Fotoblog: um dia em Xcaret

Xcaret

Cancún não é um destino natural; é um destino “fabricado”. Goste-se ou não do lugar, uma coisa é inegável: é muito bem-feito. Cancún não é só o paredão de hotéis em frente ao mar azul-calcinha do Caribe. Nem se vale apenas das atividades náuticas que a situação proporciona. Juntando a infra e o mar às ruínas maias próximas (Chichen-Itzá e Tulum), e já haveria atrações suficientes para oferecer aos três milhões de turistas que vêm aqui todo ano (ou vinham até a crise estourar).

Flutuação no rio

Mas Cancún tem mais uma cenoura turística: uma coleção de ecoparques temáticos ao sul da cidade.

O maior deles é Xcaret, a 70 km da zona hoteleira. Das outras vezes que vim eu nunca tive tempo (tradução: sempre morri de preguiça) de ir. Felizmente calhou do parque estar no programa da nossa excursão de blogueiros, e eu finalmente pude visitar o parque, e ainda por cima em ótima companhia.

Flutuação no rio

O conceito é bastante interessante: ecoturismo com uma pegada Disney. É como um Beach Park instalado em Bonito, com toques de Epcot Center. Dá para ver bichos (pumas, jaguares, peixes-bois, antas, peixes e corais num aquário), fazer flutuação num rio que passa por cavernas, mergulhar com golfinhos, mergulhar com tubarões ou simplesmente ir à praia. Nunca se sabe o que é verdadeiro ou o que é fake; certamente aproveitaram as incríveis condições naturais do terreno, mas aqui e ali deve ter rolado uma engenhariazinha. (Uma coisa é certa: no Brasil o Ibama jamais daria licença para um parque assim.

Peixe-boi

Almoço no restaurante mexicano
Voladores de Papantla
Voladores de Papantla
Voladores de Papantla
Uma das prainhas
A outra prainha

Há pequenos shows de folclore esparsos durante o dia — e à noite, um mega-espetáculo de duas horas e meia, com 260 figurantes, com encenações da vida na época dos maias e aztecas (incluindo um jogo de pelota) e números de música e dança de diversos estados (muito, muito bons).

A caminho do show
Estado de Veracruz
México pré-columbiano

É bem fácil de chegar de carro (a rodovia da Riviera Maia é um retão com dupla pista). O jeito mais comum de ir é comprando o pacote ingresso + transporte.

138 comentários

Olá, alguém foi a Cancun recentemente e pode me responder umas perguntas:
1) Vou passar 8 noites lá em março com 2 amigas e estou pensando em ficar 5 noites em Playa Del Carmem e 3 noites em Cancun. Estou na dúvida se devo alugar carro ou se devo usar Taxi ou Uber.

    Olá, Claudia! Recentemente recebemos dois relatos de leitores que foram achacados pela polícia rodoviária. É bastante fácil se virar com ônibus, tours de van e Uber.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.