5 roteiros para combinar Argentina e Chile na mesma viagem

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Revoada de flamingos no deserto do Atacama

Argentina e Chile são dois países compridíssimos, que compartilham mais de 5 mil km de fronteira. A Cordilheira dos Andes atua como limite natural e proporciona paisagens belíssimas dos dois lados da divisa.

Atravessar a fronteira e explorar o que há do outro lado, na mesma latitude, sempre faz sentido. É possível fazer uma série de viagens perfeitas em ziguezague. A fórmula você já sabe: basta ir desempacotado, que os roteiros ficam todos viáveis.

Veja 5 roteiros práticos para visitar Argentina e Chile na mesma viagem:


View Argentina e Chile na mesma viagem in a larger map

--> SANTIAGO + MENDOZA

Ônibus de Santiago a Mendoza

Mendoza, a capital argentina do vinho, está a 1.100 km de Buenos Aires -- mas a apenas 350 km de Santiago do Chile. Combinar as duas cidades na mesma viagem não apenas encurta distâncias, mas oferece de lambuja o mais belo ponto de travessia dos Andes -- tanto pelo ar, quanto por terra.

Você pode voar a Santiago e, depois de uns dias, pegar um ônibus para Mendoza. São 6 horas de viagem; vá de dia e curta vistas incríveis (tente reservar o assento da frente, no segundo andar). Em Mendoza, além de degustações em vinícolas, aproveite para fazer as atividades de ecoturismo nos arredores. Prossiga de avião -- seja de volta a Santiago, seja a Buenos Aires, para aproveitar uns dias antes de regressar ao Brasil.

--> BARILOCHE + LAGOS ANDINOS CHILENOS

Bariloche, bonita mesmo sem neve

Eis outra combinação clássica que oferece deslumbre em dobro numa viagem só. Ao contrário do que muita gente pensa, a melhor época para fazer esta viagem combinada é fora do inverno, quando as atividades lacustres ficam mais interessantes e todos os caminhos estão desimpedidos. O verão é a época preferida pelos argentinos e chilenos para desfrutar da região dos lagos.

(Claro que, para ver neve, é preciso ir entre meados de julho e meados de setembro. E neste caso, é melhor não planejar deslocamentos e se concentrar nas atividades da estação de esqui mais próxima.)

Ainda por conta da erupção do vulcão Pueyhue, o aeroporto de Bariloche segue pelo menos até março sem operações. Até lá, o jeito de fazer esta viagem é chegando e saindo pelo Chile. Voe até Puerto Montt (via Santiago). Fique uns dias no lado chileno (em Puerto Varas você pode ter vista para o vulcão Osorno), então faça a travessia pelo Cruce Andino, que navega durante um dia inteiro por três lagos até Bariloche. Volte de ônibus a Puerto Montt (5 horas de viagem), para não repetir o mesmo trajeto.

Note, porém, que ainda é possível a presença ocasional de cinzas na região de Bariloche. Trata-se de um roteiro que deve ficar mais interessante no verão de 2013.

--> EL CALAFATE + PUERTO NATALES

Glaciar Perito Moreno, El Calafate

Por trás desses nomes pouco conhecidos estão duas das maiores atrações naturais do continente americano: o glaciar Perito Moreno (a uma hora do centrinho de El Calafate, na Argentina) e o parque nacional de Torres del Paine (a uma hora de Puerto Natales, no Chile).

Os dois lugares são tão longe da gente -- e relativamente tão perto entre si -- que é uma pena visitar um sem dar um pulinho do outro lado da fronteira.

Você pode voar a El Calafate (via Buenos Aires) e depois pegar um ônibus a Puerto Natales (são 5 horas de viagem para ir e outras tantas para voltar).

Caso queira ir por um país e voltar pelo outro, comece pelo Chile: voe a Punta Arenas, então pegue um ônibus a Puerto Natales (3 horas de percurso), prossiga depois de uns dias a El Calafate (5 horas) e então retorne de avião ao Brasil via Buenos Aires.

--> USHUAIA + PUNTA ARENAS (com extensão a Puerto Natales e El Calafate)

Pingüins na Ilha Magdalena

Não, a Terra do Fogo não é sinônimo de Patagônia: pertence à Patagônia, mas é um arquipélago no extremo sul da região. Assim como o restante do território patagônico, também a Terra do Fogo é dividida entre Argentina e Chile.

As cidades mais austrais dos dois países, Ushuaia, do lado argentino, e Punta Arenas, do lado chileno, são ligadas por ônibus que fazem a viagem em doze horas (com uma travessia de balsa por um canal). É possível também viajar entre as duas cidades por navios de cruzeiro que passam pelo canal de Beagle, contornam o Cabo Horn e passam ao longo de glaciares no estreito de Magalhães.

A viagem fica mais completa quando você aproveita também para visitar Torres del Paine e El Calafate. Voe até Ushuaia. Vá de cruzeiro ou ônibus a Punta Arenas. Siga de ônibus a Puerto Natales (3 horas de viagem). Depois de visitar Torres del Paine, continue de ônibus a El Calafate, na Argentina (5 horas de percurso). Volte de avião de El Calafate.

Querendo evitar a viagem de ônibus entre Ushuaia e Punta Arenas, voe de Ushuaia a El Calafate e então atravesse de ônibus para Puerto Natales. Volte de avião a partir de Punta Arenas via Santiago.

--> SALTA + ATACAMA

Salar do Atacama

O norte argentino guarda paisagens magníficas. A árida região de Salta, Jujuy e Quebrada de Humahuaca tem formações geológicas belíssimas e serve como ante-sala para visitar o vizinho mais famoso -- o deserto do Atacama, uma das regiões (justificadamente) mais cobiçadas do Chile.

É possível voar a Salta via Buenos Aires. De lá, quatro vezes por semana saem ônibus para San Pedro de Atacama (via Jujuy). A viagem leva 11 horas. Voe ao Brasil desde Calama, via Santiago.

(Os mais intrépidos incluem no roteiro o Salar de Uyuni, na Bolívia, fazendo um bem-bolado de três regiões fronteiriças.)

Leia também:

Primeira viagem a Buenos Aires: roteiro completo

Primeira viagem a Santiago: roteiro completo

Siga o Viaje na Viagem no Twitter - @viajenaviagem

Siga o Ricardo Freire no Twitter - @riqfreire

Visite o VnV no Facebook - Viaje na Viagem

Assine o Viaje na Viagem por email - VnV por email

505 comentários

Atenção: perguntas que já estejam respondidas no texto e comentários ofensivos ou em maiúsculas serão deletados.

Cancelar
Roberto de Lorenzi

Quero fazer uma viagem entre 24 de janeiro (ida) e 04 de fevereiro (retorno). Chego de Porto Alegre via Buenos Aires e vou no mesmo dia para Ushuaia. Fico 3 noites, alugo um carro e vou a Punta Arenas, faço um pernoite e vou a Puerto Natales onde ficarei 2 noites. De P. Natales quero visitar Torres del Paine. Depois vou a El Chalten e depois volto a Calafate. Posso ter porblemas em alugar um carro na Argentina e entar no Chile? Vou devolver o carro em Calafate. Quanto tempo preciso em el Chalten? Obrigado pela ajuda

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Roberto! Se você conseguir uma locadora que deixe você fazer esse percurso, nos conte...

Não dá não.

Augusta TC
Augusta TCPermalinkResponder

Olá Ricardo!
Parabéns por seu especial site!!
Gostaria de pedir sua opinião e orientação sobre qual a melhor forma de fazer o seguinte roteiro.
Voo para Santiago -Chile dia 28-12 -14. Encontro com amigos que moram lá.
Vamos rumo sul de carro, até Coihaique.(para visitar familiares e deixar o carro).
Vamos direto, sem parar nas varias interessantes cidades deste trecho, por questão de tempo e porque o foco é Ushuaia.
Pensamos voar daí para Ushuaia (Passar - 3 dias)
Seguir para Punta Arenas (3 dias)
Seguir para El Calafate (3 dias) Retornar de avião para pegar o carro em Coihaique.
Voltar para Santiago de carro.
Porém me parece que Coihaique, não tem voo para Ushuaia..., então pensei no voo Puerto Montt -Ushuaia...Se assim fosse, onde poderíamos deixar o nosso carro... Por fim, entre as cidades citadas quais as opções de transporte, a melhor forma de custo benefício e se 3 dias em cada uma das cidades citadas é suficiente para vermos o melhor ou seja qual a sua opinião experiente, sobre este roteiro. Muitíssimo obrigado pela sua preciosa ajuda!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Augusta! Não existe vôo de Puerto Montt a Ushuaia. Existe de Bariloche a Ushuaia, mas é sazonal. Verifique se a Aerolíneas oferece esse vôo quando vocês forem. Note que todos os deslocamentos são complicados e você perde um dia a cada mudança de cidade. De Ushuaia a Punta Arenas são 12 horas de ônibus. De Punta Arenas a El Calafate são 3 horas de ônibus a Puerto Natales, e mais 6 horas a El Calafate, provavelmente sem que um ônibus tenha conexão com o outro.

Se você quer inventar roteiros fora do padrão, vá com bastante tempo sobrando. Tudo é longe, tudo é difícil, nada pode ser feito com pressa no fim do mundo.

Augusta TC
Augusta TCPermalinkResponder

Olá Ricardo!
Muito obrigado por sua rápida resposta e pelas informações.
Você tem razão na sua ponderação quanto a questão do tempo e o" fim do mundo"... Vou refletir e reavaliar.
Porem tenho ainda uma duvida:
Se no roteiro padrão Patagônia, seria legal incluir Ushuaia, Punta Arenas com Torres Del Paine e El Calafate com o Perito Moreno...
E considerando a possibilidade Bariloche... já que chegaremos em Puerto Montt de carro, fazer a travessia dos Lagos( em um dia) ou para ganhar tempo, fazer voo Puerto Montt - Bariloche e daí seguir via Aerolíneas, conforme você sugeriu.
Agradeço se puder responder só mais esta pergunta.
Fiquei feliz de receber a sua resposta, pois há muito admiro o seu trabalho!!