Onde ficar em Foz do Iguaçu

Guia de Foz do Iguaçu

Onde ficar em Foz do Iguaçu

Em Foz do Iguaçu você pode escolher entre hotéis funcionais (para dormir bem depois de passar o dia passeando) e hotéis com estrutura para aproveitar (estilo resort). Também é possível dividir a sua estada entre Foz do Iguaçu e uns dias em Puerto Iguazú, na Argentina. Veja nossa seleção de onde ficar em Foz do Iguaçu:

A Bóia recomenda:

Onde ficar em Foz do Iguaçu: no Centro

Os hotéis do Centro fazem o gênero funcional: são hotéis para quem vai passar o dia passeando e quer hotel só para passar bem a noite. As piscinas são modestas. Mas no geral oferecem conforto e uma boa relação custo x benefício (e muitos têm também pequenos espaços kids). Além disso, estão mais próximos de bares e restaurantes para ir à noite.

Se você vai com os dias contados para fazer passeios, o Centro é a região mais indicada onde ficar em Foz do Iguaçu.

Na região da av. Jorge Schimmelpfeng

Esta avenida de nome impronunciável é o endereço mais animado do centro de Foz, com bares que têm movimento todas as noites. Nas ruas transversais encontram-se bons restaurantes.

A avenida tem paradas de ida e de volta do ônibus 120, que liga ao aeroporto, ao parque nacional e às atrações da Rodovia das Cataratas (e ao TTU, de onde saem ônibus para Itaipu e o templo budista). O ônibus internacional para a Argentina também passa na avenida, na ida e na volta.

Viale Tower

Viale Tower

No ponto mais fervido da avenida, o Viale Tower tem quartos relativamente amplos e uma piscinota no terraço. O café da manhã está incluído na diária (leve isso em conta ao comparar com o preço do Ibis).

Ibis Foz do Iguaçu

Ibis Foz do Iguaçu

O Ibis Foz do Iguaçu já foi devidamente repaginado no novo padrão da rede, com áreas sociais moderninhas. Está na zona mais animada do centro.

Rafain Centro

A duas quadras da avenida, numa esquina tranqüila, o tradicional Rafain Centro fica a uma curta caminhada de bons restaurantes.

San Juan Tour

A três quadras da avenida, também próximo de bons restaurantes, o San Juan Tour tem uma piscina gostosinha no jardim dos fundos.

Entre o TTU e o Shopping JL Cataratas

O TTU é o terminal de ônibus urbano de Foz. Ficar perto do terminal é uma mão na roda para quem quer visitar todas as atrações de ônibus (inclusive na Argentina e Paraguai).

Tarobá

A meia quadra do TT o Tarobá é uma boa escolha para quem quer fazer todas as atrações de Foz de ônibus de linha. Além dos quartos duplos, tem também quartos triplos e individuais.

CLH Suites

A duas quadras do TTU fica um hotel com espírito de hostel, o CLH Suites, da rede Che Lagarto. Os quartos são básicos (alguns,coletivos), e os ambientes sociais têm uma pegada ‘jovem’. Há uma piscina no terraço.

Wyndham Golden Foz

Wyndham Golden Foz

A três quadras do TTU, na região da av. Juscelino Kubitschek (a meio caminho entre o terminal urbano e os barzinhos da av. Jorge Schimmelpfeng), o Wyndham Golden Foz Suites é um bom hotelão vertical. Todos os apartamentos têm saleta, e a piscina é maior do centro.

Nadai Confort

Onde ficar em Foz do Iguaçu: Nadai Confort

Na av. Argentina, a meio caminho entre o TTU e o shopping, está um hotel todo certinho: o Nadai Confort. Os quartos têm estilo contemporâneo, a piscina nos fundos é da maior simpatia e há um pequeno spa e uma salinha de brinquedos. O custo x benefício costuma ser bastante bom.

Nas redondezas do shopping JL Cataratas

Maior shopping da área central de Foz, o JL Cataratas serve de quebra-galho numa área central que tem pouco comércio de rua. Não deve ser a razão determinante para você escolher onde ficar em Foz do Iguaçu. Tem uma casa de câmbio (com cotações menos vantajosas do que as do Centro) e praça de alimentação.

Bella Itália

Bella Itália

O Bella Italia é um dos mais populares de Foz — pudera, é o quartel-general da Loumar Turismo, a mais poderosa das agências de receptivo locais. Entre os atrativos do hotel estão as diárias camaradas e a Noite Italiana, que acontece de 3ª a sábado no restaurante, com rodízio de massas e buffet de queijos e azeites. O visual do hotel, porém, é bastante antiquado, e sofre na comparação com hotéis mais novos.

JL Hotel by Bourbon

Em frente ao shopping fica um dos hotéis mais novos de Foz, o JL Hotel. Apesar de ter foco no viajante a negócios, o hotel é perfeito para quem está de férias e quer um quarto ultraconfortável e com aspecto zero km. Costuma ter tarifas competitivas, vale conferir.

Ibis Budget

A meia quadra do shopping, o Ibis Budget também está estalando de novo. Seus preços anunciados são imbatíveis — mas não esqueça de somar o café da manhã, pago à parte (R$ 18 por pessoa), na conta final.

Avenida das Cataratas (trecho urbano)

Continuação da av. Jorge Schimmelpfeng, a av. das Cataratas ainda percorre um bom trecho urbano antes de se tornar a via expressa que liga a cidade ao parque nacional e ao aeroporto. O trecho entre o trevo da av. General Meira e a av. Iguaçu tem uma cena noturna interessante, mais descolada do que a do centro. O ônibus 120 (para o parque e aeroporto) e o ônibus internacional para a Argentina têm paradas na avenida.

Tetris

Onde ficar em Foz do Iguaçu: Tetris

Localizado no ponto mais conveniente para aproveitar a vida noturna desta área, o Tetris Container Hostel é o hotel mais original de Foz. Sua estrutura é montada em containers, devidamente refrigerados. Tem quartos coletivos e privativos. Os coletivos são bem-resolvidos. Os privativos, porém, não chegam a ser confortáveis — e por isso são recomendáveis apenas para quem valoriza um ambiente ‘cool’ como o do hostel. E nisso o Tetris não decepciona. A partir do fim da tarde, a área da piscina e o bar do pátio se tornam uma babel de mochileiros vindos de todos os cantos.

Concept Design Hostel

Para lá da av. Iguaçu, já fora do trecho dos bares e restaurantes, numa transversalzinha sossegada, há outro hostel de personalidade. O Concept Design Hostel tem quartos coletivos e privativos muito bem-apessoados, e uma boa piscina no pátio. À diferença do Tetris, o ambiente é quase careta — ideal para quem é alérgico a lugares muito alternativos.

Iguassu Inn

Essa área ainda tem um hotel econômico convencional, ainda relativamente novo, o Iguassu Inn.

Onde ficar em Foz do Iguaçu: hotéis tipo resort

Os hotéis ao longo da Rodovia das Cataratas têm um perfil mais voltado para o lazer. Todos têm piscinão e alguma estrutura para recreação infantil. Os maiores são verdadeiros resorts.

Ou seja: ficando na Rodovia das Cataratas você vai poder tirar um ou mais dias somente para descansar no hotel. Ou então dividir alguns dias entre passeio e piscina.

Caso fique o dia inteiro passeando, porém, provavelmente terá menos ânimo para sair à noite (o que também não é lá um problemão, já que todos esses hotéis têm restaurante). Mas se você gosta do conforto de jantar no hotel, é uma ótima opção de onde ficar em Foz do Iguaçu.

Perto do Shopping Catuaí Palladium

Mabu Thermas

Onde ficar em Foz do Iguaçu: Mabu Termas

O Mabu Thermas Grand Resort tem como grande atração pequeno parque aquático termal integrado ao hotel — você não precisa sair do hotel para aproveitar a praia termal ou os brinquedos (como o baldão que derruba água nos pequenos — e graúdos). A recreação fica por conta da Turma do Picapau Amarelo. Os quartos são confortáveis e é possível escolher entre três regimes de refeição — só café da manhã; café e jantar incluídos; ou café, almoço e jantar incluídos. O shopping Catuaí Palladium, o mais novo da cidade, fica em frente.

Bourbon Cataratas

O Bourbon Cataratas não tem parque termal, mas além das piscinas externas tem uma piscina coberta para os dias frios. A recreação é tematizada com a Turma da Mônica, e há um bem-equipada área teen, a Fun Place. As diárias podem incluir só o café da manhã ou o café da manhã e jantar. Está coladinho à área urbana de Foz.

Entre o trevo da Ponte e o parque nacional

Vivaz Cataratas

Outro hotel estilo resort, bom para ir com crianças, é o Vivaz Cataratas. Inteiramente reformado em 2017, tem uma bela piscina, áreas sociais charmosas e boa estrutura de lazer para crianças, incluindo kid’s club e um minigolf.

O hotel é o dono do parque aquático Aquamania, que fica ao lado e funciona entre outubro e abril. As diárias podem incluir só café da manhã ou café da manhã e jantar. Algumas tarifas dão acesso ao parque Aquamania. Quando o parque não está incluso na diária, basta pagar uma taxa única (R$ 50 ou R$ 60 por pessoa, dependendo da época), para ter acesso por toda a duração da reserva.

Wish Foz do Iguaçu

Onde ficar em Foz do Iguaçu: Wish

O hotel mais elegante fora do parque nacional é o Wish Foz do Iguaçu. Escondido da estrada e integrado a um campo de golf de 18 buracos, o Wish tem layout de um condomínio chique de casas. Os apartamentos — para até 4 pessoas — se localizam em villas ligadas ao prédio principal por carrinhos de golf. Cada villa tem sua piscina própria — que, a exemplo da piscina principal, é aquecida. Apesar da sofisticação, é um hotel próprio para ir em família: o kid’s club é superbem-montado. No quesito gastronomia, além do restaurante-buffet, tem um italiano (Forneria di Como) e uma parrilla argentina (Frontera Sur).

San Martín

Onde ficar em Foz do Iguaçu: San Martín

No fim da estrada, pertinho do Parque das Aves e da entrada do parque brasileiro, o caprichado San Martín talvez seja o hotel favorito dos argentinos em Foz. Cercado pela floresta, o San Martín aproveita muito bem a proximidade da natureza.

A área da piscina fica mais tropical por causa disso, e muitos quartos têm verde na janela. Os apartamentos foram renovados há pouco e as áreas sociais são bastante agradáveis. Não há calçada para pedestres ao longo da estrada, mas é possível ir a pé até o Parque das Aves (5 minutos) e o Centro de Visitantes do parque nacional (10 minutos).

Dentro do Parque Nacional

Belmond Hotel das Cataratas

Onde ficar em Foz do Iguaçu: Hotel das Cataratas

A localização mais espetacular em Foz, porém, é a do Belmond Hotel das Cataratas, que fica dentro do parque brasileiro. Quem se hospeda aqui pode curtir o parque antes e depois das multidões — o hotel fica junto ao filé das cataratas brasileiras (tem até vista para quedas secundárias do bar externo e da suíte Cataratas).

Construído em 1963 (num estilo bastante anacrônico, que evoca o Brasil colônia), o hotel estava totalmente decadente quando foi aberta uma nova licitação. O novo concessionário desde 2007, o grupo Belmond (antigo Orient-Express), conseguiu dar ao Hotel das Cataratas um verniz sofisticado que nunca tinha tido antes (veja a transformação neste post).

Hoje é, sem dúvida, um dos melhores hotéis brasileiros — e se couber no seu bolso, tente programar pelo menos uma ou duas noites aqui. As diárias, fora de feriados, começam na faixa equivalente a 300 dólares — o que pode ser caro em reais, mas é uma pechincha em termos internacionais para um hotel deste padrão numa localização como esta.

No caminho de Ciudad del Este

Foz do Iguaçu também se espalha na direção contrária ao parque nacional. Quem se hospeda por essas bandas está perto da saída para Ciudad del Este e de atrações como Itaipu e o Templo Budista.

Recanto Cataratas

Onde ficar em Foz do Iguaçu: Recanto Cataratas

O Recanto Cataratas é uma boa alternativa para quem quer estrutura de resort, com diárias mais em conta que os grandes resorts da rodovia das Cataratas. Está na rodovia que vai dar na ponte para Ciudad del Este. Seu isolamento convida a jantar no próprio hotel. Esteja de carro para fazer os passeios.

Onde ficar em Puerto Iguazú

A fronteira argentina reabriu. Veja as exigências atuais de entrada.

Vale a pena ficar em Puerto Iguazú?

Na minha opinião, já valeu mais a pena. Há alguns anos, Foz do Iguaçu tinha uma cena gastronômica bastante limitada, e muitos moradores preferiam ir à noite a Puerto Iguazú. De uns tempos para cá, porém, Foz evoluiu muito e o movimento noturno em Puerto Iguazú diminuiu. A cidadezinha, que é totalmente parada de dia, agora não fica mais tão animada à noite.

Atualmente, vale a pena se hospedar em Puerto Iguazú se você estiver planejando visitar o parque argentino por dois dias seguidos (sim, o parque deles rende dois dias de passeios, fácil). Durma em Puerto Iguazú nas vésperas das duas visitas, e você vai ganhar tempo de transporte e diminuir o perrengue de passar pela imigração.

Outra razão para escolher o lado argentino são os hotéis que ficam fora do centro, em meio à floresta. A Argentina considera a província de Misiones a sua amazônia subtropical, e alguns dos hotéis não-urbanos têm uma pegada ‘jungle lodge’.

Note que, ao pagar hotéis na Argentina com cartão de crédito internacional, você fica isento de 21% de IVA (o ICMS deles). Se pagar em reais ou pesos, serão acrescentados 21% à conta.

No Centro de Puerto Iguazú

St. George

O hotel Saint George fica em frente à rodoviária, e por isso é conveniente tanto para pegar o ônibus para o parque quanto para sair à noite.

Panoramic

Onde ficar em Puerto Iguazú: Panoramic

O cinco-estrelas Panoramic está perto do fervo noturno da avenida Brasil e oferece linda vista para o rio (além de ter cassino próprio).

Amérian

Mais afastado do burburinho, o Amérian Portal del Iguazú tem boa estrutura e vista para o Marco das Três Fronteiras.

Entre o Centro e as Cataratas argentinas

Fora da cidade, vale a pena curtir o clima de hotel de selva, hospedando-se no meio da mata.

Loi Suites Iguazú

O Loi Suites Iguazú, é o que tem pegada mais rústica, com muita madeira aparente. É um belíssimo hotel e está enfiado mesmo na mata, perto do rio.

La Cantera Lodge

O La Cantera Lodge também aposta na integração com a natureza. As cabanas são ligadas por passarelas suspensas.

Mercure Iru

O Mercure Iru é a escolha de quem quer estar rodeado pela mata, mas hospedado num hotel com confortos tipicamente urbanos.

Dentro do parque argentino

Assim como nós temos o Belmond das Cataratas, o parque argentino também tem um hotel dentro do parque. É o Meliá Iguazú, antigo Sheraton. Não tem o charme do hotel brasileiro nem a proximidade das cataratas — mas permite que seu hóspedes aproveitem o parque antes dos visitantes chegarem e depois de eles saírem. Em termos de praticidade, é imbatível para dois dias consecutivos de visita ao parque argentino. Nota no Booking: 9,3 (novembro/2020).

Em San Ignacio Miní

San Ignacio Hostel

Onde ficar em San Ignacio Miní

Aproveite que você está na Argentina e tire um dia para visitar a missão jesuítica de San Ignacio Miní. Para aproveitar o incrível espetáculo noturno de som e luz, passe a noite no San Ignacio Hostel, que também tem quartos privativos.

41 comentários

Olá! Site maravilhoso, valiosas informações e dicas. Vamos em dezembro para argentina. Iremos de carro até foz e pegaremos táxi até Puerto Iguazú. No outro dia temos voo de Puerto Iguazú a Buenos aires. Seria melhor chegar e atravessar direto para Puerto e ficar num hotel argentino? ou chegamos a noitinha e ficamos em Foz e no outro dia cedo atravessamos? Tem transfer que atravesse a fronteira?

    Olá, Elo! Dá certo dos dois jeitos, mas passar essa noite em Puerto Iguazú é mais prático. A travessia da fronteira pode atrasar, e não é bom passar por esse stress com voo a pegar.

Boa noite. Estou pesquisando casas para alugar em Foz. Alguma dica sobre lugares seguros para ficar?

    Olá, Debora! Não é uma questão de segurança, mas de praticidade. É melhor alugar na área central do que nos bairros entre o centro e Itaipu. Lembre-se de que a fronteiras de Paraguai e Argentina permanecem fechadas.

Obrigado por compartilhar dicas preciosas sobre Foz. Tira uma dúvida: é fácil conseguir Uber/Táxi após realizar visitas nos Parques (tanto no lado brasileiro, quanto no argentino) e em Cidade do Leste? Grato

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.