Hotéis em Buenos Aires: Palermo Soho + Hollywood e Villa Crespo

Blue Soho, bem no bochincho

ATUALIZADO | 23.11.2012

Se bater ponto nas atrações turísticas não for o seu objetivo principal em Buenos Aires, você provavelmente vai gostar de se hospedar entre o Palermo Soho e Palermo Hollywood. A área é imbatível para vida social e gastronômica: você vai encontrar butiques, lojinhas, cafés, bares, restaurantes e clubes nas redondezas do seu hotel.

A transformação do lugar em bairro da moda começou ao norte dos trilhos do trem, numa região de galpões onde se instalaram estações de TV e estúdios de cinema, e que por isso acabou conhecida como “Palermo Hollywood”. Quando o fenômeno se reproduziu ao sul dos trilhos, o centrinho de Palermo Viejo foi rebatizado de “Palermo Soho” (”Soho” significando “SOuth of HOllywood”). As duas blagues pegaram e hoje ninguém se dá conta do ridículo da coisa, haha.

A maior evidência da consolidação dos Palermos está no número de hotéis da região. Na minha primeira visita, em 2003, o miolo de Palermo Soho só tinha dois hotéis: o pioneiro Malabia House, onde me hospedei, e o recém-inaugurado BoBo. (Havia algumas pousadinhas, mas todas nos arrabaldes do bairro.) O primeiro hotel-design só veio a aparecer no fim de 2005: o Home, em Palermo Hollywood.

.

Pois bem: listados neste post estão mais de 40 hotéis nos dois sub-bairros. (Isso porque não estou considerando nada que fique ao sul da Scalabrini Ortiz nem para lá da avenida Córdoba.) A maioria está instalada em antigos casarões ou predinhos reformados; mas nos últimos anos têm aparecido muitas construções novas.

Leia também:

Buenos Aires: os 10 hotéis mais reservados pelos leitores

–> O MIOLO DO PALERMO SOHO — ou, entre nós, o “Palermo Sylvia” :mrgreen:

.

Craft, Palermo SohoNossa vibana-máster, a Sylvia, definiu com categoria: quem quiser ficar a dois passos de tudo deve ficar no quadrilátero compreendido entre Malabia ao sul, Uriarte ao norte, Gorriti a oeste e Nicaragua a leste. Neste miolinho — que doravante será conhecido aqui no site como Palermo Sylvia — está tudo o que interessa: o comércio da Honduras e da El Salvador (e suas transversais), os restaurantes em torno da pracinha entre Armenia e Malabia. O único lugar caído desse miolito é a Plazoleta Cortázar (Borges esquina Honduras), que foi onde a muvuca começou, e hoje concentra os bares menos interessantes e a feirinha mais sem-graça.

O hotel mais chique do pedaço é o Nuss, que fica na El Salvador entre Borges e Thames. Fica num prédio novo e baixinho. Se bem que não há lugar mais vip que o Jardín Escondido, casarão que Francis Ford Coppola aluga na Gorriti entre Armenia e Malabia. Dá para alugar a casa inteira, só um andar ou um apartamento.

De volta ao mundo real. Se você faz questão de que o prédio tenha sido construído para ser hotel, então escolha entre os relativamente novos Soho All Suites (Honduras entre Malabia e Armenia), Five Cool Rooms (Honduras entre Malabia e Armenia), Mine, superelogiado (Gorriti entre Armenia e Malabia) e Ultra, charmosinho (Gorriti entre Gurruchaga e Serrano).

Uma rua abaixo do quadrilátero da Sylvia, mas ainda bem-localizados e por isso mantidos neste grupo, estão os supernovinhos The Glu (Godoy Cruz entre Gorriti e Cabrera) e Torrecillas Soho (Godoy Cruz entre Gorriti e Cabrera).

Na categoria predinhos adaptados, considere o Craft (Nicaragua entre Malabia e Armenia, de frente para a praça bacana), o Synergie (feioso por fora, interessante por dentro, na Malabia entre Gorriti e Honduras) e o meu favorito, o superelegante Palermitano, possivelmente a melhor relação custo x charme do bairro (Uriarte entre Honduras e El Salvador).

Muitos dos hotéis do filé são casarões convertidos. O mais tradicional é a Malabia House (Malabia entre Honduras e Gorriti). O mais bem-localizado, o espartanoBlue Soho (El Salvador entre Gurruchaga e Armenia). O mais classudo, o Legado Mítico (Gurruchaga entre Nicaragua e Costa Rica). O L’Hôtel Palermo (Thames entre Gorriti e Honduras) tem uma bela piscina nos fundos. OCypress In é charmosinho (Costa Rica entre Borges e Uriarte), o 5411 Soho é GLS (Thames entre Gorriti e Honduras), o Mirabaires Suites costuma ter bons preços (Costa Rica entre Uriarte e Thames), e o Rugantino é familiar e barateiro (Uriarte entre Costa Rica e Nicaragua). O Palermo Sylvia tem até um albergue-design: o Zentrum Hostel Boutique (Costa Rica entre Malabia e Armenia.

–> MAIS PALERMO SOHO — um pouco fora do bochincho

.
Esplendor Palermo SohoSaindo do miolo, Palermo é um pouco menos Soho, já que as lojas e restaurantes não vão ser mais tão transadinhos, e o comércio vai ter mais cara de bairro. Mas não é, de jeito nenhum, um lugar desolado. Quanto mais próximo da avenida Santa Fé você fica (Guatemala, Chacras), mais perto estará do metrô (estação Plaza Italia).

Os hotéis que funcionam em prédios novos nesse segundo anel são o moderno Esplendor Palermo Soho (Guatemala entre Thames e Uriarte) — onde já fiquei e gostei muito — e o clássico fake Puro Baires (Niceto Vega entre Armenia e Malabia).

Os outros ficam em casarões. Do mais caro ao mais barato: BoBo (Guatemala entre Thames e Borges), Vain (Thames entre Paraguay e Chacras), Miravida (Darregueyra entre Soler e Guatemala), Jam Suites (Malabia entre Gorriti e Cabrera) e Kala Petit Hotel (Thames entre Niceto Vega e Córdoba).

–> PALERMO HOLLYWOOD — do outro lado dos trilhos


View Hotéis em Palermo Hollywood in a larger map

.
Vitrum, Palermo HollywoodAo escolher um hotel em Palermo Hollywood, tenha em mente que lá não é gostosinho de andar como no Soho. As distâncias são grandes, e muitos restaurantes só funcionam mesmo à noite. As ruas mais movimentadas são a Humboldt e a Fitz Roy, entre a Honduras e a Paraguay; nesse trecho já se instalaram lojas suficientes para justificar uma caminhada durante o dia.

A maioria dos hotéis por aqui funciona em prédios novos. O decano da área é o Home (Honduras entre Humboldt e Fitz Roy). Os mais próximos da divisa dos dois Palermos são o Be Hollywood (Humboldt entre Honduras e El Salvador) e o Hollywood Suites & Lofts (Nicarágua quase Humboldt).

Em comum todos têm decoração contemporânea, como o Vitrum (Gorriti entre Bonpland e Fitz Roy), o Own (Cabrera entre Humboldt e Fitz Roy), o Esplendor Palermo Hollywood (Fitz Roy entre Guatemala e Soler), o Fierro Boutique Hotel (Soler entre Carranza e Ravignani), o Atempo (Arévalo entre Gorriti e Cabrera), o Noa Noa Lofts + Art (Bonpland entre Gorriti e Cabrera) e o novinho Howard Johnson Inn Palermo (Niceto Vega entre Carranza e Ravignani).

Os casarões/predinhos são minoria: tem o Krista (Bonpland entre Honduras e Gorriti), o Dumont (Ravignani esquina Gorriti), o Solar Soler B&B (Soler entre Bonpland e Fitz Roy) e o Baucis (Carranza entre Gorriti e Honduras).

–> VILLA CRESPO — o “Palermo Outlet”


View Hotéis em Villa Crespo in a larger map

.
Passando a avenida Córdoba, à altura do Palermo Soho, você chega a Villa Crespo. O bairro é conhecido entre os brasileiros por ser o endereço de outlets de grifes (nas quadras que se irradiam da esquina das calles Aguirre e Gurruchaga) e de lojas de fábrica de couros (na calle Murillo).

Mas a região não é só isso. Escondidos entre os outlets e lojinhas de bairro você encontra lugares descolados, como a confeitaria Malvón, o bar sem placa na porta 878 e os restaurantes Salgado Alimentos (italiano) e Sakis (armênio tradicional).

O hotel pioneiro do pedaço é o Querido, da brasileira Mariana Pereira, elogiadíssimo pelos leitores (Velazco entre Serrano e Thames). Recentemente outro hotel se instalou na área, o Pop (Velazco esquina Gurruchaga).

Leia também:

Buenos Aires: os 10 hotéis mais reservados pelos leitores

Onde se hospedar em Buenos Aires: introdução

Onde se hospedar em Buenos Aires: hotéis na Recoleta

Hotéis em Buenos Aires: as opiniões dos leitores

Primeira viagem a Buenos Aires: um roteiro completo

Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem
Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire


392 comentários para “Hotéis em Buenos Aires: Palermo Soho + Hollywood e Villa Crespo”

  1. Olá Bóia e demais flutuantes,
    minha mulher e eu estamos reservando ida para Palermo, em dezembro, seguindo as dicas daqui. Fechamos 4 noites no Palermitano, standartizinho o quarto pq não temos grana. Queria saber se tem dicas sobre o viver comum de lá. Tipo, se tem onde flagrar o povo dançando tango sem esquemas de produção pra turista. Sou CARIOCA, e se tem amigo gringo querendo conhecer o Rio, samba, comida típica, geralmente vou pro subúrbio, churrasquinho na laje e coisas do tipo. Santa Tereza e Centro pra quem conhece e sabe a história e os points são importantes também. Quero respirar o mesmo ar(gentino), até pq nem aqui, muito menos lá, me enfiarei num shopping ou Saara da vida atrás mercadorias baratas. O produto que nos interessa é socioantroplógio, psicocultural, biogastronômico… rs. Somos duros, mas não de todo inflexíveis, iremos ao zoo, de ônibus e teremos uma noite mais chique, sim. No mundo de Gardel e Piazzolla, cantaremos e dançaremos com “pastel e coca-cola”. Vou entrar em contato com o cara que virou o embaixador da brazucada, o Marcelo, e creio que nos acertaremos por lá. Se alguns dos amigos viajentes puder dividir essas informações, ficariamos mais entusiasmados ainda. Grande abraço, fraterno e solidário.

    1. Olá, Angelo! Adorei o seu comentário :mrgreen: Tem um programa que eu acho que você vai curtir: as milongas
      http://www.viajenaviagem.com/2010/07/buenos-aires-o-roteiro-das-milongas-no-blog-da-meilin/

  2. Olás,
    Estou com uma baita dúvida, estou vendo para ficar hospedada em Palermo mas estou achando que o Flat, Polo Suites by Hollywood não fica bem no burburinho, será que ficarei mal localizada? Sem transporte público por perto. O flat fica na Juan Francisco Seguí, perto da Av. Del Libertador.
    Se puderem me ajudar agradeço!
    Abraços,

    Sofia

    1. Sofia , este endereço não tem nada a ver com os Palermos que buscamos na cidade ( veja nos mapas no corpo do post )

  3. Olá,

    Vamos em setembro viajar em 3 casais. Todos nós gostamos de barzinhos ou restaurantes com musicas ao vivo, a noite. Quais são as ruas que você indica para ficarmos bem perto desses barzinhos ou restaurantes?
    A gente esta planejando que a noite, depois de longos passeios o dia todo em Buenos Aires todo, pudessemos ficar em um barzinho ou restaurante, sem precisar pegar mais um taxi.

    Esse blog foi o melhor que encontrei sobre Buenos Aires. Parabéns.

    1. Olá, Tiago! Sinceramente, não nos lembramos de ter visto bares com música ao vivo em Buenos Aires… Se houver algum, o Geraldo Figueras deve saber: http://www.inspirits.com.br/

      1. Não necessariamente precisar ser musica ao vivo, mas que tenha um lugar aconchegante, ontem tenha cerveja gelada, com gente jovem ao nosso redor.
        Nesse momento eu to escolhendo os hotéis na área Palermo Soho, principalmente listados nesse post, mas fico preocupado em me decepcionar se não tiver lugares para curtir no fim da noite. Como em buenos aires não tem “street view” no googlemaps, não consigo ver se tem bons lugares perto dos hoteis.
        Obrigado!

        1. Olá, Tiago! Nesse caso, então não deixe mesmo de visitar o blog do Geraldo. Ele é “local” e tem dicas ótimas de bares em Buenos Aires.

  4. Tiago, a maior concentração está no quadrilátero
    Nicaragua /Gorriti/ Gurruchaga / Malabia

    1. Olá, td bem Sylvia ?
      E quanto ao hotel Vitrum ? E um bom hotel? Fica no borburinho ou perto dele?
      Obrigada.
      Mayte.

      1. A localizaçao é ótima Mayte.
        Pra mim, a melhor área pra ficar em Palermo.
        Dá uma olhada nas opini?es atualizadas dos
        hóspedes no booking.

  5. Primeiramente, parabens pelo site. Indispensavel para qualquer viajante !!!
    Estou planejando uma viagem comemorativa com minha esposa e, diante de tantas opções, estou com medo de errar na escolha do hotel em Palermo. Seria o HOME a melhor opção ? tambem li bastante coisas boas sobre o NUSS e fiquei na duvida.
    Grande abraço

    1. Olá, Cristiano! O Home tem jardins e está num lugar mais reservado. O Nuss está mais no centro de Palermo Soho.

  6. Ricardo
    Sempre achei que soho fosse south of houston street …
    Não sabia que era south of hollywood ….
    vivendo e aprendendo

  7. Olá!Acabo de voltar de BA e li todas as dicas aqui no blog antes, o que foi muito útil!Mas gostaria de dar a dica para o pessoal que não quiser gastar muito: hospedar na Recoleta e não no Palermo Soho!!!Fiquei no Five Cool (Palermo) e depois no A Hotel (Recoleta): a diferença na diária é de cerca de 100,00 reais! E mais: o café do AHotel era melhor e achei que a limpeza do Five Cool deixou muuuuuiiito a desejar…No mais, os restaurantes e bares em geral são mais caros em Palermo tbm! E nada impede de vc se hospedar na Recoleta e ir passear no fim de semana em Palermo para ir a um bar um dia e ver as lojas. Ahhh, outra dica importante para as mulheres: a grife de moda argentina feminina mais querida no momento, a Rapsódia (que tem loja na Honduras, em Palermo) tem outra loja em Villa Crespo, que vende coleções passadas com um bom desconto!Quase morri de raiva quando só descobri isso depois que comprei um vestido na loja da Honduras…E quanto aos bares, não vi nenhum com música ao vivo, apenas som mecânico.

    1. Olá Giselle!
      Não consigo localizar o Hotel que vc se refere na RECOLETA (o AHOTEL) Poderia me ajudar com endereço ou caso esteja abreviado o nome do Hotel?

      Obrigada!
      Marisa

  8. Só para avisar que hoje comeca outro fim de semana mega tangueiro, com direito a concerto de bandoneones na igreja de San Telmo, com grandes nomes como Daniel Binelli, que tocou com Piazzolla.

    Quem puder, pode se “enganchar” no Festival de Tango de Almagro, que já começou e segue até o dia 2 de dezembro. A programação está toda no Facebook e inclui nomes de peso, como Julio Pane e Daniel Binelli. No domingo, grande encerramento na Praça Almagro, com Ariel Ardit, Violentango e Conciertos Atorrantes
    https://www.facebook.com/pages/Festival-de-Tango-de-Almagro/126026217447977

    Amanha na Avenida de Maio acontece a já tradicional milonga de rua, com 20 orquestras e bailarinos se apresentando nos três palcos que serão montados nesta rua, entre Peru e Irigoyen. O encontro é organizado pela Academia Nacional del Tango.

    Domingo, arranca o primeiro Festival de Tango de San Telmo. A programação é extensa, mas pelo menos uma das apresentações coloco no ranking das imperdíveis: o concerto de bandoneones que será realizado domingo, às 17h30, na Igreja de San Telmo.

    Vejam só a linha dos bandoneos: Daniel Binelli, Ernesto Franco, Raúl Garello, Alberto Garralda, Julio Pane e Walter Ríos, entre outros mestres, tocando nada mais nada menos que o bandoneon que foi de Aníbal Troilo. A festa segue depois na Milonga do Índio, na praça Dorrego.

    A programação completa esta aqui> http://festivaldetangodesantelmo.wordpress.com/180-2/

  9. Boa Tarde,

    Sei que algumas pessoas aqui deram indicações de taxistas em Buenos Aires, portanto gostaria de fazer pedido e se alguém puder me ajudar, eu agradeço.Estou procurando um motorista que tenha uma van que possa acomodar 25 pessoas, precisamos arranjar transporte para 25 pessoas para a noite do reveillon pois iremos passar em Puerto Madero e estaremos hospedados em Palermo.Estou vendo algumas opções, mas até agora nada certo.
    Se alguém souber de alguma coisa, solicito por gentileza que enviem para o email: daniela02pereira@gmail.com.

    Desde já,obrigada,
    Bjs Dani

  10. Olá viajantes!
    Passo para colaborar com nossa recente experiência no feriadão de novembro em Buenos Aires.
    Fui com meu marido, somos um casal de 30 anos e não estavamos muito focados nos programas turistico (apesar de termos feito alguns :) .
    Queriamos mesmo era flanar e aproveitar a culinaria maravilhosa curtindo aquela cidade linda!
    Ficamos hospedados no Palermo Soho, no Craft Hip Hotel na Armênia. A localização é p-e-r-f-e-i-t-a para quem curte ficar de lojinha em lojinha de design, roupas, móveis etc. E principalmente aproveitar os deiversos cafés e restaurantes!
    O hotel é ótimo, super bonitinho, café da manhã delicioso (medialunas hummmmm e doce de leite hummmmm) e com um staff suuuuper gentil e atencioso. Tem muitas escadas, então não recomendo para pessoas muito idosas e crianças muito pequenas…é um hotel de 10 quartos apenas, com um visual moderno e tudo muuuuito limpo e de bom gosto.
    Com certeza voltaremos para nos hospedar lá ou em outro no Palermo Soho. A Recoleta é liiiiinda para passear, mas os atrativos do Palermo Soho valem mais o fim de tarde e noite.
    Espero ter colaborado!
    Mariana

  11. Adorei o site, muito valiosa todas as dicas aqui postadas.
    Estou querendo ir agora no fim de JAN para B.Aires com meu marido.
    Ja estive me Jun/2011 mas fiquei no Centro e foi uma viagem pocuo proveitosa.
    Nosso foco dessa viagem é comer bem e aproveitarmos o Outlet Lacoste (preços bem melhores do que em Orlando ou Miami).
    Também desejo conhecer a grife Rapsódia. E Gostaria de dicas de onde comprar COURO.
    Vi as ótimas indicações do Hotel QUERIDO em Villa Crespo.
    Desejo saber se Villa Crespo seria uma boa localização para uma excelente gastronomia (carnes e vinhos principalmente) e além de estar perto dos principais Outlets se tenho fácil acesso para visitar Pallermo Soho, Palermo Hollywood e Recoletta.
    Eu consegueria fazer esses percursos a pé ou é fácil ônibus e até taxi?

    Todas as dicas e informações que puderem postar, já agradeço muito!
    Obrigada!

    1. Olá, Marisa! Villa Crespo está a 15 minutos a pé de Palermo Soho. À noite você preferirá usar táxi.

  12. olá
    alguem tem informaçao sobre o Hotel Casa Chic em Palermo Soho?
    obrigada
    carla

    1. Olá, Carla! Ainda não recebemos resenhas de leitores sobre o Hotel Casa Chic. Veja o que dizem sobre ele os ex-hóspedes no Booking.

  13. Boa noite,eu e meu na optado estamos pretendendo viajar a BA e, julho
    ,queria dicas de hotel mais em conta ,em que lugar teremos uma noite mais agitada? Com bares,diversão mesmo…

    1. Olá, Claudia! Palermo é o lugar para você; pesquise os preços três meses antes da estada em sites como o Booking.

  14. OLá! Estou adorando as dicas do blog, estão sendo muito úteis para decidirmos tudo na nossa viagem que será em setembro! Pesquisei bastante e achei um apartamento bem legal na rua Gurruchaga 1974, Pallermo Soho. Vc indica essa rua? Obrigada Bóia!!!!!

    1. Olá, Maria Carolina! Você estará no coração do bairro :D

  15. Olá,

    Estou indo a Buenos Aires em agosto, vou com meu marido e meus pais, eles tem em torno de 50 anos. Estou pensando em hospedar no Esplendor Palermo Soho, mas no post sobre ele li que pode ser um pouco afastado do burburinho de Palermo, queria saber se não e perigoso ir jantar a noite e voltar a pé? Tenho um pouco de receio com relação a segurança.
    Gostaria ainda de uma indicação de um show de tango legal, sei que a maior parte e meio turistão, mas como é a primeira vez dos meus pais na Argentina seria legal leva-los para ver um tango.
    Obrigado

  16. Olá boia,

    Sabe me informar se ao redor da Praça de Itália em Palermo tem algum hostel ou hotel 3* ? se a regiao é tranquila ? Olhei p/ booking e achei uns há que diziam ser 500 m de distancia, mas as vezes nao condiz na real… irei c/ esposa e filho 11 anos.
    obgado desde ja!

  17. Olá Bóia !

    Vamos para Buenos Aires no feriado de julho (5 a 9/jul) e pretendemos ficar no Mine em Palermo Soho. Este hotel continua com ótimas recomendações ?

    Já conhecemos alguns hotéis no Centro, Recoleta e Porto mas desta vez queremos ficar em um bairro diferente com mais bares e restaurantes agitados.

    Obrigada !

    1. Olá, Luciana! Sim, este hotel continua recomendado ;D

  18. Olá Ricardo, vou para Buenos Aires no mês de julho e gostaria de pedir uma dica quanto ao tranfer do aeroporto EZE para o hotel na Recoleta.Contrato o serviço com antecedência ou pego taxi no momento da chegada? Você poderia me sugerir alguém ou local seguro?
    Obrigada

  19. Olá, Bóia.

    No próximo mês de julho, irei com o meu marido e meus dois filhos adolescentes para BA. Gostaria de saber se voce tem referencias sobre o Hilton Hotel, em Puerto Madero.

    Obrigada,

    Gisele

    1. Olá, Gisele! Ainda não recebemos relatos de leitores sobre o Hilton Buenos Aires. Veja opiniões de ex-hóspedes sobre ele no Booking.

  20. Mais uma vez recorro a vocês com uma dúvida:irei para Bue pela 6ª vez, mas será a 1ª a hospedar-me no Soho. Estou para escolher entre o Fierro ou o Palermitano. Já li as resenhas dos colaboradores, mas gostaria da opinião de quem já conhece os 2 hotéis para ter uma comparação. Muito obrigada!

    1. Olá, Jamile! Vai ser difícil achar quem já tenha ficado em ambos os hotéis :) Tente chegar a uma conclusão comparando as resenhas dos dois.

  21. Olá,

    Gostaria de saber quando ocorre a Feira de San Telmo?

    Quanto custa em média um táxi de Recoleta a San Telmo?

    Quanto tempo de distância de Recoleta a San Telmo?

    Grata, Flavia.

    1. Olá, Flavia! A feira ocorre todos os domingos.

      Leia sobre Buenos Aires:
      http://www.viajenaviagem.com/2012/01/primeira-viagem-um-fim-de-semana-em-buenos-aires/

  22. Olá, ficarei um fds em BA , é minha primeira vez,sou LOUCA pra conhecer o ZOO DE LUJAN(e quero ir de ônibus, para aproveitar e conhecer um lado diferente de BA/ não sou gourmet e nem louca por compras)mas estou na dúvida, pois minha estadia será breve,será que vale a pena?Consiguirei aproveitar um pouquinho de BA(ficarei em Palermo) mesmo indo ao ZOO ?POR FAVOR , ME AJUDEM!!! Bjs e MEGA elogios ao site!

  23. Eu e meu marido acabamos de chegar de Buenos Aires e ficamos encantados com a cidade e com os argentinos. Ficamos hospedados no Hotel Five Cool (Honduras, entre Malabia e Armenia), no burburinho de Palermo Soho, perto de tudo o que se quer à noite e no final de semana. O hotel é ótimo, tem bom preço e localização excelente. Superrecomendo!

  24. Esse post era tudo que eu queria! Valeu, Boia :)

  25. Olá, Bóia. Tudo bem?
    Preciso da sua ajuda!

    Você disse que já ficou no Malabia House, certo? Eu fiz resrvas para 4 suites Modernas, que possuem banheiro dentro do quarto, porém, como explicado pelo funcionário do hotel, não possuem janelas. Parece que possuem portas para um hall interior. Foi num desses quartos que você ficou? Em caso positivo, foi tranquilo?
    Ou é meio sufocante?

    Obrigada!

    1. Olá, Tatiana! Quem se hospedou lá foi o Ricardo Freire. Sim, ele fiou num apartamento assim. Naquela época a Malabia House era um dos três únicos hotéis-boutique de Palermo Soho. Hoje são mais de 30, há mais opção.

      1. Obrigada! Acabamos fechando o Ayres de Recoleta Plaza. O pessoal ficou muito incomodado com a ideia das “não janelas”. E como o grupo é grande, ficou difícil achar outra opção dentro do nosso orçamento com disponibilidade.

        Eu queria muito ficar em Palermo, porque na primeira e única vez que fui a BsAs fiquei lá (por causa de um post seu) e amei! Mas vi outro post aqui falando da Recoleta e fiquei mais animada :)

        Depois conto como foi.

        Abs,

  26. Acabei de voltar de BsAs, fiquei no Jam Suítes em Palermo Soho. Bem localizado, limpo, preço justo pelo que oferece e café da manhã dentro do padrão de uma Boutique.
    Acontece que me me colocaram em um quarto diferente quando cheguei e no dia seguinte trocaram minhas coisas para o quarto correto sem a minha presença. Nessa mudança meu tênis novinho simplesmente desapareceu. A princípio disseram que se não achassem iriam me ressarcir, me enrolaram dois dias e depois disseram que não pagariam.
    Pelo hotel em sí, localização, etc, recomendaria, mas diante da postura adotada em trocar minhas coisas de quarto sem a minha presença e pelo sumiço do meu tenis, não recomendo.

  27. Boa noite. Bóia o Palermitano ainda continua sendo o preferido do Ricardo Freire? Ele continua bom?Abraços

    1. Olá, Maria Paula! Para verificar depoimentos recentes sobre o Palermitano, clique no link que está no post; você vai ser direcionada à página do hotel no Booking, que recebe novas resenhas semanalmente.

      O Ricardo Freire nunca se hospedou no hotel; apenas cobiçou o endereço desde que apareceu, e pelas críticas positivas viu que sua intuição estava certa.

      Leia mais:
      http://www.viajenaviagem.com/2013/08/buenos-aires-os-hoteis-mais-reservados-pelos-leitores/

  28. Olá Bóia!
    Primeiramente, parabéns pelo site! Estou impressionado com a quantidade e qualidade das informações!
    Desculpe, mas não achei um local específico que esteja falando disso, por isso preferi perguntar nesse post mesmo.
    Estou indo com minha esposa em março 2014 para BUE e pretendo fazer um turismo a pé pelos pontos turísticos cult e também pelos famosos. Como ficarei 11 dias (10 noites) pretendo ficar bem localizado e ter um hotel econômico (de preferência flat para economizar, hehehe) e peço sua sugestão de local. Estou totalmente perdido pois não sei qual bairro é mais voltado para que tipo de turismo… Agradeço muito se puder me ajudar!

    Abraços!

  29. Estou indo a Buenos Aires no final de Agosto, estamos indo pela primeira vez. Qual é o melhor bairro para se hospedar Palermo ou recoleta??

    1. Priscila,

      é uma decisão muito pessoal, eu prefiro Palermo, principalmente o SOHO que, mal comparando, lembra um pouco a Vila Madalena em São Paulo (só que la é plano).
      Mas como é sua primeira vez, a Recoleta (mal comparando também, seria os Jardins) fica mais perto dos lerês como Teatro Colón, Puerto Madero, Caminito, Casa Rosada, etc.

    2. Olá, Priscila! Concordamos com o Amaro. Para uma primeira vez, em geral é mais interessante ficar na Recoleta, que é um bairro muito bonito e mais conveniente para visitar os pontos turísticos.
      Se curtir a vida noturna estiver entre as prioridades da viagem, é melhor ficar em Palermo, que é onde estão os restaurantes e bares mais bacanas.

1 ... 3 4 5

ATENÇÃO:
Antes de perguntar, veja se a dúvida já não está respondida no texto. Perguntas redundantes e comentários em maiúsculas serão apagados. Obrigado!