Que moeda eu levo para o Chile?

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Pesos chilenos

A moeda corrente no Chile é o peso chileno. Em junho/2016, 1 real está sendo comprado a 178 pesos. O dólar está por volta dos 680 pesos. Veja as cotações atuais no site do Cambios Santiago.

Vale a pena comprar pesos chilenos no Brasil?

Não vale a pena comprar peso chileno no Brasil (nem qualquer moeda "fraca"). A cotação parece baratinha, mas na média é 20% mais cara do que você conseguiria por seus reais em Santiago.

Vale a pena levar reais para o Chile?

Nas casas de câmbio do Centro e de bairros importantes de Santiago costuma-se conseguir uma boa cotação por reais. A cotação é melhor nos dias de semana, durante o expediente bancário. Mas se precisar trocar reais por pesos no fim de semana, você encontrará casas de câmbio abertas no sábado de manhã (no Centro e em Providencia). A filial da casa de câmbio Afex do shopping Costanera Center abre todos os dias, inclusive domingos, até as 21h (mas tem cotação ligeiramente inferior às demais). Você pode ver as principais zonas de casas de câmbio em Santiago neste post.

A cotação do aeroporto não é boa. Troque o mínimo possível, depois troque o restante em casas de câmbio na cidade. Note que o táxi oficial do aeroporto aceita cartão de crédito.

Lembre-se de que para ficar isento dos 19% de IVA (o ICMS chileno) sobre as diárias de hotéis, você vai precisar pagar a hospedagem em dólar vivo ou com cartão de crédito internacional.

Na temporada de inverno, por causa da invasão de brasileiros em busca da neve, a cotação do real costuma piorar (se você faz mesmo questão de levar dinheiro vivo, talvez seja o caso de levar dólares). No verão, quando aumenta a procura de real por chilenos que vêm de férias ao Brasil, a cotação do real costuma subir.

Caso você vá para o Atacama, Lagos Andinos ou Patagônia chilena, não vale a pena levar reais: a cotação não será boa como em Santiago.

Vale a pena levar dólares para o Chile?

Dólares têm cotação justa em casas de câmbio de todo o país (menos nos aeroportos, onde a cotação sempre é baixa). É bom lembrar que as cotações são mais vantajosas nos dias de semana, durante o horário bancário; depois que os bancos fecham, e também nos fins de semana, as cotações baixam um pouco.

Além disso, podem ser usados para pagar conta de hospedagem -- no Chile, quando o estrangeiro paga hotel em moeda forte (dólar, euro ou cartão de crédito/débito internacional) ganha isenção do IVA, o ICMS local. (Em hostels ou hotéis muito simples, não-cadastrados no programa de incentivo, essa medida pode não valer.)

Se você vai ficar só por Santiago, leve dólares se quiser pagar o hotel com dinheiro vivo. É possíel também o dólar, quando bem comprado no Brasil, renda mais no Chile do que reais.

Se você vai para o Atacama, os Lagos Andinos ou a Patagônia chilena, dólares sempre serão melhor negócio do que reais.

Vale a pena fazer saques em moeda local nos caixas eletrônicos?

Atualmente, não vale muito a pena, não. O problema dos saques em caixa eletrônico é que, além do IOF de 6,38%, a cada operação incidem uma tarifa de saque internacional, cobrada pelo seu banco, e uma tarifa de uso do equipamento, cobrada pelo banco dono do caixa onde você está sacando. Sacando o limite máximo (150.000 pesos) você vai acabar pagando 9% entre IOF e tarifas.

A exceção é para quem tem conta em banco que permite saques sem tarifas em seus caixas/agências. Isso acontece com clientes Citibank, HSBC Premier e Santander Select.

Vale a pena fazer gastos com cartão pré-pago no Chile?

As vantagens são a segurança (você não leva dinheiro vivo), e a estabilidade cambial (você congela a cotação no momento da compra a moeda; se o real desvalorizar durante a sua viagem, você não é afetado). A desvantagem com relação ao dólar vivo é que, ao comprar a moeda para carregar no cartão, você paga um IOF de 6,38%. Não existe cartão pré-pago carregável em peso chileno. Você vai precisar comprar um cartão pré-pago em dólar. Os gastos em peso chileno serão convertidos para o dólar por uma cotação equivalente à das melhores casas de câmbio.

Em lugares distantes de Santiago (como Atacama, Lagos Andinos e Patagônia), onde a cotação do dólar vivo será até 10% inferior que a da capital (a cotação do real baixa mais ainda), o cartão pré-pago, mesmo com IOF, pode ser mais vantajoso do que trocar dinheiro em casa de câmbio.

Vale a pena fazer gastos com cartão de crédito no Chile?

Eu continuo usuário fiel de cartão de crédito. A cotação sempre é mais vantajosa do que a do papel-moeda e do cartão pré-pago; no fim das contas, a diferença não é de 6%, mas de 3 ou 3,5% -- que volta facilmente para a minha conta sob a forma de milhas. A desvantagem do cartão de crédito está na instabilidade cambial: o dólar que vale é o do vencimento da fatura, não o do dia da despesa, então se houver desvalorização do real, você pagará mais caro pela viagem.

Em lugares distantes de Santiago (como Atacama, Lagos Andinos e Patagônia), onde a cotação do dólar vivo será até 10% inferior que a da capital (a cotação do real baixa mais ainda), o cartão de crédito, mesmo com IOF, pode ser mais vantajoso do que trocar dinheiro em casa de câmbio.

Onde conseguir pesos chilenos no aeroporto de Santiago?

As casas de câmbio que operam 24 horas no aeroporto usam uma cotação desvantajosa. Troque o mínimo necessário.

Se o seu cartão do banco estiver desbloqueado para saques internacionais, você pode também usar os caixas automáticos na área de embarque.

Os táxis oficiais do aeroporto aceitam cartão de crédito. A corrida sai o equivalente a 31 dólares.

Leia mais:

852 comentários

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Bom dia, vou em janeiro para o Chile e gostaria de levar já daqui os pesos.Mesmo que perca um pouco na cotação, pois vou com a minha filha e fico com medo de trocar por lá. Posso levar todo valor daqui?
Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cristina. Comprando aqui você vai perder até 20%. Por que não leva cartão de crédito ou pré-pago e perde só 6,38%?

Regina Lúcia Rodrigues

Olá Ricardo!
Todas as vezes que vou viajar , viajo primeiro aqui pelo seu site e sempre encontro boas dicas!!!!
Viajo agora no início de julho para o Chile. E a moeda está sendo minha preocupação. Quando você menciona o cartão pré-pago, vc se refere ao cartão com dólar? Ou com a moeda local?
Posso usar o cartão pré pago, com dólar, para as despesas?
Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Regina! Quem responde é A Bóia. Não existe pré-pago em pesos chilenos (caso você encontre, fará um péssimo negócio, pois as cotações são desvantajosas). O pré-pago seria em dólar mesmo. A conversão é feita automaticamente quando o cartão é usado.

andre pinto
andre pintoPermalinkResponder

Olá Ricardo/Bóia com a cotação do peso a 178 na casa de cambio como voce disse e o dólar no Brasil a 3,50 nas casas de cambio no Brasil, esta compensando levar dolar e trocar por peso entao?
ex: 1) se eu levar 1000 reais e trocar direto por peso da 178000 pesos
2) se eu trocar 1000 reais por dólar no brasil da 286 dólares, trocando esses dolares por pesos a 680, da 194.680 pesos
Correto?
Obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, André! Ultimamente tem compensado levar dólares, se você compra o dólar a bom preço no Brasil. Sempre faça essas contas. Não calcule pela cotação de jornal, mas pela cotação que você efetivamente encontra na sua cidade. A cotação do Cambios Santiago é sempre quente (mas vale para o dia consultado, não para o dia em que você estiver no Chile).

Daniel
DanielPermalinkResponder

Acompanhando o raciocínio de Andre, verificamos que hoje 06/07/2016 é mais vantajoso levar Dollar, simples cálculos:

Dollar comprado em Brasil R$ 3,50

Com R$ 1000,00 conseguimos comprar US$ 285,71

Vendemos no Chile R$ 1000,00 por 175.000 pesos; e vedemos US$ 285,71 por 188.571 um ganho de 13571 pesos, já paga o almoço.

Utilizei as variáveis Dollar o BR 3,50, Real o Chile 175 e US$ 660 de acordo com site: http://www.cambiosantiago.cl/, hoje 06/07/2016 o Real = 177 e Dollar 662. Boa viagem

Anderson
AndersonPermalinkResponder

Olá!
Vale a pena trocar Euro por Dólar/Peso em Santiago? Ou troco aqui no Brasil primeiro?
Fiz viagem recente e me restou alguns bons euros, mas estou com essa dúvida.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Anderson! Leve seus euros e troque por pesos no Chile.

Lupi
LupiPermalinkResponder

Olá! Bom dia! Irei para o Chile em Agosto e tb estou na maior dúvida em relação a esses pesos chilenos!

Tenho euros da minha última viagem... mas eu consigo pagar passeios, por exemplo, em euro?? Ou só dólar? Compensa eu levar os euros?

Estou pensando em levá-los e trocar uns R$ 500,00 para pesos aqui no Brasil, para não ir sem nada...

Dica por favor! Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Lupi! Pode levar euros, serão bem trocados em casas de câmbio. A cotação da casa de câmbio do aeroporto, que fica no desembarque, ainda que seja a mais fraca de Santiago, é melhor do que a cotação que você consegue no Brasil.

JOSE da Silva PEREIRA

Ola Ricardo e A Boia. Adoro o site de voces. Minha duvida é : tenho um cartao pre pago(Traveller Card) em euros de uma viagem passada. Posso utilizar no Chile como utilizei na Europa(sabendo ,claro ,de uma possivel conversao desfavoravel etc etc) ou só os cartoes em dolar sao aceitos no Chile? Abracos a todos.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, José! Seu cartão será aceito em qualquer país, em qualquer estabelecimento que aceite a bandeira específica (Visa, MasterCard ou American Express). O valor será convertido para a moeda local, onde quer que seja.

Kaio
KaioPermalinkResponder

Olá Bóia. Passarei 5 dias em Santiago em agosto/16 e seguirei quase filmente suas dicas valiosas. Contudo, minha preocupação é o dinheiro. Pretendo usar na maior parte das despesas cartão de crédito internacional. Levarei 1000 reais em dinheiro vivo pra trocar por peso chileno. No entanto, por questão de segurança, gostaria de saber se posso levar um cartão pré pago em reais, não em dólares. Se é mais vantajoso levar o cartão pré pago em reais e o cartão de crédito ou dinheiro vivo, em reais, e o cartão de crédito? Será que vou passar sufoco com essa quantia em dinheiro nesses 5 dias?
Parabéns pelo site. Admiro seu trabalho e sempre que posso acompanho pelo rádio.
Ps: Gostaria que tivesse um canal no YouTube rs

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Kaio! Nosso canal no Youtube é http://www.youtube.com/viajenaviagem . Não existe cartão pré-pago em reais, nem em peso chileno. Você pode fazer um cartão pré-pago em dólar ou em euro.

Vinicius
ViniciusPermalinkResponder

Olá Bóia!
Vou viajar ao Chile em agosto e estou preferindo a opção de Cartão Pré-pago com dólares, minha dúvida é em relação ao pagamento dos hotéis com o cartão, já que no Chile existe o incentivo fiscal de 19%. Se eu pagar a estadia no hotel com o cartão pré-pago, ainda assim vou contar com o desconto de 19%? ou pagarei valor cheio porque a moeda é convertida no momento do pagamento? Qual perdas tenho em utilizar o cartão no Chile em dólares??
Obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Vinicius! Pagar hotel com cartão pré-pago pode ser inconveniente devido ao fato de alguns hotéis, sobretudo de redes americanas, fazerem um bloqueio preventivo de gastos maior do que o valor das diárias. Verifique com o seu hotel se existe esse procedimento. No mais, para isenção do IVA é preciso que a cobrança seja feita em dólares, e esse cartão permite que seja.

Claudia
ClaudiaPermalinkResponder

Olá Bóia. Tenho 300 libras esterlinas da minha última viagem, vale apena eu levar as libras para trocar em Santiago por pesos ou é melhor eu trocar as libras no Brasil por dólares e fazer a troca em Santiago de dólares por pesos? É fácil e bem aceita a libra esterlina em Santiago?
Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Claudia! Leve as libras para Santiago.

Jenniffer
JennifferPermalinkResponder

Olá Ricardo e Bóia!! Sempre que vou viajar é ao site de vcs que recorro e sempre dá tudo certo, pois são ótimas dicas. Não vejo muitas indicações sobre levar euro para trocar por pesos, tem alguma dificuldade nesta troca?? Fiz os cálculos aqui e euros seria a melhor indicação para a troca de acordo com o que tenho acompanhado, veja:
Cotação do dia 02/08/16
Dolar: 653 pesos chilenos
Euro: 735 pesos chilenos
Real: 180 pesos chilenos
Cotação no Brasil
Dólar: 3,44x 180= 619,20 pesos chilenos
Euro: 3,85x180= 693,00 pesos chilenos
Logo eu ganharia mais se trocasse reais por euros e trocasse por pesos chilenos. Está certo o meu raciocínio??
Obrigada pela ajuda e as valiosas dicas de sempre!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Jennifer! As contas são com você. Apenas verifique se a cotação que você tem está disponível em algum lugar onde você possa comprar.

Júlio César
Júlio CésarPermalinkResponder

Com a queda constante do dólar nos últimos meses e, especificamente nos últimos dias, vou arriscar e aguardar mais um pouco para ver se cai, mas provavelmente usarei o cartão de crédito internacional. Talvez eu troque reais aqui no Brasil por dólares para eventualmente utilizar no pagamento das hospedagens, já que passarei 15 dias entre Chile (Santiago, Pucon e Puerto Varas) e Argentina (Bariloche). Como tenho conta no Banco do Brasil, creio que a taxa de cambio adotada pelo Banco difere da praticada pelas casas de cambio local e seja mais vantajosa no Banco do Brasil. Isso é o que eu acho, por isso que penso em sacar 170.000 pesos chilenos que, me parece ser o limite por saque e o restante vou gastando com cartão de crédito.

Julio Cezar Cordeiro de Paula

Boa Noite!

Primeiro queria parabenizar você e seu site, são maravilhosos e, minha viagem a Chile foi muitomelhor graças a vocês.

Fui ao Chile em 10/07 e,a época a melhor cotação que consegui depois de muito pesquisar, foi enviar o dinheiro via western union para Santiago e sacar lá. É claro que possui o inconveniente de andar com dinheiro vivo, porém a cotação líquida que consegui (190 pesos por Real) fez valer a pena.

Marcelo
MarceloPermalinkResponder

Olá,
Muito legal o site. Vou contribuir, pois me ajudou muito.
Estou agora na rua Agustinas dia 19/08/16.

Precos das casas de câmbio.
1 dólar = 657 a 659 pesos
1 Real = 183 a 185 pesos

Existe uma unica casa câmbio oferecendo neste momento:
1 real = 190 pesos, está lotada de brasileiros…

Aqui tem as casas de câmbio estão todas lado a lado.

Obs: Olhe sempre o preço de compra.

Abs

Melina
MelinaPermalinkResponder

Estive agora em Santiago, e minha dica é trocar real ou dólar por pesos lá mesmo. O real é bem mais valorizado lá do que aqui. Nas casas de cambio aqui do Brasil você consegue 1 real por 171 pesos, e lá por no mínimo 190 pesos (no centro da cidade). Só é vantagem levar dólar para pagar o hotel, para não ter que pagar IVA (19%). Mas, no geral, é mais vantagem usar o cartão de credito. Você consegue cotação melhor que nas casas de cambio (mesmo com o IOF de 6%).

Daniela
DanielaPermalinkResponder

Estou indo para o Chile agora em agosto com a carteira de identidade.
Posso fazer câmbio com ela?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Daniela! Você vai receber um papel na imigração. Este papel será necessário em todas as transações em que você precise provar que é turista.

Taisa
TaisaPermalinkResponder

Com relação a violência urbana (furtos, roubos, "saidinha"), quão perigoso é trocar dinheiro nessas casas de câmbio do Centro? Claro que não vou sair abanando as notas.. Mas por exemplo, é preciso trocar e voltar pro hotel? Ou com a devida cautela posso passar o dia passeando normalmente?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Taisa! Existem inconvenientes inerentes à decisão de viajar com dinheiro vivo. Sempre será inseguro carregar grandes quantidades de dinheiro consigo, em qualquer moeda, em qualquer lugar do mundo. Quem opta por esse meio de pagamento precisa traçar sua própria estratégia. Existem alternativas para quem não quer correr risco nem se preocupar com isso -- a melhor delas é o cartão de crédito.

Leia:
http://www.viajenaviagem.com/2016/07/cartao-de-credito-em-viagem

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Comentar novamente

Cancelar