5 roteiros para combinar Argentina e Chile na mesma viagem

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Revoada de flamingos no deserto do Atacama

Argentina e Chile são dois países compridíssimos, que compartilham mais de 5 mil km de fronteira. A Cordilheira dos Andes atua como limite natural e proporciona paisagens belíssimas dos dois lados da divisa.

Atravessar a fronteira e explorar o que há do outro lado, na mesma latitude, sempre faz sentido. É possível fazer uma série de viagens perfeitas em ziguezague. A fórmula você já sabe: basta ir desempacotado, que os roteiros ficam todos viáveis.

Veja 5 roteiros práticos para visitar Argentina e Chile na mesma viagem:


View Argentina e Chile na mesma viagem in a larger map

Santiago + Mendoza

Ônibus de Santiago a Mendoza

Mendoza, a capital argentina do vinho, está a 1.100 km de Buenos Aires -- mas a apenas 350 km de Santiago do Chile. Combinar as duas cidades na mesma viagem não apenas encurta distâncias, mas oferece de lambuja o mais belo ponto de travessia dos Andes -- tanto pelo ar, quanto por terra.

Você pode voar a Santiago e, depois de uns dias, pegar um ônibus para Mendoza. São 6 horas de viagem; vá de dia e curta vistas incríveis (tente reservar o assento da frente, no segundo andar). Em Mendoza, além de degustações em vinícolas, aproveite para fazer as atividades de ecoturismo nos arredores. Prossiga de avião -- seja de volta a Santiago, seja a Buenos Aires, para aproveitar uns dias antes de regressar ao Brasil.

Bariloche + Lagos Andinos Chilenos

Bariloche, bonita mesmo sem neve

Bariloche e Lagos Andinos: eis outra combinação clássica que oferece deslumbre em dobro numa viagem só. Ao contrário do que muita gente pensa, a melhor época para fazer esta viagem combinada é fora do inverno, quando as atividades lacustres ficam mais interessantes e todos os caminhos estão desimpedidos. O verão é a época preferida pelos argentinos e chilenos para desfrutar da região dos lagos.

(Claro que, para ver neve, é preciso ir entre meados de julho e meados de setembro. E neste caso, é melhor não planejar deslocamentos e se concentrar nas atividades da estação de esqui mais próxima.)

Comece a viagem pelo Chile, voando a Puerto Montt via Santiago, e fique hospedado por alguns dias em Puerto Varas (onde você pode ter vista para o vulcão Osorno). Faça então a travessia pelo Cruce Andino, que navega durante um dia inteiro por três lagos até Bariloche. Volte de ônibus a Puerto Montt (5 horas de viagem), para não repetir o mesmo trajeto. Ou, melhor ainda -- retorne pela Argentina mesmo ao Brasil.

El Calafate + Puerto Natales

Glaciar Perito Moreno, El Calafate

Por trás desses nomes pouco conhecidos estão duas das maiores atrações naturais do continente americano: o glaciar Perito Moreno (a uma hora do centrinho de El Calafate, na Argentina) e o parque nacional de Torres del Paine (a uma hora de Puerto Natales, no Chile).

Os dois lugares são tão longe da gente -- e relativamente tão perto entre si -- que é uma pena visitar um sem dar um pulinho do outro lado da fronteira.

Você pode voar a El Calafate (via Buenos Aires) e depois pegar um ônibus a Puerto Natales (são 5 horas de viagem para ir e outras tantas para voltar).

Caso queira ir por um país e voltar pelo outro, comece pelo Chile: voe a Punta Arenas, então pegue um ônibus a Puerto Natales (3 horas de percurso), prossiga depois de uns dias a El Calafate (5 horas) e então retorne de avião ao Brasil via Buenos Aires.

Ushuaia + Punta Arenas (com extensão a Puerto Natales e El Calafate)

Pingüins na Ilha Magdalena

Não, a Terra do Fogo não é sinônimo de Patagônia: pertence à Patagônia, mas é um arquipélago no extremo sul da região. Assim como o restante do território patagônico, também a Terra do Fogo é dividida entre Argentina e Chile.

As cidades mais austrais dos dois países, Ushuaia, do lado argentino, e Punta Arenas, do lado chileno, são ligadas por ônibus que fazem a viagem em doze horas (com uma travessia de balsa por um canal). É possível também viajar entre as duas cidades por navios de cruzeiro que passam pelo canal de Beagle, contornam o Cabo Horn e passam ao longo de glaciares no estreito de Magalhães.

A viagem fica mais completa quando você aproveita também para visitar Torres del Paine e El Calafate. Voe até Ushuaia. Vá de cruzeiro ou ônibus a Punta Arenas. Siga de ônibus a Puerto Natales (3 horas de viagem). Depois de visitar Torres del Paine, continue de ônibus a El Calafate, na Argentina (5 horas de percurso). Volte de avião de El Calafate.

Querendo evitar a viagem de ônibus entre Ushuaia e Punta Arenas, voe de Ushuaia a El Calafate e então atravesse de ônibus para Puerto Natales. Volte de avião a partir de Punta Arenas via Santiago.

Salta + Atacama

Salar do Atacama

O norte argentino guarda paisagens magníficas. A árida região de Salta, Jujuy e Quebrada de Humahuaca tem formações geológicas belíssimas e serve como ante-sala para visitar o vizinho mais famoso -- o deserto do Atacama, uma das regiões (justificadamente) mais cobiçadas do Chile.

É possível voar a Salta via Buenos Aires. De lá, quatro vezes por semana saem ônibus para San Pedro de Atacama (via Jujuy). A viagem leva 11 horas. Voe ao Brasil desde Calama, via Santiago.

(Os mais intrépidos incluem no roteiro o Salar de Uyuni, na Bolívia, fazendo um bem-bolado de três regiões fronteiriças.)

Leia mais:

656 comentários

Fafá Roque
Fafá RoquePermalinkResponder

Os roteiros citados são super bacanas!
Minha sugestão é de Pucon a San Martin de los Andes!
Alguém tem alguma dica de empresa de ônibus que faça o trecho Temuco/San Martin de Los Andes?
Thanks!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fafá! A Transportes San Martín faz a linha Temuco-Villarica-Pucón-San Martín de los Andes.

De Pucón a San Martín são 4h45 de viagem. Desde Temuco são 7h.

http://www.transpsanmartin.com.ar/

Bruna
BrunaPermalinkResponder

Mais um post pra minha listinha de favoritos!!

Uma dessas opcoes eu gostaria de fazer em 2012!!!

Clara
ClaraPermalinkResponder

Vou ficar de olho nesse post que me interessa muito. Só estou tentado vencer o medo da altitude para programar uma super viagem à Argentina e Chile.

Amélia
AméliaPermalinkResponder

Dezembro de 2013, me aguarde !!!

Fabrício
FabrícioPermalinkResponder

As dicas de roteiros são ótimas , estou voltando exatamente de uma viagem que fiz para o Chile, porém, pretendo voltar e explorar ainda mais a região e fazer a Região dos Lagos . Continuem assim o site realmente é muito bom .

Willian
WillianPermalinkResponder

Alguém que esteve recentemente em Bariloche poderia comentar como está a situação da cidade, bem como nas cidades vizinhas?

Gianna Soares
Gianna SoaresPermalinkResponder

William, cheguei ontem a Bariloche, vindo de ônibus de Puerto Varas-depois de 2 semanas de viagem pelo Chile. Ja em Puerto Varas as cinzas nos tiraram a vista do Vulcão Osorno, que, segundo nos disseram, um dia antes estava majestoso e imponente...A volta das cinzas àquela região estava na capa do jornal da região, inclusive.

Mas nada se compara ao que vimos pela estrada: é desalentador....Villa Angustura está literalmente embaixo de cinzas, parece uma cidade fantasma!

Em Bariloche, a situação não é tão critica. Segundo nos disseram, era a tal mudança nos ventos, que fez com que as cinzas voltassem a aparecer com mais intensidade. Não se vê cinzas acumuladas nas ruas, elas ficam no céu, se confundindo com uma neblina forte. Assim, não há vista nenhuma de nada...sequer do lago! Vamos ver que passeio é possível fazer hoje e depois conto mais alguma coisa.

Ah! Segundo os jornais daqui, os, geólogos estão prevendo que a atividade do vulcão deve continuar por pelo menos mais 6 meses, de modo que antes de 2013 a situação deve permanecer a mesma. Quem insistir na viagem deve levar em conta também que os vôos vão continuar suspensos...e aqui é longe para dedéu de tudo... Gianna

Márcia
MárciaPermalinkResponder

Gianna, você acha que a temporada de Bariloche para ski este ano está comprometida? Ano passado comprei um pacote para Bariloche e tive que cancelar. Será que este ano não vou conseguir ir de novo??

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcia! A temporada deve acontecer, as cinzas só se fazem presentes ocasionalmente, não é o tempo todo. O que dificilmente vai ocorrer é a reabertura do aeroporto. Se você pensa em ir a Bariloche, considere chegar de ônibus desde Buenos Aires ou então ir por Puerto Montt, no Chile.

Valdinho Pellin

Fiz Santiago - Mendoza em 2010. Foi super fácil fazer por conta própria. Fiquei 5 dias em Santiago. De lá fui a Vinã del Mar e fiquei 3 dias em Vinã ( no verão a cidade é linda e vale muito mais que um bate volta de Santiago). De Vinã fiz um bate e volta a Valparaiso. Em seguida fui de Vinã para Mendoza e fiquei 3 dias lá. Depois voltei a Santiago.

Gianna Soares
Gianna SoaresPermalinkResponder

Márcia, veja os post sobre a reabertura, inesperada, do aeroporto de Bariloche, já postei um comentário sobre a situação da cidade e das vizinhanças lá.

Eu, honestamente, não arriscaria programar uma viagem àquela região antes do vulcão cessar totalmente sua atividade. Se o teu lance é curtir neve, há de encontrar outro local para isso, sem correr o risco de encarar horas de ônibus até o aeroporto mais próximo e o céu coberto de cinzas.

Ademais, como o próprio Riq sempre fala "ao que consta, Bariloche continuará no mesmo lugar pelas próximas décadas", então dá para esperar um pouquinho mais para conhecer as belezas da região livre das cinzas... Boa sorte, Gianna

Ana Paula
Ana PaulaPermalinkResponder

Pessoal, acabei de descobri e adorei esse site!! Prestacao de servico, dicas bacanas, tudo de bom!!! Estou morando ha 3 meses na Argentina e gostaria de fazer uma viagem de 10 dias no final de marco e comeco de Abril para Bariloche com meu marido e filha pequena. Por tudo que li aqui, resolvi conhecer primeiro Mendoza mas gostaria de saber se eh possivel fazer uma viagem para Mendoza e Lagos Andinos em 9 dias e qual sugestao de roteiro. Ja conheco muito bem Santiago e, por isso, excluimos desse nosso roteiro ou somente passariamos por la em funcao de translado. Agradeco muito qualquer ajuda e dicas.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ana Paula! Mendoza fica no centro da Argentina, e a região do lagos está no sul. Se você morasse em São Paulo, seria como pedir para distribuir uma viagem de 9 dias entre Porto Seguro e Gramado.

Dá tanqüilamente para voar a Mendoza, ficar três dias e depois voar de volta a Bariloche, via Buenos Aires, e ficar seis dias entre Bariloche e Puerto Varas. Mas você não rentabiliza o deslocamento.

Se você não tem interesse por Santiago, a viagem circular, via Chile, fica mais cansativa do que útil (ir até Santiago só para pegar um vôo para o sul não faz sentido). E para explorar o caminho de Santiago até o sul por via terrestre o seu tempo é muito pouco.

Leia mais:
https://www.viajenaviagem.com/2011/09/de-santiago-a-puerto-montt-de-carro-onde-parar/

juliana
julianaPermalinkResponder

Olá...parabéns pelo maravilhoso site...estava nos meus planos para junho fazer Bariloche e lagos andinos, porém, depois do que li por aqui desanimei....Pergunto: qual o melhor mês/época para visitar os lagos andinos?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Juliana! O melhor é esperar o vulcão apagar completamente.

Depois que o vulcão apagar, o ano inteiro será bonito. Os argentinos e chilenos lotam a região no verão, apesar do tempo não ser muito seco. Os brasileiros vão no inverno, e as meias-estações são tranqüilas.

Carol
CarolPermalinkResponder

Boia, quero muito ir a Patagonia, mas nao tenho muito tempo, minha maior preocupacao é Torres del Paine, será que existe algum passeio com menos de 4 dias para conhecer o Parque? Ou melhor, para conhecer os pontos imperdiveis? Indica alguma agencia de viagem? No maximo teria 3 dias para essa regiao e nao sei se conseguiria fazer 20km de trekking por dia. Obrigada!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carol! Se o seu objetivo não é fazer trekking, pode fazer um tour organizadode ônibus de Puerto Natales ao parque.

Veja:
https://www.viajenaviagem.com/2010/03/de-onibus-em-torres-del-paine-city-tour-de-parque/

De Puerto Natales também saem passeios de barco ao lago Sarmento e ao glaciar Grey.

Estes três são os principais passeios que você pode fazer na região. No dia da chegada você não fará passeios, apenas agendará tours.

Leia mais:
https://www.viajenaviagem.com/category/torres-del-paine

Tainara Dias
Tainara DiasPermalinkResponder

Olá Bóia, vou viajar em maio para Argentina e Chile, com o namorado, e pretendo chegar em Buenos Aires e sair de Santiago, ficamos muito interessados por Salta (também pelo post do Pato econômico, que descreveu a cidade de uma maneira imperdível), mas a viagem de ônibus dura em torno de 20h, li na sugestão Salta+Atacama que é possível voar de buenos aires até Salta, você pode dar maiores informações?
Além disso, qual seria a melhor maneira de voltar a Santiago? 9 dias são suficientes para Buenos Aires + Salta (e os passeios ao redor, talvez sem o Atacama)?
Desde já agradeço!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tainara! Se você tem 9 dias, divida entre Buenos Aires e Santiago, ou faça somente Buenos Aires, vá a Salta e volte. Buenos Aires-Salta-Buenos Aires é feito de avião.

Para fazer Buenos Aires-Salta-Atacama-Santiago você precisaria de 15 a 20 dias. Do Atacama a Santiago vai-se de avião.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2012/02/roteiro-santiago/

https://www.viajenaviagem.com/2012/01/primeira-viagem-um-fim-de-semana-em-buenos-aires/

Tainara Dias
Tainara DiasPermalinkResponder

Desculpe, eu realmente não expliquei direito, estou indo para passar 16 dias, divididos entre Argentina e Chile. Então gostaria de saber se é viável passar 4 dias em Buenos Aires, 4 em Salta e qual seria a melhor maneira de voltar a Santiago, conhecendo outro lugar? Fica muito "corrido"?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tainara! Para sair de Salta e ir a Santiago, ou você vai ao Atacama e voa de Calama a Santiago, ou voa de volta a Buenos Aires e pega um avião para Santiago de lá, ou vai de ônibus a Mendoza e segue de ônibus a Santiago.

Tainara Dias
Tainara DiasPermalinkResponder

Obrigada Bóia!
Pesquisando os vôos de Buenos Aires para Salta, encontrei a eDreams, e o vôo mais barato, mesmo durante a semana, está no valor de 191 euros! É tão caro assim, mesmo?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tainara! Compare com preços nos sites da Aerolíneas, da Lan e da Rumbo.com.ar .

Tainara Dias
Tainara DiasPermalinkResponder

Bóia, em virtude dos preços altíssimos das passagens aéreas de Buenos Aires a Salta, resolvemos fazer de ônibus... Sei que a viagem dura em torno de 20h e que tem opção de ônibus semi-leito ou leito, os valores que encontrei em alguns comentários é 450 pesos argentinos para o semi-leito e 550 pesos argentinos para leito. Os valores giram em torno disso mesmo?
Tem algum site onde eu possa comprar as passagens, ou posso comprar em Buenos Aires mesmo (é arriscado não tem vaga)?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tainara! Veja no http://www.plataforma10.com as cias. que fazem a rota (preencha o formulário com "Retiro", que significa Buenos Aires, e "Salta") e depois google para ver se elas têm site. Tendo site, pode ser que dê para comprar online. No plataforma10 não aceitam cartões brasileiros. Empresas como Andesmar e Cata aceitam, mas não sei se elas estão nesta rota.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá Tainara de novo grin

Se você ainda não tiver comprado sua passagem para a Argentina, seria bom comprar apenas a ida a Buenos Aires.

De Salta você pode ir a Resistencia (4h de ônibus) e lá pegar um ônibus para Posadas (5h30). Lá você visita importantes missões argentinas e paraguaias.

Dois dias depois, pode seguir a Puerto Iguazú (4h30), voltando de avião desde Foz do Iguaçu.

Tainara Dias
Tainara DiasPermalinkResponder

Oi Bóia! Comprei ontem as passagens para Buenos Aires, por maravilhosas 6.000 milhas cada uma (promoção da Gol que terminou ontem). Nós compramos apenas a ida a Buenos Aires (4 dias) e depois devemos seguir para Salta (3 dias) depois seguir para San Pedro do Atacama, via Jujuy (4 dias no Atacama) e retornar para Santiago via Calama (3 dias e meio em Santiago) e depois, finalmente, voltar ao Brasil!
Ufa!
O que você acha?
De Calama a Santiago vamos comprar as passagens no site chileno Sky, seguindo a ótima dica de vocês. O restante dos trechos vamos fazer de ônibus.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tainara! Boa viagem!

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Pessoal, estarei de férias em julho/2012 e pretendo ir com minha filha de 13 anos para chile x argentina x foz do iguaçu, o que vocês me dizem? Seria uma boa opção ir para chile x argentina ou opetar fazer o cruce andino para ir a bariloche também? Gostaria de dicas, estou indo por conta propria. Na opinião de vocês queremos muito conhecer a neve qual seria a melhor opções a neve em santiago ou bariloche?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luciana! Foz do Iguaçu está bem fora de mão aí no seu roteiro. Você teria que voar a Buenos Aires e lá pegar um vôo doméstico a Puerto Iguazú.

Em julho a neve é garantida em Santiago. Em Bariloche só dá para garantir mais para o fim do mês. Agosto em Bariloche tem neve garantida.

Marta Magalhães

Olá
Estou pretendendo fazer Bariloche -Chile via lagos andinos no mes de julho e com tantos comentários a respeito das cinzas do vulcão gostaria de sua opinião e tirar algumas dúvidas, como:
Quanto tempo leva a travessia, qual a cidade mais próxima dos lagos pelo lado chileno, pois de lá pretendemos voltar por Santiago e se julho é um bom mes para essa travessia.

iza razera
iza razeraPermalinkResponder

Marta,
Chegue a Bariloche e de lá faça a travessia dos lagos, é uma viagem de 2 dias entre barco e onibus e que vale por tudo,a viagem termina em Puerto Varas, lá voce pode ficar us 3 dias e subir o vulcao Osorno, conhecer Puerto Montt, ir até a cidade de Frutillar, linda e que fica a 15 km de P. Varas, depois siga de onibus ou avião até Santiago e retorno ao Brasil. Meu marido e eu fizemos isso em novembro/11, só que alugamos um carro e P. Varas e viemos até Santiago, passamos por Pucon, Valdivia etc. Foi maravilhoso. Voce não vai se arrepender.

Hinda Cuperschmid

Desculpem,mas no momento desejo me descadastrar deste Site, por motivos particulares.
Obrigada.

Lenita
LenitaPermalinkResponder

Olá, Bóia!
Estou pensando em ir no meio do ano esquiar, e pensei em aproveitar para conhecer a Patagônia. Ir no inverno é uma boa idéia?
Minha intenção era voar para Ushuaia, passar uns 4 ou 5 dias entre esqui e passeios (aceito sugestões), depois voar para El Calafate, ficar mais uns 2 ou 3 dias lá (quantos você acha suficiente?). De El Calafate, pensei em pegar um ônibus para Puerto Natales, onde ficaria mais 2 dias e visitaria Isla Magdalena e Torres Del Paine. De lá, mais um ônibus para Punta Arenas, e de lá ônibus ou barco para Ushuaia, e volto para o Brasil.
Será que é melhor conhecer a Patagônia no verão? Ou o inverno também pode ser bom?
Se não for Patagônia, o que você sugere, de preferência na Argentina ou Chile (não quero uma viagem cara), para complementar alguns dias de esqui?
Muito obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Lenita! Ushuaia é uma ótima pedida para esquiar, porque a neve é garantida e começa cedo. Para os outros passeios, porém, é melhor ir no verão. Muitos sequer estarão funcionando. Os pingüins não estarão por lá.

Leia sobre as estações do Chile neste post:
https://www.viajenaviagem.com/2012/02/roteiro-santiago/

(role a página)

Karol
KarolPermalinkResponder

Oi, Lenita!
Fiz uma viagem pela Patagônia ano retrasado, fui fim de agosto, invernão e sobrevivi numa boa! Nada muito diferente do clima de Bariloche no inverno, por exemplo! Fiquei bastante em d[uvida quanto a ir no inverno na época, mas não me arrependi, pois também queria esquiar. O centro de ski de Ushuaia é ótimo, fiquei 5 dias entre ski e passeios e foi suficiente. El Calafate 2 ou 3 dias são suficientes, a cidade é um ovo e o Perito Moreno é sua grande atração, vale a viagem! Outra cidade que recomendo muitíssimo na Patagônia é Puerto Madryn, nesta época repleta de baleias, coisa mais linda!
Qualquer coisa é só perguntar!

Lenita
LenitaPermalinkResponder

Bóia, então você acha melhor não fazer Patagônia no inverno? O link das estações do Chile é porque você acha melhor ir para lá nessa época? Eu combinaria o esqui com mais o que?

Karol, você conseguiu fazer todos os passeios que quis nessa época? Porque caso não seja a melhor época para conhecer a Patagônia, o ideal seria procurar uma outra estação que eu esquiasse e combinasse com algum outro roteiro legal.

Aceito sugestões!

Muito obrigada a todos!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Lenita! A Patagônia não é recomendável no inverno. Por isso a sua alta temporada é no verão e muitos passeios só acontecem entre outubro e abril.

Vá a Ushuaia se você quer esquiar. Mas lembre-se que está a 4h30 de vôo de Buenos Aires e que muitos passeios que você gostaria de fazer não estarão disponíveis.

Lenita
LenitaPermalinkResponder

Então Patagônia está suspensa (por enquanto!).
Que programa você me sugere? Eu queria esquiar e depois viajar. Se eu for para o Chile, você acha viável incluir o Atacama? Ou vou para a Argentina e incluo Mendonza?
Alguém tem sugestões?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Lenita! Não se esquia em Mendoza. É possível esquiar em Portillo, a caminho de Santiago, ou em Las Leñas, a 450 km.

POR FAVOR: leia o post de Santiago que tinha indicado; mostra todas as combinações possíveis, permanência mínima, incluindo Atacama. Obrigada.

https://www.viajenaviagem.com/2012/02/roteiro-santiago/

eva
evaPermalinkResponder

Também tem Penitentes a cerca de 200 km.

Patrícia Alves

OLÁ!Alguém saberia me contar sobre a cidade de El Chalten, o que seria melhor ir para lá ou Torres Del Paine?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Patricia! El Chaltén é um pouco mais próxima do Calafate. É recomendável dormir por lá para fazer as caminhadas. Em vez das Torres del Paine, ela oferece como paisagem o Fitz Roy.

André
AndréPermalinkResponder

Estou querendo ir a Ushuaia em junho e, pelo que li, essa não é a época mais recomendável. Como só posso ir nesse mês, queria saber se alguém que também tenha ido nesse período(ou mesmo em julho) poderia compartilhar sua experiência sobre os passeios e clima da região.
Muito obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, André! Veja os passeios disponíveis no site da Interpatagonia:

http://www.interpatagonia.com/ushuaia/paseos.html

Deusa Castro
Deusa CastroPermalinkResponder

Olá... eu vou pro Chile sozinha, em maio, fico umas duas semanas e sigo pra Mendoza, mais duas semanas... Depois eu queria tentar fazer a travessia dos lagos, mas nada ainda certo, vai depender de achar companhia de mais viajantes.
Preciso mesmo é de umas dicas sobre a temperatura, que tipo de roupa levar? Pretendo comprar roupa de inverno por lá, que é mais barato, certamente. Se tiver alguma dica de loja, agradeço tbém!
E a visitação aos vinhedos, nessa época, tanto em Santiago qto em Mendoza, alguma sugestão?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Deusa! Mendoza é bastante longe da região dos lagos, você vai precisar escolher entre uma ou outra.

Leia sobre vinícolas em Santiago:
https://www.viajenaviagem.com/2012/02/roteiro-santiago/

Leia sobre vinícolas em Mendoza:
https://www.viajenaviagem.com/2010/04/uma-degustacao-em-mendoza/

juliana
julianaPermalinkResponder

Olá...estamos escolhendo nosso roteiro para o mês de junho. Já conhecemos Buenos Aires, por isso pensamos em 4 dias Santiago e 4 dias Bariloche. O que acha?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Juliana! Santiago fica longe pacas de Bariloche. Não vale a pena. Use esse post para escolher uma dobradinha melhor wink

Rita
RitaPermalinkResponder

Vou com amigos para Santiago , e pretendemos fazer a travessia ate mendonza de carro alugado . por favor alguém sabe quais as locadoras que permitem este trajeto ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rita! Os leitores discutiram esse assunto neste post:

https://www.viajenaviagem.com/2011/05/travessia-chile-argentina-com-carro-alugado-voce-ja-fez/

Prepare-se para muito perrengue: para alugar, passar pela fronteira, passar de volta.

Sugerimos que vocês vão de ônibus e aluguem o carro em Mendoza.

Sílvia
SílviaPermalinkResponder

Em setembro/2011 viajei com a família para Buenos Aires/Bariloche e confesso que me arrependi de ter dividido o período de forma equivalente 4 dias e meio em Bariloche e 4 dias e meio em Buenos Aires, acho que o ideal seria apenas 3 dias em Buenos Aires e 6 em Bariloche. Como não conhecemos Villa Angostura/Cerro Bayo e adoramos Piedras Blancas estamos pensando em retornar este ano mas gostaríamos de incluir o Chile no circuito. O que vocês aconselham para fazermos essa combinação considerando um período de 8 dias de viagem? A idéia seria 3 dias em Bariloche e 5 no Chile...

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sílvia! Piedras Blancas é o lugar mais adequado a crianças no inverno em toda a região; você não encontrará outro parque com as mesmas características em Angostura, San Martín de los Andes, Pucón ou Puerto Varas.

Atravessando a Puerto Varas no inverno pelo Cruce de Lagos você vai necessariamente dormir uma noite em Peulla. Pode ficar três dias em Bariloche, esta noite em Peulla, três noites em Puerto Varas, voltando de ônibus e passando uma última noite em Bariloche.

Debora Y.
Debora Y.PermalinkResponder

Olá! Vou com meus pais à Santiago no dia 28/05 e voltaremos em 06/06. Estou em dúvida se nessa época é melhor dividir o tempo entre Santiago e Puerto Montt/Varas (indo de avião) ou Santiago e Mendoza (indo de ônibus). Se formos à Mendoza, nosso foco não será visitar vinícolas. Gostaríamos de fazer outros tipos de passeios e principalmente conhecer o Aconcágua (não necessariamente subi-lo). Se tiverem alguma dica, por favor, me ajudem! Tenho outra dúvida... Estarei viajando com meu RG. Será que terei problemas para passar na fronteira do Chile para a Argentina? Agradeço desde já.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Debora! Neste outro post o Comandante dá várias sugestões de passeios combinados com Santiago:
https://www.viajenaviagem.com/2012/02/roteiro-santiago/

Aconselhamos viajar com o passaporte, mas a princípio você não teria problemas para ir do Chile à Argentina com o RG.
https://www.viajenaviagem.com/2011/01/america-do-sul-rg-ou-passaporte/

PauloBR
PauloBRPermalinkResponder

Moro em Porto Alegre e procuro sugestões para uma viagem de duas semanas para Barilhoche Puerto Varas, em Setembro ou começo de Outubro. Em princípio, pensei em ficarmos (eu e a esposa) uma semana em Bariloche e uma semana em Puerto Varas. Segue abaixo o que já pensei até o momento:

Pretendemos ir pela Aerolineas Argentinas: na ida há apenas uma conexão rápida no Aeroparque; na volta é preciso pernoitar em Buenos Aires. Não temos interesse em ficar em Buenos Aires, será apenas pernoite mesmo.

Nos primeiros dias em Bariloche não precisamos de carro, pois podemos fazer alguns passeios a pé ou usando os transportes públicos. Nos últimos 3 ou 4 dias alugamos um carro para rodar pela região de Bariloche e depois vamos para Puerto Varas.

Na semana de Puerto Varas, teremos tempo mais do que suficiente para fazer a volta ao Lago Llanquihue com calma. Acho que dá tempo também de conhecer um pouco da Isla de Chiloé, pelo menos Ancud.

Quanto ao carro, não há problema: a maioria das locadoras de Bariloche aluga carros com documentos prontos para entrar no Chile. eu já escrevi para duas locadoras que confirmaram que não há custo adicional para ir com o carro ao Chile, basta avisar com alguns dias de antecedência.

Em relação ao início da viagem, estou pensando em 3 datas: 16, 23 ou 30 de Setembro. A neve não nos interessa, não praticamos esportes deste tipo. Acho que estas datas ficam tranquilas para não pegar neve nas estradas, o que sempre atrapalha.

Sugestões, idéias?

Abraços!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Paulo! O roteiro parece ótimo. Vamos pôr a pergunta no Perguntódromo para ver se aparecem sugestões.

Diogo Avila
Diogo AvilaPermalinkResponder

Paulo,
Uma vez em Puerto Varas, não deixa de ir ao Vulcão Osorno. Sobe-se um trecho de carro (excursões em carros 4x4) e outro em um teleférico. Divino!
Recomendo também visitar os Saltos do Rio Petrohue, dentro de um parque ecológico. Este dá para fazer por conta própria.
Veja também o pitoresco mercado de peixes de Puerto Mont.
Boa Viagem!

iza razera
iza razeraPermalinkResponder

Ola Paulo,
Em novembro fui a Puerto Varas/Puerto Montt, atravessei os lagos ( dois dias de travessia que valem a viagem) e cheguei a Bariloche, uma linda e agradavel cidade.Vamos ao teu roteiro: Em Bariloche va ao Cerro Sao Cristovão, Cerro Catedral e Cerro Otto, se estiver disposto va até San Martin ( de carro) vale a pena, porque o caminho é lindo, coma e compre chocolate. Se puder atravesse para Perto Varas pela cordilheira ( barco) e deixe para alugar um carro lá, ai voce pode ir ao vulcao Osorno ( lindo) suba até ele, nao deixe de ir a Frutillar ( uma pequena e encantadora cidade) fica próximo a Puerto Varas e depois faça um tour em Puerto Montt. - Sobre Chilloé nada tenho a dizer, não fui lá. Quanto aos seus 15 dias estão ok. Mas voce pode dividir tipo 4 dias para cada lugar. Se necessario, faça contato, boa viagem, voces vão amar estes lugares e, se prepare porque ainda vão ver neve e muito frio.

Rita de Cassia

Olha Paulo, eu e meu marido fizemos uma viagem parecida com essa. Alugamos um carro em Bariloche e seguimos para o Chile.
Meu conselho é que vcs visitem Pucon e deixem a ilha Chiloé pra lá, porque não vale a pena.Meu relato está no site mochileiros.com, com o título "Treze dias entre Bariloche e Pucon", se quizer dar uma olhada. Abraços

Ingrid
IngridPermalinkResponder

Olá Paulo, fui na semana do dia 15 de setembro para Bariloche e Puerto Varas no ano passado. É uma época ótima, pegamos a maior parte dos dias ensolarados, as temperaturas estavam amenas e ainda havia neve nos cerros em Bari. Apenas em Puerto Varas que fica numa região altamente chuvosa pegamos uma tempestade (com granizo e tudo) nos dois primeiros dias. De Puerto Varas para Bari fomos de ônibus pela Cruz del Sur, a paisagem é incrível, vimos vários vulcões inclusive o Puyehue que erupcionou.Eu e meu esposo optamos por fazer só o lado chileno do Cruce Andino para aproveitarmos mas um pouquinho da região de Puerto Varas que é belíssima. Em Puerto Varas ficamos na pousada Casa Kalful que é super charmosa e o dono fala português e em Bari ficamos no hotel La Cascada que é um achado, os quartos são lindos e o preço foi muito bom. Fica um pouco distante do centro mas com carro é muito tranquilo.

suzana
suzanaPermalinkResponder

Já fiz esta viagem num mes de fevereiro e foi maravilhosa. Ao lado de Puerto Varas tem a cidadezinha de Frutillar (é uma graça). Tem hotéis em Puerto Varas que ficam à beira do lago. Aproveite e faça a travessia dos lagos (Bariloche à Puerto Montt), de barco e ônibus. A paisagem é inesquecível. Bom proveito.

ana helena
ana helenaPermalinkResponder

Em agosto/2010 aluguei um carro em Bariloche, e de lá atravessei a fronteira com o Chile e conheci Puerto Varas e Puerto Montt, subindo no vulcão Osorno com carro de passeio normal, e na base do vulcão subi de teleférico, tudo sem problema, Puerto Varas é uma cidade linda, agradável e com uma vista linda para o Vulcão. Fiz ainda um passeio de barco pelo Lago que é o mesmo feito pelo Cruce Andino. Enfim, perfeito, recomendo.

ana helena
ana helenaPermalinkResponder

Ia me esquecendo a paisagem entre Bariloche e Puerto Varas pela Cordilheira dos Andes é simplesmente deslumbrante, inesquecível...

Helder
HelderPermalinkResponder

Paulo,

Fizemos uma viagem parecida em Janeiro passado e achamos que 2 semanas é um tempo bom para conhecer a região. Não fomos a Chiloé, mas cremos que com 7 dias do lado chileno dê para ir. Como muitos já falaram aqui, Frutillar é legal demais. Sobre o Osorno, se você vai estar de carro, é muito tranquilo de ir. Você sobe até a base e compra o ticket do teleférico para subir.
Do lado argentino, fizemos de carro a rota dos sete lagos, que achamos muito bonita e valeu a pena, apesar de na época estar com muita cinza por causa do vulcão maluco. Fizemos também um passeio de Catamarã no parque Lanin (a partir de San Martin de los Andes) que gostamos muito. Em Bariloche, recomendo fortemente o Cerro Campanário, pra mim uma das vistas mais bacanas que já vi.

No nosso blog ( http://www.nerdsviajantes.com ) tem vários posts relacionados a esses passeios que falei.

Abraços, e boa viagem!

Ingrid
IngridPermalinkResponder

Paulo,esqueci de dizer que viajei pela Aerolíneas de Bariloche para Buenos Aires e foi uma péssima experiência,descaso total, funcinários grossos e 10 horas de atraso no voo. Se vc não comprou as passagens, considere outras opções...

Giselle
GisellePermalinkResponder

olá pessoal, parabéns ao blog pelos posts excelentes e aos participantes.
Mesmo depois de ler muuita coisa aq no blog (e como tem conteúdo sobre essa região do Chile hein?!), ainda tenho dúvidas quanto ao melhor roteiro a fazer.
Tenho 10 dias de passeio, de 20 a 30/junho.
Para essa primeira viagem ao Chile, o q seria melhor para um casal no inverno? (sim, pretendo ir outras vezes para explorar outras regiões, claro!).

Santiago + Mendoza?
Santiago + Atacama?
Santiago + Lagos Andinos?
Outra opção?
Valparaíso e Vina del Mar faz sentido no inverno?

Não quero ficar trocando de cidade e hotel todo dia. Quero ter tempo para conhecer a cidade com calma, conhecer vinículas, visitar estação de ski. Odeio viagem correria em q não temos tempo de contemplar e vivenciar bem os lugares.

Já comprei nossas passagens (com milhas) - ida e volta por Santiago.

Já agradeço os comentários pessoal!!!
smile

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Giselle! As sugestões completas de roteiro por Santiago e arredores estão neste post: https://www.viajenaviagem.com/2012/02/roteiro-santiago/

Ludmila Bahia
Ludmila BahiaPermalinkResponder

Olá! Super legal esse site.. Em julho estou programa do uma viagem com meu filho de 10 anos que quer conhecer e explorar a Neve. Já conheço Bariloche e queria aproveitar para fazer o circuito Lagos Andinos. Mas o q e' mmais aconselhável qdo se vai com criança Optar por pacote, ir somente pra Bariloche ou tentarLagos Andinos por conta própria? Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ludmila! Cada um conhece os seus filhos e sabe da sua resistência e companheirismo.

Cristiano Rocha

Olá Rick e Bóia!

Estou indo para Santiago e Mendoza agora no fim de maio e já planejei toda a viagem para Santiago baseada nas informações que colhi aqui no seu blog!!! Muito obrigado!

Queria que me ajudassem com Mendoza, pois estou tendo dificuldades de fazer o mesmo com ela, já que não encontrei muitas informações sobre a cidade no blog. Fiquei pensando: será que Rick e Bóia poderiam me ajudar... smile

Abraços e parabéns pelo blog, excelente e sempre consultado por mim em minhas viagens!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cristiano! O que sabemos está neste página:
https://www.viajenaviagem.com/category/mendoza

Cristiano Rocha

Bóia,
Já entrei no link que passou e me ajudou muito!!!
Obrigado pela atenção!

Ivana
IvanaPermalinkResponder

Bóia e trips,

Estou pensando em tirar 15 dias de férias no final de setembro, comecinho de outubro e ir para o Chile (Santiago e lagos andinos). Vamos eu, marido e filho de 4 anos e a dúvida é se essa época é muito fria na região e se ainda há neve na estrada que dificulte andar de carro.

abs

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ivana! Só haverá neve nas montanhas, não na carretera principal. Mas de toda forma recomendamos voar de Santiago aos lagos.

Perla Galdeano

Oi Ricardo, tenho 20 dias de férias. É possível fazer um roteiro que inclua Santiago, com Viña del Mar e Valparaiso, indo até Puerto Varas e depois a Bariloche, retornando então a Santiago, para ir até Mendoza, Cordoba e finalmente Buenos Aires?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Perla! Aqui quem responde é A Bóia. 8 cidades em 20 dias é muita coisa.

Perla Galdeano

Obrigada pelo toque!

Juliana Costa
Juliana CostaPermalinkResponder

boa noite,
irei na segunda quinzena de setembro para o Chile, eu, meu marido e meu filho de 5 anos. Estamos pensando em visitar os Lagos Andinos. Queria tirar algumas dúvidas como:
1) é tranquilo agendar os passeios na região quando já estivermos por lá?
2) estamos pensando em fazer o cruce andino. em setembro existe alguma restrição? para voltar de bariloche para puerto montt de onibus é necessário comprar a passagem com antecedencia?
3) qual a melhor cidade para se hospedar na região?
por enquanto é isso. peço a ajuda de vcs, pois estamos atrasados no roteiro.
obrigada desde já!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Juliana! Você encontra tudo já publicado sobre os Lagos Andinos no site através deste link: https://www.viajenaviagem.com/category/lagos-andinos/

Priscila
PriscilaPermalinkResponder

Olá Bóia!
Em primeiro lugar quero dizer que gostei muito do site!
Gostaria de uma dica, li todos os comentários e foram muito inspiradores!
Me caso em dezembro deste ano, dia 15, e ainda não temos destino de lua-de-mel, e pensamos exatamente em Argentina e Chile.... temos pouco din din e pretendemos ficar de 10 a 15 dias.
Gostaria de passar por Buenos Aires e Mendonza, e Santiago e Viña del Mar, há alguma maneira de fazer isso sem muitos gastos? Por quais caminhos?
Se não houver, quais suas dicas para uma lua de mel bacana que passe pelos dois países??
Muito obrigada!!!!
Abraços!! ^^

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Priscila! Compre a ida por Buenos Aires com volta por Santiago. Vá a Mendoza de ônibus e de Mendoza a Santiago também.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2012/02/roteiro-santiago/

https://www.viajenaviagem.com/2012/01/primeira-viagem-um-fim-de-semana-em-buenos-aires/

Maria Prado
Maria PradoPermalinkResponder

Olá pessoal,

estaremos indo para Argentina/Córdoba e pretendemos ir a Mendonza, Santiago e Lagos Andinos. Quais as dicas que podem nos dar ? Estamos indo em 02 casais e pretendemos ficar em hostel ou pousadas. Compramos passagens SP-Córdoba-Recife, para o período de 11 a 21/09/2012. Qual o melhor roteiro a fazermos, já que estamos com pouca grana ? Qual o clima neste período ? haverá possibilidade de avistarmos nem que seja um pouquinho de neve?
Desde já agradecemos a ajudar
Abraços

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria! Infelizmente seu roteiro é muito complicado de fazer a partir de Córdoba. É como comprar uma passagem da Argentina ao Recife e de lá querer fazer Manaus e Foz do Iguaçu.

De Córdoba a Mendoza são 11 horas de viagem. De Mendoza a Santiago são 6 horas de viagem. De Santiago aos Lagos Andinos são 12 horas de viagem. Se você fizer todo esse trajeto ida e volta, passa praticamente todo o período de férias no ônibus.

Leia sobre Córdoba, Mendoza e Santiago:

https://www.viajenaviagem.com/category/mendoza

https://www.viajenaviagem.com/category/cordoba

https://www.viajenaviagem.com/2012/02/roteiro-santiago/

Mariana Fernandes

oi Boia, quero primeiramente parabenizar pelo site...é muito bom.
Outra coisa: vou viajar na primeira semana de agosto para Santiago e pretendo ir para Mendoza também, você que podemos correr algum risco de nao conseguir ir de onibus? por causa da neve? olhei passagens de avião e estão carissimas. Segunda: Dá para ir em Vina del mar e Valparaiso cada um em 1 dia? nao reservei hotel para ficar lá por mais dias, vc acha que dá. Muito obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mariana! Às vezes a estrada é fechada por conta da neve, sim. Para saber sobre Valparaíso, Viña e outros passeios, leia: https://www.viajenaviagem.com/2012/02/roteiro-santiago/

Mariana Fernandes

Oi Boia

nao sei se mandei esta pergunta agora, então por via das duvidas vou mandar de novo.

O que siginifica estas abreviaturas para compras de passagens de onibus para Mendoza. Da empresa Cata?:

Ex semicama
EJ Semicama

Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mariana! Significa executivo (ou ejecutivo).

Mariana Fernandes

Oi Boia

mas no site tem onibus:

EJ semicama

Ex semicama

SX semicama

acho que devem ser coisas diferentes não? se puder me ajudar, estou aguardando sua resposta para poder comprar. Obrigada.

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Sx é semi cama sem serviço
Ej é cama com serviço
Ex é cama sem serviço
Imagens de cada uma estão no link serviços no topo da pagina

Mariana Fernandes

Muito Obrigada Sylvia.

Abs

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Boa tarde!Estarei fazendo Bariloche-Puerto Varas-Pucón em abril.
Gostaria de alugar um carro em cada país, pois não irei fazer a trvessia de barco.
Pelo que li tem relatos de que alugaram carro em Bariloche e fizeram Chile e entregaram na volta.
Vale mais a pena?
Tem dicas das locadoras????obrigada

Rodrigo Almeida

Luciana, eu fiz o Sul do Chile de carro, saindo de Santiago e fiz o passeio de barco sem cruzar para Bariloche. Acho que por lá vc não cOnsegue atravessar. Além disso os preços de devolução em outro país impedem a locação.
Sugiro locar em Bariloche para passeios próximos, como vila langostura, devolver na argentina, cruzar para Puerto Varas, e locar outro lá.
Consegui ótimos preços com a Budget no Hile em 2011.

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Rodrigo, valeu pela dica.Obrigada.

Cláudia
CláudiaPermalinkResponder

Olá pessoal, gostaria de sugestões para dividir 10 dias de viagem em novembro entre bariloche/cruce andino/puerto varas-puerto montt/santiago. Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cláudia! Fique quatro dias em Bariloche, dois em Puerto Varas e quatro em Santiago.

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Bóia o que acha para meu roteiro:
5 dias inteiros em Bariloche, 2 inteiros en San Martin, 4 inteiros em Pucón e 3 inteiros em Puerto Varas.Tá de bom tamanho??
Será no começo de abril.obrigada
Luciana

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luciana! Está bom, sim.

Renata A.
Renata A.PermalinkResponder

Olá, Bóia!
Queria sugestões para organizar um roteiro legal na Patagônia chilena. Irei com meu namorado de 20/10 a 02/11, chegando e saindo de Santiago.
Meu plano inicial é ficarmos de 20/10 a 24/10 no Atacama, de 25/10 a 27/10 em Santiago e de 28/10 a 01/11 em Punta Arenas e explorar a região da melhor forma possível.
A prioridade é ver os animais da região. Estou tendo muitas dificuldades para me organizar a partir de Punta Arenas. Para quem quer ver a fauna, o melhor é ir para El Calafate ou Ushuaia?
Aguardo ansiosamente sugestões!

Obrigada!

Renata A.
Renata A.PermalinkResponder

Só complementando, os dias em Santiago podem ser revertidos para a Patagônia, de modo que ficaríamos baseados em Punta Arenas de 25/10 a 01/11.

Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Renata! Punta Arenas em si não é tão interessante; você poderá ver os pingüins na Isla Magdalena e não muito mais. O centro do turismo na Patagõnia chilena é Puerto Natales/Torres del Paine, a 3 e 4h30 de distância da cidade, respectivamente.

Se você tem uma semana para a região, recomendamos usar num cruzeiro Australis, que faz um lindo percurso entre Punta Arenas e Ushuaia:
https://www.viajenaviagem.com/2010/03/entre-ushuaia-e-punta-arenas-pelos-fiordes-da-patagonia/

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar