Uruguai desconto IVA

Uruguai com desconto: veja como ganhar 22% em restaurantes e locadoras

Boa notícia: o desconto para turistas estrangeiros no Uruguai foi reativado ao nível máximo.

Os descontos atuais devem perdurar até pelo menos 30 de abril de 2023. (Veja ano site do turismo do Uruguai.)

Nesse período, contas de restaurante e locação de carros pagas com cartão internacional (de crédito, débito ou pré-pago) terão um desconto de 22%, relativos ao estorno de IVA (o ICMS deles).

22% de desconto em restaurantes e locadoras

Uruguai desconto IVA restaurantes

A devolução de 22% de IVA em restaurantes e locadoras de carro é válida apenas para pagamentos com cartão internacional (crédito, débito ou pré-pago).

Esse desconto compensa os 6,38% de IOF cobrados pelo Brasil sobre gastos internacionais no cartão de crédito ou os 1,1% do IOF dos novos cartões de débito vinculados a contas internacionais.

Como é feita a devolução

Restaurantes e locadoras informam a conta pelo valor total. Ao pagar com cartão internacional, o sistema efetua a devolução dos 22% de IVA.

Em anos anteriores, o desconto aparecia na hora para quem pagasse com Visa e na fatura seguinte par quem pagasse com Mastercard. Mas em 2022 temos relatos de que o desconto já está sendo feito na maquininha para pagamento com qualquer bandeira, inclusive cartões de débito.

Se o desconto é de 22%, por que a devolução é de apenas 18,5%?

Na verdade o que você ganha é a isenção dos 22% do IVA. O cálculo precisa ser feito em cima do valor da conta antes do imposto.

Quando a conta do restaurante vem, esses 22% já estarão acrescidos. Então uma conta de 100 pesos, somada ao IVA de 22%, dá 122 pesos. O IVA de 22%, neste caso, é de 22 pesos.

Pagando com cartão, esses 22 pesos vão ser estornados.

Só que, no momento do estorno, esses 22 pesos não serão mais 22% de 122 pesos. Serão 18,5% de 122 pesos. (Eles eram 22% de 100 pesos!) Mas a isenção foi a mesma.

Use cartão de débito de conta internacional para fugir do IOF brasileiro

Não é mais preciso perder tempo e passeios procurando uma boa cotação em casas de câmbio.

Os novos cartões de débito de contas internacionais (como Wise, Nomad, C6, BS2 Go) têm o mesmo IOF de dinheiro vivo (1,1%) e oferecem um câmbio melhor do que o das casas de câmbio no Brasil ou mesmo no Uruguai.

E no caso dos restaurantes e locadoras, permitem que você ganhe o desconto de 22% sem morrer com os 6,38% dos cartões de crédito ou pré-pagos convencionais.

Leia sobre os novos cartões de crédito vinculados a contas internacionais e veja por que você deve mudar o seu jeito de fazer pagamentos durante suas viagens. (Atenção: não é merchã, não ganhamos nada com isso, não tem cupom nem promoção.)

Isenção de IVA em hotéis

Uruguai desconto IVA hotéis

Nos hotéis não há devolução: há isenção.

Isso significa que, ao contrário do que acontece nos restaurantes, a sua conta não vem com IVA incluído. Se você for estrangeiro e estiver há menos de 60 dias no Uruguai, não terá o IVA acrescentado. Para isso, o hotel vai conferir, no check-in, o carimbo de entrada do seu passaporte ou a data de entrada na sua papeleta de imigração (se você tiver viajado com RG).

No caso dos hotéis, a isenção vale para pagamento por qualquer meio, incluindo dinheiro vivo. Alguns hotéis aceitarão, além de pesos uruguaios, também dólares ou reais, a um câmbio arbitrado pelo próprio hotel.

Por isso, não há problema em pré-pagar hospedagem antes de viajar: o IVA não está previamente incluído na diária em sites como o Booking.

(Caso você perca a papeleta de entrada ou já esteja no Uruguai há mais de 60 dias, no entanto, o IVA de 10% será acrescentado à conta.)

Outros descontos de IVA na América do Sul

Colômbia isenção IVA

Dos grandes destinos turísticos da América do Sul, só o Brasil não oferece desconto de imposto de hospedagem a visitantes estrangeiros.

Veja o quanto você economiza na hospedagem em países da América do Sul:

Uruguai: 10% (qualquer meio de pagamento)

Argentina: 21% (apenas para pagamento com cartão internacional)

Chile: 19% (pagamento em cartão internacional ou dólar vivo)

Peru: 18% (qualquer meio de pagamento)

Colômbia: 19% (válido apenas para viajantes a lazer; qualquer meio de pagamento

Mas note que, de todos esses países, só o Uruguai devolve o IVA também em restaurantes e locadoras de carros.

152 comentários

Estive no Uruguai neste mês de novembro e utilizei cartão Wise (Visa com saldo em pesos uruguaios). Na quase totalidade dos bares e restaurantes, houve o desconto automático do IVA. Apenas em um bar e em uma cafeteria em Punta del Este o desconto não ocorreu por motivo desconhecido.
Até mesmo em alguns supermercados, ao pagar com cartão houve algum tipo de dedução automática de IVA, porém não igual ao porcentual dos restaurantes.
Aluguei um carro e ao devolver, tive que pagar os pedágios em dólares. Para isso, usei cartão da Avenue (Master com saldo em dólares) e também houve dedução automática do IVA.
Fora do mundo de bares e restaurantes, algumas lojas são aderentes ao programa Tax Free do governo Uruguaio. Nestes casos, há algum adesivo na frente da loja. Não há dedução automática. Deve-se informar dados de passaporte ou RG e pedir que o estabelecimento preencha um formulário. No aeroporto, ao informar o seu documento, uma máquina já recupera seus dados, informa quanto você tem a receber e pede um cartão de crédito (a devolução do IVA ocorrerá como crédito em seu cartão).
As lojas que são aderentes ao Tax Free realizam a cobrança dos valores em dólares! Portanto, para estes casos o melhor é ter saldo em dólar.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.

Assine a newsletter
e imprima o conteúdo

Serviço gratuito