Lisboa

  • 0
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

O corredor entre o Chiado, o Rossio e o início da avenida da Liberdade é a mais conveniente: supercentral para turistar (a pé e de metrô), próxima à noite do Bairro Alto e não muito longe da noite do Cais do Sodré (onde está o novo foco de animação noturna).

O trecho entre a avenida da Liberdade e o Príncipe Real pode não ser tão bem servido pelo metrô, mas é um lugar muito charmoso para dormir e acordar -- e está pertinho do Bairro Alto. É o ~meu~ pedaço favorito.

O final da avenida da Liberdade, à altura da rótula do Marquês do Pombal, é o endereço de hotéis com ótima relação custo x benefício. Quem se hospeda por ali está a duas estações de metrô da estação Restauradores, ponto inicial para explorar o centro histórico (e conveniente para subir ao Bairro Alto pelo Elevador da Glória).

Evite as zonas hoteleiras em torno do metrô Saldanha e na avenida José Malhôa -- são próprios para viajantes a negócios, pouco convenientes para o turismo.

Se vai alugar apartamento, procure no Príncipe Real.

Entre Av. da Liberdade e Príncipe Real: charme e noite

Não tem metrô na porta e pode ter alguma ladeirinha, mas esta região é imbatível nos quesitos charme diurno e proximidade da noite do Bairro Alto (mas sem o barulho do Bairro Alto).

Aqui está o Ibis mais bem-localizado de Lisboa, o Ibis Lisboa Liberdade, a meio caminho entre a avenida e o Príncipe Real; o hotel já está no novo padrão mundial Ibis.

Podendo investir um pouco mais na hospedagem, considere o Eurostars das Letras ou o Vintage House, a uma subidinha do Príncipe Real, ou ainda o Altis Prime, mais próximo da avenida.

Para economizar, confira os preços do colorido Hotel Alegria, do básico Príncipe Real ou da pitoresca Casa São Mamede (o único hotel realmente plantado no Príncipe Real; os quartos têm decoração "de época").

Voltar | Menu

Chiado: comércio e proximidade da noite

Num edifício pombalino recuperado pelo arquiteto Siza Vieira, os Design Chiado Flats são apartamentos amplos e moderníssimos, com cozinha equipada, que dão para a rua do Carmo (de pedestres; o táxi deixará a uma quadra).

Na fronteira do Chiado com o Bairro Alto encontram-se dois opostos: o modesto -- e baratinho -- Hotel Borges (a localização é espetacular, mas apenas alguns quartos estão reformados) e o charmoso -- e carinho -- Bairro Alto Hotel (mesmo se você não estiver hospedado, não deixe de tomar um drink no bar do terraço).

Vizinho à estação Chiado do metrô, o discreto Hotel do Chiado também tem um terraço com vista para o Tejo; atrás do Rossio, o criativo Art Inn tem quartos temáticos.

Voltar | Menu

Rossio e av. Liberdade: tudo a pé ou de metrô

É uma região sem contra-indicações: plana, bem-servida por metrô, vizinha ao centro histórico (dá para ir caminhando), com comércio e a esplanada de cafés na ilha central da avenida.

Na região do Rossio, o clássico Mundial oferece conforto e serviço a bom preço; o Internacional Design, o Beautique Hotels Figueira e o My Story Rossio (bem na praça) têm ambiente moderninho, enquanto o Avenida Palace é para quem curte o gênero rebuscado. O mais sofisticado deste trecho é o Altis Avenida.

As transversais da praça dos Restauradores escondem hotéis com melhor custo x benefício, como o quase luxuoso Lisboa Plaza, os básicos-estilosinhos Gat Rossio e Rossio Garden e o camaradíssima Reaidencial Florescente, grande pedida para economizar.

A avenida é o endereço de hotéis de primeira categoria, como o Sofitel Lisboa e Tivoli Lisboa. Entre os hotéis confortáveis com preços possivelmente mais abordáveis estão o Bessa Hotel, o Fontecruz Lisboa, o Tivoli Jardim e o NH Liberdade. Mas pechincha mesmo, em plena zona nobre da avenida, talvez só o simplesinho Dom Sancho I.

