Lisboa tamanho família: Oceanário + Parque das Nações + shopping Vasco da Gama

Heloísa Dall'Antonia
por Heloísa Dall'Antonia

Painéis do mundo marinho no Oceanário de Lisboa

Azulejos dão forma ao mundo marinho no Oceanário de Lisboa

A Exposição Mundial de 1998 foi a responsável pela construção de dois pontos turísticos que hoje não podem faltar no roteiro de quem visita Lisboa: o Oceanário e o Parque das Nações. Na época, o tema da feira -- “Os Oceanos: Um Patrimônio Para o Futuro” -- tornou eterna a mensagem da necessidade da conservação das águas do planeta, assim como a ligação do país dos descobridores com o mar.

A arquitetura dos dois edifícios que integram o Oceanário é uma atração à parte, com diversos elementos fazendo referência ao mundo marinho (como “escamas” que revestem o Edifício do Mar ou a concepção de ilha do Edifício dos Oceanos). Mas o mais interessante para o visitante está lá dentro: só no aquário central, que representa o Oceano Global, são quase 5 milhões de litros de água, com cerca de 500 espécies de todo o mundo.

Parque das Nações

A partir da esquerda, Vasco, mascote do Oceanário, vista de um dos habitats retratados e um dos espécimes do local 

Ao redor dele, outros quatro habitats marinhos estão representados (Atlântico Norte, Antártico, Pacífico temperado e Índico tropical), deixando tubarões, pinguins, crustáceos, recifes de corais e as duas únicas lontras marinhas da Europa, entre muitos outros peixes, à vista.

Habitantes do Oceanário de LisboaColoridos, discretos, brincalhões: os habitantes do Oceanário são um convite a disparar a máquina sem parar

Oceanário de Lisboa

Bob Esponja entraria em êxtase

Além do passeio, que pode ser guiado, mediante reserva (também há audioguias disponíveis), outra atividade possível é assistir à alimentação dos animais. Nos habitats, dá pra ver os biólogos dando comida ao batalhão aquático todos os dias, às 10h, 12h45, 15h e 15h30. Manta e peixe-lua comem diariamente às 13h; raias se alimentam às segundas, quartas e sextas às 11h15 e tubarões fazem um lanche às segundas e sextas às 10h30 (podem acontecer mudanças - confirme os horários na bilheteria). Por 60 euros dá também para passar a noite no Oceanário, na companhia dos tubarões. Há também Concertos para Bebês (25 euros para o bebê e dois adultos) e até uma brincadeira C.S.I. para crianças a partir de 8 anos (40 euros por participante). Vasco, o simpático personagem mascote do local, tem uma área própria, em que ensina conceitos de preservação e até mostra por câmeras em tempo real como estão as coisas no aquário central. Duas cafeterias, um restaurante, uma sorveteria e, claro, uma lojinha, complementam o espaço.

Oceanário de Lisboa

Oceanário de Lisboa

Oceanário de Lisboa

Oceanário de Lisboa
É um passeio perfeito para fazer com crianças? Sem dúvida! Mas não pense que você, adulto, completamente no controle de suas emoções, vai passar ileso: é entrar no prédio para começar a querer tirar foto de todos os astros do passeio e fazer cara de choro ao descobrir que as lontras não estão a fim de aparecer. A ambientação caprichada leva o crédito pelas sensações.

Ilha verde

Parque das Nações

Teleférico do Parque das Nações permite vista completa da área

Na mesma área, o Parque das Nações foi criado a partir da necessidade de outros espaços para abrigar a Expo 1998. O local, às margens do rio Tejo, era predominantemente industrial e se encontrava um pouco esquecido e degradado. Hoje um bairro, o Parque das Nações é considerado um dos mais valorizados de Lisboa.

Parque das Nações

À esquerda, o prédio que abriga o Cassino do Parque das Nações, em Lisboa

Numa faixa de 5km com muitos jardins estão a Marina, o Teatro Camões, vários restaurantes de cozinha internacional, o Pavilhão do Conhecimento (um museu de ciência), barzinhos, hotéis, divertidas obras de arte urbana, lojas e até um cassino.

Para ter uma visão ainda mais impactante do projeto do Parque, do Tejo e da ponte Vasco da Gama (que tem 12 de seus 17,3 km de comprimento sobre as águas do rio), não deixe de andar no bondinho (minha passagem por lá, logo de manhãzinha, foi fantástica).

Desbravando vitrines

Para encerrar o dia, e já estar no lugar certo para pegar a condução de volta para o hotel, feche o passeio com uma voltinha pelo Centro Vasco da Gama, um shopping com cinema, supermercado e lojas como H&M, Zara, Fnac, Sephora, Mango, Samsonite, Nike e outras. Dê uma passadinha na made in Portugal Loja do Gato Preto, que vende coisas bem divertidas e coloridas para a casa.

O shopping tem ligação direta com a Gare do Oriente, que além de um lindo projeto arquitetônico, também é estação rodoviária e de metrô.

Como chegar

Para chegar ao Oceanário de Lisboa e ao Parque das Nações de metrô (em Portugal se diz metro), basta pegar a Linha Vermelha (que cruza com todas as outras disponíveis) e descer na estação Oriente. Várias linhas de ônibus (autocarro) também fazem o trajeto, mas o trânsito de determinados horários pode ser muito pesado.

A linha vermelha vai até o Aeroporto, que está a apenas três estações da Oriente -- o que faz do Oceanário um passeio prático e possível para quem precise matar algumas horas de intervalo entre voos.

Heloísa viajou a convite do Turismo de Lisboa.

17 comentários

Mariza Guerra
Mariza GuerraPermalinkResponder

Fiz esse roteiro com cinco amigos, eles gostaram, eu nem tanto. Eu recomendo para quem tem tempo ou está com crianças. Imperdível é ir a Sintra e retornar a Lisboa pela orla, passando pelo Cabo da Roca, as paisagens são lindíssimas e a chegada é pela ponte Vasco da Gama.

Paulo
PauloPermalinkResponder

Recomendo o Oceanário, se for a Lisboa VÁ ao Oceanário!

Márcia
MárciaPermalinkResponder

Fizemos este roteiro em Junho de 2013 e adoramos. Vale muito a pena se você estiver com tempo folgado em Lisboa. O passeio de teleférico é muito agradável. Curioso é que não fica muito cheio. Nem de turistas nem de moradores da cidade.

Silvia Andrade

Fui a Portugal em 2013 para um tour de carro pelo norte do país e como o Oceanário estava entre um dos desejos antigos, aproveitei para começar a viagem pelo Parque das Nações, e aí a escolha foi o Hotel Trip Lisboa Oriente a poucos passos de tudo. A resenha do Tripadvisor: "Localização estratégica, fica só a 3 km do aeroporto de Lisboa (15 Euros num taxi comum) e perfeito para quem vai pegar um carro para rodar por Portugal, sem entrar no tráfego da cidade velha (e suas restrições, ruas apertadas, trânsito, etc.). A poucos passos está o metrô, trem e ônibus (estação Gare do Oriente – fica há 200 metros). O complexo ligado ao Parque das Nações, inclui um shopping ligado a estação pelo subsolo com muitas lojas de marca e um grande supermercado (além do imperdível Oceanário, arena de shows, cassino, um museu e o teleférico que percorre um bom trecho desta parte nova de Lisboa).
Sobre o hotel percebi a recepção agradável e clara. Mesmo que voce pague por um quarto com vista ao rio, terá que pedir um quarto alto, pois até o 7o. andar(nos colocaram no 5º), você só verá a fachada do prédio da frente. Ficamos no 10o. andar e aí sim pude ver o Tejo e o Parque das Nações. Os quartos tem um tamanho bom e o banheiro idem. A limpeza foi só razoável. Café da manhã farto e completo. Jantamos no restaurante e a comida foi boa e bem servida (festival de bacalhau a € 10,00 cada prato). Wi fi funcionou bem e foi bastante usado para o planejamento do resto da viagem a Portugal."

Silvia Andrade

Sobre o Oceanário, só vou dizer uma coisa - disseram que era um passeio de 1:30 a 2:00 h., mas ficamos sete horas namorando aquele mundo de janelas e seus personagens (ele é gigante, mas são ambientes e peixes diferentes em cada cantinho). Fora os muitos minutos namorando os pinguins e seus gritos e as lontras se alimentando... dá vontade de levar para casa. Almocei por lá e a comidinha estava honesta. Volto para ter a oportunidade de dormir lá dentro (vou economizar no hotel e ter sonhos com tubarões e meros gigantescos à poucos centímetro de distância).

Ines Martins
Ines MartinsPermalinkResponder

Eu fiquei 4 horas e quero voltar! smile

Nanda Castelo Branco

O Pavilhão do Conhecimento também é bem legal

Nanda Castelo Branco

O Pavilhão do Conhecimento também é bem legal, inclusive para quem vai com crianças. As experiências interativas são super divertidas! wink
Essa região toda vale o passeio, especialmente para ver um lado de Lisboa tão diferente do casario antigo!

Liseane
LiseanePermalinkResponder

Fui em outubro, com idosos e uma criança no grupo, e amamos o passeio. O oceanário é muito legal e considero um passeio imperdível. O teleférico é bonitinho, completa o passeio. No shopping, vi lojas com ofertas boas para o bolso dos viajantes. Recomendo. Aliás, recomendo Portugal. Um dia volto e faço tudo de novo.

Liseane
LiseanePermalinkResponder

Quero dizer, o teleférico complementa o passeio... E não faz feio mesmo.

Juliane
JulianePermalinkResponder

Olá.
Estou pensando em passar minha lua de mel em Lisboa... Penso em montar um roteiro de passeios, mas estou meio perdida.. Será que alguem me ajuda?

PORTUGAL
Lisboa
Onde ficar? Chiado, Bairro Alto, Príncipe Real
Opção de Hotel 3 estrelas: Residencial Vila Nova (próximo a Avenida da Liberdade e a Praça Marques do Pombal.)
Opção de Hotel: Hotel Príncipe Lisboa

Passeios:
Fábrica dos Pasteis de Belém
Torre de Belém
Oceanário de Lisboa, que fica no Parque das Nações.
Castelo São Jorge
Foz do Arelho
Museu Nacional do Azulejo
Museu da Marinha
Casa-Museu Dr. Anastácio Gonçalves
Mosteiro dos Jerônimos
Ponte 25 de Abril
Santuário Nacional do Cristo Rei
Cassino Lisboa
Praça Marquês de Pombal
Vila Sintra
Palácio Nacional da Pena
Shoping Vasco da gama
Rossio (regiao baixa)
Praça do Comércio(regiao baixa)
Elevador de Santa Justa (Convento do Carmo) (regiao baixa)
Ruas da Alfama
Elevador da Glória
Miradouro de São Pedro de Alcântara

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Juliane! Não fazemos roteiros personalizados, mas temos muitas dicas sobre Lisboa para você montar o seu. Veja aqui: https://www.viajenaviagem.com/destino/lisboa

Carolina
CarolinaPermalinkResponder

Olá, pessoal! Pra qeum já conhece o Aquário de Lisboa e Barcelona, qual acham que é melhor?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carolina! O de Lisboa.

Carolina
CarolinaPermalinkResponder

Obrigada!

Katia Maria Araujo Souza

Eu visitei o Oceanário e amei. Em 2018 estarei retornando se Deus quiser e o passeio inclui o oceanário

Manuel Pacheco

Carolina Lisboa é um Oceanario , Barcelona é um aquário , coisas bem diferente ?

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar