Monterrey (o aquário é obrgatório). E não esqueça de Carmel. Não recomendo a estrada costeira. É pista sinuosa e simples e se você pegar um trailer na frente vai sofrer. A não ser que vc tenha alguma atração que valha muito a pena (já li sobre um restaurante/hotel em Gorda – acho que esse é o nome). Prefira a estrada que passa pelo parque das Redwoods e é mais gostosa. Bom…não sei seus planos, mas ficam as dica. Boas viagens! Abs, Tomas

    Desculpe-me Tomas, mas sou obrigado a discordar…
    Ver o visual da costa e parar nos mirantes (pelo menos) de
    Point Lobos, Bixby Bridge e principalmente McWay Falls, são obrigatórios !!! Como diria uma certa campanha publicitária: “Não tem preço”.

    Concordo que a estrada seja sinuosa (até demais em alguns trechos), e sempre haverá um “RV” (trailer) na sua frente, mas a CA-1 foi feita para se curtir “sem pressa”….

    A não ser é claro, que se faça uma viagem de ida-e-volta, ai concordo em descer pela costa no sentido SF-LA e subir no sentido contrário, pelas paralelas US-101 ou I-5 (mais rápidas).

    Como pitstop para “reabastecer” o corpo, indico o restaurante do “Lucia Lodge”, ou então o Café Nepenthe ou o Gorda.

    Por falar em reabastecimento, não se esqueçam de encher o tanque antes de sair de Monterey. Pois no trecho Big Sur da CA-1 são raros os postos de gasolina e bem mais caros…

    Boa Viagem !

    Dear Milton Lucio.
    obrigado pelas dicas , estaremos nesta viagem no dia 23 de março por 6 dias, de Long Beach ate San Francisco. me ajudou muito

Riq, corrige o titulo, tá Saulito em vez de Sausalito! 🙂

Outra coisa: o Caetano comprou um GPS nos EUA e quando chegou aqui não teve jeito de fazer o danado funcionar. Agora levamos o GPS pra passear toda vez que viajamos ao exterior (acho que funcionou bem na Europa também). Verificou se o sistema dele funciona no Brasil? E, se funcionar, me conta o que fez, pra ver se damos um jeito no nosso.

Aproveite muito Napa! Ic!

    Adri, tudo depende de o seu GPS ter, ou não, a base cartográfica brasileira instalada. O sinal de GPS em si é global, funciona em qualquer lugar dos EUA à Vanatu (só não funciona bem em áreas polares). Mas provavelmente o seu GPS não tem o mapa brasileiro instalado. Todas as grandes marcas como Garmin e TomTom tem mapas brasileiros à venda nos seus sites, eles não custam caro (coisa de $20-35 com atualização grátis por 1-2 anos), e qualquer GPS fabricado depois de 2008 tem conexão USB para acelerar esse processo de atualização. Mapas comprados pela Internet são mais baratos que os comprados em cartão, em geral.

    Um detalhe: o sinal de GPS “pode” ter problemas se o veículo no qual é usado for blindado. Nesse caso, uma atena que reforce o sinal, coisa de 10cm, resolve.

    Eu adoro André…vc entende de “unha encravada à fusao nuclear”!!!!

    Rsrs, Zuzu, vc tem razão… O cara é fera em tudo e mais alguma coisa! Olha André, sou analfa nesses sistemas, mas vou passar suas orientações pro maridón pra ver se ele tem uma luz. Obrigada!

São Francisco, Sausalito, Califórnia são D+ mesmo.. O que são essas fotos…
Aproveitem muito a viagem 😀

Para quem está com o inglês em dia, recomendo os passeios guiados do pessoal da San Francisco City Guides. São gratuítos (eles passam um envelope no final, se alguém quiser dar uma gorgeta) e acrescentam muito à viagem. Eu fiz o tour de travessia da Golden Gate, foi fantástico, mas há vários roteiros.

http://www.sfcityguides.org/descriptions.html

Sausalito é uma delícia.
Talvez melhor SF Bay toda é demais.
Muitos Chocolates Ghirrardelly e Vinhos Pinot?

Boa Trip Comandante.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.