De Interlaken ao Top of Europe, pela Jungfraubahn 1

De Interlaken ao Top of Europe, pela Jungfraubahn

Jungfraujoch: Top of Europe

Uma semana depois de ter passado por rapidamente Interlaken, voltei. Não podia seguir viagem sem ver como é aquele que talvez seja o lerê mais importante da Suíça: a subida ao chamado Topo da Europa — o lugar mais alto do continente aonde se pode chegar de trem.

Separe um dia inteiro para o passeio: o circuito completo dura no mínimo seis horas, combinando linhas convencionais (que servem ao transporte de moradores também) com a Jungfraubahn, o trecho final de acesso ao Top of Europe. De quanto mais tempo você puder dispor, melhor: dá para fazer paradas intermediárias, sem precisar fazer baldeações imediatas.

Quem dorme em Interlaken faz um passeio mais tranqüilo. Estando hospedado em outra cidade você precisa acrescentar mais 1h em cada sentido desde Berna, e 2h em cada sentido desde Lucerna, Zurique ou Lausanne.

glacier express

Suíça de trem

30 roteiros de 2 a 8 dias prontos para usar, com ou sem Swiss Pass

O circuito completo

A viagem começa na estação Interlaken Ost, que funciona como a estação central de Interlaken. O circuito é circular. Em Interlaken você decide se quer subir por Lauterbrunnen ou por Grindelwald (você sobe por uma, e desce pela outra). Os horários são sincronizados com a chegada de trens de Berna, Lucerna e Zurique. O Swiss Pass permite ir até Lauterbrunnen ou Grindelwald (e voltar também, claro), sem suplementos.

O primeiro trem do circuito

O primeiro trem do circuito

Eu subi por Lauterbrunnen. São só 20 minutinhos até lá, e então acontece a primeira baldeação, para Kleine Scheidegg. Neste trecho quem tem Swiss Pass tem direito a 50% de desconto.

De Interlaken a Lauterbrunnen

Baldeação em Lauterbrunnen

O segundo trem do circuito

Eu não tinha tempo sobrando (precisava chegar a Lausanne a tempo de pegar minha bagagem no serviço de Fast Baggage), então não pude fazer nenhuma parada intermediária. Mas morri de vontade de parar em Wengen, a 1.300m de altitude, uma cidadezinha debruçada no precipício.

Wengen

Subindo por um lado ou pelo outro, você vai precisar descer do trem em Kleine Scheidegg, a 2.060m de altitude, que fica a 1h20 de viagem desde Interlaken. Ali você embarca na Jungfraubahn. O Swiss Pass dá 25% de desconto.

Kleine Scheidegg

O último trem do circuito

A ferrovia já tem mais de 100 anos. Foi idealizada numa época em que não havia tecnologia de teleférico, e o único jeito de alcançar grandes alturas era por meio de trilhos. Para chegar a 3.500m de altitude, a solução foi construir 7,5 km de túneis por dentro do Eiger e do Mönsch. A viagem desde Kleine Scheidegg leva uma hora, a maior parte dentro do túnel; na ida há duas paradas para apreciar os montes nevados em mirantes envidraçados.

Antes de entrar no túnel

Parada no túnel

Mirante em Eismeer

Quando o trenzinho sai do túnel, lá em cima, a 3.500m de altitude, você está em Jungfraujoch (o “pé do monte Jungfrau”), um belíssimo plateau para contemplar os picos do Jungfrau, do Eiger e do Mönsch, além de impressionantes geleiras alpinas.

Top of Europe

Mas hoje o Jungfraujoch é mais do que as vistas; foi transformado num parque de diversões nas alturas: por isso o nome-fantasia Top of Europe.

Top of Europe

Jungfraujoch, Top of Europe

Lembre-se que ao chegar a 3.500m você não pode correr nem se apressar. Eu levei uma hora inteira, sem pausa para café, só para andar pelas atrações lá de cima. O circuito básico consiste em dois mirantes ao ar livre e um palácio de gelo.

Jungfraujoch, Top of Europe

Jungfraujoch, Top of Europe

Jungfraujoch, Top of Europe

Jungfraujoch, Top of EuropeJungfraujoch, Top of EuropeJungfraujoch, Top of Europe

Fora isso, dá para visitar a loja da Lindt, assistir a um filme com imagens panorâmicas das montanhas, caminhar (40 min.) até um café que fica num ponto mais alto (não fui) e, no verão (deles!), brincar na área Snow Fun, que tem tubing e tirolesa (e alguma neve garantida em julho, ao contrário de Bariloche).

Tchau, Top of Europe!

Jungfraujoch, Top of Europe

Volta-se a Kleine Scheidegg e de lá toma-se o trem para descer pelo lado oposto ao que você subiu. Em Lauterbrunnen ou Grindelwald o seu Swiss Pass volta a valer sem suplementos.

Kleine Scheidegg

Desci por Grindelwald, a 1.035m de altitude, que é — dizem, não tive tempo para dar um rolê — o mais arrumadinho e perfeitinho dos vilarejos montanheses suíços (dizem que é até perfeito demais). Ali perto fica Grindelwald First, onde há um lindo lago à beira da geleira. Só não desembarquei por causa da minha bagagem me esperando em Lausanne…

Grindelwald

Entre Grindelwald e Interlaken

Entre Grindelwald e Interlaken

Entre Grindelwald e Interlaken

Cheguei a Interlaken a tempo de pegar o trem coordenado que me levou a Berna e depois a Lausanne, onde minha mala, despachada de manhã cedo em Lucerna, estava à minha espera. Deu certo!

Os trechos Interlaken Ost-Wengen e Grindelwald-Interlaken Ost custam, somados, 25,80 francos suíços. O trecho é gratuito para portadores do Swiss Pass.

O circuito Wengen-Kleine Scheidegg-Top of Europe-Kleine Scheidegg-Grindenwald custa 210,40 francos suíços. Portadores de Swiss Pass têm 25% de desconto. Crianças até 5 anos (inclusive) não pagam.

Ricardo Freire viajou à Suíça a convite do Swiss Travel System.

Leia mais:

362 comentários

Boa noite,
Estamos programando uma viagem para Suiça, tenho muitas dúvidas, se ficamos em Zurich ou Berna, é possível fazer um passeio de um dia inteiro no trem panorâmico saindo dessa cidades e ver os Alpes?
Obrigada,
Allice

    Vc pode fazer um day trip para Jungfraujoch, mas cheque a previsão do tempo antes.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.