Canadá

Índice de posts

  • 0
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Canadá no Viaje na Viagem

A partir de maio de 2017, visto americano vale para o Canadá

Cruzando o Canadá de avião, trem e carro: a viagem do Sergio

Montreal: um pé lá, outro cá

Montreal: como aproveitar a cidade subterrânea

Montreal: um passeio indoor pela cidade antiga

Metrô de Montreal: como usar

Poutine, o prato típico do Canadá francês

Novotel Montreal Centre: ótimos quartos renovados

Estados Unidos-Canadá de ônibus: de Vermont a Montreal pela Greyhound

Québec: um tour pelo Château Frontenac

Québec: afrescos, história e lojinhas no Quartier Petit Champlain

Tryp Pur: um hotel moderninho e BBB em Québec

Québec verde: parques e île d'Orléans

Toronto: roteiro de caminhada entre a CN Tower e o Distillery District

Toronto: arquitetura vitoriana e cenas de cinema no Distillery District

O jeito mais bacana de aterrissar em Toronto

Toronto: como subir à CN Tower

#Linkódromo | 20 posts que desvendam Toronto

Holiday Inn Express Toronto: entrega o que promete

Niagara Falls: um pit stop entre Toronto e os Estados Unidos

Niagara Falls: pelo alto, por baixo e por trás

Ottawa no inverno: diversão abaixo de zero

Banff, onde mora o Lake Louise

Vancouver: quero mais

Stanley Park: trilhas, totens indígenas e aquário no coração de Vancouver

Vancouver: Granville Island, uma ilha no centro da cidade

Vancouver: arvorismo e vertigem no Capilano Suspension Bridge Park

Vancouver: tirolesa (no verão) e neve (no inverno) na Grouse Mountain

White Pass & Yukon Route: um trem panorâmico até o Canadá

Yukon: aurora boreal e outras dicas

Dossiê Neve 2015: Canadá e Estados Unidos

#Linkódromo | Canadá em 22 blogs brasileiros

134 comentários

Paula
PaulaPermalinkResponder

Pessoal, no Comer, Dormir e Viajar damos algumas dicas sobre o que comer em Montreal. Gostaremos da visita!!
http://comerdormireviajar.wordpress.com

Kitty Viana
Kitty VianaPermalinkResponder

O nosso visto canadense (feito online) chegou. Passaportes devidamente carimbados, mas sem as nossas fotos! Alguém tem referência sobre isso? Será que vai dar problema na imigração?
Na parte de comunicação com o consulado nem uma palavra foi falada sobre as fotos (acho que não gostaram das que eu mandei)...

Kitty Viana
Kitty VianaPermalinkResponder

Fred, SundayCooks, já me respondeu. O dele tb chegou sem a foto. Ufa!

Fabio
FabioPermalinkResponder

Parabéns pelos excelentes posts! Gostaria de uma sugestão de roteiro para 10 dias de viagem, onde pudesse ser explorado o melhor do Canadá. Pretendemos ir em junho, e a viagem será de um casal com um bebê de 1 ano e 3 meses. Grato desde já!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fabio! Desculpe, não fazemos roteiros personalizados. Clique nos links para ver dicas e se inspirar.

José Luiz Veríssimo

Qual a melhor época para ir ao Canadá?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, José Luiz! O verão, sem dúvida. No inverno, só para esquiar.

Felipe
FelipePermalinkResponder

Olá! Pretendo realizar uma viagem para o Canadá em Julho de 2015. No entanto, tenho dúvida entre ficar em Montreal ou em Calgary. Qual das cidades você acha mais interessante?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Felipe! São duas viagens completamente distintas. Escolha Montreal se você está a fim de prazeres urbanos; o verão é a melhor época de aproveitar a cidade. Escolha Calgary se você quer ver as montanhas e os lagos do leste canadense; o verão é a melhor época para quem não esquia.

Felipe
FelipePermalinkResponder

Muito obrigado pela ajuda!

Raquel
RaquelPermalinkResponder

Ricardo, eu e meu esposo estamos planejando viajar para o Canadá no ano de 2015. Será nossa primeira viagem em outro pais, vamos com um casal de primos que também nunca viajaram. Estamos com duvidas se compramos um pacote de viagem, se vamos por conta, ou seja, economizamos e pagamos tudo na hora.
Se for desta forma pode me ajudar com uma idéia de quanto vamos gastar pra economizar desde já smile
Obrigada Antecipadamente

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Raquel! Gastos de viagem são muito pessoais. Não temos como estimar um valor mas temos algumas dicas.

Para cotar passagens aéreas, use sites como o Submarino Viagens. Veja também:
http://www.viajenaviagem.com/2013/10/dicas-comprar-passagens-areas-nacionais-internacionais

Para hotéis, pesquise em sites como o Booking.

E para os demais gastos na viagem, leia:
http://www.viajenaviagem.com/2013/07/como-estimar-gastos-viagem

Ana Claudia
Ana ClaudiaPermalinkResponder

Oi pessoal

"Viajo" e muito pelo Blog mas é a 1ª vez q me arrisco a abusar da enorme experiência e boa vontade de vcs.
Poderiam, por gentileza, opinar se o meu roteiro de 13 dias para o Canadá é factível ( roubei essa palavra do Ricardo Freire kkk)? Chego por Toronto e termino em Montreal de onde sigo viagem para NY.( Passagens já compradas)

Dia 1 - Chegada ao aeroporto de Toronto ( 05:40h), aluguel de carro e seguir para Niagara -on-the-Lake e N.Falls. Pernoite.
Dia2-Ottawa-Toronto :LOMA, Royal Ontario Museuam, CN Tower
Dia 3- Ontario Science Center, AGO, Eaton Centre
Dia 4 - Wonderland ( vale a pena?)
Dia 5 - Toronto-Otawa; Almoçar em Kingston ( ou é melhor 1000 ilhas?)
Dia 6- Ottawa : Parlamento, Sparks, St. Mall, Rideau, Bymard Market, Museu da Civilização, Catedral de Notre Dame.
Dia 7 - Ottawa - Quebec: sem compromisso, curtir e descansar
Dia 8- Quebec: Quebec: Citadelle, Chateau Frontenac, cidade baixa
Dia 9 -Quebec : Falls Montmorency, Catedral Ste. Anne cidade velha
Dia 10- Quebec- Montreal
Dia11- Montreal: Parc Mont Royal, Parc Olympique, Biosphere e St Denis
Dia12- Montreal : Bate -volta Mont Tremblant
Dia 13 - Montreal : Livre
Dia14 Montreal - NY

Desde já, agradeço demais a ajuda!!!

Abs.,

Ana

Thiago Castro
Thiago CastroPermalinkResponder

Oi Ana,

Eu já estive na costa leste canadense, mas não fiz tudo que vc quer fazer. Olhando por alto, acho que está bem redondo seu roteiro. Algumas considerações apenas:

1) Vc não disse em que época que vc vai, mas imagino que seja na primavera ou verão correto?
2) Que eu saiba, Kingston fica na região das mil ilhas (acho que é de lá que sai o passeio de barco, mas como fui no inverno não tenho certeza). Então quando vc diz almoço em Kingston (ou mil ilhas), acho que quer dizer (quase) a mesma coisa.
3) Eu curti muito Kingston. É uma cidade bem pequena, mas muito bonita. Vale a pena a parada a caminho de Ottawa. Eu jantei no restaurante do hotel em que fiquei, então não posso te sugerir restaurantes.
4) Pelos pontos de interesse que vc apontou em Toronto, me parece que vc curte mais passeios culturais. Mas eu recomendo o Distillery District e (se vc for mesmo na primavera/verão) uma caminhada nas Toronto Islands. A ilha é gostosa de passear, tem um café e o visual do skyline de Toronto é único.
5) A catedral de Notre Dame que eu conheço fica em Montreal. Essa que vc apontou é em Ottawa mesmo?

Bem, isso é o que eu tenho para contribuir. Veja se é pertinente à sua viagem. Abs

Frank
FrankPermalinkResponder

Ana, no meio do caminho entre Toronto e Montreal (ou Ottawa), pela Highway 60, está o Algonquin Park. Ele tem excelente estrutura, e é o maior e mais famoso parque provincial de Ontário. É um lugar lindo, com muitos lagos, pinheiros, árvores e animais, e com uma excelente rodovia que o corta. Dá uma pesquisada!

mirella matthiesen

OI Ana, Tudo bem?
Eu acho que está puxado ... mas dá pra fazer smile
No meu blog escrevi um roteirinho de 14 dias que talvez te ajude : http://www.mikix.com/14-dias-passeando-pelo-leste-do-canada/

Mas vai aí meus pitacos:

Dia 1 - precisa mesmo ir nesse dia para Niagara? Depois de uma viagem noturna, ficar dirigindo pode ser chatinho, hein? Vai que o voo seja turbulento e afins... uma amiga já fez isso e deu super certo, mas se não tem a intenção de devolver o carro no dia seguinte ... melhor colocar Niagara em um outro dia... sei lá! Sugestão mesmo smile

Em Toronto, acho que faltou a ilha se for entre Maio e Outubro, o distillery district é bem legalzinho, eu não vejo graça no Ontario Science Center e é super fora de mão, faltou também a região do St. Lawrence Market e yorkville.

Wonderland vale se você gosta de parques e montanhas russas...

O melhor lugar para as 1000 Ilhas é Gananoque, mas se não for fazer o passeio de barco, almocinho em Kingston cai bem ... mas vi que alguém sugeriu ir pelo Algonquin Park que também é bem lindo, falo aqui dessa estrada: http://www.mikix.com/cores-outono-no-canada/ ...

Em Ottawa, que tal seguir esse meu roteiro com mapa e tudo: http://www.viajoteca.com/um-dia-perfeito-em-ottawa/

Um lugar que todo mundo adora e que eu recomendo é o Parc Omega, acho que vai ficar pesado pra fazer isso e ir até Quebec, mas falo dele aqui: http://www.mikix.com/parc-omega-mont-tremblant/

Acho que falei demais! Abs

Ana Claudia
Ana ClaudiaPermalinkResponder

Ops! Digitei errado.De Niagara sigo para Toronto...

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ana Claudia! Está bastante puxado.

Vamos compartilhar sua pergunta no Perguntódromo. Havendo resposta, aparecerá aqui.

Ana Claudia
Ana ClaudiaPermalinkResponder

Thiago
Valeu muito pelas dicas! Estou indo no verão sim ( 15/7 à 15/8).
Montei esse roteiro seguindo dicas do tb ótimo blog Mikix.
Acho q vou dispensar o passeio pela ilha,até por q o maridão enjoa.kkk
Com certeza vou seguir sua sugestão, e incluir Toronto Islands.
Por favor, quem já tiver ido ao Wonderland e puder opiniar super agradeço.Estou indo com filhos(11 e 13 anos),um radical e o outro cagão kkkk.Tô com medo de ser furada e tempo perdido...
Bóia, qdo diz puxado, vc quer dizer muito cansativo???

Abs.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ana Claudia! Exatamente! Vcs vão precisar de fôlego para cumprir tudo o que pretendem ver no período.

Ana Claudia
Ana ClaudiaPermalinkResponder

É vero Bóia. Vou repensar esse roteiro.
Nada mais out q turistar até a exaustão.
Valeu o toque!

Ana Paula
Ana PaulaPermalinkResponder

O Canadá é demais. Tbém visitei Toronto, Montreal, Quebec e depois fui para Vancouver. A minha sugestão em Toronto é que vcs vão comer no Marché, que é um local que reúne vários tipos de culinárias diferentes, todas comidas deliciosas, gourmet. São estandes que servem no balcão culinária variada. É um local dentro de uma galeria, simples, despojado e muito agradável. Era meu local preferido pra comer pq dá para experimentar várias comidas diferentes com garantia de qualidade. Colo abaixo o endereço do Marché que eu curtia frequentar:

Marché Brookfield Place Street Level
181 Bay Street
Toronto, Ontario, M5J 2T3

Ana Claudia
Ana ClaudiaPermalinkResponder

Ana Paula
Adorei a dica!!!
Que bom q resolvi participar do blog!
Beijão

Ana Claudia
Ana ClaudiaPermalinkResponder

Quando voltar, espero contribuir com boas tips tb!

Bel Buzzatti
Bel BuzzattiPermalinkResponder

pessoal, tenho 15 dias para dividir entre NY e Canada. Penso em ficar uns 5 dias em NY e o restante no Canada. O que vcs sugerem no Canada? Quais cidades, passeios, pontos turisticos...?Como divido estes 10 dias no Canada?
abs
Bel

Thiago Castro
Thiago CastroPermalinkResponder

Bel, o roteiro da Ana Claudia aí em cima é um pouco demais para 10 dias, mas vc pode fazer um resumo que te atenda. Acho que vale conhecer, principalmente, Quebec (2, 3 dias), além de ir nas principais atrações de Montreal e Toronto.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Bel! Menos do que 7 dias numa primeira viagem a Nova York é pouco.

Thiago Castro
Thiago CastroPermalinkResponder

Bel, 5 dias pode ser pouco como pode não ser, mesmo sendo sua primeira vez em NY. O ideal é vc elencar o que deseja ver e fazer e programar seus dias com base nisso (ainda que vc não cumpra exatamente à risca). Aí vc terá uma idéia das suas prioridades para cada lugar e poderá dividir melhor seu tempo. smile

P.S. Eu fui duas vezes para NY (em viagens que possuiam tb outros destinos). Em uma fiquei 4 dias e na outra 2 dias. Claro que ainda tem coisas lá que eu quero ver, mas não me arrependo. Aproveitei bastante (e do meu jeito) cada ida.

Ana Cláudia Colombo

Gostaríamos de informações sobre viagem no inverno para as seguintes cidades: Ottawa, Montreal, Toronto (incluindo Niágara Falls) e Quebec City. Planejamos ficar de 19 de dezembro de 2015 a 6 de janeiro de 2016. O que acha que devemos fazer. Pode nos ajudar com um roteiro básico?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ana Cláudia! Não temos roteiros prontos para o Canadá, mas você pode ver dicas clicando nos links acima.

Felipe
FelipePermalinkResponder

Olá! Com sua ajuda decidi ir para Calgary ao invés de Montreal, uma vez que desejo visitar a região dos lagos em Banff. Para 1 dia de passeio, qual dos lagos você recomenda? Qual o melhor meio para chegar à região?
Mais uma vez, obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Felipe! Vamos compartilhar sua dúvida no Perguntódromo. Havendo resposta, aparecerá aqui.

Thiago Castro
Thiago CastroPermalinkResponder

Felipe, nunca fui, mas sou louco para conhecer essa região e já fiz minhas pesquisas. Creio que a melhor forma de ir seja de carro. Considerando apenas um dia e motorizado, talvez até seja possível visitar mais de um lago, tipo o Peyto Lake e o Lake Louise (que estão a menos de 50 km de distância um do outro).

Só é uma pena ter tão pouco tempo para as Rochosas Canadenses. Meu sonho é fazer toda a Icefields Parkway, talvez indo por Calgary e voltando por Edmonton.

Felipe
FelipePermalinkResponder

Super obrigado pelas dicas, Thiago!

Renata
RenataPermalinkResponder

Oi Felipe! Alugue um carro em Calgary, e de Banff va visitar o Lake Louise e o Lake Moraine. Mas depende da epoca: o Lake Louise fica aberto o ano inteiro (conheci congelado no inverno, no verao, no outono - eu nao cansava de ir la sempre que havia oportunidade - morei próximo a Calgary por um ano) ja o Lake Moraine seu acesso so abre no verao. Ainda a partir de Banff, iria pela Highway 1 (Transcanada) e voltaria pela 1A (Bow Valley Parkway), que e lindissima! Estou precisando voltar para la...

Felipe
FelipePermalinkResponder

Muito obrigado, Renata! Tenho certeza que vou gostar!

mirella matthiesen

OI Felipe, isso mesmo ... faça o que a Renata sugeriu, o Lake Moraine e o Louise são lindos e ficam encostados um no outro, apertando dá até para conhecer o Peyto Lake como o Thiago disse smile. Escrevi sobre os dois lagos aqui: http://www.mikix.com/rochosas-lago-morraine-lago-louise/
E sobre o Peyto Lake aqui: http://www.mikix.com/rochosas-geleira-athabaska-lago-peyto-e-lago-bow/
Mesmo a cidadezinha de Banff é bonitinha para um lanche - http://www.mikix.com/rochosas-canadenses-6-horinhas-em-banff/ wink
Você vai amar... um dos lugares mais bonitos que já visitei smile

Aline
AlinePermalinkResponder

Olá Felipe, já estive em Banff e fui ao Lake Louise que é maravilhos! Uma das paisagens mais lindas que já vi. Boa viagem!

Liliane Inglez

Felipe, fizemos as rochosas no verão, em 5 dias. A partir de Calgary, fomos até Banff e depois para Jasper. Se tiver só um dia de passeio, decida entre o Moraine Lake e Peyto Lake (ainda prefiro o primeiro... rsrs). Dê uma conferida aqui nos passeios que fizemos:
http://trilhasecantos.blogspot.com.br/2015/02/icefields-parkway-nas-rochosas.html
http://trilhasecantos.blogspot.com.br/2014/07/montanhas-rochosas-no-canada-banff.html
http://trilhasecantos.blogspot.com.br/2015/01/montanhas-rochosas-no-canada-jasper.html
Se interessar, fuce no blog que tem mais posts sobre o Canadá (e mais alguns sendo produzidos...). Espero que ajude!

Suzana
SuzanaPermalinkResponder

Irei para o Canadá em julho próximo e gostaria de saber se é necessário levar mais algum documento além da carteira de motorista brasileira para dirigir naquele país??

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Suzana! Para dirigir no Canadá você precisa da sua CNH e do seu passaporte.

Suzana
SuzanaPermalinkResponder

Obrigada pela resposta. Fiquei em dúvida se é como nos EUA, onde a CNH e o passaporte são suficientes, ou se seria necessário carteira de motorista internacional, conforme li em blog de viagem, onde o autor afirma que tal documento foi exigido.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Suzana! Nenhum dos nossos leitores comentou sobre precisar da PID no Canadá. Mas para não correr risco, o ideal é tirar uma. É super fácil e assim você não precisa se preocupar.

Para saber mais, veja:
http://www.viajenaviagem.com/2010/09/habilitacao-internacional-precisar-nao-precisa-mas-e-bom-ter

Thiago Castro
Thiago CastroPermalinkResponder

Suzana, eu aluguei carro duas vezes no Canadá, uma em Toronto em 2011 e outra em Vancouver em 2013 (ambas na Budget que eu gosto muito). Em nenhum me foi solicitado a PID (que, aliás, eu não tinha), só CNH e passaporte mesmo.

susi rubin
susi rubinPermalinkResponder

tenho 10 dias para fazer madrid,toledo,cordoba,Sevilha e granada....qual é a sugestão?quantos dias e o que fazer em cada lugar neste período de tempo?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Susi! Este é um guia do Canadá. Por favor, consulte: http://www.viajenaviagem.com/2014/02/andaluzia-roteiro-7-dias

DANIELLE NAVARRO

Gostaria de conseguir passagens para o Canadá, mais precisamente Calgary. estou há dias tentando pelo smiles para adquirir as passagens com milhas que possuo e não consigo. O site nunca mostra trechos para mês nenhum. Não sei mais o que fazer. O SAC do smiles diz que tem que ficar tentando. Como assim? Pode me ajudar?

Thiago Castro
Thiago CastroPermalinkResponder

Danielle, passagem com milhas é sempre complicado mesmo pq depende da disponibilização dos assentos pelas Companhias e isso pode flutuar bastante. Em todo caso, dei uma olhada em datas aleatórias e saindo de SP (vc não disse a época nem sua cidade) e achei voltando em Setembro (dia 17/09 para ser mais exato) por 35 mil milhas (trecho Calgary - SP). Não fiquei pesquisando, mas o ideal é procurar com bastante antecedência para ter mais chances de achar os assentos. E é pra ficar tentando mesmo. Não tem muito o que fazer além disso.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Danielle! Olha, essa rota deve ser mais complicada do que o normal para conseguir. A parceira da Gol é a Delta, que não voa direto a Calgary nem de Atlanta, nem de Miami, nem de Nova York (seus vôos para o Brasil). Os vôos são via Los Angeles ou Seattle. Ou seja, conseguir essa passagem com milhas envolve fazer três vôos pela Delta: um Brasil-Atlanta, outro Atlanta-Los Angeles, outro Los Angeles-Calgary. Bem difícil.

DANIELLE NAVARRO

Entendo e agradeço a atenção. Thiago, estou tentando direto com a atendente do SAC, nem ela está achando. Qual foi a data de ida que você colocou por favor?

Thiago Castro
Thiago CastroPermalinkResponder

Danielle, como eu disse, na ida eu não achei (mas eu não fiquei pesquisando). Eu apenas chutei uma data em setembro e de primeira já achei a volta (na data que eu falei ali em cima).

Mas realmente Calgary deve ser mais difícil como a Boia falou. Vc pode tentar o trecho até Toronto ou Seattle ou Vancouver (mas aí tem que se preocupar com a questão da franquia de bagagem).

Junia
JuniaPermalinkResponder

Oi gente!

Gostaria de saber se alguém já fez uma road trip de leste a oeste pela Transcanada Highway. O plano é ir de Toronto a Vancouver em agosto deste ano.

Obrigada smile

Thiago Castro
Thiago CastroPermalinkResponder

Eu imagino essa viagem como a Transiberiana rodoviária. Deve ser uma viagem e tanto, com muita coisa bacana no caminho. Mas pq não começar em Quebec (Quebec city, Montreal ou mesmo Ottawa) ao invés de Toronto?

Junia
JuniaPermalinkResponder

Então, na verdade porque chegamos em Toronto e a ideia é que na volta de Vancouver (de avião - já estamos com passagens compradas) nós aluguemos um carro pra ir até Montreal. O chato é que quase não tem experiências como essas em blogs, então está um pouco difícil de montar o itinerário.

Thiago Castro
Thiago CastroPermalinkResponder

É que é uma distância muito grande, passando por muitas regiões pouco habitadas (interior de Ontario e Manitoba principalmente), então acho que não é comum. O que eu já vi acontecer é o trecho entre Calgary e Vancouver por conta das Rochosas.

Mas não desanime. Deve ser uma baita experiência. smile

Junia
JuniaPermalinkResponder

Exatamente!

Não desanimarei, estou até mais empolgada! Faço um relato quando voltar para quem tiver interesse em fazer um trajeto parecido!

Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Junia! É uma viagem de 3 dias e 15 horas. Só faz sentido se for feita com paradas. Veja horários e planeje-se em http://www.viarail.ca .

Junia
JuniaPermalinkResponder

Obrigada!

Nós vimos os preços do trem e achamos um pouco caro e até limitado de paradas, pensamos mesmo em alugar um carro e fazer esse trajeto em dez dias, parando até em Banff e Jasper. Procurei bastante na internet por roteiros parecidos mas é bem difícil de encontrar, então estou tentando juntar informações daqui e dali!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Junia! É uma viagem de 4.000 km. Em 10 dias, são 400 km por dia. Cada dia parado aumenta a média de quilometragem por dia rodado. A taxa de devolução de um carro a 4.000 km de distância do lugar onde foi alugado é alta. Se você não está encontrando relatos de viagens como essa, é porque provavelmente muito poucas pessoas façam essa viagem, e mais certamente ainda não em tão pouco tempo.

Liliane Inglez

Junia, no Canadá, fiz a Icefields Parkway. Acho imperdível este trecho! Uma das estradas mais bonitas do mundo! http://trilhasecantos.blogspot.com.br/2015/02/icefields-parkway-nas-rochosas.html
Bjs

Junia
JuniaPermalinkResponder

Obrigada, Liliane!
Vou dar uma fuçada no seu blog! Obrigada pelas dicas!

Bel Buzzatti
Bel BuzzattiPermalinkResponder

olá pessoal,
Vou viajar em Julho de 2015 com meu marido e 3 filhos (12, 15 e 18 anos). Estamos em duvida entre dois roteiros: Londres + Amsterda ou NY + canada.
aqueles que conhecem os 4 lugares podem opinar qual deles iremos aproveitar mais?
Eu e meu marido so conhecemos Londres e NY...
Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Bel! A época é boa para as duas combinações; para o Canadá, é a melhor época. Vamos compartilhar sua pergunta no Perguntódromo, mas as respostas devem vir carregadas de gosto pessoal. No seu lugar, eu não delegaria essa decisão a ninguém.

Thiago Castro
Thiago CastroPermalinkResponder

Oi Bel, sua pergunta é bem complicada, até pq vai muito do gosto de cada um, ou seja, é muito pessoal. Se eu fosse vc, pesquisaria as principais atrações de cada lugar e colocaria na (sua) balança para ver o que eu acho mais importante/imprescindível.

Marcelo Jesus
Marcelo JesusPermalinkResponder

Bell,

com bem disse a Bóia, só você pode responder isso...

De todo modo perguntei aos meus dois filhos e a resposta foi NYC e Canadá...

Mirella Matthiesen

Bel, só um adendo... em Julho vai estar acontecendo em Toronto o Jogos Panamericanos, a cidade vai estar em clima de festa smile
Abs

Andrea Raminelli

Conheço os 4 lugares, e já viajei com meu filho adolescente para todos, menos o Canadá.
Claro que a escolha é muito pessoal, mas eu ainda acho que NYC é o lugar mais interessante para adolescentes. Canadá, depende das cidades escolhidas.
Sugiro pesquisar os pontos de interesse e perguntar aos meninos, eles já podem dar a opinião deles também. Perguntei ao meu filho e ele respondeu NYC sem piscar os olhos!

Andressa
AndressaPermalinkResponder

Boa noite! Por favor, nos tirem uma dúvida:compramos passagem para maio para Toronto com conexão em Nova Iorque. É possível descermos em NY e não seguirmos viagem a Toronto? Gostaríamos de passa uns dias por ali e depois seguir para Montreal, Quebec e Toronto. Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Andressa! Pode não. Você perderia todas as reservas de continuação de viagem e de volta e teria que pagar multa e diferença tarifária para remarcar.

Sergio Tranchesi Ortiz

Bom dia Ricardo Freire, tudo bem?

Estou escrevendo para lhe dar uma satisfação. Desde o começo do ano, enviei para você duas perguntas sobre o trem "The Canadian" que atravessa o Canadá de leste a oeste nas suas participações no BandNews em Alta Frequencia. O Sr. sempre respondeu, mas disse não saber nada sobre o trem. Pois bem, agora em abril de 2015, viajei para o Canadá e como parte da minha viagem, peguei um trecho deste trem, de Winnipeg a Jasper. Eu e minha esposa ficamos nos Berths, beliches, ela embaixo e eu em cima. Durante o dia, as camas se convertem em duas poltronas muito confortáveis que acomodam fácilmente 4 pessoas. O vagão tem um camareiro específico e um banheiro de homens e um de mulheres em cada ponta. Também conta com um chuveiro de uso coletivo. As acomodações são muito boas. O trem, embora antigo é muito bem conservado. As refeições são feitas em dois turnos no vagão restaurante e contam com 3 pratos e sobremesa. Bem boas por sinal. O trem tem ainda um vagão com teto todo envidraçado onde se pode sentar e ver a paisagem. Vimos um por do sol maravilhoso. Ficamos ao todo um dia e meio no trem e só tenho coisas boas a dizer do trem. Até a falta de wi fi que parecia um problema na verdade é bom, pois incentiva as pessoas a se interagir entre elas e procurar fazer coisas no trem. Pra quem está no trem também há vagão de bar com bebidas e comidas pagas a parte. A noite, as camas são montadas e são extremamente largas, como uma cama de viuva e contam com ventilador e abajur próprios, além de uma cortina blackout que te dá toda a privacidade necessária. Sensacional. Recomendo a todos que façam uma vez esta viagem. O trem originalmente sai de toronto e vai até vancouver, mas pode se pegar ele nas estações intermediárias. A franquia de bagagem é bem boa também e se adequa a franquia de bagagem aérea que nos é permitida pela air canadá. Tiramos fotos lindas e o caminho é lindo. Para comprar, o site é www.viarail.ca

Marta
MartaPermalinkResponder

Olá! Para quem não esquia mas gosta muito de neve e frio ( e de paisagens bacanas ) o Canadá em janeiro é uma viagem que vale a pena? Ou inviabiliza mesmo os passeios no Parque Nacional de Banff ou Jasper? Obrigada desde já. abs

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marta! Para quem não esquia, os destinos de natureza devem do Canadá ser visitados no verão. No inverno, Montreal e Toronto funcionam basicamente no subterrâneo.

Thiago Castro
Thiago CastroPermalinkResponder

Oi Marta, eu não esquio, mas mesmo assim fui conhecer Whistler e adorei. Fui snowmobile, subi a montanha, fiz bang jump, etc. Ou seja, tem várias atrações bacanas para se fazer. Eu recomendo que vc olhe o site de turismo do local para onde vc quer ir e veja o que vc curte. Nem tudo no inverno é esqui.

Bia Alves
Bia AlvesPermalinkResponder

Olá, pessoal!
Uma vez me disseram que para ir ao Canadá era necessário ter, além do visto canadense, também o visto americano. Poderiam confirmar se esta informação é verídica?
Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Bia! Só se você voar com conexão nos Estados Unidos.

Thiago Castro
Thiago CastroPermalinkResponder

É que a maioria dos vôos para o Canadá são com cias americanas e os EUA exigem visto ainda que vc só faça o trânsito nos EUA. Mas se vc voar com a Copa ou Air Canada, não terá essa exigência.

Renato Martins

Ficamos um mês fazendo intercâmbio no Canadá e mesmo assim não conseguimos conhecer tudo. Tem muita cidade bonita e coisa legal para conhecer lá! Estamos planejando voltar só para Montreal e Toronto dessa vez, para explorar melhor a cidade. Fizemos um curso de inglês e achamos muito boa a experiência.

Thiago Castro
Thiago CastroPermalinkResponder

Um mês não é nada perto do tamanho do país e do tanto de coisa legal para ver/fazer (ainda mais no meio de um intercambio). Considere conhecer Vancouver e Whistler. Fui no inverno de 2013 e é fantástico!!

Beatriz Belmonte

Olá, eu estou pesquisando passagens de trem de Toronto para Ottawa e na hora de escolher a classe tem Economy e Economy-Escape fare, que é muito mais barata que a economy, eu gostaria de saber o que é essa escape fare, é saída de emergencia? Vale a pena ficar nela?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Beatriz! Escape quer dizer escapada, escapulida, férias curtas. Provavelmente é uma tarifa com mais restrições, sem direito a reembolso em caso de cancelamento ou mudança. Compare as condições das duas tarifas.

Radoico Guimarães

Uma boa opção no site Via Rail é comprar as passagens com multi-city. Vamos agora em maio a Toronto e de lá, de trem, para Ottawa, Montreal e Quebec, parando em cada cidade alguns dias. Multi-city é bem mais barata que um direto Toronto -Quebec por exemplo, ou comprar em separado cada trecho.

Marcus Barrocas

Vou viajar para o Canadá em fim de Março e soube que depois do dia 15 de Março o visto do Canadá para Brasileiros, Mexicanos,Búlgaros e Romenos que tenham visto americano e cheguem de avião, será substituído por uma ETA, bem mais simples e barato. Como vou viajar logo após a "implantação desse novo sistema" estou com certo receio, pois conheço bem estas implantações informáticas, elas levam tempo até rodar legal, mesmo em se tratando de Canadá. A ETA ainda não está disponível para brasileiros....Alguem tem mais detalhes sobre isto? Seria mais seguro tentar o visto por garantia?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcus! Temos exatamente a mesma informação que você. Se você duvida da implantação da tecnologia pelo Canadá, que outra garantia alguém que não seja o consulado canadense pode te dar?

Camila Guerra
Camila GuerraPermalinkResponder

Pelo que li, é necessário o visto sim. Há casos em que não é necessário, mas se é brasileiro e não tem cidadania de outro país, precisa. Veja o link: http://www.cic.gc.ca/english/helpcentre/answer.asp?qnum=1020&top=16

Thiago Castro
Thiago CastroPermalinkResponder

Marcus, vc tem duas opções: pagar para ver se a implantação se dará como planejado ou dar entrada no visto. Se der qualquer problema depois do dia 15, vc não terá tempo de pedir visto, mas acho difícil de isso acontecer. A implantação do eTA foi anunciada tem uns 3 meses já e os consulados tiveram bastante tempo para fazer a transição. Em todo caso, se eu fosse você, ligaria para o consulado para ter o conforto de falar com alguém com mais informações e menos achismos.

O link abaixo fala o que vc já sabe:

http://www.cic.gc.ca/english/helpcentre/answer.asp?qnum=1097&top=16

J Hollerbach
J HollerbachPermalinkResponder

Estou planejando um cruzeiro para o Alaska. A saída e o retorno são através de Seattle(USA), no entanto um dos portos visitados é Vitoria(Canadá). Ao que parece terei que fazer o visto canadense mesmo tendo o visto americano em vigor pois minha entrada não será por via aérea. É isso mesmo?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, J! Sim, a dispensa só vale para chegadas via aérea.

Agradeço por me fazer pesquisar, mas se você deu um google deve ter visto que em absolutamente todas as matérias sobre o assunto esse detalhe da via aérea é mencionado.

Thiago Castro
Thiago CastroPermalinkResponder

É que quando é vc falando tem mais valor Bóia. rs wink

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Gente, alguém sabe quando a isenção de vistos para o Canadá para brasileiros em algumas situações bem específicas passa a valer?
Nas notícias que achei, a previsão era março de 2016. A notícia no site do governo canadense fala de "em breve, depois de março de 2016".

Jamile
JamilePermalinkResponder

Olá, viajantes! No impulso, para aproveitar uma promoção por milhas, peguei passagens ida e volta Salvador_Toronto. Agora que estou planejando o roteiro, verifiquei que 21 dias só na Costa Oeste seria muito tempo, daí deu vontade de incluir Vancouver, mas as passagens internas seriam quase o valor dos trechos internacionais. Dito isso, gostaria de saber a opinião de vocês sobre alternativas que pensei, a partir dos relatos que li por aqui, que seriam ir de Niagara a Chicago ou de Montrel a Jasper. Aceito outros pitacos. Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Jamile! Na mesma promoção você poderia ter aproveitado a tarifa promocional até Vancouver, comprando na modalidade "múltiplos destinos" ou "várias cidades".

http://www.viajenaviagem.com/2012/01/passagens-internacionais-como-evitar-o-erro-mais-comum

Toronto fica na Costa Leste.

Vamos compartilhar sua pergunta no Perguntódromo. Havendo resposta, aparecerá aqui.

Thiago Castro
Thiago CastroPermalinkResponder

Bóia, o link lá na Home não está funcionando.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Thiago! Obrigada por avisar, estava faltando o link mesmo sad

Thiago Castro
Thiago CastroPermalinkResponder

Oi Jamile,

Devido ao seu tamanho e dispersão, além da falta de concorrência, os preços de passagens aéreas domésticas sempre são um problema no Canadá. Mas ainda assim vc tem muita opção.

As principais cidades da costa leste canadense são Toronto, Ottawa (a capital), Montreal e Quebec City. Todas a distâncias palatáveis para uma road trip e todas muito interessantes.

De Toronto, vc pode fazer o bate e volta clássico a Niagara, Kingston (que fica entre Toronto e Ottawa) é a base da região conhecida como "mil ilhas" e tem uns passeios de barco bem legais, Ottawa tem a troca da guarda no Parlamento, Montreal tem uma arquitetura e história completamente diferentes e Quebec city é um charme com sua cidade murada (pelo que sei, a única cidade murada da américa do norte).

Eu acho que se vc pesquisar, dá pra ocupar fácil esses 21 dias que vc tem. Eu sei que a tentação para incluir novos lugares é grande, mas o Canadá não é a Europa, aqui as distâncias são bem complicadas e lembre-se que, para onde quer que vc vá, terá que voltar para Toronto para pegar o vôo de volta.

Só para exemplificar: o trecho que vc citou de Niagara a Chicago tem apenas 900km, o que eu acho bem complicado, já que vc tem que ir e voltar. Se vc achasse um trecho de avião barato para Chicago, aí acho que valeria bem a pena. Dê uma pesquisada nas cias americanas e vê se acha alguma passagem para Chicago, NY ou Boston (esses dois últimos saindo de Montreal que é mais perto).

Mirella Matthiesen

Jamile,
Eu acho que você pode fazer uma viagem maior na costa leste mesmo e incluir destinos nos Estados Unidos também... dá para fazer tudo de carro... Toronto > Ottawa > Quebec > Montreal > Boston > New York > Washington DC > Niagara Falls > Toronto.
Eu tenho um roteiro de 14 dias pela costa leste que pode te ajudar a montar o roteiro na parte do Canadá: https://www.viajoteca.com/roteiro-14-dias-pelo-leste-do-canada/ (inclui até o Parc Omega que eu acho super legal e diferente).
Eu acho que a região de Vancouver, pode ser outra viagem, pois tem muita coisa para ver daquele outro lado também smile
Abs,

Jamile
JamilePermalinkResponder

Boia, obrigada pela postagem e desculpe o erro em relação às Costas. Já no que diz respeito à promoção por milhas, infelizmente não havia disponibilidade para Vancouver.

Leandro
LeandroPermalinkResponder

Olá Bóia!
Viajarei para o Canadá em maio/2016 e estava aguardando o dia 15/3 para poder obter o eta para a viagem ao invés do visto para o canada, porém hoje tentei no site do governo canadense e ainda não há uma data para liberar o formulário para os brasileiros. Devo solicitar o visto ou aguardar até o fim de março, sendo que minha viagem está prevista para o dia 7/5/16?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Leandro! Solicite o visto o quanto antes:

http://www.viajenaviagem.com/2016/02/isencao-do-visto-canadense

Mariana
MarianaPermalinkResponder

Jamile,

Se você for no inverno canadense, tente colocar uma estação de esqui no seu roteiro. Mont Treblant, Brumont e até mesmo Sherbrooke que tem cidade maior e estação de esqui menor. É fácil e normalmente barato uma passagem Montreal - NY e até mesmo de ônibus. Lembrando que o Canadá também tem opção de trem. Eu fiz Montreal - Quebec de trem e é super fácil. Quebec City é linda e vale uns 4 dias com certeza. Tem o Red Bull Crashed Ice também que é um evento que vale a pena. Eu dei sorte e sem querer no final de semana que estava lá era a data do evento. Canadá no inverno é lindo.

Priscila
PriscilaPermalinkResponder

Olá Bóia,
Vou passar 20 dias em Vancouver passeando.
É necessário seguro viagem e saúde?

Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Priscila! Não saia do Brasil sem seguro. Nunca.

Mariza
MarizaPermalinkResponder

Preciso de uma informação...vou para o Canadá, preciso de visto...entrarei no Canadá indo pelos EUA?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mariza! Para entrar no Canadá, precisa de visto canadense. Se passar pelos Estados Unidos, precisa também do visto americano. Sem eles não deixam você sequer embarcar no Brasil.

petter
petterPermalinkResponder

Olá pessoal! Geralmente venho aqui para ler e quando falo é para pedir uma ajuda smile Mas hoje gostaria de compartilhar um pouco da experiência que tive no Canadá. Estive lá para fazer um curso de dois meses, seguido de alguns dias de férias. Claro que aproveitei o máximo para conhecer o país, mas como ele é muito extenso tive que fazer algumas escolhas e não deu para englobar todas as grandes cidades. O meu curso estava dividido (um mês em Vancouver e um mês em Toronto). Tive muita sorte de exatamente no final de semana que mudava de cidade haver um feriado na segunda-feira. Fiz umas simulações e valia a pena "quebrar" o voo Vancouver - Toronto e fazer uma parada em Calgary, para conhecer Banff. Após Toronto, peguei alguns dias de férias para gastar meu francês e fui para Québec. Terminei as férias passando uma semana em Nova York e voltei para casa. Meu roteiro ficou assim:

CASA - VANCOUVER - CALGARY (BANFF) - TORONTO - QUÉBEC - NOVA YORK - CASA

Eu poderia falar sobre tudo o que fiz em cada lugar, principalmente em Vancouver e Toronto, onde fiquei mais tempo, mas muita gente aqui no VnV já listou as principais atrações em cada cidade. Fui a todas elas, então vou falar apenas sobre o que mais gostei e não aparece com frequência nas listas de roteiros. Aliás, se você também quiser conhecer esses lugares de uma forma diferente, (por que não dizer "retrô"?) Convido-o a visitar meu site https://pettersondantas.com/2016/07/22/canada-west-to-east/ e conhecer as ilustrações rápidas que fiz em alguns dos lugares visitados.

Mas voltando ao assunto, aqui vai minha listinha de atividades e lugares que marcaram, a partir das cidades-bases:

VANCOUVER
1. Deep Cove - Natureza linda, oportunidade de alugar um kayak e remar em águas tranquilas. Se você tem disposição para caminhar cerca de 40 minutos subindo, existe uma trilha que chega em uma rocha no alto, chamada Quarry Rock. Algumas das fotos mais bonitas da minha viagem foram tiradas daí smile A trilha não é hard, mas é cansativa porque é subindo. Sempre que eu parava para descansar, mulheres com recém-nascidos em cangurus passavam por mim, o que me encorajou a chegar lá em cima :0.

2. Lynn Cannyon Park - Também fica em North Vancouver. É um lugar legal para ir se você vai passar mais dias na cidade. Lá tem uma ponte pênsil tipo a Capilano, mas uma pouco menor. Como é um parque público, não é preciso pagar para entrar. Existem algumas trilhas em torno de um rio. Em um mês quente, algumas pessoas até se atrevem a um mergulho.

3. Coal Harbour - Este é um bairro bem rico em Downtown. Lá tem monumentos que são cartões postais de Vancouver e o novo centro de convenções, super moderno. Mas o que eu curtia mesmo era levar algumas guloseimas, sentar em um banco e observar os hidroaviões chegando e decolando para Nanaimo e Victoria. Você pode apenas vê-los decolando da água, ou se tiver coragem e recur$o$, comprar um voo.

4. Pedalar - Algumas partes de Vancouver praticamente foram feitas para serem descobertas pedalando. O percurso clássico é contornar o Stanley Park, com curvas mais sinuosas que a estrada de Santos. Esta constante mudança de direção ajuda a ter diferentes pontos de vistas da cidade. Outro percurso legal é contornar a área de False Creek e chegar até a Granville Island para umas compras no mercado. Com mais disposição é possível chegar até a descolada Kitsilano Beach.

5. Victoria - É uma cidadezinha linda que fica em uma ilha. Uma boa opção para passar um dia inteiro ou um final de semana. Tudo na cidade gira em torno da área do porto (pontos turísticos - história - alimentação). O passeio como um todo é legal porque para chegar lá é necessário pegar um ferry (mega-ferry) saindo de Vancouver. O navio é bem confortável e o percurso bem bonito quando se aproxima das ilhas onde fica Victoria.

TORONTO
1. Ver a cidade iluminada à noite - Toronto tem duas faces: uma diurna e outra noturna. Vale a pena uma caminhada por Downtown à noite. As luzes internas dos edifícios ficam acesas e a cidade fica linda. Se você chega à cidade à noite será um privilegiado, pois do alto tudo fica mais bonito. Tive sorte de chegar no Toronto Pearson International Airport à noite no dia da Rainha e além das luzes da cidade fui recepcionado por fogos de artifício smile.

2. Toronto Islands - Definitivamente meu lugar favorito em Toronto. Tem muita coisa para a criançada lá, mas os adultos também curtem o lugar. Para explorar a ilha, aluguei uma bike. De um lado está a área mais residencial e do outro a praia de nudismo. No meio, um parque de diversões e uma fazendinha. Da ilha se tem a famosa vista de Toronto, o skyline com a CN Tower em destaque. O legal é que na época em que eu estava lá, estava passando na tv um seriado chamado Sensitive Skin. Na série, a protagonista morava na em uma casa-barco nas Toronto Islands.

3. Waterfront Toronto - Esta é uma área que vem sendo renovada nos últimos anos com a construção de parques e áreas de convivência de frente para o lago Ontário. Caminhando nesta área é possível ir desde o terminal dos barcos que saem para as Toronto Islands às proximidades da CN Tower, aquário e cervejaria Steam Whistle, chegando à entrada do Aeroporto Billy Bishop.

4. Ter uma refeição no 3 Brewers/ Les 3 Brasseurs - Definitivamente comida não é o forte do Canadá, mas se alguém me pedir uma sugestão de lugar para comer/ beber em Toronto eu indicarei esse. Tive uma refeição acompanhado de ótimas variedades de cervejas, mas o que mais marcou foi a sobremesa: cheesecake com caramelo de cerveja. Cheers!

5. Decolar do Aeroporto Billy Bishop - Esta foi uma emoção não programada. Chegamos a Toronto pelo Pearson International e somente na véspera de ir embora descobri que aquele bilhete mais barato que comprei TORONTO - QUÉBEC era saindo do Billy, o aeroporto das Toronto Islands. Acho que tinha no máximo 30 pessoas dentro do avião. A decolagem foi mais vertical que de costume e tive a chance de me despedir em grande estilo da cidade.

Nossa, relembrar essa viagem me empolgou e o que seria um breve relato virou quase um relatório smile O Canadá tem um lugar especial no meu caderno de viagens.

Daniela
DanielaPermalinkResponder

Olá. Irei ficar 7 dias em Toronto em Ago/2017, gostaria de conhecer algum parque nacional. Fiquei sabendo que dá para fazer um bate e volta em Tobermory. É viável ir e voltar no mesmo dia, pois são 3h30 de viagem? Teria outro parque mais perto?
Obrigada. Adoro o site.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Daniela! Vamos compartilhar sua pergunta no Pergntódromo. Havendo resposta, aparecerá aqui.

Thiago Castro
Thiago CastroPermalinkResponder

Oi Daniela. Eu acho que talvez valha a pena apenas pq vc vai no verão. Olhei no Google e deu quase 4h de viagem. Se vc sair às 8h, chegaria perto do meio dia. Pode almoçar e passear por lá boa parte da tarde. Em agosto, o sol se põe entre 9 e 10 da noite. Seria super cansativo, mas se é um desejo seu conhecer um parque nacional, acho que vale a pena.

Mirella Matthiesen

Oi Daniela,
Eu acho cansativo ir até lá no bate e volta, somente se você curtir estrada, pois como no verão os dias são mais longos, dá para vc aproveitar entre 5 a 5 horas o parque, antes de retornar... Eu acho que vale um bate-dorme-volta.
O Algonquin, fica uns 30 minutos mais perto, por exemplo, mas é para quem gosta de trilhas, não tem a coloração da água como em Bruce Peninsula no verão.
Em Toronto, o Scarborough Bluffs é um parque legal, a cor da agua fica linda com sol...
A boa notícia é que em 2017, TODOS os parques nacionais do Canadá serão de graça, estaremos comemorando 150 anos de Canadá!!!

Marcos Vitor Lopes Araújo

Legal. Planejo ir lá no ano que vem

Marcelo Gambini

Olá a todos. Eu e minha esposa iremos pro Canadá em Mai/2017 e lá ficaremos de 01/05 (chegada) a 19/05 (partida), sempre por Toronto. Estamos esboçando nosso roteiro com passagens por Toronto - Niagara Falls - Niagara on the Lake - Ottawa - Montreal - Quebec - Toronto. Minha grande dúvida é sobre se devo ou não locar um carro. Já li vários posts onde o carro é dispensável para Toronto e Montreal. Como chegaremos por Toronto e pretendemos ficar uns 3 dias (sem contar dia da chegada/partida), pensei em somente locar o carro quando for visitar Niagara e de lá fazer o restante do roteiro de carro. Também vi que a distância entre Quebec e Toronto é razoável pra se fazer de carro. Penso que seria ideal fazer em dois dias. Pretendo conhecer Algonquim Park, provavelmente quando estiver saindo de Niagara on the Lake (uma noite) e indo para Ottawa, onde também penso em passar uma noite em Algonquim. Sei o quanto o carro me facilitaria e me daria mobilidade pra fazer esses trajetos, mas quando chegar nas cidades percebo o quanto ele se torna desnecessário devido as boas opções de transporte público. Gostaria de receber pitacos pra poder me decidir sobre a locação do carro ou não, e quais meios de transporte seriam os melhores para deslocamento entre as cidades caso opte por não usar o carro. Muito obrigado a todos que se manifestarem.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcelo! Compartilhei sua pergunta no Perguntódromo. Havendo resposta, aparecerá aqui.

Thiago Castro
Thiago CastroPermalinkResponder

Oi Marcelo,

Eu fiz uma parte do que vc vai fazer em fevereiro de 2011 e preferi alugar carro (mesmo sendo inverno) e gostei. Em Toronto, realmente o carro é um estorvo, pois a maioria das atrações estão no downtown e são facilmente alcançáveis de metrô ou à pé.

Pelo que percebo, vc acha o carro bem mais prático para fazer os trajetos que vc quer fazer, mas está incomodado pq o carro pode te atrapalhar nas cidades. Bem, só posso falar sobre os lugares que eu estive.

Toronto, como eu já disse lá em cima, vc não precisa de carro. Basta se hospedar próximo ao downtown ou ao metrô. O carro aqui iria te atrapalhar.

Ottawa. Eu passei uma noite na cidade e consegui ir de carro até perto do Parlamento. Deixei no estacionamento de um shopping ali perto e fui passear à pé. Patinei no Rideau Canal, dei uma volta e peguei o carro. Apesar de ser a capital, Ottawa não chega nem perto de Toronto e Montreal. Achei o trânsito tranquilo.

Montreal. Não sei se foi impressão minha (passei uma noite só aqui, na casa de um amigo), mas achei as atrações em Montreal meio espalhadas e o carro ajudou muito. Fomos ao Mont Royal, St Joseph Catedral, Notre Dame, Estádio Olímpico e Biodome.

Não estive em Quebec (não tinha tempo :/ ), mas sei que é uma cidade murada. Provavelmente vc vai deixar o carro parado e fazer tudo à pé. Apenas uma sugestão: eu pensaria em deixar o carro aqui e voltar de avião até Toronto. De Quebec pra Toronto são uns 800 km de distância e vc já terá visto tudo que queria ver na ida. Bem, apenas uma sugestão, tem que ver preço de vôo e condições pra ver se compensa.

De qualquer forma, o Canadá é fantástico! Tenho certeza que vai adorar! smile

Marcelo Gambini

Muito obrigado Thiago, seu comentário foi muito valioso. Tenho que realmente analisar toda a situação. Já havia calculado a distância entre Quebec e Toronto, a qual pensei em fazer em dois dias. Em uma consulta para deixar o carro em local diferente do retirado lembro de haver uma taxa em torno de CAD 200 a CAD 300. Achei um tanto salgada, mas preciso verificar se procede. Obrigado novamente e forte abraço!

Marcelo Jesus
Marcelo JesusPermalinkResponder

Marcelo, já estive na região que você pretende visitar em duas ocasiões diferentes e nas duas vezes aluguei carro.
Nas cidades propriamente o carro não é imprescindível, especialmente em Toronto e Montreal, o transporte público é excelente.
Achei que o carro me deu uma mobilidade muito legal entre as cidades.
Você pode ficar em Toronto os primeiros dias da viagem e depois pegar o carro para ir a Naiagara (dormir em Naiagara-on-th-lake, fiz isso na primeira vez) e de lá seguir para Ottawa, Quebec, voltar até Montreal, devolver o carro na chegada e de lá voar até Toronto para voltar (há vários voos entre Toronto e Montreal por dia, com preços bem atraentes).
Em junho/julho deste ano (2016) eu desembarquei em Toronto e no mesmo dia tomei um voo interno da air canada para Quebec, fiquei lá por três dias e então aluguei um carro. Saí de Quebec e passei pela Ilha de Orleans, visitei uma vinícola local que faz creme de cassis e de lá fui para Montreal.
Em Montreal acabei até visitando algumas atrações (Biodôme, Jardim Botânico, Torre inclinada do centro olímpico, ilha de notre dame - dá pra dirigir dentro do circuito gilles villeneuve da F1) com o carro, o trânsito é tranquilo e os locais tem estacionamento.
De Montreal fui para Ottawa e foi legal estar com o carro porque foi fácil visitar o Diefenbunker Museum, (um abrigo nuclear, da época da guerra fria) que fica em uma cidade próxima a Ottawa (Carp, a uns 30km) e na volta passar em um outlet bem interessante.
Entre Ottawa e Toronto dá para visitar as 1000 ilhas (se optar por visitar o Bold Castle tem que entrar nos EUA, daí tem que estar com o visto americano em dia), não foi complicado entrar por terra nos EUA, o controle de fronteira foi super tranquilo.
De lá, antes de Toronto, dá pra passar em Kingston (que foi a primeira capital do Canadá) e ao chegar a Toronto devolvi o carro e fiquei o período que iria passar na cidade e de lá tomei o avião de volta.
Se não quiser alugar carro dá pra ir de trem entre todas essas cidades. Cheque no site da via rail (http://www.viarail.ca/en).
Boa viagem!

Marcelo Gambini

Sua sugestão em ir de Ottawa pra Quebec e deixar Montreal por último é muito interessante. Inicio com Toronto e finalizo com Montreal meu roteiro com as cidades com excelente transporte público. Por mais que Quebec e Ottawa não precisem de carro, assim mesmo poderei me deslocar e ir apreciando as vistas e locais. Quando li seu post para minha esposa ela já pediu pra perguntar maiores detalhes do outlet, rsrs. Muito interessantes suas sugestões de locais a visitar. Com relação ao carro tenho que pesquisar se existe taxa de devolução em local diferente e ver se compensa. Muito obrigado por todos seus pitacos.

Marcelo Jesus
Marcelo JesusPermalinkResponder

Marcelo, o outlet em questão é o Tanger, de uma rede de outlets que há nos EUA e no Canadá, você pode checar em www.tangeroutlet.com/locations.
Existe um próximo a Ottawa (8555 Campeau Drive - Ottawa ON), que foi o que visitei. Vale a parada. Até porque o dólar canadense não "machuca" tanto quanto o americano...

Luana
LuanaPermalinkResponder

Olá! Eu fiz praticamente a mesma viagem, só que de Quebec peguei avião para NY, e acho que valeu muito a pena alugar carro sim. Não alugue para os primeiros dias em Toronto porque realmente não precisa. Faça Niagara/Niágara on the lake de carro no último dia e depois vá para ottawa. O bom do carro é que vc pode parar por cidadezinhas no caminho, tem o Parque Omega tb que é legal e fica entre Montreal e Quebec, se não me engano. Realmente o carro deve ficar parado quando vc estiver visitando Ottawa e Montreal. Como fiquei 2 e 3 noites, não achei tanto assim. No caminho para Quebec vc tb passa pelo chemin du roy e tem muitas frutas sendo vendidas na estrada. Assim que cheguei em Quebec, já devolvi o carro e passei 3 dias maravilhosos lá. Poderia ter aproveitado para ir na Ilha de orleans antes de devolver tb. Me lembro de ter olhado os trens para comparar e, pelo menos para 2 pessoas, não estava valendo a pena. Os horários às vezes não são bons e acho que tinha que pagar pelas malas tb. Talvez valha a pena para a volta (Quebec-Toronto). Espero ter ajudado!

Marcelo Gambini

Você e os demais ajudaram e muito Luana. Estou optando em deixar o carro quando chegar em Montreal, aí poderei me valer da sua sugestão de visita a Ilha de Orleans em Ottawa. Muito obrigado

Natalie Soares

Eu só conheço Toronto, Montreal e Ottawa e consegui passear pelas principais atrações das cidades apenas caminhando e usando o transporte público local wink

Marcelo Gambini

Obrigado Natalie pela informação, mas acho que mudarei meu itinerário deixando pra entregar o carro em Montreal, e aí acho outra opção para me deslocar a Toronto pra daí voltar ao Brasil.

Carolina Borba

Estive no Canadá e fiz o roteiro: Toronto (com um dia de passeio para conhecer Niagara Falls)- Montreal-Quebec-Toronto utilizando apenas transporte público nas cidades e trem para deslocamento entre elas (com exceção de Niagara,que contratamos um passeio saindo de Toronto, em umas barraquinhas de turismo que ficam a margem do lago). Não sentimos falta de carro. A viagem foi maravilhosa! O Canadá é lindo!

Mirella Matthiesen

Oi MArcelo, Tudo bem?
Eu moro em Toronto, e quem me conhece sabe que sou super a favor de viajar de carro por aqui.
Eu acho muito boa sua ideia de pegar o carro somente quando for a Niagara, não somente pelo valor do aluguel, mas também pelo custo do estacionamento. Você pode pegar o UpExpress do aeorporto de Toronto ao centro que é bem fácil e barato $12 por pessoa.
Eu não sei se o Algonquin vai te surpreender em Maio, eu iria direto para Ottawa e visitaria o Parc Omega https://www.viajoteca.com/parc-omega/ - eu adoro! Pode ser uma boa alternativa entre Ottawa e Quebec, por exemplo.
Eu escrevi um roteiro de 14 dias por essa região, que talvez te ajude um pouquinho: https://www.viajoteca.com/roteiro-14-dias-pelo-leste-do-canada/
Qualquer coisa, estou a disposição.
Abs

Victor
VictorPermalinkResponder

Olá Marcelo, cheguei de viagem semana passada e estive no Canada em janeiro, gosto muito de carro, mas fiquei com medo, devido o inverno rigoroso de janeiro, mas o tempo foi bom.
Cheguei de avião em Montreal vindo de Washington, e fui de Montreal a Quebec de trem, na minha opinião um ótimo transporte para neve, de Quebec fui de trem para Ottawa e de trem para Toronto, no último dia de Toronto aluguei o carro para Niágara, em Niágara fui de carro para búfalo e voltei no mesmo dia para Niágara, na fronteira do Canada para EUA, devo ter demorado algo em torno de 1 minuto, muito tranquilo, depois deixei o carro no aeroporto YYZ e fui de avião para Nova York.
No meu caso a forma que usei o trem e o carro foi excelente, espero ter acrescentado, boa viagem.

Lyvia
LyviaPermalinkResponder

Olá Marcelo.
Irei fazer um percurso parecido com o seu.
Inicialmente chegarei em Montreal, onde mora um parente, ficarei lá por uns 7 dias, dentre esses 2 em Québec (mas só vou pernoitar).
Em seguida alugo um carro, vou para Ottawa, passo o dia e no dia seguinte sigo para Toronto, onde vou devolver o carro, passar 05 dias e seguir de avião para NYC. Se quiser podemos trocar figurinhas. Boa sorte!

Igor
IgorPermalinkResponder

Sim deve. Fiz uma viagem parecida. É verdade que não vai precisar de carro nas cidades. Mas viajar de carro pelo Canadá é fantástico. Tem as melhores paisagens. Nos primeiros dias não conseguia viajar 10km sem parar para apreciar as paisagens. Tem muito mais coisa pra ver pelo caminho do que em Toronto ou Montreal. Você está certo no seu planejamento. Não invista muito tempo nas cidades grandes. O carro será essencial no deslocamento entre esses pontos. Fique ao menos uma noite em Quebec. Se tiver disposição recomendo fortemente que inclua em seu roteiro icefield parkway, Banff, British Columbia... inesquecíveis.

Thiago Castro
Thiago CastroPermalinkResponder

A Icefields Parlway fica do outro lado do país. Sou doido pra fazer, mas nessa viagem do Marcelo não tem o menor tempo para ir pra lá. Mesmo que estivesse em Vancouver, seria puxado, que dirá em Ontário. Tem que ser uma viagem à parte.

Marcelo Gambini

Obrigado mais uma vez Thiago. Também sonho em ir a Banff e pesquisando vi que é inviável (distância e custo de aéreo, pois achei caras as passagens domesticas no Canadá) ir da região do Lago Ontário para o lado oeste.

Marcelo Gambini

Nossa Igor, acho que terei que me conter, caso opte pelo carro, em também não ir parando pra apreciar as paisagens e locais. Suas indicações no final eu já havia pesquisado, mas infelizmente terei que deixar para uma outra ida ao Canadá. Banff e Lake Louise são as imagens selvagens que tenho do Canadá. Com certeza minha próxima ida terão esses destinos. Obrigado pelos pitacos.

Edilson Klug
Edilson KlugPermalinkResponder

Uma dúvida. Existe maneira de viajar para o Canadá sem escala nos Estados Unidos, ou seja, sem precisar de visto norte americano?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Edilson! A Air Canada voa de São Paulo para Toronto direto. Também dá para ir pela Copa com conexão no Panamá ou pela Aeroméxico com conexão na Cidade do México.

Lyvia
LyviaPermalinkResponder

Alguém tem sugestão de empresas para alugar carro em Montreal e devolver em Toronto?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Lyvia! Faça uma pesquisa em comparadores de preço de locadoras, como o nosso parceiro Rentcars.

Lyvia
LyviaPermalinkResponder

Obrigada!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Comentar novamente

Atenção: Bóia de férias! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 1º de fevereiro de 2017. Obrigado pela compreensão.

Cancelar