Transporte em Paris: Navigo x ticket t+ x Mobilis x Paris Visite

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Transporte em Paris

Paris: comparação de passes de transporte

Qual o melhor passe de transporte para usar em Paris?

Desde o fim de 2015, o cartão Navigo Découverte passou a ser, na ponta do lápis, o mais vantajoso (mas é preciso prestar atenção às pegadinhas).

Se os dias de permanência não casarem com os de validade do Navigo, eu uso o descomplicado ticket t+ (que fica mais barato ao comprar múltiplos de 10). Daí, no dia em que for preciso ir a Versalhes ou à Disneyland Paris, dá para comprar um passe Mobilis para o dia.

Mas se for praticidade o que você quer, o Paris Visite pode ser o seu passe ideal.

Neste post você vai ver a comparação entre todos os passes. Se preferir, pode clicar para ir direto ao tópico desejado:

Atenção: não podemos fazer conta por você

Todos os dias surgem na caixa de comentários inúmeros pedidos de pitacos sobre qual passe ou combinação de passes é melhor para cada viagem. Parece um pedido simples, mas infelizmente não podemos atender: são muitos, e combinados com todos os outros pedidos aparentemente simples que recebemos todos os dias em todos os posts (são mais de 5.000 posts), não temos como atender.

Neste post (e em vários outros) você encontra todas as informações necessárias para fazer sua escolha. Basta um pouco de paciência e uma calculadora. Obrigado!

Navigo DécouverteO que é: um cartão com foto para uso ilimitado de transporte público, carregável com passes de 1 semana ou 1 mês. Era o que se chamava na outra encarnação de "carte orange". A versão "Découverte" é para turistas; os residentes têm seu próprio Navigo. Vale no metrô, no RER, no ônibus e no bonde.

Quanto custa: o cartão custa 5 euros, que entra como custo inicial. Desde setembro de 2015, o Navigo Découverte vale para todas as 5 zonas. O passe semanal custa 22,80 euros; o passe mensal, 75,20 euros. Tarifas conferidas em outubro/2018.

Onde comprar: nos guichês do metrô e estações RER, e também em quiosques, cafés e tabacs autorizados. É preciso levar uma foto 3x4.

Vantagem: um bilhete único para todos os transportes, bem mais barato que o Mobilis e superior ao ticket t+ por dar direito às 5 zonas (incluindo Versailles e Disneyland Paris) e todas as baldeações (incluindo as que o t+ não permite, como RER/metrô e metrô/ônibus). Bate também o Paris Visite para quem chega pelo aeroporto CDG (o trajeto de RER é incluído; faça seu passe no guichê da estação do RER).

Desvantagem: O início da validade de cada passe é um problema: o passe semanal vale rigorosamente da segunda ao domingo; se você fizer na quarta-feira, já terá perdido dois dias. (O passe mensal tem validade estrita do dia 1º ao último dia do mês.) O monotrilho Orlyval, que leva do aeroporto Orly ao RER, não está incluído (seriam 12,05 euros extras). É preciso levar foto 3x4 para fazer o passe. O valor do cartão (5 euros) não é reembolsável.

Navigo Découverte x Carnet 10 Voyages x Mobilis? O investimento mínimo no Carnet 10 Voyages é de 14,90 euros, válido por 10 viagens. O investimento mínimo no Navigo Découverte é de 27,80 euros. O Navigo Découverte é mais interessante que o Carnet 10 Voyages se você fizer 19 viagens de metrô ou RER na zona 1 -- ou 11 viagens de metrô ou RER na zona 1 + um passeio a Versailles (economizando um Mobilis de 12,40 euros), ou ainda 7 viagens de metrô ou RER na zona 1 + um passeio à Disneyland Paris (economizando um Mobilis de 17,80 euros). Se for a Versailles e à Disneyland Paris na mesma semana (entre segunda e domingo), já é o passe mais vantajoso e os demais dias de metrô e RER sairão de graça.

Recomendado: para pessoas organizadas, que cheguem no comecinho da semana (ou do mês, caso estejam interessadas no passe mensal).

Site oficial: aqui.

Ticket t+ ("carnet 10 voyages")

Ticket T+O que é: bilhetes de transporte público que podem ser comprados avulsos ou em múltiplos de 10 (neste caso, o apelido é "carnet 10 voyages").

Quanto custa: o bilhete avulso custa 1,90 euro; o carnet 10 voyages sai 14,90 euros (1,49 euro por viagem). Tarifas conferidas em outubro/2018.

Onde comprar: nos caixas de auto-atendimento ou nos guichês do metrô, ônibus e estações RER.

Vantagem: a praticidade. Você compra de 10 em 10 tickets, e usa à medida que precisar, sem ter que fazer contas ou se preocupar com a validade. O "carnê" não tem titularidade, e os bilhetes podem ser dividido com mais pessoas. O preço é vantajoso. Os bilhetes servem para metrô, ônibus, tram e RER zona 1. São permitidas conexões dentro de um período de 2 horas entre a primeira e a última validação nas combinações entre metrô/metrô, metrô/RER e RER/RER (zona 1) sem pagar um segundo bilhete. Entre ônibus/ônibus, ônibus/tram e tram/tram, o bilhete vale por 1h30 entre a primeira e a última validação. (Pegadinha: não é possível fazer conexões entre metrô/RER e ônibus/tram.)

Desvantagem: não dá direito a aeroportos (o Orly fica na zona 3; o aeroporto Charles de Gaulle, na zona 5), nem a Versailles (zona 4), nem a Disneyland Paris (zona 5).

Sugestão: nos dias em que seu itinerário envolver aeroportos, Versailles ou Disney, compre um Mobilis (veja abaixo).

Site oficial: aqui.

Mobilis

MobilisO que é: Um passe de transporte com validade de um dia (da 0h à meia-noite do dia em que é utilizado).

Quanto custa: 7,50 euros para as zonas 1-2; 10 euros até a zona 3; 12,40 euros até a zona 4 (Versalhes); 17,80 euros até a zona 5 (Disneyland Paris). Tarifas conferidas em outubro/2018.

Onde comprar: nos caixas de auto-atendimento ou nos guichês do metrô, ônibus e estações RER.

Vantagem: por uma besteirinha a mais que o preço de uma passagem ida e volta (billet origine-destination) a Versalhes ou à Disneyland Paris, inclui também todos os deslocamentos dentro de Paris que você precisar no mesmo dia.

Desvantagem: não inclui o monotrilho Orlyval em Orly (12,05 euros extras) nem o RER até o aeroporto CDG (uma exceção talhada sob medida para empurrar o Paris Visite aos turistas). Tarifa conferida em outubro/2018.

Site oficial: aqui.

Paris Visite

Paris VisiteO que é: um passe para uso ilimitado de transporte público, válido por até 5 dias consecutivos. Os dias são estanques: começam à meia-noite e terminam à meia-noite.

Quanto custa: a versão mais vantajosa, válida entre as zonas 1 e 5, custa 27,80 euros para 1 dia, 42,20 euros para 2 dias, 59,20 euros para 3 dias e 72,40 euros para 5 dias. Crianças pagam metade. Veja todos os preços aqui. Tarifas conferidas em outubro/2018.

Onde comprar: nos caixas de auto-atendimento ou nos guichês do metrô, ônibus e estações RER.

Vantagem: um bilhete único para todos os transportes, incluindo aeroportos, Versailles, Disney e s linhas Transisilien (desde que compre a versão válidas para zonas 1 a 5). Inclui o Orlyval, o monotrilho de Orly ao RER. Crianças têm 50% de desconto.

Desvantagem: a contagem de dias desfavorece quem chega a Paris à noite. Não inclui ônibus nem tram. Requer bastante uso para valer a pena na ponta do lápis.

A considerar: o táxi de Orly sai entre 30 e 35 euros; o de CDG, entre 50 e 60 euros (por carro, não por pessoa), e entrega você no seu hotel, sem precisar carregar mala em escada do metrô nem achar o caminho entre a estação e o hotel.

Recomendado: basicamente para quem quer usar transporte público entre os aeroportos e o hotel. Para quem viaja com criança também pode ser interessante.

Site oficial: aqui.

Paris Pass

Paris PassO que é: idéia marqueteira de um espertalhão que resolveu juntar todos os passes disponíveis e empacotar para o freguês. Combina o Paris Visite com o Paris Museum Pass, e dá ainda um dia de perambulância com o hop-on hop-off Big Bus e mais sete atrações grátis (bâteaux-mouches, museu de cera Grévin e Torre Montparnasse entre elas).

Quanto custa: 244 euros a versão para 6 dias; 196 euros a versão para 4 dias; 165 euros a versão para 3 dias; 131 euros a versão para 2 dias.

Onde comprar: pela internet. É possível receber em casa, pelo correio (pagando a postagem, e se sujeitando à lentidão do correio brazuca) ou retirar no Paris Pass Desk (74 rue de Cléry; metrô: Strasboug-St.Denis).

Vantagem: (quase) tudo num pacote só e, pra quem gosta, tem o ônibus hop-on hop-off.

Desvantagem: a versão do passe de transporte Paris Visite que está incluída no pacote dá direito apenas à zona central 1-3; aeroportos, Versailles e Disneyland Paris são à parte. Não é barato. (E se você não se dedicar a aproveitar, vai jogar dinheiro fora.)

Recomendado: pra falar a verdade, a gente não recomenda não; é um passe meio pega-turista. Mas se você curte hop-on hop-off e questão de bâteau-mouche... faça suas contas, pode ser que valha a pena.

Site oficial: aqui.

Leia mais:

523 comentários

Carlos Eduardo Gomes de Sá

Chego em Paris mais cinco adultos em janeiro de 2020. Do aeroporto para o hotel em Vincennes, o melhor é Ulber, Táxi, transporte privado ou transporte público?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carlos! O "melhor" transporte sempre é táxi.

Se você quer economizar, então há as outras opções, a gente explica todas elas, mas nunca vai ser "melhor" você arrastar mala no metrô e se virar para achar o endereço do hotel do que ser deixado de táxi na porta.

Veja:
https://www.viajenaviagem.com/2013/02/paris-chegada-aeroporto-cdg-orly-beauvais-vatry/

GIOVANA FLAVIA ZULATO

Olá, vou chegar a Paris no sábado a tarde. Pelo que vi o Navigo Découverte vale de domingo a segunda. Se eu comprá-lo no sábado ele terá validade de somente um dia, então não achei que vale a pena. Fora ele, qual você acha que valeria mais a pena? Ficarei de sábado a noite a quinta pela manhã. Muito obrigada pela dica, adoro seus posts.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Giovana! O Navigo vale de segunda a domingo, você deve ter lido errado em outro lugar, porque aqui neste post está a validade certa. Um Navigo que você comprar no sábado só será aceito pela catraca na segunda-feira. Leia sobre ticket t+ e Mobilis.

cristina
cristinaPermalinkResponder

Boa tarde.

Estou indo a Paris com minha mãe de 73 anos, e fica inviável andarmos de metro ou ônibus, qual a média de UBER ou taxi lá? Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cristina! Táxi é bastante difícil de conseguir, e Uber você pode estimar no seu próprio aplicativo, mudando a origem da corrida. Mas é bastante caro também. Quando você chegar à Europa, se surpreenderá como é uma sociedade com uma grande proporção de idosos, que estão por toda a parte, inclusive usando transporte público. Nenhum francês vai achar que aos 73 anos alguém está velho demais para andar de metrô. Se fosse 90...

Jamille
JamillePermalinkResponder

Chegarei no domingo, entao acho que o navigo nao compensaria, ja que eu perderia todos os dias ne? Chego no domingo e vou embora na quarta. Eu to mt perdida em relacao a isso

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Jamille! O Navigo funcionaria na segunda, terça e quarta. Se você não for a Versailles ou à Disney, não valerá a pena.

Isabel
IsabelPermalinkResponder

Boa tarde. Chegarei em Paris no dia 15.09 (domingo). Posso fazer o Navigo Découverte ja no aeroporto? Ficarei em Paris ate o dia 18.09 e irei a Versalhes também.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Isabel! Em CDG, sim. Em Orly, não.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar