Uruguai: itinerários de 2 a 7 dias por Montevidéu, Punta, Colonia (e Buenos Aires)

  • 0
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Uruguai: itinerários

post65-sup2016

A dificuldade de definir um itinerário pelo Uruguai está no fato de duas cidades que interessam aos brasileiros -- Punta del Este e Colonia del Sacramento -- estarem em direções diametralmente opostas à capital, Montevidéu. O roteiro mais intuitivo, que seria instalar-se em Montevidéu, mudar-se para Punta (ou Colonia) e de lá seguir a Colonia (ou Punta), não é fluido, já que Punta del Este e Colonia del Sacramento estão cada uma num ponto extremo da costa uruguaia voltada para o Prata; a viagem de uma cidade para outra leva pelo menos 4 horas de carro ou 6 horas de ônibus (incluindo um transbordo em Montevidéu).

Este post mostra:

  • o número de dias recomendados em cada cidade
  • prós e contras de cada destino em dia útil ou fim de semana
  • diferenças entre ir no verão e fora de temporada
  • se vale a pena o bate-volta a cada uma das cidades
  • as alternativas de transporte entre os destinos

Depois de tudo isso destrinchado, você verá minhas recomendações para percorrer o Uruguai: itinerários detalhados de de 2 a 7 dias.

    Montevidéu

Uruguai: itinerários

Quantos dias em Montevidéu?

O essencial de Montevidéu pode ser visto em 1 dia de correria. Caso você queira explorar o essencial com calma, vai precisar de 2 dias. Com 3 ou 4 dias, você já pode pensar numa visita a uma vinícola ou num bate-volta a Punta del Este.

Dia útil x fim de semana em Montevidéu

Segunda-feira é o dia menos indicado para estar em Montevidéu, porque os museus fecham e o restaurante El Palenque, nosso preferido no Mercado del Puerto, também. Os outros dias úteis, porém, são os mais recomendáveis para visitar a Ciudad Vieja, o centro histórico de Montevidéu. No fim de semana, evite ruas ermas na região do porto; muitos leitores já relataram assaltos.

Caso você queira assistir ao set de candombe, a salsa uruguaia, que acontece depois da 1h da manhã no Baar Fun Fun, vai precisar pernoitar numa sexta ou num sábado. E a Feria Tristán Narvaja, o quilométrico misto de brechó e feira popular, só acontece no domingo.

Se você tiver alguma expectativa de balada em Montevidéu, programe se hospedar na cidade entre as noites de 5ª e sábado. A zona festeira é o alto de Pocitos, nas duas quadras da avenida Luis Alberto de Herrera antes do cruzamento com o boulevard 26 de Marzo. Outra zona boêmia é o boulevard España nas proximidades do Parque Rodó.

Verão x fora de temporada em Montevidéu

A única diferença entre ir a Montevidéu no verão ou em outras épocas do ano é que no verão dá para pegar praia -- em Pocitos, por exemplo. (Mas em Punta a praia é mais gostosa.) Evite Montevidéu na semana do Carnaval; a cidade se esvazia de tal maneira que fecham até (muitos) restaurantes. (A Semana Santa, que no Uruguai é feriado escolar desde a segunda-feira -- a chamada Semana do Turismo -- também pode ocasionar um ou outro restaurante fechado.)

Vale a pena fazer bate-volta a Montevidéu?

Se você está em Buenos Aires e aproveitar o buque Francisco, que faz a travessia do Prata em 2h10, pode passar o dia em Montevidéu e fazer aquela exploração super-hiper-corrida do essencial em um dia. Não recomendo, mas é possível.

No mesmo esquema corridão, também daria para fazer um bate-volta desde Punta del Este. Mas só faz sentido caso você chegue e volte pelo aeroporto de Punta.

Precisa carro em Montevidéu?

Tanto o trânsito quanto o estacionamento são mais tranqüilos em Montevidéu do que em Buenos Aires. Se você for um carromaníaco, pode alugar carro em Montevidéu, sim. Mas precisar, não precisa: o táxi é em conta e agora tem Uber, que barateia a única corrida realmente extorsiva na cidade, o trajeto aeroporto-hotel.

    Punta del Este

Uruguai: itinerários

Quantos dias em Punta del Este?

Dá pra fazer Punta del Este de ponta a ponta, de José Ignacio à Casa Pueblo, em 1 dia de intensa turistagem. O passeio fica muito melhor, no entanto, se você dispuser de 2 dias: dá para dedicar um dia à Península e à Casa Pueblo e outro dia às praias de La Barra a José Ignacio, com direito a almoçar com calma pé na areia no La Huella em José Ignacio e fazer uma degustação de azeites na Colinas de Garzón. Mais do que dois dias, só vale a pena se for no verão (ou se você estiver a fim de descansar).

Dia útil x fim de semana em Punta del Este

A única diferença entre dia de semana e el finde é que no fim de semana haverá mais gente. No verão, a cidade vai ficar mais lotada (e a balada vai ser mais concorrida). Fora de temporada, a densidade demográfica aumentará só um pouquinho. Mas para propósitos turísticos, é quase indiferente.

Verão x fora de temporada em Punta del Este

Aqui sim, a diferença é total. Do Natal ao Carnaval, Punta del Este se mostra por completo. Durante a temporada, vale a pena ficar bem mais tempo do que os dois dias necessários para a turistagem básica. Fique quatro, cinco dias, uma semana, e aproveite para ir a diferentes praias, dar um pulinho na ilha dos Lobos, visitar Piriápolis, levar as crianças para brincar na fazenda La Pataya, explorar a cena gastronômica e cair na balada.

Depois do Carnaval, Punta só ganha alguma animaçãozinha durante a Semana Santa -- mas já está frio, não dá praia, e a energia não é a mesma. Fora de temporada, a maioria dos restaurantes (e até mesmo muitos hotéis) de La Barra fecham. Se você vai se hospedar na cidade fora de temporada, fique na Península; os restaurantes que abrem o ano inteiro estão todos por lá (muitos deles, na região próxima ao porto). E se o seu objetivo em Punta for jogar, então não se preocupe: o cassino Conrad funciona o ano inteiro.

Vale a pena fazer bate-volta a Punta del Este?

Fora de temporada, o bate-volta desde Montevidéu faz sentido: você sai de tour organizado ou de carro alugado, faz o tour de ponta a ponta e volta no mesmo dia a Montevidéu. Vale mais a pena em tour do que por conta própria; ir e voltar de carro será bastante cansativo.

Se você está de carro, vale a pena passar uma noite. O passeio fica bem tranqüilo e aproveitável.

Precisa carro em Punta del Este?

Se você vai se hospedar em Punta del Este, estar de carro é essencial. O táxi em Punta é caríssimo (ainda não sabemos se o Uber já chegou por lá). O ideal é já sair de Montevidéu de carro alugado. Se for na alta temporada de Réveillon e janeiro, alugue com a maior antecedência possível.

    Colonia del Sacramento

Uruguai: itinerários

Quantos dias em Colonia del Sacramento?

Colonia del Sacramento é uma gracinha, mas é também é bastante compacta. 1 dia é suficiente para dar um rolê por todo o centro histórico e ainda entrar em alguns museus (são todos pequeninos). Quem pernoita descobre o charme do povoado à noite, e ainda tem as primeiras horas da manhã para fazer fotos antes da chegada dos turistas que vêm passar o dia. Fique mais dias se gostar do astral de pequenas cidades históricas ou se quiser fazer um bate-volta à vizinha Carmelo, um pólo emergente de vinícolas (nesse caso, pode valer a pena dividir a estada entre as duas cidades).

Dia útil x fim de semana em Colonia del Sacramento

No fim de semana a cidade estará mais cheia, por conta da visita de turistas argentinos, seja em esquema bate-volta, seja para pernoitar. Mas nada que deixe a cidade insuportável, não.

Dia de semana sempre será mais tranqüilo (fora de temporada, será tranqüilíííísssimo). Quanto ao funcionamento das atrações turísticas, é praticamente indiferente. A grande atração de Colonia é seu conjunto arquitetônico tombado. Os museus são pequenos e têm algum interesse, mas são apenas acessórios numa visita. De todo modo, os museus da cidade têm um rodízio de dias de fechamento -- quase todos fecham em dois dias por semana, mas em dias diferentes uns dos outros. Meus museus favoritos são o Português (fechado às quartas e sextas) e o Nacarello (fechado às terças), os dois que são parcialmente mantidos com fundos do governo português e explicam a Colonia lusa. Dessa maneira, se você fizer questão de ver os dois museus abertos, esteja em Colonia num sábado, num domingo, numa segunda ou numa quinta.

Verão x fora de temporada em Colonia del Sacramento

A diferença vai ser de clima e de número de visitantes (quente e cheio no verão, frio e mais vazio fora de temporada), mas nada disso afeta o jeito de visitar ou o atrativo turístico da cidade.

Vale a pena fazer bate-volta a Colonia del Sacramento?

Vale se você estiver hospedado em... Buenos Aires. Colonia é um passeio perfeito de um dia para quem está na capital argentina: dá apenas uma hora hora de travessia do Prata.

O bate-volta no mesmo dia desde Montevidéu é possível, mas não é recomendável. São duas horas e meia de carro ou três horas de ônibus: acho o custo x sacrifício muito alto.

Um jeito esperto de visitar Colonia a partir de Montevidéu é como pit-stop a caminho de Buenos Aires. Aí sim. Pode ser feito passando o dia ou com pernoite, à sua escolha.

Precisa carro em Colonia del Sacramento?

Precisa não. A cidade é minúscula e andar a pé é o melhor jeito de visitar. No verão, pode valer a pena alugar localmente um carrinho elétrico (desses tipo de golf) para ir à arena de touros (que pode ser vista apenas por fora) e esticar em alguma das praias fluviais dos arredores da cidade.

    Transporte entre Montevidéu, Punta, Colonia e B. Aires

Montevidéu-Punta del Este

Uruguai: itinerários

Agência da COT na calçada do aeroporto de Montevidéu

Punta del Este está a 100 km do aeroporto de Montevidéu, e a 125 km da zona hoteleira de Punta Carretas. Não é preciso entrar em Montevidéu para ir do aeroporto a Punta. As duas cidades cidades são ligadas por uma auto-estrada duplicada de ponta a ponta.

De carro você faz o percurso em 1 hora e meia.

Um táxi do aeroporto de Montevidéu a Punta del Este sai 260 dólares. A van compatilhada sai 45 dólares por pessoa; há um quórum mínimo de 5 passageiros para a viagem ser feita. Ambas viagens devem ser compradas no guichê do táxi oficial no saguão de desembarque. Aceitam também cartão e reais.

No próprio aeroporto passam ônibus da COT (melhores) e da Copsa (mais velhuscos) para Punta. O trajeto é feito em 2h. Há saídas freqüentes (veja horários aqui); a passagem pode ser comprada na hora, na agência da COT na calçada do desembarque, à direita de quem sai do saguão. Agora a COT também dá a opção de compra online (ainda não testei); também é possível fazer a reserva (não a compra) por Skype. Mas fora de feriados, é tranqüilo comprar na hora. Em julho de 2016, a passagem custava 266 pesos; confira preços atualizados aqui.

Se você já estiver instalado em Montevidéu, será melhor pegar o ônibus na rodoviária Tres Cruces, que fica entre Pocitos e o centro. A tarifa é a mesma. Também dá para comprar na hora. (Em feriados, tente a compra online ou reservar por Skype).

Não existe a possibilidade de fazer Montevidéu-Punta del Este por via marítima.

 

Montevidéu-Colonia del Sacramento

Uruguai: itinerários

Ônibus a Colonia

Colonia del Sacramento está a 180 km da zona hoteleira de Punta Carretas (e também da rodoviária Tres Cruces), e 200 km do aeroporto de Montevidéu. Se você está no aeroporto, é preciso atravessar Montevidéu e sair da cidade na direção oeste.

De carro, são duas horas e meia de viagem.

De ônibus são 3 horas desde o terminal Tres Cruces, a rodoviária que fica para dentro de Montevidéu, entre Pocitos e o Centro. Não há ônibus desde o aeroporto. Se você desembarca no aeroporto e quer ir direto a Colonia, vai precisar ir de táxi ou Uber até a rodoviária Tres Cruces e lá pegar o busão.

As duas melhores cias. na rota Montevidéu-Colonia são a COT (horários aqui) e a Turil (horários aqui). Ambas cias. agora têm a opção de comprar online (ainda não testei). Fora de feriados, dá para comprar na hora, na rodoviária. A tarifa é tabelada pelo governo e, em julho de 2016, custava 330 pesos nas duas cias. (confira preços atualizados aqui e aqui).

A rodoviária de Colonia é vizinha ao terminal hidroviário e está colada ao centro histórico; dá para ir caminhando.

Não existe a possibilidade de fazer Montevidéu-Colonia por via marítima.

Punta del Este-Colonia del Sacramento

As duas cidades estão nas duas 'esquinas' do Uruguai: Punta del Este, na esquina do Rio da Prata com o Atlântico; Colonia, um pouco abaixo da foz do rio Uruguai. São 310 km de centro a centro, que podem ser percorridos pela Ruta 1 (passando por dentro de Montevidéu) ou por uma combinação da Ruta 9 com a Ruta 11, via Canelones, evitando passar pela capital (a distância pelos dois percursos é praticamente a mesma).

De carro, a viagem leva pelo menos 4 horas. Consulte o Google Maps no momento da viagem para ver qual trajeto está mais rápido.

Não existe ônibus direto entre Punta e Colonia. Você vai precisar comprar duas passagens separadas (Punta-Montevidéu + Montevidéu-Colonia, ou Colonia-Montevidéu + Montevidéu-Punta), trocando de ônibus na rodoviária Tres Cruces em Montevidéu. Com o intervalo do transbordo, conte em levar umas seis horas para completar o percurso. Veja nos tópicos anteriores como comprar as passagens de ônibus Montevdéu-Punta e Montevidéu-Colonia.

Colonia del Sacramento-Buenos Aires

Uruguai: itinerários

Barco da Buquebus

Colonia está bem mais perto de Buenos Aires do que de Montevidéu: a travessia do Prata é feita em apenas 1 hora.

3 cias. fazem o trajeto.

A Buquebus é a mais poderosa delas, com barcos maiores, free shop e câmbio a bordo. Seu terminal em Buenos Aires fica no canto do Puerto Madero mais próximo do Centro, à altura da av. Córdoba.

A Seacat é do grupo Buquebus, opera catamarãs menores e tem preços menores que a empresa-mãe. O desembarque em Buenos Aires é no terminal Buquebus.

A Colonia Express é a mais barateira, mas também é a menos confiável; de vez em quando cancela travessias em cima da hora. Seu terminal em Buenos Aires é no lado oposto do Puerto Madero, pra lá do Cassino.

O ideal é comprar a passagem online, para garantir tarifas descontadas e não correr o risco de o horário que você quiser estar lotado. Leitores têm relatado que só estão conseguindo comprar na Seacat com Mastercard. Não tem havido reclamações sobre Buquebus.

Não se esqueça de chegar com pelo menos 45 minutos de antecedência do horário de partida. Tanto em Colonia quanto em Buenos Aires, você vai passar pelas imigrações dos dois países antes de embarcar (a primeira imigração é a do país de saída; a segunda, do país de entrada). Você pode subir com sua bagagem, se for pequena, ou despachar.

Os barcos da Buquebus levam carros (escolha a opção 'bodega'), mas desaconselhamos vivamente ir de carro a Buenos Aires. Há estacionamentos seguros ao lado do terminal de Colonia (um deles pertence à própria Buquebus).

Colonia como pit-stop entre Montevidéu e Buenos Aires

Uruguai: itinerários

Guarda-volumes na rodoviária em Colonia

Se você quer passar o dia em Colonia num percurso entre Montevidéu e Buenos Aires (ou vice-versa), você vai precisar comprar duas passagens separadas: o ônibus entre Montevidéu e Colonia com com COT ou Turil, e a travessia entre Colonia e Buenos Aires com Buquebus, Seacat e Colonia Express.

Na rodoviária de Colonia há um guarda-volumes aberto das 8h às 20h. O terminal hidroviário de Colonia fica ao lado. Ambos estão colados ao centro histórico; dá para ir caminhando.

Caso venha de Buenos Aires, aproveite a ida à rodoviária para deixar as bagagens no guarda-volumes e já compre a passagem de ônibus a Montevidéu para mais tarde.

Montevidéu-Buenos Aires

De avião, a Aerolíneas Argentinas faz um puente aéreo entre o aeroporto de Montevidéu e o Aeroparque, o aeroporto central de Buenos Aires. O vôo leva 45 minutos.

De barco, existem duas maneiras de fazer essa travessia: direta ou via Colonia.

O buque (barco) rápido Francisco reduziu o tempo de travessia direta entre Montevidéu e Buenos Aires a 2h15 de viagem. Compre online no site da Buquebus com antecedência, para pagar tarifa descontada e garantir o horário desejado. O barco também leva carros (selecione a opção 'bodega'), mas não recomendamos chegar de carro em Buenos Aires. Há um estacionamento da Buquebus junto ao terminal de embarque em Montevidéu (atrás do Mercado del Puerto). Em Buenos Aires, o desembarque é no canto do Puerto Madero mais próximo do Centro, à altura da av. Córdoba.

A travessia via Colonia del Sacramento sai bem mais em conta do que a rota direta. O trecho entre Montevidéu e Colonia é feito de ônibus, com chegada coordenada com a saída do barco de Colonia a Buenos Aires. No total, incluindo a passagem pelas imigrações em Colonia, dá umas 5h de viagem. As três cias. que fazem a travessia Colonia-Buenos Aires também fazem o percurso completo: Buquebus, Seacat e Colonia Express. Como já expliquei no tópico anterior, a Colonia Express é barateira mas inconstante; na Seacat, segundo leitores, só está sendo possível comprar com MasterCard; a Buquebus não tem dado reclamações.

Em Montevidéu, o embarque da rota via Colonia pelas três cias. é na rodoviária Tres Cruces.

Não é possível interromper a viagem em Colonia: a passagem vale para o trajeto inteiro feito de uma vez só. Se a sua intenção é passear em Colonia, vai ter que comprar separadamente o ônibus entre Montevidéu e Colonia (com COT ou Turil) e a travessia Colonia-Buenos Aires (com Buquebus, Seacat e Colonia Express).

Todas essas informações, tanto da travessia direta quanto da travessia via Colonia, valem também para o sentido contrário, Buenos Aires-Montevidéu.

Punta del Este-Buenos Aires

O jeito mais fácil de ir de Punta del Este a Buenos Aires é de avião: a Aerolineas faz a rota o ano inteiro, em vôos de 55 minutos. O aeroporto usado em Buenos Aires é o Aeroparque, o mais central.

Se estiver de carro, você vai ter que ir a Montevidéu ou Colonia e atravessar com a Buquebus. (Mas não recomendamos chegar de carro em Buenos Aires; há estacionamentos tanto junto ao terminal Buquebus em Montevidéu quanto junto ao terminal hidroviário de Colonia).

O jeito mais barato de viajar entre as duas cidades é com as cias. que fazem a travessia Colonia-Buenos Aires: Buquebus, Seacat e Colonia Express. Todas vendem o trajeto inteiro, entre Punta del Este e Buenos Aires (ou vice-versa, claro). O percurso entre Punta e Colonia é feito de ônibus (com parada, sem transbordo, em Montevidéu), com chegada coordenada com a saída do barco da cia. Para garantir tarifa descontada e o horário desejado, compre com antecedência. Como já expliquei dois tópicos acima, a Colonia Express é barateira mas inconstante; a Seacat tem dificultado a compra por brasileiros; a Buquebus não tem dado reclamações.

Não é possível interromper a viagem em Colonia: a passagem vale para o trajeto inteiro feito de uma vez só. Se a sua intenção é passear em Colonia, vai ter que comprar separadamente o ônibus entre Punta del Este e Montevidéu (com a COT), o ônibus entre Montevidéu e Colonia (com COT ou Turil) e a travessia Colonia-Buenos Aires (com Buquebus, Seacat ou Colonia Express).

    Uruguai: itinerários de 2 a 7 dias

De um modo geral:

  • Se você vai pernoitar em Punta del Este, é melhor sair do aeroporto de Montevidéu direto para lá
  • Passar o dia em Colonia, sem pernoitar, só vale mesmo a pena se você seguir viagem a Buenos Aires

Uruguai: itinerários de 2 dias

Uruguai: itinerários

Palacio Salvo, Montevidéu

Só Montevidéu

Fique os dois dias em Montevidéu.

Montevidéu com passeio a Punta del Este

Se estiver com muito pique, pode fazer um bate-volta no segundo dia a Punta.

Só Punta del Este

Entre o Natal e o Carnaval, vale a pena passar as duas noites em Punta. Saia direto do aeroporto para lá.

Uruguai: itinerários de 3 dias

Uruguai: itinerários

Jarra de clericó em Punta

Montevidéu com passeio a Punta del Este

Fique as três noites em Montevidéu e faça um bate-volta a Punta.

Montevidéu com pernoite em Punta del Este

Vá do aeroporto direto a Punta, durma a primeira noite por lá e passe os dois últimos dias em Montevidéu.

Uruguai: itinerários de 4 dias

Itinerarios: Uruguai

Café em Colonia

Montevidéu + Punta del Este

Fora de temporada, passe uma noite em Punta e três em Montevidéu.

Entre o Natal e o Carnaval, vale a pena inverter: ficar três noites em Punta e uma em Montevidéu.

Montevidéu + Colonia

Passe as dois primeiros dias em Montevidéu, no terceiro vá a Colonia, durma, e volte para passar a última noite em Montevidéu (só para não pegar estrada no dia de pegar vôo de volta).

Montevidéu + Punta del Este + Colonia

Vai ser corrido. Passe as dois primeiros dias em Montevidéu; no segundo dia, faça o bate-volta a Punta del Este. No terceiro dia vá a Colonia, durma, e volte para passar a última noite em Montevidéu (só para não pegar estrada no dia de pegar vôo de volta).

Uruguai: itinerários de 5 dias

Uruguai: itinerários

Colonia del Sacramento

Montevidéu + Punta del Este

Fora de temporada, passe duas noites em Punta e três em Montevidéu.

Entre o Natal e o Carnaval, vale a pena inverter: ficar três ou quatro noites em Punta e uma ou duas em Montevidéu.

Montevidéu + Colonia

Passe as dois primeiros dias em Montevidéu, no terceiro vá a Colonia, durma, e volte para passar a última noite em Montevidéu (só para não pegar estrada no dia de pegar vôo de volta).

Montevidéu + Punta del Este + Colonia

Passe as dois primeiros dias em Montevidéu; no segundo dia, faça o bate-volta a Punta. No terceiro dia vá a Colonia, durma, e volte para passar a última noite em Montevidéu (só para não pegar estrada no dia de pegar vôo de volta).

Uruguai: itinerários de 6 dias

Uruguai: itinerários

Mercado del Puerto, Montevidéu

Montevidéu + Punta del Este + Colonia

Passe as duas primeiras noites em Punta del Este. Durma as duas noites seguintes em Montevidéu. No quinto dia, vá a Colonia, durma, e volte para passar a última noite em Montevidéu (só para não pegar estrada no dia de pegar vôo de volta).

Montevidéu + Punta del Este + Colonia + Buenos Aires

Passe as três primeiras noites em Montevidéu. No segundo ou no terceiro dia, faça um bate-volta a Punta del Este. No quarto dia, passe o dia ou durma em Colonia. Atravesse a Buenos Aires, onde você passa as últimas duas ou três noites. (Com apenas dois dias inteiros em Buenos Aires, recomendo esse itinerário apenas para quem já conheça a cidade e vá só matar a saudade.) Voe de volta de Buenos Aires.

Uruguai: itinerários de 7 dias

Uruguai: itinerários

Porto de Punta del Este

Montevidéu + Punta del Este + Colonia

Passe as duas primeiras noites em Punta del Este. Durma as duas noites seguintes em Montevidéu. No quinto dia, vá a Colonia e durma duas noites: no segundo dia, faça um passeio a Carmelo. Volte para passar a última noite em Montevidéu (só para não pegar estrada no dia de pegar vôo de volta).

Montevidéu + Punta del Este + Colonia + Buenos Aires

Passe as duas primeiras noites em Punta del Este, e as duas noites seguintes em Montevidéu. No quinto dia, passe o dia ou durma em Colonia. Atravesse a Buenos Aires, onde você passa as últimas duas ou três noites. (Caso seja a sua primeira vez em Buenos Aires, tire uma noite de Punta e acrescente em Buenos Aires, para ter pelo menos três dias inteiros de turistagem na cidade.) Voe de volta de Buenos Aires.

Montevidéu + litoral uruguaio

No verão você até esnobar Punta del Este e curtir praias mais rústicas do litoral de Rocha, como Cabo Polonio, a 'Jericoacoara' uruguaia (260 km de Montevidéu) ou Punta de Diablo (290 km de Montevidéu).

Leia mais:

post65-rod2016

43 comentários

Lu
LuPermalinkResponder

Quem gosta de vinhos, pode dar uma esticada até Carmelo, a 1hr de Colônia. Visitei e almi ei na Narbona. Mto interessante. Arquitetura dos 1800 e tal, do dono original, francês.

Augusto
AugustoPermalinkResponder

Pra quem mora no RS ou até mesmo em outros estados do Sul, pode valer a pena viajar de carro. O trecho da BR-116 entre Porto Alegre e Pelotas é perigoso, mas o resto da viagem é tranquila. Aliás, as rodovias uruguaias são excelentes!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Augusto! Na página de como chegar em Punta del Este mostramos todos os caminhos:

http://www.viajenaviagem.com/como-chegar-punta-del-este

Claudia Maria Cesar Diaz

Sou leitora assídua e recebo seus artigos, por email, diariamente. São sempre extremamente pertinentes, explicativos e confiáveis, parabéns!
Eu e meu marido somos fãs da América Latina. Hoje lemos sobre o Uruguai e suas alternativas. Não foi informado sobre os valores das passagens do Buquebus e outros, que fazem as travessias entre Buenos Aires e Colônia, assim como, Buenos Aires e Montevidéu. Por favor, gostaríamos, se alguém tiver essa informação atualizada, de saber desses valores e suas possibilidades de pagamento (moeda, cartões...).
Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Claudia! Há muitas tarifas em cada cia., que mudam o tempo todo, algumas até mesmo dependendo da antecedência da compra, e seria inútil copiar aqui. Seria como informar preço de vôo. Tivemos o cuidado de incluir links de todas as cias. citadas. Basta clicar e simular uma data de viagem. Se você escolher a bandeira uruguaia, o preço sairá em peso uruguaio. Se escolher a bandeira argentina, o preço sairá em peso argentino. A compra é convertida para o dólar e vem na conta internacional do seu cartão, com IOF de 6,38%.

Maikon
MaikonPermalinkResponder

Olá Claudia comprei pela Seacat $956,00 pesos uruguaio não compre
pela versão da Argentina pois é mais caro e é intermediado pela mercado pago,que só gerou transtorno na tentativa de compra.

Paulo
PauloPermalinkResponder

Claudia, estava lá montevideo em junho/2016 e comprei o meu ticket Buquebus (somente ida) em montevideo, no terminal de ônibus tres cruces (que também é um shopping), para buenos aires por mais ou menos 600 pesos uruguaios. Considerando uma cotação boa em torno de 8 pesos por real (consegue essa boa cotação no centro de montevideo), sai mais ou menos R$75.

Paulo
PauloPermalinkResponder

Dica para quem for a Buenos Aires:
Estava lá em junho/2016 e, ao chegar, me deparei com uma surpresa que foi a impossibilidade de pegar ônibus utilizando dinheiro vivo. Agora eles estão aceitando apenas o cartão de transporte público (chamado de Sube). Demorei muito para encontrar um cartão desse para vender, parece que tinha acabado o estoque ou eles não estavam fabricando na época que estava lá, não lembro o motivo direito... enfim, fica o aviso para quem for utilizar ônibus lá. No metrô é fácil comprar o passe com dinheiro vivo.
E lembre-se também de, sempre que subir no ônibus, você deve falar ao motorista o local que pretende ir, caso contrário ele vai ficar esperando você falar e não vai sair do local até você responder kkkk.

IZABEL
IZABELPermalinkResponder

Valeu a informaçao sobre avisar o motorista rsrs,estou indo em outubro e certamente irei usar o transporte.

Fernanda Scafi

Que post! Vou compartilhar aqui no facebook! Para quem quiser sugestões de vinícolas perto de Montevideo: http://www.taindopraonde.com.br/2015/09/5-vinicolas-perto-montevideu-uruguai.html, dicas de especialistas em vinho aqui de casa (eu mesmo não entendo nada, mas meus pais... rs).

Alvaro Meyer
Alvaro MeyerPermalinkResponder

Fui ao uruguay o ano passado 2015, e Montevideu está um pouco decadente, mas vale a pena conhecer, Punta Del Leste é muito tranquila o indice de criminalidade é baixissímo, recomendo o restaurante Lo de Rubens em Maldonado que é ao lado de Punta pouco conhecido pelos turistas, a melhor carne que comi no Uruguay www.loderuben.com.uy/parrilla.html.

Alynne
AlynnePermalinkResponder

Boia, obrigada pela super dica. Final de setembro estou indo em uma viagem de férias de 12 dias para Argentina e Uruguai. Esse post simplesmente compilou todas as pesquisas dos últimos dias. Por essas e outras que o VNV é o melhor site para viajantes como eu. Valeu mesmo! ?

Alisson Menezes

Obrigado Ricardo. Não sei se este post foi devido ao meu email pedindo dicas. Ficou perfeito.

ANA PAULA DE SOUZA GREICIUS MACHADO

Bom dia! Fiquei com uma dúvida, se eu for de ônibus de viagem para Punta del lesta conforme vc indicou saindo da rodoviária Tres Cruces, chegando em lá tenho como me movimentar bem de táxi?
obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ana! Rodoviária e hidroviária ficam coladas no centro histórico. Dá para ir caminhando. Está escrito no texto.

Silvia Andrade

Bóia, ela vai a Punta e não a Colonia (essa sim pode-se andar tranquilamente e tem a hidroviária para passar a Buenos Aires). Ana Paula, assim como o texto diz (e por minha experiência própria) o táxi é raro e escasso em Punta (fui em novembro). Você vai ficar na rua acenando e eles não param pois não é costume. Ou você pede na portaria do hotel ou faz como eu fiz, alugue um carro pequeno. Não é muito caro e para Punta dá dirigir é tranquilo. São duas avenidas compridas e largas (Playa Mansa e Playa Brava - rio e oceano). veja o link http://www.viajenaviagem.com/2011/11/para-entender-punta-del-este Boa Viagem

Fabricio
FabricioPermalinkResponder

Olá! Irei com minha esposa em fevereiro justamente fazer esse roteiro! se mais algum casal for tb em fevereiro entra em contato!

Marina
MarinaPermalinkResponder

Parabéns pelo excelente post! Fiz o roteiro Buenos Aires/Colônia do Sacramento (com pernoite) em uma viagem e Montevidéu/Punta del Este (sem pernoite) em outra viagem. Consegui visitar Colinas de Garzón, e fazer a degustação de azeites. É um passeio sensacional, mas toma uma boa parte do dia, sobrando bem pouco tempo para outras atrações imperdíveis em Punta (como Casa Pueblo, por exemplo). Amei seu post! Obrigada!

Claudia Maria Cesar Diaz

Pessoal, muito obrigada pela gentileza e presteza das respostas! Ajudaram-me muito! Abraços

JONNH HARLLY
JONNH HARLLYPermalinkResponder

Muito legal. Estarei indo para Montevideu em Novembro, e vou fazer Bate e Volta para Punta. No outro dia vou dormir em colonial e de lá ir p/ Buenos!

Fernando Hecker KAPPEL

Orientações sensacionais!

Daniel Juliano Soares

Fomos de carro agora em julho para Montevideo e Colonia, onde deixamos o carro e fomos de Buquebus para Buenos Aires. Na volta, voltamos a Porto Alegre por Rivera (a ida tinha sido por Rio Branco).
Um erro que cometemos foi voltar de Colonia para Rivera por um caminho alternativo apontado pelo GooGle Maps, que encurta a distância em relação ao caminho que usa as rutas nacionais (1 e 5). Esse caminho alternativo é muito mal sinalizado, e as estradas, péssimas, esburacadas demais, o que torna a viagem lenta, e, por conseguinte, pior que o caminho convencional.
Usamos o UBER em Montevideo, tranquilo. Em Buenos Aires quase não tem carros disponíveis, e os táxis estão usando um adesivo "Fora UBER".
Algumas boas sugestões que deixa para os leitores do blog:
- Não deixem de visitar Colonia, a cidade é linda;
- Almoçamos na Vinícola Bouza, em Montevideo, lugar inclrível para apassar várias horas, comer e beber muito bem.
- Voltamos a duas parrillas que já conhecíamos em Buenos Aires, e confirmamos que continuam excelentes: a Calden del Soho (um pouco mais barata, frequentada basicamente por argentinos) e a Don Julio (excepcional). Ambas ficam em Palermo.

aline spindola

Acho que incluir 1 dia em Colônia dentro dos dias em Montevideo é mais prático, porque a viagem de Punta a Colônia é cansativa. Andar de ônibus em Montevideo é muito tranquilo, não acho necessário aluguel de carro, pois estacionamentos são poucos. Em Colônia e Punta o carro é mais importante. No mercado, na cidade velha, achei as refeições caras (boas!) e por ser um lugar turístico cobram "cubierto" (paguei no 220 pesos e achei um absurdo). 3 dias são ideais para Montevideo, 1 para Colônia e 2 para Punta. Para comer, sugiro o La Passiva (Chivito), tem em Montevideo e em Punta, o Ártico (amei o custo/benefício) e o Crêpas, estes em Punta. Voagem ótima, mas comparado ao Chile achei o Uruguai caro.

Cristiane Tavares Albuquerque

Parabéns gostei muito do seu post!

Livia @liviajando

Mais mastigado, impossível! VnV TE AMOOOO

Kleber Dias
Kleber DiasPermalinkResponder

Tive uma experiência muito negativa agora a pouco em comprar minhas passagens no Buquebus de Colônia para Buenos Aires. A cotação do cartão de crédito Visa foi simplesmente horrível. Esperava uns 10% à mais por causa do IOF e diferenças cambiais dos bancos mas veio 55% a mais do valor que comprei a moeda aqui em Natal/RN. E olhe que as casas de câmbio em Montevidéu estão pedindo bem melhor do que fiz aqui. Alguém poderia me dizer a fonte de tanta diferença?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Kleber! Você deve ter feito as contas erradas. Talvez você tenha achado que o $ se referia a pesos uruguaios, quando deveriam ser argentinos.

Paulo amorim
Paulo amorimPermalinkResponder

Estarei fazendo minha viagem no início de novembro de 2016 nesses lugares

Pedro
PedroPermalinkResponder

Outro roteiro muito bom, pessoal! O Uruguai nunca me chamou muito a atenção, mas quando visitei, fiquei apaixonado. Obrigado por compartilhar dicas tão valiosas - me deu vontade de voltar a Colônia! smile

Gabriela
GabrielaPermalinkResponder

Gente, alguém sabe como fazer para pegar ônibus de Punta para Montevideo? Tem ônibus saindo diretamente do aeroporto?

Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gabriela! Este post serve apenas para organizar os seus dias de viagem. Para saber todos os detalhes sobre cada um dos três destinos, por favor clique nos guias que estão linkados ao longo de todo o texto.

Veja como ir de ônibus do aeroporto de Montevidéu a Punta del Este na página Como chegar do guia de Punta del Este:

http://www.viajenaviagem.com/como-chegar-punta-del-este

Ingryd Maila
Ingryd MailaPermalinkResponder

Olá, vou para Colonia em Janeiro, mas vou de Montevidéu para lá de ônibus, você acredita que tenho que comprar a passagem de ônibus antecipadamente pela internet? Obrigada smile

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ingryd! Só se fizer muita questão (e conseguir). Dá pra comprar na hora.

Tati Batista
Tati BatistaPermalinkResponder

Eu comprei no site da Turil para que fosse no mesmo horário de um uns amigos que fiz no Hostel, mas pelo que vi, dava perfeitamente pra comprar na hora.

Ana Paula Lima

Amei esse Post!

Michelle
MichellePermalinkResponder

Oi, gente estive em MVD, Punta e Colônia e aqui vão as minhas impressões: MVD é bonita e acolhedora e dá para conhecer o mais importante em dois dias. A Ciudad Vieja é linda, passei o dia inteiro turistando sem precisar pegar táxi(super barato mas UBER é ainda mais), fiz câmbio na 18 de Julho(8,5 pesos por cada real) e preferi os barzinhos do Centro em comparação com os de Pocitos. Conheci o La Pulperia, um restaurante que desde que comecei a programar a viagem incluí no roteiro e que não me decepcionou, comida deliciosa, atendimento nota 10(chegue cedo, há filas desde a abertura). No terceiro dia fui a Punta del Este e apanhei um pouco pois tinha a impressão de que conseguiria ir de Los Dedos à Casa Pueblo sem carro. Na verdade a entrada da estrada que leva à Casa Pueblo(linda, imperdível!) fica uns 15 km antes de Punta del Este, então se programem para descer do ônibus na ida ou na volta - de preferência na volta para pegar o pôr-do-sol, lembrando que fui em Novembro e lá só começa a escurecer umas 19:30h- fazer esse percurso a pé(vale a pena,paisagens lindas, lembranças lindas,fotos lindas) e depois voltar à estrada para pegar outro ônibus da mesma empresa e continuar a viagem. No penúltimo dia no Uruguai, fomos a Colônia del Sacramento, linda, charmosa, pequena, dá pra conhecer um um dia mas eu passei a noite e não me arrependi, os táxis não param se vc der a mão como aqui no Brasil, então peça para alguém do seu hotel/restaurante chamar.Fiz todos esses percursos de ônibus(todos com WiFi gratuito), achei baratos em comparação com o Brasil,comprei as passagens com um dia de antecedência, na rodoviária, exceto de MVD p Punta, que comprei no mesmo dia,não tive dificuldades e achei as tarifas mais baratas do que quando pesquisei pela internet, não sei se foi sorte ou se geralmente é assim. A comida é cara e é impressionante o que aquele pessoal come de batatas fritas e carne! Adorei a experiência, o que conheci do Uruguai é apaixonante. Espero ter ajudado quem está pensando em ir para lá.

Antony
AntonyPermalinkResponder

Bom, estive no Uruguai e Argentina no final de novembro de 2016, minhas dicas são:

Comprei as passagens com antecedência de uns 4 meses com milhas da TAM, por 9 mil saindo da minha cidade Palmas para Montevideo e 9 mil pontos volta de Buenos Aires para Palmas.

No Uruguai: Peguei câmbio a 7,20 (o máximo que consegui) na avenida 18 de Julio, bem no centro de Montevideo, fui a pé mesmo.

O tal do desconto no IVA nos restaurantes: Procede mesmo, toda vez que pagava com cartão de crédito vinha o desconto do IVA . EX: fiz um lanche no Burger King e custou 620 pesos, mas com o desconto de 111,80 pesos, paguei 508,20 pesos. A fatura do cartão de crédito fechou a 3,50, só para ter uma noção da conversão.

Desloquei-me para Punta Del Este de ônibus no terminal 3 cruces, por 285 pesos pela COT (cerca de 39 reais) ida, lá preferi fazer o tour por uma agência, que fica na própria rodoviária de lá mesmo, custou 50 dólares por pessoa (só aceitava essa moeda, passei cartão);

Fui para Colônia Del Sacramento de ônibus também, da COT, viagem tranqüila, quase 3hrs de viagem, paguei 350 pesos (Cerca de 48 reais), chegando em colônia deixei as malas no locker do terminal mesmo, se não me engano por 100 pesos a mala (depende do tanto de hr que vc for ficar);

Para Buenos Aires fui de buquebus, terminal tranqüilo, viagem rápida, uma dica, compre a passagem logo no Brasil é muito mais barato, lembro que paguei uns 545 pesos uruguaios por pessoa na tarifa programada, chegando lá perguntei quanto era a passagem e custava 1600 pesos por pessoa!

Tati Batista
Tati BatistaPermalinkResponder

As dicas foram muito válidas para o meu roteiro, voltei dia 18 e não poderia deixar de agradecer. Preferi não ir a Buenos Aires para me dedicar mais ao Uruguai e fiquei mais tempo em Colônia, não me arrependi, amei Colônia!!!
Achei Punta muita ostentação para o meu gosto particular, preferi ficar em Piriápolis, mas especificamente em Punta Negra.

Para quem tem um pouquinho mais de tempo, segue meu roteiro, espero que curtam:

http://viajanderia.com/roteiro/roteiro-pelo-uruguai-14-dias-na-terra-do-mujica/

Bjusss e valeu novamente pelas dicas Bóia. Vou ficar na torcida pra ir pro Linkódromo em 2017 wink

marisa
marisaPermalinkResponder

Fiz a viagem para o Uruguai em 4 dias e segui seu roteiro com algumas adaptações!! Foi muito bom e perfeito.. fizemos 1 dia Montevideu, 2 Colonia, 3 Punta 4 Vinicola Antigua Bodega Stagnari e foi show!! Muito cansativo mas pra quem não tem mais tempo ... Em Punta alugamos uma bicicleta motorizada e curtimos toda a orla que e bem bonita ficamos ate 21hs em Punta e deu pra curtir ate festão no Cassino Conrad .... Comemos o carpaccio de lula que e bem interessante e o restaurante Lo de Tere é especial... caro porém acessivel quando se joga no cartão e ganha 20% de desconto... viajamos de COT onibus primeira classe com wi fi gratis o tempo todo...Em Montevideu onibus de linha e quando muito longe Uber que não foi tão caro assim... Em Colonia fizemos o guia direcionado que e oferecido pelo turist information local e conhecemos tudo por lá a pé mesmo... Almoçamos em um restaurante muito bom que paga 416 pesos e se come a vontade, excelente ...Chama-se SOS Gardel Av Gral Flores 200.... vale a pena !!
Negociamos proximo a Montevideu a vinicola Antigua Bodega Stagnari que custou 35 dolares por pessoa e o Uber nos levou até lá.. e la tem wi fi para pedir Uber de retorno!! A visita foi exclusiva para nós das 10 as 12 hs e abriram 4 garrafas para degustação sendo a ultima um Prima Donna Tanat 2013 cujo sabor realmente especial.... Parabens para a Camila que nos atendeu na vinícola!!
Obrigada por suas orientações.. muito úteis ... abraço a todos

Raphael
RaphaelPermalinkResponder

Ricardo, me tira uma dúvida? No caso do trajeto Montevideu-Colonia-BAs, o que você acha mais indicado para trocar as moedas? Pretendo pegar os pesos uruguaios no aeroporto mesmo, quando chegar. Mas, como irei pra BAs via barco, ainda estou em dúvida de como farei pra trocar os pesos argentinos. Meu desejo era já chegar no país com as moedas, mas não estou vendo essa possibilidade. Você teria alguma dica?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Raphael! Quem responde é a Bóia. Você pode sacar pesos no caixa automático que existe no terminal Buquebus. Ou comprar pesos argentinos em Montevidéu ou Colonia. Se tirar no caixa, tire o máximo possível, para abater a tarifa de uso do equipamento, que é fixa. Se comprar pesos argentinos em Montevidéu ou Colonia, compre o mínimo possível. No terminal Buquebus dá para chamar Uber.

Não compre pesos uruguaios no aeroporto de Montevidéu. A cotação do aeroporto só não é pior que a de comprar pesos uruguaios no Brasil. O táxi do aeroporto aceita cartão de crédito. Há também caixas automáticos para sacar pesos uruguaios (neste caso, saque o máximo possível para abater a tarifa de uso do equipamento, que é fixa).

É curioso como todo mundo quer evitar os 6,38% do cartão de crédito mas aceita trocar dinheiro em lugares onde perdem 10, 15, até 20% pela cotação ruim... Fazer o quê, né? A gente já tá rouco de avisar.

http://www.viajenaviagem.com/2011/12/moeda-levo-uruguai

http://www.viajenaviagem.com/2015/06/buenos-aires-cambio-transfer-atualizado

http://www.viajenaviagem.com/2016/07/cartao-de-credito-em-viagem

Gilly
GillyPermalinkResponder

Li muito comentários sobre o Uruguai depois de já ter comprado as passagens de avião. Bem vamos lá. 1- dá para ficar no centro tranquilamente, tem bares, em pub, tem mc Donalds, sorveteria aberto até àpos as 24h. A cidade de dia é muito tranquila, não vi assalto, traseuntes pedindo dinheiro ou incomodando ninguém. 2- não dirijo então fui para todos os lugares de ônibus ou Taxi ou uber, pare de acreditar que precisa de carro. 3- a cidade é cara dependendo do estado que vc more no Brasil, para o carioca sai o mesmo preço. 4- minha meta era gastar 1000 pesos por dia( tinha dia que gastava mais outros menos) quando viajo fico mais tempo geralmente para poder acordar tarde e fazer as coisas com calma - então tomo café as 10h e almoço lá pra 16 ou 18h como hoje por exemplo. As coisas no mercado são caras, traga shampoo cremes sabonete do Brasil. 5- não economize no hotel se for ficar no centro melhor que seja na 18 de Júlio, estou no Balmoral 90 dólares a diária , excelente tudo bom o café da manhã e fraco de pão mas todo o resto vale

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar