Tango em Buenos Aires

Guia de Buenos Aires

Os melhores shows de tango em Buenos Aires

Como escolher seu show de tango em Buenos Aires? A cidade tem sempre mais de uma dúzia de espetáculos em cartaz.

Relaxe: todos são muito bons, cada um à sua maneira. Há desde shows mais intimistas até superproduções à la Broadway.

Siga o nosso guia para escolher o show de tango em Buenos Aires certo para você (e para seu bolso).

E não deixe de complementar a experiência indo a uma das milongas de Buenos Aires – os bailes de tango que são a versão porteña das nossas gafieiras.

A Bóia recomenda

Tango em Buenos Aires: saiba antes

Veja o que esperar de uma noitada de tango em Buenos Aires.

Quanto custa um show de tango em Buenos Aires?

Não é barato. Os preços começam em US$ 30 (ingresso promocional, sem transporte nem jantar, do Tango Porteño) e vão até US$ 220 (show com transporte privativo e jantar no Rojo Tango).

Em geral, o ingresso mais barato para tango em Buenos Aires, sem jantar, fica na faixa de US$ 50 a US$ 70. Com janta incluído, quase todos oferecem uma opção entre US$ 100 e US$ 120.

Dois dos espetáculos mais em conta da cidade ainda não voltaram devido à pandemia: o Centro Cultural Borges e o tango do Café Tortoni.

Já as milongas (bailes públicos de tango) são baratíssimas . Algumas são gratuitas, e as que cobram entrada não costumam custar mais que o equivalente a US$ 10.

Os shows de tango em Buenos Aires têm transporte incluído?

Sim, a maioria dos shows de tango em Buenos Aires inclui transporte no preço dos ingressos. Dos shows que selecionamos para este guia, apenas o Bar Sur não oferece transporte. O Tango Porteño tem um ingresso promocional sem transporte.

Os ingressos mais caros (com jantar de cardápio vip) incluem transporte privativo, em ‘remis’. Os ingressos menos caros oferecem transporte compartilhado (vans que recolhem espectadores em diversos hotéis de uma mesma região).

Dá para escolher onde sentar?

Não. A mesa onde você vai sentar depende do tipo de ingresso que você comprou. Ingressos com jantar incluído sentam mais na frente (os cardápios vips mais à frente do que os cardápios standard).

Na maioria dos lugares as mesas podem ser ocupadas por clientes de grupos diferentes. Na nossa última pesquisa de tango em Buenos Aires, apenas El Querandí e Madero Tango não compartilhavam mesas;

Como escolher o show de tango em Buenos Aires?

Na seção A Bóia recomenda dividimos os shows aqui listados entre “para gastar pouco”, “em teatros grandiosos”, “intimistas” e “superproduções”.

Não escolha o show por causa do jantar. Comprar o ingresso com jantar serve apenas para se sentar num ponto melhor do salão. A comida sozinha não justificaria o sobrepreço.

Se você está assustado com os preços e procura o melhor custo x benefício num show com produção de encher os olhos, compre o ingresso sem jantar.

Mapa do tango em Buenos Aires

Bar Sur (San Telmo)

Nenhum lugar de tango é tão carismático quanto o Bar Sur. Funciona há 55 anos num casarão histórico de esquina em San Telmo. Seu salão é pequeno e as mesas estão dispostas no entorno da pista.

Não é um lugar de meio-termo: ou você ama o Bar Sur de paixão, ou corre para o TripAdvisor para registrar a sua profunda decepção.

O que há para amar no Bar Sur?

  • A atmosfera intimista, a proximidade dos músicos e dos bailarinos
  • O horário corrido, das 21h à 1h, sem necessidade de reserva em dias de semana
  • O ‘tango interativo’: os bailarinos convidam espectadores para dançar

O que pode decepcionar no Bar Sur?

  • Não é uma superprodução: há apenas um trio de músicos e um casal de dançarinos por vez
  • A comida é unanimemente criticada (assista ao show sem jantar)
  • Como não oferece transporte, está fora do circuito mais turístico – por isso, em algumas noites pode estar meio vazio

Se você ajustar suas expectativas e for com disposição para ver um tango mais autêntico e mais de perto, vai adorar.

Informações práticas

Café de los Angelitos (Balvanera)

O Café de los Angelitos tem a sua história associada a Carlos Gardel, que era uma atração fixa da casa no início de sua carreira.

Demolido em 2000, foi reconstruído em 2007, mantendo as características de um bar dos anos 30.

O show de tango é apresentado num teatro anexo, noss fundos da casa. Se não te contam, você nunca saberia que não se trata de um teatro antigo. A cenografia inclui um lindo vitral no teto.

A concepção do show é do mesmo pessoal responsável pelo Rojo Tango – uma garantia de bom gosto (e de sensualidade extra).

É um programa completo: tome o aperitivo no café e depois jante e veja o show no teatro.

Nossa parceira Easy Travel Shop oferece duas opções para este programa:

Informações práticas

Café Tortoni (Centro)

Temporariamente suspenso

Imagine se houvesse uma sala de concerto na Confeitaria Colombo no Rio de Janeiro. Pois é exatamente isso o que acontece no seu equivalente porteño, o Café Tortoni.

São duas as salas de espetáculo do café, ambas pequeninas e aconhegantes: a Sala Alfonsina Storni, no térreo, e La Bodega, no subsolo.

Antes da pandemia, ambas ofereciam pocket shows de tango à noite. Além do ambiente histórico, o que mais agradava aos visitantes era o preço, bem abaixo do cobrado nas grandes casas de espetáculo.

Assim que as salas voltarem a funcionar publicaremos as informações práticas.

Centro Cultural Borges (Centro)

Temporariamente suspenso

Quem disse que tango em Buenos Aires precisa ser caro?

Antes da pandemia, o Centro Cultural Borges era o porto seguro de quem queria ver um show de tango completo, com orquestra, cantores e bailarinos, sem pagar os tubos.

Aqui o tango é apresentado em salas convencionais de teatro – com fileiras de poltronas, e não mesas, e sem serviço de bebidas. Por isso era mais barato.

A localização também é perfeita para o turista: fica no completo da Galerías Pacífico.

Assim que os shows voltarem publicaremos as informações práticas.

El Querandí (San Telmo)

Procurando um espetáculo de tango autêntico, em ambiente intimista, mas com alguma produção? Achou: El Querandí.

Neste casarão dos anos 20 adaptado, sua mesa nunca vai ficar muito longe do palco. Os músicos têm presença de palco e os dançarinos estão entre os melhores da cidade.

Um mimo do El Querandí: você nunca dividirá a mesa com estranhos. Ao reservar seus lugares, os demais lugares da mesa não serão vendidos.

Todos os ingressos incluem transporte de/para os hotéis do Centro, Recoleta ou Palermo – privativo nos ingressos mais caros, compartilhado nos ingressos mais baratos.

Nossa parceira Easy Travel Shop vende o combo El Querandí + trânsfer + jantar.

Informações práticas

Madero Tango (Puerto Madero)

O Madero Tango está situado no mesmo complexo do Casino Buenos Aires, no canto direito do Puerto Madero.

O show conta a história do tango em Buenos Aires com recursos à la Broadway, como cenários gerados em telas de LED e microfones acoplados às cabeças dos cantores.

O Madero Tango não compartilha mesas (se você comprar lugares numa mesa, os que sobram não serão vendidos para outros) e oferece 3.000 pesos para jogar no Casino Buenos Aires, ao lado.

Veja opções para assistir esse espetáculo com nossa parceira Easy Travel Shop:

Informações práticas

Piazzola Tango (Centro)

A noite do Piazzola Tango tem dois diferenciais.

O primeiro é a localização: um teatro belle-époque escondido no subsolo da Galeria Güemes, na calle Florida.

O segundo diferencial é a aula de tango, que acontece antes do show. Não se trata de uma aula séria como as oferecidas pelas milongas – mas por isao mesmo rende momentos muito divertidos.

O show tem um sexteto de músicos e cinco casais de dançarinos.

Transporte de/para hotéis da região central está incluído no preço dos ingressos.

Informações práticas

Rojo Tango (Puerto Madero)

Encenado num cabaré estiloso dentro do Hotel Faena, o Rojo Tango é o nosso espetáculo favorito de tango em Buenos Aires.

O estilo do show é burlesco-chic: o tango elevado ao máximo de sensualidade. No salão todo vermelho, com iluminação dramática, os seis casais de bailarinos dançam cada número como se fosse o último tango em Buenos Aires.

Não há reparos a fazer à playlist. Você entra no clima já na segunda música (o clássico ‘Por una cabeza’) e, quando chegar a hora dos clássicos de Piazzola (‘Libertango’ e ‘Adiós Nonino’) não dá para não se arrepiar.

O jantar é servido no restaurante El Mercado, no próprio hotel, decorado por Philippe Starck. Os ingressos incluem transporte privativo.

Compre a opção Rojo Tango + trânsfer + jantar na nossa parceira Easy Travel Shop.

Informações práticas

Señor Tango (Barracas)

Temporariamente suspenso

O Señor Tango é o show de tango mais turístico, e ao mesmo tempo, o mais longe da zona mais turística de Buenos Aires. Fica no bairro de Barracas, num galpão convertido em teatro.

O palco, circular, fica no centro do salão. As mesas estão dispostas dos dois lados do palco, e há mais dois andares de galerias superiores.

O espetáculo é o mais superproduzido de todos. Além de tela de LED, tem cavalo no palco e um tango ‘aéreo’, apresentado por bailarinos suspensos por cordas.

Assim que o espetáculo voltar em cartaz, acrescentaremos as informações práticas (SeñorTango + trânsfer + jantar).

Tango Porteño (Centro)

Euquanto outros shows de tango são realizados em lugares escondidinhos, o Tango Porteño é apresentado no antigo cinema Metro, com anúncio iluminado na fachada da avenida 9 de Julio.

O show procura estar à altura do lugar, com uma orquestra de 12 músicos (incluindo quatro bandoneons) a serviço dos cantores e dançarinos.

Os ingressos vip dão direito a transporte privativo. Os outros, a transporte compartilhado (com exceção do show promocional, que não oferece transporte).

Para a opção de Tango Porteño + trânsfer + jantar veja com nossa parceira Easy Travel Shop.

Informações práticas

Milongas em Buenos Aires

Milongas são bailes de tango em Buenos Aires onde os argentinos de carne e osso exibem sua técnica não no palco, mas na pista de dança.

O que falta às milongas em glamour, sobra em autenticidade. Para conhecer o tango da vida real, você vai precisar visitar uma milonga.

Algumas milongas oferecem aulas práticas antes do baile. É a sua chance de aprender o básico antes de se arriscar na pista.

O site Hoy Milonga lista todas as milongas da cidade, a cada dia da semana, com horários, endereços e contatos (telefone, Facebook, Instagram).

Nesses tempos pandêmicos, a milonga mais recomendável é La Otra Milonga, que se realiza ao ar livre, quatro vezes por semana, na Plaza Congreso, perto do Obelisco.

Outra milonga ao ar livre imperdível é a de La Glorieta de Belgrano, realizada todo domingo num coreto de uma praça em Belgrano (ao norte de Palermo).

Se você encarar um baile em ambiente fechado, considere a milonga A Puro Tango, quartas e domingos no clássico salão Canning, em Palermo.

Há também milongas LGBT, como a Muchaches, realizada em dias e lugares que mudam a cada semana.

  • La Otra Milonga | Plaza Congreso | 4ª, 6ª e sábado: aula 19h30, baile 20h30 | domingo: aula 19h, baile 20h | Instagram
  • La Glorieta Milonga Abierta | 11 de Septiembre de 1888, 1910, Belgrano | domingo: aula 17h, baile 20h | Facebook
  • A Puro Tango | Salón Canning | Scalabrini Ortiz 1331, Palermo | quarta: baile 16h | domingo: baile 18h | Facebook
  • Muchaches: Tango Queer | Facebook
  • Veja todas as milongas confirmadas da semana no site Hoy Milonga

1 comentário

Eu estive em Buenos Aires em 2012, na época o Señor foi minha escolha. Posso dizer hoje, vendo as opções que haviam, que foi um erro. A mega produção do espetáculo dura 30 minutos e depois vira um show do dono da casa (com direito a um dueto com o Roberto Carlos via telão). Espero voltar lá e apreciar uma das ótimas opções que vimos aqui no tezto

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.