Argentina: governo inventa mais quatro feriados no fim do ano

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Buenos Aires

Eu já escrevi uma vez que turista brasileiro não tem medo de furacão, não tem medo de terremoto, não tem medo de vulcão; turista brasileiro tem medo é de feriado.

Pois se você vai para Buenos Aires agora entre o Natal e o Ano Novo, vá se preparando para o pior. Segundo reporta a nossa antenadíssima Sylvia, o governo federal e a província de Buenos Aires acabam de criar mais quatro feriados para o funcionalismo público: 23 de dezembro (sexta), 26 de dezembro (segunda), 30 de dezembro (sábado) e 2 de janeiro (segunda). Somando-se a eles o ponto facultativo habitual de 24 de dezembro (sábado) e os feriados de 25 de dezembro e 1º de janeiro (que caem domingo), está criado na prática um recesso de fim de ano para o setor público argentino.

Não dá para saber o tamanho da adesão da iniciativa privada a esse feriado, mas tendo em vista que a época já é normalmente de debandada do argentino rumo à praia, não será de espantar se muitas lojas e restaurantes resolverem entrar em férias coletivas.


Minhas sugestões para quem estará em Buenos Aires neste fim de ano:

--> Programe suas compras para os dias 27 (terça), 28 (quarta) e 29 (quinta) se o se objetivo forem os outlets de couro da calle Murillo, os outlets da Aguirre com Gurruchaga ou o comércio de rua de Palermo Soho

--> Saia para comer já com reserva feita; assim você terá a confirmação de que o restaurante está funcionando (pegue o telefone no http://www.guiaoleo.com.ar). Se não quiser se dar ao trabalho de ligar, vá direto ao Puerto Madero, onde certamente achará restaurantes abertos

--> Os lugares que vivem do turismo (casas de tango, restaurantes de Puerto Madero, cassino) com certeza funcionarão. A Feira de San Telmo já anunciou que funcionará normalmente nos domingos de 25 de dezembro e 1º de janeiro. Ah, sim: o Caminito não fecha grin

--> Compre com antecedência passagens a Colonia del Sacramento; é um excelente passeio para fazer nesses dias, mas deve estar bastante concorrido. Leia mais aqui.

--> Passeios bacanas de fazer em feriado sem sair da cidade: caminhar pelo bairro da Recoleta; ir ao Zoológico de Palermo; passear no Jardin Japonés e nos Bosques de Palermo.

--> Passeios bacanas para os arredores que funcionam em feriado: o Tren de la Costa ao Delta do Tigre e o zoológico de Luján (em que os bichos vivem soltos). Já o ecoparque Temaikèn fecha nos dias 24, 25, 31 e 1º.

--> Resista à tentação de querer passar um dia em Montevidéu. São 3 horas para ir, 3 horas para voltar. Colonia (1 hora de trajeto) é uma viagem bem mais confortável.

Leia também:

Página-guia de Buenos Aires no Viaje na Viagem

Colonia del Sacramento, a Paraty do Uruguai

Siga o Viaje na Viagem no Twitter - @viajenaviagem

Siga o Ricardo Freire no Twitter - @riqfreire

Visite o VnV no Facebook - Viaje na Viagem

Assine o Viaje na Viagem por email - VnV por email


11 comentários

Naila Soares
Naila SoaresPermalinkResponder

Se os freeshops fossem proibidos algum dia, os brasileiros cometeriam suicídio coletivo!

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Fazer shopping na Farmacity 24h é uma boa opção nos feriados
os endereços sempre abertos são :

Farmacity RIVADAVIA 6884 4637-7797
Farmacity LAS HERAS 2055 4809-0277
Farmacity AVDA. CORRIENTES 4647 4867-3276
Farmacity RIVADAVIA 5375 4904-1318
Farmacity PUEYRREDON 1845 4801-7401
Farmacity Santa Fé SANTA FE 2822 4821-3000

Andre L.
Andre L.PermalinkResponder

Que coisa mais ridícula. Pensar que em um passado distante a Argentina já foi elogiada pela sua cultura empresarial mais moderna que a brasileira... excesso de feriados é síndrome de país em decadência, uma pena esse populismo barato (ou melhor, caro para os cofres públicos!) que quer comprar apoio político pagando para funcionários não trabalharem.

Fabio NG
Fabio NGPermalinkResponder

O funcionalismo público (estadual, ao menos) de São Paulo está na mesma toada... Se não emenda, inventa um feriadão! sad

CarlaZ
CarlaZPermalinkResponder

Em falar em feriados em Buenos Aires, estive em Buenos Aires por algumas horas fazendo conexão de voo, era feriado do Dia da Bandeira. Tudo tudo fechado. Fiquei impressionada. Até McDonalds!
O único lugar com movimento era a praça Serrano em Palermo.
Sabe que fiquei com essa ultima lembrança de lá, de uma cidade feia, sem vida...

Não preciso nem falar que os brasileiros chegaram super cedo no aeroporto e assim poderem aproveitar mais o free shop...

Dionísio
DionísioPermalinkResponder

E ma dica a mais: paciência, muita paciência nos aeroportos argentinos no final dos feriadões de lá.

Estive no Aeroparque, para voltar no último dia 28/11 (segunda-feira) de um feriadão argentino, e os atrasos de voos era endêmico. Todos, absolutamente todos os voos, atrasaram. O meu atrasou 3 horas.

Luciano
LucianoPermalinkResponder

Acho que dei sorte. Chego no dia 26 a meia-noite e volto dia 30 as quinze horas!!!!

Bruno
BrunoPermalinkResponder

Estive agora no feriadão de 8 de dezembro (como em SSA, também é feriado - a "Conceição da Praia" dos portenhos).
Sinceramente: Adorei! A cidade estava mais vazia, os restaurantes idem, sem o estresse de reservas ou espera.
A despeito das aporrinhações relativa à posse de "tia" Cristina no sábado 11, foi tudo muito bom. Aproveitei e fui à Colônia do Sacramento.
Creio que valeu a pena ir à Buenos Aires no feriadão, já que o grosso da população estava mesmo fora, a maioria em Mar del Plata, e a cidade estava uma delícia de vazia.

Lilian
LilianPermalinkResponder

Olá! Estou indo pra Buenos Aires no dia 29 agora e retorno dia 3. Estou realmente com receio de estar tudo tudo fechado! Alguém teve notícias se no ano passado houve essas férias coletivas no comércio nesses dias todos?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Lilian! O comércio não segue esse calendário facultativo. Ninguém reclamou aqui do ano passado não.

gil
gilPermalinkResponder

Olá. Chegarei em Buenos aires dia primeiro de janeiro(2014),nos hospedaremos no Centro. Será que o shopping das galerias pacífico estará aberto? onde almoçar então?

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar