Lisboa

Muito gira

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Linda, inteiramente restaurada e civilizada como nunca, a cidade não deixa dúvida de que Portugal voltou a fazer parte da Europa. Tudo o que há 30 anos podia parecer pobreza ou subdesenvolvimento hoje é puro charme e personalidade.

Se você deixar a implicância de brasileiro em casa, pode ver Lisboa como quem vê Praga: uma cidade bonita de um jeito que normalmente não se permite a uma cidade fora da Itália. (E os preços também são de Leste Europeu.)

Suba em todos os miradouros, vá aos museus de Belém (a Coleção Berardo e o Museu do Oriente), caia na noite do Bairro Alto, atravesse o Tejo para ver o skyline de Lisboa da outra margem, dê um pulinho no Oceanário, passe um dia nas alturas em Sintra – e coma muitos pastéis de nata por mim, se faz favor.

Quando ir

Não há época desaconselhável para ir a Lisboa.

Seus invernos são amenos em comparação ao norte da Europa (pense em temperaturas mínimas de 8 graus) – e menos chuvosos do que no norte de Portugal.

Julho e agosto são muito quentes (com máximas em torno de 30 graus), mas nada que você nunca tenha vivido num verão brasileiro. A vantagem é que quase não chove.

O clima ideal para turistagem é o no fim da primavera (maio/junho) e no começo do outono (setembro/outubro), quando os termômetros dificilmente marcam abaixo de 15 graus, e as chuvas não chegam a atrapalhar.

Como chegar

A TAP voa sem escalas de São Paulo, Rio, Belo Horizonte, Brasília, Salvador, Recife, Natal, Fortaleza, Campinas e Porto Alegre. Todas as outras européias levam à cidade com apenas uma conexão.

Vindo do exterior, esqueça o trem. Os trilhos são úteis apenas para viajar por Portugal. A ligação com Madri é lenta e tem apenas uma freqüência noturna. Tampouco há trens que conectem o Algarve à Andaluzia (neste caso, venha de ônibus).

Onde ficar

Na minha opinião, a região entre o Chiado e o iniciozinho da avenida Liberdade é a mais interessante – supercentral para a turistagem e próxima à noite do Bairro Alto e do Cais do Sodré (onde está o novo foco de animação noturna).

O máximo aonde eu chegaria –.e se os preços estiverem convidativos – é ao final da avenida, à altura da rótula do Marquês do Pombal. Quem fica por ali está a duas estações de metrô de Restauradores, na entrada do centro (de onde o elevador da Glória leva ao Bairro Alto).

A Baixa é bem localizada e tem hotéis baratos, mas à noite fica vazia e mal-encarada. Os hotéis da região do Parque Eduardo VII ficam um pouco longe pro meu gosto. Se vai alugar apê, procure no Príncipe Real.

Daqui pra onde

Lisboa é excelente base para bate-voltas. De trem, em meia hora você chega a Sintra ou Cascais. De ônibus dá para ir a Óbidos (1h), Évora (1h45), Fátima (1h30), aos mosteiros da Batalha (2h) e de Alcobaça (2h).
Portugal é perfeito para percorrer de carro. Alugue nos últimos dias da estada em Lisboa, faça os bate-voltas, e depois continue para o norte (Coimbra, Hotel do Bussaco, Aveiro antes do Porto) ou para o sul (onde se destaca o Alentejo – Évora, Marvão, Monsaraz).

Do Porto você pode emendar à Galícia (Santiago de Compostela). A Madri ou Barcelona, vá de avião. A Sevilha, vá de trem a partir de Madri ou de ônibus via Algarve.

Lisboa no Viaje na Viagem

19 comentários

Atenção: perguntas que já estejam respondidas no texto e comentários ofensivos ou em maiúsculas serão deletados.

Cancelar
Roberto Amaro
Roberto AmaroPermalinkResponder

Quero viajar de Lisboa a Santiago de Compostela passando por Coimbra e Porto. Qual a melhor opção?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Você pode ir de carro por todo o trajeto, ou de trem em Portugal, seguindo do Porto a Compostela de ônibus.

Iara
IaraPermalinkResponder

O novo layout ficou ótimo!! Já estava acostumada com a leitura no formato anterior, mas achei bacana a repaginada.
Parabéns!
bjos

Cristiano
CristianoPermalinkResponder

Olá! Vou a Lisboa em dezembro, com conexão em Madri (Barajas), com vôos independentes (SÃO-Madri pela Tam e Madri-Lisboa pela TAP). O tempo de conexão é de 2h10min... Você considera suficiente ou muito arriscado?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cristiano! Como os vôos não são vinculados, se você puder contar com um intervalo maior, é mais recomendado. Se você ainda não efetuou a compra, aproveite para mudar de idéia e escolha vôos vinculados.

Ivana Cordeiro

Olá Ricardo Freire!
Preciso de um help meio que urgente! Vou viajar para Portugal dia 03 de outubro e vou passar uma semana lá para depois partir para espanha. Vou passar tres dias em Lisboa, fazer um bate e volta para Sintra e subir para porto. Queria saber se é melhor alugar um carro ou viajar de trem mesmo. Nesse caso, tem como passar de trem em óbidos, tomar, batalha, coimbra e chegar em porto de trem? E aind, fazer isso em um dia? Caso não dê, qual cidade você me indica dormir? Só preciso saber disso para reservar os hoteis!
Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ivana! Quem responde é A Bóia.

Você quer fazer por conta própria uma viagem num ritmo que nem a mais alucinada das excursões dá conta.

Por favor, leia os posts relacionados nesta página, eles vão ajudar você a entender Portugal.

Para viagens rápidas, leia:
http://www.viajenaviagem.com/2012/03/roteiro-9-dias-europa

Mauricio
MauricioPermalinkResponder

Estou pensando em ir para Lisboa, por 7 ou 8 dias, provavelmente chegando lá entre 10 e 15 de Dezembro.

Como será inverno, o que é possível e o que não dá para fazer nesta época ?

Obrigado !

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mauricio! Se você não se importar com o frio (que normalmente não é tão severo), tudo é possível. smile

Veja como foi a experiência do Renato e da Vanessa: http://www.viajenaviagem.com/2009/09/espanha-e-portugal-no-inverno-pro-renato-e-pra-vanessa

natacha simoes

Boa tarde, ficarei um dia em Lisboa em conesão chego as 8h30 e pego voo para o Brasil as 23h00. Gostaria de aproveitar este dia, pensei em visitar Sintra. Este seria o melhor roteiro? è possivel fazer em um dia? Como chego lá e retorno do aeroporto?

Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Natacha! É melhor não arriscar. Lisboa tem diversas atrações. Passeie por lá e prefira não correr o risco de perder o vôo de volta.

Silvava
SilvavaPermalinkResponder

Oi Bóia, queria saber se alguém conhece o Hotel Gat Rossio na na Rua Jardim Do Regedor.

Silvana
SilvanaPermalinkResponder

Nossa, foi mal, errei meu próprio nome. Você sabe me dizer se a região da Rua Jardim Do Regedor no final da Praça Restauradores é segura, estou viajando sozinha.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Silvana! O perigo na Europa está nos pontos turísticos, nas aglomerações de dia e no transporte público.

Leia:
http://www.viajenaviagem.com/2013/07/europa-inseguranca-turismo

BETO BISOGNIN
BETO BISOGNINPermalinkResponder

bom dia, sou do Brasil e gostaria de saber como usar o GPS do meu smartphone em Portugal ou devo comprar um chip com internet em Lisboa? e quanto custa este chip e qual a operadora.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Beto! Você até pode programar a rota usando o wifi do seu hotel antes de sair, mas qualquer problema que haja no caminho você não terá sinal para reprogramar. O melhor é comprar um simcard local (fora do Brasil ninguém fala chip, é simcard).

Leia:
http://www.viajenaviagem.com/2012/03/chip-local-no-exterior

Ana Paula Ferreira

Olá ,gostaria de saber sobre a festa da cereja , alguem pode me dizer quando é ??? aonde ???? grata................................

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ana Paula! Uma rápida pesquisa no Google me revelou que existe mais de uma Festa da Cereja em Portugal! Faça a sua pesquisa também wink