Lisboa: a praça de alimentação para foodies do Mercado da Ribeira/Time Out Market

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Lisboa Mercado da Ribeira Time Out Market

Colaborou | Helena Dall'Antonia

Imagine se algum guia de restaurantes de São Paulo, como o Divirta-se do Estadão, o Guia da Folha ou a Vejinha, reunisse os restaurantes mais recomendados por seus editores numa praça de alimentação permanente no Mercadão Central?

Lisboa Mercado da Ribeira

Pois foi o isso que aconteceu em Lisboa. Em 2014, o grupo português que publica a revista Time Out na cidade conseguiu a concessão de metade do Mercado da Ribeira e abriu o espaço para os restaurantes contemplados por seus críticos gastronômicos com 4 ou 5 estrelas. Ali os restaurantes montaram pequenas sucursais com cardápio, porções e preços reduzidos. Nascia o Time Out Market.

O lugar não poderia ser mais tradicional: inaugurado no final do século 19, o Mercado da Ribeira foi o principal mercado de Lisboa até 2000, quando perdeu a primazia para o MARL, Mercado Abastecedor da Região de Lisboa, maior e localizado fora da área central. Decadente, foi resgatado por este projeto da praça de alimentação para foodies. Metade do mercado, porém, continua dedicada a comida -- é ali que muitos lisboetas mantêm suas peixarias de estimação.

Lisboa Mercado da Ribeira

O sucesso da nova ala veio mais fast que qualquer food. Hoje o Mercado da Ribeira/Time Out Market está sempre cheio -- e na hora do almoço, lotado. Possivelmente seja tão visitado quanto a Torre de Belém. Tem que tirar o chapéu para a Time Out tuga: não é toda hora que uma cidade ganha uma atração turística criada por uma revista.

Mercado da Ribeira/Time Out Market: o que comer

Lisboa Mercado da Ribeira

Não é verdade que todos os restaurantes estrelados na revista estejam presentes no mercado -- nem haveria espaço para isso. Há inclusive vários stands que não representam restaurantes estabelecidos. Mas todos os restaurantes foram aprovados por uma curadoria, digamos, editorial. Isso faz a diferença com relação a outras praças de alimentação que você já tenha visitado.

O jeito mais divertido de escolher o que comer é passear pelos stands. Mas não leia só os cardápios: em todos os boxes você vai encontrar bastante visível uma mini-resenha da Time Out sobre o lugar e por que foi escolhido.

Recomendações? Pois não

Algumas dicas para você incluir numa pré-seleção:

  • Alexandre Silva foi durante muito tempo chef do Bica do Sapato, uma espécie de sala de estar da intelligentsia lisboeta, e hoje tem um restaurante com uma estrela no Michelin, o Loco. Em sua banca no Time Out Market serve amostras prêt-à-porter do seu talento
  • Sea Me é um restaurante de enorme sucesso no Chiado. No balcão do Time Out Market dá para provar sua fusion nipo-portuguesa sem precisar reservar
  • Leitão da Ribeira assa leitões da raça bísara (com menos gordura) à moda da Bairrada, e com eles faz sandes (sanduíches; pronuncie sándsh) soberbos
  • Manteigaria, que também tem uma loja no Chiado, produz aquele que muitos consideram o melhor pastel de natas da cidade. No mínimo, é o melhor pastel de natas da cidade para todas as vezes que você não quiser enfrentar a fila da Confeitaria de Belém...

Lisboa Mercado da Ribeira Time Out Market

Caso você queira passear virtualmente pelos stands, veja esta página do site do mercado.

Como conseguir sua mesa no Mercado da Ribeira/Time Out Market

Os restaurantes do corredor externo e um ou outro stand interno têm lugares ao balcão, mas 95% das mesas no Time Out Market são coletivas.

Por toda parte você verá placas recomendando que primeiro obtenha a sua comida e depois vá procurar um lugar para sentar. Spoiler: só segue essa regra quem não tem ninguém para ficar guardando lugar. Na vida real, depois de rodar para escolher o que comer, a gente roda para encontrar lugares disponíveis. Assegurados os lugares, os grupos se revezam para fazer os pedidos nos stands.

Você paga o pedido no caixa e vai para a mesa com a bebida comprada e um pager que vai apitar quando o pedido ficar pronto. Pratos e copos podem circular livremente pelo salão e não precisam ser retornados ao ponto de onde foram tirados. Depois de comer, você deixa sua bandeja com louça usada num dos porta-bandejas espalhados pelo recinto.

Se você quer escapar da hora do rush, chegue antes das 13h ou depois das 16h.

Como chegar e com o que combinar

O Mercado da Ribeira fica pertinho da Baixa (venha pela Praça do Comércio/Terreiro do Paço, dá menos de 15 minutos no plano) e do Chiado (desça pela rua do Alecrim ou pela rua das Flores, são menos de 10 minutos ladeira abaixo). O metrô Cais do Sodré fica em frente.

Passar aqui é um bom desfecho ou início para qualquer desses programas:

  • Uma incursão a Belém (pegue ou salte do trem da linha de Cascais na estação Cais do Sodré, em frente)
  • Um passeio a Cascais (pegue ou salte do trem da linha de Cascais na estação Cais do Sodré, em frente
  • Uma caminhada pela Baixa Lisboeta (venha ou vá pela rua do Arsenal à Praça do Comércio/Terreiro do Paço)
  • Uma travessia a Cacilhas, para avistar Lisboa do outro lado do Tejo (o barco para Cacilhas sai do Cais do Sodré, em frente)
  • Uma esticada ao Parque das Nações para visitar o Oceanário (pegue ou salte do metrô Cais do Sodré, em frente)

Mercado da Ribeira/Time Out Market

  • Av. 24 de Julho, s/n, tel. 351 213-951-274
  • Aberto de 10h à meia-noite (5ª, 6ª e sábado até 2h)

Leia mais:


16 comentários

ed
edPermalinkResponder

Lugarzinho da moda com preços inflacionados. Lisboa tem coisa bem melhor, vá para conhecer e depois saia pra curtir o que a cidade tem de melhor, de fato!

Damares Lombardo

Que maravilha! Gosto tanto de mercados que este post me deu vontade de retornar em breve à Lisboa!!!

Angela L
Angela LPermalinkResponder

Lisboa parece muito com a minha Salvador, contudo os portugueses foram muito mais INTELIGENTES que os nossos governantes da área de turismo, pois temos aqui lugares lindíssimos e extremamente mal-aproveitados, sujos e decadentes. Acho encantador como Portugal cuida de seus sítios, dando um retorno econômico sensacional com o aumento do fluxo de turistas, além do uso da própria população. Vou conhecer esse Mercado, grata pela dica!

Julio Cesar
Julio CesarPermalinkResponder

Estive no Mercado em setembro e gostei muito. Meu hotel era bem em frente e ia lá todas as noites. Apenas desaconselho uma visita nos finais de semana, pois enche muito. Lisboa precisava de um lugar que a tornasse mais cosmopolita e desse um upgrade na área do Cais do Sodré.

Aracy Araújo
Aracy AraújoPermalinkResponder

Estive em 2008 e já achei maravilhoso. Comida boa, local agradável. Para quem gosta de visitar mercados (eu amo) vale a pena conferir.

Maria Cecilia
Maria CeciliaPermalinkResponder

Estivemos em Lisboa em outubro deste ano e achamos o Time Out Mercado da Ribeira muito legal, tanto que voltamos lá várias vezes . Ambiente super descontraído e comida super variada e de boa qualidade. Ótimo custo/benefício.

Andrea Pio
Andrea PioPermalinkResponder

Sensacional. Lugar ideal para quem gosta de comer e bem e beber com poucos investimentos. Fácil acesso e bem descolado.

Ivonilda
IvonildaPermalinkResponder

Gostaria de saber quanto eu gasto, em média, com almoço e janta em Portugal em 01 dia.

Luciane Rocha
Luciane RochaPermalinkResponder

Adorei esse mercado . Muito movimentado e com deliciosa e variada gastronomia. Comida e bebida P todos os gostos !!!

Valdecir
ValdecirPermalinkResponder

Estive agora em abril neste local, achei bonito e agitado, agradável para passear, porém um pouco caro.Lisboa tem muitos lugares ótimos com preços bem mais acessíveis da para fazer muito com poucos Euros.

Isabel Cristina da Silva

Adorei a reportagem do mercado com a Mel Do programa Destino Certo. Ainda vou conhecer o local e conhecer o João que acompanhou a reportagem. Português muito simpático. Isabel - Brazil

Manuela
ManuelaPermalinkResponder

A quatro quadras do metrô? A estação do Cais do Sodré fica praticamente na frente, anda-se nem um minuto para chegar lá, é só atravessar a Avenida 24 de julho.

Raquel De Biase

Passei uma temporada em Lisboa e o Time Out foi minha segunda casa!!!! Lá é delicioso, democratico e amigavel. Volto em novembro e a parada é obrigatória !!!

Karla G
Karla GPermalinkResponder

Estive no mercado da ribeira na ultima sexta-feira Santa. Realmente eh dificil escolher o que comer e um cantinho pra sentar, mas vale muito a visita. Local encantador, experiencia unica.

Filipe Morato Gomes

A maioria dos portugueses que conheço evita o Mercado da Ribeira. Demasiado barulho e preços super inflacionados.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar