Praia em setembro: onde não pegar chuva no Brasil e no Caribe

  • 0
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Praia em setembro: Fernando de Noronha

Fernando de Noronha

Querendo pegar praia em setembro, sem risco de pegar chuva? Chegou ao lugar certo. Nosso Praiômetro compila as médias históricas de precipitação em 42 destinos de praia do Brasil e do Caribe.

  • Barra amarela | Praia no Brasil
  • Barra lilás | Praia no exterior
  • Barra rajada | Risco de furacão

Praia em setembro

Para começar, confira na tabela acima os locais ordenados por média histórica de chuva em setembro. Quanto mais no alto da tabela, menos costuma chover; quando mais ao pé da lista, mais chuva deve cair no mês. As barras rajadas significam risco de furacão.

É 100% garantido?

Não. Meteorologia não é uma ciência exata, o clima está passando por mudanças e sempre tem um El Niño ou La Niña para atrapalhar. Mas as médias históricas são o guia mais confiável para programar férias na praia com menor risco de pegar chuva. Se você escolhe um lugar com tempo seco e chove, tem todo direito de mandar uma reclamação a São Pedro... Mas se você escolhe um lugar onde costuma chover, não pode reclamar da chuva.

Para visualizar a situação meteorológica de forma mais clara, vamos agora ver no mapa. Primeiro a situação do Brasil em setembro, depois a do Caribe.

Praia em setembro no Brasil

  • Sol brilhando | Até 100mm de chuva no mês: vá!
  • Sol entre nuvens | De 100mm a 200mm de chuva no mês: pode ir
  • Sol com chuva | De 200mm a 300mm de chuva no mês: melhor não ir
  • Chuva | Acima de 300mm de chuva no mês: não vá!
  • Termômetro | Temperatura média máxima abaixo de 24ºC: pense bem
  • Floco de neve | Temperatura média máxima abaixo de 20ºC: não vá!

Vá!

Em setembro, os últimos resquícios de tempo emburrado somem do Nordeste, e a região do Brasil que é sinônimo de sol e praia passa a fazer inteira jus à sua fama, praticamente sem ressalvas. Praia em setembro no Nordeste = tudo a ver.

Além das regiões que já estavam ensolaradas desde julho (como Maranhão, Piauí, Jericoacoara e Fortaleza) e agosto (como Fernando de Noronha e o Sul da Bahia -- Porto Seguro, Santo André, Arraial d'Ajuda, Trancoso, Espelho, Caraíva, Corumbau, Cumuruxatiba e Prado), outros pontos do mapa nordestino registram menos de 100mm de precipitação.

(Vale ressaltar que, a exemplo de agosto, em setembro Fernando de Noronha oferece a melhor conjunção de sol e mar calmo do ano).

Entre os nordestinos recém-chegados a esta seção estão o Rio Grande do Norte (Natal, Pipa), a Paraíba (João Pessoa), Sergipe e extremo norte da Bahia Aracaju, Costa do Sauípe, Imbasssaí e Praia do Forte), e as praias baianas de Barra Grande/Maraú, Itacaré e Ilhéus.

O Sudeste oferece tempo firme e temperaturas amenas entre o Espírito Santo, Búzios e a cidade do Rio de Janeiro.

Pode ir:

Chove um pouquinho de nada acima de 100mm nos demais pontos do Nordeste -- Pernambuco e Alagoas (Recife, Porto de Galinhas, Maragogi, Rota Ecológica/Milagres, Maceió), Salvador e norte da Costa do Dendê (Morro de São Paulo, Boipeba). Eu iria sem problemas a qualquer uma dessas praias.

Na Rio-Santos (Angra dos Reis, Ilha Grande, Paraty, Ubatuba e São Sebastião) o tempo está razoavelmente firme, e as máximas atingem os 25ºC que justificam ir à praia.

Melhor não ir:

No Sul, o problema não é a falta de sol -- mas as temperaturas, com máximas ainda abaixo dos 25ºC. Vá para a Ilha do Mel, no Paraná, ou às praias Santa Catarina (Balneário Camboriú, Bombinhas, Florianópolis, Garopaba/Praia do Rosa), apenas se curtir praia ainda em condições invernais.

Não vá!

Com temperaturas médias máximas abaixo de 20ºC, não há tempo bom em Torres ou em Punta del Este que faça ter vontade de pegar praia.

Praia em setembro no Caribe

  • Sol brilhando | Até 100mm de chuva no mês: vá!
  • Sol entre nuvens | De 100mm a 200mm de chuva no mês: pode ir
  • Sol com chuva | De 200mm a 300mm de chuva no mês: melhor não ir
  • Chuva | Acima de 300mm de chuva no mês: não vá!
  • Árvore vergada | Risco de furacão: pense bem

Vá!

Em meio ao aumento generalizado de umidade e ao risco de furacões, as ilhas de Aruba, Curaçao e o arquipélago Los Roques continuam como um refúgio seguro no Caribe, com sol e sem furacões.

Pode ir:

Com um pouquinho mais de 100mm de precipitação no mês, mas fora da passagem dos furacões, Barbados, Tobago e Cartagena configuram boas segundas opções.

Melhor não ir:

San Andrés e Panamá estão fora da passagem de furacões (San Andrés está erroneamente marcada com risco de furacão na tabelinha do Praiômetro mais acima), mas de todo modo registram mais de 200mm de chuva no mês.

Pense bem: risco de furacão

Setembro é época propícia para furacões em boa parte do Caribe (leia sobre furacões aqui). A probabilidade de um furacão visitar exatamente a ilha onde você está é pequena, mas existe. O transtorno mais comum de acontecer, no entanto, é que a formação de uma tempestade tropical nas redondezas (que na grande maioria das vezes nem evolui a furacão) deixe os céus carregados por quatro, cinco dias a fio, atrapalhando suas férias no paraíso.

Na região sujeita aos furacões, os destinos menos chuvosos de setembro são Cuba, St. Maarten, St. Barth e Anguilla e Punta Cana. Já Cancún, Bahamas e Miami têm bastante chuva, e se enquadrariam na categoria "Melhor não ir" mesmo se não houvesse o risco de furacões.

Leia mais:

Praias do Brasil e do Caribe, mês a mês

Nenhum comentário, deixe o primeiro!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar