Londres

Capital da diversidade
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Esqueça a Londres empertigada que você tem na cabeça. A capital da Grã-Bretanha foi conquistada por seu antigo império, e abraçou o multiculturalismo com um desprendimento que não se vê em nenhum outro lugar da Europa. Hoje você vai a Londres e vê o mundo.

A topografia e a geografia da cidade também mudaram. O novo ponto de referência é o Shard, um edifício em forma de obelisco que domina a margem do (despoluído) Tâmisa. Uma nova Londres está acontecendo no leste, onde o bairro de Shoreditch, colado à City, já se estabeleceu como o pólo de uma noite animada e democrática.

E o que ninguém acreditaria 20 anos atrás: come-se muito bem em Londres. E até mesmo barato: proliferam na cidade redes de restaurantes moderninhos, com pegada étnica, que ajudam a fazer render mais as suas libras.

Londres-onibus-taxi-tradicional

londres

Quando ir?

Céu nublado e chuvisqueiro fazem parte da paisagem londrina. Incorpore um guarda-chuvinha ou capa impermeável ao seu equipamento de sair, ou aproveite para desenvolver a indiferença (ou seria fleugma?) britânica ante a água que cai do céu.

Sabendo disso, o inverno não parece tão feio, já que o termômetro raramente chega a zero e a intensidade de chuvas não aumenta.

No verão você faz mais coisas na rua e pode até mesmo passar calor (reserve quarto com ar condicionado no auge da estação). Não há filas absurdas, com exceção das über-atrações turísticas, como Palácio de Buckingham, LondonEye, Torre de Londres (especialmente a visita às Jóias da Coroa) e Tower Bridge (vale a pena comprar ingresso antecipado).

Museus como Victoria&Albert, Museu Britânico, Museu de Ciências e o Museu de História Natural são gratuitos.

londres-museu-britanico

Museu Britânico

Como chegar?

A British Airways voa direto de São Paulo e do Rio; a TAM, direto de São Paulo. Todas as outras cias. européias levam a Londres com uma conexão.

Chegue de trem se você vier de Paris ou Bruxelas (2h20 de viagem pelo Eurostar). Vindo de outros pontos da Europa, é melhor pegar o avião. Tente incluir escala em Londres na sua passagem transatlântica.

Trânsfer do aeroporto para Londres:

Trânsfer de Londres para Heathrow:

Calendário de preço de passagem aérea: Londres (fonte: Viajanet)

Onde ficar

Londres tem hotéis espalhados pela cidade inteira. Perto de estações, como Victoria e Paddington, há bolsões de hoteizinhos e bed & breakfasts em que a concorrência faz o preço baixar.

Duas áreas especialmente agradáveis, e com hotéis em conta, são South Kensington (perto do metrô Earl’s Court) e Bloomsbury (mais central). Se é para ficar perto de estação, eu ficaria em Euston, nas proximidades de King’s Cross/St. Pancras (a estação do Eurostar).

Quem quer turistar menos e curtir mais East London pode ficar em Shoreditch na boa.

Daqui pra onde

Cambridge está a 50 min. de trem; Oxford, a uma hora. Os estúdios Warner Bros., onde foram rodados os filmes do Harry Potter, ficam a 55 min. de trem a partir da estação Euston, em Londres. A pequena cidade de Windsor, onde também se pode ver a troca da guarda, está a uma hora da estação Paddington (para visitar o Castelo de Windsor compre ingressos com antecedência, no verão a fila é enorme).

Num dia bonito – e se você tiver tempo sobrando – vale fazer um passeio a Brighton, (1h10), a praia mais próxima.

Se seu roteiro comportar, pense num bate-volta ao Highclere Castle (2h30), onde foi filmada a série Downton Abbey.

As termas romanas de Bath estão a 1h30 de trem. Para ir a Stonehenge você precisa ir de trem a Salisbury (1h30) e então pegar o ônibus local. Há tours que conseguem fazer Bath e Salisbury no mesmo dia.

Bath

A bela Edimburgo, na Escócia, está a 4h de trem, e dá boa continuação de viagem. Tendo coragem de dirigir na mão inglesa, há roteiros belíssimos para fazer nas ilhas britânicas – as Highlands na Escócia, as Cotswolds no sul da Inglaterra, o interior da Irlanda.

Passeios de 1 dia saindo de Londres com nosso parceiro Viator

Londres no Viaje na Viagem

345 comentários

Antonio Cruz
Antonio CruzPermalinkResponder

Oi pessoal, chego em Londres dia 29/03 via Eurostar vindo de Bruxelas, data prevista para o Brexit. Em caso de No-Deal posso esperar filas maiores na imigração em Bruxelas ou eventualmente um cancelamento das viagens?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Antonio! Por enquanto só se falou em dificuldades na entrada de produtos.

Maria lucia schiavo

Oi, Bóia! Por favor, alguém já se hospedou no Dorsett Sheperds Bush Hotel? A localização é boa? Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria Lucia! O Dorsett Sheperds Bush fica um pouquinho a oeste de Notting Hill. Tem a conveniência de uma estação de metrô a três quadras, servidas pelas linhas Circle e Hammersmith. A avaliação dos hóspedes no Booking é ótima, 8,6.

Maria lucia schiavo

Obrigada, Bóia!

Marta
MartaPermalinkResponder

Meu filho vem dia 13 para BRUXELAS com escala em Londres. A primeira viagem internacional ele irá me visitar sou legalizada.Como e essa ESCALA?Tranquila checam todos documentos. Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marta! Na conexão ele não passará por imigração, porque o Reino Unido não faz parte do Espaço Schengen. Ficará na área de trânsito internacional. Fará imigração em Bruxelas, apenas. Tem que ter passagem de volta, carta-convite assinada por você e seguro-saúde.

Ronaldo Loubach

Olá!! Preciso de dica para passar o natal em Londres. Chegarei dia 22/12 e ficarei até 26/12 e eu li que os transportes não funcionam nos dias 24, 25, 26. Como fazer para visitar a cidade nestes dias e ir para o aeroporto no dia 26? Transporte público nenhum funciona? Neste dia irei para Amsterdam. Obrigado!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ronaldo! Neste link você vê o esquema dos transportes em Londres nesses dias:

https://www.londonlogue.com/transportation-2/public-transport-in-london-at-christmas/

Em resumo, dia 24 tudo funciona mais ou menos normalmente pelo menos até o início da noite.

Dia 25 metrô e ônibus não funcionam. Há ônibus especiais de Paddington para Heathrow.

Dia 26 metrô funciona de maneira limitada. Tem trem para Heathrow saindo de Paddington, mas com freqüência reduzida.

Renata Lessa
Renata LessaPermalinkResponder

Olá, boia!
Vou estar no norte da França e vou para a Inglaterra. Tem barco que faz essa travessia? Não estaremos com carro. Queria fugir do trem ou avião. Fazer algo diferente. Tem como? Abração

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Renata! Veja as rotas dos ferries entre França e Inglaterra:

https://www.directferries.co.uk/ferries_from_france_to_england.htm

(Clique no mapa)

Rodolfo Luis
Rodolfo LuisPermalinkResponder

Olá.preciso em 2/3/19 ir de Londres para Nottinghan, o que vc sugere:trem ou ônibus?será que o Brexit irá tornar a imigração mais lenta?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rodolfo! Dá duas horas de trem ou 3h30 de ônibus. Saberemos pelo noticiário se e quando houver o Brexit.

Tábata
TábataPermalinkResponder

Olá, bóia!

Quero fazer um bate-volta Londres- brugges. Vale a pena? Pretendia fazer de eurostar sei que tenho que passar pela imigração. É tranquila ou demorada?obrigada! Bjs

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tábata! Aproveite seu tempo e seu dinheiro melhor. Explore o que está perto de você. Bruges é uma cidade que está a um canal e dois países de distância, com imigração na ida e na volta. Lugares assim não são feitos para ir e voltar no mesmo dia.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar