Tango BBB em Buenos Aires : Centro Cultural Borges 1

Tango BBB em Buenos Aires : Centro Cultural Borges

Centro Cultural Borges

Seguindo outra dica de Buenos Aires deixada repetidamente por trips nas caixas de comentários do site, fui conferir o show de tango em cartaz no Centro Cultural Borges.

Em 2017, são três espetáculos que se revezam, com apresentações às segundas, quartas, quintas, sextas e sábados, às 20h.

Não é só bom, bonito e barato — é prático, também. O lugar ocupa uma esquina (Viamonte com San Martín) do prédio da Galerías Pacífico. Mas dá para entrar pelo shopping também: o caminho até o centro cultural é tão bem sinalizado quanto o caminho para a praça de alimentação.

Centro Cultural Borges

Cheguei numa quinta-feira e comprei ingresso para o mesmo dia, sem fila na bilheteria nem dificuldade nenhuma.

Os ingressos custam a partir de 360 pesos no mezzanino, e de 340 pesos na platéia, de acordo com o espetáculo (veja no box ao final do post). A platéia tem lugares marcados, que você escolhe na bilheteria. O mezzanino tem assento livre.


dinheiro-argentino-thumb
Dossiê: câmbio e trânsfer

Centro Cultural Borges

O show que vi — Bien de Tango — durou 1h15 e contou com seis casais de bailarinos e orquestra de cinco músicos. Achamos um pouquinhozinho repetitivo, mas estava muito bonito, bem tocado e bem dançado. Os standards é que são poucos; neste show, rolou um “Libertango” do Piazzola e um “La Cumparsita” no finzinho.

O único senão, a meu ver, é que não deixam tirar foto. 🙁

Mas se você quer ver um show de tango dançado por bailarinos sem desembolsar muito, o Centro Cultural Borges é o canal.


Centro Cultural Borges

  • Preços e horários em 2017 | Bien de Tango: quintas, sextas e sábados, às 20h; 370 pesos no mezzanino, e a partir de 380 pesos na platéia numerada. Pasión de Tango: terças, às 20h; 360 pesos no mezzanino, 380 pesos na platéia numerada. Con Alma de Tango: quartas, às 20h; a partir de 340 pesos na platéia numerada.
  • Assistido em 2010

Leia mais:

115 comentários

Por favor, gostaria de saber se o Centro Cultural Borges tem shows nos mês de janeiro?

    Olá, Carlos! Acreditamos que sim. Ninguém nunca se queixou de não conseguir assistir a espetáculos lá em janeiro.

Segui essa dica, tudo perfeito, os lugares na platéia estão em torno de 550 pesos. Vale muito a pena para quem quer ter uma experiência menos Turística do Tango. Excelente bailarinos e, como o teatro é pequeno, qualquer lugar dá pra ver perfeitamente. Recomendo.

Fui só Centro Cultural Borges na semana passada. Queria assistir um show de rango sem gastar muito, já que nos mais badalados o ingresso sai por 250 a 400 reais. Nesse Tango o ingresso custou uns 70 reais. O teatro fica dentro do shopping, no centro da cidade, ou seja, nem precisa pegar táxi. Teatro pequeno, unicamente para assistir o show. Este por sua vez é belíssimo, os músicos são sensacionais. Vale a pena ir. Custo/benefício 10!!

Só pra reforçar e agradecer que esta dica é incrível!
Aliás, é um alívio para aqueles shows super espetaculosos. Fui e gostei demais!
(E com a grana que se economiza dá para comer um excelente jantar na cidade!)

Fui em setembro de 2013 e achei o ‘Pasión de Tango’ sem querer na galeria, estava procurando o banheiro quando vi o CCB, me interessei pelo local, havia uma exposição, quando me deparei com o cartaz do show, vale muito a pena, bom, emocionante, dançarinos dançam muito. Vale a pena pelo valor e pelo show !!!

Brasília, 17 de fevereiro de 2014 Para Vicente Viladarga
Hoje tive saudades, hoje tive medo, tive paixão. Escrevendo esta carta. Eu penso em você. Eu penso em você… Só não entendo esta distancia, esta ausência. Talvez seja loucura, talvez não venha, talvez não vá, talvez não exista. Assim vou vivendo este amore. Em suas empreitadas orquestradas. Talvez não haja lugar para mim, talvez não me queira mais. Na afinação de nosso amore eu encontrei loucura eu encontrei você. Boemia Bel Boca Boceta, Vincentina desesperada vangogue de mim alma. Na minha cama, no meu chuveiro, no meu core na minha urbis insana. Eu prefiro você Vicente na barca de meu core, no rio de minha doçura. Eu quero te amar, encima de seu colo, no calor de suas entranhas Vincentinas olhando para os seus olhos, deliciando o meu corpo no seu… Queria dizer tudo o que sinto, através do seu ouvido, desnudar a sua alma como você mesmo me desnudaste. não sei como me apaixonei só sei que não consigo mais parar de te escultar, de te amar, os bambas me buscaram, as minhas pernas bambearam os meus odores exalou paixão, puerei caminhos, suspirei estradas nas suas canções, não entendo porque nunca me procurou, já escutei tantas canções, queria ouvir as músicas saindo pela tua boca, hoje teço um caminho, há um de nossos irmanos, não tenho pernas para te alcançar, eu não tenho uma grande história,nem sou uma grande mulher…escuto varias histórias todos os dias mais nenhuma é a nossa. Engraçado um amor que nasce se perdendo, se fudendo, na desgraça de me alma eu tive só, no acordes de minha urbis eu não te vi eu amo você…

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.