Voltar | Menu

Marquês do Pombal: bom preço a duas estações do Centro

Esta região é pródiga em hotéis confortáveis (novos ou renovados) com diárias abaixo de 100 euros. Duas redes dominam a área: a Sana, com os hotéis Sana Lisboa (o menos barato) e Sana Capitol (o mais em conta, na rua de trás), e a Fénix, com os renovados Fénix Lisboa, Fénix Urban, Fénix Garden e Fénix Music (de quartos temáticos).

Na área, dê uma olhadinha também nos charmosos Castilho House e H10 Duque de Loulé, e nos agradáveis Dom Carlos Liberty, Aviz e Turim.

Voltar | Menu

Cais do Sodré: noites de Lisboa

Com metrô na porta e em plena Lisboa histórica, o Cais do Sodré é conveniente sobretudo para os notívagos, que querem participar das intermináveis noites lisboetas. Os melhores achados da área são o delicioso LX Boutique e a surpreendente Lisbon Old Town Guesthouse.

Voltar | Menu

Leia mais:

22 comentários

Tatiana Dahlem

Estive em Lisboa no início de fevereiro deste ano e só posso dizer uma coisa: realmente é muito gira!!! Amei! Sem contar que tudo na cidade é bem mais barato do que em outros locais da Europa (Paris, por exemplo). Fiquei no Fenix Garden e fomos muito bem atendidos. O café da manhã é muito bom e o quarto espaçoso. Outro ponto forte é a localização com metrô.

Lilian
LilianPermalinkResponder

olá, gostaria de uma dica: chegarei em Lisboa no dia 6/6 às 5h da manhã. É fácil conseguir hospedagem com check in bem cedo? Algum lugar específico (dos bem baratinhos) para me indicar? grata.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Lilian! Para ter certeza de check-in antes das 14h, é preciso reservar a véspera também. Check-in antes da hora nunca é garantidp.

LQL
LQLPermalinkResponder

Olá! Queria saber se o Bairro Alto é de fato tão contraindicado para hospedagem. O acesso é muito difícil, fica longe das atrações, não tem transporte público? Pergunto isso porque vimos alguns apartamentos interessantes para alugar por lá e, acima de tudo, sempre gostamos de ficar hospedados perto de boas opções de restaurantes, para poder voltar a pé para casa após o jantar, e me parece que o Bairro Alto nesse quesito tem muitas opções, né? Obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, LQL! Porque é barulhento, a garotada fica na rua até de madrugada. A localização é ótima.

Cecilia Stahl
Cecilia StahlPermalinkResponder

Olá Bóia, vou a Lisboa no início de maio e pensei em alugar um apartamento, que está saindo mais em conta que todos os hotéis sugeridos pelo vnv, talvez pela alta do Euro. Vi um apartamento muito gracioso e design na região de Chiado, na Rua dos Douradores, onde perto do Hotel boutique Figueiras. Vc recomenda alugar um apartamento nessa região? é servida de bons restaurantes e fácil acesso? Abraços!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cecilia! É uma boa região. Esta informação está escrita na primeira frase do texto desta página.

RODRIGO
RODRIGOPermalinkResponder

Olá...Estou planejando minha viagem a Lisboa e tenho visto muitas ofertas de apartamento para alugar na região de Alfama com bons preços. Quais os prós e contras de se hospedar nessa região? Abraços

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rodrigo! É uma região central e pitoresca.

Rita
RitaPermalinkResponder

Ha um tempo atras ficamos no Hotel Mundial. É muito bom, excelente localização, quartos grandes, bom café da manhã. No último andar tem um restaurante muito bom, com vista para o Castelo de São Jorge. Recomendo

Elisa Conti
Elisa ContiPermalinkResponder

Maravilhosas informações! Obrigada.

RABUGENTO
RABUGENTOPermalinkResponder

A última vez que estive por Lisboa foi agora em janeiro de 2016.
Como sou rabugento e folgado já tinha reservado o aluguel do veículo para pegar no aeroporto da Portela.
Vasculhei diversos hotéis em diversos pontos de Lisboa.
Alguns, que já não tinham a diária muito barata, cobravam adicional de 12 euros diários pelo estacionamento do veículo. Estacionamentos esses no subsolo e, como já tinha visto em viagens anteriores, com manobras bem complicadas se o veículo for um pouco maior. Pensam que todo mundo vai de Smart... wink
Como sou Platinum na Rede Accor, acabei encontrando o Mercure Almada. O hotel tem um restaurante japonês muito famoso na Europa, o Sushic Almada.
Está do outro lado da Ponte 25 de abril, que cobra menos de 2 euros a portagem. Estacionamento à vontade, facílimo de usar e grátis.
Valeu bastante porque aproveitamos para passear pelas Quintas do Alentejo. Vale conhecer muitas delas. Gostamos muito da Quinta da Bacalhoa e também da Adega da Mata de José Maria da Fonseca em Azeitão.
De resto é só atravessar a ponte rumo ao norte e divertir-se em Lisboa e nos demais lugares de Portugal.

silvia cassini

oi, aqui estou eu de novo fazendo perguntas. Da ultima vez foi Paris, agora Lisboa. Viajo com meu pai, idoso, que usa um scooter elétrico para locomoção e estou procurando um apartamento num bairro legal e relativamente calmo, preferentemente plano e com acesso ( o que pode ser um belo problema para nos). Como nao conheço a cidade, preciso de uma ajudinha básica na indicação de bairro e em dicas de locomoção. a dica de Paris sobre fugir do metro foi perfeita para nos, pois os onibus tem rampas de acesso, isso existe em Lisboa também? Tudo que puderem me dizer vai ser de extrema ajuda. Muito obrigada desde já. Desculpe se esta tudo sem assento, pois nao consigo achar nada no teclado do meu computador novo...

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Silvia! A Baixa e a Avenida da Liberdade são regiões planas.

Aqui estão as linhas de ônibus adaptadas:

http://carris.transporteslisboa.pt/pt/mobilidade-reduzida/

Uma lista de táxis adaptados:

http://www.apd.org.pt/index.php?option=com_content&view=article&id=350:lisboa-taxis-adaptados&catid=321:rodoviario&Itemid=230

Veja também as dicas da Cadeira Voadora:

http://cadeiravoadora.com.br/visitando-lisboa-com-cadeira-de-rodas/

Alexandre Meirelles

Boas dicas, e faço coro contigo sobre o trecho entre a avenida da Liberdade e o Príncipe Real. Por ignorância acabei ficando, dica do cunhado, no hotel Roma, avenida Roma, creio. Não foi ruim, servido pelo metrô, uma mão na roda para quem chega no aeroporto, mas depois que se conhece um pouco mais de Lisboa voce acaba jurando voltar e ficar proximo do Alto e Chiado...

Juliana
JulianaPermalinkResponder

Lembrando que a área do Cais do Sodré, que normalmente é ótima, está toda em obras, o que tira todo o charme do lugar.

Ana Carol
Ana CarolPermalinkResponder

Olá!
Estou com viagem programada para Lisboa no início de junho e os hotéis estão com preços bem elevados. Estou praticamente decidida a alugar um apartamento pelo Airbnb, mas como meu vôo chega muito cedo em Lisboa, não sei o que fazer até o horário do checkin, que costuma ser por volta de 15h.
Há alguma opção para guardar as malas?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ana Carol! Você pode entrar em contato com o anfitrião antes de alugar e perguntar se ele pode ajudar.

Luis Claudio
Luis ClaudioPermalinkResponder

No AirBnB há diversos tipos de hosters. Alguns aceitam horário de check-in flexível e outros aceitam guardar as malas antes da entrada. Você pode negociar diretamente com eles pelo site.

Tatiana
TatianaPermalinkResponder

Fui esse ano a Lisboa, em maio, e fiquei no Ibis Saldanha. Adorei a localização, metrô direto do aeroporto, muito tranquilo, e o preço sensacional. Deixei as malas tranquilamente 8:00 e depois voltei para entrar no quarto mais a tardinha. Recomendo muito.

Rita
RitaPermalinkResponder

Fiquei no Lisboa Pessoa Hotel, pertinho do Convento do Carmo. É excelente e tudo. Super recomendo

Euclides
EuclidesPermalinkResponder

Estive recentemente em Lisboa e utilizei todas as informações deste post, perfeito, fiquei no Altis Grand, excelente, com diárias à 119$ euros com espetacular café da manhã

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar