Enquete | Mendoza: você despachou ou trouxe a bordo os seus vinhos?

Mariana Amaral
por Mariana Amaral

mendoza dicas trazer vinhos

'Você está levando vinhos na mala? Quantas garrafas? Como acomodou?'. No aeroporto de Mendoza, um fiscal da Aerolíneas Argentinas perguntava a mesma coisa para cada passageiro na fila do check-in. Quando chegou a minha vez, respondi que havia embrulhado em plástico-bolha e colocado entre as minhas roupas. Eram quatro garrafas de vinho, uma meia-garrafa, e toda a torcida para que chegassem em casa sem tingir minhas camisetas de vermelho. 'Você podia ter trazido como bagagem de mão', ele disse.

Ué, mas não era proibido levar frascos de mais de 100 ml a bordo de voos internacionais? A não ser que fossem produtos comprados no duty free?

Acabei descobrindo que as Aerolíneas Argentinas e a Gol deixam que o passageiro traga, na bagagem de mão, até 5 litros de vinho, que são o mesmo que 6 garrafas. Também permitem que as garrafas sejam despachadas, mas não se responsabilizam caso quebrem no transporte. Podem ser vinhos comprados em qualquer loja ou vinícola, desde que industrializados.

Já a Latam diz, no site e no call center, que as garrafas devem ser despachadas, apenas. É permitido despachar até 24 garrafas (mas lembre-se de que a Receita Federal só permite trazer até 16 garrafas sem pagar imposto -- desde que estejam dentro do limite de US$ 500 para compras no exterior). A bordo, como bagagem de mão, só são liberadas garrafas compradas no duty free.

Conta pra gente: como você trouxe os vinhos que comprou de Mendoza, e com qual cia. aérea viajou? Embarcou com as garrafas na bagagem de mão, ou preferiu despachar? Pôs dentro da mala, ou trasportou numa caixa? Que técnica usou para as garrafas não quebrarem? Por favor, não me diga que quebraram...

Aproveite e dê uma passadinha no nosso novíssimo guia de Mendoza, com muitas dicas para você programar a sua próxima viagem!

Mais enquetes:

65 comentários

Marina
MarinaPermalinkResponder

Eu trouxe de buenos aires cerveja patagônia ao invés de vinho, não fiz nenhum arranjo especial, enfiei dentro da mala dois minutos antes de despachar e as orações para não chegar com as roupas manchadas de cerveja deram certos. Mas a mala tava estufada, cabia mais nada.

Ygor Lima
Ygor LimaPermalinkResponder

Mariana ,

Valeu pela super dica !

Passei com todos os meus vinhos, tava com muito medo porque já tava com o peso das malas no limite!

Grande abraço

Débora
DéboraPermalinkResponder

Voltei ontem de mendoza pela Latam, é permitido até 6 garrafas de vinho por passageiro na bagagem de mão (pode ser a própria caixa dos vinhos). Me informaram que a gol também permite.

Alessandra Salgado

Em Maio/2018, viajamos de Santiago para São Paulo, pela Gol.
Eu com três garrafas de vinho e uma de pisco sour. Enquanto o meu marido, trouxe quatro garrafas de vinho e uma de pisco sour. Tudo na mala de mão.
As bebidas foram compradas em supermercados de Santiago.

Clarissa
ClarissaPermalinkResponder

Valeu Débora!

Maria
MariaPermalinkResponder

Nunca fui pra Mendoza, mas sempre trago vinhos na mala em quase todas as minhas viagens. Como nem sempre dá para enrolar em plástico bolha, o que faço é colocar nos saquinhos de lavanderia do hotel e depois enrolo bem enroladinho em roupas sujas. Nunca quebrou nada, mas se quebrar, vaza no saquinho. Ah, e sempre peça a tag de frágil para mala no guichê de check in.

José Almeida
José AlmeidaPermalinkResponder

Nunca fui à Mendoza (entrei aqui para pesquisar sobre), mas SEMPRE trouxe bebidas do exterior, principalmente vinho e pisco, mas também algumas cervejas. Em todos, a técnica foi simplesmente enrolar cada uma das garrafas em pelo menos uma peça de roupa e tomar o cuidado de deixar uma camada de roupa abaixo e acima, para evitar os impactos na mala. Nunca perdi uma garrafa de vinho, ou pisco. Meus recordes foram 8 garrafas de vinho na primeira vez que fui à Buenos Aires/Argentina e 10 garrafas de pisco de Santiago/Chile. Para não só contar vantagens, perdi UMA garrafa longneck da cerveja Balashi de Aruba, mas porque o líquido vazou pela tampa, que visualmente estava fechada, mas estava dando passagem.
Ah, em todos os casos, foram despachadas.

Michelle
MichellePermalinkResponder

A Gol permite 6 garrafas por pessoa na bagagem de mão e a outras eu trouxe parte numa caixa de papelão com isopor por dentro e outras na mala despachada embaladas em plástico bolha.

Sheila Honda Suarez

Em maio/2018 eu e meu marido fomos para Buenos Aires, trouxemos 8 garrafas todas despachadas na mala, embrulhamos com fralda rsrs não encontramos plástico bolha, o bom da fralda é que caso a garrafa se quebre ela absorve um pouco do estrago.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar