Bariloche

A neve é nossa

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Bariloche é um pedacinho da Suíça que foi parar na Argentina – e entende português. É no alto de seus morros (cerros, em castelhano) que realizamos o sonho da neve própria. No inverno, só dá a gente: a cidade vira Brasiloche. É um ótimo lugar para aprender a esquiar – mas é sobretudo o destino mais adequado para quem não esquia e quer apenas se divertir com a neve. Esquibunda, tubing, trenó motorizado: Bariloche não discrimina quem não está a fim de se equilibrar sobre um par de esquis ou uma prancha de snowboard.

A cidade é fofa, e os arredores, belíssimos – paisagens alpinas, com lagos azuis entre montanhas cobertas de neve no meio do ano, mas verdíssimas entre a primavera e o outono. Sim, Bariloche é linda até sem neve: o ano inteiro, a subida ao Cerro Campanário e a travessia de qualquer um de seus lagos renderá fotos deslumbrantes. Ao voltar dos passeios, as lojinhas de chocolate da calle Mitre sempre estarão à sua espera.

As belezas da região não se restringem a Bariloche. A 80 km, do outro lado do lago Nahuel Huapi (e já na província de Neuquén), Villa La Angostura atrai quem procura sossego e rusticidade. Sua estação de esqui, Cerro Bayo, é tida como uma estação-butique (um adjetivo que também cabe em um punhado de seus hotéis). Fora da temporada de neve, Villa La Angostura é o ponto de partida da Rota dos 7 Lagos, uma estrada de cascalho que funciona da primavera ao outono e leva a outro vilarejo encantador da região, San Martín de los Andes, à beira do lago Lácar. A estação de esqui de San Martín chega a ser mais conhecida do que a cidade: é a famosa Chapelco.

O Chile está pertíssimo. É fácil combinar Bariloche e Villa La Angostura com os lagos andinos chilenos (Puerto Varas, Puerto Montt, Osorno e região). E San Martín de los Andes faz uma ótima dobradinha com Pucón........

114 comentários

Wilza
WilzaPermalinkResponder

Estive em Bariloche no verão, estava frio também, pela manhã zero grau, mas sem neve ou nevascas que interrompessem os caminhos e fechassem os teleféricos, alugamos um carro e fomos a todos os lugares por conta própria, inclusive ficamos uns dias em San Matin de los Andes, fomos pela Ruta dos Sete Lagos e voltamos pelo Vale Encantado. Foi tudo ótimo. Para quem for no verão: "Não esqueçam que vocês estão indo para a Patagônia.....levem agasalhos."

Regina
ReginaPermalinkResponder

Olá, perdi meu RG, por isso gostaria de saber se som a Carteira de Habilitação é possível ir a Buenos Aires ou Bariloche?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Regina! Infelizmente, não.

Antonio Prates

Olá ! Gostaria de saber sobre Casas de Câmbio em Bariloche. Como minha conexão será no AEP durante a madrugada, creio que não conseguirei fazer o câmbio, e li em seus comentários que não está valendo a pena também. Onde você me indica fazer o câmbio?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Antonio! Leve dólares, que valem a pena trocar no Aeroparque (o Banco Nación funciona a noite inteira), ou cartão de crédito.

Leia:
http://www.viajenaviagem.com/2016/07/cartao-de-credito-em-viagem

EDIMILSON AVILA

Parabéns, Ricardo!
Boas dicas para Bariloche. Tudo muito correto. Ajudou muito.
Grande Abraço

Cleide
CleidePermalinkResponder

Gostaria de saber se posso trocar os dólares que tenho no cartão Trevel nos bancos na Argentina
BUENOS AIRES.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cleide! Você pode fazer saques em pesos com esse seu cartão em qualquer caixa automático. Pode usar para fazer gastos em pesos diretamente nos estabelecimentos. O cartão faz a conversão automaticamente.

Você só pode resgatar dólares físicos se estiver num país onde o dólar seja a moeda corrente ou onde haja saque em dólar em caixa automático.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Comentar novamente

Atenção: Bóia de férias! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 1º de fevereiro de 2017. Obrigado pela compreensão.

Cancelar