Buenos Aires sem pacote: vale a pena?

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Extraído da minha página Turista Profissional no Estadão desta semana.

[caption id="attachment_3970" align="aligncenter" width="450" caption="Palermo Soho, Buenos Aires"]Palermo Soho, Buenos Aires[/caption]

Nenhum destino no exterior tem pacotes tão em conta quanto Buenos Aires. Para julho, com saída de São Paulo, ainda é possível conseguir ofertas de passagem e duas noites a US$ 250 por pessoa em quarto duplo; para três noites os preços começam um pouco abaixo dos US$ 300.

A hospedagem dos pacotes mais baratos normalmente é em hotéis três-estrelas localizados no chamado Microcentro, entre a Calle Florida e a Avenida 9 de Julio. Ainda que você queira ficar em hotéis mais luxuosos no Centro, em Puerto Madero ou mesmo na charmosa Recoleta, vale a pena pegar um pacote: é difícil conseguir, por conta própria, condições mais vantajosas do que as oferecidas pelas operadoras.

A coisa só muda de figura quando você, veterano de Buenos Aires, não precisa mais conferir todas as atrações turísticas - e quer se dedicar apenas a bater perna, namorar vitrines, beber e comer no melhor lugar da cidade para fazer tudo isso: Palermo.

Os hotéis de Palermo são pequenos e voltados ao viajante independente; por isso têm se mantido fora do radar das grandes operadoras. Para se hospedar por ali vale o esforço de garimpar uma passagem muito barata (para julho ainda se acha ida e volta abaixo de US$ 200) ou mesmo sacrificar milhas (que poderiam ser usadas em rotas mais caras no Brasil ou dentro da América do Sul).

É um bom momento: a crise -- que está deixando americanos e ingleses em casa -- forçou os hotéis do bairro a reduzir as tarifas. Um dos mais novos, o grandote Esplendor Palermo, está com diárias a US$ 90. Também ali na muvuca, o Soho All Suites baixou a tarifa dos apartamentos menores de US$ 175 para US$ 120. No descolado Five Cool Rooms, as diárias começam em US$ 105. A maior pechincha do pedaço, porém, são os dois apartamentos com banheiro privativo da pequena Che Lulu, a US$ 70. Na outra ponta do mercado (e do bairro), o premiadíssimo Home cobra o equivalente a um cinco-estrelas na Recoleta - em torno de US$ 250.

(Querendo passar em revista todos os hotéis e bed & breakfasts de Palermo, visite o ótimo blog trendypalermoviejo.blogspot.com.)

E existe uma maneira de bater a economia dos pacotes, em qualquer ponto da cidade. Basta programar uma estada prolongada (algo como cinco dias ou, idealmente, uma semana) e alugar um apartamento.

A BytArgentina.com tem studios bem localizados desde US$ 350 por semana. Para encontrar um apartamento de luxo (e pagar bem menos do que por um hotel estrelado) procure na ApartmentsBA.com. A seleção mais estilosa é a da B.A. For You, uma agência dirigida ao público gay, mas que não tem preconceitos contra quem não é.

Quando for pesquisar, tenha em mente que a melhor relação preço x qualidade costuma estar nos apartamentos localizados no Barrio Norte, que é vizinho da Recoleta e está bem à mão para passeios e noitadas lá pelas bandas de Palermo.

100 comentários

Ronda aleatória « Viajante Aleatório

[...] ? Buenos Aires sem pacote: vale a pena? Se não é sua primeira vez na cidade, o mago das viagens Ricardo Freire diz que sim. [...]

Carla
CarlaPermalinkResponder

Riq, querido, confessa: você está fazendo esses posts sobre Buenos Aires de propósito, pra tentar a ala vibana no VnV, que está toda em crise de abstinência... lol

Acho que Buenos Aires vale a pena sem pacote para quem não é marinheiro de primeira viagem. Quem vai a Bs.As. pela segunda vez já se apaixonou pela cidade, e não quer ficar apenas os 3 ou 4 dias usuais das operadoras de turismo. Nesse caso, o custo de alugar um apartamento vai provavelmente tornar o preço total da viagem bastante atraente, mesmo que não se consiga comprar uma passagem super promocional.

Ricardo Freire

Haha, esta nota já estava pronta desde a semana passada. O artigo de Barracas é que se intrometeu no caminho mrgreen

Carla
CarlaPermalinkResponder

Ok... Eu deveria ter respondido filosoficamente: "Buenos Aires sempre vale a pena..." Estou começando a dar razão à Wanessa, que não está levando fé que eu vou resistir a ir a Buenos Aires esse ano... :roll:

Wanessa
WanessaPermalinkResponder

Carla, tá parecendo uma coisa pessoal, né? Eu já estou totalmente em crise, e o Riq vem com essa série de posts sobre BsAs... É muita crueldade!

Ontem mesmo, quando dei por mim, estava pesquisando passagens fazendo a triangulação JPA-BSAS-Curitiba, e encontrei por R$900,00 pela TAM (mais uns R$ 180,00 de taxas). Achei o preço bom, mas vou esperar por alguma promoção mais pra frente. Se bem q sempre erro no timing da compra da passagem...

E, Carla, dou quase como certo que vc vai a BsAs antes mesmo de mim!

Carla
CarlaPermalinkResponder

Menina, até eu já estou quase acreditando nisso!!! Veja só o poder de persuasão desses posts... lol (Desculpinha boa essa, né?)

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalinkResponder

E eu aqui arrasada, pois não poderei viajar...Estes posts estão sendo de partir o coração!
Abç,

Carla
CarlaPermalinkResponder

Ah, um comentário favorável ao Barrio Norte é que ele está mais próximo do metrô - a relativa distância do metrô é o único ponto negativo que eu vejo na minha adorada Recoleta... wink Como tive uma péssima impressão do trânsito em Bs.As. ano passado (talvez porque nos 2 anos anteriores visitei a cidade no verão, mais vazia por causa das férias) agora estou preferindo tomar o metrô a andar de táxi...

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Estou contigo Carla , estar perto do subte é um luxo !
Ontem dei uma olhada nestas hospedagens para depois de julho e não encontrei tarifas amigáveis . Mas sem duvida , os valores para julho são excepcionais .
O apes da BA FOR YOU sao espetaculares e a maioria em localização imbativel ; ótimos preços e com a possibilidade de aluguel por periodos curtos . Um achado vibanesco !
* Só não esqueçam que julho é gelado , geladíssssssissimo grin

Ricardo Freire

Achado vibanesco, não: achado da Sylvia mrgreen

Flavia
FlaviaPermalinkResponder

Nem li o texto ainda, depois comento. Dúvida: amiga indo pra Londres perguntou por hotel (eu já dei o site, mas sacumé, ela sabe que vou me virar). O post "hotel maneiros, não careiros em LOndres" ainda tá valendo ou tem mais alguma sugestão?

Ricardo Freire

Daquele post, o Base2Stay http://www.base2stay.com e o Hoxton http://www.thehoxton.com (Shoreditch) continuam depezíssimos.

A Mayflower Collection tem hotéis bacanas a bons preços; a Mô conseguiu uma barganha pro fim do ano.
http://www.mayflowerhotel.co.uk/

Das redes basiconas, a Premier Inn tem boas localizações em Euston e Earl's Court (que eles chamam de... Kensington).
http://www.premierinn.com/pti/hotelInformation.do?hotelId=23882
http://www.premierinn.com/pti/hotelInformation.do?hotelId=24070

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

O único 'defeitinho' que achei no Base2Stay é que o pagamento é antecipado. Fora isso, as tarifas não tem para ninguém! E o Riq tem razão, os aptos são bem bonitinhos.

Flavia
FlaviaPermalinkResponder

Pronto, agora como gente normal: tá ficando até chato fazer mais de sei-lá-quantos-anos que não vou a BAires...tentei cooptar meu filho, dizendo que ele não conhecia (com essa obrigação eu me mexo, vcs sabem) mas ele disse que não precisava conhecer BAires...Mas tÔ ficando com vontade. E apesar de nem saber como está a cara da cidade, já sei que tenho que ficar em Palermo...
Quem sabe eu me animo né?

Paula*
Paula*PermalinkResponder

Gentem....podia bem rolar uma ConVnVenção em BsAs. Assim, todo mundo resolvia o problema da abstinência! smile
Quem topa?! wink
Ai que saudade....

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

FLAVIA , e o argumento das melhores livrarias do cone sul ? mrgreen
PAULA* A convnvenção de POA , tá rolando muito devagar pro meu gosto . Quem sabe a gente vai um pouquinho mais pra baixo , no feriado do dia das crianças ?? lol

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Não vamos ter a van do Tio Arnaldo em BsAs , mas temos o Kangoo do nosso motora favorito grin
Que tal viajar um pouquinho mais e alugar uma daquelas casas bárbaras em Palermo , e colocar todos os trips ( assim tipo wink home stay de luxo ? Com direito a uma super refeição estrelada do nosso "chef ***** " wink

Maria das Graças

Sylvia, quem é o seu motora favorito? Estou indo a BAires dia 15/10 é posso precisar de um.

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Semana passada amigos ligaram para o motorista , e o fone estava mudo (deve ter mudado o numero). Faça assim :
quando pegares um taxi na rua e gostares,pede o telefone.
É assim que fazemos sempre grin

Paula*
Paula*PermalinkResponder

Sylvitcha, adorei a idéia! smile
Seria tudibom!!!! wink

Paulo Torres
Paulo TorresPermalinkResponder

Tem uma opção mais barata que pacote, que é ficar em albergues. Para quem viaja sozinho e vai usar o quarto somente para dormir, vale a pena, e BsAs tem muitos albergues bem localizados (em San Telmo, em Palermo, no Microcentro).

