Lençóis Maranhenses

Ciclo das águas

  • 0
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

É lindo. É único. É o ecossistema mais original do Brasil.

Mas de "deserto", os Lençóis Maranhenses só têm mesmo a areia. Chove bastante no primeiro semestre, que é quando as lagoas enchem. Tão logo as chuvas cessam, lá por junho, e o sol passa a brilhar todos os dias, as lagoas começam a secar. Em meados de outubro, a maior parte estará vazia.

Lençóis Maranhenses: Barreirinhas

Barreirinhas: a 'capital' dos Lençóis

"Em qualquer lugar do mundo este lugar seria visitado só pelas dunas, mesmo se não houvesse lagoas", me disse uma vez um pousadeiro gringo. Ele tem razão. Mas a beleza das lagoas é tamanha, que é difícil viajar até tão longe numa época em que não elas estejam em cartaz.

Santo Amaro

Santo Amaro: uma vilinha do interior

De todo modo, nem só de lagoas entre dunas são feitos os Lençóis Maranhenses. O Rio Preguiças é caudaloso o ano inteiro -- e proporciona passeios de voadeira, atividades aquáticas e banhos gostosos.

Lençóis Maranhenses: Atins

Atins: ruas de areia e gringos

Em Atins a temporada vai até mais tarde, graças aos ventos que sopram forte até dezembro, atraindo kitesurfistas do mundo inteiro.

Vá com tempo, e não se limite a Barreirinhas -- combine a capital dos Lençóis Maranhenses com pelo menos um dos vilarejos localizados dentro do parque nacional: Santo Amaro, que tem as lagoas mais bonitas, e Atins, com ruas de areia, uma praia rústica e o charme trazido pelo pessoal do kitesurf.

Lençóis Maranhenses: novos acessos e seus impactos

Em 2016, dois acessos foram terraplenados: a ligação entre a BR 402 e o povoado de Santo Amaro, e a estrada entre Barreirinhas e Paulino Neves. Até a temporada de 2017, ambos caminhos devem estar calçados. A visitação a Santo Amaro deverá aumentar bastante (já que será possível fazer bate-voltas desde Barreirinhas), e o asfalto entre Barreirinhas e Paulino Neves vai democratizar o circuito da Rota das Emoções, permitindo a circulação de carros comuns, vans e ônibus. Mais do que nunca, o controle de acesso ao parque nacional será testado por aventureiros e piratas.

Lençóis Maranhenses: quando as lagoa estão cheias?

  • Lagoas cheias, tempo instável: Maio

124 comentários

Lisiane Kleinick

Olá, iremos para os Lençois Maranhenses em setembro/2016, estou pesquisando os passeios, ainda não definimos bem qual fazer, o tempo lá será curto, 3 noites e 2 dias apenas então como estaremos em 5 adultos e 4 crianças pensamos em fazer lagoa azul ( no turno da tarde) e no outro dia o passeio do rio preguiça, essas seriam as melhores opções para fazer com criança?
Outra duvida, a pousada já está reservada, é necessário reservar os passeios também com antecedência?

Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Lisiane! Se você puder, deixe essa viagem para o ano que vem. Este ano choveu pouco e as lagoas devem secar ainda em agosto.

Alexandre
AlexandrePermalinkResponder

Como este site me ajudou bastante, gostaria de deixar minha contribuição.

Bom... essa história de ir aos lençóis só quando as lagoas estão cheias é pura bobagem. Aquele lugar é lindo com lagoa cheia ou seca. Deve-se apenas evitar o período das chuvas. Além disso, há lagoas que nunca secam.

Santo Amaro: esse é o lugar!!! Simplesmente deslumbrante!!! Não se pode deixar de fazer Espigão (caminhando pelo rio) até Betânia (e lá ver o por do sol). Agora... lagoas da sonda, das pedras, das cabras, das emendadas, bela e murici... são indescritíveis! Você verá algumas das paisagens mais belas desse nosso planetinha azul!

Barreirinhas: Depois de Santo Amaro realmente perde um pouco a graça. Vale muito a pena fazer o passeio pelo rio Preguiça (Caburé e Vassouras). Uma dica: peça para o barqueiro avançar até o encontro das águas do rio com o mar (ao lado de Atins), pois a paisagem é fantástica.

Atins: Muito bonito e paisagens rústicas, mas não sei se vale a pena ficar mais do que um dia lá. Comi o tal camarão (seu Antonio) e não achei maravilhoso como dizem e ainda me fez mal.

Infelizmente (ou felizmente para alguns) esse ano será o último de sossego em Santo Amaro, pois a estrada já está prestes a ser asfaltada. Uma pena! Diferentemente de Barreirinhas, SA ainda é um paraíso pouco explorado pelas hordas de turistas. Tive oportunidade de estar diante de cenários lindíssimos e completamente desertos. Sem exagero, senti que estava no paraíso (e realmente estava).
Sobre SA quero deixar as seguintes dicas:
quem puder vá ainda este ano;
faça os passeios pela cooperativa (fale com a Débora - ela é muito atenciosa - pelo nº 9888617358);
para fazer as dunas procurem pelo Tourinho (conhece tudo daquele lugar).
abraços e boas viagens a todos!

DANIELE
DANIELEPermalinkResponder

Alexandre, mas como já diz no inicio do post, vc sai de tão longe pra não ver as lagoas é ruim, por mais que seja lindo de qualquer forma, acho que uma viagem deve ser feita sim na melhor época e aproveitar td.

Aline Mayworm
Aline MaywormPermalinkResponder

Antes das minhas viagens sempre entro aqui para ler sobre os locais. Este ano resolvi conhecer os Lençóos, fui para Barreirinhas no período de 13/09 até o dia 17/09/16, adorei realmente uma beleza indescritível, mesmo lendo que não seria um bom período resolvi arriscar. As lagoas que encontrei cheia depois de muita caminhada valeu muito. Assisti ao por do sol nas dunas, fiz o passeio da voadeira pelo Rio Preguiça, flutuação na Cardosa e fui Atins.
Um bom local para se conhecer.

Jefferson
JeffersonPermalinkResponder

Estive lá com minha namorada na primeira semana de setembro (2016) e realmente boa parte das lagoas já estavam secas, mesmo assim o lugar é maravilhoso. Recomendo em Santo amaro ir até a Betânia, andorinha tb.
Em relação ao transporte, tivemos um contratempo com o Carlos (Transfer Malheiros telefone 98-98826-5232, que nos levaria de são luiz até santo amaro)) prometeu nos buscar na madrugada (2h30) e o motorista simplesmente furou e não avisou. Td isso pq eu tinha passado o endereço do hotel e ligado pra ele diretamente as 19h do dia anterior. Perdemos um dia de viagem pq os transportes só saem em horários específicos e sendo assim só fomos pra lá as 12h. Portanto, não recomendo.

SILVANA
SILVANAPermalinkResponder

Não deixem construir estrada de asfalto de sangue a Santo Amaro, vai acabar o sossego...Santo Amaro é uma magia e nao pode acabar o encanto deste lugar...Lençois Maranhense acho que nunca estive em um lugar tão lindo.

Priscila
PriscilaPermalinkResponder

Buscando informações sobre o nível das lagoas, vi que o próprio site oficial do parque atualiza mensalmente o estado atual do nível das águas no link: https://parquelencois.com.br/lencois-maranhenses-lagoas/
Talvez seja de alguma ajuda aos que têm dúvidas sobre a condição do parque em uma data próxima à da visita!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Priscila! Não é um site oficial, é de uma agência de turismo receptivo, mas parece ser confiável.

Estamos acompanhando a situação das chuvas, está chovendo bastante desde o início do ano! A temporada de 2017 promete.

Carla Tolosa
Carla TolosaPermalinkResponder

Esse post e o post de "como chegar" estão incríveis!!!! (Não esperava menos ?)

julio
julioPermalinkResponder

Ola estou pretendendo ir agora em junho no feriado dia 15 gostaria de saber se e uma boa epoca e se tem chovido bem na regiao

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Julio! Esse ano tem chovido, sim. As perspectivas são boas.

Maria Antonia
Maria AntoniaPermalinkResponder

Olá! Estou com viagem marcado para os Lençois e descobri que estou grávida. Agora estou em dúvida se vou ou não, pq os passeios envolvem muita caminhada nas dunas né? Enfim, nao tenho muito ideia... o que acha? É uma viagem recomendada para uma grávida? Abraço.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria Antonia! Converse com seu médico. Blogueiros de viagem e internautas leigos não são bons consultores de assuntos de saúde.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar