Londres

Capital da diversidade

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Esqueça a Londres empertigada que você tem na cabeça. A capital da Grã-Bretanha foi conquistada por seu antigo império, e abraçou o multiculturalismo com um desprendimento que não se vê em nenhum outro lugar da Europa. Hoje você vai a Londres e vê o mundo.

A topografia e a geografia da cidade também mudaram. O novo ponto de referência é o Shard, um edifício em forma de obelisco que domina a margem do (despoluído) Tâmisa. Uma nova Londres está acontecendo no leste, onde o bairro de Shoreditch, colado à City, já se estabeleceu como o pólo de uma noite animada e democrática.

E o que ninguém acreditaria 20 anos atrás: come-se muito bem em Londres. E até mesmo barato: proliferam na cidade redes de restaurantes moderninhos, com pegada étnica, que ajudam a fazer render mais as suas libras.

Quando ir?

Céu nublado e chuvisqueiro fazem parte da paisagem londrina. Incorpore um guarda-chuvinha ao seu equipamento de sair, ou aproveite para desenvolver a indiferença (ou seria fleugma?) britânica ante a água que cai do céu.

Sabendo disso, o inverno não parece tão feio, já que o termômetro raramente chega a zero e a intensidade de chuvas não aumenta.

E o verão não tem contra-indicações: você faz mais coisas na rua e dificilmente passa calor. Com exceção das über-atrações turísticas, como Palácio de Buckingham, LondonEye e Tower Bridge, não há filas absurdas (os museus, gratuitos, são bico para entrar).

Como chegar?

A British Airways voa direto de São Paulo e do Rio; a TAM, direto de São Paulo. Todas as outras cias. européias levam a Londres com uma conexão.

Chegue de trem se você vier de Paris ou Bruxelas (2h20 de viagem pelo Eurostar). Vindo de outros pontos da Europa, é melhor pegar o avião. Tente incluir escala em Londres na sua passagem transatlântica.

Onde ficar

Londres tem hotéis espalhados pela cidade inteira. Perto de estações, como Victoria e Paddington, há bolsões de hoteizinhos e bed & breakfasts em que a concorrência faz o preço baixar.

Duas áreas especialmente agradáveis, e com hotéis em conta, são South Kensington (perto do metrô Earl’s Court) e Bloomsbury (mais central). Se é para ficar perto de estação, eu ficaria em Euston, nas proximidades de King’s Cross/St. Pancras (a estação do Eurostar).

Quem quer turistar menos e curtir mais East London pode ficar em Shoreditch na boa.

Daqui pra onde

Cambridge está a 50 min. de trem; Oxford, a uma hora. Num dia bonito – e se você tiver tempo sobrando – vale fazer um passeio a Brighton, (1h10), a praia mais próxima.

As termas romanas de Bath estão a 1h30 de trem. Para ir a Stonehenge você precisa ir de trem a Salisbury (1h30) e então pegar o ônibus local. Há tours que conseguem fazer Bath e Salisbury no mesmo dia.

A bela Edimburgo, na Escócia, está a 4h de trem, e dá boa continuação de viagem. Tendo coragem de dirigir na mão inglesa, há roteiros belíssimos para fazer nas ilhas britânicas – as Highlands na Escócia, as Cotswolds no sul da Inglaterra, o interior da Irlanda.

Londres no Viaje na Viagem

142 comentários

Marcia duarte sejopoles

Ficamos em londres no periodo de 27/12 a 02/01 e gostaria de deixar minhas impressoes. Ficamos no hotel st pancras renassence excelente por sinal e ja deixei os comentarios no post sobre hoteis. A cidade eh linda super organizada limpa e segura. Vale a pena aproveitar a sua historia e museus. Em relacao a comprax eh super caro. Gostaria de recomendar os servicos da guia beatriz leal do site bem em londrs. Fizemos um city tour com ela excelente que valeu super a pena. Ela eh um amor de pessoa e nos da uma visao otima da historia da cidade. Ela tem outros roteiros alem do city tour que tambem podem ser combinados pelo site dela max nao tivemos tempo. Recomendo muito fazerm um dia o passeio a greenwich tb vale a pena e pode se ir de metro tranquilamente. Usamos bastante o metro e comprei o oyster com passe de 7 dias para as zonas 1 e 2 conforme li em outros posts.
So tivemos um dissabor que foi a contratacao dos servicos da firm vip turismo, combinei por email de irem nos buscar na nossa chegada no aeroporto e ninguem estava la. Qdo chegamos ao hotel o sr anderson nos contactou que estava no aeroporto e que se desncontrou de nos. Ate ai tudo bem. Ja havia combinado um city tour com eles no dia seguine no valor de 300 libras. Porem foi um desastre! O sr anderson nao eh um guia e sim um motorista nao explicava nada e respondia de forma laconica as nossas perguntas e nao fazia a menor questao de interagir com a nossa familia de pessoas. Por fim meu filho esqueceu os oculos dele no carro. Imediatmente contactei o andersone como iriamos ficaf uma semana na cidade pedi para qdo pudesse deixar o oculos no hotel. Qual nao foi a minha surpresa qdo depois de alguns dias apos contato com ele lembrando do oculos o sr anderson disse que se nos fizessemos o translado com a sua firma eles entregariam no dia do transport para o aeroporto ou se nao ele so poderia me entregar os oculos se pagassemos 60 libras!! Uma verdadeira extorsao tendo em vista que tinhamos dado 30 libras de gorgeta alem das 300 por um pessimo servico. Depois de algum tempo acho que ele caiu em si e disse que um colega iria a st pamcras pegar alguns clientes e deixaria os oculos na recepcao. E assim foi feito. Mas fica o aviso ano usemos sevicos de vip turismo nem dom" guia" Anderson. A maior arapuca.

Katia Cintra Sacramento

Boa tarde,pretendo ir à Londres no final de Setembro,só que jamais viajei a qualquer lugar fora do Rio de Janeiro,muito menos para fora do país.Minha filha vai assistir ao show do One Direction no Arena 2 em Londres no dia 29/09/2015.O que eu realmente preciso é me situar com passaporte,passagens(de preferencia baratas),hotel próximo ao estadio,quanto levar em dinheiro para mim e minha filha.No caso do hotel a acomodação tem de ser para três,já que uma amiga de minha filha vai também.O mais importante é que você me diga qual o melhor lugar para conexão,já que sei que na Espanha é complicado e Estados Unidos nem pensar.Desde de já agradeço sua atenção,abraços.Kátia

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Katia! Estando com todos os documentos em ordem, você pode fazer conexão em qualquer cidade da Europa. Há vôos diretos saindo do Rio, também.

Cadu
CaduPermalinkResponder

Já montei meu roteiro com base nas dicas do VNV. Muito útil!!!! Chego no dia 20/3 em Londres, e vou direto para Manchester com meu filho assistir a um jogo do Manchester City. Qual é a melhor opção de transporte? Muito obrigado pela ajuda!
abraços, Cadu

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cadu! Veja horários e compre passagem o quanto antes em http://www.thetrainline.com . O ideal era dormir a primeira noite em Londres, porque coordenar chegada de avião com traslado até estação e horário de trem é bastante complicado. Você arrisca ou perder o trem ou tomar um chá de cadeira na estação, dependendo do intervalo escolhido e dos percalços da viagem.

Cadu
CaduPermalinkResponder

Muito obrigado pela pronta resposta, e pela dica da Train Line, vamos usar o trem... Sei que pode ser cansativo, mas os trens saem a cada 20 minutos, acho que dá para conjugar... Se realmente formos direto à Manchester, evitamos o custo de uma diária em Londres. Fechei um pacote em Manchester com duas noites e ingressos para o Jogo que será realizado no dia 21(no dia seguinte à nossa chegada). Do Heathrow até a estação de saída do trem, qual seria o melhor transporte? E qual seria a estação mais adequada para embarque para Manchester? Muito obrigado!!!!!!!! Abraços!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cadu! No http://www.thetrainline.com vai aparecer a estação de onde sai o trem. Note que se você deixar para comprar na hora, vai pagar a tarifa cheia. Se comprar com antecedência e não conseguir embarcar naquele exato horário comprado, perderá a passagem.

Veja como se deslocar dos aeroportos:
http://www.viajenaviagem.com/2012/11/chegando-em-londres-transporte-depara-seus-5-aeroportos

Familiarize-se também com a ferramenta da TFL:
https://www.tfl.gov.uk/plan-a-journey/

Giselle
GisellePermalinkResponder

Olá boa noite! Estou indo p Londres no carnaval com minha filha de 13 anos e gostaria de uma dica de hotel para ficar perto do Queen's Theatre ja que quero assistir ao espetaculo e voltar a noite a pe e com seguranca p o hotel. Vcs poderiam me indicar algum? Obrigada. Giselle

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Giselle! O Thristle Piccadilly fica a uma quadra.

Sergio
SergioPermalinkResponder

Boa noite, estarei indo para Londres agora em Fevereiro com minha esposa. Pretendemos conhecer os principais pontos turísticos em 5 dias e queríamos um hotel numa região que seja tranquila de locomoção para estes passeios mas que nos possibilite sair a pé para jantar a noite. Poderia nos ajudar com a sugestão? Tentamos ler as opiniões mas há muita divergência e com as diferentes zonas do metrô ficamos na dúvida do que facilitaria mais nosso dia a dia.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sergio! Dê uma olhadinha no tópico "Onde ficar?"

Depois leia:
http://www.viajenaviagem.com/2011/02/hoteis-em-londres-o-relato-dos-leitores

caroline
carolinePermalinkResponder

Ola, pode me ajudar? Volto de Londres para Paris pela Cityjet, franquia bagagem 23 kg (sistema low cost). No entanto, no site não há indicação do limite das dimensões da mala a ser despachada. Vocês sabem dizer?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Caroline! Para malas despachadas nunca há restrição de tamanho de mala, só de peso mesmo. REcomendamos usar uma mala tamanho M com 65 cm de altura.

Mário
MárioPermalinkResponder

Qual é o meio mais prático, partindo de Londres, para se ir a Greenwich?
Agradeço desde já.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mário! Indo de barco, o próprio traslado já é um programa - http://www.viajenaviagem.com/2011/06/5-programas-legais-em-east-london

ricardo araujo dias

olá Ricardo .vou viajar para a italia em agosto, entre os dias 7 e 15. depois que fechei o pacote para Itália, decidi conhecer Londres e por inexperiência minha ( essa é a minha primeira viagem internacional ), optei por comprar uma nova passagem entre o brasil e a Inglaterra entre os dias 18 e 25 de agosto. gostaria de saber se existe algum impedimento de não poder entrar na Inglaterra pois o intervalo de uma viagem e outra é de apenas 2 dias. desde já agrdeço

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ricardo! Quem responde é a Bóia. Não há nenhum problema.

monica
monicaPermalinkResponder

Olá, baseada nas informações da Jackie , gostaria de saber se no período em que The Beatles' Chidhood Homes estiverem fechados para visitação, só será admitida a visitação a partir do dia 25/02 , vale a pena fazer o passeio da National Trust e na parte da tarde o passeio do Magical Mystery Tour, uma vez que na National Trust pode-se entrar nas casas e como elas estarão fechadas, essa visitação não poderá acontecer.O restante do passeio da National se assemelha ao do Magical Mystery Tour?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Monica! Você pode falar com a Jackie no blog dela:

http://www.viajesim.com/2011/03/como-ir-liverpool.html

LUCIANE
LUCIANEPermalinkResponder

Olá gostaria de saber quero ir a portugal porto començando tenho 15 dias de ferias da pra ir em qual paises perto que se vantajoso de eu ir vc pode me indicar em quanto dias eu fico em cada pais

Emilia
EmiliaPermalinkResponder

Bóia, pode me passar um roteiro Londres Escócia Irlanda por favor? Sei que vcs têm mas não estou achando. Pretendemos viajar em maio. Depois vou perguntando aos poucos o resto, tipo trocar moedas, etc.
Obrigada!

Emanueli
EmanueliPermalinkResponder

Bom dia,
gostaria de uma dica de empresas que fazem passeios em Londres, vamos passar apenas 2 dias e gostaria de ser acompanhada por alguma empresa também para fazer o transfer, aeroporto- hotel.
Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Emanuel! Aqui você tem dicas de como ir por conta própria dos aeroportos:
http://www.viajenaviagem.com/2012/11/chegando-em-londres-transporte-depara-seus-5-aeroportos

Sabrina
SabrinaPermalinkResponder

Londres é exemplo em organização e também estampa um ar de seriedade, consegue ser bela ao mesmo tempo em que se abstém de tanta pompa optando pela discrição e, como você citou, possui um multiculturalismo visível. Alguns momentos da minha viagem relatei aqui:
http://www.liveforexperiences.blogspot.com.br/
Um passeio que foi rápido, mas permitiu conhecer um pouco da cidade e do jeito de ser londrino.

Juliana
JulianaPermalinkResponder

Fiz um roteiro bacana de 2 dias saindo de Londres que pode tambem ser divido em duas opcoes de bate-e-volta: Castelo Leeds, Canterbury, Dover e Hastings.

Seguem os link para os relatos, dicas e fotos no World, Surprise me:

- Roteiro completo: http://world-surpriseme.blogspot.com/2015/01/canterbury-dover-e-hastings.html

- Potencial bate-volta: http://world-surpriseme.blogspot.com/2015/01/castelo-leeds-inglaterra.html

Bruno
BrunoPermalinkResponder

Chegarei, em maio, à Londres vindo de Bruxelas (o trem para na estação St Pancras). De Londres retornarei ao Brasil. Preocupo-me muito em chegar de trem com malas para ter que pegar taxi ou metrô para chegar ao hotel. É uma boa opção ficar em algum bom hotel proximo à estação St Pancras? É uma região distante das áreas mais turísticas (big ben, parlamento, london eye)? Dessa estação para o aeroporto há linha de metrô? Agradeço a atenção

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Bruno! É central. Leia a seção "Onde ficar", logo acima.

Leia também:
http://www.viajenaviagem.com/2012/11/chegando-em-londres-transporte-depara-seus-5-aeroportos

Maria das Graças

Bruno, é uma ótima opção sim. E em frente a estação Saint Pancras tem o hotel Premier Inn Saint Pancras onde fiquei por 3 noites agora em janeiro, vindo de Bruxelas, de passagem para Leeds, no norte do País. É um hotel de rede que nos atendeu plenamente. Quarto amplo com uma cama de casal grande e uma cama de solteiro. Atendimento cordial, café da manhã incluído na diária e excelente para um hotel dessa categoria. Mas no quarto não tem cofre e nem telefone o que não me fez a menor falta.
Do lado da estação Saint Pancras está a estação King's Cross com trem e várias linhas de metro até para o Aeroporto Heathrow.

Beatriz
BeatrizPermalinkResponder

Oi!!!!
Eu e meu marido faremos um intercâmbio em Londres no período de 02 de maio a 28 de junho de 2015. A escola em que faremos o curso será a Embassy, a qual possui duas unidades na cidade: uma no centro e outra em Greenwich. O nosso objetivo com essa viagem é praticar o inglês, mas principalmente fazer turismo em Londres, bem como nas cidades e até países vizinhos. Mas estamos com uma grande dúvida quanto a nossa hospedagem, já que procuramos um local com bom preço, mas que facilite nossa locomoção para os passeios e seja prático para ir à escola… Nos sugeriram que ficássemos nas acomodações da própria Embassy em Greenwich.. Você acha que essa opção é melhor que tentar alugar algo mais central e estrudar na Embassy do Centro?

Nós não conhecemos Londres e nosso inglês é muito ruim…
Nos ajude!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Mariana
MarianaPermalinkResponder

se vc tem grana pra bancar, fique na do centro, lógico!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Beatriz! Greenwich é um lugar encantador, porém é bastante contramão para turistar em Londres nas horas vagas.

Atenção: perguntas que já estejam respondidas no texto e comentários ofensivos ou em maiúsculas serão deletados.

Cancelar