Juliana
JulianaPermalinkResponder

Adorei as sugestões de hoteis em Palermo. Estou pensando em ir pra BA em outubro e queria ficar justamente nesse bairro! O All Suites me pareceu ótimo! Obrigada Riq

Hugo Loureiro
Hugo LoureiroPermalinkResponder

Com um pouco de planejamento você ganha facil do pacote. A questão é que a cidade é destino preferido para uma primeira viagem internacional e os pacotes a partir de São Paulo são realmente muito barato.

Ana Claudia
Ana ClaudiaPermalinkResponder

Aiiii que saudades!!! E só faz uma semana que voltei...

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Eu fiquei em apto na minha última ida e não gostei. sad
É bacana, mas não para um viajante sozinho.
E podem pegar os tomates: eu NÃO ficaria hospedada em Palermo de jeito nenhum.
Pra mim é tipo assim: você vai ao Rio e no lugar de ficar em Ipanema, Leblon, se hospeda na Barra. Que tem ótimos restaurantes, baladas, praia linda, mas... mó sem sal.

Carla
CarlaPermalinkResponder

Mô, eu divido as tomatadas com você... lol Também não ficaria em Palermo de jeito nenhum - curto bastante os restaurantes, mas pra mim Palermo acabou aí... Pra quem não liga muito pra lojas nem baladas, acho que mais vale ir uma vez ou outra para almoçar ou jantar do que se hospedar no bairro...

E sabe que faz sentido essa história de não ser tão legal para um viajante sozinho alugar um apê? Não tinha pensado nisso porque não costumo viajar sozinha - mas faz bastante sentido...

Wanessa
WanessaPermalinkResponder

Mô e Carla, como moro sozinha, não me importo de alugar apartamento também nessa condição, já estou acostumada. Se bem que, das duas vezes em que aluguei em BsAs, eu estava acompanhada na maior parte dos dias...

Mesmo assim, acho que vale a pena. Ficando em hotel, eu jamais poderia pensar em ficar tantos dias quanto estou programando para a próxima viagem!

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Então, eu também moro sozinha.
Com isso o hotel fica mais caro que o apto sempre.
Mas como tenho sorte, sempre fico em hotel bacaninha e baratinho, não me importo de pagar um pouco a mais.
Das outras 3x que estive lá eu sempre ficava em hotel e chegava tarde, passava o dia na rua, a noite praticamente ia só para dormir.
O apto teve efeito contrário comigo. Não me pergunta pq não sei explicar...

Wanessa
WanessaPermalinkResponder

Espero tirar a prova ainda esse ano, Mô. Estou programando ficar em apartamento na próxima viagem e, dessa vez, acho que vou sozinha mesmo.
Sabe q nem estava me passando pela cabeça essa hipótese de não gostar de ficar uma temporada mais longa em apartamento viajando sozinha? Parei pra pensar e vi que só fiquei 2 ou 3 dias no apartamento, embora já tenha feito viagens mais longas sozinha... Vou levar em conta a sua experiência.

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Gosto pacas de viajar sozinha, vc sabe.
Mas no apto nem com a recepção a gente conversa! rs
Nem pra pedir licença no café da manhã...
Nem agradecer o porteiro do hotel...
Claro que a gente acaba falando na rua, mas acho meio solitário demais. Aí a coisa de 'não é minha casa' fica ainda pior no apto.
Sinceramente eu não pretendo ficar em apto nunca mais.

Carla
CarlaPermalinkResponder

Pois é, meninas, eu também moro sozinha - mas não tenho gosto por viajar sozinha, não... E hoje, pensando no que a Mô disse sobre a experiência de alugar um apartamento não ser tão legal para quem viaja sozinho, fiquei pensando que seria realmente mais solitário do que ficar em um hotel... Bom, como os meus planos de ir sozinha para Buenos Aires se limitam a quando eu for finalmente fazer o meu curso de aperfeiçoamento em espanhol, vou continuar considerando o apartamento, porque aí a experiência será semelhante à experiência de morar sozinha na minha casa "de verdade"... wink

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Ah, Carlinha, mas aí é para um curso, um tempo maior, acho que nem rola mesmo ficar em hotel, né?
Vanessa, acho que esta experiência varia de pessoa para pessoa, só ficando mesmo para saber!
Eu fiquei 9 dias lá em fevereiro nesse esquema. Não fiquei feliz mesmo... sad

Carla
CarlaPermalinkResponder

O curso faz a viagem ganhar uma carinha de "morar na cidade", né, Mô? O contato social fica garantido, e aí morar sozinha lá fica mais parecido com morar sozinha aqui... wink

Nick
NickPermalinkResponder

Olá Riq
Estive em Buenos Aires no ano passado e aluguei um apartamento em Palermo por 10 dias na www.bahomerental.com, o pessoal do site é super prestativo e correu tudo bem. Ficamos num prédio novo tipo loft, para duas pessoas e com piscina na cobertura por US$50 a diária. Palermo Holywood não é tão agitado como o Palermo Soho, mas e talvez por isso mesmo seja uma ótima opção. Para mim o bairro de Palermo hoje já pode ser cinsiderado como um destino turístico em si, pois reune compras, gastronomia e agitação com um charme pouco visto em outros lugares do mundo. Imperdível !!!

Luana
LuanaPermalinkResponder

Com a passagem da Gol a R$ 190,00,eu acho que vale a pena ir sem pacote. Vou quarta que vem pra ficar 5 noites no Esplendor e ficou tudo por menos de mil REAIS! smile

Dionisio (www.blig.com.br/dionisio)

Já fui diversas vezes a Buenos Aires e sempre verifiquei, antes, os preços dos pacotes: sempre foi mais barato ir por conta própria, partindo aqui de Porto Alegre. Comprando passagem com antecedência e parando no Ibis, não tem pacote que bata o preço. Aliás, dá até para pegar um hotel melhor e empatar o preço do pacote com hotel categoria turista. Claro que muito em cima de feriados a coisa complica, pois fica difícil encontrar hotéis de bom preço ainda com vagas.

Geo
GeoPermalinkResponder

Acabei de voltar de lá. Milhas + Ibis = Imbatível, mas achei o Ibis tão assim... foi o pior Ibis que já fiquei mas como o propósito era viajar pra fora quase de graça foi tudo certo. Acho que o leitor do VNV (e outros blogs) vai ficando meio avesso aos pacotes. Abraços!

Ricardo Freire

Esse argumento "usar milhas para viajar pra fora quase de graça" vale pra dentro, também mrgreen Às vezes a gente fica calculando demais o custo x benefício das milhas (o vôo pra Manaus ou pra Caracas é bem mais caro!) quando, sem complicar as coisas, viajar de graça pra onde a gente quer já é bom demais.

Geo
GeoPermalinkResponder

Com toda certeza. Qualquer trecho serve, desde que seja o nosso destino esolhido. Uso sempre p/ o Nordeste. Falei esse "viajar pra fora quase de graça" porque estou guardando meus cartuchos pra Zoropa no final do ano. Aliás, vou pedir umas dicas de hotéis depois. Roteiro pronto, passagem quase comprada, só falta esquecer o acidentes aéreos e escolher os hotéis.

Geo
GeoPermalinkResponder

Aliás, pessoas, preciso de uma opinião...
Viagem e dezembro com retorno ao Brasil numa data delicada (01/01). Dólar numa faixa aceitável até Deus sabe quando, e, expectativas de uma banda tarifária mais amigável até o final do ano. Estou no dilema se compro ou espero... alguém palpita????? Obrigada

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Eu compro , não penso mais nisso e tb não fico conferindo,se subiu, se baixou ...
Comprou o que queria ? Aproveite e não olhe mais grin

Geo
GeoPermalinkResponder

Sylvia, comprei! Tudo certo. Quando compro, tb não fico mais olhando o preço não. Meu roteiro é Budapeste, Praga, Veneza, Florença, Roma, Lisboa. Vou fazer de low cost: Buda/Praga e Praga/Veneza. Ainda preciso comprar esses trechos e vou começar agora a etapa de pesquisar hotéis. Vou pedir ajuda de vcs para isso e para simplificar a equação mala de inverno x voo low cost! Abraços

Ricardo Freire

O segredo é resistir à vaidade. Se você conseguir levar só um casaco pesado, não vai ocupar espaço na mala com capote.

Malu
MaluPermalinkResponder

Passei 48 hs em BsAs no último final de semana e achei a cidade linda. Fazia muitos anos que tinha ido para lá e senti uma mudança incrível. O frio estava na medida, com céu azul e sol e aquela lua iluminando as noites estreladas.
Riq, tive de acionar o plano B no quesito cartões pois o débito do Personnalité estava bloqueado ( sim, meu marido tinha avisado a gerente, que ainda não sabe o que aconteceu ?????), somente o crédito funcionava (cartão múltiplo). Usei então o meu cartão de débito do Itaú normal. Na sexta fomos ao Mala Cara e estava vazio, não tivemos coragem de entrar. Percebemos que muitos restaurantes estavam vazios e alguns com uma ou duas mesas ocupadas. Nos disseram que era um final de semana atípico devido à proximidade do feriado. No sábado reservei o Sottovoce e adoramos. Lotadaço de argentinos e sem reserva ninguém conseguia mesa. Delicioso, super bem recebidos, adoramos. Fomos também no Las Lilas, Las Cabanas e andamos muito pela Recoleta. Tudo vazio, lojas, cafés, restaurantes, shopping....pouquíssimos brasileiros.Não fomos a Palermo porque não queríamos ficar correndo para ver tudo. Fica para a próxima, com mais dias e mais calma.As indicações foram ótimas e agradeço muito a todos que me ajudaram com dicas preciosas.

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Que ótimo Malu ! Acertaram em não ficar no Mala Cara , pois é um lugar pra almoçar , quando se está pelas redondezas .
O Sottovoce é uma ótima pedida , está sempre cheio , e as porções são enoormes ( garantindo os kg extras da volta ).

Malu
MaluPermalinkResponder

SYLVIA, escolhi o Mala Cara porque ia ter um conjuntinho com piano e sax naquela noite. Como tenho uma restrição alimentar, tinha opção para mim tb. De lá fomos para o San Babila, vazio e como estava sem meu caderninho com as opções B, C, D (indicadas pelos Trips e pelo Riq).resolvemos ficar no La Biela que eu sabia ter pratos para mim. Não estava lotado mas vÁrias mesas ocupadas e foi bom, com uma sobremesa divina: crepe de banana na calda de caramelo hummmmm. Nas churrascarias, fico nos pães maravilhosos e até comi um pescado do dia no Las Lilas, muito correto. Vc tem razão, bebe-se e come-se divinamente e meu marido queria voltar a pé para São Paulo para queimar as calorias smile

Débora
DéboraPermalinkResponder

Com a promoção da GOl com a passagem em torno de R$ 190 (por trecho e sem as taxas) vale a pena. Comprei as passagens e reservei um B$B em Palermo com diária por $65. Ao todo, a viagem para duas pessoas sairá R$ 2.600 para 7 noites. Em qualquer pacote orçado, 4 noites não saía menos de R$ 3.000 para o casal.

Majô
MajôPermalinkResponder

Para que eu quero descer !!!! Uma tentação esse postRiq wink Vontaaade de recoletear mrgreen

Sylvia, como assim não vai ter conVNVenção em POA ? Eles vão fazer promo novamente.

Mô, ainda bem que eu dei um haha com seu comentário wink tsk

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Majô querida, vc sabe que a Barra pra quem não mora na Barra tem essa cara, né? hahhahaha
Beijos, saudade!

Ana Carolina
Ana CarolinaPermalinkResponder

Se puder ajudar:

* Fiquei em Palermo, no Vain Hotel http://www.vainuniverse.com , no fim de maio, por 79 dólares a diária, reservando pelo hoteis.com (que é do mesmo grupo do expedia, mas tem site e atendimento por telefone - 0800 - em português, com sotaque nordestino).
* Meu comentário do hotel no TripAdvisor, EM PORTUGUÊS, que escrevi na segunda, foi publicado hoje e pode ser conferido em http://www.tripadvisor.com.br/ShowUserReviews-g312741-d656301-r31879593-Vain_Boutique_Hotel-Buenos_Aires_Capital_Federal_District.html. As fotos ainda não estão lá, mas o quarto em que fiquei é o do primeira foto da habitación N que consta no site.

* aproveitei uma promoção da Pluna e fui a partir de Curitiba pagando 99 dólares a diária. A promoção, que terminaria em 31.05, foi prorrogada até 14.06 e não duvido que prorroguem ainda mais. Só é necessário lembrar que a Pluna chega pelo Aeroparque e não por Ezeiza, que tem como pró o táxi ser muito mais barato (é muito perto de Palermo) e contra a falta de Banco La Nación para câmbio, o que implica na necessidade de ir munido de uns pesinhos (ou preparado para sacar por lá), pois o único câmbio é sofrível (estava dando 3,30 pesos por dólar, quando a cotação oficial era 3,72). Vi no site que há uma promoção de SP-BsAs por 178 dólares, mas não custa lembrar que a Pluna cobra pelo despacho de bagagens na volta e pelo serviço de bordo (pra mim serviu, não comi no vôo e voltei 'leve' - quilos a mais só em mim, pelo excesso de carnes, massas e dulce de leche).

Espero ajudar.

Ricardo Freire

Excelente, Ana Carolina! Tanto o achado quanto o fato do relato já estar no ar!

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Achei o hotel lindo!!

Ana Carolina
Ana CarolinaPermalinkResponder

Ricardo: obrigada! Só cheguei a Boipeba e Cayo Largo com a sua ajuda, então fico feliz em passar qualquer informação que possa ser útil. E onde escrevi que paguei na Pluna 99 dólares pela "diária", considere-se "ida e volta".

Mô: o hotel é lindinho mesmo, só tem o inconveniente do barulho das portas, mas me distraí com os 'prós' e nem dei bola para este contra - ainda mais considerando os 79 dólares da diária (se fosse o preço normal talvez eu tivesse achado barulhento, hehehe). Outro ponto a ser considerado é que alguns dos quartos standart não têm janela (como consta no TripAdvisor), mas acho que isso pode ser compensado pelo charme da área comum (que estava sempre vazia). Tb gostei da localização, a uma quadra e meia do Bobo (almocei lá e foi uma ótima experiência!).

Cynthia
CynthiaPermalinkResponder

Acabei de voltar e fiquei num apartamento lindo da BAfor you - inclusive contratei o shuttle de/para aeroporto com eles. Meu voo chegou a 1 da manha e eles estavam la me esperando. Adorei, o apt ficava em cima do subte, com uma decoracao super agradavel. Usei milhas na promocao: gastei 12mil milhas ida e volta. Foi super bom, valeu a pena!

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Estou falando com o Tomas do http://www.ba4uapartments.com.ar/
e é impressionante a atenção que estou recebendo .
Muito bom mesmo !

Rosa
RosaPermalinkResponder

Ana Carolina, os deslocamentos a partir desse hotel são fáceis? Me refiro a caminhadas e metrô.

Ana Carolina
Ana CarolinaPermalinkResponder

Rosa: Palermo é ótimo para caminhar e o hotel fica a três quadras de uma estação de metrô (Plaza Itália).

Geo
GeoPermalinkResponder

Parece que a conclusão do post é que: BsAs sempre vale a pena, com pacote, sem pacote; com hotel ou apartamento; andando de subte, taxi, ou à pé; em peso, real, ou dolar; ficando no centro, recoleta ou palermo; indo por qualquer companhia aérea, para seres carnívoros ou vegetarianos. Para ir uma vez só, ou muitas...

Rosa
RosaPermalinkResponder

Obrigada, Ana. Gostei muito e achei os preços muito bons, 154R$, em setembro.

Rosa
RosaPermalinkResponder

Geo, eu comprei passagem BSB/NY por 1600R$, TAM, para janeiro/2010, 5 x sem juros cartão, não pensei duas vezes. Todo mês, compro alguns dólares, gosto de administrar meus roteiros com tempo e tranquilidade.

Geo
GeoPermalinkResponder

Excelente preço mesmo!!!

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Meninas,
ai ai ai eu passo 3 dias sem visitar aqui e vcs já transferem a ConVnVenção de POA para BA?

Só assim para eu eliminar minha síndrome à lá Flávia - faz não sei quantos anos rsrs

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Nada disso Cristina . POA ainda está de pé para o Dia das Crianças. Vamos aguardar as promos de milhas , se não rolar , transferimos pra BsAs , ou pra outro lugar.
Os trips são mais importantes do que os lugares lol

Fred
FredPermalinkResponder

Olá, alguém poderia, por gentileza, me indicar onde encontro os tais pacotes de 300 USD para BsAS??
Obrigado,
Abração a todos.
Fred

Ricardo Freire

Eu tinha achado semana passada no http://www.submarinoviagens.com.br , Fred.

Fred
FredPermalinkResponder

olá Ricardo, muito obrigado pela dica!
Pena que cheguei tarde para bons preços para julho.
Aproveitando o ensejo, se permite, você acha que julho é época favorável a Punta Cana e Aruba? Pelo mesmo preço (cerca de R$3.000) ficaria com um hotel + café em Aruba ou hotel all inclusive em P.Cana?
Abração,

Fred

Fred
FredPermalinkResponder

Ricardo, só esqueci de completar que os hotéis OASIS (all) de Cancun estão na mesma faixa me deixando em dúvida também entre qual optar, também em razão do clima.
Obrigadao!

Ricardo Freire

A vantagem de Cancún e Punta Cana é o all-inclusive. Mas em Cancún você não vai aproveitar tanto, já que não deve passar muito tempo no hotel (muitos passeios), e sair à noite é programa. Em ambos os casos, porém, há o risco de furacões. O risco é pequeno, mas existe, de julho a novembro.

Se optar por Aruba, certifique-se de que o seu hotel está em Palm Beach ou Eagle Beach. Não compre o Sonesta, que fica no centro da cidade, e tem uma praia "artificial" (feita pelo homem) numa ilhota em frente.

Karen Cavalcanti

Riq e trips,
eu estive em Buenos Aires neste feriado, de pacote, (U$ 900, no Sheraton, hotelzão bacanão) e trouxe de lembrança alfojores, vinhos e...... uma gripe suina. Isso mesmo. Cheguei no aeroporto de Guarulhos pééééssima. E apesar da Anvisa nos fazer preencher um tal papel com a nossa condição de saúde, ninguém recolheu isso... Na verdade, niguem nem toca no assunto lá. Já na chega na Argentina é o maior stress. Tem até médico no desembarque, antes do controle de passaporte olhando para a carinha de cada um (só nessa fila levamos uma hora...). Mesmo gripada, nesta segunda-feira fui trabalhar pois achei que era mais uma gripe provocada pelo excesso de vinho, baladas, frio congelante na madrugada e tudo mais que Buenos Aires oferece. Mas como a febre apertou, na terça fui ao Einstein e pimba! Virei "caso suspeito"!! Exames colhidos, fui pra casa ficar em "isolamento". Ontem a Secretaria da Saúde me ligou aqui em casa para confirmar que estou com a famosa Influenza A H1N1. Fui orientada a ficar em casa por 7 dias, sem receber visitas e tomando um antiviral que eles mesmos fornecem. Já contagiei dois: a amiga que viajou comigo e uma colega de trabalho.... Fiquei impressionada incompetência das autoridades de saúde no aeroporto que me deixaram sair de lá de Guarulhos sem restrição nenhuma, ainda que eu já estivesse com sinais bem visíveis de gripe (espirrando e com forte coriza). Então, fica aqui o alerta para os pretendentes a ótimos momentos em Palermo Soho, Palermo Hollywood e cercanias. O virus tá solto na Argentina e lá tem mais gente doente do que aqui!!! So, take care!

Ricardo Freire

Puxa, Karen! Melhoras, então!

Se a coisa está assim na Argentina, provavelmente vamos ter que conviver com isso por aqui também, à medida que o inverno for ficando mais rigoroso.

Posso abusar? Depois você nos faz uma comparação entre essa gripe e outras que você já tenha tido? Brigado!

Karen Cavalcanti

Riq, é pra já.

a suína é muito parecida com as outras gripes que já tive. Simplificando, eu diria que nada mais que uma gripe beeeem forte. Suas características são a febre alta (38, 39) que chega de repente, dores no corpo, cansaço, nariz escorrendo, tosse seca e um pouco de dor na garganta. Eu não tive dor de cabeça mas faz parte do pacote. Ou seja, a gripe não tem nada do que já não conhecemos. O detalhe é que o vírus se espalha muito rapidamente (eu já contagiei 2...)e o que assusta é essa coisa de gente morrendo. Fui ler para me informar sobre isso. Morreram aqueles que não se cuidaram, estavam em lugares remotos, sem infra-estrutura, não puderam receber cuidados e deixaram a coisa virar uma penumonia ou algo parecido, de caráter infeccioso, que leva a morte. Mas como estou em uma cidade civilizada, medicada, no conforto do meu lar, me sinto segura e a salvo!
O povo da secretaria da saúde que tem conversado comigo diariamente, de fato, está apontando a chegada do inverno como um complicador. Creio que essa gripe ainda vai render.
Bjs

Ricardo Freire

Obrigadíssimo, Karen. É o que eu imaginava, mesmo.

Gripes comuns também podem evoluir para pneumonia e matar; só não viram notícia.

Aproveite as férias forçadas... eekops:

Bárbara
BárbaraPermalinkResponder

Gente, tudo bem? Mais uma vez recorro a vocês... rsrsrs
Não sei se este post ainda tá valendo, mas gostaria de algumas dicas de Buenos Aires... Será minha primeira vez, e do maridão, em terras argentinas. Vamos ficar apenas 4 dias, sem pacote e com milhas.
Já peguei várias dicas por aqui (inclusive adorei o relato que encontrei no Filigrana), mas ainda tenho algumas dúvidas...
Vamos ficar no hotel Park Elegance Unique, na avenida Pueyrredón, 1900. Vocês conhecem? Conseguimos uma tarifa bem interessante pela Tam viagens.
Outra coisa, dá para ter uma média de quanto levar por dia? Já vi um post que diz que é melhor levar em pesos (até dei essa dica para um amigo que foi passar o feriado lá. No final, levou tudo em dólar e se arrependeu muito...).
Obrigada!!!
bj

Ricardo Freire

Essa rede antes usava a marca Kempinski, e é ótima.

É difícil achar pesos, Bárbara. Consulte o site http://www.dolarhoy.com para ver a cotação do real para o peso e veja se o Banco Nación está com uma cotação boa. Se estiver, pode trocar seus reais lá.

Se eu não tivesse dólar na gaveta, eu não compraria para levar a Buenos Aires não, a não ser que quisesse fazer compras (lojistas costumam fazer bom câmbio).

Na minha opinião, o melhor é fazer saque do caixa eletrônico para o básico e usar cartão de crédito.

Você pode ver isso explicado e ainda ler opiniões discordantes neste post:
https://www.viajenaviagem.com/2009/05/pros-x-contras-dolar-euro-peso-real-travelers-cartao-de-credito-saque-internacional-ou-visa-travel-money/

Carla
CarlaPermalinkResponder

Bárbara, eu fiquei nesse hotel quando ainda era Kempinski. Olhei agora no site e parece que os quartos estão reformados e redecorados, mas mantiveram o tamanho - são quartos imensos! A localização também é muito boa, mas a Avenida Pueyrredón é super movimentada e barulhenta, vale pedir um quarto de fundos...

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Carla , eu jurava que tinhas ficado no da Talcahuano ..eekops:

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

O quanto ter em moeda local por dia é relativissimo smile , mas
para teres uma idéia , e não sobrar nem faltar pesos , calcula no minimo 150 pesos dia para cada um, para pagar despesas pequenas ( taxi, lanches ) . Pague restaurantes com o cartão .
Separem o dinheiro do taxi da volta ( 80 a 100 pesos) e não se preocupem se sobrar pesos , pois a taxa de embarque pode ser paga com pesos + cartão ( usd 18 por pessoa , mas me falaram que iria aumentar para 21 usd ).

Julia
JuliaPermalinkResponder

Olá?

Buenos Aires é uma boa opção pra quem viaja só?

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Super tranquilo Julia !!

Ricardo Freire

Sim! Aqui no blog somos apaixonados por Buenos Aires e indicamos a cidade para todas as situações!

(E a maioria nem tem medo de gripe nem nada!)

Bárbara
BárbaraPermalinkResponder

Gente, adorei as dicas!!! Como nunca fomos para Buenos Aiores, era difícil ter uma idéia de quanto levar, moeda, etc. Super obrigada!
Já estou acompanhando a cotação, quase que diariamente... rsrs

Julio
JulioPermalinkResponder

Boa Noite, Riq!
Tudo Bom?
Eu vou a Buenos Aires e quero levar meu notebook que comprei aqui no brasil em 2008, eu sei que tenho que fazer a declaração de saida na receita federal para não ser taxado quando voltar. Minha dúvida é em relação ao desembarque em buenos aires, tenho que declarar o notebook naquela ficha que recebemos a bordo ou na alfandega argentina? Valeu... Obrigado

Ricardo Freire

Se você comprou o notebook no Brasil, só precisa declarar se tiver tempo e paciência sobrando. Na volta eles sempre dizem que não querem nem ver.

Na Argentina não precisa declarar não.

E muito obrigado por não falar em gripe suína! Boa viagem! mrgreen

LiLi
LiLiPermalinkResponder

Queridos, alguém já ficou no Home ... to entre ele e o Esplendor ... PREÇOS IDÊNTICOS ! Ricardo, o que vc me diz ?? me ajuda plis ?

Ricardo Freire

Não fiquei em nenhum dos dois, mas iria para o Home de olhos fechados. (A localização do Esplendor, porém, é mais interessante, porque está em Palermo Soho.)

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Lili , cuidado pois tem mais de um Esplendor.
Tem um na San Martin , nada-a-ver , e outro na Guatemala
entre a Thames e Uriarte .
O point Guatemala é 100 vezes melhor do que a localização do Home wink

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

oops , não conheço pessoalmente nenhum dos dois , viu ?

Amélia
AméliaPermalinkResponder

Gente o rest Sottovoce de Puerto Madero também é bom?

Ricardo Freire

No Guia Óleo fala-se bem. http://www.guiaoleo.com.ar/detail.php?ID=2761

As notas são parecidas com o da Libertador. http://www.guiaoleo.com.ar/detail.php?ID=1253

Vai de gosto.

Amélia
AméliaPermalinkResponder

Grata, Riq.Mudando de assunto, estive pesquisando sobre CDs e DVDs em Bsw As e achei esta indicação:
Musimundo - www.musimundo.com
"Somos la empresa Nº1 en ventas de Música y Películas.
Fundada en 1952, nos hemos convertido en un sinónimo indiscutible de música, entretenimiento y tecnología en Argentina.
Hoy contamos con 55 locales en ubicaciones Premium en todo el país y con la mayor gama de productos relacionados con el entretenimiento (música, películas, software, libros) y también tecnología (electrónica, teléfonos celulares, hardware y todos los accesorios)."
Fica a dica !

Amélia
AméliaPermalinkResponder

Voces têm outra dica para compras de Cds e DVDs?
Sou apaixonada por Ricardo Darin e gostaria de trazer uns filmes dele para ver aqui, já que não é tão conhecido e divulgado no Brasil.

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Tem em tudo que é lugar, Amelia . Mas custam muito mais do que aqui, viu ?

Carla
CarlaPermalinkResponder

Amélia, as grandes livrarias de lá, assim como aqui, costumam ter uma seção de CDs e DVDs. Não tenho dicas de onde os preços seriam mais em conta, mas me lembro de já ter comprado na El Ateneo e na Yenny sem achar um absurdo... wink

Amélia
AméliaPermalinkResponder

ok, gente vou avaliar se vale a pena comprar estas cositas ...grin depois eu conto ..... Grata!

Paulão
PaulãoPermalinkResponder

Alguém pode me dizer se é bom ir sem pacote e pegar um taxi para o hotel? e como devo me comportar ao chegar ano aeroporto de buenos aires.

Gabriela
GabrielaPermalinkResponder

Boa noite gente!! Alguém já se hospedou no Che Lulu?? Achei o preço ótimo visto que vou no Natal, mas a avaliação no TripAdvisor ñ tá mto boa ñ!!! Em compensação no Google tá excelente!!! Ó céus, e agora?? Achei excelente pela localização, pertinho do Aeroparque, que coincidentemente tem excelentes horários de vôos para aproveitarmos mais e pelo mesmo preço que as passagens para o Ezeiza!! Opinião, alguém please???
Obrigada!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gabriela! Atenha-se a críticas objetivas, como barulho e sujeira. Conforto e serviço são subjetivos, dependem da expectativa e do histórico de viagem de cada um.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar