pesos chilenos

O que é melhor levar para o Chile: dólares ou reais?

O conteúdo deste post está desatualizado. Por favor, leia o conteúdo atualizado aqui:

Leia mais:

105 comentários

Bom dia.
Estarei indo para Santiago no dia 07/03. Estão inclusos no meu pacote de CVC aéreo, translado e hotel. Alguem saberia me dizer se, mesmo estando incluso a hospedagem no meu pacote, eu teria que pagar esse imposto de 19% ?
Obrigado

    Olá, Guilherme! Recomendamos entrar em contato com a CVC. Não sabemos dizer se o imposto será cobrado ou não no pacote.

Boa Noite!! Estou indo para Santiago na semana do carnaval…tenho alguns euros guardados…é melhor levá-los e trocar por pesos ou é melhor troca-los no Brasil? Vou ter que usá-los…

Eu escrevi um texto sobre isso esses dias.
https://medium.com/p/como-perder-menos-dinheiro-viajando-f3d1572e75ed
Nele há inclusive um link para baixar uma tabela que faz todas as conversões automaticamente, dando a melhor opção de conversão na ida e na volta. Funciona para outras moedas também!

    Muito boa a sua planilha, Alexandre! Obrigado por compartilhar.

    Caro Bóia, sem querer ser chato (mas já sendo), e embora tenha me esforçado para entender a sua explicação, também fiquei com a mesma impressão da Luciana e do José. Veja bem:

    a) De acordo com a fórmula:
    a1 – Se o resultado for maior do que a cotação do dólar no Brasil, leve reais;
    a2 – Se o resultado for menor do que a cotação do dólar no Brasil, leve dólares.

    b) De acordo com o exemplo:
    b1 – Se você conseguir comprar dólar no Brasil abaixo de R$ 2,69 (hipotético), vale a pena levar dólar;
    b2 – Se o dólar estiver mais caro do que isso, vale a pena levar real.

    Se considerarmos que b1 [conseguir comprar dólar no Brasil abaixo de R$ 2,69] é a mesma situação do a1 [o resultado (R$ 2,69) for maior do que a cotação do dólar no Brasil, há inconsistência entre a recomendação da fórmula [leve reais] e a recomendação do exemplo [vale a pena levar dólar].

    Não sou expert nem em matemática nem em finanças, mas realmente estou confuso rsrs

    Abraços e muito bom o blog.

Vou para Santiago dia 06/02. Pretendo levar Reais apenas para uma emergência, algo em torno de R$ 300,00 e fazer minhas compras com cartão de crédito. Pretendo também usar o meu cartão do banco para sacar pesos para as pequenas despesas, como metrô e taxi. Vou ficar apenas 5 dias e não quero correr o risco de perder tempo procurando uma boa cotação nas casas de câmbio. Você acha que esse meu plano está bom?

Ricardo !

Excelente post !!! Primeiro post REALMENTE esclarecedor…pronto já sanei minhas duvidas sobre que moeda levar para o Chile !

Li alguns comentários sobre o Carnaval (quando vou), realmente há essa enxurrada de reais nas casas de cambio? Mesmo agora que o dolar está desvalorizando frente ao Real.

    Oi Marcelo. No Carnaval poderia haver um pequeno ajuste do preço de compra para baixo, mas nada comparável ao que ocorreu entre final de dezembro/janeiro. Fevereiro é tradicionalmente o mês que os Chilenos mais saem de férias, Santiago fica bem vazio, pois as aulas só começam em Março. Muito chilenos vão ao Brasil nessa época, então há um equilibrio maior na oferta/demanda de Reais. Acredito que vai continuar sendo vantajoso trazer Reais no Carnaval, mas sempre com a pegadinha, não trocar no aeroporto, shoppings e evitar realizar a troca no fim de semana. A melhor opção de casas de câmbio será sempre na rua Agustinas, no Centro, entre o Paseo Ahumada e a rua Bandera. Mas também há alternativas boas em Providencia e Las Condes.

Ola Boia, realmente levar dolar é melhor. Estive em Santiago em Dezembro e a cotaçao do dolar/peso estava melhor.
Também fugi das taxas dos hoteis pagando em dolar ou cartao de crédito. Sai bem mais barato.

    Oi Thais. Atualmente está valendo a pena trazer Reais, exceto se você conseguir comprar dólares no Brasil por menos de 2,63.

Ótima reportagem! Obrigada!
Só uma questão: a fórmula do quadro comparativo para decidir entre dólar e real, não está invertida? De acordo com o exemplo dado seria:
Se o resultado for maior do que a cotação do dólar no Brasil, leve dólares
Se o resultado for menor do que a cotação do dólar no Brasil, leve reais
Abraços

    Olá, Luciana! A conta revela quanto “custa”, em reais, o dólar trocado em Santiago. A conta é essa mesma.

    Luciana, também tive esta impressão. Peguei os valores de compra do USD e R$ de 28/01/15 do Câmbio Santiago versus cotação de venda de dólares turismo no Brasil pela Reuters:

    Câmbio Santiago: 622 compra USD e 242 compra Reais (2,57R$/USD)

    Reuters Câmbio Turismo no Brasil : 2,68 venda USD + 0,38% IOF = 2,78 R$/USD (pegadinha: valor pode ser ainda maior se houver outras despesas nesta operação de câmbio).

    Neste exemplo prático, o valor de aquisição do USD que tive no Brasil foi R$2,78 por USD1,00. Na compra de pesos em Santiago, a cotação relativa seria R$2,57 por USD1,00.

    Para concluir, sem dúvidas, se é melhor levar reais ou dólares para fazer o câmbio por pesos chilenos: se você comprasse USD1.000,00 pagaria R$2.780,00 no Brasil. No Chile, estes USD1.000,00 comprariam 622.000 pesos chilenos, enquanto os R$2.780,00 comprariam 672.760 pesos chilenos, portanto, melhor levar reais no exemplo.

    Concluindo sobre qual moeda é melhor levar:
    a. pelo texto:
    1. Divida a cotação de compra do dólar pela cotação de compra do real (2,57R$/USD no exemplo)
    2. Se o resultado for maior do que a cotação do dólar no Brasil, leve reais
    3. Se o resultado for menor do que a cotação do dólar no Brasil (2,78 R$/USD), leve dólares
    b. com correção do equivoco seria:
    2. Se o resultado for maior do que a cotação do dólar no Brasil, leve dólares
    3. Se o resultado for menor do que a cotação do dólar no Brasil (2,78 R$/USD), leve reais

    Luciana, salvo algum equívoco seu e meu, seu raciocínio está correto.

    Pegadinha 1) pagamento do hotel – alternativas: pagar previamente no Brasil (minha preferida) ou levar cartão de crédito internacional ou levar dólares para fazer este pagamento, se não, você morre nos quase 20% de imposto sobre a despesa hoteleira.

    Pegadinha 2) flutuações no câmbio (como no Carnaval, com a inundação provável de reais) podem inverter sua chave de decisão de que moeda levar, assim, pra ter segurança, você precisaria levar dólares e reais. Resultado disto é levar muito dinheiro: problema de perda, furto, roubo e de declaração de porte de valores maior de R$10.000,00 para Receita Federal.

    Também achei estranha a conta inicial, tendo em vista que um cálculo fácil seria simplesmente fingir comprar um dólar aqui no Brasil e ver quantos pesos conseguiriamos comprar com a mesma quantidade de reais utilizada pra comprar o dólar. Depois, verificar quantos pesos compraríamos com esse dólar. Simples.

    Melhor explicação de todas. As pessoas têm muita dificuldade de simplificar as coisas.

    Faltaram meus agradecimentos ao Helbert, Neftalí e Bóia pela excelente reportagem e idéia genial de fazer uma chave de decisões de que moeda levar!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.