Argentina: isenção de 21% de IVA em hotéis para pagamento no cartão já está valendo

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

desconto hotéis Argentina - Dazzler Recoleta

Dazzler Recoleta

Até que enfim: anunciada em setembro de 2016, a isenção do IVA (imposto de valor agregado, o equivalente ao nosso ICMS) nas diárias de hotel na Argentina pagas por visitantes estrangeiros (com cartão de crédito, cartão de débito ou por meio de agência de viagem) foi regulamentada no fim do ano e já está valendo desde esta segunda-feira, 2 de janeiro de 2017.

O IVA que incide sobre diárias de hotel é de 21% e continuará adicionado a todas as diárias. Pagando com cartão de crédito, débito ou pré-pago internacional, porém, o hóspede estrangeiro fica isento do imposto. Mas precisa provar que está na Argentina há menos de 60 dias.

O desconto vale apenas para diária e café da manhã em hotéis; apartamentos de temporada estão fora da medida. Despesas extras em hotéis -- como almoço, jantar, massagens ou consumo do frigobar -- continuam pagando IVA de 21% e devem ser faturadas separadamente.

A isenção de IVA em hotéis de outros países

Com essa medida, a Argentina entra na onda de outros países da América do Sul que já isentam os visitantes estrangeiros do pagamento do imposto sobre hospedagem. (O Brasil passa a ser o único país do Cone Sul que não dá essa moleza para os visitantes estrangeiros.) Cada país, porém, tem seus próprios procedimentos. Veja as diferenças:

Uruguai

No Uruguai, visitantes estrangeiros são isentos dos 20% de IVA em hotéis. O valor não é sequer acrescentado à conta. O pagamento pode ser feito em qualquer meio: pesos, cartão internacional ou moeda estrangeira (caso o hotel aceite).

Já nos casos de restaurantes e locadoras de carros, o IVA é acrescentado à conta mas devolvido automaticamente quando o pagamento é feito com cartão internacional.

Chile

No Chile o turista tem direito à isenção dos 19% de IVA em despesas de hospedagem -- desde que tenha entrado no Chile há menos de 60 dias e pague em dólar vivo ou cartão internacional.

A 'prova' de que você está no Chile há menos de 60 dias é o papelzinho da imigração, que será xerocado pela recepção do hotel. Na hora do check-out, vá com tempo sobrando, porque o funcionário vai ter que preencher uma 'factura de exportación' (se for pegar o avião de manhã cedo, feche a conta na véspera).

Peru

O Peru também isenta turistas do IVA de 18% em hotéis. O pagamento pode ser feito por qualquer meio, mas você precisa provar que está há menos de 60 dias no Peru.

Assim como acontece no Chile, a recepção vai xerocar a sua tarjeta (papelzinho) de entrada no país.

E você? Já conseguiu sua devolução?

Você que está na Argentina e vai pagar hotel com cartão de crédito: conta pra gente se a devolução funcionou direito? Obrigado!

Leia mais:

97 comentários

Eduardo
EduardoPermalinkResponder

Passei o reveillon em BA no hotel Callao Suites, reservando pelo booking. O hotel na chegada me cobrou valor cheio no cartão e escaneou meu passaporte e carimbo de entrada justificando que seria para abater o IVA. Durante a estadia li que o Booking não se responsabilizava por isso e fui à recebção. Pediram para mandar email. Chegando ao Brasil me respinderam que preciso enviar a fatura original por email ao hotel. OU SEJA, querem declarar ao governo que me estornaram e ficar com o imposto líquido para eles.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Eduardo! O valor que aparece no Booking é sem IVA. Se você pagasse com dinheiro vivo ou não provasse que está há menos de 60 dias na Argentina, o IVA seria acrescido à sua conta. Se você pensou que pagaria o valor da reserva menos 21%, entendeu errado.

Queiroz
QueirozPermalinkResponder

olá estou organizando minha primeira viagem ao exterior e não sei como funciona essa cobrança, eu posso pagar com cartao de debito pré pago, mas o valor será o cheio + taxas, e na hora eles tiram as taxas ? e eu posso pagar em pesos argentinos, ou só em dólar ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Queiroz! Você pode pagar com cartão pré-pago e não será acrescentado o IVA, você pagará apenas o que está sinalizado em sites como o Booking. Se você pagar em pesos, ou em dólar, em qualquer moeda que aceitarem, serão acrescentados 21% de IVA.

anna ruas
anna ruasPermalinkResponder

Olá, por favor eu fiz uma reserva pré-paga em reais no meu cartão pelo Hoteis.com ( paguei as diárias e café ) e vou utilizar meu RG para ir a Buenos Aires. Mesmo assim fico isenta dos 21% para essa conta? muito obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Anna! O RG não tem nada a ver com a questão. Você precisará apresentar a papeleta de imigração que prova que você entrou há menos de 60 dias.

Pedro
PedroPermalinkResponder

Boa noite! Uma dúvida: ao procurar hotéis no booking, ao lado dos preços há menção "+ 100... 150... etc. de impostos". Efetuando o pagamento com cartão nos moldes da publicação da noticia, fico isento dessa cobrança "adicional"? é isso? Caso opte por não pagar por cartão, será cobrado o valor da reserva, acrescido do imposto, de acordo com a respectiva publicação?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Pedro! Se você pagar em dinheiro, terá que acrescentar o imposto. Se pagar com cartão, antecipado ou no check-out, ficará isento do imposto.

POLLYANNE
POLLYANNEPermalinkResponder

Olá.
Pagando pelo "hoteis.com" com a opção de pagar agora - em real e sem iof também é possível ficar isento do IVA? como fazer quando chegar no hotel se eles cobrarem?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Pollyanne! Não sei como funciona neste site, mas nos pré-pagamentos do Booking não há incidência de IVA nem antes, nem depois.

Rachel
RachelPermalinkResponder

Ola, boa tarde!
viajo em maio para BA, estava querendo deixar reservado o hotel pela decolar.com (que não aparece a cobrança/incidência de IVA). a minha duvida é: ao chegar no hotel irão me cobrar o IVA? como devo proceder? ja que eu li que eles exigem o cartão de credito logo no check in! obrigada! eu estou amando as dicas !!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rachel! Se você já chegar com o hotel pago, basta apresentar o passaporte ou a ficha de imigração para provar que você está há menos de 60 dias na Argentina.

Rachel
RachelPermalinkResponder

AHHHHH, que maravilha!!! muito obrigada pela dica!!

outra dúvida.. de lá vou passar 4 dias no Uruguai, você acha mais vantagem/legal ficar os 4 dias em Montevideo e fazer um bate volta para punta del leste ou passar 2 dias em Montevideo e 2 dias em Punta???

NEMER SARHAN
NEMER SARHANPermalinkResponder

Preciso de uma ajuda / esclarecimento:
Se eu reservar um hotel na Argentina pelo site da Accor eles cobram o IVA de forma antecipada
Neste caso eu consigo o reembolso?

Grato

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Nemer! Acredito que não dê para conseguir reembolso não. Mas esclareça isso com a central de atendimento da rede.

Emanuel
EmanuelPermalinkResponder

Olá! Uma dúvida. O booking tem duas opções de reserva. Uma em que reserva, mas "paga depois". E outra em que já paga logo. Nesse último caso, como fica o IVA de pagar no cartão de crédito? Recolhe ou não? Com relação ao IVA, é a mesma coisa que acontece quando "paga depois"? Obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Emanuel! Em nenhuma das duas o IVA é cobrado. O IVA só será acrescentado e cobrado na Argentina, caso você não pague com cartão de crédito internacional ou não tenha mais a papeleta que prove que você está há menos de 60 dias na Argentina.

Danielle Waisberg

Olá! Viajarei para BA em Março. Como consigo a papeleta para não pagar o IVA?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Danielle! É a papeleta da imigração, que você vai receber quando passar pela imigração.

janinetelles93@gmail.com

Vou para Argentina, só comprei as passagens pela decolar , e a hospedagem vou direto no hotel, e o pagamento será no dinheiro , Como consigo esse documento para comprovar que vou ficar menos de 60 dias no pai ? E eu pagando em especie, tenho a possibilidade ficar isenta mostrando o documento de isenção ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Janine! Pagando em dinheiro sua conta será acrescida de 21% de IVA. Se quiser a isenção, pague com catão de crédito. Você terá direito ao desconto se tiver entrado há menos de 60 dias no país (o que estará indicado na sua papeleta de imigração) e pagar com cartão de crédito.

Ana
AnaPermalinkResponder

Olá gostaria de saber se preciso efetuar o pagamento com um cartão internacional? para ficar isento da taxa , estou comprando pelo decolar.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ana! Pré-pagamentos feitos fora na Argentina normalmente também dão direito à isenção. Veja no site se está incluído o IVA. No Booking não incluem e você não paga, mesmo quando há pré-pagamento.

Bianca Rabetti

Olá. Bom dia. Esse IVA. Vale apenas para hotel?? Ou teria outros lugares que compensaria pagar com o cartão para obter esse desconto?
Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Bianca! Se houvesse, a gente diria no texto. Por que você imagina que sonegaríamos uma informação como essa?

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar