Barcelona

Mariana Amaral
por Mariana Amaral

Barcelona: onde comer e beber

Veja nesta página um guia de restaurantes de Barcelona divididos por bairro. Veja quanto custa comer em Barcelona. Descubra restaurantes de bom custo x benefício e também os que valem um investimento maior, perto das atrações principais e dos hotéis.

Se preferir, clique para ir direto ao tópico:

Quanto custa comer em Barcelona?

Barcelona: quanto custa comer em Barcelona

Menú de migdia no Ginette: 3 pratos e taça de vinho a 14,90 euros

Os restaurantes em Barcelona são também atrações da cidade. E não falamos só daqueles estrelados, de cozinha molecular, não. Comer em Barcelona é uma diversão nos bares da Barceloneta, nos bistrôs do Born, ao redor dos balcões da Boqueria. Mesmo os lugares mais simples têm tapas fabulosas, e até com os menús de migdia, que são a maior pechincha, você pode fazer grandes refeições.

Dito isso, saiba que comer em Barcelona não é muito barato, não. Mas antes de sair para jantar, já dá para ter alguma ideia do valor da conta. Os restaurantes têm o hábito de colocar o cardápio completo, com preços, em seus sites. Em geral, espere pagar:

  • Entre 12 e 18 euros por um menú de migdia (almoço executivo de 2ª a 6ª);
  • Entre 15 e 30 euros por tapas;
  • Entre 20 e 40 euros por um jantar a la carte;
  • Mais de 80 euros num restaurante de alta gastronomia, com cozinha de autor.

E a gorjeta?

O serviço está incluído na conta. O garçom ficará feliz se você deixar 1 ou 2 euros. Num restaurante mais fino, onde tenha sido belissimamente atendido, você pode deixar até 10%. Mas não é esperado.

Comer em Barcelona: a melhor estratégia

Quer fazer seus euros renderem à mesa em Barcelona?

Pare para almoçar. É no almoço que você encontra o melhor custo x benefício da cidade. Praticamente todos os restaurantes oferecem um menú de migdia com entrada (primer plato), prato principal (plato fuerte), uma taça de vinho e, muitas vezes, sobremesa (postre) ou café. Nossos roteiros dia a dia em Barcelona são feitos para você ter tempo de fazer essa parada em meio à turistagem.

À noite, saia 'de tapas'. O tapeo (comer pequenas porções acompanhadas de bebida) é um esporte nacional espanhol -- e combina totalmente com férias.

Quando quiser fazer uma extravagância, jante. Faça do jantar convencional uma ocasião especial. (Mas veja: se você quiser uma refeição mais consistente à noite sem precisar gastar os tubos, siga as nossas dicas de restaurantes 'Econômicos' nas listas dos bairros.)

Bon profit! ('Bom apetite'/'buen provecho' em catalão.)

Voltar: Topo

Restaurantes no Born e arredores

Vizinho ao Bairro Gótico, El Born é um dos grandes eixos gastronômicos de Barcelona. Em qualquer ponto do bairro, você nunca estará a mais de 10 minutos de uma boa refeição.

Bacanas

barcelona ginette restaurante

Ginette

Perto do Arc de Triomf, o Ginette (Carrer del Rec Comtal 12, reservas aqui) tem dois modos de usar. De dia, é um bistrozinho sossegado. De noite, é um restaurante com astral de bar. Em ambos os casos, oferece pratos deliciosos, de sotaque francês. (E com cardápio executivo para o almoço, viu?)

Ao lado do Mercado de Santa Caterina, o Obe (Plaça de Santa Caterina 1, tel. 932 68 23 65) é um italiano bem simpático, com uma carta de vinhos cheia de rótulos da Bota.

Tapas

barcelona bar del pla tapas

Bar del Pla

Pertinho do Museu Picasso, o Bar del Pla (Carrer de Montcada 2, tel. 932 68 30 03) aceita reservas e é uma ótima introdução às tapas. Lá você pode provar várias tapas clássicas espanholas, como as patatas bravas e a ensaladilla rusa, e também outras típicas da Catalunha, como o pa amb tomàquet e a bomba. Guarde um espacinho para a sobremesa -- a crema catalana é ótima. Para beber, peça a cava da casa.

E por falar em cava, dois endereços tradicionais do bairro provam que espumante também pode ser bebida de boteco: o El Xampanyet (Carrer de Montcada 22, tel. 933 19 70 03) e o Can Paixano (Avinguda Meridiana 71, tel. 933 10 08 39), também conhecido como La Xampanyeria.

Outro clássico bar de tapas no Born é o Cal Pep (Plaça de les Olles 8, tel. 933 10 79 61). Os cigrons amb espinacs (grão-de-bico com espinafres) e a truita (omelete de batatas, na versão catalã) são alguns dos petiscos de destaque, além dos frutos do mar. Pegue um lugar no balcão e seja feliz.

Econômicos

Com pinta de lanchonete dos anos 80, é provável que o El Casal (Plaça Victor Balaguer 5, tel. 932 68 40 04) passasse desapercebido por você. Mas ali, durante a semana, são servidos menus de almoço bem honestos, com boa pinta e precinho camarada.

Para algo rápido, vá ao mexicano Tlaxcal (Carrer del Comerç 27), especialista em tacos, ou ao asiático Koku Kitchen (Carrer del Comerç 29), que oferece buns, gyozas e ramen.

Especial

No térreo do hotel REC, a filial de Barcelona do Fismuler (Carrer del Rec Comtal 17, reservas aqui) repete a fórmula da matriz, em Madri. Cozinha espanhola de influência escandinava, com pratos simples, grande técnica e ingredientes de primeira.

Voltar: Topo

Restaurantes no Bairro Gótico


Perambular com fome pelo Bairro Gótico é uma má idéia. Labiríntico e bastante turístico, o bairro tem bons restaurantes, mas que não são muito encontráveis ao acaso. Os bares pega-turista, no entanto, são muitos (aproveitando a proximidade da Rambla.) O melhor é ir com endereço certo.

Bacanas

barcelona bistrot levante restaurante

Bistrot Levante

O Bistrot Levante (Placeta de Manuel Ribé, reservas aqui) é um dos melhores segredos do Bairro Gótico. Fica no miolinho de El Call, o antigo bairro judeu de Barcelona. O cardápio combina pratos do Oriente Médio e do Mediterrâneo, que são apresentados com todo o capricho. É um ótimo lugar para um brunch ou almoço leve, com preço mais do que justo.

Pertinho da Plaça de Sant Jaume, o Rasoterra (Carrer del Palau 5, tel. 933 18 69 26) é um restaurante vegetariano de primeira linha. No horário do almoço, o menu degustação sai mais em conta do que no jantar. Você também pode optar pelo prato do dia, ou fazer suas escolhas a la carte.

E quando der fome de pizza... troque por uma coca de recapte! Descubra essa delícia catalã (um intermediário entre a bruschetta e a pizza) no aconchegante L'Antic Bocoi del Gotic (Baixada de Viladecols 3, reservas aqui).

Tapas

barcelona el pintxo de petritxol

El Pintxo de Petritxol

O El Pintxo de Petritxol (Carrer de Petritxol 9, reservas aqui) tem dezenas de tipos desse acepipe de origem basca, o pintxo. Os pãezinhos ficam numa vitrine, e é só se servir. No final, o acerto da conta é feito pela contagem dos palitinhos.

Econômicos

Para uma refeição rápida e barata, fique com o Macchina Pasta Bar (Carrer dels Escudellers 47), um italiano express onde as massas são frescas, e o ambiente é descoladinho. Está nos arredores da Plaça Reial.

Também por ali, o Bacoa Burger (Carrer de Ferran 10, tel. 934 61 30 78) tem hambúrgueres artesanais nota 10.

Voltar: Topo

Restaurantes na Rambla

Fuja das armadilhas para turistas: os melhores restaurantes da Rambla estão dentro do Mercado da Boqueria (La Rambla 91).

barcelona el quim de la boqueria

El Quim de la Boqueria

Pescado na grelha, cogumelos ao vinho do porto, risoto de rabada... a cozinha do El Quim de la Boqueria é mínima, mas de lá saem mil maravilhas. Chegue cedo: esse é o balcão mais disputado do mercado.

Para experimentar receitas catalãs mais tradicionais, acomode-se numa das banquetas do veterano Pinotxo Bar.

No Paella Bar (reservas aqui), são seis versões de paella em cartaz. Como funciona na área externa da Boqueria, o restaurante oferece um pouco mais de conforto, com mesas e cadeiras.

barcelona rocambolesc

Rocambolesc

Guarde a sobremesa para a sorveteria Rocambolesc (La Rambla 51-59), a 3 minutos do Mercado da Boqueria. Os picolés da casa têm formatos divertidos, e os sorvetes vêm nas combinações mais tentadoras. As criações são de Jordi Roca, chef de pastelaria do aclamado El Celler de Can Roca, em Girona.

Voltar: Topo

Restaurantes no Eixample

O Eixample tem um mix interessante de locais de comida rápida, bares de tapas e restaurantes estrelados (para saber onde estão, mire nos hotéis de luxo). Como é um distrito imenso, repartido em vários bairros, por aqui também é bom saber onde ir antes de sair do hotel.

Bacanas

barcelona la cuina d'en garriga restaurante

La Cuina d'en Garriga

O La Cuina d'en Garriga (Carrer d'Enric Granados 58, tel. 932 50 37 00) é um pequeno restaurante com jeito de armazém. Do café da manhã ao jantar são servidas comidinhas reconfortantes, num menu parte catalão, parte francês.

O Teòric (Carrer de Bailèn 117, reservas aqui) faz cozinha catalã moderninha, misturando ingredientes de mar i muntanya em pequenos pratos.

Já o Caña de Azúcar (Carrer de Muntaner 69, reservas aqui) é um pedacinho de América do Sul no Eixample, oferecendo pratos venezuelanos cheios de delicadeza.

Tapas

barcelona el nacional tapas restaurante

El Nacional

O bonitão El Nacional (Passeig de Gràcia 24, reservas aqui) é um super curinga. No mesmo espaço funcionam quatro bares e quatro restaurantes, cada um com seu próprio cardápio (peixes, carnes, tapas...). Fica em frente ao metrô Passeig de Gràcia e abre todos os dias da semana, sem intervalo entre o almoço e o jantar.

Também funcionam sem interrupções o Tapas 24 (Carrer de la Diputació 269, tel. 934 88 09 77), o Ciutat Comtal (Rambla de Catalunya 18, tel. 807 57 59 77) e a Cerveseria Catalana (Carrer de Mallorca 236, tel. 932 16 03 68), sempre à mão para uma boquinha.

barcelona paco meralgo

Navajas (experimente!) no Paco Meralgo

Pode confiar: apesar do nome meio bobo, o Paco Meralgo (Carrer de Muntaner 171, reservas aqui) é um bar de tapas de respeito. O cardápio tem de tudo um pouco, mas os peixes e os frutos do mar são protagonistas.

Pertíssimo da Sagrada Família, o Bardeni (Carrer de València 454) é um bar de tapas informal, mas dedicado a carnes de alta qualidade.

Econômicos

Próximo à Plaça de Catalunya, o Honest Greens (Rambla de Catalunya 3, tel. 935 41 49 00) é uma grande pedida para um almoço leve. Lá você monta o seu prato ou bowl fazendo uma seleção dos seus ingredientes favoritos: legumes assados, falafel, carne na chapa, quinoa... Boa parte das opções é orgânica, e o cardápio é bastante amigável para vegetarianos.

Outra boa escolha para almoçar é a La Paradeta (Carrer del Consell de Cent 318, tel. 930 18 11 63), uma marisqueira transformada em fast food. Você escolhe o que quer num balcão, e o preparo é feito na hora. Camarão na grelha, lulas fritas, vieiras, mexilhões... a variedade é imensa, e os valores são bem razoáveis.

Carismático e despretensioso, o tailandês Petit Bangkok (Carrer de Balmes 106, tel. 616 18 51 96) tem salteados no wok, curry e pad thai com precinhos camaradas.

Voltar: Topo

Restaurantes em Sant Antoni e Poble-sec


Sant Antoni é, na verdade, parte do distrito do Eixample, mas está mais perto do bairro de Poble-sec do que do famoso Passeig de Gràcia. Os dois vizinhos fazem uma dobradinha sensacional no quesito restaurante e tapas.

Especiais

Albert Adrià era chef de pâtisserie do elBulli, do seu irmão Ferran Adrià. Desde o fechamento do elBulli, Ferran não toca mais restaurantes -- mas Albert criou um bairro inteiro de cozinhas suas. O elBarri fica na interseção de Sant Antoni e Poble-Sec: seis restaurantes com propostas diferentes, a poucos passos um do outro. O mais ambicioso é o Enigma (Carrer de Sepúlveda 38-40, reservas aqui), uma experiência gastronômica que dura 3 horas e meia e custa 220 euros.

A cozinha de Albert Adrià fica mais acessível -- ou menos inacessível -- nos outros espaços do seu 'bairro'. Entre os bares de tapas, há o teatral Tickets (Avinguda del Paraŀlel 164, reservas aqui) e o tradicionalista Bodega 1900 (Carrer de Tamarit 91, reservas aqui). Entre os restaurantes, o japonês ‘fusion’ Pakta (Carrer de Lleida 5, reservas aqui) e o mexicano Hoja Santa (Avinguda de Mistral 54, reservas aqui), que faz dupla com a taqueria Niño Viejo (reservas aqui).

barcelona pakta restaurante

Pakta (Peru-Japão)

O Pakta tira inspiração da imigração japonesa para propor encontros entre a cozinha do Japão com outras cozinhas do mundo -- primeiro, Peru-Japão, e agora, Japão-Mediterrâneo. É um restaurante acolhedor, muito parecido com um sushibar. Por isso, não encare como desprestígio se for oferecido a você um assento no balcão -- é onde você vai poder ver a magia acontecendo. O menu degustação custa a partir de 120 euros, sem bebidas.

Com menos da metade dessa verba, porém, você pode se divertir muito por outros lugares das redondezas.

Bacanas

barcelona agust gastrobar

Agust

Em Sant Antoni, o Agust (Carrer del Parlament 54, reservas aqui) se define como um 'gastrobar'. Mas é bem mais um restaurante com um bar caprichado do que um bar com uma comidinha bacana. Seja o que for, vale a visita, pelo ambiente super cool e pelos excelentes pratos.

Também na vibe chic-descoladinha, o Benzina (Passatge de Pere Calders 6, reservas aqui) é um italiano que não dá as costas para as receitas clássicas, mas se permite algumas liberdades criativas.

Tapas

Cruzando a Avinguda del Paral·lel, você chega ao Poble-sec e encontra uma zona de tapeo fantástica. O Carrer de Blai e suas transversais são uma avalanche de bares -- para beber de pé, para beber em mesas na calçada, para sentar e comer bem… Há realmente de tudo.

barcelona quimet & quimet bar tapas

Quimet & Quimet

O Quimet & Quimet (Carrer del Poeta Cabanyes 25, tel. 934 42 31 42) é como aquele boteco que em cinco minutos você já é de casa. As tapas mais pedidas são os montaditos, pãezinhos cobertos com conservas, embutidos ou queijos. Tem de camarões com ‘piquillo’ (pimentão vermelho típico da Catalunha), queijo de cabra com tomate, bacalhau com azeitonas… Não à toa, está sempre lotado.

No Carrer de Blai, uma boa parada é o La Tasqueta de Blai (Carrer de Blai 17, tel. 931 73 05 61), com pintxos super em conta, começando em 1 euro.

No La Porca (Carrer de Mata 16, tel. 931 79 51 75) os petiscos e sanduíches de carne de porco são devidamente combinados com cerveja artesanal.

Para tapas de influência sul-americana, fique com os ceviches e o pisco do Lascar 74 (Carrer del Roser, 74, reservas aqui).

Voltar: Topo

Restaurantes em Gràcia

Não dá mais para dizer que Gràcia esteja fora do mapa turístico de Barcelona. Mas, circulando entre os bares e restaurantes, você ainda consegue ter a impressão de estar comendo e bebendo em lugares mais autênticos, 'de bairro'.

BacanasBarcelona onde comer: La Pubilla

La Pubilla

O La Pubilla (Plaça de la Llibertat 23, tel. 932 18 29 94) é um desses locais. Durante a semana, o cardápio do menú de migdia talvez seja entregue a você em catalão mesmo. Mas não tem erro: tudo que se serve ali é gostoso. É um ótimo lugar para conhecer a cozinha catalã, em pratos servidos de maneira bem cuidada e generosa. Telefone para reservar.

O menu do La Panxa del Bisbe (Carrer del Torrent de les Flors 158, tel. 932 13 70 49) também gira em torno da Catalunha, mas com pequenos pratos e tapas numa pegada mais moderninha.

Tapas

barcelona bar salvatge

Bar Salvatge

E quanto aos bares, Gràcia tem uma oferta e tanto. O Bar Salvatge (Carrer de Verdi 50, tel. 932 52 97 67) é sensacional -- um bar de vinhos com uma vibe super jovem, e vinhos naturais tirados por torneira. Para comer, a esqueixada é uma boa pedida.

Se preferir um bar especializado em gin tônica, vá ao Bobby Gin (Carrer de Francisco Giner 47, tel. 933 68 18 92). Ou para vermute, escolha o Lo Pinyol (Carrer del Torrent de l'Olla 7, 932 17 66 90), uma gracinha de lugar que mistura bar e biblioteca.

Econômico

O Les Tres A La Cuina (Carrer de Sant Lluís 3, tel. 807 54 51 19) abre só de segunda a sexta, e apenas no horário do almoço. Para saber o cardápio, é só dar uma checadinha no perfil do restaurante no Facebook. O menú de migdia sai por módicos 10 euros, com entrada, prato principal e sobremesa.

Voltar: Topo

Restaurantes na Barceloneta


Os restaurantes da Barceloneta são exatamente o que você procura no pós-praia. Lugares sem frescura, para comer algo mais leve, ou para tomar uma cerveja com tapas. Paella? É lá mesmo que você deve procurar.

Bacanas

Barceloneta deve ser o bairro de Barcelona com o maior número de restaurantes onde o arroz é a especialidade. Se você acha que um dos melhores temperos de uma boa paella é uma varandinha, vá ao La Mar Salada (Passeig de Joan de Borbó 58-59, reservas aqui).

Também se come boa paella nos restaurantes antigos de bairro, como o tradicional Can Solé (Carrer de Sant Carles 4, reservas aqui) e o repaginado Can Ros (Carrer de l'Almirall Aixada, reservas aqui).

Tapas

Para tapas, o pequeno Can Sardi (Carrer de Pepe Rubianes 25, tel. 931 37 36 02) oferece peixes na grelha e petiscos típicos da Sardenha.

O simplesinho La Cova Fumada (Carrer del Baluard 56, tel. 932 21 40 61) é outro lugar reconhecido pelas porções bem preparadas de frutos do mar.

No El Vaso de Oro (Carrer de Balboa 6, tel. 933 19 30 98), a tapa a se pedir é o solomillo, um filé cortado em cubos, que na casa é servido junto com foie gras. Para comer de pé, junto ao balcão.

Voltar: Topo

2 comentários

Tatiana
TatianaPermalinkResponder

Adorei o texto Mariana, super completo como sempre. Só tenho uma coisa a dizer, não temos horas suficientes no dia para provar tudo que Barcelona tem a oferecer. Em dezembro de 2018 tive uma ótima experiência almoçando (menù a preço fixo) no restaurante Fonda España, localizado dentro do histórico Hotel España no bairro El Raval. A cozinha foi idealizada pelo chef Martín Berasategui, que reúne 7 estrelas Michelin. Adorei a paella marinera do Lar Mar Salada. Me decepcionei com os churros das granjas do Bairro Gótico, porém, sem querer provei um churros delicioso na Xurreria Sagrada Família. Um abraço a todos.

Bruno Fernandes

Fui em dezembro/2018 no Oria, restaurante estrelado do Martin Bearsetegui, na Gràcia. É simplesmente divino, e o melhor é que, se optar por menu degustação, você escolhe o valor desse menu, que pode ser qualquer valor entre 50 e 100 euros por pessoa, que eles adaptam pra você. De modo geral, em Barcelona se come realmente muito bem. O Bardeni indicado acima é realmente fantástico!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar