Lençóis Maranhenses

  • 0
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Lençóis Maranhenses: onde ficar

Luxo e charme são artigos raros nos Lençóis Maranhenses. 'Básico', por aqui, é quase upgrade; em sua maior parte, as acomodações podem ser descritas como 'muito simples'. Mas procurando bem, dá para fazer uma boa escolha.

Se preferir, clique para ir direto ao tópico:

  • Onde ficar em Barreirinhas

Porto Preguiças
Lençóis Maranhenses: onde ficar -- Porto Preguiças

A opção mais confortável de Barreirinhas é o Porto Preguiças Resort. O 'resort' do nome é exagerado; é um hotel bem-estruturado -- e, a seu favor, bem mais charmoso do que a grande maioria dos resorts de praia que eu conheço. Os chalés são espaçosos e têm equipamentos novos; as áreas sociais são agradabilíssimas e a piscina tem fundo de areia. O rio Preguiças passa nos fundos. Está a menos de 10 minutos de táxi ou mototáxi do centrinho.

Sossego do Cantinho
Lençóis Maranhenses: onde ficar -- Sossego do Cantinho

Se você procura uma pousada de charme, o lugar para ficar é a Sossego do Cantinho. Também fica à beira do Preguiças, mas na margem oposta ao centro (a estradinha de areia para Atins passa na frente da propriedade). Excelente para descansar entre Santo Amaro e Atins, aproveitando o Preguiças e sem precisar necessariamente encarar Barreirinhas (para ir à cidade, é preciso andar 10 minutos e pegar o barco que faz a travessia de passageiros).

Encantes do Nordeste
Lençóis Maranhenses: onde ficar -- Encantes do Nordeste

Numa categoria intermediária entre o hotel estruturado e a pousadinha, a Encantes do Nordeste tem acomodações mais interessantes por fora do que por dentro, uma piscina gostosa e uma excelente área à beira-rio, onde está instalado o restaurante Bambaê (que recebe não-hóspedes, inclusive para passar o dia). Está a 10 minutos de táxi ou mototáxi do centrinho.

Gran Solare Lençóis
Lençóis Maranhenses: onde ficar -- Gran Solare

O flat Gran Solare Lençóis é um espigão de 6 andares que, quando inaugurado, tirava a poesia do rio Preguiças. Hoje, com os coqueiros crescidos, está felizmente escondido. Não prima exatamente pelo charme (os apartamentos têm luz branca). É confortável, mas não tem nada a ver com o destino Lençóis Maranhenses.

Pousada do Buriti
Lençóis Maranhenses: onde ficar -- Pousada do Buriti

Na área central, a pousada mais bem-estruturada é a Pousada do Buriti -- tem piscina e até um mini-kids club. Um riacho passa nos fundos. Os quartos é que podiam ter algum charminho que fosse.

Pousada d'Areia
Lençóis Maranhenses: onde ficar -- Pousada d'Areia

Em frente à duna da entrada na cidade, pertinho dos restaurantes da beira-rio, a Pousada d'Areia tem quartos básicos com equipamentos novos.

Pousada São José
Onde ficar em Barreirinhas: São José

A 10 minutos de caminhada da beira-rio, a Pousada São José tem instalações simples, que parecem ainda mais simples pelo uso de concreto e tijolos aparentes. Mas a atenção da equipe e o ótimo café da manhã dissipam totalmente a má impressão da chegada.

  • Onde ficar em Santo Amaro

Rancho das Dunas
Onde ficar em Santo Amaro: Rancho das Dunas

A pousada mais confortável de Santo Amaro fica ligeiramente fora da cidade, do outro lado do rio: é a Rancho das Dunas. Os bangalôs são espaçosos e ainda têm jeito de novos. Se você ficar uma manhã ou tarde sem passeio, pode aproveitar a piscininha (de fibra), com sombra natural de árvore. Para ir à cidade, você vai precisar de táxi ou quadriciclo (mas estará bem-servido no próprio restaurante da pousada).

Na vila

Já na vila, as acomodações variam entre o básico e muito simples. Ar condicionado, porém, não é problema: todo lugar tem -- e na maioria dos casos é split. Duas pousadas se destacam pelo ambiente agradável fora dos quartos.

Pousada Cajueiro
Lençóis Maranhenses: onde ficar -- Pousada Cajueiro (Santo Amaro)

A Pousada Cajueiro tem um gostoso jardim e um restaurante com teto de palha e vista para o rio.

Água Doce
Lençóis Maranhenses: onde ficar -- Água Doce (Santo Amaro)

A Água Doce foi a primeira pousada arrumadinha da cidade, e até hoje é top. Os quartos mais novos são os chalés do jardim.

Bellas Águas
Lençóis Maranhenses: onde ficar --  Bellas Águas (Santo Amaro)

A Bellas Águas. O quarto é bem simples, mas o café da manhã é superbom e tem um atendimento muito bom no quesito passeios.

Pousada Isabella
Onde ficar em Santo Amaro: Pousada Isabela

A pousada mais novinha do centro é a Pousada Isabela, que segue a toada dos quartos sem frufru mas tem uma piscina no jardim.

  • Onde ficar em Atins

O kitesurf trouxe gringos -- e com eles, pousadinhas charmosas.

Oceano Atins
Lençóis Maranhenses: onde ficar -- Oceano Atins

A Oceano Atins, fica na beira da praia e tem chalés branquinhos, decorados com muito bom-gosto.

Pousada Cajueiro
Lençóis Maranhenses: onde ficar -- Cajueiro (Atins)

Os quartos Pousada Cajueiro têm varanda com rede, um lounge gostoso no quintal e uma antena que pega sinal da Vivo no (bem-montado) bar.

Convento Arcadia
Onde ficar em Atins: Convento Arcadia

Num amplo terreno no coração da vila, a Convento Arcadia tem apartamentos recém-reformados na casa principal e quatro superbangalôs que estavam sendo concluídos quando passei para visitar. O casal de donos -- ela, brasileira; ele, alemão -- garimpou madeiras de demolição e de barcos, dormentes de trem e relíquias de antiquários, usados na estrutura e na decoração dos novos bangalôs. O projeto aproveita a trajetória usual do vento para não precisar de ar-condicionado.

Maresia Atins
Lençóis Maranhenses: onde ficar -- Pousada Maresia (Atins)

A Maresia Atins funciona em duas unidades próximas: a principal (onde está a pizzaria) tem apartamentos, e num terreno adiante, chalés e uma casa sobre palafitas.

Rancho do Buna
Onde ficar em Atins: Rancho do Buna

Das pousadas tradicionais de Atins, a mais estruturada é o Rancho do Buna, com chalés amplos, piscina e uma estrutura própria para passeios. Os chalés têm ar condicionado.

Pousada Jurará
Onde ficar em Atins: Vila Jurará

A Jurará inaugurou um anexo ainda mais confortável no fim de 2016: a Vila Jurará. A Jurará fica na rua principal; a Vila Jurará, 50 metros adiante. Todos os apartamentos têm ar-condicionado.

8 comentários

Marcos Zaven Fermanian

Voltei a poucos dias dos Lençois e realmente é um lugar sensacional, mas a hospedagem no Rancho do Buna foi um desastre : o local por fora é muito bonito, mas os chales são sujos, os mosquiteiros sem lavar a muito tempo, com cheiro de pó, aranhas por todos os cantos, mais a noite o banheiro ficou enfestado por pererecas ( os chales não tem forro e elas invadem escalando as paredes) , o que para minha familia foi a gota d´agua, foi uma noite horrivel. Logo pela manha saimos e felizmente achamos vagas na pousada Irmãos Atins, um lugar honesto, limpo e agradavel, salvando nossas estadia em Atins. Logo que chegamos vimos o Buna discutir com um hospede, algo estava por vir que ainda não sabiamos...... Em resumo os Chales do Buna estão entregue as "moscas", na verdade para aranhas, baratas e pererecas, muitas pererecas. Perdemos os 50% do valor que exigido para fazer reserva , não foi devolvido um centavo, mas mesmo assim fomos embora .

Valdinho Pellin

Acabei de voltar dos lençóis e asseguro com a melhor base para conhece-los é Santo Amaro. A cidade realmente não tem muita estrutura hoteleira mas as paisagens que você descobrirá nos lençóis a partir de Santo Amaro superam qualquer perrengue. Me hospedei na Pousada São José e recomendo. É uma pousada familiar mas os quartos são descentes e todos com ar condicionado. O preço é bastante honesto e a Marineide, proprietária da pousada, auxilia muito no agendamento dos passeios. para quem quer uma hospedagem com uma ótima relação custo benefício, fica a dica.

Marco Freitas
Marco FreitasPermalinkResponder

Fiquei em Atins 3 dias na última semana (17 a 20/Jul) onde fiquei hospedado na Oceano Atins. È a melhor pousada em localização (frente a praia) com quartos honestos para o lugar. Tem dois grandes defeitos: fraco café da manhã e querer servir refeições sem nenhuma preparação para isto (apesar da imensa simpatia dos funcionários). A pousada do Irmão (e restaurante onde comi 2 vezes) me pareceu bem honesta. Atins vale pelas belas paisagens e simpatia do pessoal local.

Irene
IrenePermalinkResponder

Fiquei hospedada na Pousada do Irmão. A pousada é limpa, os funcionários super gentis e tem a vantagem de servir almoço e jantar. Vários hospedes de outras pousadas vão jantar ali, já que não há muitas opções na vila. E o Irmão prepara um peixe na grelha maravilhoso. Outra vantagem de se hospedar ali é que o Irmão praticamente organiza todos os passeios de Atins, que saem dali e passam pelas outras pousadas para buscar os hóspedes. Pode-se tratar tudo com ele: transporte ida e volta para Barreirinhas, passeio às lagoas e ao Canto do Atins, passeio de barco para ver a revoada dos guarás. Eu fiquei muito satisfeita com a minha escolha. Não entendi porque a pousada não foi mencionada aqui como opção de hospedagem.

Marcia Monteiro

Ola qual melhor tipo de sandália/chinelo para caminhar pelas dunas.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcia! Papete com meia evita bolhas. Quem está acostumado vai descalço.

Guilherme Oliveira

Concordo em gênero, número e grau. Ao contrário de você, não tivemos a presença de espírito de buscar outra pousada. Deixamos Atins antes do planejado por conta do mau atendimento, a comida ruim e cara e a "sovinagem" do dono e gerência. O gerente nos ofereceu carona até um restaurante (já que a pousada é longe de tudo)... Segundo ele, após nos ter prometido, o dono vetou e disse que ele tinha de cobrar pela carona. Achamos uma grosseria e preferimos ir a pé, no escuro. Buna nunca mais e faço questão de "desindicar" a todos que conheço e vão para Atins, que é um lugar espetacular...

Beth Correia
Beth CorreiaPermalinkResponder

Em Barreirinhas ficamos em Paraiso dos Lençois: excelente, confortável e a moça da recepção, Érica, resolve tudo e planeja os passeios. Em Atins ficamos na Pousada Jurará: confortável e com funcionários muito educados e simpáticos. A Rute é uma graça, deixa saudades...
Em Santo Amaro ficamos na Pousada São José: não é muito limpa e é muito barulhenta. O nosso quarto ficava dentro da casa da família, não recomendo.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar