Buenos Aires

Mariana Amaral
por Mariana Amaral

Onde ficar em Buenos Aires

Colaborou | Ricardo Freire

São muitos os bons hotéis em Buenos Aires. E desde o fim de 2016, estão mais em conta. Seguindo o exemplo de Uruguai, Chile, Peru e Colômbia, a Argentina agora isenta os hóspedes estrangeiros do IVA de 21% em hotéis. Mas o pagamento precisa ser feito em cartão de crédito ou débito internacional.

Já vamos adiantando: não espere muito do café da manhã. O desayuno argentino é pobre em frutas frescas (muitas vezes só haverá uma fruta em calda) e o iogurte costuma ter sabor baunilha. Mas sabendo disso de antemão, você já calibra sua expectativa matinal.

Há hotéis econômicos, de luxo ou boutique em várias partes da cidade. Nós temos nossos bairros favoritos:

  • A Recoleta, para uma primeira vez em Buenos Aires;
  • Palermo, para curtir o circuito de bares e restaurantes;
  • E San Telmo, para uma eventual imersão porteña.

Por que não recomendamos a hospedagem no Centro

  • O Centro de Buenos Aires é tido por muita gente como o lugar mais conveniente para se hospedar, pois está mais perto de todas as atrações turísticas tradicionais. Não dá para negar a geografia: o Centro é realmente... central.
  • O problema é que, nos últimos 20 anos, o Centro perdeu completamente o glamour. Tornou-se uma área utilitária de dia e erma à noite. A hotelaria também envelheceu, e há muitos hotéis antiquados, cansados.
  • Vai pela gente: se a intenção é uma localização central, escolha um hotel na Recoleta. É um bairro colado ao Centro, conveniente para passeios e muito mais charmoso.

Onde ficar | Recoleta | Palermo | San Telmo & Puerto Madero

Hotéis na Recoleta

recoleta bairro buenos aires

A Recoleta é onde as manhãs são mais bonitas em Buenos Aires. Bairro das embaixadas, dos hotéis mais clássicos e de um cemitério que virou atração turística, é a melhor localização para se hospedar em uma primeira vez na cidade. E numa segunda, e numa terceira, se enquanto viaja você gosta de aproveitar mais o dia do que a noite.

Basta sair do hotel para se ver num dos bairros urbanos mais bonitos do mundo. Na Recoleta, a arquitetura é a maior atração. Você não vai ter muita coisa a fazer nas redondezas além de caminhar. Mas suas caminhadas vão contar como um passeio.

Escolhendo se hospedar na Recoleta você fica no meio do caminho entre as atrações turísticas do Centro e os restaurantes badalados de Palermo. Transporte público (ônibus, metrô) estará sempre à mão, e corridas de Uber ou táxi não sairão caras para ir e voltar dos bairros vizinhos.

Apesar de ser conhecido pelos seus cinco estrelas, no bairro da Recoleta existem hotéis de todos os estilos e para todos os bolsos.

Luxuosos

Inaugurado nos anos 30, o mítico Alvear é o equivalente portenho do Copacabana Palace. Sem perder a pompa, vem se adequando aos novos tempos. Uma reforma recente criou um rooftop bar e suítes com desenho contemporâneo.

A mescla entre o novo e o antigo é ainda mais bem sucedida no Park Hyatt Palacio Duhau, em que um palacete restaurado combina com uma discreta torre moderna. Os interiores são elegantes e sóbrios.

O Four Seasons também tem a sua mansão belle-époque, e mantém um estilo mais atual na torre anexa. Está localizado no bairro do Retiro, mas se auto-proclama parte da Recoleta. (Questão de duas quadras. Podemos deixar passar.) Aproveite: você não vai precisar nem sair do hotel para ir a um dos melhores restaurantes da cidade, o Elena.

Design & boutique

mio hotel recoleta buenos aires

Mio

O charmosérrimo e bem localizado Mio tem spa, um lobby bar aconchegante e amplos apartamentos em estilo loft. Escolha um quarto da categoria deluxe e espalhe-se em seus 50 metros quadrados, onde reina uma banheira esculpida em madeira maciça.

O The Brick Hotel (antigo Caesar Park) ganhou uma boa renovada de estilo depois de ser incorporado pela Accor, sob a bandeira MGallery. Seu grande trunfo é a localização, em frente ao shopping Patio Bullrich.

Onde ficar em Buenos Aires: CasaSur Recoleta

CasaSur Recoleta

Já com um jeitinho mais boutique, o CasaSur Recoleta é um pequeno refúgio em plena avenida Callao, uma das principais vias do bairro. Os móveis, clássicos, remetem aos anos 40. Como nos demais hotéis da marca, hóspedes podem alugar bicicletas gratuitamente para passear pela cidade.

Menorzinho ainda, o Grand Petit Casa Hotel tem apenas 6 quartos, cada um decorado de uma maneira diferente. É como se hospedar em um bed & breakfast na Europa, só que na Recoleta.

Na esquina da Avenida del Libertador, o confortável e ligeiramente extravagante Esplendor Plaza Francia tem a vantagem de uma ótima relação luxo x benefício.

E bem nos limites da Recoleta, quase na Recova, o escondidinho Serena é um verdadeiro achado. Do mesmo grupo do Serena de Punta del Este, oferece quartos elegantes e uma piscina aquecida coberta.

Na calle Posadas, pertinho do cemitério, o Meliá Recoleta Plaza tem móveis de antiquário e ocupa um predinho onde residiu a primeira-dama Eva Perón.

Mais deslocado do miolinho turístico do bairro, o Arenales tem instalações em tons neutros, com inspiração no design escandinavo.

Do outro lado da avenida Santa Fé, o CE Design tem quartos super básicos, voltados para viajantes de negócios. As suítes são mais caprichadas, com decoração estilosa porém clean.

Intermediários

Onde ficar em Buenos Aires: Dazzler Recoleta

Dazzler Recoleta

Pertinho da nova estação Las Heras do metrô, o Dazzler Recoleta é um 4 estrelas com preços que costumam ser atraentes. Os ambientes sociais são moderninhos, mas os quartos não sofrem com excessos de decoração. Há uma piscina no pátio.

Na mesma rua -- a movimentada avenida Las Heras -- o bonitão Recoleta Grand é um dos hotéis mais novos do bairro. Tem quartos confortáveis e proposta eco-friendly.

O Loi Suites Recoleta é um campeão de audiência entre brasileiros. A boa estrutura só conta a favor: academia, spa e piscina coberta. Os quartos são sóbrios, e desde a categoria mais básica têm mesa de trabalho, microondas e chaleira elétrica.

Num pedaço mais tranquilo da Recoleta, o Howard Johnson Boutique comporta até quatro pessoas por quarto, naquela configuração tradicional dos hotéis americanos, em duas camas queen. Na mesma vizinhança, o ARC Recoleta não deixa a dever aos fãs de hotéis como o Ibis.

E o que você acharia de se hospedar ao redor de um dos cemitérios mais famosos do mundo? É onde estão dois dos hotéis mais bem avaliados da Recoleta: o Urban Suites, a pouquíssimos metros da entrada, e o Sileo, que tem até varandinha com vista para os jazigos.

Econômicos

O Cyan está de frente para o cemitério e é um hotel dois-em-um. Os quartos mais completos e amplos, com cozinha totalmente equipada, estão no Cyan Recoleta Suites. Mas o enxuto Cyan Recoleta Hotel também tem suas comodidades, como microondas e uma bancadinha para refeições nos apartamentos. Ambos têm diárias bem camaradas.

Em frente ao Alvear, o Ulises tem apartamentos corretos e localização pra lá de nobre. Já o borogodó do A Hotel é o seu clima de pousadinha.

Mas, se você não se importa em providenciar o seu próprio café da manhã, considere se hospedar em um apart-hotel. É nos apart-hotéis da Recoleta onde estão as grandes barbadas de hospedagem no bairro.

Apart-hotéis

art suites gallery hotel recoleta buenos aires

Art Suites & Gallery

O Art Suites & Gallery está em uma ruazinha simpática, perto do Recoleta Mall e da estação Las Heras de metrô. Tem apartamentos bem decorados e bastante amplos, separados em quarto e sala. Para famílias, há apartamentos de dois quartos. A cozinha é bem equipada, e o hotel oferece serviço de café da manhã, entregue no apartamento (um bom quebra-galho, mas vale mais a pena passar no supermercado). Estupenda relação custo x benefício.

Dos mesmos donos, o Art Suites, a uma quadra de distância, repete a boa localização e o bom preço, com instalações um pouco mais antigas.

A Casa Bevant poderia estar em Palermo, mas está na Recoleta, quase na esquina da movimentada avenida Callao. É um apart-hotel boutique. Anexo, o misto de café e empório Almacén Bevant adiciona ainda mais pontos nos quesitos charme e conveniência.

Os dois flats Ayres de Recoleta (o mais simples, na Uriburu, e o Ayres de Recoleta Plaza, na Guido) têm estúdios com cozinha compacta, e piscina nas áreas comuns.

Onde ficar | Recoleta | Palermo | San Telmo & Puerto Madero

Hotéis em Palermo

palermo hoteis buenos aires

Restaurantes disputados, grafitti, lojinhas independentes: Palermo é onde Buenos Aires é mais jovem e cosmopolita. Lá se inventa tanta moda que o bairro, extra-oficialmente, foi virando vários – Palermo Soho, Palermo Hollywood, Alto Palermo, Palermo Chico, Palermo Botánico...

Os vizinhos Palermo Soho e Palermo Hollywood são onde tudo acontece. É nesse pedaço que você vai querer se hospedar –- onde está o dream team dos hotéis-boutique de Buenos Aires. São hoteizinhos em prédios baixos ou casarões adaptados, com poucos quartos e atendimento personalizado. Vão sempre estar a poucas quadras de algum ótimo lugar para comer ou beber. E se a noite render, não precisa se apressar para levantar da cama. Palermo também acorda tarde.

O único senão da região é que fica mais longe para turistar por Buenos Aires. Mas se você gosta de estar no burburinho, pode ficar aqui já na primeira viagem. Para se deslocar de transporte público com mais facilidade, escolha um hotel perto da avenida Santa Fé, onde está o metrô. Ou rode com táxi e Uber.

Hotéis em Palermo Hollywood

A transformação de Palermo em bairro da moda em Buenos Aires começou ao norte dos trilhos do trem, numa região de galpões onde se instalaram estações de TV e estúdios de cinema, e que por isso acabou conhecida como 'Palermo Hollywood'. Pelas manhãs não há muito o que se ver – ao escolher um hotel nesta área, tenha em mente que lá não é tão gostosinho de bater perna como no Soho. Fique em Palermo Hollywood pelo agito noturno, e invista em um hotel confortável e de personalidade, onde você também vá ter vontade de passar tempo.

home hotel palermo buenos aires

Home

Pioneiro em Palermo Hollywood, o Home tem um nome apropriado: é mesmo um lugarzinho muito aconchegante para ficar. Os quartos são uma fofura com sua decoração retrô-kitsch-futurista. O café da manhã é quase diagramado, em vez de servido – tudo arrumadinho com capricho, num salão envidraçado, de frente para o jardim.

O estilo do Home parece ter inspirado outros hotéis no bairro, como o divertido Vitrum, e a filial de Palermo Hollywood da rede Esplendor.

casasur palermo hotel buenos aires

CasaSur Palermo

Já 'a cara' do bairro é mesmo o CasaSur Palermo, um dos hotéis mais cool do pedaço, e que poderia muito bem estar em Berlim, Santiago ou Washington DC. Entre os mimos para os hóspedes, oferece city-tour gratuito por Buenos Aires, todos os sábados, e empresta bicicletas para passeios por conta própria.

Com proposta parecida, o Fierro Hotel tem pegada contemporânea tanto nos quartos quanto em seu restaurante, Uco.

palo santo

Palo Santo

O Palo Santo tem jardins verticais que não são apenas paisagismo: trata-se de um hotel verde, premiado por suas iniciativas de sustentabilidade. Os quartos são cheios de luz natural, com varandinha em todas as unidades, móveis assinados e muito espaço. Fica a 3 quadras da avenida Santa Fé, a melhor localização para quem pretende ir e vir de metrô por Buenos Aires.

Em um bairro tão novidadeiro, o vintage também tem vez: é o charme do Hotel Clásico, com um toque industrial; do Rendez Vous, coloridão e bem-humorado, e do Krista, que fica em um casarão adaptado e tem quartos que parecem casinha de boneca.

Prefere algo mais básico? Então vá de Atempo – ou escolha o minimalista Ilum.

Onde ficar em Buenos Aires: Dazzler Palermo

Dazzler Palermo

E se não resistir a um hotel de maior porte, fique no Dazzler. Este é o único hotelão de Palermo Hollywood, e tem localização bastante conveniente, perto da zona mais movimentada de restaurantes.

Hotéis em Palermo Soho

Quando o boom de Palermo Hollywood se reproduziu ao sul dos trilhos, o centrinho de Palermo Viejo foi rebatizado de 'Palermo Soho' ('Soho' significando 'SOuth of HOllywood'). Passear por aqui é uma delícia: Palermo Soho é onde está o comércio de rua mais bacana, especialmente nas ruas Honduras, El Salvador e suas transversais.

nuss hotel palermo soho buenos aires

Nuss

No miolinho de tudo, o elegante Nuss está instalado num pequeno prédio de esquina, que parece novo, mas já abrigou um convento. Tem quartos confortáveis e com um quê bem clássico. Para não se incomodar com o barulho aos finais de semana, peça um quarto mais silencioso (a baguncinha da Plaza Serrano fica a um quarteirão). O terraço é um charme.

O hippie-chic Mine é todo buena onda, com seus quartos decorados com mandalas e clima tranquilo. Entra ano, sai ano, e continua entre os hotéis mais bem avaliados do bairro.

Outras boas opções no centrinho de Palermo Soho estão em prédios antigos que foram transformados em hotéis. Como o bucólico L'Hôtel Palermo, que nem parece estar no meio da cidade, ou o Legado Mítico, que homenageia grandes personagens argentinos em acomodações discretamente temáticas.

Até Francis Ford Coppola caiu de amores por Palermo Soho, e resolveu transformar a casa em que residiu em hotel-boutique – o Jardín Escondido.

the glu hotel palermo buenos aires

The Glu

Apenas ligeiramente fora do 'fervo', o The Glu é craque em hospitalidade, com uma equipe de recepção mais do que prestativa. O café da manhã é servido direto no quarto, em horário combinado. No lobby, espresso e cappuccino são cortesia a qualquer hora. Os quartos mais standard têm amplos 35 metros quadrados.

O baladeiro Prodeo e o suntuoso 1828 Smart Hotel também estão logo ali, nos limites do miolinho mais animado do bairro.

A meio caminho entre o centrinho de Palermo Soho e o metrô, um pequeno polo de hotéis oferece localização estratégica para quem quer dividir o tempo entre curtir o bairro e bater perna por Buenos Aires.

Numa mansão da década de 30, o intimista Miravida Soho tem apenas 6 quartos e o próprio bar de vinhos. Apesar do nome, o Vain não é nada metido – pelo contrário, tem um climinha super acolhedor. O BoBo, um dos pioneiros do bairro, tem uma decoração especial para cada quarto, e dispõe de um bom restaurante. E o Own é a melhor aposta, em Palermo Soho, para aqueles que gostam de hotéis com design mais contemporâneo e clean.

Onde ficar em Buenos Aires: Esplendor Palermo Soho

Esplendor Palermo Soho

Na mesma localização, vale considerar ainda o basiquinho BA Sohotel e o simpático Esplendor Palermo Soho.

Onde ficar | Recoleta | Palermo | San Telmo & Puerto Madero

Hotéis em San Telmo & Puerto Madero

san telmo bairro buenos aires

Mais antigo bairro da cidade, San Telmo é a Buenos Aires da nossa imaginação. Caminhar por suas ruas de paralelepípedo, entre os casarões coloniais, é esperar que comece a soar um tango a qualquer momento. De vez em quando são dois passos e 'Por una cabeeeeeza...'.

Nos últimos anos, novos restaurantes, bares e hotéis vêm trazendo mais agito ao bairro, que tem fama de boêmio, mas fica mais movimentado só mesmo aos finais de semana (domingo é o dia da feirinha de antiguidades na Plaza Dorrego).

Se vale a pena se hospedar em San Telmo? Sim, se você tem uma estadia curtinha na cidade, em um fim de semana, e gostaria de viver uma experiência bem porteña. De segunda a quinta, o bairro pode parecer muito paradão, e as ruas vazias passam uma certa sensação de insegurança.

San Telmo é vizinho do Centro, de La Boca e de Puerto Madero. O transporte público mais à mão vai ser o ônibus. A estação de metrô mais próxima da Plaza Dorrego é a San Juan, a 6 quadras. Conte também com Uber e táxi para passear.

anselmo hotel san telmo buenos aires

Anselmo

O hotel-design Anselmo tem localização nota mil: em frente à Plaza Dorrego, onde acontece a feira de antiguidades. Os quartos são pequenos, mas funcionais, e as áreas comuns são super charmosas. Faz parte da Curio Collection, uma divisão dos hotéis Hilton com jeitinho mais 'boutique'.

A uma quadra da praça, outro destaque do bairro é o luxuoso Mansion Vitraux. Com sauna, piscina aquecida, academia e quartos super bem decorados, cobraria o dobro se estivesse em Palermo Soho. Aproveite.

Outras boas opções de hospedagem em San Telmo são o Telmho, basiquinho, em frente à Plaza Dorrego; o Babel, vintage, a duas quadras dali, e o aconchegante Patios de San Telmo, a três quarteirões da estátua da Mafalda.

Hotéis no Puerto Madero

Puerto Madero não é um bairro convencional: é a área portuária de Buenos Aires, recuperada há duas décadas. Nesses anos, os armazéns, galpões e fábricas recuperados ganharam a companhia de prédios modernos. Os hotéis por aqui são grandes e têm pegada contemporânea. A localização é relativamente central: o porto se estende do Centro até a altura de San Telmo. Mas com exceção do próprio passeio ao Puerto Madero (e seus restaurantes), você vai precisar sair e chegar de táxi ou Uber.

Onde ficar em Buenos Aires: hotel Faena

Faena

O Faena Hotel & Universe é praticamente uma atração turística. Todo mundo quer dar uma olhadinha nos seus ambientes extravagantes, que continuam fiéis ao projeto original de Philippe Starck. Tem dois restaurantes (o chic-kitsch Bistró Sur e o aconchegante El Mercado) e o cabaré onde é exibido o mais instigante show de tango da cidade, o Rojo Tango. Os quartos têm detalhes rococó bem ao estilo Starck. Fica em Madero Este, fora da área dos armazéns do porto.

Também afastado do corredor de restaurantes do porto, o Alvear Icon é o mais novo 5 estrelas da cidade. Divide um prédio altíssimo com um residencial que igualmente leva a grife do hotel Alvear.

Perto da ponta sul do porto, o Hotel Madero oferece a melhor relação custo x benefício do pedaço. Os quartos conseguem ser a um só tempo elegantes e aconchegantes.

Para ficar na zona mais movimentada do Puerto Madero, porém, você vai precisar reservar o Hilton Buenos Aires. Quartos e áreas sociais são típicas de hotelões americanos (repare nos carpetes), mas as vistas são incríveis, e a localização, imbatível no Puerto Madero.

Onde ficar | Recoleta | Palermo | San Telmo & Puerto Madero

68 comentários

Fabiola
FabiolaPermalinkResponder

Olá primeiro adoro o site e ele é fonte de inspiração e orientação para minhas viagens!! Mas agora gostaria de fazer uma observação: acho que o Booking não está mais incluindo o IVA em seus preços. Fiz uma reserva e lá está observado que o imposto não está incluido. Parabéns pelo site!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fabiola! Se está fazendo isso, é porque os outros sites de reserva não incluem, e se o Booking incluir vai parecer mais caro que os outros nos metabuscadores.

Mas o Booking sempre informa na primeira página de resultados se há algum imposto a ser acrescentado. (Outros sites só informam isso na última página antes do pagamento, o que, cá entre nós, é uma sacanagem.)

Lucia
LuciaPermalinkResponder

Estou indo para Buenos Aires com minha avó de 90 anos, ela é super lúcida e ativa. Qual melhor hotel com custo benefício levando em conta a idade dela?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Lucia! O Ricardo Freire indica ficar na Recoleta, já que é um bairro mais central. Para dicas de hotéis, clique nos links indicados no guia acima.

Para mais hotéis, pesquise em sites como o Booking.

Nanna
NannaPermalinkResponder

Quando se reserva pelo Booking pagando no próprio hotel, qual a moeda que eles aceitam? Qual a taxa de câmbio usada? Com o cambio blue bombando fico confusa na hora de fazer a reserva...

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Nanna! Pelo Booking a sua reserva será feita em dólar. Na hora de pagar, provavelmente o preço será convertido em pesos. Será usado o câmbio oficial. Você pode levar dólares, trocar no blue e pagar em pesos; sairá bem mais barato.

Anna Christina Pereira

Atenção: no site do Booking, o imposto (21%) não está incluído no preço. Há aviso nesse sentido.

Amanda Paiola
Amanda PaiolaPermalinkResponder

Quero conhecer Buenos Aires. Não me interessei pelos pontos turísticos como obelisco, casa rosada, estadio do boca e cemitério. Por isso pensei em ficar na Recoleta ou em Palermo. Gostaria de saber: Se eu me hospedar na Recoleta é muito longe para ir a pé até Palermo, já que não pretendo alugar carro? Para alguém que quer badalação, cafés e confeitarias, qual bairro seria melhor?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Amanda! Se você não quer fazer o circuito mais turístico, fique em Palermo. Para passear pela cidade, use metrô ou táxi.

Gabrielle Mezerhane

Olá!
Lendo a parte que diz: "Nosso parceiro Booking já inclui o IVA desde o primeiro resultado de pesquisa, então você sabe exatamente quanto vai pagar.", fiquei pensativa, pois todos os hotéis que tenho consultado não tem valores finais e sim, valores sem o IVA.
Procede ou tem um link específico vinculado ao viajenaviagem para conseguir os valores com esse cálculo?
Saudações!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gabrielle! Em alguns destinos pode ocorrer que todos os hotéis não incluam o IVA no preço inicial (normalmente isso ocorre em massa; alguns hotéis divulgam os preços sem IVA, então os outros fazem a mesma coisa, para não ficar mais caros). Mas quando você entra na página do hotel, onde há o preço dos quartos, você vê discriminada a percentagem de IVA que será acrescentada.

Hostel Fiesta
Hostel FiestaPermalinkResponder

O Carnaval está chegando ai! E no Hostel Fiesta queremos comemorar o feriado com nossos hospedes e estamos oferecendo um desconto especial. 22R$ por pessoa por noite para que possam aproveitar melhor o feriadão.
https://www.facebook.com/pages/Hostel-Fiesta/745850705440792?ref=hl

Natália Freitas

Olá Bóia!

Estou aqui acertando os últimos ajustes de viagem Uruguai-Argentina na semana que vem e estimando o quanto levar em dinheiro vivo para os infinitos câmbios que faremos!

Uma ajudinha sua...me corrija se estiver errada, mas só vale a pena levar dinheiro e cambiar no paralelo para pagar a diária na Argentina, certo? Porque no Uruguai sai quase "elas por elas" já que eles não tem uma cotação no paralelo forte igual na Argentina... É isso mesmo??

Obrigada! smile

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Natália! É isso aí. No Uruguai vale a pena usar o cartão de crédito em restaurantes. Leia: https://www.viajenaviagem.com/2014/11/uruguai-isencao-devolucao-impostos-cartao-credito

Natália Freitas

Obrigada Bóia!! Rápida e atenciosa como sempre!
Cartão de crédito a postos para os restaurantes no Uruguai!!! Até porque já estou ficando tensa em viajar com tanto dinheiro vivo por causa da Argentina...é estranho isso né?! A gente acostuma a viajar praticamente só com o dinheiro de plástico..rsrs

Obrigada mais uma vez! wink

GustavoW
GustavoWPermalinkResponder

Recomendaria ficarem Palermo Soho , sem dúvida. Lotado de bares e restaurantes, muito agradavel.,

CAMILA
CAMILAPermalinkResponder

Olá, gostaria de saber se posso fazer minha reserva pelo booking sem medo. É confiável?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Camila! Completamente smile

Carol
CarolPermalinkResponder

Ficamos cinco dias no Grand Hotel Buenos Aires, na Recoleta. Hotel excelente!
Muito bem localizado, instalações novinhas, habitação com tamanho muito bom. Como era um viagem em família, reservamos um quarto duplo e um triplo, todos extremamente confortáveis. Serviço muito atencioso e simpático. Uma boa tarifa, se comparar com hotéis da mesma categoria na Recoleta.
Meus únicos senões: café da manhã bom, mas repetitivo. Produtos do frigobar caríssimos. Restaurante do hotel também muito caro.
A recepcionista nos indicou uma cueva bem próxima que quebrou o galho pq já chegamos no fim da tarde de sexta, mas a cotação não era lá essas coisas.
O hotel aceita reais, mas com a cotação oficial. Paguei uma parte em pesos e o restante em real, o que deixou a conta com uma diferença significativa com relação à reserva feita pelo hoteis.com.

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalinkResponder

Bóia, querida, não sei se já avisaram, mas o Booking NÃO tem incluído mais os 21% de IVA no preço da diária sad

Carla
CarlaPermalinkResponder

Ricardo eu fechei o hotel pelo booking para uma viagem a Buenos Aires em maio e o site não inclui os 21%. Aliás, o site foi bem claro de que o valor cotado não é o valor final das diárias. Uma pena, Pq Tb não me deram a opção de pagar antecipado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carla! Sim, de uns tempos para cá o IVA não está incluído, porque os outros sites também não incluem. A informação está bem clara na página de resultados.

Anna Leticia
Anna LeticiaPermalinkResponder

Olá Bóia, estou procurando hotéis em buenos Aires pelo booking e vi que o preço está em dólar... Se eu efetuar o pagamento hj sairá em dólar ou em pesos no cartão? E se eu optar por pagar lá, no check-in, pago em qual moeda? Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Anna! O preço pode ser visto na moeda que você configurar. O que vale é o preço em pesos.

Anelise Capezzuto

Foi nossa primeira vez em Buenos Aires, e infelizmente acho que será a última . Li vários blogs e dicas antes porém o que aconteceu nunca tinha ouvido falar, por isso acho importante alertar os demais visitantes . Estamos ainda hospedados na Recoleta, no hotel Unique Art Elegance na rua Pueyridon, chegamos sexta feira à noite, não levamos muito dinheiro conosco para rua como recomendado , porém de manhã na hora do café , diversos quartos e cofres digitais e malas com cadeado foram abertos e levaram todo o dinheiro que encontraram. Durante a confusão ficamos sabendo que hóspedes estavam sendo roubados já há três dias. A polícia veio, fizemos BO, ligamos para Embaixada, coletaram digitais dos cofres porém o hotel não toma providência , não se responsabiliza . Simplesmente somos turistas reféns.Eles sabem que em breve vamos embora e que a maioria não vai fazer nada. O hotel nos deu 600 pesos por dia( que nao chega a 200 reais ). Podem procurar no tripadviser e no booking pq outros hóspedes vão reclamar lá . Nunca deixem nada em cofres aqui! Eles roubam tudo em menos de cinco minutos !!!

Elisa Tavares
Elisa TavaresPermalinkResponder

HTL 9 de Julio – Buenos Aires.

Olá, apenas por precaução, gostaria de fazer uma recomendação em relação ao hotel.
As fotos publicadas nos sites de reserva são melhores do que a realidade. O acabamento do banheiro é péssimo. Ao ligar o chuveiro, o banheiro alaga. O toilette entope dia sim, dia não. Os quartos não possuem sistema antirruído. Escutam-se todos os movimentos dos hospedes vizinhos, principalmente subida e descida de escada no interior dos quartos. A recepção está quase sempre lotada. O recepcionista fica frequentemente sozinho na portaria e é pouco solícito. Informações dadas quase sempre estão incorretas. Não existe segurança no hotel. Fui roubada dentro do hotel (minha mala “sumiu” da sala de bagagens, trancada pelo recepcionista) e ninguém foi responsabilizado. As câmeras de segurança não funcionam. As bagagens não são identificadas e se misturam na “habitación de equipaje”, e qualquer um tem acesso a elas. O preço cobrado é muito superior ao serviço prestado.

Fica o alerta!

Sarto Carneiro

Olá! E o bairro Retiro, também é considerado centro?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sarto! É sim. Se for ficar por lá, dê preferência às redondezas da Praça San Martín. Perto da rodoviária não vale a pena.

Neftalí
NeftalíPermalinkResponder

Como fazem o Chile e o Peru, a Argentina vai anunciar o fim da cobrança do Imposto de Valor Agregado (IVA) aos estrangeiros que se hospedem em hotéis argentinos. Isso vai significar tarifas 21% mais baratas:
www.lanacion.com.ar/1941638-anunciaran-hoy-la-devolucion-del-iva-para-el-turismo
Boa noticia para o turista, pois a Argentina está muito cara atualmente.

FERNANDA
FERNANDAPermalinkResponder

Ola, boa tarde!
Estamos programando viagem a Buenos Aires de carro, localizei o site de vocês e achei bem interessante e acredito que será muito útil. Nossa ideia é fazer o roteiro saindo do RS passando pelo Uruguai e fazer a travessia para Buenos Aires de barco, localizei aqui no site que tem o BUQUEBUS que aceita veículos, minha duvida é, entramos com o veiculo no barco e viajamos até BA dentro do carro, ou ficamos em alguma cabine? o valor que há no site, indo de carro, é só para o carro ou consta a passagem nossa?
Não sei se consegui explicar direito.
Fico no aguardo.
Muito Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fernanda! Os passageiros pagam cada um sua passagem e viajam nos assentos como os outros passageiros. Se você não for seguir viagem pela Argentina, deixe o carro em Colonia, no próprio estacionamento do Buquebus. Você economizará muito dinheiro (a travessia é cara, os estacionamentos em Buenos aires são muito mais caros) e também poupará muita dor de cabeça de andar de carro em Buenos Aires.

Renata
RenataPermalinkResponder

Alguém me indica um bom hostel na Recoleta?Sao tantas opções, ta difícil escolher. Sei que não é bem a vibe do VnV, mas na minha última viagem peguei aqui uma indicação excelente de hostel em Jeri... Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Renata! A Recoleta não é um endereço de hostels. Você vai encontrar hostels em San Telmo e Palermo.

Luise Daltro
Luise DaltroPermalinkResponder

Segui as dicas do site e optei pela Recoleta! Gostei muito do hotel Sileo. Quarto confortável e moderno. Café da manhã muito bom, porém não está incluso na maioria das reservas. 150 pesos por pessoa. Do aeroparque para o hotel pagamos 100 pesos com taxímetro, o remis com preço fechado queriam cobra 300!!!

marilene veloso

gostaria de sugerir o shoshana apart hotel ,no palermo,fiquei hospedada lá agora em setembro/2017 e amei! hotel lindo,quartos enormes, super confortaveis, silencioso, super bem localizado, perto dos melhores restaurantes ,eu ia a pé pra firôi (rua fitz roy/humboldt ),e um atendimento excelente! super recomendo!

Biessa
BiessaPermalinkResponder

fiquei no legado mítico em setembro e adorei.

Foi uma ótima opção de hospedagem em Palermo Soho. Mesmo com uma boate e um bar sempre lotado na esquina do hotel, não chegamos a nos incomodar com o barulho. Nos ficamos no quarto EL ESCRITOR, bem espaçoso, bem decorado e confortavel. O café da manhã era gostoso e farto, os funcionários superatenciosos! Arrumavam o quarto duas vezes por dia, deixavam chocolatinhos de cortesia, uma delicia! Nos adoramos

Cleide
CleidePermalinkResponder

Fiquei em Palermo... bons restaurantes, fácil transporte de onibus...gostoso de passear

João Paulo
João PauloPermalinkResponder

Gostaria de saber se nos valores apresentados nos sites de pesquisa e compra (como o booking.com) já contempla a isenção do IVA, ou o desconto será efetuado apenas quando fizer o checkout...poderia me ajudar? obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, João Paulo! O valor informado já é sem IVA.

Eline Neves
Eline NevesPermalinkResponder

Olá! Voltarei à BUE depois de muitos anos e estou pesquisando com muita antecedência a hospedagem, de 04 à 16 de Agosto, e achei os preços salgados das diárias, mesmo olhando com tanta antecedência. Achei que poderia encontrar melhores tarifas! Quero dividir minha hospedagem entre Recoleta e Palermo Soho. Em Palermo, os hotéis estão caros, os apartamentos de temporada pelo airbnb ficam mais em conta.É seguro tentar alugar apto?Vi muitas ofertas, mas algumas com pouquíssimas avaliações de usuários. Nunca tive essa experiência, fico insegura. Em Recoleta as diárias tb. estão salgadas. Alguma sugestão? Saudades da época que BUE era realmente barata!
Beijos!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Eline! As tarifas descontadas começam a aparecer entre 90 e 60 dias antes da data. Se fizer alguma reserva agora, faça no modo cancelável sem custo para poder trocar se for o caso.

Eline Neves
Eline NevesPermalinkResponder

Obrigada, Bóia! Vou esperar um pouco mais para reservar.

Maria cecilia
Maria ceciliaPermalinkResponder

Gosto muito das suas dicas , meu bairro preferido em BA é a Recoleta.

Carolina Vilar de Souza

Para quem não quer gastar muito, uma dica é ficar no Retiro, que é ao lado da Recoleta só que com hospedagem mais em conta. Bairro lindo e seguro, mesmo à noite. Fiquei no Ayres de Recoleta Libertad, adorei!!!!

Michelle Roch
Michelle RochPermalinkResponder

Olá!
Fiz uma reserva pelo booking e no momento do fechamento da reserva apareceu o valor incluindo o IVA.
Como está funcionando Isso? Paga -se o IVA e depois somos reembolsados ou não deveriam cobrar mais o valor com o IVA, uma vez que o imposto não é mais devido a estrangeiros?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Michelle! Estranho... o valor vem sempre sem IVA. Fiz agora duas simulações, uma pré-paga e outra a ser paga no hotel, e não há o acréscimo de IVA em nenhuma. Tem certeza de que isso aconteceu no booking?

Ingrid
IngridPermalinkResponder

aconteceu a mesma coisa comigo com o IVA. simulei no booking e estão cobrando a taxa

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ingrid! Negativo. No Booking aparecem essas observações:

Os preços são por quarto
incluído: Café da manhã
não incluído: 21 % ISS

Esse ISS é o IVA.

Ou seja: se a pessoa não pagar com cartão de crédito internacional, terá os 21% acrescentados à conta.

Kamila
KamilaPermalinkResponder

Colegas de boia, cadê o Hotel Querido?!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Kamila! Fechou.

Fabiola Gradela

Olá! Estou indo a trabalho para Buenos Aires por 20 dias, gostaria de ficar hospedada em um local que seja de fácil acesso e tranquilo para passeios noturnos a pé e nos finais de semana. Me indicaram o hotel Panamericano, mas nao vi na sua lista. Qual sua opinião? Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fabiola! O Ricardo Freire não indica o Centro como local de hospedagem. Se ficar perto do seu trabalho, considere -- mas veja se a Recoleta também não é conveniente (provavelmente será).

Priscila
PriscilaPermalinkResponder

Olá! Estou pensando em uma viagem 2em 1, começando em Montevidéu e terminando em Buenos Aires, para poder aproveitar um pouco de Colonia, pensei em pegar o último horário do buquebus, que chega no Puerto Madero por volta de 22h. Seria perigoso chegar nesse horário ? Lá costuma ter bastante táxi/uber?! Transporte de lá para Recoleta é fácil?

Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Priscila! Não pegue táxi lá não, são trapaceiros. O ideal é chamar um Uber. Mas veja: chegar tão tarde assim em Buenos Aires não vai servir pra nada. Durma em Colonia e pegue o primeiro Buquebus no outro dia, você chega bem mais tranqüila em Buenos Aires e ainda ganha uma noite que seria perdida em Buenos Aires.

Paulo Rufino
Paulo RufinoPermalinkResponder

Em 2014 fiz a meia-maratona de Buenos Aires, e me hospedeiro na Recoleta. Lugar muito tranquilo e perto de tudo. Hotel excelente, tirando o desejuno. Almocei num excelente restaurante em Porto Madeiro, e recomendo um passeio por Santelo, Palermo, e no centro aproveite para conhecer a Casa Rosada. Visite também o Café Tortoni (não chega aos pés da nossa Colombo , mas vale conferir). Outro lugar bem divertido é o Camnito, e quem gosta de futebol, não deixe de ir ao estádio do Boca.

Christiany Kanashiro

Olá Bóia, estamos programando a nossa viagem para Buenos Aires e como da primeira vez procurei o site de vcs para as recomendações de dicas sobre os lugares achei maravilhoso , estivemos em Punta Cana e ficamos no Barceló Bávaro Palace de Luxe com as suas recomendações e foi excelente agora estamos indo pela primeira vez para Buenos Aires e li sobre onde ficar e ainda tenho muitas dúvidas uma delas é que estávamos pesquisando sobre o Hotel Esplendor Plaza Francia mas li também muitas reclamações do Hotel . Gostaria de saber sua opinião pessoal sobre o Hotel. (dessa vez estamos viajando somente eu e meu esposo). Desde já agradeço. Christiany

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Christiany! No Booking, que tem um conjunto de resenhas mais confiável, a nota é muito boa, 8,5. A principal reclamação de brasileiros é quanto a café da manhã, que normalmente é fraco mesmo em Buenos Aires.

Christiany Kanashiro

Muito obrigada por mais essa informação.

DIONISIO RENZ BIRNFELD

Recém chegamos de Buenos Aires, onde fizemos duas paradas de um dia em viagem a Bariloche. Na ida, somente para passar a noite em dia de semana (chegamos bem tarde) ficamos no Hotel Reconquista Garden, na calle Esmeralda, bem no Microcentro. Hotel business, correto, um café da manhã acima do padrão argentino e tarifa muito em conta. No retorno, num sábado, ficamos no Hotel Esplendor Plaza Francia, na Recoleta, seguindo a sugestão aqui do VnV. Valeu a pena. Não é barato e nem caro para o padrão do hotel e a região, que é muito valorizada. Queríamos passar o dia na Recoleta sem ter que pegar táxi e valeu a pena. O quarto em que ficamos (suite) era bem confortável e bonito. O ambiente todo é de design, com muitas cores escuras, mas visivelmente não é daqueles que usam móveis de alto padrão. Talvez isso faça com que não seja tão caro como os demais. Não tomamos café da manhã, pois tivemos que sair bem cedo para Ezeiza (800 pesos de remis de confiança do hotel). Muito boa opção intermediária para padrão Recoleta.

Francisco
FranciscoPermalinkResponder

Olá boia!

Vou morar em buenos aires por um mes e pouco, entre o ano nono e o fim de janeiro/19
como adoro bairros classudos e boêmios, escolhi a região de san telmo pra ficar.
qual é a melhor parte do bairro, na sua opinião?
e entre san telmo e a praça de maio(região montserrat) nao vale a pena? achei uns aptos legais por ali

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Francisco! É uma região charmosa.

Renata Dias
Renata DiasPermalinkResponder

Ola boa tarde! Gostaria de saber, como comprar e quais os dias do show de tango( Rojo Tango) no faena hotel em puerto madeiro? Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Renata! Todas as noites. Reserve diretamente com o hotel.

julia figueiredo

Ola! bom dia!!! estou adorando as dicas de vocês!!! Parabéns pelo trabalho!!! Bom, estamos organizando para irmos a buenos aires e mendonza em meados de março de 2019. Os hoteis indicados estão, no momento, com preço meio salgado para nós, mas encontramos um hotel em montserrat com valor legal. Esse ponto é ruim? o hotel é o boca junior, já ouviram comentários? Bom, por enquanto é isso. Caso tenham alguma outra sugestão tb!!! desde já agradeço! muito obrigada!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Julia! Faça reservas canceláveis. As tarifas mais descontadas costumam entrar nos sites com 90 dias de antecedência. Montserrat é um bairro entre o centro e San Telmo. É charmoso, mas de noite não é muito movimentado. Use Uber.

Andreia Alves
Andreia AlvesPermalinkResponder

Estive em Buenos Aires no feriado de 15 de novembro. Como a cidade estava muito cheia, consegui vaga no Ulisses hotel. Fiquei tranquila por estar listado aqui no Viaje na Viagem e por ver as fotos do hotel no Booking. Mas a realidade foi outra. O hotel tem uma excelente localização, mas está muito mau conservado. Tem mofo por todo o quarto, nas paredes, carpete velho e sujo, armários e janelas de madeira soltando pedaços literalmente, banheira com mofo e entupida. Enfim, mesmo tendo uma excelente localização, as fotos que vemos não estão condizentes com a realidade.

Giovanna
GiovannaPermalinkResponder

Para um casal que vai pela primeira vez a Buenos Aires, mas que também ama o estilo “cool” e alternativo, você indicaria Palermo ou Recoleta?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Giovanna! Se você quer estar à noite perto dos restaurantes e bares, fique em Palermo.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar