Como montar seu roteiro de viagem à Europa

Monte sua viagem à Europa

Costumo dizer que toda ida à Europa é como se fosse a primeira. A menos que você volte exclusivamente a lugares que já visitou, toda nova viagem suscitará as mesmas perguntas iniciais. Por onde chegar? Quantos dias ficar em cada lugar? Que meio de transporte escolher? Use este tutorial como ponto de partida para destrinchar suas próximas viagens européias.

–> Primeiro passo: NÃO compre a passagem aérea

Comprar uma passagem por impulso é o erro mais comum de (falta de) planejamento numa viagem à Europa. Achar uma passagem superdescontada de ida e volta a uma cidade específica só garante a viagem de quem só queria ir para aquela cidade. Continuar a viagem a partir dali — e sobretudo voltar para lá para pegar o vôo da volta — pode anular a economia e, pior, causar enormes perrengues logísticos. Só compre a passagem depois de ter definido todo o itinerário (continue lendo e veja por quê).

–> Itinerário: menos é mais

Ao montar um roteiro pela Europa, use o método clássico recomendado para arrumar malas: selecione todos os lugares que você gostaria de visitar, e então reduza à metade. Ou a um terço. Na excitação da montagem do roteiro, nossa tendência é empilhar todos os lugares que estejam no caminho (e fazer longos desvios para chegar a outros).

No mapa, tudo parece perto. Mas números frios, como quilometragens e durações de vôos, não levam em consideração o tempo que se gasta em arrumar a mala, fechar a conta do hotel, deslocar-se ao aeroporto (e chegar com a antecedência necessária para o check-in), vencer o trânsito dos anéis viários para sair de cada cidade e entrar na próxima (em viagens de carro), encontrar o próximo hotel, fazer o check-in, subir com as malas…

Cada troca de local envolve a perda de pelo menos meio dia (e de muita energia). Acredite: quanto mais você troca de cidade, menos você aproveita o seu tempo.

–> Cidades grandes: fique quatro dias

Sim, toda cidade importante da Europa tem um ônibus de dois andares que percorre todos os cartões postais em um dia só. É um pecado, porém, limitar-se a simplesmente constatar ao vivo a existência de monumentos que você já conhecia antes de sair de casa.

Quatro dias são o mínimo necessário para você entender o básico de uma grande capital. No terceiro ou quarto dia dá-se o clique: de repente todas as fichas caem e você começa a se localizar. As obrigações turísticas (os lerês) diminuem, e você começa a se sentir um pouco morador. É uma sensação que você só vai entender quando se deixar ficar pelo menos quatro dias numa grande capital.

(Se essa capital se chamar Paris ou Londres, pense em ficar sete dias — no fim, você ainda vai achar pouco.)

Leia mais –> Europa: quantos dias em cada lugar?

–> Monte a viagem em módulos

Um jeito bastante simples de resolver o seu itinerário é dividindo o tempo de viagem em módulos de 5 a 7 dias. Aloque cada módulo a uma metrópole (Lisboa, Roma, Munique) ou a uma região que você queira explorar de carro ou trem (Provence, Andaluzia, Highlands, Toscana). Permaneça na cidade grande por toda a duração do módulo; nas viagens de carro ou trem, tente resolver o roteiro em no máximo duas bases.

Leia mais –> Montar bases é melhor que pinga-pinga

–> Bate-volta: veja mais, canse menos

A melhor maneira de extrair o máximo das bases que você escolher é o bate-volta. Toda cidade que não justifique um pernoite e que fique a no máximo uma hora e meia de viagem de onde você esteja rende um passeio perfeito. Você não precisa fazer check-out, viaja sem malas (de trem ou de carro) e, ao chegar, aproveita desde o primeiro instante (sem perder o pique com atividades chatas como encontrar o endereço do hotel e fazer check-in). Se você não se exigir demais, ainda volta para o local em que está hospedado com energia para aproveitar a noite. Férias, lembra?

–> Pit stop: saiba usar

Trajetos mais longos entre uma base e a próxima — tanto de carro, quanto de trem — ficam mais divertidos quando você pode fazer uma parada estratégica no caminho. Por exemplo: Bruxelas entre Paris e Amsterdã; Dresden entre Praga e Berlim; Pompéia entre Roma e a Costa Amalfitana.

Para lançar mão desse recurso, porém, é preciso ter cuidado extra com a bagagem. Estando de carro, pare em estacionamentos vigiados e em hipótese alguma deixe a bagagem à mostra. Em viagens de trem, certifique-se de que a estação do pit-stop dispõe de guarda-volumes. Pesquise na internet: “lockers”, “left luggage”, “consigna”, “consigne” e “deposito bagagli” associado ao nome da estação.

–> A passagem aérea? NÃO compre ainda!

OK, você já definiu o seu roteiro. Dividiu seus quinze dias em dois módulos de cidades grandes e um de região. Mas ainda falta mais um passo antes de emitir a sua passagem aérea: definir o(s) meio(s) de transporte dentro da Europa.

–> Avião, trem ou carro?

O trem é o meio de locomoção europeu por excelência. Para comparar a duração de viagens entre trem e avião, acrescente sempre três horas ao tempo de vôo — é o mínimo de tempo extra que você leva para ir e voltar do aeroporto, fazer check-in e esperar bagagens.

Mas não use trem (nem carro) para atravessar o continente; para isso existe o avião. Evite também trens noturnos: teoricamente você ganha tempo, mas na prática o que ganha é uma noite mal dormida — e de quebra ainda fica cansado para aproveitar o dia segiunte.

Carros e cidades grandes não combinam: o GPS ajuda, mas não elimina o stress do trânsito e da busca de estacionamento.

O carro é perfeito para deslocar-se por estradas secundárias, sem horário nem programa rígido; não por coincidência, as regiões mais apropriadas para explorar de carro são aquelas em que o trem não dá conta do recado (Toscana, Provence, Costa Amalfitana, Sicília, Andaluzia, Portugal, Rota Romântica).

Leia mais –> Europa: avião, trem ou carro?

–> Trem: passe ou ponto a ponto?

Passes de trem não valem mais a pena: os dias de uso são limitados e é preciso fazer reserva e pagar suplementos para usar os trens rápidos.

O melhor é fazer os trechos de trem com passagens avulsas, aproveitando tarifas descontadas. Compre diretamente no site da companhia ferroviária do país de origem de cada trecho.

Os únicos passes que continuam um ótimo investimento são os passes nacionais de países que não exigem reservas ou suplementos para uso de seus trens regulares: é o caso da Suíça (Swiss Pass) e da Alemanha (German Pass).

Leia mais –> Vai por mim: trem na Europa

Leia mais –> Trem na Europa: onde vale a pena, onde não vale

–> Low cost ou não?

Veja bem: aquelas tarifas incríveis de 5 ou 10 euros que fizeram a fama das companhias low-cost da Europa são tão difíceis de conseguir quanto as promoções que as aéreas brasileiras fazem de madrugada. Há muitos custos extraas: para despachar a bagagem, para fazer check-in (mesmo pela internet!), para comprar com cartão de crédito, para marcar assento. O limite de bagagem é avarento (entre 10 e 20 kg) e cada quilo de excesso é cobrado (pelo menos 10 euros por quilo de excesso!). O mais comum é que cada trecho, sem multa de excesso de bagagem, saia em torno de 80 euros.

Antes de sair comprando low-cost a torto e a direito, descubra quanto custaria incluir esses trechos na sua passagem aérea Brasil-Europa-Brasil. Pesquise também quanto custa comprar os trechos internos avulsos nos sites das cias. aéreas convencionais. Com antecedência, costumam oferecer tarifas competitivas nas mesmas rotas.

Leia mais –> Low-costs na Europa: modo de usar

–> AGORA SIM: compre a passagem aérea

Depois de definir o roteiro e os meios de transporte dentro da Europa, aí sim você está pronto para comprar a passagem aérea mais adequada.

Compre a sua passagem pelo menos até o primeiro destino que você vai efetivamente visitar, voltando do último destino do seu itinerário. Não se prenda aos vôos diretos, nem às companhias aéreas do primeiro ou do último país do seu roteiro. Qualquer aérea pode emitir uma passagem do Brasil a Veneza, com volta ao Brasil desde Praga. O que vai mudar é o aeroporto de conexão.

Definido os pontos de chegada e partida da Europa, orce quanto custa incluir os trechos aéreos internos que você vai precisar fazer entre um módulo e outro do itinerário.

Se cada trecho custar menos de 100 euros (140 dólares), será um bom negócio pela conveniência e pela segurança. (Lembre-se: é difícil conseguir low-costs por menos de 80 euros o trecho, e com as low-costs as conexões não são garantidas e o excesso de bagagem é cruel.)

Passagens multidestinos podem ser compradas com agentes de viagem ou em todos os sites (incluindo aí os das próprias cias. aéreas) que ofereçam a opção “múltiplos destinos” ou “multiple destinations”.

Leia mais –> Leitores dão as dicas de como comprar passagens com várias escalas

–> Quando é melhor fazer as reservas?

Quanto mais cedo você comprar as passagens aéreas, melhores preços deve encontrar (sobretudo se você quiser achar as barbadas das low-costs).

O melhor momento para reservar hotel é exatamente três meses antes da data de hospedagem: é quando as tarifas descontadas aparecem nos sites de reservas de hotéis. Note que os melhores descontos normalmente requerem débito imediato; leia as condições de cancelamento antes de fechar negócio.

Os trechos de trem são lançados nos sistemas das companhias ferroviárias entre 90 e 60 dias antes da data de viagem; as tarifas promocionais aparecem sempre neste momento e esgotam logo.

Dois meses antes de viajar, marque as visitas que podem ser reservadas pela internet: Galleria Uffizi em Florença, Museu do Vaticano, subida à Torre de Pisa, entrada na Alhambra…

Leia mais –> Como furar fila em museus e monumentos da Europa

Leia mais –>Florença: furando a fila na Uffizi e na Accademia

Leia mais –> Granada: Alhambra na prática, da compra do ingresso à visita

–> Cartão, débito ou dinheiro?

Assim como ocorre nos investimentos, o melhor é diversificar.

Leve um pouco de dinheiro vivo (300 a 500 euros) e tente guardar até o fim da viagem. É o seu fundo de reserva para emergências.

Para o dia a dia, habilite seu cartão de banco para fazer saques direto da conta corrente. Funciona em qualquer caixa automático (não é preciso achar caixas do seu banco), e o IOF é de 0,38%. Há também a incidência de tarifas fixas;  faça saques sempre equivalentes a 200 euros para que não sejam significativas.

Se o seu cartão de crédito trabalhar com taxa de câmbio intermediária entre o dólar comercial e o dólar turismo (usado para a venda de dólar-papel e de cartões recarregáveis tipo Travel Money), o IOF de 6,38% fica menos pesado. Se oferecer milhas, pode continuar uma boa opção. Descubra a cotação do seu banco ou emissor para ver se o cartão de crédito continua uma opção válida para você.

Os cartões de débito internacional recarregáveis (tipo Travel Money) permitem saques em caixas automáticos e pagamento de despesas em todos os lugares que aceitem a bandeira do cartão. O IOF é de 0,38% e o saldo pode ser recarregado à distância, por internet banking. É a melhor opção para quem não está interessado em milhas, e serve como excelente plano B para quem vai levar cartão de banco (caso o cartão do banco apresente problemas de aceitação, é só recarregar o Travel Money).

Leia mais –> A melhor moeda para levar para o exterior

Leia também:

Índice Europa A-Z

A viagem do Ricardo Freire à Europa em 2011

Siga o Viaje na Viagem no Twitter@viajenaviagem

Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire

Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem

Assine o Viaje na Viagem por emailVnV por email


1.488 comentários para “Como montar seu roteiro de viagem à Europa”

  1. Olá!
    Vou fazer uma viagem de lua de mel em setembro deste ano. Tenho 20 dias e estou planejando Londres e Paris. Qual meio de transporte devo usar? Devo passar 10 dias em cada lugar ou um necessita de mais que o outro? Acha viável incluir algum outro local?
    Abraços e parabéns pelo site.

    1. Olá, Giulia! De Londres a Paris, vá de trem. Sobra tempo para incluir outro destino no seu roteiro, caso haja vontade :) Leia mais aqui: http://www.viajenaviagem.com/2010/07/europa-quantos-dias-em-cada-lugar/

  2. boa noite. gostaria de perguntar-lhe se achas interessante ficar hospedado ao lado da praça de la replubica para conhecer paris a pe.

    1. Olá, Rafael! O Ricardo Freire recomenda ficar entre os arrondissements 1 e 6. A Place de la République fica no arrondissement 3. ;)

      Para mais dicas:
      http://www.viajenaviagem.com/europa/paris-ricardo-freire/
      http://www.viajenaviagem.com/2011/10/em-que-regioes-de-paris-e-melhor-se-hospedar/

  3. Olá Bóia, sempre consulto seu site nas minhas viagens, mto bom mesmo!

    Uma dúvida, tenho um roteiro grande!
    Espanha 6 dias, Itália 6 dias, França 2 dias, Bélgica 1 dia, Holanda 3 dias e Reino Unido 8 dias. Sabendo dos trâmites de hotel/aeroporto/hotel.
    30 dias de férias.
    É possível? é viável?
    Começar por Espanha e terminar no Reino é ok?
    Tenho amigos e hospedagem Itália e Reino Unido, BRL10mil é suficiente?

    Obrigada, abraços!

    1. Olá, Michele! Não pense em países. Pense em cidades. Em 3 dias você não consegue conhecer a Holanda, mas consegue visitar Amsterdã. Leia quantos dias passar em cada cidade e enxugue o seu roteiro: http://www.viajenaviagem.com/2010/07/europa-quantos-dias-em-cada-lugar/
      Começar pela Espanha e terminar no Reino Unido é uma boa idéia.
      Sobre despesas, leia: http://www.viajenaviagem.com/2013/07/como-estimar-gastos-viagem/

  4. Olá. Pode me ajudar com um roteiro de 20 dias partindo de Portugal?
    Grata!

    1. Olá, Camila! Desculpe, não fazemos roteiros personalizados! Se tiver perguntas mais específicas, podemos ajudar :)

  5. Olá!
    Adorei o seu site, bem legal para ter experiências para a primeira viajem como será a minha para a Europa.
    Tenho em vista um roteiro de 15 dias pela Europa, sendo que gostaria de conhecer:
    Espanha
    França
    Alemanha
    Reino Unido
    Então você aconselha fazer essas locomoções de avião ou trem?
    Tenho ideia de chegar primeiro na Espanha.

    Desde já Agradeço.
    Kamila

  6. Parceiro:

    Pretendo conhecer Lisboa, Porto, Barcelona, Madri e Paris em 25 dias com partida do Rio de Janeiro, é possível? Dá para fazer de trem entre Barcelona/Madri/Paris com viagens diurnas? Vou com minha esposa. Tem ideia de custo?

    Antecipadamente, muito obrigado.

    1. Olá, Eduardo! É possível, sim. Veja o que recomenda o Ricardo Freire sobre quantos dias passar em cada cidade:
      http://www.viajenaviagem.com/2010/07/europa-quantos-dias-em-cada-lugar/

      Entre Barcelona e Madri você pode ir de trem, mas entre Madri e Paris é melhor ir de avião. Tente incluir esse trecho na sua passagem transatlântica:
      http://www.viajenaviagem.com/2013/10/dicas-comprar-passagens-areas-nacionais-internacionais/

      Você consegue orçar com facilidade os trechos pela internet.

      Leia mais:
      http://www.viajenaviagem.com/2007/08/europa-aviao-trem-ou-carro/
      http://www.viajenaviagem.com/2011/07/vai-por-mim-trem-na-europa/
      http://www.viajenaviagem.com/2013/07/como-estimar-gastos-viagem/

  7. olá boia!
    estou bolando um roteiro para o leste europeu em outubro.
    serão somente 13 dias.
    Quais paises vc indicaria??
    saindo do Brasil, qual é a melhor cidade para começar a viagem?
    Para ir nas outras é melhor trem, carro ou avião??
    desde já muito obrigada

  8. Ola, tudo bem?! Comprei uma passagem para Madrid, ida e volta, e pretendo visitar Madrid, Barcelona e Paris. Sao 12 dias, acha que da? E voos para Paris, de Madrid, alguma dica de empresa aerea?

    Obrigada.

  9. Boa tarde,

    pretendo realizar minha viagem no final desse ano..
    pretendo ir a portugal primeiro, pois vou visitar meu namorado que ira fazer faculdade em coimbra.
    minha ideia inicial, era ir no inicio de dezembro e ficar umas duas semanas na cidade dele, e assim que as aulas acabarem gostariamos de fazer uma viagem de 15 dias entre natal e reveillon para conhecer alguns lugares.
    gostaria de dicas de onde conhecer (conhecemos parte da frança, itália, e reino unido), estavamos dispostos a roteiros inusitados.
    quando devo comecar a me programar?
    fico no seu agurado, obrigada
    Maria Eduarda

    1. Olá, Maria Eduarda! Você pode se programar desde já :) As passagens e hotéis normalmente ficam mais baratos com 3 meses de antecedência à viagem. Aproveite esse tempo para fazer suas pesquisas.

      Leia sobre viajar no inverno europeu aqui: http://www.viajenaviagem.com/2010/12/europa-no-inverno-impressoes-e-dicas-de-um-recem-chegado/

  10. Olá Bóia, gostaria que me tirasse uma dúvida sobre imigração e tempos de conexões. Os sites em que pesquiso não me dão muitas opções e a melhor q tive, aqui do Brasil pra Amsterdã foi pela AF fazendo conexão de 2 horas em Paris (chego 8h20 em Paris e 10h20 vou pra Amsterdã)…com esse tempo consigo fazer a imigração e chegar a tempo para esse outro vôo? Não tem no sites opções de maior tempo. E se por acaso atrasar e eu perder o vôo eles me realocam? Obrigada!

    1. Olá, Fernanda! Se os seus vôos forem vinculados, 2 horas é um bom tempo para fazer a sua conexão. E caso ocorra algum atraso, é de responsabilidade da cia. aérea pôr os passageiros e as malas no primeiro vôo disponível. Agora, se você vai comprar as passagens não vinculadas, o ideal é ter um tempo maior para a sua conexão já que se você perder o vôo, a cia. aérea não se responsabiliza pelo seu atraso.

      Leia mais:
      http://www.viajenaviagem.com/2012/01/passagens-internacionais-como-evitar-o-erro-mais-comum/

  11. Olá Bóia, tudo bem? Eu e meu marido faremos nossa primeira viagem a Europa em final de setembro, Estamos pensando no seguinte roteiro :
    Paris – 6 dias
    Nice – 3 dias
    Marseille – 2 dias
    Roma – 4 dias
    Veneza – 3 dias
    Florença – 2 dias
    Pretendemos levar no máximo 22 dias, considerando o tempo de deslocamento de ida e volta.
    Na sua opinião, pergunto:
    1.São muitas cidades para a primeira viagem, deveríamos fazer apenas 2 cidades por país, ficando mais tempo em Paris e fazendo os arredores – Reims,Chantilly, Nancy ou Chartres de trem?
    2. Roma em 4 dias e Veneza em 3 dias é suficiente?
    3. É melhor fazer as viagens internas no mesmo país de trem e Paris-Roma de avião?
    Obrigada pelas dicas. Um abraço
    Eliane

    1. Olá, Eliane! O ritmo da viagem você é quem dita ;) 4 dias para Roma e 3 para Veneza são suficientes, se você estiver considerando dias inteiros. Veja quantos dias o Ricardo Freire recomenda dedicar a cada lugar: http://www.viajenaviagem.com/2010/07/europa-quantos-dias-em-cada-lugar/

      Leia sobre deslocamentos na Europa aqui: http://www.viajenaviagem.com/2007/08/europa-aviao-trem-ou-carro/

  12. Olá,
    estou pesquisando uma viagem de 15 dias para Espanha. Entre os locais escolhidos está a ilha de Mallorca por 6 dias.
    Procurei no site e não encontrei nada a respeito deste local.
    Você tem alguma recomendação/sugestão?
    A quantidade de dias é suficiente?
    Obrigada!

    1. Olá, Stella! Infelizmente não temos conteúdo sobre Mallorca.

      A Dri Setti tem algum material no Achados:
      http://viajeaqui.abril.com.br/blog/achados/serie-verao-na-europa-parte-1-a-ilha-de-maiorca/

  13. Olá!!! excelente dicas de vcs!!!
    Estamos planejando uma viagem ao sul da frança em dezembro/janeiro. Teremos 15 dias de férias. Pode me indicar que cidades usar como base? Pelo que entendi o melhor jeito de conhecer a região é de carro, né? Obrigada e parabéns!!!

    1. Olá, Mariana!

      Leia sobre a região:
      http://bit.ly/1hXKFHq

      O inverno não é a melhor época para regiões costeiras como a Côte d’Azur. Fará bastante frio também na Provence. O inverno é mais indicado para fazer cidades grandes (ou lugares de neve):
      http://www.viajenaviagem.com/2010/12/europa-no-inverno-impressoes-e-dicas-de-um-recem-chegado/

  14. Olá Bóia e internautas.
    Já vi que cometi o primeiro erro: comprei as passagens ida e volta (GRU-PARIS) – sem considerar o último destino, que obrigatoriamente será Marselha, onde deixarei minha filha de volta às aulas na Universidade. Mas estou atenta a tantas outras dicas. Ficarei:
    6 dias inteiros em Paris(segui o conselho do Ricardo…) 16 a 23/12
    3 dias em Florença fazendo bate-volta no que for possível -24 a 27/12
    3 dias em Veneza 27 a 30/12
    e para finalizar
    5 dias em Marselha ou Aix Provence como base, conhecendo Nice – MÔnaco e demais bate-voltas.(aceito sugestões)de 31/12 a 05/01
    Como é minha primeira viagem pra Europa estou com a sensação de “pouco”, mas ao mesmo tempo achando muito pinga-pinga, como diz o VnV.
    Dúvidas: Passar o Natal em Florença será que é legal? Vi que num dos postos o Ricardo falou sobre o Natal em Veneza…devo trocar?
    Enfim…aceito opiniões de vocês.
    abçs
    Cristina

    1. Ops… “vi num dos “posts”…

    2. Olá, Cristina! É indiferente onde você passe o Natal. O que o Ricardo Freire disse é que o fim do ano e o inverno são uma boa época para ir a Veneza, porque o clima é compensado pela pouca densidade demográfica de turistas.

      Nem Aix nem Marselha são bases boas para fazer a Côte d’Azur. Para fazer a Côte, fique uns dias em Nice. O fim do ano não é uma boa época para a Côte d’Azur — lugares praianos podem ficar ligeiramente deprê fora de estação.

      Durma em Paris na véspera de pegar seu vôo de volta.

      1. Olá Bóia, pegando carona nessa sua resposta para a Cristina:

        Pretendo ir para a Holanda para um congresso no começo de setembro, e a idéia é esticar depois para o sul da França.

        Estou montando meu roteiro e já simulei os preços de passagens multidestinos: Saindo de GRU para AMS, estadia de 4 dias em Amsterdã (até por causa do congresso), daí de AMS para Marselha onde pretendemos alugar um carro para explorar a Provence e também a Côte d’Azur, e depois ir subindo, passando por Grenoble, até Annecy, para finalmente chegar a Genebra, onde visitaremos amigos (será só uma visita de 2 dias, já conhecemos a cidade) para então voltar para o Brasil via GVA-GRU (multidestinos: GRU-AMS/AMS-MRS/GVA-GRU).

        Minhas dúvidas: na resposta à Cristina, vc disse que nem Marselha nem Aix-en-Provence são boas bases para a Côte d’Azur, então seria melhor montarmos 2 bases, uma para cada região? E ir de uma a outra de carro mesmo? E depois o trajeto continua, subindo para Grenoble? Veja: tudo isso de carro, que dá para pegar na locadora em Marselha e devolver em Genebra, antes de embarcar de volta ao Brasil. Fora os 4 dias em Amsterdã, dispomos de 14 dias para todo esse trajeto detalhado acima. Estou pensando em 4 dias na Provence, 4 dias na Côte d’Azur e os demais em Grenoble (1 dia), Annecy (1 dia) e Genebra (2 dias visitando os amigos), mais os deslocamentos. Vc acha que está razoável?

        Não é muita estrada para percorrer de carro? Estamos em 3 e todos dirigem – podemos revezar no volante. Mas seria melhor deixar o carro no Sul e seguir de trem para Grenoble, aí sim alugando outro para o trajeto passando por Annecy e chegando em Genebra? O que vc acha?

        Obrigada pela imensa ajuda! Site excelente, esse! :)

        1. Olá, Sibele!

          Alugar carro num país e devolver noutro faz incorrer sobretaxas.

          O melhor é voar de Amsterdã a Nice, montando base em Nice para 4 dias de Côte d’Azur. De Nice você vai de carro para o Lubéron, para 4 dias de Provence.

          Leia sobre esta estratégia aqui:
          http://www.viajenaviagem.com/2013/02/hoteis-na-cote-dazur-e-provence-onde-voce-ficou/

          Devolva o carro em Avignon e siga de trem.

          1. Valeu demais a dica, Bóia! Obrigada! :)

  15. Olá Bóia!
    Parabéns pelo site! Estou sempre de olho por aqui e as dicas são imprescindíveis para o sucesso de uma viagem!
    Eu e meu marido estamos programando nossa primeira viagem à Europa. Compramos as passagens para setembro (ida Roma e volta Zurique) e ficaremos 12 dias, sendo 9 na Itália e 3 na Suiça (Zurique) onde temos amigos.
    Analisando as distâncias e cortando muitos destinos, chegamos ao seguinte roteiro: 4 dias em Roma, 2 em Florença, 1 em Veneza, 2 em Milão e 3 em Zurique.
    O que você acha?
    Abs!

    1. Olá, Camila! O Ricardo Freire recomenda mais dias em Veneza. Lembre-se que o dia de deslocamento é um dia praticamente perdido.

      Leia:
      http://www.viajenaviagem.com/2014/02/10-dicas-veneza/

  16. Ola…
    Pretendo ir em 2015 para Europa…
    Gostaria de conhecer
    Londres
    Paris
    Barcelona /Madri
    Roma /Veneza/Nice
    Qual seria a melhor sequencia , e de que forma os translados?
    Sendo 15 a 20 dias para dividir
    obrigado
    Junior

  17. Boa noite, primeiramente gostaria de parabenizar pelo site, estou gostando mt, ajuda bastante. Estou na minha segunda viagem a Europa, na primeira, fiz o oeste da Alemanha, Bruxelas e Paris, em uma viagem de 22 dias. Em dezembro proximo, farei a Itália, juntamente com minha esposa. Sairei de BH no dia 11/12/14, com destino a Miláo; chegarei dia 12 as 13h (local). A principio iriamos ficar alguns dias em Miláo, mas mudamos o roteiro, entao, chegaremos e sairemos, com destino a Florença, onde ficaremos do dia 12 até o dia 17, e faremos dois bate-volta (um a Pisa e outro a San Gimignano). Dia 17 partiremos a Roma, onde ficaremos até o dia 22; sairemos de Roma com destino a Veneza, e chegaremos no dia 22, passaremos o Natal e vamos ficar até o dia 26. Sairemos de Veneza no dia 26, com destino a Miláo, chegaremos a tarde, e passaremos a noite. Vamos passear em Miláo no dia 27, e as 20:35 parte nosso voo de volta com destino a BH. As passagens de BH-Milao-BH já foram compradas; estou pesquisando hotel e passagens internas (que serão feitas de trem, a principio pela trenitalia, que só consigo comprar com 4 meses de antecedencia). Voce acha viável? Ainda dá tempo de mudar muita coisa.

    Grato, abraços, e mais uma vez, parabens pela iniciativa, que é de muita valia.

    1. Olá, Leandro! Passe a primeira noite e a última noite em Milão, para não dar problema de conexão entre vôo e trem. A viagem fica mais tranqüila assim. O roteiro está bom.

  18. Olá,Bóia.
    Estamos planejando nossa primeira viajem para a Europa em metade de maio e metade de junho de 2015.Nosso roteiro é:chegar em Londres(5dias)de trem p Paris(5dias)de avião para Roma(5dias)de trem p Veneza(3dias).Como ir de Veneza para Berlim de onde
    voltaremos p o Brasil?Obrigada

    1. Olá, Maria Elizabeth! O ideal teria sido comprar a volta de Veneza.

      Leia:
      http://www.viajenaviagem.com/2012/01/passagens-internacionais-como-evitar-o-erro-mais-comum/

      De Veneza a Berlim vá de avião. Durma na véspera de voltar em Berlim para não dar problema de conexão. Veja passagens em http://www.kayak.com.br e http://www.skyscanner.com.br .

  19. Boa tarde,
    Fui convidada para um casamento em Enschede, Holanda, no dia 25 de outubro. Pretendo viajar com meu marido no dia 13 de outubro e conhecer Amsterdam, Paris e Londres. Voltamos no dia 28 de outubro. Como definir a ordem das cidades, quantos dias ficar e o meio de transporte entre elas. O preço das passagens de ida e volta com o mesmo destino são mais baratas, então, pensávamos em chegar e partir de Amsterdam. Aguardo “luzes”. Obrigada!!

    1. Olá, Lisiane! O melhor é comprar uma passagem com ida por uma cidade e volta por outra. O trajeto de volta entre a última cidade e Amsterdã não é de graça, as pessoas esquecem de pôr isso no cálculo. As horas perdidas, o stress das conexões desvinculadas também custam dinheiro e cortam um tempo valioso das suas férias.

      Leia:
      http://www.viajenaviagem.com/2012/01/passagens-internacionais-como-evitar-o-erro-mais-comum/

      Chegue por Londres, vá de trem a Paris e a Amsterdam.

      Sobre permanência:
      http://www.viajenaviagem.com/2010/07/europa-quantos-dias-em-cada-lugar/

  20. Olá boa noite, obrigada por tantas dicas bacanas!!!
    Vou fazer minha primeira viagem a Europa eu e meu esposo, já escolhi duas cidades que para mim não tem como não visitar e que é um sonho antigo Londres e Paris (5 dias em cada cidade), teria uma terceira cidade para me indicar levando em consideração que não quero um lugar que seja muito difícil de Paris até esse terceiro lugar e qual seria a melhor opção de transporte até ele. Minha viagem será de 15 dias em Março de 2015.
    Desde já agradeço muito.

    1. Olá, Emily! Qualquer cidade na Europa estará a no máximo duas horas de vôo de Paris. Escolha a sua.

      Veja como comprar passagens multidestinos:
      http://www.viajenaviagem.com/2012/01/passagens-internacionais-como-evitar-o-erro-mais-comum/

  21. Pessoal, preciso de uma ajuda em um roteiro. Vou para a europa em janeiro de 2015 e terei 20 dias inteiros, chegando e saindo por Milão.

    Eu gostaria MUITO de conhecer o Marrocos, fazendo Marrakesh-Morgouza-Fez (com alguma excursão, comprando lá) em 9 dias.

    E na parte europeia da viagem (10 dias) pensei em fazer o seguinte:
    Milão c/ lago Como – 3 dias
    Veneza – 2 dias
    Florença (c/ bate e volta p/ Pisa e p/ Siena) – 5 dias

    Estou achando tudo um pouco apertado (principalmente Milão) e Veneza, considerando ainda que eu vou parder parte dos dias de deslocamento…

    Você sugere alguma coisa? Acha que esse roteiro é viável?

    Obrigado

    1. Olá, Danilo! No inverno a região dos lagos perderá parte substancial do seu encanto.

      1. Obrigado Bóia.
        E de resto, a distribuição dos dias está OK?

        1. Olá, Danilo! Procure fazer com que esses dois dias em Veneza sejam inteiros.

          1. Ok, obrigado :)

  22. Ola! Parabens pelo site!! Muito bom!

    Farei viagem de 14 dias com meu marido no fim de setembro. Iremos começar pela alemanha (berlim, munich e hamburgo), depois queria mais dois paises. Pensei na holanda (apenas amsterdam) e o outro pais ainda nao sabemso. O que vc sugeriria??
    Estou decidindo para so entao comprar as passagens.

    1. Olá, Karla! Bélgica e Dinamarca são os que fazem mais sentido logístico. Mas qualquer destino da Europa está a um vôo de no máximo 2 horas desde Amsterdã.

      1. Muito obrigada! Vou pensar em Praga, entao… Alguma compainha aerea especifica?

  23. [...] é mais” é o querido Ricardo Freire, autor de Viaje na Viagem. Indicamos a leitura do texto Como montar seu roteiro de viagem à Europa para ver o “menos é mais” sendo aplicado à elaboração de roteiros. [...]

  24. Boa noite!Em primeiro lugar, parabéns pelo site,excelente!Como será minha primeira viagem à Europa,queria saber se meu roteiro está de acordo com os meios de transporte…Queria fazer Lisboa(ficando 5 dias),ir de trem à Madrid(penso em ir à noite…vale à pena?qto tempo de viagem?)ficando 5 dias visitando amigos e pensando em esticar para Paris,mais 5 dias(Qto tempo de avião?Trem vale à pena?)Quero aproveitar melhor as cidades,por isso 3…Desde já agradeço!

    1. Olá, Roberto! Tanto de Lisboa para Madri como de Madri para Paris, a viagem de trem leva quase 11 horas. É muito tempo. Nesses casos, vale mais a pena pegar avião (Lisboa/Madri – 1h30 e Madri/Paris – 2h). O Ricardo Freire não recomenda pegar o trem noturno.

      Para mais dicas:
      http://www.viajenaviagem.com/2011/07/vai-por-mim-trem-na-europa/
      http://www.viajenaviagem.com/2007/08/europa-aviao-trem-ou-carro/

  25. Olá pretendo viajar em Dezembro com minha esposa e penso no seguinte roteiro Entrada por Madri e mais 3 dias, 3 dias em Barcelona, 5 dias em Paris, bate e volta em Amsterdã, bate e volta em Bruges, bate e volta em Bruxelas. O que acha? É viável esse roteiro? Grato.

    1. Olá, Alex! Amsterdã não se faz como bate-volta de Paris; a viagem é longa e cara (são mais de 3 horas de trem) e Amsterdã merece muito mais do que algumas horas.

      Leia:
      http://www.viajenaviagem.com/2010/07/europa-quantos-dias-em-cada-lugar/

  26. É minha primeira viagem a Europa. Minha irmã mora em Bergamo na Italia e a minha ideia era descer no aeroporto na Suica e fazer um roteito passando pela Alemanha França e por fim Italia até chegar em Bergamo. Nesta primeira faze da viagem só temos 12 dias, pois estaremos com esta minha irmã (que nos encontraria lá) minha mãe e minha filha(esta só pode ficar estes 12 dias ) quando chegarmos em Bergamo ela (minha filha volta e eu e minha mãe ficamos por mais uns 15 dias )aí deixo por conta da minha irmã para passear pelas proximidades. O que achou dos lugares e tempo que tenho em mente.

    1. Olá, Cristina! 12 dias não é muito tempo para tantos países. O roteiro está bem aberto e não sabemos as cidades que desejam visitar.

      Para dicas de como montar o seu roteiro, veja:
      http://www.viajenaviagem.com/2011/12/como-montar-viagem-europa/
      http://www.viajenaviagem.com/2010/07/europa-quantos-dias-em-cada-lugar/

  27. É possível viajar de trem de de Milão para Mônaco? Vale a pena?

    Fazer esse roteiro de madrugada é possível?

    1. Olá, Igor! É preciso ir de trem francês local até Ventimiglia e continuar pelo trem italiano. Não há horários noturnos. Mesmo que houvesse, não recomendamos trens noturnos.

      Leia:
      http://www.viajenaviagem.com/2013/02/milao-italia-nice-cote-dazur-trem/

      http://www.viajenaviagem.com/2014/03/roteiro-de-viagem-dicas-para-montar/

  28. Tenho ideia de fazer lisboa-madrid-barcelona 4 dias em cada o q acha sugestao

    1. Olá, Tânia! Sim! Considere 4 dias inteiros, sem contar com os dias de chegada e partida de cada cidade.

  29. Entre usar um roteiro de excursão e planejar a viagem por mim mesma, escolho a segunda opção. Principalmente, depois de ter descoberto vocês em viajenaviagem.com Quero ir pela PRIMEIRA VEZ a Paris, Roma, Florença, Milão, Turim e Londres. Minha previsão é de 21 dias de estadia, mais 2 dias para as viagens de ida e volta. Sairei de Porto Alegre, RS.
    Comprei os guias da Folha de São Paulo, mas não sei se foi uma boa ideia.
    Por onde devo começar o planejamento? Qual a melhor época para viajar para esses lugares?

    1. Maria Alice, eu particularmente gosto muito dos guias da Folha! Eu evitaria viajar no verao europeu, tudo eh mais lotado e caro. Se eu fosse vc, comecaria a viagem por Londres ou Roma….comecando por Londres, vc pode ir de trem a Paris e de la pegar um voo a Milao…va descendo a Italia ate Roma de trem, e volte ao Brasil por ai.
      No meu blog tenho algumas dicas da Italia: http://www.ciaoviaggio.com. Ainda nao postei sobre Paris e Londres, qquer duvida eh so falar ????

    2. Olá, Maria Alice! Comece por aqui: http://www.viajenaviagem.com/europa/europa-como-quando-quanto-tempo/

      Para acomodar todos os destinos, sem corre-corre, seriam necessários cerca de 28 dias.

      1. Obrigado pela informação. Vou me organizar, então! Valeu!

  30. Olá Estou programando uma viagem para final de Setembro, vamos passar 20 dias e gostaríamos de visitar Portugal, França e Itália. Você tem alguma sugestão.

    Aguardo retorno.

    1. Olá, Luciana! Releia o post. No início do texto está escrito “não pense em países, pense em lugares”.

  31. Olá, estou fazendo uma viagem à Lisboa, e já sei que vou de trem até Madrid e depois Barcelona, a partir de Barcelona gostaria também de conhecer alguma coisa na Itália, Veneza e Roma por exemplo, gostaria de saber a melhor maneira a partir de Barcelona para chegar a esses locais, Grato Leandro.

    1. Olá, Leandro! De Barcelona, voe para Veneza ou Roma.

    2. Oi Leandro. Pense bem, pois apesar da distancia entre Lisboa e Madrid não ser tão grande, o trem é bem demorado e não muito confortável. Já de Barcelona é muito fácil e barato voar diretamente tanto para Roma como para Veneza. Recomendo a Vueling, a low cost da Ibéria que tem base em Barcelona, o vôo foi ótimo e me custou uns 50 Euros.

  32. Olá!!!

    Tenho interesse em fazer viagens à Europa de tempos em tempos com um roteiro para 3 países não antes visitados.
    Qual país vc indica para eu começar a viagem…exemplo, sempre chegar em Paris para começar (tipo, que dê um melhor acesso a qualquer outro local), é válido? Ou outro país (ex: londres)…ou ainda, no conjunto dos 3 países, escolher em qual devo chegar?
    Obrigada!

    1. Olá, Karliane! Selecione os três lugares. Ponha os três lugares no mapa. Veja qual roteiro é mais direto, sem ziguezagues. Se possível, deixe por último o lugar pelo qual você tem maior expectativa.

  33. Olá, adoro esse blog e gostaria se possível de um auxílio! Atualmente moro na Irlanda e já fiz algumas pequenas viagens, mas antes de voltar ao Brasil pretendo fazer uma grande viagem, e gostaria de sua opinião sobre o roteiro, e em quais trechos você indica mudança, e se possível quais os melhores meios de transportes de acordo com o trecho. Muito obrigada pela atenção!

  34. Olá, adoro esse blog e gostaria se possível de um auxílio! Atualmente moro na Irlanda e já fiz algumas pequenas viagens, mas antes de voltar ao Brasil pretendo fazer uma grande viagem, e gostaria de sua opinião sobre o roteiro, e em quais trechos você indica mudança, e se possível quais os melhores meios de transportes de acordo com o trecho. Muito obrigada pela atenção!

    Roteiro: Dublin > Paris > Lisboa > Porto > Madri > Barcelona > Nice > Milão > Florença > Roma > Veneza > Florença > Budapeste > Viena > Praga > Amsterdã > Bruxelas

    1. Olá, Estela! É mesmo uma super viagem. Veja tudo para montar o seu roteiro aqui: http://www.viajenaviagem.com/europa/europa-como-quando-quanto-tempo/

  35. Olá!!! Pretendo viajar com minha família, marido e três filhos, o mais novo tem dez anos. Eu, meu marido e a mais velha já conhecemos algumas cidades. Pensei em Lisboa, Paris , Londres e Barcelona pois meu filho adora futebol. Quatro dias em cada cidade pode ser o suficiente? Chegar por Lisboa, ir a Paris e Barcelona de avião e a Londres de trem.

    Grata,
    Angela Lemos

    1. Olá, Angela! Veja nossas dicas sobre quantos dias passar em cada cidade aqui: http://www.viajenaviagem.com/2010/07/europa-quantos-dias-em-cada-lugar/

      De Lisboa a Barcelona, e de Barcelona a Paris, vá de avião. De Paris a Londres, vá de trem.

  36. Olá,
    Pretendo fazer uma viagem de 10 dias à Europa com minha esposa. Já conhecemos Veneza, Roma, Firenze, Munich, Fussen, Zurich, Munique, Paris, Londres, ou seja, os tradicionais.
    Gostaria de ouvir algums sugestões de roteiros nao tradicionais que se possa conhecer em 10 dias. Nao temos necessidade de conhecer vários países, no máximo dois.

    Obrigado,

  37. Boa noite, em dezembro estaremos eu e minha noiva fazendo uma viagem de lua de mel. Pretendemos chegar em Barcelona, e ir até Roma, passando por Nice, Mônaco e outras cidades. O que e melhor de carro ou de trem? Estamos com medo de neve. Em Roma gostaríamos de fazer um cruzeiro pela Grécia. Temos 15 dias. Qual roteiro vc nos indica? Obrigado.

    1. Olá, Carlos! A passagem por Nice ou o cruzeiro na Grécia seriam idéias melhores no verão. Em dezembro o mais bacana de aproveitar são os mercados de Natal e as atrações nas grandes cidades. Veja dicas para a sua viagem aqui: http://www.viajenaviagem.com/2010/12/europa-no-inverno-impressoes-e-dicas-de-um-recem-chegado/

      Veja quantos dias passar em cada local aqui: http://www.viajenaviagem.com/2010/07/europa-quantos-dias-em-cada-lugar/

  38. olá!!!
    irei com minha esposa no dia 23 de junho para Londres. Ficaremos na cidade de Bolton até o dia 30 de junho.
    Pretendemos ir a Madrid e comemorar nosso aniversario de casamento dia 8 de julho em Paris.
    Na volta sairemos de Londres até Amsterdam, onde nossa conexão até SP sairá dali 11:00 hrs depois.
    Dá tempo para vistarmos Amsterda??? Lembrando que chegaremos à cidade holandesa às 22hrs e o vôo de volta a SP partirá às 10:30 da manhã.

    1. Olá, Miguel! Vocês vão chegar tarde em Amsterdam e sair cedo. Os restaurantes fecham relativamente cedo, mas vocês podem sair para beber e passear um pouco pela madrugada. Veja: http://www.viajenaviagem.com/2013/05/beber-amsterda-bruine-cafes/

  39. Olá, boa noite! Primeiramente, parabéns pelo site, muito bacana.
    Eu estou pensando em fazer um roteiro pela europa:
    1 – paris
    2- londres
    3- madrid
    4- amsterda
    (esse final que ainda não sei se faço somente paris-londres-madrid, ou incluo ou não amsterda)
    Seguindo essa ordem, qual seria melhor opção de transporte entre essas cidades?
    Alguma precisa de algum visto?
    Grata!

    1. Olá, Fernanda! Compre com ida ao primeiro destino e volta do último. Por exemplo, Brasil-Madri//Londres-Brasil. Faça Madri-Amsterdã de avião, Amsterdã-Paris de trem, Paris-Londres de trem.

  40. Ola!! Tenho passagens p frankfurt (ida e volta por la, ja q foi uma promoçao…) e terei 8 dias na europa (ja tirando um dia p ir e outro p voltar).
    Quero ir a hamburgo, berlim e amsterdam.
    Vc acha que em 8 dias da p fazer isso? Como eu vou da alemanha (acho q hamburgo) p amsterdam? O que vc sugere?
    Ah, soube q existe uma “obrigatoriedade” de um seguro viagem para alguns paises europeus.. É isso mesmo??

  41. Bom dia! Planejo ir à Europa com minha família – 4 pessoas – (Portugal, Espanha, França e Inglaterra) no mês de agosto/2014, permanecendo por lá em torno de 21 dias. Gostaria de contar com seu assessoramento. Somos de Porto Alegre/RS. Agradeço sua atenção e aguardo contato,
    Marcia

  42. Ola Vou a um Congresso em Genebra, em setembro ficaremos 12 dias e retornaremos por Roma,quais cidades e países vc acha interessante fazer nesse itinerário?

    Grata

  43. Tenho vontade de conhecer a Europa, qual a sua dica. Ficaria 20 dias.

    1. Olá, Francis! A Europa é um continente enorme. São muitas as opções. Escolha os lugares que deseja conhecer e assim nós podemos te ajudar com o roteiro. :)

  44. Olá, Bóia!
    Estou planejando uma viagem em quatro pessoas para Bélgica, Holanda e a rota do Champagne na França, cerca de 13 ou 14 dias em setembro. Pensamos em alugar um carro em Amsterdam e devolvê-lo em Paris porque queremos fugir da correria dos trens de uma cidade para outra. Mas a ideia não é circular nas cidades, mas de uma para outra. Até porque meu marido fez uma cirurgia de joelho há um tempo e precisa evitar de carregar muito peso e percorrer longas distâncias. Você acha que compensa?

    1. Olá, Carolina! A única questão de alugar um carro em um país e devolver em outro é que as locadoras costumam cobrar uma taxa bem alta por isso. Você pode consultar sites como como Autoeurope, Kayak e nosso parceiro Rentalcars que fazem cotações em diversas locadoras e assim pesquisar as taxas cobradas por cada uma.

  45. Oi, Bóia!
    Qual melhor site para achar passagens aéreas para vôos internos na Europa?
    Obrigada!

  46. Bom dia. Eu e meu marido vamos para a Italia dia 6/10 e voltamos dia 23/10. Tenho 54 anos e meu marido 63. Tenho um problema de labirinto e preciso tomar alguns cuidados. Vamos fazer RIO-ROMA e VENEZA-RIO . 5 dias em Roma (pretendo fazer um bate-volta com tour comprado para Capri sem pegar o último barquinho até a gruta), 6 dias em Florença(bate-voltas para Siena/Sam Giminiamo (carro), Pisa / Lucca , Cortona/Arezzo (trem) , 2 dias em Milão, 3 dias em Veneza (e Burano) . Somente as passagens de avião ida e volta estão compradas . Eu adoro viajar, meu marido não liga muito e se cansa de ir para muitas atrações(principalmente museus e galerias) . Vc tem alguma sugestão ? Obrigada . Sonia .

    1. Olá, Sonia! Está tudo bacana; só o bate-volta a Capri é que é puxado, embora não seja inviável.

  47. Boa Noite

    Estou fazendo um roteiro pela Europa com minha família (é a nossa primeira viagem). Minha Mãe sempre teve o sonho de conhecer a Itália, país de seus antepassados. Assim comecei a pesquisar sobre o assunto e me deparei com o site de vocês, que por ventura é muito completo e tem me ajudado bastante. Lendo suas colunas já cortei várias cidade do meu roteiro (Paris, Barcelona, etc), no entanto, ainda estou na dúvida se está “fazível” ou não, ou se os meios de transporte estão corretos. Segue o roteiro parcial, que pode ser totalmente alterado, uma vez que não comprei nenhuma passagem até o momento.

    Roteiro Mês de Abril de 2015

    1- Viagem Poa-Lisboa
    2- Chegada em liboa as 10h, dia livre para percorrer o centro de Lisboa.
    3- Lisboa
    4- Lisboa-Fatima-Obitos-Lisboa
    5- Lisboa
    6- Lisboa-Madri (avião)
    7- Madri
    8- Madri
    9- Madri- Toledo- Madri
    10- Madri
    11- Madri-Veneza (avião com escala em Bruxelas e espera de 12h, aproveitando para conhecer a cidade)
    12- Veneza
    13- Veneza
    14- Veneza-Verona- Florença (trem)
    15- Florença
    16- Florença
    17- Florença-Pisa-Nice (trem)
    18- Nice-Mônaco-Roma (trem)
    19- Roma
    20- Roma
    21- Roma
    22- Roma-Pompéia-Capri (trem)
    23- Capri- Napoli- Roma (trem)
    24- Roma
    25- Viagem

    Outra dúvida, eu pretendo ir com tudo pago do Brasil (avião, trem e hotel), assim vocês acham que $1.000,00 Euros por pessoa e pouco para os 23 dias (alimentação e passeios)?

    1. Olá, Angélica! A parte do sul da França é infactível, deixe para uma próxima viagem. Durma mais uma noite em Capri.

      Veja como estimar gastos de viagem:
      http://www.viajenaviagem.com/2013/07/como-estimar-gastos-viagem/

  48. Boa noite, não conheço a Europa e ganhei uma viagem em baixa temporada (exceto feriados) para um casal para Londres. Quero pagar para meu filho adolescente ir junto. São sete dias e gostaria de um roteiro amigo para que eu, viajante de primeira viagem aproveite bem Londres e se der, estique a alguns outros países interessantes, adiando a passagem de volta. Quanto levar de dinheiro, onde ir e qual melhor época do ano? Não conheço neve, gostaria que fosse algo sensacional!

    1. Olá, Valeria!

      Infelizmente não temos como fazer roteiros individuais.

      Leia sobre Londres:
      http://www.viajenaviagem.com/londres-ricardo-freire

      Veja como estimar gastos de viagem:
      http://www.viajenaviagem.com/2013/07/como-estimar-gastos-viagem/

      Não neva em Londres. Você vai precisar ir a lugares mais ao norte e/ou mais altos e viajar entre dezembro e fevereiro para não ter decepções.

      Leia sobre a Suíça:
      http://www.viajenaviagem.com/2013/09/roteiros-trem-suica-swiss-pass/

      Leia sobre viagens no inverno:
      http://www.viajenaviagem.com/2010/12/europa-no-inverno-impressoes-e-dicas-de-um-recem-chegado/

1 ... 11 12 13

ATENÇÃO:
Desculpe, mas esta caixa está inativa e seu comentário não aparecerá. Estamos aprontando um novo Viaje na Viagem. No novo site a caixa de comentários voltará a funcionar. Obrigado pela compreensão!