Roma

Cidade aberta

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Roma é uma cidade ocupada por história e mitologia.

Fontes, palacetes e templos aparecem a cada curva; os prédios mais novinhos que você verá terão 150 anos. Juntinho ao centro da cidade, ruínas imperiais desafiam a sua imaginação. Um outro império, porém, resiste, do outro lado do Tibre: o Vaticano.

Para dar conta de tudo isso você precisa de tempo e preparo fisico. Destrinchar Roma requer agenda e disposição para bater perna e comer poeira. (Em Roma, faça como os forasteiros: leve uma garrafinha e encha de graça nas bicas que há na cidade inteira.)

Sempre que puder, saia do eixo mais turístico – Piazza di Spagna-Fontana di Trevi-Pantheon. No Campo de’ Fiori, no Trastevere, em San Giovanni e no Testaccio nossos colegas ainda são minoria.

Quando ir

A época ideal é primavera: abril e maio têm pouca chuva e a temperatura encosta nos 20 graus de vez em quando.

Junho ainda é encarável, mas julho e agosto são para os fortes: além do calorão, é preciso enfrentar as multidões que todo meio do ano repetem as invasões bárbaras.

O outono (a partir de meados de outubro) é menos interessante do que a primavera porque é mais chuvoso. Mas é preferível ao verãozão. No inverno, temperaturas mínimas próximas de zero afugentam as hordas. É uma época interessante – desde que você vá com tempo sobrando (os dias são curtos…) e não tenha medo de frio.

Como chegar

Só a Alitalia voa direto a Roma, saindo de São Paulo. A TAM só voa a Milão (também de São Paulo). Todas as outras cias. européias levam a Roma com uma conexão.

Se o seu ponto de partida for de qualquer lugar da Itália continental, chegue a Roma de trem, que agora tem um tronco norte-sul ultra-rápido. Caso você desçar em Milão e fique uns dias por lá, vale a pena continuar a Roma pelos trilhos: são 2h59 na linha rápida direta.

Onde ficar

Dá pra ficar na região do Termini? Se não desse para ficar, não haveria taaantos hotéis por lá. É prático: você vem de trem do aeroporto e pode ir a pé ao hotel. Há ônibus e metrô fáceis para o centro histórico.

Não é perigoso, mas é mal-encarado. Por isso meu conselho é: antes de se render ao Termini, tente em lugares mais agradáveis. Campo de’ Fiori e Trastevere têm alguns hotéis simpáticos. Monti, no meio do caminho entre o Termini e o centro histórico, é um centro hoteleirinho interessante. (Já o Vaticano acho fora de mão.)

Para alugar, minha dica é a mesma: Campo de’ Fiori e Trastevere.

Daqui pra onde

O bate-volta mais comum é às ruínas de Pompéia; saindo cedo, ainda dá para fazer um pit-stop em Nápoles (1h10 a Nápoles, mais 35 minutos de trem suburbano).
Ostia Antica está a meia hora de trem; Tívoli, a 1h20 (de ônibus); Assis, a 2h de bumba.

Florença está a apenas 1h15, mas fazer como bate-volta é um pecado. Outro bate-volta a evitar é Capri; deixe para uma viagem tranqüila à Costa Amalfitana entre maio e setembro.

Em viagens picadinhas, cuide para não alocar menos do que 4 dias a Roma. O trio Roma-Florença-Veneza requer ao menos 10 dias.

Roma no Viaje na Viagem

38 comentários

Atenção: perguntas que já estejam respondidas no texto e comentários ofensivos ou em maiúsculas serão deletados.

Cancelar
Luciano
LucianoPermalinkResponder

Antes de mais nada, parabéns pelo novo visual. Tudo bem que o conteúdo de vocês fica bem até em papel de pão, mas nada como unir beleza exterior e interior smile.

Estou me antecipando um pouco, mas tive um incidente nas férias deste ano que me fizeram ficar em casa então estou com apetite para planejar as do ano que vem. Vou à Itália em julho/agosto do ano que vem (férias dos meninos, fazer o quê?) e planejo ficar entre 10 e 15 dias. Considerando que vou com 2 crianças, de 11 e 3 anos, então meu ritmo é mais lento, minha dúvida é: Roma-Florença-Veneza ou Roma-Florença-Costa Amalfitana/Capri?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luciano! Com poucos dias e com crianças, o ideal seria fazer Roma-Florença-Veneza. Costa Amalfitana envolve mais deslocamentos e muito sobe-e-desce de escadas, além de ficar superlotada de turistas nessa época do ano.

Para dicas de como montar o seu roteiro, veja:
http://www.viajenaviagem.com/2011/12/como-montar-viagem-europa/
http://www.viajenaviagem.com/2010/07/europa-quantos-dias-em-cada-lugar/

Luciano
LucianoPermalinkResponder

Bóia,

era isso que eu temia... sad
Quanto ao bate-volta a Pompéia, você acha que dá para fazer?

Muito obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luciano! É um passeio puxado! Como não precisa ser comprado com antecedência, você pode deixar para decidir in loco, de acordo com o ritmo da sua turminha smile http://www.viajenaviagem.com/2009/07/passo-a-passo-bate-volta-de-roma-a-pompeia-e-napoles/

Juliana C Leite

Boia et al.,

Pretendo fazer Roma a Madrid de carro, mas estou com dificuldades de achar locadoras de carro que permitam pegar o carro em Roma e devolver em Madrid. A rota prevista eh Roma, Cinque Terre, Monaco, Nice, Avingnon, Lourdes, Madrid.

Alguma dica de locadora ou site para ajudar na pesquisa?

Obrigada!

Juliana
World, Surprise me: http://world-surpriseme.blogspot.com/

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Juliana! Por favor não repita perguntas em posts diferentes. Já respondemos no post da Côte d'Azur.

http://www.viajenaviagem.com/2014/07/hoteis-provence-cote-dazur-dicas/comment-page-1/#comment-430814

Juliana C Leite

Para complementar minha pergunta anterior: ate encontro aluguel de carro em agencias como Budget, mas nao sei se os precos fazem sentido - aluguel em torno de US$500 e taxas de US$2000! Eh isso mesmo?

Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Juliana! É o que eu disse na resposta à mesma pergunta que você postou na Côte d'Azur. Não é um tipo de viagem que se faça. (E por favor, não repita perguntas em lugares diferentes).

Roberta Gullo
Roberta GulloPermalinkResponder

Olá!!! Gostaria de uma ajudinha, por favor.
Um amigo me informou que vários pontos turísticos em Roma estão em obra: Fontana de Trevi, Coliseu, Praça de Espanha...
Fiquei um pouco frustada, uma vez que tô com viagem marcada para novembro.
Vocês têm informações sobre essas obras e sabem me dizer se, mesmo em obras, vale à pena a viagem?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Roberta! Em qualquer momento sempre haverá monumentos importantes em obras em qualquer, qualquer, qualquer lugar da Europa.

GEISUN
GEISUNPermalinkResponder

Boa noite! Estamos indo para a Espanha / Itália em setembro e gostaria de saber se é necessário tomar alguma vacina? Valeu mesmo e obrigado pelas informações.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Geisun! Não precisa, não!

jaqueline
jaquelinePermalinkResponder

ola o que voce me sugere em minha viagem onde saio do rio para roma e que ir parando ate chegar a munique no período de 20/09 a 04/10. gostaria muito daquelas cantinas bem artesanais também.

Cleia zeminian

Olá,Luciano!!vou em dezembro para Milâo,quero ir para Roma de trem rápido,tenho uma duvida!!!!vc saberia me informar qual tamanho de mala daria para levar?sei que o espaço é pequeno,mala média daria? Obrigada cleai

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cleia! O ideal é viajar com uma mala média, de até 65 cm de altura quando em pé. Maior que isso, você se arrependerá.

Açucena
AçucenaPermalinkResponder

Olá Bóia!
Eu ia justamente fazer o trio Roma-Florença-Veneza em 7 dias (6-14/11), com 3 dias inteiros em Roma, 2 em Florença e 2 em Veneza, isso porque eu ainda tenho um voo pra Paris pra ficar só mais 2 dias, visto que meu voo de volta é por Paris. Nessas condições, acho que vou ter que sacrificar Florença ou Veneza. Eu sei que isso vai muito da pessoa, mas o que você me recomenda sacrificar, Veneza ou Florença?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Açucena! Como o seu tempo é curto, em Roma fique 4 dias inteiros. Depois, com apenas 3 dias, sendo um com deslocamento, sobra pouco tempo para rodar pela Toscana. Por isso, talvez seja melhor ir para Veneza. Com 2 dias inteiros, dá pra passear bastante. E de lá, existe vôo direto para Paris.

Açucena
AçucenaPermalinkResponder

Obrigada Bóia, seguirei exatamente as dicas! smile

Felipe Alves
Felipe AlvesPermalinkResponder

Olá! Estou de passagem comprada para a Europa no mês de novembro. Passarei 12 dias ao total, sendo dez dias completos. A viagem se inicia em Roma e termina e Paris. Qual roteiro seria mais proveitoso na sua opinião? Grato.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Felipe! Recomendamos um mínimo de 5 dias, idealmente 7, numa primeira visita a Paris. Você pode dividir a estada entre as duas cidades (voando entre elas) ou encaixar Veneza ou Florença entre as duas (voe de qualquer uma delas a Paris).

Alessandra Penha

Olá! Primeiramente preciso dizer que eu adoro seu site! Parabéns!! Agora, tenho algumas perguntas, estou pensando em fazer uma viagem para Itália, em janeiro, tenho pouco tempo para viajar, basicamente 1 semana, sendo que um dos destinos certos é Veneza!
Na sua opinião, qual seria outro destino?? Gostaria de saber também se os invernos são muito rigorosos, com neve, afugentando os turistas ou se dá para curtir as cidades!
Obrigada

marcia de freitas cortez

Olá, escrevo para agradecer as inúmeras dicas que muito facilitou a viajem que eu e minha família fizemos em junho pela Itália .Começamos por Veneza onde a chegada de barco táxi recomendada pelo site funcionou de forma impecável.Em Florença fizemos um passeio pela Toscana com a empresa Viator. Passeio honesto e muito organizado. Concordo que em Roma é necessário ter preparo físico. A cidade é enorme e com inúmeras atrações imperdíveis.Contratamos os serviços da Elmocar transfer e turismo que facilita de forma impecável os passeios pela maravilhosa Roma.O passeio noturno é imperdível !!!!! Mais uma vez o meu muito obrigado pelas dicas. Abraços, Márcia

Luiz Aquino
Luiz AquinoPermalinkResponder

Estarei chegando em Roma dia 17 de Janeiro de 2015 e ficarei até 19. Já estive em Roma três vezes. Depois vou a Florença, Sorrento e Verona. Estou preocupado com o frio. Não estou muito acostumado. É verdade que por volta das 16 horas começa a escurecer? Chove muito nestas cidades nesta época?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luiz! Os dias de inverno são realmente mais curtos; vai começar a anoitecer lá pelas 17h. Não chove muito, não. Veja como se abrigar do frio: http://www.viajenaviagem.com/2010/12/europa-no-inverno-impressoes-e-dicas-de-um-recem-chegado/

Iracy Oliveira

Olá, antes de tudo quero agradecer às dicas de voces, tanto no blog como nos comentários, já que tiro mts dúvidas.
Em novembro farei o circuito Roma-Florença-Veneza retornando de navio. Acho que será uma linda viagem, pois será a 1ª vez na Itália e já anotei várias dicas de vcs. Mas agora pintou uma dúvida. Recebi um email do Booking informando sobre um imposto citadino em Roma, que será aplicado a partir de setembro a todos os clientes de hotelaria.
Vc sabe me informar que imposto é esse?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Iracy! Não consegui localizar essa informação na internet. Mas se o Booking diz que tem, tem.

Fabiola
FabiolaPermalinkResponder

Iracy, também recebi esse email, e por isso enviei uma mensagem para o hotel que vou me hospedar em outubro. A resposta deles confirma o email do booking.com, e a partir de 01/09 a taxa cobrada será de 3 euros por dia.

Açucena
AçucenaPermalinkResponder

Bom, como eu disse eu outro post daqui, estou indo à Roma em novembro e já li todos os relatos sobre a região do Termini.. Já sei que não é uma área bonita, que é a mais barata e como você disse, é mal encarada.. Uma amiga minha que esteve em Roma há umas três semanas me disse pra eu ficar pelo menos umas cinco quadras longe do Termini, porque dá pra ir andando de dia sem problema e de noite, não fica muito próximo. Eu queria saber se essa informação da minha amiga procede, Bóia, Ricardo.. Até agora não consigo resolver o lance da hospedagem...

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Açucena! O perigo na Europa está nas aglomerações turísticas durante o dia e no transporte coletivo.

Leia:
http://www.viajenaviagem.com/2013/07/europa-inseguranca-turismo

Mônica Chatel

Bóia, gostaria de uns pitacos na minha viagem.
Agora em setembro vou para Milão, Veneza, Florença e Roma.
Roma é o X da questão.
Chego na 6a feira dia 19 de manhã e fico até dia 27 a noite, ou seja tenho 7 dias cheios.
Já agendei visita noturna ao Museu do Vaticano e Capela Sistina para o dia da chegada.
Penso em ir na Galleria Borghese no dia 25 e comprar o ingresso pelo site, já com horário agendado - não usar o Roma Pass
Talvez um bate e volta para Pompéia e Nápoles dia 21, depende da disposição, na hora vejo.
Capri estou para desistir, acho que fica muito cansativo e frustante, provavelmente ficará para a próxima.
Qual roteiro voce me sugere pra ver Roma bem vista, com calma, tomando uns capuccinos vendo a vida passar , no esquema de separar por bairros?
E quanto ao uso do Roma Pass, compro? Passe de ônibus? Compro o Roma Pass lá?
Obrigada mais uma vez, pessoal!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mônica! No post sobre o Roma Pass a gente dá um roteirinho com as principais atrações da cidade. Dá uma olhada lá wink

Kelly Fernandez

Olá!
Gostaria de deixar uma dica para quem procura um passeio diferente em Roma. Que tal um passeio de bike pela Via Ápia Antiga? Essa é a estrada mais antiga da Roma, fiz um relato no meu blog contando essa experiência, com mapa e distâncias dos diversos pontos turísticos: http://mochilahiperativa.com.br/2014/08/14/roma-passeio-de-bike-via-apia-via-appia-antica/

rita
ritaPermalinkResponder

oi .. Ricardo vou para Itália final de outubro..e gostaria de saber se vale a pena visitar Milão..? ou Roma seria mais interessante pois terei apenas 9 dias para passera..e ainda uero conhecer veneza..e tb nao sei qual melhor lugar e mais em conta para se hospedar em roma.. e vc acha qu consigo ir em 1 dia e volar em veneza?...

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rita! Quem responde é A Bóia.

Veja roteiros de 9 dias na Itália:
http://www.viajenaviagem.com/2012/03/roteiro-9-dias-europa

Yuri
YuriPermalinkResponder

Olá Bóia e pessoal,

estou viajando para Roma no dia 15 de outubro. Consegui através do site de vocês as dicas para a visita a Necrópole e já consegui reservar o dia. Estou com algumas dúvidas de roteiro e queria pedir muito a ajuda de vocês.

Chego dia 16 (quinta) e saio dia 19 (domingo)
Quinta: seria um dia morto, pois chegaríamos pela tarde provavelmente exaustos. Teria algo que poderíamos fazer bem light sem usar o Roma Pass?
Sexta: Vaticano e Necrópole
Sábado: Coliseu e tudo que envolve a primeira gratuidade do romapass.
Domingo: Galeria Borghese e (noite) ir embora da cidade

Minhas dúvidas são:

- falam que domingo e quarta são os dias em que o papa fala. Sabe a hora que ele faz isso? É possível visitar a galeria borghese (se eu conseguir agendar o horário mais cedo de domingo) e depois dar um pulo para ver o papa falar?
- Não vi no site de vocês dicas para comida (me corrijam se eu que não consegui ver). Vocês indicariam alguns lugares em conta para comer? Adoraria provar da culinária Italiana, mas no meu roteiro ainda estou perdido nesse quesito.
- Há algum lugar que possa se visitar à noite? Como chego na quinta poderia ver algo pela noite. Vocês indicariam algum lugar free?

Obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Yuri! No dia da chegada, passeie a esmo pelo centro histórico, sem consultar mapa, para se perder mesmo e se surpreender com o que aparecer no seu caminho.

À noite, vá ao Campo de Fiori ou Trastevere.

Não temos dicas específicas de onde comer. Evite restaurantes com "menu turistico" ou menu em 4 línguas na porta. Tanto no Campo de Fiori quanto no Trastevere você encontrará esse tipo de restaurante.

As bênçãos papais acontecem quarta-feira às 10h30 (é preciso requerer ingresso) e domingo às 12h (não é preciso ingresso). As coordenadas estão nesta resposta:
http://www.viajenaviagem.com/2010/06/tour-secreto-do-vaticano-o-peesse-fez/comment-page-2/#comment-346212

Mais dicas de como escolher restaurante em viagem:
http://www.viajenaviagem.com/2012/09/7-dicas-escolher-restaurantes