Atualizado | Reembolso de IVA no Uruguai: MasterCard identifica erro e promete ressarcir clientes na próxima fatura

  • 0
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Uruguai devolução IVA problemas MasterCard

Resolvido o mistério das faturas de cartões MasterCard que não traziam o reembolso dos 18,5% de IVA relativos aos gastos em restaurantes e locadoras de carros no Uruguai.

Procurada pelo Viaje na Viagem, a MasterCard brasileira entrou em contato com seu braço uruguaio e identificou uma falha no processo de reembolso. Transcrevo o comunicado oficial da MasterCard brasileira:

A MasterCard informa:

  • A First Data, empresa que faz a adquirência dos cartões Mastercard no Uruguai, esclarece que o atraso na devolução do IVA aos turistas brasileiros está solucionado. A empresa explica que houve uma demora para ajuste de sistema após a ampliação do prazo para a restituição do imposto, medida instituída pelo governo [uruguaio] no mês passado. A First Data esclarece que todos os clientes serão ressarcidos em suas próximas faturas.

Ou seja: final feliz para o imbroglio. Se você está entre os que não receberam o reembolso, fique de olho na próxima fatura e, qualquer coisa, conte pra gente.

Para entender a novela

Desde 2013 o Uruguai oferece reembolso de IVA (o ICMS deles) para turistas estrangeiros que paguem hotéis, restaurantes e locadoras de carros com cartão de crédito (ou débito) emitido fora do país. Nos hotéis, o imposto nem chega a ser cobrado. Nos restaurantes e locadoras, o imposto é cobrado mas depois é devolvido para os clientes. Vale muito a pena: o desconto de 18,5% compensa totalmente os 6,38% do IOF brasileiro, mesmo se houver alguma desvalorização do real.

O esquema de devolução do imposto é o mesmo desde 2013. Quem paga com Visa recebe a devolução na hora: a maquininha já faz o estorno, que aparece no recibo. E quem paga com MasterCard recebe a devolução na fatura seguinte, quando acontece o desconto do IVA consolidado de todos os gastos em restaurantes e locadoras.

Depois de quatro anos de reembolso sem transtornos, o Viaje na Viagem começou a receber relatos de problemas na devolução. No começo achamos que os leitores estavam confundindo o IVA uruguaio com o IOF brasileiro, ou que estavam consultando o extrato parcial dos gastos.

Mas já no começo desta semana a história já parecia delineada: todas as reclamações eram de clientes MasterCard que tinham estado no Uruguai depois de 21 de abril, quando a lei de benefícios aos turistas teve sua validade estendida até 30 de outubro de 2017. Esses leitores começaram a receber suas faturas daqueles gastos, e os valores vieram cheios, sem a devolução. E ainda inflados pelo IOF brasileiro.

Os viajantes prejudicados têm cartões MasterCard emitidos por vários bancos. Ao ligarem para suas centrais de relacionamento, são atendidos por funcionários que não têm a menor idéia de que esse esquema de devolução existe. (Porque a operação envolve a Receita e a MasterCard do Uruguai -- o desconto vem de lá; não se trata de uma promoção dos bancos brasileiros para seus clientes.)

O meu palpite é que deve ter havido um bug no sistema do MasterCard no momento de renovação da lei de benefícios. (Atualização: hipótese que acabou mesmo se confirmando.)

Ontem o Viaje na Viagem procurou contato com a MasterCard e às 18h30 nos foi comunicado pela assessoria de imprensa que o escritório brasileiro repassou o problema relato pelos leitores à MasterCard uruguaia. Assim que tivermos uma posição oficial, atualizaremos este post. (Atualização: feito!)

Nenhum leitor postou reclamação alguma sobre os cartões Visa.

24 comentários

Thais
ThaisPermalinkResponder

Eu estou, fui ao Uruguay no feriado de primeiro de maio, liguei no banco santader, q a principio repassa a ligacao para a mastercard, que em seu atendimento eletronico lhe repassa para .... o santander. No Santander a orientação foi procurar o consulado do Uruguay (hã!), havia desistido. , ficarei atenta a prox fatura!

Filipe
FilipePermalinkResponder

Também estou nesta turma aí, viajei pra Montevidéu entre os dias 27/04 e 02/05 e os valores realmente vieram sem os descontos na fatura que acabou de fechar. Vou aguardar a próxima pra ver se virá o estorno, mas já fico mais tranquilo com a grande ajuda do blog e agradeço pela preocupação com seus seguidores, não é à toa que é o melhor blog de viajens do Brasil! Obrigado!

Mariano
MarianoPermalinkResponder

Vocês da Viaje Na Viagem são mais que um site que tiram dúvidas. São ativos para ajudar os viajantes em imbróglios como esse. Eu praticamente já havia desistido (e olhe q tenho um valor alto para receber de reembolso). Muito obrigado pela ajuda e pela preocupação com seus leitores! Abraços

Armando
ArmandoPermalinkResponder

Viajei ao Uruguai entre 10 e 18 de maio/17 e fiz gastos com cartão Mastercard. A fatura fechou em 30/05 e não veio o desconto do IVA. Ligo para o Itaú e os atendentes desconhecem por completo essa devolução do IVA.
Caso não venha o reembolso na próxima fatura, sabem dizer como devemos proceder?
Abs

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Armando! Os bancos não sabem de nada mesmo não. É com a central da MasterCard. O problema foi identificado depois da sua viagem, vamos ver como vão ocorrer os ressarcimentos.

Tatiana
TatianaPermalinkResponder

Olá,
Primeiramente, gostaria de agradecer a vocês pelo carinho com os leitores, isso faz toda a diferença.

Eu fui para o Uruguay em Maio/2017 e fui cobrada pelo valor integral, abri um protocolo no Itaucard Mastercard, e estou enviando um "dossie" explicando fatura por fatura dos restaurantes onde estive, mas não tenho confiança que isso vai funcionar.
Infelizmente o nosso contato é com o banco e não temos como entrar em contato direto com a Mastercard, estou anexando os posts de vocês em meu e-mail para tentar esclarecer todo este imbroglio, mas ainda terei cenas do próximo capítulo, vou esperar a próxima fatura para ver se terei algum reembolso e ver como proceder caso isso não aconteça.
Mais uma vez obrigada.
Tatiana

Marco Antônio

Olá,

Estive no Uruguai do dia 04/05 ao dia 10/05.
Utilizei o cartão mastercard, e fechou a primeira fatura mês passado, com gastos apenas do dia 04, nessa cobrando o valor de tudo que gastei.
Agora, fechou outra fatura, com os gastos posteriores, a partir do dia 05, e a restituição do IVA não veio nela.
Agora é esperar somente? Ou vocês acham que eu deveria fazer uma reclamação no site da mastercard?

Obrigado.
Marco Antônio

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marco! Faça uma reclamação nas mídias sociais do MasterCard (Facebook, Twitter). No seu banco não adianta.

Marco Antônio

Boa noite.

Fiz uma reclamação lá no site da mastercard e eles me mandaram o seguinte:

"A MasterCard agradece seu contato.

Esclarecemos que a MasterCard é a marca licenciadora (bandeira) dos cartões e tratamos dos beneficios, seguros de viagens e de informações do programa de pontos Surpreenda.

A MasterCard não realiza operações financeiras, desbloqueio de cartões, emissão de faturas, segunda via de fatura, emissão de senhas, débitos, estorno de compras, emissão de cartões, cobranças, alterações de dados cadastrais, gerenciamento de aplicativos movéis, cadastro de SMS, renegociações de dívidas ou qualquer outro tipo de transação financeira junto ao cliente.

Todas as solicitações que incidem nos cartões são realizadas pelos bancos ou pelas instituições financeiras que os emitem. Sendo assim, pedimos que entre em contato com a mesma.

Para qualquer dúvida adicional, estamos à disposição 24 horas por dia, 7 dias por semana através da nossa central de atendimento 0800-047-4465.

Atenciosamente,

Equipe MasterCard"

E agora, o que você me recomenda a fazer?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marco Antonio! Vamos esperar se aparecem outras reclamações e voltar ao nosso canal na MasterCard.

Mas olhe: rede social funciona muito melhor que site. Entre no Twitter ou no Facebook.

https://twitter.com/mastercardbr

carlen ruas martins

Oi boa noite, aconteceu com o meu cartão tbem, estive no URUGUAI no período de 01 a 06 de maio, e tbem passei todos as alimentações no cartão de credito Mastercard, verificando minha fatura percebi q nao veio o desconto, como verifiquei por aqui vi que viria talvez no próximo mês e verificando agora não consta nada em minha fatura , não sei se entro em contato com o meu banco, ou o que devo fazer, gostaria de ajuda de vcs, por favor. Agradeço desde já carlen

Rodrigo Lima
Rodrigo LimaPermalinkResponder

Pois é, estou na mesma situação ! Não só não fizeram o ressarcimento, como parecem desconhecer por completo o problema e não estão com um pingo de vontade de resolver a situação. Será que teremos que entrar com ação coletiva ?

carlen ruas martins

Mandei um email diretamente no site do mastercard é me pediram 3 dias úteis, vou aguardar e vou entrar no reclame aqui hoje

carlen ruas martins

A mastercard já me respondeu e me disse q não fazem qualquer tipo de cobrança, ou seja desconhecem sobre o assunto, é agora como proceder

Carolyne
CarolynePermalinkResponder

Estou com o mesmo problema. Estive no Uruguai de 31/05 a 08/06. Minha fatura fechou dia 10/06 e não veio o desconto do imposto.

Rafael Domingos Cattete Reis

Não seja por isso, viajei ao Uruguai entre 22 e 30 de abril de 2017 e não recebi o estorno do IVA na bandeira mastercard e também na visa!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rafael! Com Visa é na hora. Psrece que agora com o Mastercard é na hora também. O problema parece ter acontecido na mudança do sistema do Mastercard.

Lilian
LilianPermalinkResponder

Olá Pessoal!
Estou aqui em Montevidéu (22 de junho de 2017) e o problema persiste.
Pela mediação do Viajem já era para os bonitões terem feito a nova programação do IVA e a partir de junho isso já ter sido solucionado. Mastercard espertinha.

Percebi a diferença porque meu namorado possui cartão Visa e quando dividíamos a conta o valor que vinha na mensagem estava sempre maior. Diferença de uns 10 reais.
Para evitar fadiga, habilitei o meu cartão Visa.

Lilian
LilianPermalinkResponder

Olá Bóia, comentei hoje (22/06/17) num comentário avulso que o problema persiste.

Julia
JuliaPermalinkResponder

Viajei ao Uruguai do dia 30 de abril a 1 de maio. Optamos por realizar o pagamento pelo cartão de crédito Mastercard e, como aconteceu com outros leitores, a fatura do cartão não veio com os descontos devidos. Procurando na internet encontrei esse artigo e resolvi aguardar a próxima fatura do cartão. Essa também não veio com o reembolso. Entro em contato com a Mastercard do brasil e eles não sabem o que está acontecendo. O banco nada pode fazer. Se possível compartilhar o contato que vocês tiverem. Obrigada

Christiano Leal

Estive no Uruguai entre 13/05 e 20/05, usei Mastercard quando não consegui usar AMEX, nos lugares como restaurantes me disseram sempre que usando VISA ou MASTERCARD o crédito seria na hora da compra, o que não aconteceu, e com AMEX o crédito seria na fatura. A fatura do AMEX foi perfeita, cada compra veio com o crédito correspondente discriminado e a MASTAERCARD nada. Também passei por muitos contatos tanto com o banco como com a MASTERCARD, ninguém sabe do que se trata. Se o site conseguiu um canal direto com a MASTERCARD por favor intercedam por nós!

Valéria Silveira

Boa noite! Até o presente momento, não tive o ressarcimento, algum posicionamento por parte da MasterCard? Nada consta em minha fatura de Julho, e ela aparece fechada no sistema.

Rodrigo Lima
Rodrigo LimaPermalinkResponder

Consegui contato com a Mastercard, que pegou os meus dados e ficou de me retornar e não retornou. Também tentei o contato via Twitter e Facebook da Mastercard, mas não me responderam. Abri reclamação no Banco Central, porém erroneamente encaminharam ao banco emissor. Não sei mais o que fazer. Acho que o caminho será PROCON e Posteriormente Juizado Especial.

Yargo gagliardi

Estive no Uruguai entre 02 à 09 de Maio e a primeira fatura após a viagem (fechou no dia 01/06) veio sem o desconto do IVA, aguardarei o próximo fechamento nesta semana, caso contrário, gostaria de saber qual a melhor opção. Reclame Aqui, PROCON? Obrigado por quem puder ajudar.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar