Los Roques

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Não há praia em Gran Roque, então todos os dias você vai passar o dia numa outra ilhota.

As pousadas que oferecem pensão completa incluem o traslado a uma das ilhas mais próximas, a até 15 minutos de lancha.

Funcionários montam guarda-sol e cadeirinha, levam até a areia a geladeirinha com o almoço e as bebidas, e voltam com a lancha para buscar na hora combinada.

Quem está em pousada só com café precisa comprar esses traslados (e os lanches) à parte. Os barqueiros têm uma tabela de preço no porto (e são os mesmos que fazem o serviço para as pousadas). Algumas ilhas têm bares ou restaurantes.

Mesmo com pensão completa, vale a pena cacifar um ou dois passeios a ilhas mais distantes, não-incluídas na diária -- sobretudo a Cayo de Agua. Espere gastar US$ 20 por pessoa nesses passeios extras, se feitos em grupo.

Los Roques é um dos lugares mais super-mega-top do Caribe para mergulhar. Há barcos especializados, que vão direto aos corais mais bonitos do arquipélagos. Cada dia de mergulho custa US$ 95, com equipamento (e mergulho em dois pontos diferentes).

Dependendo do vento, também dá para fazer kitesurf ou stand-up paddle.

A noite é sossegada. O point -- antes, durante ou para jantar -- é o charmoso bar pé na areia Aquarena.