missoes jesuitas argentina e paraguai

Guia de Foz do Iguaçu

Missões Jesuítas na Argentina e no Paraguai

A região de Foz do Iguaçu tem um atrativo tão espetacular quanto pouco visitado: as ruínas jesuíticas de San Ignacio Miní, na Argentina, e Trinidad & Jesús, no Paraguai. Ambas são bem mais ricas e bem-conservadas do que as nossas ruínas de São Miguel das Missões. Se você tem entre uma e três noites para investir nessa viagem, prometo que a escapada até as missões jesuítas vale a pena. Leia mais neste post — Missões, a Missão: São Miguel das Missões, Trinidad e San Ignacio Miní.

Aparece em: Roteiro Mais Dias

Atenção: Missões fechadas para brasileiros devido à pandemia

Apesar de já ser possível atravessar tanto a fronteira do Paraguai quanto da Argentina, brasileiros por enquanto só podem circular em Ciudad del Este e Puerto Iguazú. Não é permitido seguir adiante em nenhum dos dois países.

San Ignacio Miní, na Argentina

San Ignacio Miní, Argentina

A 250 km de Puerto Iguazú (3 horas de carro, ou 4 horas e meia de ônibus), San Ignacio Miní é a mais importante ruína jesuítica da Argentina. Sua Plaza Mayor continua bem delineada, e se pode perceber os resquícios do plano urbano.

Agências de Foz vendem um bate-volta de um dia só a San Ignacio, mas não vale a pena. Por quê? Porque o melhor de tudo acontece à noite, quando é encenado um show de som e luz de última geração (incorpora holografia, por exemplo).

Ao contrário do espetáculo de som e luz de São Miguel das Missões, que é rebuscado e, por vezes, incompreensível (mesmo em português!), o show de San Ignacio é didático e esclarecedor. (Você vai mudar seu conceito sobre os bandeirantes, garanto.)

Um bônus de ir a San Ignacio é transitar pela província de Misiones, que é a mais verde da Argentina. Imprensada entre os rios Paraná e Uruguai, Misiones é o Brasil de cabeça para baixo: a mesma latitude que para nós é sul, para os argentinos é norte. E mesmo que o clima ali seja subtropical, esta é a selva argentina — a pequena Amazônia deles. Ao atravessar a fronteira, você sai do Brasil agrícola e entra na Argentina silvestre, onde só se planta mesmo erva-mate (que dá em árvore).

Informações práticas

Como chegar a San Ignacio Miní

Carros alugados em Foz do Iguaçu só podem transitar até as Cataratas. Para ir de carro, você vai precisar alugar na Argentina ou ir de carro próprio (providenciando o seguro Carta Verde na fronteira). Neste caso, é só seguir pela Ruta 12 que você chega à entrada da cidadezinha (que cresceu no entorno do sítio arqueológico).

De ônibus são 4h30 de viagem desde Puerto Iguazú. Você pode comprar antecipadamente no site da Crucero del Norte (use ‘Pto. Iguazú’ como origem, o sistema não entende ‘Puerto Iguazú’). Dá também para comprar ao chegar à rodoviária de Puerto Iguazú — você pega o primeiro ônibus pinga-pinga a Posadas que sair (são 5 cias. fazendo a rota).

Onde ficar em San Ignacio Miní

Onde ficar em San Ignacio Miní

Atenção: fronteira fechada devido à pandemia

O San Ignacio Adventure Hostel, afiliado aos HI Hostels, tem quartos coletivos e privativos, e uma boa piscina. Fica pertíssimo das ruínas.

Trinidad & Jesús

Trinidad, Paraguai

A 350 km de Puerto Iguazú (via Posadas, na Argentina), Trinidad e Jesús são as duas missões paraguaias classificadas como patrimônio da humanidade. Merecem.

Trinidad é a mais inteira de todas as missões jesuítas do Cone Sul. É a que mantém os vestígios mais visíveis e inteligíveis da organização urbana de uma missão jesuítica. Catedral, claustro, cemitério, a torre de vigia, igrejas secundárias, os quarteirões residenciais dos guaranis, e como tudo isso se dispunha em torno da Plaza Mayor: em Trinidad é muito fácil de perceber. Abandonada por 200 anos, é a bela adormecida das Missões.

Jesús, Paraguai

Jesús é menorzinha — os jesuítas foram expulsos das Missões antes que ela estivesse terminada. Mas como está a apenas um pulinho de Trinidad (10 minutinhos de carro), vale a passada.

Informações práticas

Como visitar Trinidad e Jesús

Como visitar Trinidad e Jesús

Atenção: fronteiras fechadas devido à pandemia

As duas missões estão a 45 km do centro de Encarnación, aonde se pode chegar de ônibus a partir de Ciudad del Este. (Não é aconselhável rodar com seu carro no Paraguai, devido a achaques da polícia rodoviária. As locadoras de Foz não permitem atravessar a fronteira.)

Também é possível visitar Trinidad e Jesús com base em Posadas, cidade argentina a 300 km de Puerto Iguazú que faz fronteira com Encarnación (cada uma numa margem do rio Paraná). Essa foi a minha escolha.

Em Posadas você pega um ônibus de linha para Encarnación e, passada a imigração, negocia um táxi (a 50 dólares) para levar você às duas missões paraguaias e trazer de volta ao mesmo ponto (por mais 10 dólares, meu taxista paraguaio me deixou no hotel). Veja detalhes neste post.

(Não é recomendável atravessar de carro próprio ao Paraguai, devido aos achaques da polícia rodoviária. Locadoras argentinas tampouco permitem que seus carros entrem no Paraguai.)

Como chegar a Posadas

Carros alugados em Foz do Iguaçu só podem transitar até as Cataratas. Para ir de carro a Posadas, você vai precisar alugar na Argentina ou ir de carro próprio (providenciando o seguro Carta Verde na fronteira). Neste caso, é só seguir pela Ruta 12 por 300 km.

De ônibus são 5h30 de viagem desde Puerto Iguazú. Você pode comprar antecipadamente no site da Crucero del Norte (use ‘Pto. Iguazú’ como origem, o sistema não entende ‘Puerto Iguazú’). Dá também para comprar ao chegar à rodoviária de Puerto Iguazú — você pega o primeiro ônibus que sair (são 5 cias. fazendo a rota).

Onde ficar em Posadas

Onde ficar em Posadas

Recomendo o hotel Gran Crucero Posadas Express, que é bastante funcional e está a uma quadra da avenida Entre-Ríos, onde passa o ônibus para Encarnación. O calçadão principal da cidade, onde há restaurantes como a tradicional churrascaria La Querencia (Bolívar, 1867, tel. 54 37 6443-3550), está a três quadras do hotel.

Como combinar San Ignacio Miní e Trinidad

Você vai precisar dormir uma noite em San Ignacio e outra em Posadas.

Estando de carro próprio (ou alugando um em Puerto Iguazú), vale a pena sair cedo e ir direto a Posadas, deixando a mala no hotel e já partindo para a visita a Trinidad e Jesús à tarde. No dia seguinte, com calma, você segue a San Ignacio (são apenas 50 km de distância), visita as missões de dia e depois volta à noite para ver o espetáculo de som e luz.

Indo de ônibus, eu começaria por San Ignacio, para conseguir fazer a visita diurna ainda na parte da tarde, voltando à noite para o show de som e luz. No dia seguinte, seguiria de manhã para Posadas, deixando a mala no hotel e já seguindo de ônibus e táxi para Trinidad

. O trajeto San Ignacio-Posadas pode ser comprado com antecedência no site da Crucero del Norte ou na hora na rodoviária de San Ignacio. O percurso leva 1 hora e custa 78 pesos (algo como R$ 12), preço de junho/2018.

Receba a Newsletter do VNV

Serviço gratuito

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.