Bariloche

  • 0
Mariana Amaral
por Mariana Amaral

Bariloche: onde ficar

Bariloche tem acomodações de todo tipo: de hotéis de luxo à beira-lago a hotéis básicos no centro da cidade, passando por chalés e apart-hotéis.

No auge da temporada de inverno, quando todos os hotéis parecem estar bloqueados pelas operadoras brasileiras, o viajante independente ainda pode encontrar a sua cabaña (apartamentos ou chalés equipados com cozinha, que funcionam como um flat).

Há três zonas hoteleiras principais:

  • O Centro, com todos os restaurantes e lojinhas na porta;

Vizinha a Bariloche, Villa La Angostura tem hotéis-boutique sofisticados e oferece um upgrade em sossego e charme.

Hotéis | Centro | Avenida Bustillo | Cerro Catedral | Villa La Angostura

  • Centro

Bariloche

Centro Cívico

Ficar no centro de Bariloche é a melhor pedida para quem viaja sem carro e em família. Mas saiba desde já: aqui a hotelaria é antiga, e durante a temporada você vai pagar bem mais caro por uma diária em Bariloche do que pagaria por um hotel de mesma categoria, e muito mais bacana, em Buenos Aires. Mas existem, sim, hotéis no centro de Bariloche que oferecem bom serviço e têm quartos confortáveis; só é preciso relevar o jeitão involuntariamente vintage das instalações.

Calle Mitre

Rua Mitre

A melhor localização para se hospedar no centro de Bariloche é nos arredores do Centro Cívico, a praça-símbolo da cidade. Ficando por ali, você consegue sair para jantar a pé e vai estar sempre perto de alguma agência de passeios, loja de aluguel de roupas ou chocolateria. A rua (calle) Mitre é a principal da cidade, movimentada dia e noite. As paralelas Moreno (que, depois da rua Morales, troca de nome para San Martín) e Elflein também têm comércio e serviços para o visitante. Não se afaste desse eixo. Quanto mais longe você estiver da rua Mitre, mais fôlego vai precisar para voltar ao seu hotel, que estará montanha acima – ou mais vezes precisará lançar mão de táxis ou remises.

View Hotel

the view hotel bariloche

Qual o hotel mais bacana do centro de Bariloche? Sem dúvidas, o View. Inaugurado em 2008 e em excelente forma, fica ligeiramente fora do eixo principal. Por uma boa razão: todos os 16 quartos têm vista para o lago. No saguão há cantinhos gostosos para relaxar depois dos passeios, e um deck para apreciar o horizonte. Sirva-se com parcimônia no bufê de café da manhã. Logo chegam à mesa pratinhos com especialidades da casa, e quem é que vai conseguir recusar mini salgados recheados de queijo, bolo fresquinho, biscoitos e quetais?

Navegantes 3

hotel bariloche navegantes 3

No quesito conforto, os quartos do renovadíssimo Navegantes 3 (antigo Presidente) estão bem à frente da maioria dos hotéis no centro de Bariloche. Cama box alta e super confortável, banheiro espaçoso (com toalhas muito fofinhas!), um bom armário, frigobar abastecido... E várias luzes indiretas para deixar o ambiente ainda mais aconchegante. A localização, na calle San Martín, é excelente para resolver tudo que você precisar a pé.

Hotel Tirol

bariloche hotel tirol

Pertíssimo do Centro Cívico, na calle Libertad, o Tirol é um hotel bem simples, com cara de pousadinha familiar. É bastante antigo, mas os quartos foram recentemente reformados e dão conta do recado. Depois da localização, o segundo grande ponto positivo do hotel é o café da manhã. O bufê é cheio de bolinhos, tortas e sanduichinhos, como em um chá da tarde, servido em um salão de frente para o lago. Uma graça.

Cottbus

hotel cottbus bariloche

Cottbus

Também estão bastante bem conservados os apartamentos do Cottbus, na calle Villegas. O hotel tem uma localização ótima para sair para jantar à noite. Você vai ser uma das primeiras pessoas na fila do El Boliche de Alberto, que fica na quadra de baixo – mas saiba que para voltar vai ser preciso encarar uma ladeirinha.

Edelweiss

bariloche hotel edelweiss

A maioria dos hotéis com mais estrutura -- piscina, sauna, academia -- fica à beira-lago. Mas querendo encontrar hotéis mais bem equipados no Centro, considere:

  • O Edelweiss, que agora faz parte da rede NH;
  • O Cristal, bem no bochincho da calle Mitre;
  • O Cacique Inacayal, que combina num só hotel as duas localizações: Centro e beira-lago.

Peça um quarto silencioso

  • Nem só de brasileiros se faz a muvuca em Bariloche. No inverno, a cidade é destino de excursões de egresados, adolescentes argentinos em viagem de formatura que aproveitam para fazer a festa enquanto os pais não estão olhando. Se decidir se hospedar no centro, peça um quarto silencioso para dormir bem enquanto a moçada vai e volta da balada.

Hotéis | Centro | Avenida Bustillo | Cerro Catedral | Villa La Angostura

  • Avenida Bustillo

lago nahuel huapi

Lago Nahuel Huapi

Entre os hotéis localizados ao longo da avenida Bustillo – a estrada que margeia o lago Nahuel Huapi –, o número que consta do endereço indica a distância do centro da cidade. A maioria dos hotéis está a até 8 km do centro, e você não leva mais do que 15 minutos de carro até o comércio principal de Bariloche. Mas para sair para jantar não é nem preciso ir tão longe. Ao longo da avenida existem vários bons lugares onde comer, e vários hotéis têm restaurante próprio).

rochester hotel bariloche

Piscina do Rochester

Ficar na avenida Bustillo é perfeito para quem viaja em casal, de carro alugado e acha que aproveitar o hotel é uma das melhores partes de viajar. Quartos com vista para o lago, spa e piscina aquecida são algumas características comuns aos hotéis desse pedaço de Bariloche.

Dá para se hospedar na avenida Bustillo sem carro? Sim, mas calcule pagar cerca de 150 pesos para ir até o centro, e cerca de 80 pesos para uma corrida de um restaurante na avenida Bustillo de volta ao seu hotel (julho/2017). Ao longo da avenida Bustillo existem alguns pontos de ônibus, mas não é muito seguro caminhar pela beira da estrada. Alguns hotéis oferecem trânsfer gratuito em horários determinados.

Llao Llao

llao llao bariloche

Clássico dos clássicos, o Llao Llao é sinônimo de Bariloche. Entre os hotéis da avenida Bustillo, é o mais distante do centro, a 25 km. Mas é também um hotel auto-suficiente, e um destino em si. O prédio principal foi construído em 1940. Os interiores luxuosos, revestidos em madeira, impressionam, cumprindo o que se espera de um 5 estrelas de montanha. Os apartamentos são divididos em duas alas. A mais nova é a ala Moreno, inaugurada em 2007, atualizando o estilo dos quartos e oferecendo mais conforto para o verão, com ar-condicionado. Na ala antiga, Bustillo, a decoração com jeitinho de antigamente foi mantida (e os quartos só têm aquecimento, não têm ar-condicionado). No total, são mais de 200 apartamentos e a maior oferta de atividades (golfe, yoga, tirolesa, spinning, caiaque...) entre os hotéis de Bariloche.

Rochester

rochester bariloche hotel

Ficar no Rochester é brincar de ter um apê em Bariloche (com direito a piscina, sauna e spa). Na altura do km 6,7, é um apart-hotel com quartos bem amplos e ambientes integrados, em estilo loft. A cozinha é equipada com fogão elétrico, cafeteira, microondas e apetrechos para cozinhar. No banheiro, o piso aquecido é uma delícia depois de um dia inteiro na neve, e a banheira de hidromassagem dá pra dois. Os apartamentos do térreo têm vista para o jardim – para garantir a vista para o lago, escolha um quarto nos andares superiores.

Design Suites

design suites hotel bariloche

Num gênero mais moderninho, o que impressiona no Design Suites é a arquitetura. O salão do café da manhã, com um pé direito altíssimo e uma parede inteira envidraçada, não poderia estar mais integrado ao exterior. A piscina, na altura da copa das árvores, é uma beleza. Nem todos os quartos têm vista para o lago, mas todos têm hidro – e alguns têm hidro com vista para o lago, o que não é nada, nada mau. O Design Suites fica bem próximo ao centro, no km 2,5 da avenida Bustillo.

Villa Huinid

villa huinid

Vizinho ao Design Suites, no km 2,6, o Villa Huinid é um dos hotéis mais tradicionais da avenida Bustillo. Tem boa estrutura: piscina aquecida com vista para o lago, sala de jogos, academia e spa. Fora do prédio principal, os bangalôs são uma alternativa interessante de hospedagem, com lareira, cozinha completa e até churrasqueira. Não são luxuosos, mas aconchegantes na medida para quem viaja em família ou com um grupo de amigos.

Outras ótimas opções de hospedagem são o Charming (no km 7,5), em que algumas suítes têm até sauna privativa, e os simpáticos Sol de Nahuel (no km 5,4) e Nido del Cóndor (no km 8,8), ambos com ótimo custo x benefício.

Atendendo aos fãs de hotéis-boutique, o pequenino Lirolay Suites (no km 7), de apenas 12 quartos, é o mais intimista entre os hotéis à beira-lago (mas não tem piscina).

Dispensando outras mordomias, dá para se hospedar pagando pouco nos aparts Bahía Paraiso (no km 2,5) e Lagos del Sur (no km 4,1).

Quer mais opções de hospedagem? Para procurar apenas por cabañas, clique aqui; para flats, clique aqui.

Hotéis | Centro | Avenida Bustillo | Cerro Catedral | Villa La Angostura

  • Cerro Catedral

cerro catedral base onde ficar hotéis

Base do Cerro Catedral

A base do Cerro Catedral fica a 19 km do centro de Bariloche e tem uma zona hoteleira com dezenas de hotéis e cabañas. Mas só fique por aqui se você for se dedicar seriamente ao esqui – se é a sua primeira vez na neve, prefira se hospedar no centro. O aconchegante e moderninho Galileo Boutique Hotel tem estúdios com lareira e hidro, e apartamentos com cozinha completa que acomodam até 10 hóspedes. Cheia de personalidade, a pousada Sudbrück tem quartos enxutos, mas um simpático bar no lobby para recarregar as energias depois de um dia de muitas manobras. O lodge Pire-Hue é a única opção do pedaço com ski in/out, mas há de se relevar um serviço que muitos hóspedes consideram deixar a desejar.

Busque mais opções de hospedagem no Cerro Catedral aqui.

Hotéis | Centro | Avenida Bustillo | Cerro Catedral | Villa La Angostura

  • Villa La Angostura

villa la angostura hotel las balsas

Píer do Las Balsas

A 80 km de Bariloche, Villa La Angostura é uma alternativa mais sossegada (e sofisticada) a Bariloche. Seus melhores hotéis combinam luxo, aconchego e têm restaurantes com serviço caprichado. Estar de carro é fundamental.

Luma Casa de Montaña

villa la angostura hotel luma

Não fosse o lago Nahuel Huapi na janela, acordar no Luma Casa de Montaña seria como acordar em algum vilarejo na Toscana. Com apenas 8 quartos (e somente permitindo a entrada de hóspedes maiores de 16 anos), é um dos hotéis preferidos por casais na região.

Hotel Correntoso

correntoso hotel villa la angostura

Já o Correntoso, com sala de jogos, caiaque e bicicletas para alugar, está mais preparado para receber famílias. Pioneiro em Villa La Angostura, tem localização perfeita para quem quer fazer da viagem uma imersão na natureza, especialmente durante o verão.

Las Balsas

las balsas villa la angostura hotel

O rústico-chic Las Balsas é associado à rede Relais & Châteaux e está instalado em um bonito casarão, a passos do lago. As suítes têm quase o triplo do tamanho dos quartos standard, que são um pouco apertadinhos. Se couber no bolso, considere o upgrade.

La Escondida

Mais despojada, a La Escondida tem excelente custo x benefício, quartos com décor alegre e uma piscina aquecida no jardim.

Hotéis | Centro | Avenida Bustillo | Cerro Catedral | Villa La Angostura

25 comentários

Baran
BaranPermalinkResponder

Alguém sabe o preço aproximado de uma corrida de táxi ou remis do aeroporto ao Hotel Llao Llao?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Baran! Para calcular o preço das tarifas de táxi, veja: http://www.viajenaviagem.com/2009/04/angelica-20-va-de-taxi-mas-veja-antes-o-preco-da-corrida-online

Baran
BaranPermalinkResponder

Obrigado, Bóia. Infelizmente esses sites não informam a tarifa de táxi para Bariloche.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Oá, Baran! Existe inflação na Argentina, então não conseguimos dar conta de acompanhar os preços.

Juliana
JulianaPermalinkResponder

Olá, gostaria de saber como faço para reservar uma tarde de chá no Hotel Llao Llao. Se é fácil encontrar táxi que leve e busque do meu hotel até lá. Estou levando minha vó que já tem idade avançada, então gostaria de me locomover sossegada para esse passeio. Não sei se consigo fechar esse chá do próprio hotel que estarei hospedada que fica no centro de Bariloche. Ou se tem uma central do Hotel no centro pra reservar. Enfim... como proceder para reservar isso?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Juliana! Entre em contato direto com o Hotel Llao Llao para fazer a reserva: http://www.llaollao.com/por/contactenos.asp

Pegar táxi nos hotéis não é difícil. É só pedir para o porteiro ou alguém da recepção para te ajudar.

Siperdí !!
Siperdí !!PermalinkResponder

Em Bariloche ficamos no Península Petit Hotel, que é uma pousada romântica e charmosa com poucos quartos, em frente ao lago NH no braço campanário, distante 17Km do centro, de frente para o Cerro Lopez com uma vista incrível do lago e cerro, tanto do Living quanto do quarto, nota 10 no Booking, Pablo e Samantha, proprietários, são muito bacanas, café da manhã com chipa, banana desidratada e outros quitutes delicados, diferente do "padrão tradicional de queijo e presunto, suco e leite", muito especial.
Bom para quem vai sem stress ou pressa, e que não curte vibração nos neurônios. Quartos grandes, mesinha e cadeiras para curtis a vista dentro do quarto, calefação, chuveiro...tudo ótimo!!
Tem que estar de carro, próximo aos Cerros Campanário, Otto e ao LaoLao.

Siperdí !!
Siperdí !!PermalinkResponder

Fui em 02dez14.

Siperdí !!
Siperdí !!PermalinkResponder

Em Vila L Angostura ficamos no Correntoso. Sinceramente, dispensa elogios, vá sem receio, solicite quarto de frente para o lago, vista maravilhosa, vc fica vendo o rio e o lago e os pescadores, fui em dezembro, primavera, havia floração das Retamas, um arbusto de flores amarelas de cor intensa que margeavam rio e lago, um espetáculo da natureza, aliás, estavam em toda a estrada entre Bariloche La Angostura, junto com os Lupinos de cor azul e rosa criando cenários fotográficos que fazem o trajeto de 80 Km demorar algumas horas. Ambientes e quarto muito charmosos, atendimento muito simpático!

Laís Trazzi
Laís TrazziPermalinkResponder

Charming – Luxury Lodge! Fica sobre um penhasco, debruçado no imenso lago Nauel Huapi. Na construção foi usada muita madeira de árvores locais, a exemplo do Llao Llao. Um lugar muito romântico com ótimo atendimento, conforto e um restaurante com vista panorâmica do lago, onde é servido o café da manhã e refeições com menu reduzido, mas caprichado… Uma sugestão para o jantar é a massa recheada de carne de caça e um bom vinho… Do terraço do restaurante do hotel dá para ver o Cerro Campanário. Já indiquei esse hotel para várias pessoas e todo mundo adorou.

maria rita reimer dos santos

Ricardo ficamos hospedado no Design Suites em 2014 por 5 noites, e sempre que saíamos quando voltávamos a porta do nosso quarto esta aberta ou nosso cartão não estava apto a abrir a porta. Descobrimos apenas na última noite ao arrumarmos a mala que tinham furtado vários objetos pessoais além de nossas compras feitas em Bariloche. O hotel é lindo, mas não é seguro! Vi depois os comentários de outros hospedes que isso acontece com freqüência e o hotel nada faz para mudar! Não indico a ninguém!

Leonardo Ferreira Riera

Nós ficamos hospedados no Bariloche Habitat na Av. San Martín (Centro) por 06 dias e gostamos muito por causa da facilidade em acessar vários restaurantes, bares, supermercados e afins.
Como o flat fica mais no final da região central, estávamos um pouco afastados da muvuca e do barulho daquele miolo do final da Av. Mitre.
Por outro lado, também ficamos hospedados na Avenida Bustillo no sensacional Lirolay Suites, com a impressionante vista do Lago Nahuel Huapi.
Apesar de ter que pegar carro para qualquer coisa, a vista compensa tudo, sem contar o fato de que já tem meio caminho andado para chegar no Circuito Chico.
Fiz um relato no blog
https://comidaparaviagem.wordpress.com/2016/01/10/bariloche/

Joelma de Andrade

Oi!
Sempre reviro este blog dos pés à cabeça quando vou conhecer algum lugar, as informações são maravilhosas!
Agora entrei para pedir uma ajudinha no meu roteiro. Estarei em Bariloche do dia 12 ao dia 18 de junho, quero fazer a rota dos sete lagos, conhecer São Martin e Vila la Angostura. A dúvida é a seguinte, se eu fizer um pinga pinga - passar uma noite em Villa la Angostura, uma noite em San Martin e depois voltar à Bariloche e ficar o restante dos dias - tem coerência? Vale a pena me hospedar em Villa Angustura uma noite ou me hospedo apenas em San Martin?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Joelma! Dos dois jeitos dá certo.

Marina C de Almeida

Fui em lua de mel e ficamos no hotel Llao Llao. Tudo perfeito!! Melhor hotel com certeza, é um patrimônio histórico do país e ficar hospedada neste lugar com certeza é uma experiência à parte na viagem! Super recomendo! Funcionários sempre solícitos, de bom humor, educados e prontos para ajudar. O quarto que fiquei não era grande, mas do estilo que casa com o hotel. A vista não era para as montanhas, mas era maravilhosa do mesmo jeito. Tudo é lindo no hotel, a estrutura é enorme e até o último dia estávamos descobrindo novos cômodos. Fui em lua de mel e por isso me deram um up grade no quarto sem custo algum, além do fato de que foram surpreendentes em nos fazer uma surpresa: fomos passear pelo hotel e quando voltamos, havia uma champagne com frutas variadas, chocolates e um cartão da gerência do hotel nos parabenizando pelo casamento (tudo sem custo!). Todos os dias quando voltávamos para o quarto, encontrávamos chocolates e a previsão do tempo do dia seguinte em cima da cama. Enfim, tudo perfeito!! Pelo menos uma vez vale a pena ir com certeza!! Único ponto de atenção é a distância com a cidade..é bem longe e para taxis ou remis você vai pagar cerca de 550 pesos (beem salgado!). Como não tínhamos alugado carro, a alternativa foi seguir a dica aqui do blog e comprar o cartão de ônibus "sube", que é um circular com passagem bem barata e o último ponto é justamente o hotel (para na porta). Demora cerca de 1h do centro até o hotel com o ônibus, mas foi a alternativa para viabilizar a estadia incrível no hotel. Recomendo!

Michele de Oliveira Capiotti

Alguém quer uma dica de hotel bom e econômico? Eu o encontrei uma vez sem querer e depois fiquei novamente nele. É o Hotel Aitue. Ele é simples, muito central, proximo ao ônibus que leva ao cerro cathedral (ótimo para quem quer esquiar). Aliás, esse foi meu objetivo. Além disso tem muito restaurantes e lojas de aluguel de roupas de esqui nas proximidades então torna a vida de quem vai esquiar mais prática e econômica.

Maria Alice Damasceno

Super útil!

Renato Veloso Queiroz Filho

Fujam do Kenton Palace! Hotel com quartos minusculos, de verdade, menores que um quarto em NYC, isolamento acústico zero, staff pedante e de má vontade, wi-fi pior que dial up, mas a cereja do bolo foi o frigobar (trancado)! Vc só pode usar o frigobar se contratar um pacote caríssimo de bebidas. Por exemplo,m dois refrigerantes e uma água saiam por mais de 200 pesos (50 reais em setembro de 2016). A localização é boa, o café é ok, mas todo o resto é um inferno!

Isaura Maria Mota dos Santos

Fomos comemorar 25 anos de casamento e pegamos a primavera mais linda que já vi. Ficamos bem próximo ao Centro Cívico no Hotel Tres Reyes, simples mas muito bom, tomar café da manhã de frente para o Lago Nahuel Huapi não tem preço. Praticamente fizemos tudo a pé. A Av. Mitre está em obras e vai passar a ser somente para pedestres. Almoçamos no Boliche do Alberto ( muito bom) comemos um Fondue de queijo no La Marmita( recomendo) não gostamos do Família weisse ( ou coisa parecida).Foram 5 dias incríveis depois fomos para Villa Angostura de carro alugado e ficamos no Posada Puerta del Sol, (maravilhoso em todos os aspectos (janelão no quarto com visual incrível, atendimento super atencioso e quarto confortável). Adoramos Villa e seus restaurantes ( Nicoleto, Chop Chop, Restaurante do Porto, Alma Mora) e para fazer compras é mais barato que Bariloche.(4 dias). Seguimos para San Martin e a cidade parece uma cidade de Faroeste, onde as casas são praticamente de troncos de madeira e todos os canteiros e jardins com rosas enormes e de várias cores.Acho que todos os restaurantes são maravilhosos, porque todos sempre cheios. Gostamos muito dos que fomos e que não lembro agora do nome.( 3 dias). Voltamos à Bariloche e dessa vez ficamos no Cacique Inacayal, na beira do Lago.Hotel muito bom e com ótimo atendimento. Nos recomendaram o restaurante El Nacional e para nós foi um dos melhores restaurantes de toda a viagem. Visitamos a fabrica de cervejas Patagônia (tire uma tarde para desfrutar dela, comida boa e cervejas diferentes), visitamos a Colonia Suisa onde serve uma comida chamada Curanto que é uma série de chorichos feitos no calor das pedras. Claro fizemos todos os passeios comentados nesse blog mas para quem não quer esquiar, recomendo a primavera onde as estradas são cercadas de flores amarelas contrastando com o ceu azul e as montanhas com picos ainda com neve. onde vc tem as 4 estacões num dia RSRS mas quando resolve fazer calor, é calor e muito seco.(leve protetor labial) . Resumo, umas das viagens mais incríveis e belíssimas que fizemos.

Luise
LuisePermalinkResponder

Ficamos com muita dúvida sobre ficar no centro ou na bustillo... Acabamos reservando o Edelweiss e gostamos bastante! Quarto confortável, chuveiro e cama excelentes. Estar a pé do centro e de bons restaurantes como o Familia Weiss e El boliche do Alberto traz muita comodidade... pois não precisa esperar taxi. Café da manhã cobrado a parte, muito bom.

Leonardo
LeonardoPermalinkResponder

Olá pessoal,
Estou com viagem agendada para Bariloche na ultima quinzena de novembro. Vamos eu e minha esposa, e reservamos no hotel Design Suites uma acomodação classificada como "Suite Junior".
Porém fiquei com uma duvida quanto a esta acomodação porque em vários sites, inclusive onde fiz a reserva, vi que há fotos desta "suite junior" (tanto de viajantes quanto do próprio hotel) com vista para arvores e outras com vista, pelo menos parcial, para o lago (que achei mais atraentes). Na descrição da acomodação consta como vista para a montanha. Logo estou pensando que existem, neste mesmo padrão de acomodação, quartos com vistas "melhores" para o lago e outros com vistas mais fechadas apenas para as arvores.
Pensei em contactar o hotel para pedir que minha reserva fosse para uma destas com alguma vista para o lago. Mas nem sei como fazer isso ou mesmo se isso é possível.
Alguém aqui já se hospedou neste hotel e poderia me dar alguma dica sobre isso?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Leonardo! O hotel tem blocos diferentes. Haverá quartos assim com vista para o lago e outros com vista para os fundos, dependendo do bloco em que se localize. Na sua reserva há um email para contato com o hotel. Use e negocie o quarto com a vista que você quer. Se for de outra categoria, não vendida no site em que você comprou, vocês podem combinar o upgrade.

Leonardo
LeonardoPermalinkResponder

Obrigado Bóia !
Aproveito para parabenizar a todos pelo trabalho com este site que se tornou imprescindível a qualquer viajante. Sempre me ajudou muito em todas as minhas viagens.

juliana
julianaPermalinkResponder

Olhei no booking todos esses hoteis para o ano que vem,o ano todo já esta esgotado! Só tem data em janeiro 2018.Quanto tempo antes pra reservar?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Juliana! O inventário de inverno ainda não deve ter sido posto em sites de terceiros. A partir de 4 meses de antecedência você deve encontrar um bom conjunto de hotéis para fazer comparações.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar