Shows de tango em Buenos Aires: a opinião dos leitores

Tango no El Querandí, Buenos Aires

Este post compila e organiza os relatos dos leitores do blog sobre shows de tango em Buenos Aires, espalhados entre diversos posts. Clique nos textos em azul, e você será enviado exatamente para o comentário original.

Se um espetáculo não está listado, é porque não foi comentado por nenhum leitor (ou então a gente comeu mosca na hora de editar). Sinta-se à vontade para fazer sua própria resenha, na caixa de comentários deste post; seu comentário será posteriormente editado no mesmo esqueminha dos outros.

Informe-se sobre preços nos sites dos espetáculos (se não houver uma tabela, mande um email). Lembre-se que na Argentina a inflação é um fato e os preços sobem todos os anos.

Bar Sur – San Telmo (Lucas)

+ Bar Sur (Jussara)

Café Tortoni – Av. Mayo (Jorge Bernardes)

+ Café Tortoni (Delma)

+ Café Tortoni (Carina)

+ Café Tortoni (Sílvia Matraqueando)

+ Café Tortoni (Heloísa)

Centro Cultural Borges – Microcentro (Lúcio)

+ Centro Cultural Borges (Jurema)

+ Centro Cultural Borges (Ana Cláudia)

+ Centro Cultural Borges (Vera Lúcia)

+ Centro Cultural Borges (Jacqueline)

+ Centro Cultural Borges (Adriane B.)

+ Centro Cultural Borges (Elaine R.)

+ Centro Cultural Borges (Rory)

Centro Cultural Torquato Tasso – San Telmo (Marco C.)

Ciudad Cultural Konex – Balvanera (Marco C.)

El Querandí – San Telmo (Ana Carolina)

+ El Querandí (Sílvia Matraqueando)

+ El Querandí (Mari Campos)

+ El Querandí (Mariana)

+ El Querandí (Beatriz)

+ El Querandí (Eunice)

+ El Querandí (Eunice)

+ El Querandí (Sílvia Matraqueando)

+ El Querandí (Eunice)

+ El Querandí (Ana Carolina)

+ El Querandí (Ana Carolina)

El Viejo Armacén – San Telmo (Arnaldo I.)

+ El Viejo Armacén (Carla Idas e Vindas)

+ El Viejo Armacén (Carla Idas e Vindas)

+ El Viejo Armacén (Emília)

+ El Viejo Armacén (Édson M.)

+ El Viejo Armacén (Jorge Bernardes)

+ El Viejo Armacén (Édson M.)

+ El Viejo Armacén (Sílvia Matraqueando)

+ El Viejo Armacén (Virgínea F.)

Esquina Carlos Gardel – Abasto (Márcia K.)

+ Esquina Carlos Gardel (Delma)

+ Esquina Carlos Gardel (Eunice)

+ Esquina Carlos Gardel (Eunice)

+ Esquina Carlos Gardel (Ana Carolina)

+ Esquina Carlos Gardel (Beatriz)

+ Esquina Carlos Gardel (Ana Cláudia)

+ Esquina Carlos Gardel (Beatriz)

Los 36 Billares – Av. de Mayo (Amélia)

Madero Tango – Puerto Madero (Edson M.)

+ Madero Tango (Fátima)

+ Madero Tango (Marco A.)

Michelangelo – San Telmo (Tina)

Piazzolla Tango – Microcentro (Henrique)

+Piazzolla Tango (Carla Idas e Vindas)

+ Piazzolla Tango (Victor H.)

+ PIazolla Tango (Victor H.)

+ Piazzolla Tango (Ana Carolina)

+ Piazzolla Tango (Sílvia Matraqueando)

+ Piazzolla Tango (Sílvia Matraqueando)

+ Piazzolla Tango (Amélia)

+ Piazzolla Tango (Ana Carolina)

Rojo Tango – Madero Este (Mari Campos)

+ Rojo Tango (Majô)

+ Rojo Tango (Sylvia)

+ Rojo Tango (Ana Cláudia)

+Rojo Tango (Ana Cláudia)

+ Rojo Tango (Chris)

+ Rojo Tango (Flávio)

+ Rojo Tango (Sylvia)

+ Rojo Tango (Loraine)

+ Rojo Tango (Li)

+ Rojo Tango (Maria José)

+ Rojo Tango (Igor B.)

+ Rojo Tango (Tina)

+ Rojo Tango (Inês)

+ Rojo Tango (Beth)

Señor Tango – Barracas (Tiago R.)

+ Señor Tango (Natalie)

+ Señor Tango (Jacqueline)

+ Señor Tango (Adriane B.)

+ Señor Tango (Beatriz)

Taconeando – San Telmo (Adriane B.)

Leia mais:

142 comentários

Estava meio desconfiada para ir a um show de tango, sem a certeza se seria algo legal e se não cairíamos em nenhum “pega-turista”. Meu acompanhante queria muito ir e pegou indicação de um amigo: o Señor Tango. Entrei “cabrera” e saí chorando, muito emocionada. Trabalho com música e não esperava que os shows tivessem bandas ao vivo. No Senor Tango há uma mini-orquestra espetacular, repertório muito bom e só por isso eu já havia ganhado minha noite. As apresentações intercalam com estorietas, são uns 7 casais dançando, esse lugar traz uma pegada mais “Broadway”, há sim algumas firulas ao longo das quase 2 horas de apresentação o, que pra mim, é totalmente aceitável: que pessoa comum, com um contato comum/ banal com música e tango aguentaria ficar sentado duas horas vendo apresentação seja de Tango, Frevo, Samba etc? Para o meu gosto, inclusive, uma apresentação mais simples, “crua” e curta serviria muito bem. Por isso, daí, o “Show de Tango” ser, em si, uma atração turística e, que bom que é.. a casa cumpre bem o objetivo a que se presta, ao nicho que se presta. Não pegamos jantar, teria achado estranho comer no escuro e enquanto pessoas dançam na minha frente, fosse em qualquer lugar, e foi uma decisão muito bem acertada: degustamos bons vinhos, a preços bons também. O tango me ganhou e agora, depois desse primeiro contato, quero voltar e conhecer mais. Já me indicaram uns no bairro de La Boca, que dizem que, por ter uma pegada mais local, é bastante diferente.
Quanto ao preço, achei justíssimo. São apresentações super-produzidas. Que lembrança boa foi esse Señor Tango 🙂

Amei o show e o jantar do Cafe de los Angelitos na Av Rivadavia 2100. Lindo o show, o lugar é bem bonito e o jantar estava ótimo e super farto. Recomendo!

Fui ao Madero Tango Vip. Bem bonito, refeição boa, e gostei bastante do espetáculo (não sou especialista). Ambiente legal. Valeu a pena.

Esse site me ajudou tanto que fiquei com vontade de voltar pra contribuir! Adoramos o Tango Porteño… foi indicado por uma amiga. Fica próximo ao obelisco em um teatro bem decorado. Reservando na platéia dá pra ter uma boa visão do show, e compensa reservar antes das 18h no local ou pelo site , pois fica numa mesa melhor localizada e ainda ganha o translado ida e volta pra o hotel. Com jantar completo +show saiu 1500 pesos por pessoa

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.