Quanto custa comer no Uruguai?

  • 0
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Locro

Locro, ensopado de miúdos, no Churana (Colonia)

Não me lembro em tempos recentes de o Uruguai ter sido um lugar baratíssimo para ir a restaurante, como Buenos Aires já foi. Mas Montevidéu sempre me pareceu um pouco menos cara que São Paulo, onde moro. Em Punta del Este, os preços costumam regular com os de São Paulo (e se o lugar for badalado, será mais caro do que em SP).

Dei um pequeno giro pá-pum pelos três principais destinos uruguaios para brasileiros e revelo aqui os preços que encontrei para almoçar e jantar. Mesmo com a desvalorização do real frente ao peso uruguaio (1 real vale hoje 8 pesos; já chegou a valer 11...), não levei nenhum susto. Muita gente reclama do preço de restaurante no Uruguai, mas acredito que deva ser uma questão de reversão de expectativa (talvez esperasse encontrar preços muitíssimo mais baixos que no Brasil). Ou a velha questão da água, do refrigerante e do café, que tanto no Uruguai quanto na Argentina saem caríssimo em restaurantes. Os preços são de junho de 2015.

Pague restaurante com cartão de crédito

Paguei todas as contas de restaurante com cartão de crédito -- sim, pasme -- e recomendo que você também use o plástico para pagar as refeições.

Por quê? Porque o Uruguai tem um programa de benefícios aos turistas (e também de formalização da economia) que concede 18,5% de desconto na hora para pagamentos em restaurantes com cartão de crédito (ou débito) internacional.

Com o desconto você paga a propina de 10%, que não vem incluída na conta, paga também os 6,38% do IOF brasileiro e ainda sobra um troquinho. Caso prefira usar dinheiro, terá que pagar a conta cheia, sem desconto, e ainda morrer com mais 10% da propina.

O desconto do IVA foi prorrogado até 30 de outubro de 2017

  • Este post está atualizado. O desconto continua válido. Leia mais aqui.

Mamma Nostra, Montevidéu

Mamma Nostra

Mamma Nostra

Nesta cantina perto do shopping Punta Carretas, o cubierto saiu 70 pesos uruguaios por pessoa (R$ 9); cada prato de massa, 330 pesos (R$ 42); a (ótima) cerveja Zillerthal de 600 ml, 110 pesos (R$ 14); cada café, 70 pesos (R$ 9). A conta, sem desconto nem gorjeta, saiu 1.160 pesos (R$ 145). Com o desconto de IVA uruguaio de 209 pesos e o acréscimo da gorjeta, saiu 1.066 pesos (R$ 134), ou R$ 66 por pessoa (R$ 70 por pessoa com IOF brasileiro). Mamma Nostra: Coronel Mora 451 esquina Núñez; tel. 2710-7891.

Bar Tabaré, Montevidéu

Tabaré

Tabaré

Adoro o ambiente deste restaurante que ocupa um casarão de esquina em Punta Carretas. O bar do salão principal e o balcão de farmácia da sala da frente são muito charmosos. O cubierto saiu 75 pesos por pessoa (R$ 10); o frango na wok, 395 pesos (R$ 50); o ojo de bife no forno, 465 pesos (R$ 58); cada cerveja Patricia, 140 pesos (R$ 18); uma tarteleta de manga, 220 pesos (R$ 28). A conta, sem desconto nem gorjeta, saiu 1.237 pesos (R$ 155). Com o desconto de IVA uruguaio de 223 pesos e o acréscimo da gorjeta, saiu 1.136 pesos (R$ 142), ou R$ 71 por pessoa (R$ 76 por pessoa com IOF brasileiro). Bar Tabaré: Zorrilla de San Martín 152 esquina Tabaré; tel. 2712-3242.

El Secreto, Punta del Este

El Secreto

El Secreto

O pôr do sol é uma das poucas coisas grátis em Punta del Este -- mas contemplar o entardecer com serviço de bordo é um dos maiores prazeres do pedaço. No El Secreto, um dos bares da orla próxima ao porto, o clericot grande (a sangria de vinho branco que é o drink oficial de Punta) sai 530 pesos (R$ 67). A porção de presunto cru com torradinhas, 300 pesos (R$ 38). Cada água com gás, 75 pesos (R$ 10); cada café, 75 pesos também (R$ 10). A conta, sem desconto nem gorjeta, saiu 1.055 pesos (R$ 131). Com o desconto de IVA uruguaio de 190 pesos e o acréscimo da gorjeta, saiu 964 pesos (R$ 120), ou R$ 60 por pessoa (R$ 64 por pessoa com IOF brasileiro). El Secreto: Rambla Artigas y Calle 28 (Los Meros); tel. 4244-9773.

Cuatro Mares, Punta del Este

Cuatro Mares

Cuatro Mares

O salão iluminado por velas me chamou a atenção para este restaurante perto do farol da Península já na minha passagem anterior por Punta -- mas só experimentei agora. Gostei. A porção de seis empanadinhas (fritas) de entrada saiu 300 pesos (R$ 38). O fish & chips do Nick, 480 pesos (R$ 60). O meu prato de massa do dia (um pappardelle com salmão), 450 pesos (R$ 57). Cada cerveja artesanal custou 170 pesos (R$ 22). A conta, sem desconto nem gorjeta, saiu 1.640 pesos (R$ 205). Com o desconto de IVA uruguaio de 295 pesos e o acréscimo da gorjeta, saiu 1.508 pesos (R$ 188), ou R$ 94 por pessoa (R$ 100 por pessoa com IOF brasileiro). Cuatro Mares: Capitán Miranda esquina 2 de Febrero; tel. 4244-8916.

La Bodeguita, Colonia del Sacramento

La Bodeguita

Numa fria noite de domingo, fora de temporada, a maioria dos restaurantes abertos em Colonia estava às moscas. Escolhemos esta pizzaria pelo movimento: a cidade inteira parecia estar lá. Esqueci de pedir a nota detalhada, mas lembro de ter pedido uma salada de entrada, uma pizza de pepperoni, uma garrafa de Tannat, água com gás e uma torta de maçã de sobremesa. (A pizza parece apetitosa mas é alta e fofa demais; está mais para torta salgada do que para pizza.) A conta, sem desconto nem gorjeta, saiu 1.265 pesos (R$ 158). Com o desconto de IVA uruguaio de 228 pesos e o acréscimo da gorjeta, saiu 1.163 pesos (R$ 145), ou R$ 72 por pessoa (R$ 77 por pessoa com IOF brasileiro). La Bodeguita: Calle del Comercio, 167; tel. 4522-5329.

Churana, Colonia del Sacramento

Churana

Churana

De dia, o Churana é o bistrô mais charmoso de Colonia del Sacramento -- você come praticamente no jardim, com vista para o rio. Pedimos duas empanadas de entrada -- uma a 90 pesos (R$ 11), outra a 140 pesos (R$ 17), uma sopa de cebola de 200 pesos (R$ 25) e um locro, delicioso ensopado criollo que leva miúdos, a 460 pesos (R$ 58). Cada cerveja Patricia saiu 90 pesos (R$ 11). Cada cafe custou 80 pesos (R$ 10). A conta, sem desconto nem gorjeta, saiu 1.230 pesos (R$ 153). Com o desconto de IVA uruguaio de 221 pesos e o acréscimo da gorjeta, saiu 1.131 pesos (R$ 141), ou R$ 70 por pessoa (R$ 75 por pessoa com IOF brasileiro). Churana: Misiones de los Tapes, 41; tel. 4523-5403.

Leia mais:

60 comentários

justino paradinha

fui a montevideo e colonia de sacramento em setembro do ano passado e achei os preços das refeições um desproposito, muito caras para a qualidade que me foi servida..

Eduardo
EduardoPermalinkResponder

Ricardo, já se tem alguma informação sobre a prorrogação deste benefício da Lei 17934? Salvo engano ele só vale até o dia 31 de julho deste ano. sei que em anos anteriores tinha-se a mesma dúvida e sempre foi prorrogado.

Estou indo em agosto e a dúvida fica no ar.

Obrigado e mais uma vez, parabéns pela fonte de inspiração que nos proporciona com este maravilhoso site/blog.

Abraços

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Eduardo! Quem responde é A Bóia. A lei tem sido renovada automaticamente todos os anos. Deve continuar sendo renovada, como o Ricardo Freire falou faz parte também de um programa de formalização da economia (os uruguaios também ganham desconto -- menor, mas ganham).

Rosiane
RosianePermalinkResponder

Ricardo, sei que é seu trabalho e tal, mas obrigada por ser tão competente e delicado! Esses detalhes da conta pra não termos surpresas no Uruguai foram de uma gentileza e delicadeza ímpar! Obrigada!

Emerson
EmersonPermalinkResponder

Adoro o Uruguay, mas em Montevideo se estiver de carro fuja do Mercado do Porto, tive meu carro arrombado, quebraram o vidro do caroneiro para roubar enquanto eu almoçava, isso que estacionei meu carro na frente de uma casa de câmbio que tinha segurança na porta que convenientemente não viu nada!!!.....muitos flanelinhas bandidos por lá, evite!....tive que vir até Santana do Livramento com o vidro quebrado, uma péssima experiência.....Já Punta del Este e Colonia é outro departamento.

Fernanda M Ferreira

Ricardo, como você nos ajuda!
Muito obrigada, por vc e seu blog! Suas dicas são certeiras e vc é direto no que faz! Vida longa e próspera para você continuar seu trabalho Ricardo!
abraços,
Fernanda

Ronaldo Assim
Ronaldo AssimPermalinkResponder

Lembrando que o benefício só é válido para cartões com a bandeira Visa. Para as outras bandeiras não é automatico.

Ricardo
RicardoPermalinkResponder

Ronaldo, não é apenas para bandeira Visa. A diferença é que o Visa já abate na hora do pagamento o valor do IVA. No Mastercard, por exemplo, o abatimento vem na fatura.

Francisco Neto

Ricardo,eu tenho que pedir o desconto no momento de se pagar a conta com o cartão de crédito ou eles dão o desconto automaticamente?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Francisco! Se o restaurante aceitar cartão, estará cadastrado. Basta pagar com cartão internacional que o desconto vem.

Beatriz Amorim

Oi Boia! Para quem vai sozinha como eu, tem opcoes mais economicas que restaurantes, mas que nao sejam tipo Mc Donalds, podendo comer algo mais natural e que alimente? Para mim gastar 140 reais por dia de refeicao (almoco e jantar) fica bem pesado.... Irei em Outubro. Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Beatriz! Esses são exemplos de refeições sentadas em restaurantes. Você pode alternar com refeições em cafés, lanchonetes e boliches.

Lucio
LucioPermalinkResponder

Ricardo parabéns pelas dicas...agora preciso "quanto custa comer em Santiago". Viajo em julho para o Chile. Abraços

Marise
MarisePermalinkResponder

Estive em junho em Montevideo, Colonia e Punta e em todos restaurantes paguei com cartão e o IVA veio descontado.
Quanto a compras algumas lojas tem o Tax Free, peguei o comprovante apresentei no aeroporto e em 5 dias o crédito estava no meu cartão.

Alex Melo
Alex MeloPermalinkResponder

Com o vou quase todo ano para lá, a trabalho, o que eu sinto é que o custo de alimentação em MVD já foi bem mais barato... mas ainda assim não sai mais caro que São Paulo, não.

Ali no centro histórico mesmo, deve regular com a Berrini...

Amanda
AmandaPermalinkResponder

Boa noite Ricardo,

Irei para Buenos Aires e Punta del Este em dezembro deste ano, estou pegando várias dicas aqui, muito bom!
Gostaria de economizar mas pelo jeito não será na alimentação em nenhum dos dois lugares, rs Achei tudo com o preço um pouco mais elevado do que o esperado. Me desanimei um pouco com essa questão do desconto automático somente com a bandeira visa, tenho cartão mastercard.

Obrigado, muito bom postar os preços e as fotos.

Alex Balint
Alex BalintPermalinkResponder

Fui agora em Outubro e o desconto do IVA foi feito diretamente na conta com pagamento atraves de cartao de credito.

Fui no Bar Lobo, La Crioulla e Francis, todos em Punta Carretas e recomendo os tres (com destaque para o Francis, porem de valor um pouco mais elevado).

E' mais barato beber vinho do que cerveja (40 pesos uma lata de cerveja nas lojas de conveniencia, 90 pesos um chopp no restaurantes).

No turismo gastronomico do Mercado del Puerto o El Palenque foi uma otima pedida.

Leandro
LeandroPermalinkResponder

Estou agora em Punta del Este tentando entender o porquê dos preços aqui no Uruguai serem tão altos.
Não sou bistrô e sofro com comidas muito diferentes. Assim, restaurante caro não é uma necessidade no pacote do turista. Vou em alguns para conhecer, mas não consigo almoçar e jantar 15 dias nesse esquema.
Dito isso, os preços que o Riq gentilmente pesquisou e passou são ok. A questão é que não existe pegada mais econômica. Um crepe custa 240 pesos (a 7 na cotação da casa de câmbio, chega a 35 reais). Não moro em SP, mas na minha cidade o crepe mais caro custa uns 20 reais. E esses são de comer na mão, em restaurante pequeno. Nada de chiqueza.
Nunca me senti tão explorado na vida por coisas tão básicas. Tudo é muito caro aqui. Para quem for bistrô, ok, uma refeição vai custar uns 200 reais e o valor é, de fato, compatível com restaurantes bons do Brasil.
Agora, pagar 15 reais num imã de geladeira (100-120 pesos) ou 60 reais (400 a 450 pesos) - num x-tudo (o chivito, lanche típico uruguaio), me desculpe, não é normal.

Priscilla Dantas

Olá,
Chego em Montevideo dia 01.02.
Minha intenção é pegar o carro ( já reservei) e ir pra Punta direto do aero.
Só que tenho q trocar reais para gastar em punta e para os pedagios ( exceto restaurante q aceite cartão).
Troco os reais por pesos no aeroporto mesmo? Ou vou até o centro?
Fico de 01 a 4 em punta, 4 a 6 em Montevideo e dia 6 pego o buquebus e sigo para BUA, onde fico até dia 12.
Tb preciso trocar alguns reais por pesos argentinos em Montevideo, já que chego em Porto Madero num sábado à noite.
Qual seria a dica de vcs nesse caso?
Muito obrigada, tô meio confusa com a questão do câmbio.
Priscilla Dantas

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Priscila! Não há nenhuma necessidade de trocar dinheiro em Punta. O real é aceito em todo lugar, inclusive no pedágio. Tem câmbio no Buquebus. Troque o mínimo necessário, a cotação é ruim.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Priscila! Não há nenhuma necessidade de trocar dinheiro em Punta. O real é aceito em todo lugar, inclusive no pedágio. Tem câmbio no Buquebus. Troque o mínimo necessário, a cotação é ruim.

patricia
patriciaPermalinkResponder

Muito boa as suas informações aqui prestadas! Parabéns! Estou indo passar reveillon em Montevideo e estava na dúvida sobre o que levar, pesos ou dólares, qual o preço de uma refeição e tal. Espero que esta lei do turista continue ativa!rs.
Concluo, devo ter alguns pesos no bolso para o uso do dia a dia na rua, mas as contas de refeições pagar no cartão é o mais vantajoso.Grata,

Patricia
PatriciaPermalinkResponder

E se pagarmos a conta em pesos uruguaios? Temos desconto do turista?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Patricia! O desconto é para pagamento com cartão de crédito internacional. Está bem explicado no texto. Se houvesse algum outro desconto para alguma outra forma de pagamento, a gente não omitiria.

Luciano Flores

Sugiro a quem quiser comer bem a um preço justo (barato é impossível no Uruguai), que conheçam o bar Facal, na Av. 18 de Julio, nº 1249.
Pratos variados e cafeteria de ótima qualidade. Muito frequentado por locais.

QUIRINEU
QUIRINEUPermalinkResponder

Muito obrigado pelos posts.. esclarecedor para quem esta programando viajar. Obrigado

Priscila Cantagessi

Amei o post! Achei super interessante e acho que vale muito a pena levar o cartão internacional! Gostei demais de achar alguém que explica as coisas pra gente direitinho! Muito obrigada! wink

Alberto Nuno
Alberto NunoPermalinkResponder

Eu vivi em Montevideo durante um ano, a alimentaçao nao é barata nem nos restaurantes nem no mercado.No almoço pode sair mais em conta pois tem como no Brasil o menu executivo.O Uruguayo comum nao sai muito para comer em restaurante porque é caro para eles.Eu acho o mercado do porto um nojo alem de caro é uma "zona", preço e serviço para turista, em qualquer outro local de Montevideo se come uma parilla melhor que la.É dificil voce sentar em um restaurante e comer e por menos de 500 ou 600 pesos. Punta é turismo ,os preços sao mais salgados.

Rubens Medina
Rubens MedinaPermalinkResponder

Não quero parecer chato, mas li muitos posts de que o Mercado do Porto era ótimo, mas é um lugar muito sujo, o preço da comida é extremamente elevado e não vi nada demais nas carnes (até pela falta de tempero deles), as que fazemos nas churrasqueiras de casa são muito iguais ou melhores (dependendo do lugar)... Os preços das coisas aqui são quase o dobro dos preços de São Paulo (onde moro), e olha que São Paulo tem um custo de vida elevadíssimo.

Cada vez que eu e a minha esposa sentamos para comer, não fica menos de R$ 100,00... E não nos esbaldamos de comer, temos costume de pedir um único prato para saber se é bom ou se a quantidade é exagerada (assim evitamos desperdício)... A região do Mercado do Porto é feia demais, muitos vendedores de drogas que te oferecem na maior naturalidade, como se estivesse vendendo churros na rua... Punta Carretas é mais bonitinha, mas os preços abusivos estão por toda Montevideu...

Não quero fazer com que deixem de conhecer aqui, mas eu gostaria muito de ter lido um post desse de alguém que visitou Montevideu, pois ao meu ver muita coisa foi omitida nos comentários...

Pelo que foi oferecido e os preços daqui, é muito provável que não voltaremos pra cá...

José
JoséPermalinkResponder

Olá! Irei viajar para o Uruguai dia 04.04.16, gostaria de saber se tem alguma novidade em relação a prorrogação do desconto do IVA.

Obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, José! Nenhuma novidade. Estamos pessimistas este ano.

Marcia
MarciaPermalinkResponder

Obrigada por compartilhar essas informações, pois pretendo viajar para lá.

Tania Aparecida Campanha

Suas informações foram ótimas.Eu e minha prima vamos para Montevideo e Punta del Este em junho agora.Se usarmos cartão de débito teremos o desconto de18%e pagaremos também 6,86 de iof

].

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tania! Se você está se referindo ao cartão pré-pago, o IOF você paga ao carregar o cartão com moeda. O desconto também vale para os cartões de débito pré-pagos.

Francisco Jr
Francisco JrPermalinkResponder

Mais uma vez, informações precisas e objetivas ! ????????
Seu blog é obrigatório antes de ir a qualquer destino.

sergio martorelli

Comprei UYU a 11 pesos na casa de cambio em Recife. Dessa forma, é melhor comprar mais pesos aqui que levar reais e trocar por lá. O que acham? esse valor de 1 Real é 8 pesos é de quando o cambio?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sergio! Bastante esquisito isso. Não teria sido a 0,11? Mesmo se fosse a 0,11, seria uma boa cotação (9 pesos por real). Em São Paulo a melhor cotação é 0,133 (7,50 pesos por real). Em Montevidéu está 8 pesos. Mas restaurantes é melhor pagar com cartão para receber 18,5% de desconto.

Jorge de Fraga

Gostei muito das informações prestadas pela A Boia. Calculei o valor do percentual de desconto para pagamento em cartão internacional (IVA) e ficou, em todos os casos, em 18,033% e não os 18,5% informados. Grato pela preciosas dicas!

RENATO ROCHA ALBANO

Ricardo, boa tarde. Me tira uma dúvida, se possível, por gentileza. Estou indo para Montevidéu na próxima terça, dia 12 de julho. A minha ideia inicial era alugar um carro no aeroporto e seguir direto para Punta. A dúvida que tenho é sobre o "depósito" que você precisa deixar com a locadora enquanto estiver com o veículo para posterior devolução por parte deles. Li no site da Avis que o valor desse depósito é de 3 mil dólares. Achei um absurdo, uma vez que ficarei dois dias com o carro e o valor do aluguel pelos dias é de R$ 250,00. Você sabe me dizer se está correto esse valor? Todas as locadoras seguem esse padrão? Outra coisa, no trajeto até Punta, quanto gasto de pedágio? Pode ser pago em dólar ou somente pesos? Muito obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Renato! Use cartão de crédito internacional e o bloqueio será bem menor. Não se aluga carro no exterior sem cartão de crédito internacional.

vitor
vitorPermalinkResponder

Velho, muito massa as dicas. Só devia ter incluído o roteiro também. Em quantos dias fez esse "pá-pum"? hehe mas ficou sensacional... valeu

Werewolf
WerewolfPermalinkResponder

Cara, muito caro mesmo, eu pretendo ir o Uruguai esse mês, obrigado pela dica referente ao cartão de crédito, o IVA vai ajudar, mesmo assim....

Daniela
DanielaPermalinkResponder

Preços de Brasília, ao que me consta... E não dos restaurantes de nível internacional... Obrigada pelas informações!

M Edith
M EdithPermalinkResponder

Restaurante Gibellini em Colonia del Sacramento, Uruguai é FANTÁSTICO ótimo vinho e comida MARAVILHOSA. Foi um jantar inesquecível

Ingrid
IngridPermalinkResponder

Estivemos por lá em maio/2016, somos de SC, então sentimos bastante diferença no preço da alimentação no Uruguai. Na verdade, foi a mesma coisa que sentimos quando estivemos no Rio...
O que mais pegou foi o preço das bebidas. Enquanto por aqui, uma latinha de Coca não sai por mais do que R$4,50/ R$5 (em restaurante), por lá era normal custar entre R$8 e R$10.
Sem falar no preço da água, coisa de R$3,50 em uma garrafinha, comprada em SUPERMERCADO.
Mas, de forma geral, encontramos ótimas opções para comermos com dignidade, sem recorrer ao Mc Donalds, diga-se de passagem hehe
A Cerveceria Matriz, no centro de Montevideo, por exemplo, tem pratos executivos completinhos, com bebida e sobremesa que nos custaram uns R$35 por pessoa, no total.
Outro lugar com comida boa e barata é o Mercado Agrícola. Aliás, a melhor massa da viagem foi lá que comemos! smile

Luiz Freitas
Luiz FreitasPermalinkResponder

Bem, pessoal. Estou indo agora em novembro 2016 a Montevideu de moto com minha esposa, desde Anápolis - GO. Com tantos comentários sobre preços altos, decidi ficar em um hostel (Punto Berro Cuidad Vieja) pelo preço de R$ 375,00 por cinco diárias para um casal, o hostel dá café da manhã, tem cozinha, então decidimos comprar coisas no mercado e fazer na cozinha do hostel. Bem mais barato, não acham? Fiz a mesma coisa quando fomos a Asuncion dezembro de 2015, também de moto. Compramos no supermarket e preparamos na cozinha do hostel. Não deixa de ser uma ideia. Abraços - Luiz

REGINA BARROS
REGINA BARROSPermalinkResponder

Então, li bastante no blog sobre vários assuntos...e agradeço pelos esclarecimentos....mas queria perguntar....por lá vc saberia me dizer se aceitam os cartoes Amex? Por que o meu internacional é Amex. Se sim, se vc saberia se é como no Visa ou como no Mastercard. Obrigada, Regina

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Regina! Fora dos Estados Unidos, a aceitação do Amex é menos disseminada do que Mastercard e Visa. Ainda não temos depoimento de quem tenha usado em restaurantes para saber como é feita a devolução neste cartão, se na hora ou na fatura.

Kellen
KellenPermalinkResponder

Ótimas dicas!!! Só me restou a dúvida se o desconto vale tb para pagamento com travel Visa. O Cartão de débito que compramos nas casas de câmbio.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Kellen! Já teve leitor que disse que funciona, sim. Mas nós nunca fizemos a operação e não sabemos se tem diferença no procedimento com Visa e MasterCard.

Kellen
KellenPermalinkResponder

Muitíssimo obrigada pela sua atenção em responder!!!

José armando
José armandoPermalinkResponder

Estou indo esta semana 16/12, achei excelente as dica irão ajudar muito. Pergunto: comprei passagem no Buquebus com cartão Visa, já pago achando que teria desconto do imposto, mas tal não ocorreu. Sabe dizer se este tipo de compra não tem direito ao desconto? Muito obrigado e continue com suas dicas excelentes.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, José Armando! Não há isenção de IVA para transporte. Só devolução em restaurantes e aluguel de carro, e isenção em hospedagem.

Juliano Cecílio

A comida simples no Uruguai é bem cara. Pratos sofisticados em bons restaurantes acabam tendo maior custo beneficio. Por exemplo: a medialuna com presunto e queijo sai a 120 ou 130 pesos - enquanto que um super bife de fraldinha (vacío) com fritas e salada em um restaurante legal de shopping sai a 380 pesos. O café banca padaria custa 90 pesos. Vinhos, a partir de 380 pesos. Fomos muito bem atendidos no Ros/Mora, no Camélia, no El Fogón e, sempre, no restaurante da Bouza, o melhor do país. O El Viejo y Querido foi decepcionante. Um almoço mais rápido com pratos "para compartir" no Lá Pasiva da 18 de Julio foi muito bom - no geral, o seu pratos são bem servidos, então vale pedir só mais uma saladinha e dividir por dois.

Vera Regina Sapiezinskas Gueths

Muito bom....que bom poder contar com detalhes...que podem fazer diferença...

Blanca Rosa Baggio Acevedo

Sou uruguaia mas moro em Florianópolis. Umas dicas para comer barato. Os restaurantes são mais caros e se cobra couvert por cada pessoa. E melhor comer em bares o cafeterias que tem pratos bem servidos a preços mais em conta e não cobram couvert geralmente. Alguns podem ser : Confiteria Lyon D'Or em 18 de Julio y Arenal Grande Tem Menú executivo a $335.p.p. com plato,bebida e sobremesa incluída. Também tem um Té-Cena de 16 a 19.30 por $ 360 p.p. que podes servir-te as vêzes que desejar com uma variedad de coisas de comer e beber. Outro lugar é La Pasiva seja no Shopping ou 18 de Julio, variedade de pratos a preço promedio de $350 p.p..Outro é café da Corte na praça Libertad (18 de Julio) , Também esta Oro del Rhim mas a da rua Colonia e Convención tem pouca variedade mas a comida é boa (pois o principal deles é a Cafeteria) Depois para tomar um chá ou café bem servido tem também a Confiteria Carreras na rua Magallanes esquina Colonia. Bar Facal (18 de julio y Yí) é outra boa opção. Na Rua São José e Paraguay tem algums pequenos bares restaurantes que são baratos e se pode comer bem, sem os preços caros. As churrascarias que estão nessa rua já são um pouco mais caras. Boa sorte e tomara seja útil a informação.

Janaina
JanainaPermalinkResponder

Olá, adoro as dicas do Viaje na Viagem. Estou indo no segundo semestre deste ano e gostaria de mais informações sobre o IVA, não será mais renovado após 21/04/2017? Também vale para os hotéis? Grata desde já.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Janaína! Assim que soubermos, postaremos.

NADIA MACHADO
NADIA MACHADOPermalinkResponder

Boa Tarde

Comprei um ticket para ir de Montevideo a Buenos Aires pelo buquebus me enviaram os vouchers porem nao informaram o endereço da partida do onibus que vai de Montevieo p/Colonia del Sacramento para embarcar para Buenos Aires.No site está informando que esta incluso o ônibus até o Porto de Colonia del Sacramento.
Tem como me informar?
Grata

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Nadia! A saída é da rodoviária Tres Cruces.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar