Buenos Aires: uma semana perfeita em 23 tuítes da Sylvia

Fachada da loja Calma Chicha, em Palermo

Concordo com a Sylvia: ultimamente a gente tem dado muito destaque aos problemas de Buenos Aires (insegurança crescente, decadência econômica) e falado pouco das delícias da cidade. Neste feriadão de Páscoa a Sylvia e o Mario aproveitaram para passar mais uma semana na cidade de que estão cada vez mais íntimos. Lendo a página da Sylvia no Twitter, não pude não pescar os tuítes prazerosos — e as descobertas — desta temporada.

Quer aproveitar o melhor de Buenos Aires? Vai pela Sylvia!


Buenos Aires por Sylvia Lemos

Buenos Aires por Sylvia LemosBuenos Aires por Sylvia Lemos

Buenos Aires por Sylvia LemosBuenos Aires por Sylvia LemosBuenos Aires por Sylvia LemosBuenos Aires por Sylvia LemosBuenos Aires por Sylvia LemosBuenos Aires por Sylvia LemosBuenos Aires por Sylvia LemosBuenos Aires por Sylvia Lemos

Buenos Aires por Sylvia LemosBuenos Aires por Sylvia LemosBuenos Aires por Sylvia LemosBuenos Aires por Sylvia LemosBuenos Aires por Sylvia LemosBuenos Aires por Sylvia Lemos

Buenos Aires por Sylvia LemosBuenos Aires por Sylvia LemosBuenos Aires por Sylvia LemosBuenos Aires por Sylvia LemosBuenos Aires por Sylvia LemosBuenos Aires por Sylvia LemosLeia também:

Buenos Aires: quando ir a cada bairro, por Sylvia Lemos

Página-guia de Buenos Aires no Viaje na Viagem

Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem
Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire


55 comentários

Sylvia, queria ler mais dicas suas em relação às compras em BsAs:

1) há alguma grife masculina argentina que vale a pena pesquisar?

2) o que acha sobre as alpargatas Las Paez, famosas por lá?

3)eletrônicos, em geral, netbooks, mais especificamente, tem bons preços?

4)na Farmacity, o que aproveitar?

Se tiver algma opinião sobre esses itens, agradeço desde já.

Fiquei em BAs de 14/04 à 17/04, adorei a viagem, fui com meu marido e foi nossa primeira vez e BAs. Já estamos planejando a próxima, porque já sabemos em linhas gerais o que gostamos e o que não gostaráimos de repetir…
Há lugares que passamos que são inesquecíveis….
Puerto madero no inicio da noite, no Cabanã las lilas é tudo de bom!Toamamos um vinho maravilhoso e comemos um ojo de chorizo inesquecível, depois, fomos caminhando sem compromisso , admirando o Rio da Prata e a noite fresca.
Quanto ao hotel ficamos no Loi Suites Recoleta, o hotel é bom, café da manhã servido no jardim de inverno, mas o melhor mesmo é a localização.Não sei se após essa experiência na Recoleta, conseguiria me hospedar em outro ponto da cidade, porque há alguns passos do hotel, vc se depara com a praça da igreja nossa senhora de pillar e muito próximo a ela uma infinidade de lugares para conhecer e desfrutar. Muitos bares, restaurantes , o Freddo…tudo de bom.
Mas, como marinheiros de primeira viagem, fomos a alguns locais dispensáveis, no nosso ponto de vista, tais como visita ao Cemitério da Recoleta, shoping abasto,Calle Florida (exceto a visita obrigatória às galerias Pacífico) e a feirinha de San Telmo no domingo às 11:00 da manhã.

Esta semana quase caio em tentação e parto novamente para BsAs, o preço da Gol estava ótimo, porém coloquei como objetivo retornar somente quando puder ficar pelo menos duas semanas. Meu dentista esteve também no feriado, perguntei como foi e ele respondeu que não voltaria, cobraram 15 reias uma garrafa de água em show de tango, fiquei decepcionado por ele não ter aproveito está bela cidade e ter saído com má impressão.
Sylvia mais uma vez parabéns pelo relato.

Que saudades de Bs As! Ainda bem que temos a Sylvia para nos passar tantas dicas preciosas. Sylvia, suas dicas ajudaram muito (fizeram meu mapinha) meus passeios por P.Soho. Estou contando os meses para voltar. Abs a todos.

Estive em BsAs no final de semana antes da Páscoa e demorou quase um dia todo para eu ouvir português nas ruas. Foi bem bacana!

Meninas:
li tudo o que vcs escreveram sobre o Las Violetas. Desta vez, ele não me escapa.
Beijinhos

Djlícia, Sylvia!! Dicas devidamente anotadas. Bom saber que a violência ñ está tão terrível qto pintam … pelo menos em PSoho.
Bjs prá ti e pro maridon,
Lu

Sylvia:
onde, mais especificamente,encontro bolsas e jaquetas em PalSoho? E roupas masculinas?
Vou agora dia 2(2ªvez) e quero ir nos lugares certos.
No ano passado, perdi o maior tempão naqueles outlets sem graça. Se bem, que a Arredo (roupas de cama) valeu a pena.
Faz uma listinha pra mulherada…
Se ficar loongo por aqui, deixo meu email:[email protected]
Conte-me tudo, não me escondas nada!
Besos

    Puxa vida Naila , não tenho segredos pra contar..
    Sou uma curiosa compulsiva ,e não uma compradora de carteirinha.
    Couros transados e classicos tem na Prune e Blaqué , com varias lojas pela cidade( veja os locais no google).
    Tem 1 loja na esquina da Nicaragua e Gurruchaga que tinha peças únicas de couro lindas esta semana.
    Muitas lojas pequenas em PSoho tem peças únicas, masculinas e femininas com design contemporaneo; as classicas Cardon , Legacy ,
    Kevingstone tem masculino de qualidade.
    Mas não tem jeito , vais ter que entrar em todas da Honduras entre a Borges e Malabia e tb nas transversais uma quadra para cima e para baixo.Não esqueça da El Salvador entre Malabia e Gurruchaga .
    Fora do inverno,o melhor horario p/a região é das 16,30 as 20 h .

    Pode deixar que anotarei tudo direitinho e seguirei seus conselhos à risca!
    Obrigada pela paciência em nos responder.

    Beijinhos

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.