Feriado da Proclamação da República - melhores viagens

Guia do Rio de Janeiro

Quando ir ao Rio de Janeiro

Não existe época ruim quando ir ao Rio de Janeiro. O Rio é um destino para o ano inteiro.

Aqui não há nenhuma estação excessivamente chuvosa: enquanto na costa do Nordeste e no litoral entre o Rio e São Paulo há meses em que chove até 400 mm, no Rio os meses mais chuvosos (dezembro e janeiro) têm pico de 180 mm – relativamente pouco para uma cidade nos trópicos cercada por montanhas.

Além disso, o frio do meio do ano é perfeitamente suportável, e é relativamente comum dar praia em julho ou agosto.

Isso não quer dizer, obviamente, que todos os dias da sua viagem serão quentes e ensolarados. Frentes frias, previstas ou inesperadas, passam pela cidade em todas as estações e podem, sim, ocasionar uma seqüência de dias sem praia.

‘Cariocas não gostam de dias nublados’, diz a canção da (gaúcha) Adriana Calcanhotto. Os visitantes tampouco. Mas felizmente há muito o que fazer em dias de chuva.

Veja nesta página quando ir ao Rio de Janeiro: saiba sobre o clima mês a mês e como é viajar ao Rio nos feriados.

A Bóia recomenda:

Quando ir ao Rio de Janeiro: mês a mês

Rio de Janeiro em janeiro

quando ir a Rio de Janeiro: verão

Alguma chuva, calorão, praias lotadas.

Com 175 mm de precipitação, janeiro não é um mês seco no Rio de Janeiro.

A chuva aparece principalmente sob a forma de tempestades no fim da tarde. Mas se você der azar de pegar uma frente fria, pode perder dias seguidos de praia.

O ar condicionado fica ligado non-stop: as mínimas ficam em torno de 24ºC, com máximas acima de 30ºC.

A cidade enche de turistas, e os moradores aproveitam para ir à praia sempre que podem.

No auge do verão, o Rio de Janeiro fica elétrico e festeiro.

Rio de Janeiro em fevereiro

Menos chuva que janeiro, calorão, cidade lotada no Carnaval (aproveite o pré-carnaval!).

Fevereiro costuma ter menos dias perdidos de praia do que janeiro. A média histórica é de 130 mm de chuva.

É o mês mais quente do verão, com mínimas de 24ºC e máximas que podem chegar bem acima dos 30ºC.

Se quiser pular carnaval de rua sem pagar uma fortuna pela hospedagem, venha nas três semanas anteriores ao Carnaval: o pré-carnaval está a cada ano mais animado.

Já a semana do Carnaval é a segunda mais cara do ano para se hospedar: só perde para as tarifas do Réveillon.

Rio de Janeiro em março

Alguma chuva, muito calor, programação cultural de volta.

As ‘águas de março’ podem comparecer sob a forma de chuvas torrenciais, normalmente no fim da tarde. Mas vai dar para ir à praia. A média de chuvas é de 150 mm.

O calorão ainda prevalece, com mínimas de 24ºC e máximas de 29ºC.

A temporada teatral engrena, e os shows voltam com tudo depois do carnaval.

Rio de Janeiro em abril, maio e junho

quando ir ao Rio de Janeiro: outono

Tempo predominantemente firme, calor na medida certa.

Passado o verão, começa a época mais seca no Rio de Janeiro.

Abril costuma ter 110 mm de precipitação. Maio, 80 mm. Junho, 55 mm.

As temperaturas vão baixando: mínimas de 22ºC em abril, 20ºC em maio e 19º em junho. Máximas de 28ºC em abril, 26ºC em maio e 25ºC em junho.

As chuvas ocorrem durante a passagem de frentes frias, que são mais raras e rápidas do que no verão.

São meses excelentes para pegar praia e curtir a cidade sem sofrer com o calorão.

Rio de Janeiro em julho e agosto

Tempo firme, pouquíssima chuva, mas pode fazer frio.

Os meses de julho e agosto costumam ser bastante aproveitáveis no Rio de Janeiro. Chove pouquíssimo: histórico de 60 mm em julho e 50 mm em agosto.

As temperaturas são bastante amenas: mínimas de 18ºC, máximas de 25ºC.

Nos dias ensolarados dá tranquilamente para ir à praia. (Nos fins de semana de sol as praias inclusive voltam a lotar.)

Mas se passar uma frente fria, prepare-se para dois ou três dias de chuva e frio de verdade (18ºC no Rio e você vai cantar ‘E o inverno no Leblon é quase glacial’). Use nossas sugestões de programas para dias chuvosos e nublados.

Rio de Janeiro em setembro, outubro e novembro

Pouca chuva, temperatura em elevação.

Quando ir ao Rio de Janeiro: inverno

A primavera é uma estação intermediária: mais chuvosa que o inverno, mas menos chuvosa que o verão.

A chuva – 95 mm em setembro, 105 mm em outubro, 140 mm em novembro – se concentra nas frentes frias que passam ocasionalmente e duram 2-3 dias. Torça para não pegar uma.

Fora das frentes frias, dá praia: as máximas vão de 25ºC em setembro a 27ºC em novembro.

Pode ser que dê para dormir sem ar condicionado em setembro, com mínimas de 19ºC. Em outubro a mínima é de 21ºC, e em outubro, 22ºC.

Rio de Janeiro em dezembro

Quando ir ao Rio de Janeiro: dezembro e Réveillon

Alguma chuva, muito calor. Lotação máxima no Réveillon.

Vem chegando o verão, um calor no coração: em dezembro no Rio de Janeiro a mínima é de 23ºC e a máxima chega a 29ºC.

Junto com janeiro, é um dos meses mais chuvosos do ano, com 185 mm de precipitação. Boa parte dessa chuva é de fim de tarde, mas a passagem de frentes frias pode pôr a perder 2-3 dias consecutivos de praia.

A partir de 28 de dezembro a cidade já lota para o Réveillon. Veja como se preparar para a festa.

Rio de Janeiro em feriadões

Quando ir ao Rio de Janeiro: feriado
Quando ir ao Rio de Janeiro: feriados

O Rio de Janeiro é um destino perfeito para feriadões. Só fica lotado nos dois principais (Réveillon e Carnaval).

Nos outros feriados, a cidade não fica mais cara – pesquisando bem, você encontra diárias bem em conta.

Além disso, você nunca vai encontrar num feriado do Rio de Janeiro os problemas de abastecimento de vilarejos de praia quando lotam.

Será preciso, no entanto, reservar com antecedência ingressos para as principais atrações turísticas. E se quiser ir às praias da Zona Oeste (como Reserva, Prainha e Grumari) chegue cedo, porque os cariocas que ficaram na cidade terão a mesma idéia.

14 comentários

Bom, estou em Macaé desde o início de outubro e até hoje, 10 de novembro os dias de sol são raros. Choveu por até quatro dias seguidos, raros foram os momentos de sol e praia. Outubro/novembro não compensa vir para o RJ

Olá tenho viagem marcada para o litoral do Rio de 23 de fevereiro a a 1 de março e vi que a previsão do tempo vai ser de chuva. Fiquei muito triste esperei tanto!!!

    Olá, Luciana! Está muito cedo para saber, a previsão só fica realmente válida lá pela antevéspera. Entenda que nesta época são comuns tempestades à tarde e às vezes esse é o símbolo que aparece na previsão. O tempo tem sido majoritariamente seco desde o início de janeiro.

Oi, Bóia, muito obrigado. Estamos nessa dúvida da pandemia também. Em minhas últimas viagens procuro logo o Viaje na Viagem, dias recomendações são muito práticas. Nesta ao Rio vou buscar serviços da Turismares, já que vocês indicam.

Oi, Ricardo. Vou passar uma semana no Rio, mas gostaria de reservar uns 3 dias para a serra (provavelmente Petrópolis). Em dias completos mesmo, a viagem ficará dividida em duas partes: (fim da quinta), sexta, sábado e domingo; e segunda, terça e quarta (retornando na quinta, horário de almoço). Qual sua indicação? Seria melhor passar a parte do fim de semana na cidade do Rio e ir durante a semana à serra, ou o inverso?. A viagem será em maio, sem feriados nas proximidades. Desde já agradeço.

    Olá, Marcel! Quem responde é a Bóia. Se ainda houver pandemia, melhor passar o fim de semana na Serra. Se já tiver acabado, melhor passar o fim de semana no Rio.

Inverno no Rio faz calor de 38°.
Veraozão passa dos 45°, são coisas que precisam realmente ser informado aos turistas, pois muitas pessoas vem achando que o calor é tranquilo e passam mal.
Eu que sou carioca não aguento com o calor. E realmente são pouquíssimos os dias de chuva durante o ano. Mas infelizmente com o passar dos anos o calor ta cada vez pior.
Ano passado na primavera fez 44° com sensação de 50° em alguns pontos do Rio de Janeiro.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.