Como chegar aos Lençóis Maranhenses 1

Guia dos Lençóis Maranhenses

Como chegar aos Lençóis Maranhenses

O melhor aeroporto para chegar aos Lençóis Maranhenses é o de São Luís

De São Luis você segue para a cidade que vai ser sua base: Santo Amaro (240km de distância), Barreirinhas (260 km) ou Atins (260 km + 1 hora de barco). Qual a melhor cidade ser sua base para explorar os Lençóis Maranhenses? Nesta página explicamos as vantagens e desvantagens de cada uma. E também como chegar – de carro ou de van.

Chegando de avião

Por São Luís

São Luís recebe vôos diretos de Belém, Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Fortaleza, Imperatriz, Recife, Rio de Janeiro, São Paulo e Teresina. Saindo de outras cidades, você deverá fazer conexão em Brasília, São Paulo ou Campinas.

Por Parnaíba

Outro aeroporto a considerar — sobretudo se você estiver combinando Lençóis Maranhenses com Delta do Parnaíba — é o de Parnaíba, no Piauí. Está a 185 km de Barreirinhas, 185 km + 1 hora de barco de Atins e 280 km de Santo Amaro.

Parnaíba é ligada por voos de Campinas, às 4as e domingos. A rota é operada pela Azul. A viagem leva 3h20 em voo direto e 4h10 quando faz escala em Teresina.

Para ir e voltar em voos diretos, reserve a ida numa quarta-feira e a volta no domingo. (A ida no domingo e a volta na quarta têm escala em Teresina, sem troca de avião).

Escolha suas bases

Lençóis Maranhenses do alto

Não é preciso bater ponto em todas as bases dos Lençóis Maranhenses. Basta encontrar uma lagoa cheia num dia ensolarado e a viagem já vai ter valido. Mas se quer ver mais lagoas, com menos sacrifício, minha recomendação é incluir Santo Amaro no seu roteiro (com hospedagem).

Veja as vantagens e desvantagens de montar base em Santo Amaro, Barreirinhas e Atins:

Santo Amaro, o filé dos Lençóis

Lençóis Maranhenses: como chegar a Santo Amaro

Vantagens de ficar em Santo Amaro

  • Está ao lado do parque. De carro, em menos de 10 minutos você já está nas lagoas. Caminhando (com guia), em 45 minutos você já chega a uma lagoa.
  • Dá acesso a mais lagoas do que qualquer outra base nos Lençóis. E suas lagoas são as que duram mais nos Lençóis: em alguns anos, chegam a outubro com bom volume.
  • Perfeito para quem tem dificuldade de locomoção. Os carros chegam muito perto das lagoas.
  • Perfeito para quem quer caminhar. O passeio das Emendadas inclui 4 horas de caminhada por lagoas desertas (com muitas paradas para contemplação e banho).
  • O circuito de Betânia inclui parada para almoço num dos oásis (micropovoados) dentro do parque.

Desvantagens de ficar em Santo Amaro

  • Pouca oferta de hospedagem. E, na média, ainda mais simples do que em Barreirinhas.
  • Menor oferta de transporte de/para São Luís com relação a Barreirinhas.
  • Os carros estacionam muito perto das lagoas, estragando a paisagem.
  • As lagoas mais próximas estão virando praias, com cadeirinhas e guarda-sóis trazidos pelos carros de turismo.

Se essa for a sua opção, veja como chegar a Santo Amaro.

Para ajudar na escolha da sua base ou avançar com seu planejamento, veja nossas recomendações de pousadas em Santo Amaro.

Barreirinhas, a capital dos Lençóis

Lençóis Maranhenses: como chegar a Barreirinhas

Vantagens de ficar em Barreirinhas

  • Tem a melhor estrutura: mais pousadas, transportes mais freqüentes de/para São Luís.
  • Oferece diversidade de passeios: além das lagoas, há passeios pelo Rio Preguiças, flutuação no rio Formiga, circuito de quadriciclo aos Pequenos Lençóis e sobrevôo do parque nacional.
  • É ponto de acesso/passagem a Atins, Delta do Parnaíba e Jericoacoara.
  • O circuito da Lagoa Bonita, quando feito no início da temporada (até fim de julho), é uma das experiências top dos Lençóis.

Desvantagens de ficar em Barreirinhas

  • A hospedagem, na média, é bastante básica e sem charme.
  • Os passeios às lagoas são um pouco cansativos: levam mais de 1 hora para atravessar o rio e chegar às dunas (50 minutos chacoalhando em trilhas de areia).
  • O circuito Lagoa Bonita pode secar cedo em alguns anos, restando apenas o da Lagoa Azul até o fim da temporada.

Escolheu Barreirinhas? Veja como chegar.

Para pesquisar pousadas, leia nossas dicas em Onde ficar em Barreirinhas.

Atins, para andarilhos e kitesurfistas

Lençóis Maranhenses: como chegar a Atins

Vantagens de ficar em Atins

  • É o vilarejo mais rústico entre as três bases. Suas ruas são de areia.
  • Além das lagoas, tem o kitesurf (a temporada vai de agosto a janeiro).
  • Tem as pousadas mais charmosas dos Lençóis (graças ao kitesurf).
  • É o ponto de partida para as travessias a pé do parque, com destino a Santo Amaro.
  • Tem o camarão da Luzia, uma iguaria que você só encontra aqui.

Desvantagens de ficar em Atins

  • É o vilarejo mais rústico entre as três bases. Suas ruas são de areia.
  • O acesso é mais complicado, porque envolve 1 hora de voadeira pelo rio.
  • São raras as pousadas com ar condicionado.
  • As lagoas mais próximas costumam secar rápido, no fim de agosto.

De São Luis aos Lençóis Maranhenses

Lençóis Maranhenses como chegar: de carro

Você pode chegar de carro comum a duas bases dos Lençóis Maranhenses: Santo Amaro e Barreirinhas.

Estar de carro na região permite que você faça seus deslocamentos nos horários que quiser, sem depender de outro transporte.

Já é possível também seguir de carro comum ao Delta do Parnaíba e a Jijoca, porta de acesso a Jericoacoara.

Carro no parque nacional? Só credenciado

Lençóis Maranhenses como chegar: estacionamento em Santo Amaro
Lençóis Maranhenses: veículos credenciados no parque nacional

Se você estiver de carro, mesmo que seja um 4×4, não poderá entrar no parque nacional. Apenas veículos credenciados pelo ICMBio podem trafegar pelo parque, e ainda assim, somente nas áreas permitidas. A fiscalização é constante e as penas são apreensão do veículo e multa de R$ 5 mil.

Em Santo Amaro há uma segunda restrição: apenas operadores de Santo Amaro podem entrar no parque (existe um posto de identificação). Isso significa que operadores de Barreirinhas só podem ir até a entrada da cidade. O resto do passeio precisa ser feito por operadores de Santo Amaro.

De São Luis a Santo Amaro

De carro

A estrada de Santo Amaro foi asfaltada em 2018 e termina um pouco antes da entrada da cidade. Ali todos os carros de visitantes, sejam comuns ou 4×4, precisam ser deixados no estacionamento municipal. Seu carro vai ficar parado ali durante a sua permanência na cidade. Em junho/2019, o estacionamento ainda era gratuito (mas se falava que talvez a prefeitura passasse a cobrar).

Do estacionamento à sua pousada você vai precisar de um trânsfer em Hilux adaptadas como jardineira. O trânsfer privativo custa R$ 50. O trânsfer compartilhado com outros passageiros sai R$ 10 por pessoa, para grupos de 5 pessoas ou mais.

Santo Amaro está a 240 km de São Luís (3h30 a 4h de viagem) e 100 km de Barreirinhas (2h de viagem).

De van

Já existem quatro operadores de vans entre São Luís e Santo Amaro. Todos buscam os passageiros nos hotéis ou no aeroporto de São Luís e deixam nas pousadas em Santo Amaro (e vice-versa). O trecho entre o estacionamento de Santo Amaro e as pousadas, nos dois sentidos, é feito em jardineira.

A viagem leva 4 horas. Reserve com antecedência para garantir seu lugar. Nossa parceira Easy Travel Shop oferece opções de trânsfer compartilhado ou privativo, com pagamento em até 10x sem juros. Veja os trajetos:

Vans São Luís-Santo Amaro

  • Giga Turismo
    • WhatsApp: (98) 98913-2232
    • Saídas
      • De São Luís: 7h e 14h
      • De Santo Amaro: 6h e 14h
    • Passagem: R$ 60 o trecho
  • Cito
    • WhatsApp: (98) 98492-6988
    • Saídas
      • De São Luís: 4h e 13h
      • De Santo Amaro: 4h e 13h
    • Passagem: R$ 60 o trecho
  • Mirotur
    • WhatsApp: (98) 98717-5357
    • Saídas:
      • De São Luís: 6h
      • De Santo Amaro: 13h
    • Passagem: R$ 70 o trecho
  • Denílson
    • WhatsApp: (98) 98808-9190
    • Saídas:
      • De São Luís: 3h e 11h
      • De Santo Amaro: 4h e 12h
    • Passagem: R$ 60 o trecho

De São Luis a Barreirinhas

De carro

Há asfalto entre São Luís e Barreirinhas desde 2003. Os carros de visitantes circulam livremente pela cidade, mas não podem fazer a travessia do rio Preguiças em direção ao parque nacional.

Estar de carro também permite que você siga ao Delta do Parnaíba e Jericoacoara sem depender de ônibus ou trânsfer.

Caso você vá passar uns dias em Atins, pode deixar seu carro num estacionamento. A diária do estacionamento da pousada Atairu custa R$ 20 por dia para não-hóspedes (tel. 98 98229-4115).

Barreirinhas está a 260 km de São Luís (4h de viagem), 100 km de Santo Amaro (2h de viagem), 185 km de Parnaíba (3h15 de viagem), 245 km de Barra Grande do Piauí (4h de viagem) e 370 km de Jijoca (6h15 de viagem).

De táxi

Os taxistas do aeroporto de São Luís cobram entre R$ 350 e R$ 400 pela corrida até a sua pousada em Barreirinhas. Você pode compartilhar a corrida com outros passageiros que chegam sem trânsfer arranjado.

Do aeroporto de São Luís até Barreirinhas espere levar 4 horas. Há uma parada para lanche.

De van
Lençóis Maranhenses como chegar: van

Vans e microônibus de várias empresas fazem traslados entre São Luís e Barreirinhas, pegando passageiros nos hotéis e no aeroporto (que é a última parada). A maioria das saídas de São Luís ocorre de manhã cedo, entre 5h e 8h (eventualmente há saídas pela tarde, mas depende de haver passageiros suficientes).

A volta acontece em vários horários ao longo do dia. A passagem custa entre R$ 70 e R$ 90. A viagem leva 4 horas entre a última escala no aeroporto e a entrada de Barreirinhas (com uma parada para lanche). É preciso reservar e pagar o trânsfer com antecedência.

Logo depois de reservar sua hospedagem, você deve receber um email da sua pousada oferecendo trânsfer com um parceiro de confiança.

É possível comprar o trânsfer antecipadamente com parceira Easy Travel Shop, em até 10x sem juros. Veja as opções:

De ônibus

Se você quer viajar sem o aperto da van, as cias. Cisne Branco e Guanabara fazem a rota São Luís-Barreirinhas em vários horários por dia. A viagem leva 5 horas (é um pinga-pinga danado) e custa R$ 60 (julho/2019).

Vá à rodoviária de Uber. Na tarifa normal, sai R$ 11 desde o aeroporto, R$ 17 desde o centro histórico e R$ 23 desde os hotéis da Ponta d’Areia.

De São Luís a Atins

Para ir de São Luís a Atins é necessário seguir até Barreirinhas (de van) e de lá completar o trajeto de 1 hora de lancha (voadeira).

Quem está em Santo Amaro e quer seguir para Atins também precisa ir a Barreirinhas e de lá embarcar na lancha.

Barreirinhas-Atins de lancha
Rota das Emoções 2019 novidades

Há duas maneiras de ir de Barreirinhas a Atins: lancha (voadeira) ou na versão low cost roots pela areia, em Toyota (também conhecida localmente como ‘carros de linha’).

O acesso mais civilizado a Atins é pelo rio. Já são dois os operadores de lanchas ‘voadeiras’ regulares entre Barreirinhas e Atins. A viagem leva 1h. O transporte entre a praia em Atins e as pousadas é feito em jardineira e está incluído na passagem (tanto na ida quanto na volta). Reserve com antecedência.

Há duas outras maneiras de descer o rio de voadeira. Você pode se encaixar num passeio pelo Rio Preguiças (R$ 80) e negociar ser deixado em Atins (haverá um custo extra, de R$ 20 ou R$ 30). Pode também fretar uma voadeira no cais de Barreirinhas (R$ 350 a R$ 400).

Voadeiras Barreirinhas-Atins

  • K-Beça
    • WhatsApp: (98) 98827-7715
    • Saídas: diariamente
      • De Barreirinhas: 12h
      • De Atins: 6h20
    • Preço: R$ 60 o trecho
  • Satur
    • WhatsApp: (98) 99232-8780
    • Saídas: de domingo a 6ª
      • De Barreirinhas: 12h
      • De Atins: 7h
    • Preço: R$ 69 ida
Barreirinhas-Atins de Toyota
Lençóis Maranhenses como chegar Toyota

Fazer o trajeto entre Barrerinhas e Atins de Toyota é experimentar os Lençóis Maranhenses em modo roots. Muito antes do asfalto, das vans e das voadeiras regulares, esse era o transporte possível entre os vilarejos dos Lençóis Maranhenses. As Toyotas são as ‘jardineiras’ ou ‘carros de linha’.

As toyotas são os únicos veículos de transporte coletivo capazes de vencer as trilhas de areia que ainda hoje servem de caminho terrestre entre Barreirinhas e Atins.

Essas ‘jardineiras’ ou ‘carros de linha’ são perfeitamente adaptados para os caminhos de areia. Na areia, o único problema são os galhos dos arbustos que de vez em quando inventam de chicotear os passageiros sentados nas pontas de cada banco.

No asfalto (como é o caso das novas estrada de Santo Amaro e de Barreirinhas a Paulino Neves), porém, as jardineiras se convertem num transporte bastante inseguro. Uma coisa é trafegar a 25 km/h em trilhas de areia. Outra coisa, a 60 km/h no asfalto, sem cinto de segurança nem portas.

Tendo em vista o novo panorama de transportes nos Lençóis, só use as toyotas em ultimíssimo caso — se você não conseguir reservar nenhuma van (a Santo Amaro), nenhuma lancha (a Atins) ou nenhum ônibus (a Tutóia/Parnaíba).

Toyota ida e volta

  • Toyota Santo Amaro-Barreirinhas: sai de 2ª a 6ª às 5h de Santo Amaro e às 12h de Barreirinhas. Leva 2h30 e custa R$ 30 por trecho. Em Santo Amaro, deixa e busca nas pousadas. Reserve com a Bebétur pelo WhatsApp 98 98840-4540.
  • Toyotas Barreirinhas-Atins: saem de Atins às 5h30 da manhã e fazem ponto em Barreirinhas entre 8h e 9h, da rua Major Gallas, uma travessa da Monsenhor Gentil (o ponto de referência é a Agro-Veterinária Corrêa). Leva 2h30 e custa R$ 30. Na ida de Barreirinhas a Atins não é preciso reserva. Na volta (Atins-Barreirinhas), peça para sua pousada reservar, para que a van busque você.
  • Toyotas Barreirinhas-Paulino Neves-Tutóia: saem de Barreirinhas da rua principal, na calçada oposta ao Banco do Brasil, todas as manhãs entre 8h e 9h. Há troca de carro em Paulino Neves. Leva 3h e custa R$ 25. Um dos operadores é o Edison, WhatsApp: (98) 98910-6294.

Como se locomover entre as cidades

Barreirinhas-Santo Amaro-Barreirinhas de van

É um serviço novo, que só começou em meados de 2019. As vans saem da rua principal de Barreirinhas e levam até as pousadas em Santo Amaro. O transporte entre o estacionamento de Santo Amaro e as pousadas é feito de jardineira.

No sentido Santo Amaro-Barreirinhas, os horários são ingratos porque atendem aos moradores que vão fazer consultas, passar no banco e fazer compras em Barreirinhas.

A viagem leva 2 horas. Reserve com antecedência.

Vans Barreirinhas-Santo Amaro

  • Cacau
    • WhatsApp: (98) 98434-4589
    • Saídas: diariamente
      • De Barreirinhas: entre 12h e 13h
      • De Santo Amaro: 5h
    • Passagem: R$ 50 o trecho
  • Mirotur
    • WhatsApp: (98) 98717-5357
    • Saídas: 2ª a sáb
      • De Barreirinhas: 13h
      • De Santo Amaro: 6h
    • Passagem: R$ 50 o trecho
Barreirinhas-Santo Amaro-Barreirinhas de Toyota

O trajeto leva 2h30 e saída de Barreirinhas é às 12h. Veja detalhes e preços aqui.

De Atins a Santo Amaro

Vá de Atins a Barreirinhas de lancha (veja aqui) e siga de Barreirinhas a Santo Amaro de van (veja aqui).

A travessia pé no sentido Atins-Santo Amaro é um passeio de 4 dias. Não funciona como “transporte” se você apenas quer ir de uma cidade a outra. O trajeto é feito com guia – leia mais aqui.

Atins-Barreirinhas de lancha

As lanchas (ou voadeiras) saem de Atins bem cedo em direção a Barreirinhas. Veja indicações, horários e preços aqui.

Atins-Barreirinhas de Toyota

Peça para sua pousada reservar lugar e combinar para que você seja buscado pelo transporte. As toyotas sabem bem cedinho de Atins. Veja horários e preços aqui.

Travessia a pé nos Lençóis Maranhenses

Lençóis Maranhenses travessia

As travessias a pé nos Lençóis Maranhenses são a única maneira de visitar o coração do parque nacional, onde não é permitido circular de carro.

De lambuja, você tem a experiência de passar duas noites em ‘oásis’ (como são chamados os povoados estabelecidos em zonas de lagoas e vegetação permananentes), convivendo com o povo do lugar, dormindo em rede e comendo comida caseira do sertão.

As caminhadas são feitas no sentido Atins-Santo Amaro, para andar a favor do vento e do sol.

  • Vá de São Luís a Barreirinhas de van e chegue antes do meio dia, para seguir para Atins de voadeira.
  • Volte de Santo Amaro a São Luís de van.

As caminhadas são feitas de madrugada e de manhã cedo, para que não seja necessário andar sob o sol a pino. Negocie com seu guia para não sair muito de madrugada, senão você vai passar pela maioria das lagoas ainda apagadas. Vale a pena sofrer um pouquinho mais debaixo do sol, saindo perto do alvorecer, e ver mais lagoas brilhando.

Para a travessia você precisa de pelo menos 4 noites. Vai dormir a primeira noite em Atins, duas noites nos oásis de Baixa Grande e Queimada dos Britos, e uma quarta noite em Santo Amaro.

No roteiro ‘hard’, você pernoita no Canto do Atins e sai de madrugada (antes das 4h) para uma caminhada de 7 a 8 horas até o oásis de Baixa Grande. O 2o dia é mais tranqüilo, com uma caminhada de 2 a 3 horas entre os oásis de Baixa Grande e Queimada dos Britos. O 3o dia também requer saída de madrugada para uma última caminhada de 8 horas até Santo Amaro.

No roteiro ‘light’, você corta caminho de carro nos trechos em que isso é permitido, no início e no fim da travessia. Você sai de Atins e roda 1 hora de jipe, Toyota ou quadriciclo até o Bonzinho ou Caiçara, de onde a caminhada até o oásis de Baixa Grande leva menos de 3 horas.

O 2o dia é igual ao do outro roteiro, com uma caminhada de 2 a 3 horas entre os oásis de Baixa Grande e Queimada dos Britos. No 3o dia, você acorda antes das 4 da madrugada para caminhar 6 horas até a Lagoa da Andorinha, perto de Santo Amaro, de onde continua de jipe, Toyota ou quadriciclo até Santo Amaro (20 minutos).

Travessia dos Lençóis Maranhenses: hospedagem

A diária do guia custa entre R$ 250 e R$ 300 (a travessia custa 3 diárias), divididos entre até 4 passageiros. A dormida em rede nos oásis (com café da manhã, almoço e jantar) custa a partir de R$ 120 por pessoa, por dia. Quem adicionar os trechos de carro do primeiro e do último dia vai gastar mais R$ 200 a R$ 300 por trecho, dependendo do veículo (se for jipe ou Toyota, o valor é divisível com outros passageiros).

Peça para sua pousada intermediar o contato com um guia recomendado; faça esse contato com pelo menos 30 dias de antecedência, porque os melhores guias estão sempre ocupados na temporada. Viaje com o mínimo de peso possível; sua mala ou mochila grande pode ser despachada nas Toyotas de linha para a pousada em que você for dormir na chegada em Santo Amaro (é cobrado como se fosse um passageiro)

Receba a Newsletter do VNV

Serviço gratuito

255 comentários

Somente agradecer pelo nível de detalhamento. Estava preocupado quanto as opções de viagens de santo Amaro para São Luiz. Com essas informações vou conseguir sair no mesmo dia para pegar meu vôo.

Olá…. estou querendo ir para os Lençois em Abril/2021, mas ainda estou com muita dúvida sobre ficar em Barreirinhas e fazer bate e volta para Atins e Santo Amaro ou me hospedar nas 3 bases. Serão 6 dias para conhecer o local. O que você recomenda? O deslocamento entre as bases é fácil?

    Olá, Melina! Os deslocamentos estão bem descritos no texto, eu teria que copiar de lá para cá, e aqui não cabe. Experimente dar uma lidinha, vai. Inclusive abril não é uma época recomendável, ainda estará chovendo muito, você pode até encontrar lagoas com volume, mas a areia vai estar “manchada” das chuvas e as lagoas podem estar “apagadas” se não houver sol.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.