Buenos Aires

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Buenos Aires: como chegar | Inclui: câmbio

Buenos Aires é servida por dois aeroportos. Aeroparque é o aeroporto central, a 10/15 minutos do seu hotel. Ezeiza, o aeroporto maior, está a uma hora da cidade.

Clique e veja como ir de cada aeroporto ao centro da cidade:

Câmbio em Buenos Aires - 2020

Desde o final de 2019, argentinos só têm direito a comprar 200 dólares por mês no câmbio oficial. Como os argentinos poupam em dólar, essa restrição fez renascer o mercado paralelo -- o "dólar blue".

Não vale mais a pena fazer câmbio em casas de câmbio oficiais -- inclusive nas agências do Banco Nación dos aeroportos. O câmbio oficial é até 30% inferior ao valor do paralelo, que indica o verdadeiro valor da moeda.

O que fazer?

O melhor é levar dólares, que têm mais valor que reais para argentinos. Para não precisar trocar dólares em casas de câmbio clandestinas, use diretamente no comércio. Normalmente você conseguirá uma cotação mais vantajosa do que nas casas de câmbio convencionais.

Para saber qual é a cotação do dólar paralelo, consulte esta página do site Dolar Hoy. Use o valor do dólar turista como referência.

Em muitos estabelecimentos também dá para pagar com reais por cotações superiores às das casas de câmbio convencionais, mas normalmente o ganho com dólar será maior.

Chegando do Uruguai, de barco

É possível vir do Uruguai por avião, mas a maneira mais popular é atravessando o rio da Prata.

A maioria dos barcos que vêm de Montevidéu e de Colonia del Sacramento desembarcam no terminal Buquebus, ao lado do Puerto Madero, em frente à avenida Córdoba (a quatro quadras da Galerías Pacífico).

Já os cruzeiros usam o terminal de passageiros do Porto de Buenos Aires, que fica numa área erma próxima ao centro da cidade.

Buenos Aires + Uruguai ou Chile