Carne em Buenos Aires: 5 parillas muito especiais

Mariana Amaral
por Mariana Amaral

la cabrera norte parrilla buenos aires restaurante

Considero as parrillas de Buenos Aires uma atração tão importante quanto a Casa Rosada, o estádio do Boca Juniors ou os shows de tango. Com a diferença que, em uma segunda viagem, talvez você não sinta necessidade de bater ponto na Plaza de Mayo ou no Caminito outra vez. Mas já na La Cabrera...

Não vamos nos atrever aqui a fazer um ranking de melhores parrillas em Buenos Aires – come-se muitíssimo bem em dezenas de endereços pela cidade. Mas selecionamos 5 churrascarias que valem a visita pelo conjunto da obra, com bom atendimento, ambiente agradável, localização conveniente e, claro, excelente carne.

Cabaña Las Lilas

cabana las lilas buenos aires restaurante parrilla

Cabaña Las Lilas

A Cabaña Las Lilas é a parrilla mais cara de Buenos Aires. Se você conseguir guardar na memória apenas o quão suculenta é a carne, com aquela crosta torradinha perfeita, e esquecer o valor da conta, possivelmente vai achar que a experiência valeu a pena. E a verdade é que, passado o susto do preço, não há como um brasileiro não se sentir à vontade ali: no cardápio tem picanha, no couvert vem pão de queijo, e a casa pertence ao grupo Rubaiyat, conhecido por suas churrascarias em São Paulo, Brasília e Rio. É um restaurante mais frequentado por executivos em almoço de negócios e por turistas em família, e dá para emendar na visita uma caminhada pelo Puerto Madero (para onde se tem, da varanda, uma bonita vista). Prepare o bolso e seja feliz.

Cabaña Las Lilas

  • Av. Alicia Moreau de Justo, 516 | Puerto Madero | Tel. 11/4313-1336 | Reservas aqui

Don Julio

don julio buenos aires restaurante parrilla

Don Julio

Lindo, lindo, lindo lugar. A parrilla Don Julio funciona em um casarão de esquina em Palermo, com um pé direito altíssimo, azulejos hidráulicos no piso e garrafas de vinho enfeitando as paredes. Quem diria: a sua ida à churrascaria pode, sim, ser um programinha romântico. O ojo de bife, generoso e macio, dá pra dois com folga, e o bife de chorizo vem preparado ao gosto do freguês – alto (ancho), fino (angosto) ou aberto ao meio (mariposa). Uma boa escolha para acompanhamento são os legumes a la parrilla, como a abóbora que chega à mesa com as marquinhas da churrasqueira, coberta por sementes assadas e crocantes. O excelente atendimento é um dos trunfos da casa, e o público se divide entre turistas e porteños.

Don Julio

  • Calle Guatemala, 4691 | Palermo Viejo | Tel. 11/4831-9564 | Reservas aqui

La Cabrera

la cabrera norte buenos aires restaurante parrilla

La Cabrera Norte

Favorita entre os brasileiros, a La Cabrera é uma festa. Qualquer corte de carne vem acompanhado por guarnições em mini porçõezinhas, para você descobrir uma nova combinação favorita a cada bocada. Tem creme de milho, alho confitado, vários molhinhos e purês, e quando você já está feliz da vida, lá vem a garçonete trazendo novidades. A carne na La Cabrera é sempre impecável, e, apesar de a casa ter dois endereços (um quase ao lado do outro, La Cabrera e La Cabrera Norte), é comum haver fila na porta em ambos. Para tentar escapar da espera, programe-se para jantar cedo e ainda garfar os 40% de desconto do happy hour. Ou faça reserva e aproveite o menu promocional de almoço, servido de segunda a sexta, com entrada, prato principal e sobremesa. Não está viajando para fazer economia? Pois bem: aproveite os cortes de wagyu ou experimente o ojo de bife maturado.

La Cabrera e La Cabrera Norte

  • Calle José Antonio Cabrera, 5099 e 5127 | Palermo Soho | Tel. 11/4832-5754 (La Cabrera) e 11/4831-7002  (La Cabrera Norte) | Reservas aqui

La Carnicería

la carnicería buenos aires restaurante parrilla

La Carnicería

A La Carnicería é distinta de todas as outras centenas de parrillas que existem em Buenos Aires, investindo em defumados, carnes menos convencionais e acompanhamentos diferentões. Os mais destemidos vão se divertir muito, e já desde as entradas – o chorizo defumado com batata, ervilhas e dois ovos fritos, e também a provoleta são as mais discretinhas delas (de resto é morcilla, língua, timo). Nos pratos principais, as guarnições são fixas, e o que varia são os cortes do dia. São quatro opções em cartaz, uma para cada categoria: carne de boi, javali, porco, e uma opção defumada, que não vai à churrasqueira. Sempre vai haver ojo de bife ou bife de chorizo, na companhia de purê de abóbora e chimichurri – mas dê uma chance ao jabalí; você não vai se arrepender. No quesito bebidas, a novidade é a harmonização de churrasco com gin tônica (Príncipe de Los Apóstoles, que tem erva-mate na composição). Com todo respeito, quem é que sente falta de um malbec numa hora dessas? A La Carnicería tem apenas 30 assentos e funciona em dois turnos, às 20h e às 22h30. Aos sábados e domingos também abre para almoço. É um sucesso absoluto e está cheia sempre. Imprescindível reservar.

La Carnicería

  • Calle Thames, 2367 | Palermo Soho | Tel. 11/2071-7199 | Reservas por telefone

Elauge Hnos.

elauge hnos buenos aires restaurante parrilla

Elauge Hnos.

Pedimos licença à La Brigada, El Mirasol de La Recova, La Choza, El Pobre Luis e tantas outras parrillas elogiadas de Buenos Aires para dar espaço aqui à Elauge Hnos. Inaugurada em 2016, seria apenas mais um lugar para se comer bem na cidade, não fosse sua providencial localização: pertíssimo da Plaza de Mayo e da Casa Rosada, até então um deserto de bons restaurantes. Ou seja, dá para fazer comprinhas na calle Florida e visitar a Casa Rosada sem necessariamente precisar ir até Puerto Madero para almoçar, caso você queira fazer uma refeição mais bacana. A Elauge Hnos. tem uma onda industrial-moderninha, boa carne, e uma batata frita em estilo canoa que é campeã. Seus vizinhos de mesa serão funcionários de escritórios cercanos, e também um ou outro turista. (Em tempo: "Hnos." está para "hermanos" assim como "Bros." está para "brothers". Pescou?).

Elauge Hnos.

  • Calle Hipólito Yrigoyen, 640 | Centro | Tel. 11/2007-5487 | Reservas aqui

Mais dicas

la carniceria buenos aires parrilla
Nas churrascarias argentinas, no lugar da picanha fatiada bem fininha e dos espetos que passeiam pelo salão, você vai encontrar bifes bem altos, servidos à mesa em tábuas de madeira, travessas de metal ou direto no prato. São comuns os cortes como o ojo de bife e o bife de chorizo (que vêm do que aqui conhecemos por contrafilé), o asado de tira (uma ripa da costela) e o lomo (nosso filé mignon). Chorizo é como chamam a linguiça por lá. O nosso chouriço, na Argentina, é morcilla.

A parrillada não é uma chapa mista qualquer – costuma incluir partes como riñones (rins) e chinchulines (intestino delgado), que em castelhano são chamados de achuras.

A provoleta, queijo derretido com casquinha crocante, é das entradas favoritas no churrasco argentino. De acompanhamentos, ensalada mixta (alface, queijo, cebola), papas (batatas) fritas e vegetales a la parrilla. Além do chimichurri, molho à base de ervas, também é comum haver salsa criolla – nada mais, nada menos, do que o parente argentino do nosso molho vinagrete.

Nas churrascarias mais famosas de Buenos Aires, os garçons estão bastante habituados à presença dos brasileiros, e compreendem bem o nosso portunhol. Mas se quiser fazer bonito, peça o ponto da carne em castelhano. Mal passado é jugoso (diga: rugôço). Ao ponto é a punto. Bem passado é bien cocido.

Um ojo de bife ou um bife de chorizo pode ser suficiente para duas pessoas, ou até três, dependendo do tamanho (há alguns de até 800g). Os acompanhamentos também costumam ser bem fartos. Consulte o garçom antes de fazer o pedido.

Fazer reserva é mais do que recomendado, especialmente para almoços e jantares no final de semana. As filas nas parrillas de Buenos Aires podem ser imensas. Peça uma mãozinha à recepção do seu hotel, ou use canais de reserva online como o Restorando.

Leia mais:

 

28 comentários

Guilherme
GuilhermePermalinkResponder

Adorei a parte "...em uma segunda viagem, talvez você não sinta necessidade de bater ponto na Plaza de Mayo ou no Caminito outra vez. Mas já na La Cabrera..."
É bem por aí mesmo!

Renata
RenataPermalinkResponder

Realmente o Las Lilas e o Dom Júlio são espetaculares. E no Las Lilas não é só a carne que é magnífica, na segunda vez que eu fui, pedi um salmão branco simplesmente estupendo! Fica a dica smile

Ana Luisa
Ana LuisaPermalinkResponder

Venho a bsas ao menos três vezes ao ano e nunca fui ao Elauge. Curiosamente acabo de pousar em ezeiza e enquanto meu marido enfrenta a fila quilométrica do Banco de lá Nacion, me deparo com esse post. Vou incluir no meu roteiro dessa vez, mas confesso que custo crer que bata o El Mirasol de lá recova, onde para mim, sem sombra de dúvidas se come a melhor carne portenha disparado . A conferir...

Flavia
FlaviaPermalinkResponder

Don Julio é realmente maravilhoso! Comida excelente carta de vinhos impecável. Já minha experiência no La Carneceria não foi boa. Recebi um péssimo atendimento, carta de vinhos onde não tinham as opções descritas, demora no serviço. Talvez não tenha tido sorte, mas não voltaria.

Flavio Leonardo Vitari

Acho perfeita a parrila de El Mirasol de
La Recova.

Jaime Carlik
Jaime CarlikPermalinkResponder

Ótimas sugestões (conheço todas) mas me permito sugerir a inclusão nesta lista: El Establo Parrilla (centro) e La Brigada Parrilla (San Telmo).

ANA CECILIA
ANA CECILIAPermalinkResponder

Tem algumas que não conheço. Mas, pra mim, tem duas que não estão e deveriam: Pilgary Carnes na Recova e Fervor em Posadas e Callao

Maria das Graças

Ana Cecilia, concordo com você. A Fervor tem qualidade, ótimo atendimento, ambiente elegante e é frequentado por moradores do bairro. Para os que estão hospedados na Recoleta é uma comodidade.

M gorete
M goretePermalinkResponder

Las lilás certamente é show, por anos mantém qualidade na carne e atendimento. Nunca deixo de ir.

Nelson Pereira de Souza Junior

Cabaña Las Lilas, tem uma Carta de Vinhos especial para qualquer opção do cardápio.
Como descreve a reportagem, se não se importar com a conta, não deixe de ir.
Com certeza eu vou voltar!

Marcos
MarcosPermalinkResponder

Faltou incluir Las Cabras, que fica na Fitz Roy, 1795, em Palermo Soho. Simples, mas excelente lugar, romântico (fazer aquela graça com a patroa) e o melhor preço! É bom chegar cedo para jantar, pois costuma ter fila de espera.

Alessandra Trindade

Muito bem lembrado!!!! Las Cabras é ótimo custo X beneficio.

Renata Rossi
Renata RossiPermalinkResponder

Esqueceu de falar do Siga lá Vaca super turística mas a carne é maravilhosa e o preço é de encher os olhos!!!!

Carla Freitas
Carla FreitasPermalinkResponder

Gostei muito do Parrilla Peña, onde a carne é saborosíssima (comi Ojo de Bife), o preço é justo e acreditem, até a salada é uma delícia! É um local frequentado por Porteños, que apreciam a boa comida.
End. Rodríguez Pena 682, 1020 CABA
Tel.: +54 11 4371-5643

nelson chapira

Faltou falar de El Establo. (Paraguay 489, 1057 CABA, Argentina).

paulo marcos perrelli

Concordo. Faltou incluir El Establo (Paraguay 489).

Fica no centro, perto da Florida (decadente), mas vale a pena. Frequentada por hermanos, homens de negócios, poucos turistas, não é "chic", mas os preços são convidativos, comparados com os das "famosas"...

Patrícia Tase

Acabei de voltar de Buenos Aires
Comemorei meu aniversário no Don Julio
Simplesmente fantástico!
Carne sensacional e vinho excelente, fomos muito bem atendidos! Recomendo!

Sandra riedel
Sandra riedelPermalinkResponder

Não va ao D Julio, uma hora de espera e ainda fomos atacados por ladrão no meio do almoço. Desnecessario correr este susto e o risco envolvido!
Las Lilas, otimo
Indicaria ainda um dos melhores, Steaks by Luis, super recomendo

Fabiana Vanderstappen

La Cabrera, inesquecivel!! Além das carnes melhor tortilla da vida!!!

Joao Caratao
Joao CarataoPermalinkResponder

Ola a todos
Sou de Lisboa e vou estar em Bsas pelo natal. Jaconheço a carne argentina e espero frequentar alguns dos restaurantes aqui mencionados. Gostaria de perguntar se é indiferente almoçar ou jantar e se me podiam recomendar alguns vinhos (tintos) que fossem bem com as carnes

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, João! Vinhos não são a nossa especialidade, mas estando na Argentina a experiência fica mais autêntica se você acompanhar seu 'asado' com um vinho feito com uvas Malbec, que é a casta 'argentina' por excelência e vai bem com grelhados. Converse com o escanção em qualquer um desses restaurantes e certamente terá uma ótima indicação.

Gerusa Paeze
Gerusa PaezePermalinkResponder

Em achei o siga lá vaca horrível, não recomendo a ninguém... Não tem como comparar com os outros restaurantes ... Quando fomos tinha um buffet bem ruim e a carne tinha que pegar num balcão... Era servida uma jarra de plástico com refrigerante, sem gás e um vinho da pior qualidade... Realmente é barato e vc pode comer até explodir, mas não vale a pena.

Andre araujo
Andre araujoPermalinkResponder

Acabei de fazer está semana 4 dessas indicações graças ao blog! Pra mim 1- don julio pelo conjunto da ópera ( lugar, comida e atendimento), 2- elauge ( local como descrito aqui, agradável é surprendente), 3 lá lilás( a melhor carne e a vista agradável) e 4 o lá cabrela( muito bom só que mais turistao, 10 para os acompanhamentos e pelo atendimento)

Gerson Cruz
Gerson CruzPermalinkResponder

Às churrascarias foram bem indicadas mas não podemos esquecer do "Pobre Luiz " é simplesmente fantástico.

Ssndra
SsndraPermalinkResponder

Don Julio foi péssima experiência
Fomos assaltados quando almoçávamos num espaço reservado na rua num domingo de sol depois de enfrentar uma fila enorme
Não vale o risco ao qual expõe seus clientes!

Gerson Cruz
Gerson CruzPermalinkResponder

Respeito às indicações mas o melhor lugar de Buenos Aires é a Parrilla del Pobre Luiz lugar sensacional.

Eleonora
EleonoraPermalinkResponder

Concordo plenamente. Siga la Vaca é muito inferior. Maior fria.

Kathia
KathiaPermalinkResponder

Concordo plenamente! Esse lugar não deveria ser referência pra comer bem e barato em Buenos Aires.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar